Total de visualizações de página

quarta-feira, março 16, 2016

Jango Vidal foi convidado pelos Grandes Ranchistas a ser Administrador da Escola, ao invés de presidente



Contando com apoio de todo o corpo direcional da Escola de Samba, Rancho Não Posso Me Amofiná, e principalmente do presidente do Conselho Deliberativo da Escola, Luiz Dias Lopes, o atual presidente da Junta Governativa daquela agremiação carnavalesca e beneficente, Jango Vidal, foi convidado para assumir administrativa o Rancho por tempo indeterminado. Para isso, deverá ser feito mexido no Estatuto da entidade, para fazer valer o comando da mesma, a partir do próximo dia 21 de março, quando deveria estar acontecendo mais uma eleição para a escola do novo presidente.
Jango Vidal, por sua vez, que já comanda o Rancho por 7 anos, sendo esse último, presidindo a Junta Governativa, que foi montada porque há um ano, a Escola passou por essa tentativa de reorganização na sua Cadeira Nº 1, que é a da presidência, e não apareceram candidatos para assumir e tampouco realmente assumir a responsabilidade de não só continuar fazendo a ‘festa para os moradores de lá’, porém, a manutenção dos projetos sociais que hoje é o carro chefe daquela Escola, que completou no último dia 31 de janeiro, 82 anos de fundada, que foi pelo Mestre Raimundo Manito.
Jango que já havia manifestado a vontade de não mais assumir a mesma, até porque o resultado do último carnaval, cujo título merecido que foi do Rancho, mas ‘garfado’ que foi não pelos jurados, que também foram desacreditados por terem dados suas notas 10, e integrantes da Fumbel, que apenas administra o carnaval de Belém, subtraíram 2 pontos do Rancho, adiando a festa, que está sendo reivindicada na Justiça pela Escola jurunense.
O ‘resultado de gaveta’ fabricado pela Fumbel, fez inclusive com que investidores  que estavam preparados para fazer o carnaval da Escola para 2017, não arriscassem em investir e no final, serem derrotados não na Avenida, mas ‘nas gavetas’.

Jango está consultando familiares, para poder tomar sua decisão. No domingo, dia 20 de março, Jango e seus páreos da Junta Governativa entregam seus cargos, para cumprir estatutariamente o regimento e se preparar para a segunda-feira, dia 21 de março, dia seguinte, para saber quem comandará o Rancho. Ouvido pela reportagem do CORREIO JURUNENSE, Jango ainda tomado pela emoção dos pedidos feitos na reunião de duas assembleias gerais, a dos últimos dias 8 e 15 de março, que para ele ‘foram emocionantes’, mas precisa pensar e repensar além é claro de consultar a minha família”, finalizou.
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...