Total de visualizações de página

segunda-feira, março 24, 2014

Jango fala na Tribuna da Câmara Municipal de Belém sobre os 100 anos do Paysandu e os 80 anos do Rancho












 
Durante a sessão especial realizada na manhã odo dia 27 de março passado, na Câmara Municipal de Belém, que homenageou o Centenário do Paysandu, preposição do vereador Victor Cunha, o presidente do Rancho, Jango Monteiro Vidal que fez parte da mesa que comandou os trabalhos solenes, quando convidado a se dirigir à Tribuna para manifestar a sua opinião, parabenizou as glórias do Paysandu, que são tantas, principalmente por ter nascido no Bairro onde cresceu e reside, o Jurunas, e também por comandar o Rancho Não Posso Me Amofiná.
Jango falou dos projetos sociais realizados no Rancho que reúne uma grande quantidade de pessoas em várias atividades que vai desde à saúde, lazer, educacional, emprego e distribuição de sopa, sem ajuda de ninguém.
O Rancho se sente bem assim como a comunidade que de sua Escola de coração, participa com afinco, independente de cores ou paixões clubistas. A prova está em que o Rancho homenageou os centenários do Remo e do Paysandu, e todos os brincantes ranchista de coração, fizeram seus corações baterem mais fortes pelo Rancho, independente de seu clube de coração.


ASSEMBLEIA PARAENSE É O NOVO ENREDO DO CARNAVAL 2015 DO RANCHO

Centenário da Assembleia Paraense começa a ser alinhavado pelo Rancho para o Carnaval 2015

 
Foi na tarde de quinta-feira (27/3), na sala da presidência daquele conceituado clube social de Belém, que representantes do Rancho, e a presidência da AP se reuniu pela primeira vez, para começar a colocar em prática, o enredo do Rancho que vai levar para Avenida, a bela história da Assembleia, que vai completar 100 anos em 2015.
Daniel Lopes, presidente, Felipe Fernandes, diretor social e eventos e o presidente da Assembleia, Henrique, receberam com fidalguia os ranchistas. Depois do encontro, ficou acertado, da entrega por parte do Rancho, de um anteprojeto que posteriormente será entregue à AP para as devidas análises e se começar os trabalhos.
O Tempo é curto, pois existe a realização da Copa do Mundo, mas ambas as partes garantem que saberão trabalhar no período, e por se tratar de futebol casar com samba, a Copa não atrapalhará o desenrolar dos trabalhos por parte da Escola tricampeã do carnaval de Belém.
 Depois da conquista do tricampeonato do carnaval de Belém, pela Escola de Samba, Rancho Não Posso Me Amofiná, homenageando o centenário do Paysandu, o próximo enredo do Rancho, será o centenário do conceituado clube social de Belém, a Assembleia Paraense.

O convite teve início a quando do encontro de dois representantes do Rancho, durante o carnaval, na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, Antonio Sinimbu e sua esposa, a dra. Suely Russo. O presidente da Assembleia Paraense, Daniel Lopes observou a grande quantidade camisas do Rancho que homenageara o centenário do Paysandu. As pessoas circulavam abertamente pela praia carioca. Houve o interesse e o amadurecimento começou com os primeiros contatos entre o presidente da AP com o presidente do Rancho, Jango Vidal, via telefone e o primeiro encontro aconteceu nesta quinta, dia 27.



Rancho e Jango Vidal são homenageados pela Câmara Municipal nesta quinta, pela manhã



A Escola de Samba, Rancho Não Posso Me Amofiná, tricampeã do carnaval de Belém, será homenageada em sessão especial, na manhã desta quinta-feira, pela Câmara Municipal de Belém. A Escola será representada pelo seu presidente, Jango Vidal.
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...