Total de visualizações de página

quarta-feira, dezembro 03, 2014

Olha o que a Revista MEDIUNIDADE causou. Muito bom. É sinal que estamos no caminho certo.





A Verdade? Ou A Verdade!

Ainda pouco estive em uma revistaria deixando o Volume 12 da Revista MEDIUNIDADE, e o vendedor e proprietário da mesma, buscando dialogar com a minha pessoa,  comentou perguntando se eu ‘viajava na maionese escrevendo estas revistas”.
Mas que pergunta curta e direta do irmão, buscando querer dizer que tudo aquilo que está na revista é de minha autoria, chegando a dizer que “Deus não existe”. Que o ateu não crer em Deus, por isso ele não viveria pois por desacreditar na existência de Deus, ele certamente estaria durante a sua existência, cumprindo penitência ou prisão espiritual.
“Aqui mesmo aos arredores da revistaria, tem um rapaz que não acredita em Deus, em Jesus e ridicularizam os padres, os umbandistas e outras religiões e seitas. O cabra já até xingou o que tu escreves”.
Imagina só: ele pensava que estava me colocando numa “sinuca de bico”. Apenas o ouvir falar, esperando a minha vez de poder falar. Toda essa conversa durou mais ou menos 10 minutos, enquanto prestávamos contas das vendas das revistas.
Respondi:
“Irmão, já leste ou ouviste a frase: LIVRE ARBÍTRIO?”
Ele respondeu que si.
Indaguei:  Como defines a sua colocação e a colocação do ateu?
Ele insistiu tentando desviar a atenção voltando a perguntar:
Então ele será penalizado por Deus?
Respondi:
Não: Um dia ele entenderá o que é real, dentro da sua realidade, pois Deus não interfere em nossos LIVRES ARBÍTRIOS, no qual inclui também não só as ações, mas as palavras e os pensamentos. Se o irmão acha que é assim, assim será! Ah, tem mais: Deus não castiga ninguém, pois se assim o fizesse, ele não nos deixaria nascer e viver várias vezes, até encontrarmos o verdadeiro caminho.
O que fazemos de errado nas vidas fazem as correções nas vidas atuais, e não o fazendo nesta, faremos na outra, na outra, na outra, até podermos fazer a correção de tudo e dar o passo seguinte, rumo ao local onde Jesus nos quer levar: a Deus, pois Jesus mesmo disse: não chegaremos a Deus se não por Ele.
Tem mais: Se Jesus tivesse que nos castigar, não nos deixava nascer, e ELE nos corrigia lá do OUTRO LADO, colocando-nos de castigo, como fazem os pais de uma criança que não quer aprender a lição até fazermos o certo. Aí a vida perderia a graça. Ele nos quer aprendendo por conta própria, pois para cada um de nós, Deus tem uma missão. 
Perguntei ao revisteiro:  respondi a sua pergunta?
Ele expressou-se assim: “É... ta bom, mas... deixa pra lá”.
Quando ele pensava que eu havia parado ali, fiz a pergunta final:
Mano, me diz uma coisa:
Esse irmão que quebra o pau com as religiões tem religião? Sim, é (prefiro omitir o nome da religião do mesmo para evitar problemas).
Respondi:
Hum!
Diz-me a última: Como ele chegou ao ponto de não acreditar no que  é publicado na Revista MEDIUNIDADE?
O revisteiro finalizou dizendo:
- “Ele compra todo o mês um exemplar da revista”.
E como chegaste ao ponto de me questionar?
Respondeu: Porque nas horas vagas eu leio a revista também.
Agradeci ao final:
Obrigado!
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...