Total de visualizações de página

terça-feira, março 31, 2015

HISTÓRIA INTERESSANTE E REAL DAS PESSOAS SE ENCONTRAREM E SE IDENTIFICAREM NAS RUAS E É CLARO, COM JESUS SENDO O ALVO PRINCIPAL




FATO
Ei Mediunidade?

Já vi jornaleiro nas ruas de Belém, gritarem para vender, o nome do jornal que ele levava na hora. “Olha o Liberal”, “Olha A Província do Pará”, “Olha o Diário do Pará”....
Mas você ouvir gritos na rua, ou seja, em plena a Avenida Presidente Vargas, um cidadão sendo chamado pelo nome de MEDIUNIDADE, foi a primeira vez, e espero que sejam mais e mais outros.
Conto:
O funcionário público, e irmão espírita Paul Lima, lotado na Estação Cidadania, no bairro do Jurunas, passava dias atrás, pela Avenida Presidente Vargas, no centro comercial de Belém, quando alguém o chamou aos gritos:
- Ei MEDIUNIDADE?
_ Ei MEDIUNIDADE?
- Ei MEDIUNIDADE?
Muitas pessoas ficaram atentas para o que iria acontecer até o que estava chamando apontou para o referido cidadão.
Ele parou voltou-se e diante da afirmativa:
- Sim, é o senhor mesmo!
Paulo Lima educadamente voltou e foi até ele foi quando o cidadão que o chamava se identificou, como um espírita e frequentador da Associação Espírita CASA DO CAMINHO.
- Eu frequento a CASA e conheço o irmão Jorge Mesquita editor da Revista MEDIUNIDADE.
- Paulo Lima se disse encantado pela justificativa e chegou a dizer que ainda irá frequentar a CASA também. É só chegar o momento exato.
Mas ainda encucado pelo chamamento e a prosa que nascera ali, indagou:
- Mas porque você chamou-me de MEDIUNIDADE?
O cidadão sorriu e disse:
- É que eu vi você passar ao meu lado com as mãos cheias de revistas MEDIUNIDADE e logo identifique as mesmas, pois sou leitor da mesma e o chamei.
Ai Paulo justificou que estava com os 15 exemplares, ou seja, volumes nas mãos porque estava procurando uma gráfica para poder mandar encaderná-los.
Moral da história:
Existem várias formas de Jesus se manifestar nas pessoas, mostrando-nos que todos somos irmãos, e esse gesto de identificação e comunicação surgiu através das revistas que estavam sendo carregadas pelo irmão Paulo Lima, em uma avenida movimentada de uma Metrópole, como Belém.
Obrigado Jesus! Os méritos são todos Seus, já que demonstra que estamos no caminho certo, e fazendo o o certo, propagando da melhor maneira possível suas mensagens e a Revista MEDIUNIDADE é uma destas ferramentas.


Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...