Total de visualizações de página

quarta-feira, agosto 27, 2014

MUNICÍPIO DE MARACANÃ: ganha nova escola de Ensino Médio







Calor na região metropolitana de Belém continuará intenso até novembro



O período de seis meses que vai de junho a novembro, na região metropolitana de Belém, é de temperaturas mais elevadas, e esse clima já pode ser sentido pelo forte calor registrado nos últimos dias. As previsões da Sala de Situação para o Monitoramento de Eventos Hidrológicos Extremos, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), indicam que nesse período do ano as chuvas diminuem, fazendo com que a atmosfera esquente e o calor se intensifique.
Segundo o meteorologista da Sema Paulo Guimarães, as temperaturas nesses seis meses têm a mínima de 22° Celcius (C) e a máxima de 34°C, sendo o mês de agosto o mais quente do ano. “O calor está sempre presente, porque a temperatura na região amazônica é constante, quase não varia, atingindo a máxima entre os horários de meio-dia às 14h”, explica.

Texto:
Káthia Oliveira


Maracanã ganha nova escola de Ensino Médio
O município de Maracanã, no nordeste do Estado, ganhou nesta terça-feira, 26, uma escola estadual de Ensino Médio, resultado de um investimento no valor de R$ 4.784.940,32 e que irá beneficiará mais de cinco mil alunos do bairro de Apeteua, um dos mais populosos do município. A Escola Estadual Izidorio Francisco de Sousa foi entregue pelo secretário de Estado de Gestão, Adnan Demachki, que cumpriu, ainda, uma extensa agenda de visitas a obras do governo nos municípios de Maracanã e Quatipuru, entre elas vistorias a obras de pavimentação e da Unidade Integrada de Polícia.
A Escola Estadual Izidorio Francisco de Sousa, possui 12 salas de aula com capacidade para 50 alunos cada, laboratórios, sala de vídeo, sala multiuso, biblioteca, recreio coberto com refeitório, quadra poliesportiva com arquibancada, vestiários masculino e feminino e depósito para material esportivo e auditório com capacidade para 100 pessoas.
Para a construção do prédio foi urbanizada uma área total de 8.500 metros quadrados, que dispõe ainda de um sistema de abastecimento de água com capacidade para quatro mil litros, beneficiando não somente a comunidade estudantil como as do entorno da escola. O prédio é todo climatizado e conta com sistema anti-incêndio com hidrantes em todas as salas de aula.
Segundo Adnan Demachki, a inauguração da escola segue as diretrizes do programa Pacto pela Educação, que vem mobilizando esforços em diferentes setores e níveis de governo para a melhoria da qualidade do ensino público no Estado. "A única forma de se promover uma mudança tão profunda é através da educação. E a entrega de um espaço como esse, amplo, confortavel e todo equipado, em um município que até então não dispunha dessa estrutura, é um meio de começar a transformar essa realidade", destacou.
O secretário especial de Promoção Social, Alex Fiuza de Melo, que também acompanhou a entrega da obra, lembra que em todo o Estado existem cerca de 850 escolas geridas pela Seduc, e entre estas estão mais 31 estabelecimentos de ensino com o mesmo padrão de qualidade da "Izidorio Francisco de Sousa". "Nossa pespectiva é que em um período de cinco anos possamos recuperar todo o sistema de ensino do Estado. Este é o grande desafio do Pacto pela Educação", destacou.
A dona de casa Maria de Assis Madeira Raiol, 60 anos, que tem um filho em idade escolar, comemorou a entrega e diz que muitas famílias vão ganhar com a nova escola. "Nuca tivemos uma escola como esta. Agora temos certeza que nenhum de nossos filhos vai precisar sair de Maracanã para ter acesso a um estudo de qualidade", comentou.
Obras de infraestrutura - Em Maracanã, Adnan Demachki também visitou as obras de pavimentação asfáltica que abrangem cinco quilômetros de vias públicas no município, beneficiando diretamente a população dos bairros de São Miguel, Campina e São Mateus, investimento esse que soma R$ 1.632.567. A previsão é que outros 350 quilômetros de vias recebam nova pavimentação nos próximos meses, com base em um orçamento estimado em R$ 95 milhões.
Em Quatipuru, também no nordeste do Estado, a comitiva estadual visitou também as obras de construção de uma Unidade Integrada de Polícia na PA-446, à esquina da Rua Boa Vista, logo na entrada do município. Em todo o Estado já foram investidos mais de R$ 500 milhões em projetos similares. A UIPP funciona com base na concepção de polícia comunitária, que associa e valoriza dois fatores: a prevenção criminal e a identificação e resolução de problemas. Para isso, reúne, no mesmo espaço físico atividades e serviços das polícias Civil e Militar, Defensoria Pública e programa Pro Paz. 
Na Unidade é possível fazer o registro de boletins de ocorrências, garantir a mediação de conflitos e receber atendimento psicossocial. O empreendimento, que tem previsão de entrega para outubro deste ano, totaliza, entre obras físicas e equipamentos, um investimento de R$ 975.457,79.
Escoamento da Produção - Na comunidade de Boa Vista, em Quatipuru, localidade com sete mil habitantes, o Governo garante a recuperação e a pavimentação asfáltica de nove quilômetros de vias, assegurando o escoamento da produção de uma das mais importantes zonas pesqueiras do nordeste do Pará. "Boa parte do pescado consumido na capital vem de Boa Vista, daí a importância de assegurar que essa produção chegue ao mercado consumidor. Temos relatos de pescadores que dão conta dos muitos prejuízos decorrentes das péssimas condições de tráfego nessa área. Por conta da dificuldade no deslocamento, alguns carregamentos de pescado chegavam estragados ao seu destino", ressaltou.

Texto:
Márcio Flexa

                                                                                                                                                                         
Uepa realiza Feira Vocacional nesta quinta (28), em Belém
A Universidade do Estado do Pará promoverá a Feira de Orientação Vocacional 2014, na qual apresentará aos jovens que pretendem ingressar na instituição os detalhes sobre os seus Processos Seletivos e cursos de graduação ofertados. Em Belém, a Feira ocorrerá no dia 28 de agosto, das 9h às 17h, no ginásio do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Nos demais municípios onde a Uepa possui campi, a programação possui calendário específico.
A Feira tem como objetivo aproximar os pais, os professores e os estudantes do Ensino Médio da realidade do Ensino Superior, contribuindo para a transição de um nível a outro e para a escolha da carreira. “A nossa expectativa é de que haja uma grande participação das escolas e da comunidade. Temos a preocupação de fazer a divulgação de nossos cursos, de nossos investimentos, de tudo que oferecemos. Queremos manter esse diálogo com a comunidade”, afirma a titular da Diretoria de Acesso e Avaliação da Uepa, Léa Costa. A Uepa oferece, atualmente, 25 cursos de graduação nas áreas da Educação, Saúde e Tecnologia em cinco campi na capital e em outros 15 municípios paraenses.

Texto:
Janine Bargas


Unidades prisionais receberão visita de imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré



Na próxima semana começa o roteiro de visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré às casas penais da Região Metropolitana de Belém. A abertura oficial do evento será no dia 1º de setembro, quando os servidores da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) receberão a imagem, que será levada em romaria pelos setores do prédio. Em seguida, todos participarão da celebração religiosa que será realizada pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira.
As visitas às unidades fazem parte do calendário oficial de procissões que serão realizadas em 13 casas penais de Belém, Ananindeua e Marituba. O trabalho é promovido desde 1997 pela Arquidiocese e a Pastoral Carcerária, em parceria com a Susipe, e antecede as festividades do Círio 2014. Durante as visitas, os detentos rezaram e receberam bênçãos, além de tocarem na imagem que é levada até a entrada das celas. O principal objetivo da programação é levar o Círio até os internos que não poderão acompanhar a festa religiosa que acontece no dia 12 de outubro.
Para o coordenador da Pastoral Carcerária, diácono Ademir da Silva, as peregrinações fazem parte também do trabalho de assistência religiosa realizado pela Igreja Católica nas penitenciárias do Estado. “Temos atividades em várias casas penais do Pará e é notável uma melhoria de comportamento dos detentos”, garante. Até o final de setembro, cerca de 3.500 internos de 13 Unidades Prisionais da Região Metropolitana de Belém (RMB) devem receber a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré. O calendário oficial está na página da Susipe na internet (www.susipe.pa.gov.br).

Texto:
Timoteo Lopes



Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...