Total de visualizações de página

segunda-feira, setembro 29, 2014

Programa de governo será colocado para debate







O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, destacou que seu programa de governo, que começa a ser apresentado nesta segunda-feira (29/09) pelo Facebook, é o resultado do trabalho conjunto. Segundo ele, um processo que envolveu especialistas em várias áreas e debate com a sociedade para a elaboração de propostas que serão colocadas em prática a partir do primeiro dia à frente do Palácio do Planalto, em 1º de janeiro de 2015.
"A nossa proposta, construída a muitas mãos - centenas de pessoas foram envolvidas nisso -, começa hoje a ser divulgada. Agora, eu vou fazer de uma forma diferente, inédita até, para que programa de governo não seja apenas um documento acadêmico onde poucos manuseiam, e a população não tenha ideia daquilo que ali está sendo tratado", ressaltou Aécio, durante vista a São Bernardo do Campo (SP).
Aécio afirmou que a premissa do programa de governo é a defesa das liberdades individuais e coletivas. Essa premissa é desdobrada em quatro eixos: direitos do cidadão e da sociedade; desenvolvimento para todos; Estado democrático, soberano, solidário e eficiente; e a sustentabilidade.
Debates
Aécio ressaltou que a sustentabilidade - eixo que será apresentado e debatido nesta segunda pelo coordenador da área, o ambientalista Fabio Feldmann - vai além da questão ambiental. "Passa pela questão urbana, pela questão da mobilidade, a integração de várias ações de governo", explicou Aécio.
Na terça-feira (30/09), o debate no Facebook com o ex-governador de Minas Gerais Antônio Anastasia, candidato ao Senado pelo PSDB, tratará da questão do Estado democrático e eficiente. Já os eixos sobre a cidadania e o desenvolvimento econômico do país serão abordados em encontros pela rede social na quarta, quinta e sexta-feira - 1º, 2 e 3 de outubro, respectivamente.
"[Este] é um programa para ser aplicado. Ao contrário dos outros, que fazem um diagnóstico, que apresentam um conjunto de boas intenções, nós estamos falando de propostas exequíveis, de propostas que, a partir de 1º de janeiro, começarei a colocar em prática", afirmou.
Aécio acrescentou que a decisão de apresentar o programa no Facebook tem o objetivo de democratizar a discussão. "A meu ver, é a forma mais democrática e mais honesta de se apresentar um programa dessa complexidade", disse Aécio.


Governo entrega Escola de Ensino Médio no bairro do Tenoné e Unidade Integrada Pro Paz do Tapanã 

Na manhã desta terça-feira (30), o secretário de Gestão, Adnan Demachki, cumpre agenda de Governo em Belém que começa com a inauguração de Escola Estadual de Ensino Médio Professor Manoel Carneiro Leite, no bairro do Tenoné, que tem capacidade para até 1.440 alunos. Em seguida, o secretário entrega uma nova Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) no bairro do Tapanã.

BELÉM
-> Escola Estadual de Ensino Médio Professor Manoel Carneiro Leite
Hora: 9h
Local: Residencial Helena Coutinho, WE 04, s/nº - Tenoné
Informações: A nova escola segue o padrão de 12 salas de aula com capacidade para até 50 alunos cada, laboratórios básicos, sala de vídeo, sala multiuso, biblioteca, recreio coberto com refeitório, quadra poliesportiva com arquibancada, vestiários masculino e feminino e depósito para material esportivo e auditório com capacidade para 100 pessoas. A escola tem capacidade para até 1440 alunos em três turnos (480 a cada turno; 40 alunos por sala).
A Escola Professor Manoel Leite Carneiro atende a novas demandas expandindo a cobertura da rede de ensino do Estado. Segundo o professor Licurgo Brito, Secretário Adjunto de Ensino da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), ela vai permitir a concentração de alunos do ensino médio, enquanto que a Escola do Tenoné, pré-existente, vai concentrar o ensino fundamental.

Sobre o Professor que dá nome à escola: Manoel Leite Carneiro (1933 – 2014)
Paraense nascido em Alenquer, na região do Baixo Amazonas, o matemático e engenheiro por graduação construiu sua história como professor. Ensinar era sua maior vocação, e a sala de aula, sua segunda casa. 60 anos de sua vida foram dedicados ao magistério, até seus últimos dias, o que lhe garantiu o posto de professor em exercício há mais tempo no Estado.
Um de seus pupilos foi José Miguel Martins Veloso, coordenador da Assessoria de Educação à Distância da Universidade Federal do Pará (AEDI-UFPA) e professor da Faculdade de Matemática da instituição (FACMAT). José Miguel reitera o caráter pioneiro de Leite, e lembra com carinho do antigo mestre: “Ele formou uma geração de matemáticos no nosso Estado, e eu tive o prazer de ser seu aluno. Foi o professor Leite que me fez gostar de Matemática. Se eu estou onde estou hoje, devo isso a ele”.
Apaixonado pelos números desde criança e educador por natureza, Leite sempre defendeu a formação de qualidade, desde a educação básica, incentivando seus jovens alunos a verem a Matemática na natureza de cada um. Para ele, valorizar a formação era valorizar o profissional da educação e seu papel na construção da sociedade. Em depoimento realizado em agosto de 2012, em virtude dos 60 anos da FACMAT, Leite destacou: “Qualquer professor deve colocar o ensino acima de tudo”.
Visionário, nos anos 70 criou o cursinho que hoje é um dos maiores grupos educacionais do Pará: o Grupo Ideal, responsável pela formação de muitos profissionais. Seu desejo de integração entre o ensino básico, a graduação e a pós-graduação o fez ir além e criar a Faculdade Ideal.
Tudo isso por um grande motivo: Leite sempre apostou no amanhã. “Vocês são o nosso futuro. Nós vamos oferecer a vocês os nossos problemas, e vocês vão oferecer a solução”, diz o professor, que deixou sua marca em várias pessoas que, hoje, constroem a nossa sociedade. Como ele mesmo disse, no depoimento aos 60 anos da FACMAT, “o passado tem que ser valorizado, e se não for, não há estímulo”.

-> Inauguração Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) do Tapanã
Hora: 10h
Local: Rodovia do Tapanã – Ao lado do colégio Ayres, próximo ao cemitério do Tapanã
Informações: Quase R$ 550 milhões já foram investidos pelo Governo do Estado na área de Segurança Pública, em obras (reformas e construções) e aquisição de veículos e equipamentos, com o objetivo de garantir a melhoria dos serviços prestados à população paraense.
Desde 2011, o governo do Estado já inaugurou 25 Unidades Integradas Pro Paz (UIPPs), que reúnem ações de diversos órgãos (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e o CPC “Renato Chaves”), além das áreas que trabalham as políticas sociais do governo, como o Programa Pro Paz.
A UIPP funciona com a lógica da polícia comunitária, valorizando a prevenção de crimes e a identificação e resolução de problemas. O projeto visa fortalecer os laços com a comunidade, resgatando a confiança social e buscando a redução da violência e da criminalidade, favorecendo o processo de inclusão social e de difusão da cultura de paz.
A Unidade reúne, no mesmo espaço físico, atividades e serviços das polícias Civil e Militar, além de atendimento de profissionais do setor psicossocial, durante 24 horas, às ocorrências policiais e na área de mediações de conflitos, além das áreas que trabalham as políticas sociais do governo, como o Programa Pro Paz.
Um aspecto importante das UIPPs é o funcionamento de um Núcleo de Mediação de Conflitos, que conta com o apoio de profissionais das áreas de Assistência Social, Psicologia, Direito e da própria polícia para solucionar questões na esfera da comunidade local.
Vinte e quatro Unidades Integradas Pro Paz (UIPPs) estão em construção, 10 já estão finalizadas e deverão ser inauguradas em breve (caso de Almeirim, Altamira/Castelo dos Sonhos, Vigia, Cachoeira do Piriá, Curuá, Eldorado dos Carajás, Irituia, Quatipuru, São João da Ponta e Terra Santa).

Aécio inova na apresentação do programa de governo
O candidato da Coligação Muda Brasil à Presidência da República, Aécio Neves, vai inovar na forma de apresentação de seu programa de governo. Em vez de um evento fechado, a Coligação Muda Brasil vai abrir canais de diálogo direto com os brasileiros pelas redes sociais. O programa será apresentado em sessões de "Face to Face" com os internautas nas redes sociais.
As sessões acontecerão de hoje (29/09) até sexta-feira (3/10), sempre no perfil oficial de Aécio Neves no Facebook. Cada uma terá a participação de especialistas e técnicos que coordenaram a elaboração do Plano de Governo.
A Coligação Muda Brasil optou por um novo formato, ao apresentar um texto que enfatize, de forma transparente, propostas e compromissos, em vez de privilegiar apenas os tradicionais diagnósticos.
O Plano de Governo foi dividido em quatro áreas, constituídas a partir de fundamentos básicos: a defesa das liberdades, o respeito às diferenças e o compromisso com as transformações.
As quatro áreas, em ordem alfabética, são:
1. Cidadania plena: Direitos do cidadão e da sociedade
2. Desenvolvimento para Todos
3. Estado Democrático, Soberano, Solidário e Eficiente
4. Sustentabilidade: semeando o presente para colher o futuro
O primeiro Face to Face, nesta segunda-feira (29/10), às 21h, será com o ambientalista Fábio Feldman, sobre sustentabilidade.

Aécio Neves diz que criará política nacional para o café

Reunido na tarde deste sábado (27/09) com cafeicultores em Varginha (MG), o candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, assumiu o compromisso de criar uma política nacional para o café. "O Brasil não tem uma política séria de médio e longo prazo para o café. Eu mesmo conduzirei isso como presidente da República."
 Segundo Aécio, com uma política direcionada ao setor cafeeiro será possível atrair investimentos para a industrialização, o que implicará agregar valor ao café produzido no país.
 "Não existe nenhuma outra cultura cuja importância econômica possa se equivaler à importância social como o café. Costuma-se dizer aqui que café no pé é sapato no pé, exatamente porque, se o café vai bem, as pessoas vão bem", comparou ele.
 Aécio afirmou que reativará o "sucateado e desprezado Conselho Deliberativo da Política do Café", que passará a ter voz ativa no estabelecimento de diretrizes para a cafeicultura, na definição de questões como preço mínimo e crédito.
 O candidato à Presidência lembrou que é o único, na disputa presidencial, a apresentar uma proposta concreta para o setor. "Nenhuma das outras candidaturas sequer tem noção da importância econômica e social do café, e não é apenas para Minas", afirmou.
 "O meu compromisso, em parceria com o Estado, que já tem aqui um Fundo Estadual do Café, é criar condições de crédito, de segurança para a produção e, sobretudo, na ampliação dos novos mercados para o café”, ressaltou Aécio. “Nós não podemos assistir passivamente a Alemanha ser o país que mais comercializa café no mundo sem ter lá um pé de café plantado."
 O candidato recebeu de Breno Mesquita, representante da Confederação Nacional da Agricultura, um documento com reivindicações do setor, e afirmou que irá se empenhar para atendê-las. Em nome dos cafeicultores, Arquimedes Coli lamentou a falta de uma política para o setor, o que teria provocado um prejuízo de R$ 5 bilhões no período de 2012 a 2013. "O governo do PT não liga para o café."

TSE barra mais uma tentativa de censura do PT
 O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou pedido da campanha da presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, que buscava suspender propagandas do candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves. Mais uma vez a Justiça Eleitoral protege o cidadão da tentativa do PT de mascarar os fatos e de censurar a divulgação de informações pertinentes à disputa pelo Palácio do Planalto.
 O ministro Admar Gonzaga decidiu negar o pedido com o objetivo de preservar a liberdade de expressão normal de um debate democrático. "Creio, assim, ser mais prudente, em prol da liberdade de expressão e do principio do contraditório, não deferir liminar por ora, sem prejuízo de reflexão mais aprofundada no momento oportuno", afirmou.
 Gonzaga entendeu que a peça divulgada pela campanha da Coligação Muda Brasil sobre a construção do porto de Mariel em Cuba com financiamento do atual governo não trazem inverdades, ofensas de caráter pessoal a candidato, partido ou coligação. 

Hemopa, Albras e Hydro Alunorte começam campanha de doação no dia 30
No período de 30 de setembro (terça-feira) a 3 de outubro (sexta-feira), em parceria com as empresas Albras e Hydro Alunorte, sediadas em Barcarena, a Fundação Hemopa promoverá a 16ª edição da campanha de doação de sangue e cadastro de doadores de medula óssea, que tem como tema “Encha uma bolsa de sangue e transborde de vida quem precisa”.
O candidato à doação deve se dirigir ao hemocentro, fazer uma ficha cadastral e passar na triagem clínica. Se for considerado apto, seguirá para o local da doação. As campanhas externas visam aumentar o estoque de sangue do Hemopa, que abastece hospitais, clínicas e outras instituições de saúde em todo o Estado.

Texto:
Vera R. Rojas
Fone:3255-0348


COLIGAÇÃO MUDA BRASIL

Nota à Imprensa

"A presidente vestiu a carapuça. E já percebe que vai me enfrentar no segundo turno.

Mas adianto à candidata Dilma que no meu governo as obras foram  todas  feitas em Minas  Gerais, a favor dos mineiros. E todas são regulares, como atestam os órgãos  de fiscalização e o  próprio Ministério Público.

Ao contrário do governo dela, que usou o dinheiro dos brasileiros para ajudar ditaduras amigas do PT e que tem grande parte das obras realizadas sob suspeição, com denúncias de superfaturamento e pagamento de propina a seus aliados políticos, como atestam o TCU e a própria Polícia Federal."


Aécio Neves
Candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil

Emater participa de projeto que vai levar água potável a Bagre
Em Bagre, na Ilha do Marajó, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) participa da seleção de 80 famílias ribeirinhas atendidas, divididas em quatro comunidades, do projeto “Qualidade da Água para o Consumo Humano”, iniciativa da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) que objetiva instalar caixas d’água e maquinário para levar água potável aos moradores da região. A previsão é que as obras já se iniciem no início de outubro e sejam entreguem em um prazo de 60 dias.
Uma equipe composta por técnicos da Seas, Emater e prefeitura vai às localidades Porto Oeiras, Prosperidade, Livramento e Palestina para cadastrar as famílias. Segundo o chefe local da Emater, Marinaldo Lobato, o público beneficiário do projeto já é atendido pela empresa desde 1995. “Em cada uma das quatro comunidades, 20 famílias serão contempladas, mas cerca de 200 poderão ser beneficiadas no total. Em cada localidade será construído um ponto para a coleta da água, com uma torre para a caixa d’água, montagem de bomba hidráulica e encanamento próprio”, explica.
Marinaldo Lobato diz ainda que o projeto vai levar qualidade de vida às famílias ribeirinhas de Bagre, que são, na maioria, pescadores, extrativistas de açaí e agricultores familiares. Para a implantação do projeto, além da Seas, Emater e prefeitura, ainda participam o Pará Rural, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).
Passados o mapeamento das famílias e as visitas técnicas, orientadas pela Emater, a execução física do projeto começa em outubro. “Pelas informações que recebemos do técnico da Seas, a partir do início das obras, em 60 dias as famílias já terão acesso à água potável e de qualidade”, afirma Marinaldo.

Texto:
Kenny Teixeira


Instrução Normativa vai garantir gestão ambiental autônoma a São Miguel do Guamá
O secretário de Estado e Meio Ambiente (Sema), José Alberto Colares, assinou nesta sexta-feira, 26, em São Miguel do Guamá, a lnstrução Normativa sobre licenciamento para atividade de mineração para construção civil, durante o Seminário de Gestão Ambiental Integrada. A IN será publicada no Diário Oficial do Estado na próxima semana.
No evento, coordenado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São Miguel e apoiado pela Sema, Colares entregou ao prefeito Francisco Sá, o “Cacau”, e à secretária municipal de Meio Ambiente, Lindalva Fernandes, a habilitação da gestão ambiental, documento que dá ao município poder de licenciar, executar ações de educação ambiental, fiscalização e regularização de atividades que causem impacto ambiental local.
O Seminário também teve a presença de outros secretários municipais da região do Guamá, como Ourém, Santa Maria, Mãe do Rio, Paragominas, Capitão Poço, Bonito e Irituia; representantes do Sindicato dos Ceramistas do Estado do Pará, estudantes de escolas municipais e da Universidade do Estado do Pará (Uepa); e ainda dos técnicos da Sema, João Henrique e Benedito Evandro, responsáveis pela palestra Municipalização da Gestão Ambiental no Estado, que deu orientações para a habilitação da Gestão Ambiental e permitiu aos municípios em processo de habilitação a troca de experiências com aqueles que já possuem o documento, como Paragominas e Ourém.

Texto:
Káthia Oliveira


Pagamento dos servidores da Seduc é antecipado para dia 29
A Secretaria de Estado de Educação (Seduc ) informa que em virtude da ameaça de greve bancária na próxima terça-feira, 30, o salário dos servidores do órgão referente ao mês de setembro será antecipado para o dia 29/09.

Texto:
Governo do E. do Pará


Chef paulista ensina na Expo Internacional de Turismo como preparar e as curiosidades na maniçoba
Bombons de cupuaçu e de castanha-do-Pará, cachaça de jambu, licor de cupuaçu e outras delícias da gastronomia regional podem ser degustadas no estande do Pará montado no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, onde acontece a Expo Internacional de Turismo. Um dos momentos mais esperados pelos apreciadores da cozinha mais genuína do Brasil acontece às 15 horas deste sábado, 27, quando se comemora o Dia Mundial do Turismo, no estande do Senac, com uma demonstração de como preparar e as curiosidades de um dos pratos típicos mais saborosos do Pará: a maniçoba.
A demonstração vai ser feita pelo chef  paulista Ricardo Frugoli. Graduado em Gastronomia e mestrando em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi, é também dedicado à pesquisa e divulgação do Pará, já tendo participado de inúmeras edições do Festival Ver-o-Peso da Cozinha Paraense, que anualmente acontece em Belém, com apoio promocional da Companhia Paraense de Turismo (Paratur) e da Secretaria de Turismo do Estado (Setur). Pós-graduando em Cozinha Brasileira no Senac, ele coordena, ainda, o Centro de Pesquisa em Gastronomia Brasileira na Universidade Anhembi Morumbi, São Paulo.
Durante a programação as equipes de marketing da Paratur e da Associação Brasileira das Agências de Viagem (ABAV), organizadora do evento, fazem ações promocionais do roteiro turístico "Pará: A obra-prima da Amazônia em 8 dias e sete noites", com direito a cortesias a alguns participantes do evento que desejam conhecer Belém, Marajó e o Tapajós. Esta é a 14ª participação do Pará em feiras no Brasil e exterior somente este ano, com objetivo de fortalecer o Pará como destino prioritário da Amazônia.

Texto:
Benigna Soares


São Miguel do Guamá recebe habilitação para gestão ambiental autônoma
O secretário de Estado e Meio Ambiente (Sema), José Alberto Colares, assinou nesta sexta-feira, 26, em São Miguel do Guamá, a lnstrução Normativa sobre licenciamento para atividade de mineração para construção civil, durante o Seminário de Gestão Ambiental Integrada. A IN será publicada no Diário Oficial do Estado na próxima semana.
No evento, coordenado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São Miguel e apoiado pela Sema, Colares entregou ao prefeito Francisco Sá, o “Cacau”, e à secretária municipal de Meio Ambiente, Lindalva Fernandes, a habilitação da gestão ambiental, documento que dá ao município poder de licenciar, executar ações de educação ambiental, fiscalização e regularização de atividades que causem impacto ambiental local.
O Seminário também teve a presença de outros secretários municipais da região do Guamá, como Ourém, Santa Maria, Mãe do Rio, Paragominas, Capitão Poço, Bonito e Irituia; representantes do Sindicato dos Ceramistas do Estado do Pará, estudantes de escolas municipais e da Universidade do Estado do Pará (Uepa); e ainda dos técnicos da Sema, João Henrique e Benedito Evandro, responsáveis pela palestra Municipalização da Gestão Ambiental no Estado, que deu orientações para a habilitação da Gestão Ambiental e permitiu aos municípios em processo de habilitação a troca de experiências com aqueles que já possuem o documento, como Paragominas e Ourém.

Texto:
Káthia Oliveira


Descontos do IPVA para placas 40 a 60 vão até o dia 29 de setembro
Até o próximo dia 29 de setembro os motoristas podem garantir descontos no pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), válido para veículos com placas de final 40 a 60. O licenciamento destes veículos, junto ao Detran, se estende até 28 de novembro.
Os descontos são de 15% do valor do imposto para quem está há dois anos sem multa; 10% para quem não recebeu multas no ano passado e 5% nas demais situações, ressaltando-se que os mesmos não são cumulativos.
A Sefa oferece três as opções de pagamento do IPVA: antecipação em parcela única, com desconto; parcelamento em até três parcelas antes do vencimento, sem desconto, ou pagamento integral junto com o licenciamento do Detran. Após a data do licenciamento, o pagamento será feito com acréscimo de multas e juros.
O pagamento do DAE é feito na rede bancária autorizada - Banpará, Banco da Amazônia, Bradesco, Banco do Brasil, Itaú e Caixa Econômica Federal - e casas lotéricas. Quando não houver antecipação do recolhimento do imposto, o IPVA pode ser pago no boleto de licenciamento anual do Detran.
O contribuinte poderá acessar o Portal de Serviços na internet (www.sefa.pa.gov.br), no item 'IPVA Antecipação', para consultar o valor do imposto e emitir o Documento Estadual de Arrecadação (DAE), para pagamentos em parcela única ou parcelados. Para maiores informações acesse o site da Sefa ou o atendimento telefônico pelo 0800 725 5533.

Texto:
Ana M. Pantoja






Descrição: https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...