Total de visualizações de página

quinta-feira, dezembro 13, 2012

Detran finaliza instalação de semáforo na avenida Centenário








Detran finaliza instalação de semáforo na avenida Centenário




A equipe de engenharia do Departamento de Trânsito do Estado (Detran) finalizou, na tarde desta quinta-feira (13), a instalação do semáforo no cruzamento da avenida Centenário com a alameda Lameira Bittencourt, uma das etapas da nova sinalização que será implantada no local, em parceria com o Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM).
O Detran está criando medidas de segurança para reduzir o número de acidentes nas avenidas Centenário e Independência – foram 40, de janeiro e novembro deste ano. Dados da Coordenadoria do Núcleo de Planejamento do Detran mostram que, em 2011, 104 pessoas morreram envolvidas em acidentes de trânsito somente em Belém. No mesmo período, foram registrados 8.828 acidentes na capital e 19.721 no Estado.
A equipe de Engenharia do Detran e NGTM desenvolveram um projeto de sinalização para a avenida Centenário, e entre as medidas está o deslocamento de retornos, colocação de semáforos, fechamento de todos os cruzamentos da via e a instalação de radares antes das travessias. Segundo o coordenador de engenharia de trânsito, Walter Couto, em dez dias as obras serão iniciadas. “O Estado vai gerar o processo pelo NGTM e as obras serão executadas pelo Detran”, informa.
Dentre as mudanças na avenida Centenário, está o fechamento de todos os cruzamentos. “Embora a população possa não ficar satisfeita com a mudança, ela será necessária para evitar acidentes”, ressalta Walter Couto. Outro ponto será o retorno principal na rua Major Seda com a rua da Yamada, onde serão executadas obras geométricas que vão melhorar o fluxo do trânsito.
O projeto foi planejado levando em consideração a implantação do novo shopping que está sendo construído na avenida, por isso, a área da Centenário que dá acesso ao Aeroporto Val-de-Cans, nas imediações do shopping, também sofrerá mudanças.
Segundo Walter Couto, todas as modificações na sinalização objetivam evitar acidentes, mas sem deixar o trânsito parado, já que a Centenário é a via alternativa à avenida Almirante Barroso e rodovia Augusto Montenegro, onde está sendo construído o sistema de ônibus expresso, conhecido como Bus Rapid Transport (BRT).

Texto:
Edson Matoso-Detran



Sistema de Segurança Pública inicia nesta sexta-feira a Operação Boas Festas
O Sistema Integrado de Segurança Pública inicia nesta sexta-feira (14) a Operação Boas Festas, com o objetivo de intensificar a seguranças nas ruas do centro comercial de Belém. A concentração do efetivo que irá atuar na operação - cerca de 450 homens - será na Praça da República. Além da Polícia Militar - através do Comando de Policiamento da Capital - a operação terá a participação da Guarda Municipal de Belém. A Polícia Civil também reforçará o efetivo nas delegacias.
A operação Boas Festas consiste no policiamento ostensivo ao redor das áreas de grande concentração de vendas, como é o caso das ruas do centro comercial de Belém, lojas da rua Braz de Aguiar e dos quatro shoppings centers da capital, além de comércios concentrados em vias de outros bairros, como a avenida Pedro Miranda. As ações da operação ficarão mais intensas nos fins de semana e às vésperas do Natal e do Ano Novo, quando tende a aumentar consideravelmente a quantidade de consumidores nas lojas e supermercados.


Pro Paz e Grupamento Fluvial levam ação educacional à Cotijuba
Dezembro foi um mês especial para os moradores da Ilha de Cotijuba, com a ação de cidadania promovida pelo Grupamento Fluvial de Segurança Pública e o Pro Paz Escola. O encerramento das atividades do Programa de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) será nesta sexta-feira (14), nas instalações da Escola Professora Marta Conceição e Escola Bosque, a partir das 11 horas.
A equipe do grupamento aplicou as lições do Proerd, formando 45 crianças do quinto ano, em conjunto com professoras do Pro Paz Escola. Os instrutores foram o capitão PM Marcus Formigosa e o cabo PM Elias Miranda, sob a coordenação geral do diretor do grupamento, tenente coronel Sérgio Alonso Pinto e Silva.
As aulas foram ministradas de forma integrada com a equipe do Pro Paz. Além das orientações, o grupo de instrutores proferiu palestras às escolas da ilha, destacando a garantia dos direitos, o combate e a prevenção à violência e a disseminação da cultura de paz, atendendo um total de 90 adolescentes.
A ação ocorreu no período de 10 a 13 de dezembro, e a cerimônia de formatura dos alunos, nesta sexta-feira, será no salão paroquial da Igreja São Francisco das Ilhas, em Cotijuba. A embarcação que conduzirá os interessados em participar da formatura sai da sede do Grupamento Fluvial, às 9 horas.
Contato: tenente-coronel PM Sérgio Alonso Pinto e Silva, diretor do Grupamento Fluvial de Segurança Pública: 8883-5746



Corpo de Bombeiros realiza sonho de Natal de menino de 9 anos
O Corpo de Bombeiros promove sexta-feira (14), às 8 horas, no Comando Geral, a programação “Um Sonho de Natal de uma Criança”. O evento surgiu a partir da campanha Papai Noel dos Correios, que há 22 anos recebe cartinhas de crianças oriundas de famílias em situação de vulnerabilidade social, solicitando presentes de Natal.
O Corpo de Bombeiros selecionou a carta enviada pelo garoto Eric Warllem Corrêa dos Santos, 9 anos, que foi repassada à corporação pela Diretoria Regional dos Correios no Pará. O menino, além de pedir uma bicicleta, também tinha o sonho de conhecer o Corpo de Bombeiros de perto.
Eric Corrêa realiza o sonho nesta sexta-feira, com uma visita ao quartel do Comando Geral, acompanhado de parentes. Além de ganhar a bicicleta, ele também participa de uma programação especial.



Fasepa apresenta o projeto Pneus Móveis na Feira do Empreendedor
Quem tiver curiosidade em conhecer de perto como são feitos móveis e objetos de decoração com pneus de automóveis pode conferir, até sábado (15), no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, o trabalho desenvolvido pelo projeto Pneus Móveis, da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa). O trabalho está exposto na Feira do Empreendedor, evento promovido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com apoio do governo do Estado.
O projeto faz parte do programa Terra Viva e trabalha a profissionalização por meio da preservação do meio ambiente e cidadania sob a diretriz do atendimento socioeducativo. Em apenas um ano de existência, o Pneus Móveis já envolveu 25 socioeducandos da Fasepa, e pretende ampliar a ação, principalmente com a parceria já firmada com o próprio Sebrae.
O coordenador do Núcleo de Profissionalização da Fasepa, Jorge Borges, explica que a parceria com o Sebrae irá profissionalizar ainda mais o trabalho do projeto, ampliando as possibilidades de comercialização e assim beneficiando diretamente a vida do adolescente assistido pela Fasepa.
“Hoje todo projeto precisa de uma consultoria técnica para que os produtos sejam melhores e viáveis economicamente. Os móveis de pneus produzidos pelos socioeducandos não são diferentes. A parceria com o Sebrae dará uma qualidade maior para o produto, sendo melhor inclusive para os meninos que recebem uma parte dos lucros”, explica o coordenador.
A parceria com o Sebrae, que terá a duração de três meses, inclui consultoria técnica para o design do produto, resultado que já pode ser visto no estande da Fasepa na feira, além de cursos para os socioeducandos e toda equipe do projeto Pneus Móveis. A Feira do Empreendedor tem entrada franca.
O resultado surpreende quem passa pelo estande da Fasepa no Hangar. A estudante Tininha Popain foi conhecer as novas ideias dos empreendedores do Estado. “Quero um desses pequenos. Sempre vi com garrafas PET, mas poltrona feita com pneus de carro nunca tinha visto. Os vasos para plantas que podem ser pendurados são bem interessantes”, disse.

Texto:
Luciana Kellen-Fasepa


Polícia Civil incinera mais de meia tonelada de drogas nesta sexta
Mais de meia tonelada de drogas apreendidas ao longo do ano pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Civil, será destruída às 10 horas desta sexta-feira (14), na sede da indústria Cerâmica Marituba, situada na rua Manoel de Souza, bairro Pedrerinha. A incineração visa dar cumprimento às determinações judiciais que autorizaram a queima de entorpecentes apreendidos no depósito da DRE.
Do total de drogas a serem incineradas, cerca de 400 quilos são de maconha e o restante de cocaína, nos formatos de pedra de óxi, petecas e pó. Para fazer a transferência das drogas, da DRE até a cerâmica em Marituba, equipes do Grupo de Pronto Emprego, da Polícia Civil, e da Rotam e do Comando de Operações Especiais, da Polícia Militar, darão o apoio.
Uma equipe de peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves estará no local da incineração para fazer a perícia de constatação da droga, procedimento obrigatório antes da destruição do material apreendido. O procedimento será acompanhado pelo delegado Hennison Jacob, diretor da DRE, e representantes da Delegacia Geral e Corregedoria da Polícia Civil.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil



Hospital Municipal de Curuçá é reaberto com apoio da Sespa
O Hospital Municipal de Curuçá foi reaberto nesta quinta-feira (13), com o apoio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), que repassou uma série de equipamentos, móveis, insumos e medicamentos para que a unidade garanta o mínimo de atendimento à população. Entre os itens, há camas hospitalares, autoclave, computador, instrumentais cirúrgicos e lençóis, que substituíram imediatamente os objetos sem condições de uso.
Os equipamentos e materiais foram entregues pela diretora de Vigilância em Saúde da Sespa, Rosiana Nobre, acompanhada pelo diretor do Departamento de Controle de Endemias, Bernardo Cardoso, e técnicos da secretaria. Também esteve presente o diretor do 3º Centro Regional de Saúde da Sespa, José Sales.
A Sespa também está contribuindo com recursos humanos, mantendo um médico, uma enfermeira e dois técnicos de enfermagem contratados, porque a equipe do hospital ainda está desfalcada em função dos funcionários que ainda estão de licença médica.
Após a entrega da doação, Rosiana se reuniu com o promotor de Justiça Ney Tapajós, quando expôs a situação atual da investigação sobre o episódio de intoxicação em Curuçá e garantiu que o Hospital Municipal foi higienizado e desinfetado e está em condições de atender à população. Ela também apresentou o relatório sobre os exames encaminhado pelo Instituto Evandro Chagas mostrando que a maioria dos pacientes já está com resultados dentro da normalidade.
Houve, ainda, reunião, com o secretário municipal de Saúde de Curuçá, Rui Carvalho, com servidores do hospital, com a diretora do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde (Sindsaúde), Miriam Andrade, com o presidente do Conselho Municipal de Saúde de Curuçá, Rui Carvalho e pessoas da comunidade, fazendo um relato completo da situação para tranquilizar a população.

Texto:
Roberta Vilanova-Sespa


Papai Noel distribui presentes no Hospital das Clínicas
As crianças internadas na Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna recebem a visita do Papai Noel nesta sexta-feira (14), às 9 horas. O evento intitulado “Natal dos Sonhos” ocorre no auditório Doutor Ronaldo de Araújo. A festa ocorre todos os anos graças a uma parceria entre diversos setores. A distribuição de presentes atenderá às crianças internadas e também as que frequentam o ambulatório e fazem controle de doenças no hospital.
As crianças que não puderem comparecer ao auditório receberão os presentes diretamente das mãos do Papai Noel nos leitos e também na unidade de terapia intensiva (UTI). Os brinquedos foram doados pelos padrinhos solidários, grupo que desenvolve ações de voluntariado junto aos pacientes infantis. Outros foram doados espontaneamente por particulares. Durante o evento, haverá a apresentação do Coral Gaspar Vianna.
O nome “Natal dos Sonhos” foi escolhido em concurso entre as próprias crianças. “Elas escreveram cartas e, graças aos padrinhos solidários, recebem os presentes das mãos do Papai Noel”, diz Rita Carvalho, da Associação de Voluntários da fundação.
 As doações continuam sendo aceitas durante todo o período natalino. Os interessados em ajudar podem contribuir com brinquedos, cestas básicas, materiais de higiene em geral, fraldas descartáveis infantis e geriátricas e enxoval de bebê. As doações podem ser entregues diretamente no Voluntariado do Hospital de Clínicas. Informações pelo telefone 4005-2661.

Texto:
Felipe Gillet-HC




Conferência desperta consciência ambiental dentro da escola
Mais de 140 mil escolas públicas paraenses propondo ações em prol do meio ambiente na IV Conferência Nacional Infanto-Juvenil Pelo Meio Ambiente. Nesta quinta-feira (13), no Instituto de Ciências de Educação da Universidade Federal do Pará (UFPA), o evento deu o primeiro passo para o início das conferências no âmbito escolar, com a primeira reunião da comissão organizadora das oficinas preparatórias, destinadas a professores e alunos.
A conferência nacional, coordenada no Pará pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), é uma campanha pedagógica que enfoca meio ambiente, com mobilização e engajamento dos adolescentes e da comunidade escolar em debates sobre temas socioambientais contemporâneos. Participam projetos de alunos de todo o Brasil que tenham idade entre 11 a 14 anos.
Os adolescentes que mais se destacarem, ou seja, que elaborarem na sua escola os melhores projetos voltados para o meio ambiente, serão eleitos delegados e defenderão o seu Estado na conferência nacional, que ocorre em Brasília, em outubro de 2013. Após a formação dos professores que trabalharão diretamente com os alunos, o Pará formará 27 delegados durante as conferências escolares sobre meio ambiente em âmbito municipal, regional e estadual.
Segundo o coordenador de Educação Ambiental da Seduc, Antônio Augusto Ferreira Filho, essa é uma ótima oportunidade de enriquecer a educação e ainda trabalhar com os adolescentes um tema de essencial importância. “Ao todo participarão 145 mil escolas de todo o Estado e somente podem ser eleitos delegados alunos que tenham a faixa etária exigida”, diz.
O treinamento e aperfeiçoamento dos profissionais da educação serão feitos pela comissão organizadora, que é formada por representantes da UFPA, Secretaria Municipal de Educação (Semec), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), dentre outras entidades.
A professora Maria Ludetana, representante da UFPA, diz que louva a atitude da Seduc de assumir a responsabilidade de trabalhar com as escolas e pelas escolas a questão da educação ambiental. “É muito importante que as coordenações estejam trabalhando juntas e com isso só quem ganha é o aluno, pois passa a ter uma educação de qualidade e trabalhar os projetos de forma conjunta para que todos sejam valorizados”, afirma.

Texto:
Danielly Gomes-Seduc
Fone: (91) 3201-5181 / (91) 9902-1475


Polo Joalheiro do Pará participa da Feira do Empreendedor
Com um desfile e exposição de joias, o Polo Joalheiro do Pará participa da Feira do Empreendedor 2012, que ocorre no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, até sábado (15). A edição na capital paraense faz parte de um circuito internacional que completa 20 anos em 2012, em uma promoção do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).
O Polo Joalheiro do Pará participa da programação de palestras do Seminário de Inclusão de Novos Empreendedores do Setor de Gemas e Joias. Três foram proferidas na manhã desta quinta-feira (13), entre elas “As oportunidades de inclusão produtiva que o Sebrae oferece aos empreendedores brasileiros”, ministrada por Marcelo Ribeiro de Araújo, gerente de Indústria do Sebrae.
O desfile de joias do Polo Joalheiro do Pará será sexta-feira (14). A organização é da jornalista especializada em moda Felícia Assmar Maia. No desfile, 15 modelos mostrarão 25 peças criadas e produzidas por designers e microempresas ligados ao polo. São colares, pulseiras, anéis e pingentes confeccionados em ouro e prata, com inspirações diversas e com o diferencial do uso de matéria-prima sustentável, como palha, couro, madeira e sementes.
O estande de Comércio e Serviços da Feira do Empreendedor expõe, em destaque, acessórios de moda e joias, com curadoria do designer e arquiteto Mizael Lima. As joias foram produzidas por profissionais e empresas que comercializam peças no Polo Joalheiro.

Texto:
Luciane Barros-São José Liberto



Preso acusado de sequestrar pecuarista em Senador José Porfírio
Está preso em Senador JoséPorfírio, sudoeste do Pará, Vanilso Cardoso Pimentel, acusado dos crimesde sequestro e formaçãode quadrilha. A prisão do acusado foi feita quarta-feira (12), pela equipe da Polícia Civil local, durante a operaçãodenominada "C4". No último dia 28de novembro,por voltade 23 horas, o acusado participou, juntamente com três comparsas,de um esquema para sequestrar o pecuarista Romualdo Nunes. A vítima foi retiradade casa pela quadrilha armada.
Os sequestradores aproveitaram ocasião em que a cidade estava sem energia elétrica para cometer o crime. O preso é ex-funcionário do pai da vítima, que também é pecuarista e mora em Altamira. Para sequestrá-lo, um dos bandidos chegou à casa dele chamando-o pelo nome. Ao abrir aporta, a vítima foi rendidapor outro homem armado. Em seguida, um terceiro homem apareceu. Os três colocaram a vítima no próprio carro e seguiram em direção a Altamira. Durante o trajeto, outro carro acompanhou o percurso no apoio ao  bando. Nesse veículo estava Vanilso.
Os criminosos mantiveram o pecuarista em cárcere privado e passaram a exigirdele a quantiade R$ 500 mil, alegando que o pai havia adquirido o valor, no dia anterior, como resultadode um negócio.Depoisde chegarem a Altamira, os bandidos foram à casa do pai da vítima, também pecuarista, onde renderam toda a família. Enquanto estavam na casadele, os sequestradores reviraram os cômodos, abriram o cofre e levaram joias e pertences pessoais,deixando as vítimas trancadas em um banheiro. Os bandidos saíram em fuga, levando os objetos roubados, e abandonaram o veículo da vítima em uma rodovia na saída da cidade.
O inquérito aprofundou as investigações até localizar e apreender um veículo que teria sido usado no sequestro. Ainda durante a apuração dos fatos, foram ouvidas várias testemunhas, que auxiliaram na identificação do acusado. Vanilso trabalhou para o paide Romualdo, como operadorde máquinas pesadas. Com base nas provas, odelegado Vinicius Sousa Dias representou pela prisão temporária, pelo prazode 30 dias, cujo mandado foi concedido pelo juízo da Comarca.
Ainda segundo o delegado, informações repassadas por pessoas da comunidade foram fundamentais para a elucidação do crime, identificação e prisão do envolvido. As investigações prosseguem para localizar os outros envolvidos na ação criminosa.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil


Festa natalina reúne usuários e servidores do Caps Grão Pará



O Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Grão Pará, em Batista Campos, Belém, fez nesta quinta-feira (13) a festa natalina para pacientes, familiares e profissionais de saúde. Entre as atrações, mensagens de fim de ano, grupos de dança e apresentações teatral e do coral Nossa Voz, também composto pelos usuários.
Vinculado à Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Caps é um serviço de saúde comunitário mantido pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com referência em tratamento para pessoas que sofrem de transtornos mentais. O objetivo é oferecer atendimento à população da área de abrangência, com acompanhamento clínico e reinserção social.
O atendimento inclui visitas domiciliares, acolhimento ao usuário e familiares, atividades socioeducativas e sociorrecreativas, passeios, exercícios físicos, palestras e oficinas terapêuticas. Ao longo do ano, o centro promove confraternizações entre pacientes nas principais datas comemorativas.
Segundo a diretora do Caps Grão Pará, Natércia Barros, além do atendimento clínico as atividades de socialização são fundamentais para a melhoria do comportamento do paciente, pois ajudam na desenvoltura de cada um, tanto com seus amigos quanto com seus familiares. “A integração entre os pacientes, familiares e funcionários faz parte do projeto terapêutico do Caps. Por isso, é de fundamental importância promover eventos temáticos para reinserir estes pacientes”, afirmou.
O Caps Grão Pará tem 500 usuários matriculados, distribuídos nos três turnos. Ao todo, são 98 servidores divididos em enfermeiros e técnicos de enfermagem, médicos, psicólogos e assistentes sócias. O centro funciona 24 horas com cinco leitos de observação e repouso e equipes de saúde capacitadas de plantão para atender pacientes moderados e prevenir crises.

Texto:
Edna Sidou-Sespa


Governo entrega novo ginásio poliesporitivo em Santa Bárbara



Quase dez anos após ter sido iniciado, o Ginásio Poliesportivo de Santa Bárbara do Pará, no nordeste do Estado, será entregue nesta quinta-feira (13) pelo governo do Estado. Sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop), o espaço tem uma quadra poliesportiva de 576 metros quadrados, duas arquibancadas de quatro lances cada com capacidade para mil lugares, palco, dois camarins com banheiros, parte administrativa e banheiros masculinos e femininos para o público.
Segundo o secretário de Obras Públicas, Joaquim Passarinho, esta é uma melhoria para o esporte do município que irá beneficiar toda a população. “Esta é uma obra emblemática para Santa Bárbara. Começou três administrações passadas. Inclusive diziam que lá tinha uma ‘caveira de burro’ enterrada, pois nunca era terminada. Agora o governo entrega à população o ginásio concluído”, ressaltou Passarinho, informando que os investimentos na obra chegaram a R$ 700 mil.

Texto:
Clara Costa-Seop


Sespa retoma gestão do Hospital Geral de Tailândia
A gestão do Hospital Geral de Tailândia voltou, desde 14 de novembro, para a responsabilidade do Estado, a pedido da prefeitura local, que tinha a cessão de uso da instituição desde maio de 2011. Além do termo de cessão de uso, assinado pelo titular da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Helio Franco, a Sespa havia firmado convênio com o município, assegurando o repasse mensal no valor de R$ 1.040 milhão para a manutenção e gerenciamento do hospital e R$ 260 mil relacionados à qualidade do atendimento.
Ambos os documentos foram assinados pelo então prefeito de Tailândia, Gilberto Sufredini, que em agosto deste ano teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) juntamente com o vice-prefeito Edson Azevedo. Com essa decisão, assumiu a Prefeitura de Tailândia o segundo colocado na eleição de 2008, Valdinei Afonso Palhares.
No entanto, ao assumir o cargo, Valdinei expressou vontade de devolver a gestão do hospital ao governo do Estado, alegando atraso nos repasses dos recursos financeiros do convênio por parte da Sespa, o que foi imediatamente aceito, considerando que havia falhas na prestação de contas do município.
Para oficializar as intenções dos governos estadual e municipal, no dia 23 de novembro foi firmado um termo de ajuste de conduta entre a Sespa e a Prefeitura de Tailândia, perante a 1ª Promotoria de Justiça, tendo à frente a promotora Maria Cláudia Vitorino Gadelha.
A troca de gestão não afetou a prestação de serviços à população, mas a Sespa está trabalhando para mantê-lo em funcionamento e retomar o diálogo com a prefeitura assim que o novo gestor tomar posse, dia 1º de janeiro de 2013. Enquanto isso, o hospital está sendo conduzido pelas enfermeiras Carmen Silvia Nunes Tavares e Maria Elza Furtado Assunção, da Sespa, e por técnicos do 6º Centro Regional.
O Hospital Geral de Tailândia foi requalificado e aberto novamente à população dia 9 de maio de 2011. Desde então, os 80 mil habitantes de Tailândia e cidades vizinhas contam com os serviços médico-hospitalares de média complexidade, sem precisar se deslocar a Belém. Dispondo de 40 leitos, o hospital oferece serviços ambulatoriais e de internação em clínicas médica e cirúrgica, traumatologia, pediatria e obstetrícia, além do serviço de urgência e emergência.

Texto:
Roberta Vilanova-Sespa



Sejudh participa da entrega do relatório final da CPI do Tráfico Humano
O secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, José Acreano Brasil Jr., participou nesta quinta-feira (13) da entrega oficial do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico Humano, que ocorreu no auditório da Assembleia Legislativa. A CPI foi instalada dia 23 de março de 2011, com o objetivo de diminuir os índices do tráfico diante da constatação do aumento da exploração sexual, tráfico de órgãos e trabalho servil.
“Não adianta fazer uma mudança nas leis se não trabalharmos na prevenção. Não tínhamos uma política de enfrentamento ao tráfico de pessoas, e logo após a instituição dessa política, começamos a trabalhar na prevenção e na capacitação”, disse o secretário. Atualmente, o tráfico humano é considerado tão lucrativo quanto os tráficos de drogas e de armas.
O relator da CPI, deputado Carlos Bordalo, disse que o relatório procura trazer reflexões quanto às origens do problema. O documento contém ainda estratégias de investigação, caracterização das rotas do tráfico, a questão do tráfico de travestis do Estado e resultados. “Vivenciamos o processo da CPI para definir áreas onde podem ser instalados centros do Pro Paz. Nosso trabalho é muito mais árduo do que pensamos, porque não devemos agir de forma isolada. Cada um de nós é responsável pela prevenção do tráfico de pessoas”, disse a coordenadora do Comitê Gestor do Pro Paz, Izabela Jatene.

Texto:
Leba Peixoto-Sejudh


Prefeitura de Belém inaugura nova escola no bairro da Cidade Velha





Mais uma escola foi entregue pela Prefeitura à população de Belém. Dessa vez foi a Honorato Filgueiras, localizada na travessa de Breves e inaugurada nesta quinta-feira que fica na travessa de Breves,na Cidade Velha. A escola possui  seis salas de aula, biblioteca, e sala de informática e vai atender 800 estudantes em quatro horários. A prefeitura comprou mais um terreno ao lado da escola para que sejam construídas mais  quatro salas e uma área para prática esportiva

Desde a década de 60 a escola Honorato Filgueiras funcionava no anexo da igreja Nossa Senhora da Conceição, no bairro do Jurunas. Somente na atual gestão,a Prefeitura de Belém adquiriu um terreno próprio  para a construção da nova escola, que garante um ambiente saudável e uma educação de qualidade.

Duciomar Costa  destacou os avanços que a Educação teve nos seus dois mandatos à frente da Prefeitura. "A educação sempre teve um tratamento diferenciado no meu governo e durante esses oito anos não tivemos nenhuma greve de professor. Isso mostra o reconhecimento ao respeito que sempre tivemos com a educação em nossa cidade”, disse o prefeito.

Para a dona de casa Josiane de Brito Figueiredo, mãe do Oscar Brito e Ana Vitória, ambos alunos da Honorato Filgueiras,  a nova escola foi uma alegria muito grande  porque seus filhos não vão mais sofrer com  alagamentos que interrompiam as aulas.

Nesta sexta-feira,14, às 9h, a Prefeitura de Belém inaugura a Escola Parque Bolonha, no Conjunto Verdejante,bairro de Águas Lindas.


Texto: Acom Semec
Fotos: Adriano Magalhães



Jovens de Cotijuba aprendem a evitar o mundo das drogas e do crime
Dezembro foi um mês especial para os moradores da Ilha de Cotijuba, com a ação de cidadania promovida pelo Grupamento Fluvial de Segurança Pública e o Pro Paz Escola. O encerramento das atividades do Programa de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) será nesta sexta-feira (14), nas instalações da Escola Professora Marta Conceição e Escola Bosque, a partir das 11 horas.
A equipe do grupamento aplicou as lições do Proerd, formando 45 crianças do quinto ano, em conjunto com professoras do Pro Paz Escola. Os instrutores foram o capitão PM Marcus Formigosa e o cabo PM Elias Miranda, sob a coordenação geral do diretor do grupamento, tenente coronel Sérgio Alonso Pinto e Silva.
As aulas foram ministradas de forma integrada com a equipe do Pro Paz. Além das orientações, o grupo de instrutores proferiu palestras às escolas da ilha, destacando a garantia dos direitos, o combate e a prevenção à violência e a disseminação da cultura de paz, atendendo um total de 90 adolescentes.
“Este curso foi organizado para atender a necessidade de uma atividade essencialmente preventiva, que precede as ações de repressão ao uso e tráfico de drogas e o controle da violência em todos os seus aspectos, tanto físicos quanto psicológicos. O Proerd visa evitar que crianças e adolescentes, em fase escolar, iniciem o uso das diversas drogas lícitas e ilícitas existentes em nosso meio”, explica o tenente coronel Sérgio Alonso.
O Proerd também desperta nos jovens a consciência para o problema das drogas e também para a questão da violência. “Também tem a finalidade de orientar os pais e responsáveis dos alunos, com o objetivo de oferecer um conhecimento básico sobre questões ligadas ao uso e consumo de entorpecentes”, continua o tenente coronel, informando que, no próximo ano, a ação será estendida às demais ilhas de Belém.
A ação ocorreu no período de 10 a 13 de dezembro, e a cerimônia de formatura dos alunos, nesta sexta-feira, será no salão paroquial da Igreja São Francisco das Ilhas, em Cotijuba. A embarcação que conduzirá os interessados em participar da formatura sai da sede do Grupamento Fluvial, às 9 horas.

Texto:
Lene Alves-SEGUP


Integração social é tema do II Encontro Estadual de Execução Penal
Prossegue até sexta-feira (14) o II Encontro Estadual de Execução Penal do Pará, coordenado pelo juiz Claudio Henrique Rendeiro, titular da 1ª Vara de Execução Penal da Região Metropolitana de Belém. O evento foi aberto nesta quinta (13), no auditório do Fórum Civil de Belém e reuniu operadores que atuam na área.
Com o tema “Por uma integração social efetiva”, o encontro pretende promover a articulação entre instituições governamentais e não governamentais do Estado, a fim de criar uma rede de atendimento e prestação de serviços que favoreça a promoção da cidadania e a reintegração social de presos, egressos, internados por medida de segurança e cumpridores de penas e medidas alternativas.
Claudio Rendeiro observou que o evento é uma oportunidade de avaliar o sistema de justiça, o sistema penitenciário e as políticas públicas. “Encontros dessa natureza são fundamentais para que possamos nos compreender e gerar práticas positivas”, disse.
O titular da Superintendência do Sistema Penal (Susipe), André Cunha, falou sobre “A realidade carcerária no Pará”, destacando que o principal problema no sistema penitenciário paraense é a superlotação.
A criação de novas vagas, a celeridade de julgamento de presos provisórios e a redução do fluxo de entrada de novos presos são as soluções para o problema, apontou o superintendente. Para o juiz auxiliar da presidência do Conselho Nacional de Justiça, Luciano Losakann, o encontro é importante não só porque reúne representantes na área de execução penal, mas porque permite o trânsito de ideias inovadoras para o sistema penitenciário.
“Ideias novas e projetos se dão a conhecer. Aqui no Pará, por exemplo, o projeto Conquistando a Liberdade é extremamente importante e com um alcance social muito grande. É necessário que as pessoas que lutam pela mesma causa se unam e continuem trabalhando nesta perspectiva”, considerou.
Ainda na avaliação de Luciano Losakann, a Justiça do Pará começou a investir na área da execução penal, provocando uma transformação que ainda está acontecendo, mas que é extremamente positiva e importante para as varas. O evento teve ainda a participação do coral das detentas do Centro de Reeducação Feminino.

Texto:
Nara Pessoa-Susipe


Escola Brigadeiro Fontenelle, na Terra Firme, comemora 40 anos
Funcionários, professores, alunos e ex-alunos participam, quinta-feira (20), da festa comemorativa de 40 anos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Brigadeiro Fontenelle, localizada no bairro da Terra Firme, em Belém. Por ser referência em mobilização comunitária no bairro, a escola oferece uma programação à comunidade com atividades culturais de cinema, dança e teatro.
“A história da Escola Brigadeiro Fontenelle se confunde com a história da Terra Firme, pois muitas gerações já passaram por aqui. Os 40 anos da escola servem como resgate histórico de tudo o que a escola tem passado” destaca o vice-diretor, Daniel Filho, explicando que o objetivo é sensibilizar os alunos e toda a comunidade escolar a valorizar o patrimônio público, com ações que possibilitem o respeito a valores necessários para proteger e melhorar o ambiente escolar.
Em 2003, a Escola Brigadeiro Fontenelle ganhou, concorrendo com 14 escolas de todo o Brasil, o Prêmio Unesco, como referência internacional em educação por meio da iniciativa vitoriosa de prevenção e combate à violência escolar. A unidade também é considerada referência no campo esportivo devido às conquistas nos Jogos Estudantis Paraenses (JEPS).
Programação – As comemorações se iniciam às 8 horas, com a execução do Hino Nacional e um culto ecumênico. Em seguida, será apresentado um documentário, desenvolvido pelos alunos da escola, que faz um resgate histórico da instituição, do bairro e das ações desenvolvidas na comunidade durante os 40 anos de atividades.
“O documentário é criado pelos próprios alunos, filmado com câmeras simples e editado por eles mesmo, com a orientação dos professores. Sempre que fizemos alguma atividade dentro da escola, objetivamos incentivar o interesse no aluno a respeito da história do local onde ele estuda”, conta Daniel Filho.
O grupo Exíbila – formado por membros da comunidade, 70% deles alunos da escola – fará uma apresentação com danças regionais, a partir das 9h30. O momento mais esperado pelos alunos é o Show de Talentos. Segundo o vice-diretor, os preparativos já estão em andamento. “Cada professor está encarregado de selecionar um grupo que vai se apresentar no show. Aqui temos músicos, artistas, palhaços e dançarinos, entre outros talentos que às vezes passam despercebidos quando não lhes é dada a devida atenção”, conta o vice-diretor.
A programação se repete durante a tarde e se estende até às 20 horas, para o corte do bolo em comemoração aos 40 anos da escola. Está prevista ainda a apresentação do cantor e compositor Nilson Chaves. “Os alunos estão bastante engajados nesse projeto, pois se identificam com a história da escola. Esse será um momento de chamar a atenção da comunidade para as dificuldades que temos passado e a necessidade de manter vivo esse patrimônio, que é de todos”, conclui.

Texto:
Pablo Almeida-Secom


Emater faz mapeamento produtivo em comunidades de Brasil Novo
Com o intuito de identificar a potencialidade e a produção rural em Brasil Novo, na Transamazônica, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) está fazendo um diagnóstico organizacional em quatro comunidades do município. O instrumento vai ajudar a elaborar um plano de desenvolvimento local e um planejamento adequado das Unidades de Produção Familiar.
O diagnóstico considera os aspectos social e produtivo com os indicadores de produção e renda e ainda a vocação individual de cada família. O trabalho de identificação, que já começou a ser feito pela comunidade Carlos Pena Filho, responsável por uma das maiores produções de hortifruti do município, dá prioridade neste primeiro momento para os agricultores que já começaram a ser organizar em associações ou cooperativas.
A ação pretende desenvolver e estimular a diversificação da produção para alcançar novos mercados consumidores e fazer com que os agricultores acessem políticas públicas como o Programa de Aquisição de Alimentos, entre outras. Brasil Novo historicamente tem vocação pecuária. A diversificação da produção pretende, portanto, ter efeito multiplicador junto aos agricultores familiares.
Outra preocupação da Emater é com relação à regularização ambiental das propriedades rurais. No município já está sendo feito o Cadastramento Ambiental Rural (CAR) das propriedades, o que está proporcionando o início da regularização e da gestão ambiental, contribuindo para que Brasil Novo deixasse o estado de embargo.
Brasil Novo é um dos municípios com a maior produção de CAR na região. De um total de 1,5 mil propriedades que precisam ser regularizadas, pelo menos 70% já receberam a visita técnica e foram cadastradas.

Texto:
Iolanda Lopes-Emater


TV Cultura apresenta novo sinal digital para publicitários paraenses








A TV Cultura do Pará ofereceu um almoço nesta quinta-feira (13) para as principais agências de comunicação e empresários do setor para apresentar o novo sinal digital, que será lançado sexta-feira (14), junto com a reabertura do Teatro Waldemar Henrique. Na ocasião, foram apresentados vídeos sobre o avanço tecnológico e os produtos da emissora, o portfólio do portal, rádio e TV e ainda o plano de mídia.
“No momento em que as TVs públicas da Europa inteira e até do Brasil estão em crise, você vê uma TV pública no meio da floresta amazônica recebendo investimentos maravilhosos e sendo tratada como uma das prioridades do governo, fazendo com que a gente consiga dar esse salto e virando mais uma página da TV Cultura”, disse o secretário de Estado de Comunicação, Ney Messias Jr.
Ele também informou que, pela manhã, em uma audiência com o governador Simão Jatene e a presidente da Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), Adelaide Oliveira, o chefe do Executivo autorizou que seja feito um levantamento de custos para que os transmissores digitais possam ser estendidos para os municípios paraenses com mais de 100 mil habitantes.
Ao assumir um caráter diferenciado das demais emissoras, a Rede Cultura trabalha a mídia institucional, que reforça atributos intangíveis, como qualidade, responsabilidade social e empreendedorismo. “Qualquer empresa que vincule sua imagem a um veiculo de comunicação que tem compromisso com a sociedade e com a formação do cidadão, e ainda por cima qualidade em seus conteúdos jornalísticos, tem bons resultados”, disse Daniele Serely, gerente de recarga da Vivo.
Na opinião do publicitário Glauco Lima, a melhoria da qualidade do sinal digital da TV Cultura é um momento que deve ser comemorado por todos que trabalham no setor. “A melhora na transmissão da TV Cultura era uma reivindicação que nós, publicitários, fazíamos. Com certeza com essa nova era da TV qualquer anunciante inteligente, que busca uma emissora que transmite enriquecimento pessoal com conteúdo da melhor qualidade, fará questão de anunciar na emissora”, concluiu.
Para o diretor da TV Cultura, Tim Penner, a nova era trará inúmeros benefícios. “Este avanço mostra cada vez mais que vale a pena investir na TV que, além de oferecer um grande conteúdo, agora terá também um grande sinal”, destacou.
A primeira transmissão ao vivo com sinal digital da TV Cultura será nesta sexta-feira (14), direto da Praça da República, juntamente com a reabertura do Teatro Experimental Waldemar Henrique, que abre as portas após um ano e nove meses de reforma. A Orquestra de Violoncelistas da Amazônia, Palhaços Trovadores e Cia de Dança Waldete Brito participam da programação, que começa às 17 horas, no anfiteatro da praça.

Texto:
Bruna Campos-Secom


Produtores recebem equipamentos para manuseio de ostras
Uma parceria entre a Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultura (Sepaq), Ministério da Pesca e Aquicultura, Sebrae, Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção, Marine Equipament e Rede Nossa Pérola vai garantir a produtores do nordeste paraense mais qualidade no manuseio e produção de ostras. Nesta quinta-feira, 13, eles receberam maquinários próprios para essa atividade durante a programação do IV Encontro de Ostreicultura do Nordeste Paraense, que acontece no Hangar. 



Sérgio Guerra cobra o
esclarecimento de
denúncias contra Lula

Em meio aos desdobramentos da Operação Porto Seguro, que culminou no indiciamento da ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo Rosemary Noronha, e das revelações feitas pelo principal operador do mensalão, o publicitário Marcos Valério, ao Ministério Público Federal, o presidente nacional do PSDB, deputado Sérgio Guerra (PE), reagiu nesta quinta-feira (13) à estratégia do PT e de governistas de blindar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como se os últimos acontecimentos fizessem parte de uma conspiração para desestabilizar o governo petista.
"É preciso desmistificar o que está acontecendo. Não há conspiração alguma. Os fatos falam por si só. A ação da ex-chefe de gabinete do ex-presidente Lula, mantida pela presidente Dilma no cargo, compromete os atuais comandantes da República. O mesmo podemos dizer em relação ao novo depoimento do principal operador do mensalão do PT, já condenado pela justiça", dispara Guerra.
O dirigente tucano entende que não resta outra alternativa ao país, a não ser a de investigar todas as denúncias que atingem o governo do PT e o ex-presidente Lula.
"Para um país decente, só há um caminho: o esclarecimento de tudo e a eventual punição dos responsáveis por irregularidades. Fora disso é zombar da população brasileira e manter um ambiente de falsa polarização política, que serve apenas a propósitos inconfessáveis daqueles que querem manter a impunidade no país", acrescentou Guerra.

Representantes do Conselho Estadual de Pesca são empossados
Foram empossados nesta quinta-feira, 13, em cerimônia realizada no auditório da Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultura (Sepaq), os membros do Conselho Estadual de Pesca e Aquicultura (Coepaq). Criada há pouco menos de três meses por meio de decreto assinado pelo governador Simão Jatene, a entidade conta com representantes de sete órgãos do Poder Executivo e outros sete do próprio setor, a exemplo de associações e sindicatos. Segundo o titular da Sepaq, Henrique Sawaki, que também preside o conselho, esse é um passo importante para o fortalecimento e integração do setor. “É uma forma de todos os setores sentarem à mesma mesa para traçar metas de trabalho”.
Aprovados o regimento interno e a ata do conselho, os membros agora voltam as atenções para a elaboração do Plano Anual de Trabalho para 2013. “Conseguimos finalmente reunir todos os setores da pesca e da aquicultura e isso nos favorecerá bastante, pois assim é mais fácil desenvolver políticas públicas para o Estado. E com o Plano Safra já lançado, precisamos estar estruturados para poder correr atrás de recursos para a nossa região”, ressaltou Sawaki. Entre os principais entraves apontados pela categoria está  a burocracia para se obter uma licença ambiental. “Esse é um dos nossos principais focos de debate”, revelou o secretário.
Os órgãos que fazem parte da Coepaq são: Sepaq, Sefa, Sema, Seter, Emater, Adepará, Banpará, organização da pesca artesanal profissional, organização da Pesca Amadora e Esportiva, organizações da indústria pesqueira (Sinpesca), organizações dos trabalhadores da indústria do pescado (Sindpesca), organizações da pesca ornamental (Associação de Exportação de Peixes Ornamentais do Pará) e de aquicultura (Associação dos Aquicultores de Castanhal e Região).

Texto:
Anna Carla-Sepaq


Inmetro e Procon alertam consumidor para armadilhas das compras de fim de ano
Descontos, variedade de mercadorias e parcelamentos no cartão de crédito em até 12 vezes. As festas de final de ano estão repletas de atrativos para o consumidor. Mas na ânsia de garantir todos os presentes, muita gente não se apercebe dos riscos e prejuízos que podem estar por trás da compra um simples produto. Para alertar a população e fiscalizar a atividade comercial durante as compras de fim de ano, órgãos estaduais de defesa do consumidor, como o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia do Pará (Inmetropará) e o órgão de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), intensificam os trabalhos neste período.
Segundo a diretora do Procon, Eliana Uchôa, a procura pelo órgão chega a aumentar até 30% durante o fim do ano. Os casos mais recorrentes são em relação às compras pela internet, quanto a questões como prazo de entrega, troca e assistência técnica. “Nesses casos o consumidor tem que estar ainda mais atento e deve procurar saber se a empresa existe, se tem CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) e é idônea. Nós temos muito problemas com entregas de produtos, muitos deles chegam depois do prazo firmado com o consumidor”, afirma.
Para auxiliar a busca pelas informações sobre as empresas, o consumidor pode se valer das redes sociais, ferramenta bastante útil hoje em dia. “Em caso de dúvida, a pessoa também deve procurar saber com outras pessoas que já compraram naquele site. Hoje em dia com as redes sociais esse contato fica mais fácil”, indica Eliana Uchôa. Outras formas de verificar a idoneidade das empresas é procurar sites que informam ao consumidor sobre a reputação das empresas.
Dicas do Procon:
- Exigir nota fiscal
- Os comerciantes tem a obrigação de trocar o produto somente em caso de defeito. Por isso, é preferível comprar em lojas que forneçam etiquetas de troca, sobretudo se a compra for para presente.
- O consumidor deve exigir teste do produto na sua frente.     
- Nas compras pela internet o consumidor deverá, primeiramente, fazer uma pesquisa sobre a reputação do site;
- O consumidor tem sete dias para se arrepender da compra pela internet, podendo solicitar a restituição do valor ou o cancelamento da compra. O envio do produto de volta é por conta da loja/site.

Como forma de resguardar seus direitos, o consumidor também deve estar atento à qualidade do produto que está comprando. “É importante, acima de tudo, mudarmos a nossa cultura para que possamos, nós mesmos, fiscalizar nossas compras e sermos parceiros do Inmetro. O produto tem que ter o selo de garantia, o que significa que esse item foi testado e aprovado”, ressalta o presidente do Inmetropará, Luziel Guedes. Na ausência do selo, a multa é aplicada aos fabricantes pode variar de R$ 100,00 até R$ 1,5 milhão.

A servidora pública Valéria Santos, 42, que foi às compras nessa quinta-feira, 13, com o filho Pedro Henrique, estava atenta ao selo do Inmetro. Em cada produto indicado pelo garoto ela verificava a existência da certificação. “Faço assim porque é uma forma de ter segurança. Se der algum problema depois tenho como reclamar com o fabricante e cobrar meus direitos”, afirmou.

Dicas do Inmetro:
- Verificar se o produto contém o selo de qualidade do Inmetro;
- As embalagens devem indicar a faixa-etária adequada de cada brinquedo;
- No caso de produtos importados, as informações tem que estar traduzidas para o português.
-É preferível realizar suas compras em lojas físicas

Operações – Neste final de ano, os dois órgãos também executam ações de orientação ao consumidor e fiscalização dos produtos oferecidos no comércio paraense. A Operação Papai Noel, deflagrada este mês pelo Inmetropará, já verificou cerca de 90 mil produtos em todo o Estado, sendo que mais de 350 foram interditados, em 10 supermercados. A maioria dos produtos são brinquedos (cerca de 60%). Os demais são luminárias natalinas (pisca-pisca e lâmpadas tipo mangueira) e produtos têxteis.

A operação, que segue até o sábado, 15, conta com quatro equipes de atuação. Na primeira semana, duas equipes fiscalizaram os estabelecimentos comerciais de Santarém, no oeste do Estado. Uma delas seguiu até o recém-criado município de Mojuí dos Campos. Outras duas equipes estão visitando os municípios de Parauapebas, Itupiranga, Canaã do Carajás, Eldorado do Carajás e Pau D'Arco. Em Belém, foram examinados produtos pré-medidos, aqueles pesados sem a presença do consumidor. Foram visitados cerca de 10 estabelecimentos, onde foram examinadas marcas de panetone, rosca natalina e diversas massas. Não houve reprovação.

O Procon põe em prática, desde o início da semana, a Operação Natal, no comércio e shoppings da Região Metropolitana de Belém.  Os fiscais do órgão verificam os preços dos produtos quanto ao pagamento à vista e parcelado, juros, descontos e o atendimento ao consumidor. “Os preços devem estar bem visíveis, assim como as formas de pagamento”, informa Eliana Uchôa. Caso o consumidor se sinta lesado e queira denunciar algum estabelecimento para que a fiscalização seja feita “in loco”, deverá entrar em contato com o órgão.

TELEFONES E LOCAIS DE ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR
Ouvidoria do Inmetropará – 0800-280-1919
Disk Procon – 151 ou 3073- 2824
Postos de Atendimento do Procon na Grande Belém
Sede do Procon – São Brás -  (91) 3073- 2824 (Travessa Castelo Branco, entre Magalhães Barata e Gentil Bittencourt)
Estação Cidadania- Guamá – (91) 4009-2764 (Avenida José Bonifácio, nº2.308, esquina com Barão de Igarapé-MIri
Estação Cidadania - Jurunas– (91) 3224-3790 (Rua São Silvestre, nº1.300, esquina com Tupinambás)
Casa da Justiça e Cidadania – Marco – (91) 3131-1600 (Avenida Almirante Barroso, nº2.380, em frente ao Bosque Rodrigues Alves)
Polo Ananindeua – (91) 3286-8026 (Distrito Industrial, Conjunto Geraldo Palmeira - Avenida Zacarias, na Avenida Zacarias Assunção, nº 03, quadra 31, ao lado da Rádio Distrital).

Texto:
Amanda Engelke-Secom
Fone: (91) 3202-0911 / (91) 8150-8965
Email: 
amanda@agenciapara.com.br


Sema apresenta ferramenta durante reunião dos Conselhos Gestores da Calha Norte
A ferramenta de gestão Sistema de Indicadores da Condição Socioambiental da Unidade de Conservação (Sisuc) foi apresentada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), em parceria com a Conservação Internacional, durante a reunião dos Conselhos Gestores das Florestas Estaduais (Flotas) da Calha Norte, nesta semana, em Santarém. Entre seus objetivos de sua criação está a produção de um diagnóstico da gestão de Flotas por meio da observação dos conselheiros e o acompanhamento das ações propostas ao desenvolvimento da gestão.
A ferramenta apresentada por Carlos Eduardo, do grupo Natureza, Sociedade e Conservação, e mediado por Cesar Haag, da CI, obteve aprovação total dos conselheiros. No encontro também foram tratados aspectos relacionados à gestão, com uma oficina de priorização de ações para 2013, em que os conselheiros analisaram as ações propostas pelos Planos de Manejo para o ano de 2013.
Participaram, ainda, da reunião um grupo de balateiros (pessoas que extraem a seiva da balata, espécie de látex) e artesãos de Belém e de Monte Alegre. Os balateiros defendem a continuidade da extração da balata na Flota Paru, que alegam estar ameaçada pela concessão florestal que ocorrerá nos próximos anos. Tanto Sema quanto o Instituto de Desenvolvimento Florestal (Ideflor) comprometeram-se a estudar a questão de forma a não haver prejuízos para a atividade tradicional.
Rede de comunicação da Calha Norte - Uma oficina promovida pela Sema, Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e CI reuniu conselheiros e representantes da comunidade para criar a rede de comunicação da Calha Norte, que tem por finalidade aumentar a visibilidade das áreas protegidas da região. A oficina também propôs a criação de produtos de comunicação que se adequem às diferentes realidades e públicos envolvidos. Dentro desse contexto foram criados o Facebook e o blog da rede de comunicação, que será alimentado com informações repassadas pelos pontos focais dos municípios da Calha Norte.
Durante os meses de fevereiro e março de 2012 foram realizadas seis oficinas de comunicação nos municípios da Calha Norte com o objetivo de criar um plano de comunicação na região e conhecer as dificuldades para a consolidação da rede de comunicação. Já foi firmada uma parceria com a Funtelpa, que produzirá um programa de rádio a ser exibido nos municípios da Calha Norte com notícias locais.
O conselheiro Guido Ribeiro Martins, moveleiro de Oriximiná, ressalta a importância da criação da rede de comunicação para que as informações das áreas protegidas sejam multiplicadas na região. “As pessoas que vivem no entorno da Flota não sabem o que está acontecendo, o que o governo está planejando para aquela Floresta, por isso qualquer ação causa um impacto muito forte na região. É importante que eles conheçam e tenham consciência de que estão inseridos em uma área protegida e precisam preservar os recursos da região”, completa.
Fonte: Comunicação da Diretoria de Áreas Protegidas

Texto:
Káthia Oliveira-Sema


Projeto incentiva pesca e aqüicultura na Transamazônica e Xingu
Pescadores e aquicultores de Altamira, Vitória do Xingu e Porto de Moz, no oeste do Pará, são o público-alvo do projeto executado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) que pretende fortalecer os serviços de assistência técnica e extensão pesqueira e aquícola nos municípios, visando o desenvolvimento local sustentável e solidário. A ação é resultado de um convênio com o Ministério de Pesca e Aquicultura (MPA).
Ao todo, 210 famílias de pescadores artesanais e aquicultores familiares serão atendidos pelo projeto e incluídos em políticas sociais que ajudam a melhorar a qualidade de vida dessas pessoas com a geração de emprego e renda.
O trabalho prevê a realização de cursos de capacitação em organização, formas associativas, beneficiamento de pescado, criação de peixe em tanque rede e acordo de pesca. Para a aplicação das ações será elaborado um diagnóstico junto às famílias, com a realização de visitas técnicas, reuniões e palestras, utilizando gradativamente os princípios agroecológicos como eixo orientador das ações.
Os municípios identificados com grande potencial pesqueiro foram escolhidos para a realização do projeto por conta da grande demanda pelo pescado, tendo em vista estarem localizados na área de influencia da Hidrelétrica de Belo Monte, que está sendo construída na região do Xingu. A idéia é ampliar as alternativas de produção especialmente para os pescadores que não vão poder exercer as atividades com a construção da usina.
Para a implantação do projeto a Emater realizará entre outras ações, análises para identificar o parâmetro de qualidade da água, o que vai apontar onde e que espécies de peixes poderão ser criadas. “O aumento da demanda tem contribuído para a pesca predatória. Nossa maior preocupação é capacitar as famílias na agregação de valor aos produtos”, disse Simone Gomes, técnica em aqüicultura da Emater.

Texto:
Iolanda Lopes-Emater


Fumbel encerra inscrições à lei de incentivos e para o Carnaval 2013


A lei de incentivos à cultura e ao esporte amador Tó Teixeira e Guilherme Paraense encerra suas inscrições nesta sexta-feira, 14. Foram mais de 40 dias para que os interessados nos incentivos inscrevessem seus projetos.
Na segunda-feira, 17, o encerramento das inscrições será para o Concurso Oficial de Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos do Carnaval de Belém 2013. Para se habilitar em ambas as oportunidades basta comparecer com os documentos à sede da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), de 8h30 às 14h.
A Lei Tó Teixeira e Guilherme Paraense beneficiou nestes 15 anos de atuação mais de 3 mil projetos na área da cultura e do esporte. Podem  ser inscritos projetos de pessoas físicas ou jurídicas, desde que sejam domiciliadas em Belém. Os editais e formulários da lei de incentivos fiscais estão disponíveis no link da Fumbel, na página http://www.belem.pa.gov.br/.
Carnaval 2013- Escolas de samba e blocos carnavalescos de Belém, Icoaraci e Outeiro, e candidatos aos títulos de Rei Momo, Musa do Carnaval, Rainha das Rainhas das Agremiações e Rainha Gay do Carnaval podem se inscrever para o concurso oficial da Prefeitura Municipal de Belém até a próxima segunda-feira, 17.
No ato da inscrição, escolas de samba e blocos carnavalescos devem apresentar, obrigatoriamente, a Ata de fundação da agremiação; Estatuto Social; Ata de aprovação do estatuto; Ata de eleição da atual diretoria da agremiação; Cartão válido do CNPJ; Cédula de Identidade e CPF do representante legal da agremiação; Letra do samba em via impressa e em arquivo magnético (CD); Autorização firmada pelo (s) compositor (es) do samba autorizando sua veiculação; Histórico da escola ou bloco em via impressa e em arquivo magnético (CD); Sinopse do enredo, também, impresso e em CD; dados bancários da conta-corrente da agremiação; e fotografia 3x4 de seus representantes.
A
s escolas e blocos carnavalescos que firmaram com a Fumbel ajustes conveniais para o recebimento de apoio financeiro nos anos de 2011 e 2012, estão dispensadas de apresentar no ato da inscrição a Ata de fundação da agremiação, o Estatuto Social e a Ata de aprovação do estatuto.
 

Texto: Vanda Duarte- Ascom Fumbel


Sagri dá orientação na Feira do Empreendedor sobre como abrir um agronegócio
A Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri) possui um estande na Feira do Empreendedor 2012, no qual o público poderá tirar dúvidas sobre como iniciar um empreendimento no segmento de agronegócio. A feira, realizada no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, segue até sábado, 15, em uma promoção do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A feira do Empreendedor pode ser visitada das 16h às 22h, com entrada franca.
No estande da Sagri, técnicos e gerentes estão à disposição do público, para mostrar os programas e projetos da secretaria, assim como os meios para que o empreendedor saiba como obter financiamento para seu negócio. Para o secretário de Agricultura, Hildegardo Nunes, a feira é um importante momento para que sejam mostrados os empreendimentos dos pequenos produtores agrícolas.
“Os eixos de transformação na área da agricultura familiar, por exemplo, são importantes porque deles depende a produção de alimentos. Mas precisamos juntar o poder público e os diferentes setores de produção e assim criar um ambiente favorável a todos”, enfatizou o secretário, que participou, na noite de quarta-feira, 12, da abertura da Feira do Empreendedor.
O secretário disse ainda que feiras como a do Empreendedor consolidam as ações dos produtores tornando os negócios mais rentáveis e mais eficientes. Na quinta-feira, 13, a Sagri estará presente no 1º Seminário da Cadeia Produtiva do Açaí, no qual participa em uma mesa-redonda. Cerca de 15 mil pessoas devem visitar o feira até o encerramento, no sábado, 15.
OS PROGRAMAS
No estande da Sagri, o público poderá conferir as linhas de ação do Programa Agricultura de Baixo Carbono – ABC, que tem parceria com a Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que tem destaque na programação; o Programa de Desenvolvimento da Cadeia da Cacauicultura no Estado do Pará (Procacau), parceria com a Comissão Executiva do Plantio da Lavoura Cacaueira (Ceplac); o Programa de Melhoria da Qualidade Genética do Rebanho Bovídeo do Pará (Pró-Genética); o programa Flor de Maria, que capacita mulheres agricultoras rurais para cultivo de flores regionais; além do Programa Estadual de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva de Florestas Plantadas, que objetiva o reflorestamento e estimula o plantio de florestas, uma parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa).

Texto:
Dede Mesquita-Sagri


Pacientes de Curuçá foram intoxicados com tiocianato de amônia


O secretário de Estado de Saúde Pública, Helio Franco, informou, nesta quinta-feira, 13, em entrevista coletiva, que os servidores e pacientes do Hospital Municipal de Curuçá foram vítimas de intoxicação por tiocianato de amônia, um dos componentes químicos do fixador de radiografia, cuja embalagem danificada permitiu que o líquido vazasse e se espalhasse pelo ambiente hospitalar. Helio explicou que a limpeza inadequada do ambiente utilizando água sanitária e álcool fez com que a substância se tornasse volátil e fosse inalada pelas pessoas no Hospital.
Com os resultados dos exames na mão, Helio Franco afirmou que está totalmente descartada a infecção por vírus, bactéria ou fungo. Os exames em amostras de sangue e urina dos pacientes foram realizados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen), Instituto Evandro Chagas e um outro laboratório de fora do Estado. “Não é vírus, não é fungo, não é bactéria”, enfatizou Helio Franco. “Trata-se de um episódio restrito ao Hospital e não há risco de transmissão de uma pessoa para outra”, garantiu.
Segundo Helio Franco, o normal é que o organismo humano carregue até 4mg/litro de tiocianato de amônia. Entre os fumantes, essa taxa até dobra. No entanto, as pessoas afetadas em Curuçá não são fumantes e algumas apresentaram taxas elevadas da substância, variando conforme o tempo de exposição ao produto.
Também foi informado pelo secretário que a morte da paciente Jhenyffer Roberta Abreu dos Passos, ocorrida na Santa Casa de Misericórdia do Pará, não tem relação com o caso de Curuçá, apesar de ela ter passado por lá. Conforme laudo do Centro de Perícias Renato Chaves, ela morreu de infecção generalizada, iniciada com uma infecção urinária, o que é comum em mulheres grávidas, mas que pode afetar os rins se não for tratada de forma adequada. O exame do IEC também apontou que ela estava com dengue.
O secretário de Saúde aproveitou a oportunidade para orientar que as pessoas evitem fazer limpeza de ambientes, inclusive domésticos, usando diversos produtos químicos, pois não se sabe no que pode resultar a mistura dessas substâncias. Ele sugere que sejam usados apenas água e sabão e que os ambientes sejam mantidos arejados. “É sempre bom deixar o vento e o sol entrarem, pois em ambiente seco, as bactérias morrem”, disse ele.
Franco alertou, ainda, sobre os cuidados que os profissionais de saúde devem ter com produtos químicos e com o descarte adequado desses produtos, assim como de medicamentos e insumos hospitalares. Por isso é importante que todos os hospitais tenham Comissões de Controle de Infecção Hospitalar. “Se o caso de Curuçá tivesse sido imediatamente comunicado à Vigilância Sanitária, as consequências teriam sido menores” observou.
O secretário informou que o Hospital Municipal de Curuçá foi higienizado por empresa especializada e será reaberto a partir de hoje com apoio da Sespa, que providenciou alguns equipamentos, medicamentos e insumos, para melhorar as condições de atendimento. Segundo ele, o hospital precisa ser requalificado, pois sua estrutura atual está fora das normas técnicas da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa).
Sobre as vítimas da intoxicação, Helio Franco disse que o continuarão sendo acompanhados e recebendo todo apoio da Sespa. “É importante que sejam monitoradas as suas funções renais, hepáticas e respiratórias”, disse. A médica infectologista e epidemiologista da Sespa, Helena Brígido, explicou que no organismo humano o tiocianato de amônia se transforma em cianeto, e retira o ferro da hemoglobina, prejudicando a sua função de oxigenação do organismo, o que justifica os sintomas como falta de ar, sangramentos vaginais e digestivos e formigamento nas mãos e pés.
O antídoto do tiocianato é um medicamento injetável chamado Hidroxocobalina. “O medicamento se liga ao cianeto, impede que ele se fixe e retire o ferro da hemoglobina e é eliminado na urina”, explicou Helena. O remédio será utilizado apenas em parte dos 32 pacientes afetados pela intoxicação, principalmente nos que apresentam maiores índices de tiocianato. Os que apresentam índices baixos estão eliminando a substância pela urina.
Inicialmente, conforme a médica, os pacientes serão tratados com o medicamento pelo prazo de dez dias e serão reavaliados sobre a necessidade ou não de continuar o tratamento, uma vez que ele também pode gerar efeitos colaterais. Helena ressaltou, por fim, que essas pessoas devem permanecer sob controle e acompanhamento por tempo interditado, para reduzir os riscos de sequelas neurológicas e pulmonares.

Texto:
Roberta Vilanova-Sespa


Empossada diretoria dos conselhos comunitários de Segurança de São Brás e Canudos
A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) realizou, na noite desta quarta-feira, 12, a cerimônia de posse da nova diretoria dos conselhos comunitários de Segurança de São Brás e Canudos (Consegs). O evento ocorreu na sede da ação social da Igreja São José de Queluz, em Belém. “A segurança pública é muito complexa, por este motivo é necessário e fundamental que as ações sejam integradas, envolvendo os órgãos do Estado, as escolas, as igrejas e a comunidade em geral. Neste sentido, eu vejo no Conseg uma nova visão do fazer a segurança pública”, disse o delegado geral de Polícia Civil, Nilton Ataíde.
“Parabenizo a todos os novos diretores pela disposição e vontade de trabalhar em conjunto com o Governo do Estado”, frisou o delegado Vicente de Paulo da Conceição Costa, titular da Diretoria de Prevenção Social da Violência e da Criminalidade (Diprev). “Desejo que os novos conselheiros trabalhem como um pastor, que cuida de suas ovelhas e atua em favor do resgate e da importância das relações familiares. Que o espírito natalino reforce os valores voltados para a paz e a solidariedade”, comentou o coronel Mário Solano, secretário adjunto de Gestão Operacional, da Segup.
Os Consegs visam mobilizar lideranças e representantes das comunidades para a discussão de problemas locais da área de Segurança e Defesa Social. A entidade é responsável pelo planejamento de programas de prevenção à violência e à criminalidade, de ações que contribuam para a melhoria da qualidade de vida e das condições de cidadania da população, e pela promoção de palestras, fóruns de debates, campanhas educativas e culturais, que orientem a comunidade sobre a percepção de questões referentes à segurança.
A entidade trabalha em parceria com as unidades da área de Segurança Pública e Defesa Social que atuam nos bairros, moradores, comerciantes, organizações não governamentais e veículos de comunicação em geral. A cerimônia de posse também contou com a presença da representante da Corregedoria da Polícia Civil, delegada Márcia Rayol; do comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Jair Cruz; e da ouvidora do Sistema Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Eliana Fonseca Pereira.

Texto:
Lene Alves-SEGUP
Fone: (91) 3184-2513 / (91) 8883-5810


Setran já realizou 70% das obras na PA-127, entre Igarapé-Açu e Maracanã
As obras de pavimentação da rodovia PA-127, que liga Igarapé-Açu à cidade de Maracanã, chegam à sua fase final. A Secretaria de Estado de Transportes (Setran) já realizou 70% da obra, em um trecho de 48,7 quilômetros de extensão que estava bastante deteriorado. Outro trecho de 27 km da PA-127, entre a BR-316 e Igarapé-Açu, também está sendo recuperado pela Setran, por meio do Primeiro Núcleo Regional.


Secretaria de Administração inaugura nova sede na próxima quinta-feira
A Secretaria de Estado de Administração (Sead) inaugura na próxima quinta-feira, 20, sua nova sede, localizada na Travessa do Chaco, esquina com a avenida Almirante Barroso – onde antes funcionava o Comando Geral da Polícia Militar. Vão estar presentes na inauguração o governador do Estado, Simão Jatene, o vice-governador e secretário Especial de Gestão, Helenilson Pontes, e a secretária de Estado de Administração, Alice Viana.
O prédio possui cerca de 4 mil metros quadrados, cinco blocos (que comportam todas as diretorias e unidades da Sead), refeitório e auditório próprios, espaço de lazer, salas climatizadas, instalações elétricas, telefônicas e hidrossanitárias novas e elevador para portadores de necessidades especiais, entre outros.
O prédio, que foi totalmente restaurado pelo Governo do Estado do Pará, representa um investimento de mais de R$ 2,7 milhões e vem ao encontro de um sonho acalentado há 37 anos pelos servidores do órgão, de terem uma sede própria.


Polícia prende estelionatário que tentava aplicar golpe de R$ 6 mil
A Polícia Civil do Pará desarticulou, em São Miguel do Guamá, nordeste do Estado, um esquema conhecido como “golpe do empréstimo consignado”, com a prisão de Raimundo José Calixto Picanço, nesta quarta-feira, 12. Raimundo foi flagrado no momento em que iria realizar um saque de R$ 6 mil em um banco, no centro da cidade. Ele usava documentos de identidade falsos, com os nomes de outras duas pessoas.
De posse de comprovantes de residências e de documentos do INSS, também falsificados, ele se passava por aposentados para fazer empréstimos consignados que eram descontados das contas das vítimas do golpe. Raimundo José foi detido enquanto chegava a uma agência bancária, para tentar sacar o valor. Ao ser revistado, os documentos falsos foram encontrados com o golpista e apreendidos pela equipe de policiais civis da delegacia local, sob comando do delegado Ronaldo Lopes.
A quantia, explica o delegado, é referente a um empréstimo consignado irregular que seria descontado da conta do aposentado identificado como Mário Soares Monteiro, que seria morador na cidade de Breves, no arquipélago do Marajó. Durante a revista, os policiais encontraram com o acusado duas carteiras de identidade. Uma delas em nome do aposentado e outra em nome de Benedito Monteiro Soares.
De acordo com Ronaldo Lopes, há vários boletins de ocorrência registrados na Delegacia de São Miguel do Guamá sobre empréstimos indevidos feitos na conta de pessoas idosas. “Solicitamos que outras vítimas do golpe nos procurem aqui na Delegacia para que possamos proceder ao reconhecimento do preso e abertura de inquérito”, informa o delegado. O preso foi autuado em flagrante por estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documentos públicos e uso de documentos falsos.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil


Espetáculo natalino encerra temporada 2012 do Teatrinho do Mangal
A última edição do projeto Teatrinho do Mangal em 2012 vai homenagear o Natal. O grupo Mana-Avu preparou uma apresentação inédita, que fala da ressignificação da relação das crianças com o Papai Noel, mas sem esquecer de ajudar a ensiná-las a preservar o meio ambiente. A encenação do espetáculo “Papai Noé” será neste domingo, 16, no Mangal das Garças.
A apresentação é uma adaptação regional do conto “A Cura do Papai Noé”, que narra a história de um inventor e seu filho, que vive transformando lixo em brinquedos. O homem guarda um segredo: ele é o verdadeiro Papai Noel. Com o tempo, o grande símbolo do Natal vai ficando triste por ver que seu significado está sendo perdido – as pessoas só pensam na troca de presentes e não buscam dar novos destinos ao que seria considerado lixo. Tudo muda quando seu filho começa a perguntar por onde anda o Papai Noel. Os dois vão embarcar numa viagem que busca a despoluir o mundo.
Os atores do grupo Mana-Vu escolheram o Teatrinho do Mangal para estrear o espetáculo natalino porque, de acordo com a atriz Marluce Araújo, o local é o mais apropriado para a apresentação. “Nós vamos fechar o ciclo de 2012 de uma maneira muito especial. O Mangal está fazendo a parte dele como espaço de criação de uma consciência ambiental. Estamos ansiosos para essa apresentação, porque lá é o local em que nós podemos colocar em prática tudo o que pensamos sobre a preservação do meio ambiente. Esse dia será muito especial”, garante.
“Papai Noé” é um espetáculo cheio de músicas e contação de histórias. O grupo acredita que a arte é a melhor maneira de fazer ressurgir o verdadeiro espírito natalino nas crianças. “Nós acreditamos em um mundo melhor. É se divertindo com os espetáculos que eles vão aprender a valorizar a amizade, o companheirismo e a solidariedade, que são os verdadeiros elementos do Natal”, conta Marluce Araújo.
O projeto Teatrinho do Mangal foi criado em fevereiro deste ano, mas já acumula resultados muito positivos. “O Teatrinho de consolidou. Conseguimos formar plateia e a mensagem da preservação ambiental está sendo transmitida. Esse projeto já faz parte da Pará 2000 e ele vai continuar em 2013. O teatro é uma das ferramentas mais importantes que nós temos para a formação dos nossos embaixadores e embaixatrizes”, afirma a presidente da Organização Social Pará 2000, Gabriela Landé, que administra o Mangal.
O espetáculo será apresentado no entorno do Memorial Amazônico da Navegação. A programação é gratuita e começa às 10h30. O projeto é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e Organização Social Pará 2000.

Texto:
Isa Arnour -Pará 2000


Policiais civis da DRE de Ananindeua flagram mais dois traficantes de drogas
A equipe de investigadores da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), núcleo Ananindeua, prendeu em flagrante, na tarde de terça-feira, 12, Luiz Cláudio Santos Monteiro, de 25 anos, e Jorge Antônio Gomes Viana, de 38. Em poder deles, foram apreendidos 51 embrulhos de pasta de cocaína. A droga estava sendo comercializada num ponto localizado na Passagem Santa Maria, na Vila Aurora, bairro da Cabanagem, em Belém. Os dois acusados foram apresentados na sede da DRE, na rodovia Mário Covas, em Ananindeua, onde foram autuados pelo delegado Ocimar Nascimento, titular da DRE Ananindeua.


Circuito IAP lança a websérie “A Solteirona” nesta sexta-feira
O Circuito das Artes 2010, do Instituto de Artes do Pará, lança nesta sexta-feira, 14, a websérie “A Solteirona: como sobreviver ao maior pé na bunda do século”, vencedora da bolsa de experimentação artística do IAP. A exibição será no auditório do instituto, às 19h.
A websérie, escrita e dirigida pelo dramaturgo paraense Saulo Sisnando e co-dirigida por Nigel Anderson, pretende fundir as várias artes, trazendo elementos de teatro, dança e música para os episódios, de forma a enriquecer o produto audiovisual. Para Nigel Anderson, o elenco formado essencialmente por pessoas com experiência teatral traz uma diferença no modo de atuação cinematográfico “os personagens tornam-se, portanto, um pouco mais caricatos e  exagerados do que o usual”, afirma o co-diretor.
Saulo Sisnando já havia mesclado as diferentes linguagens artísticas em outras experiências, como no espetáculo que escreveu e dirigiu no ano passado, “O misterioso desaparecimento de Deborah Rope”, uma “peça-filme”. Já Nigel Anderson participou de alguns projetos audiovisuais com o Coletivo Projeto Vazio. Entretanto, para trazer um pouco mais de experiência audiovisual para o novo projeto, a websérie foi produzida pela Alt Produções e co-produzida pelo coletivo de comunicação Pix Ideias. “Tivemos um envolvimento consistente, importante para o bom desempenho e alcance de nossas metas”, conta Nigel Anderson.
A websérie tem uma dramaturgia descontraída, porém próxima da realidade, inclusive pelo fato de que a história se passa em Belém”, ressalta o co-diretor, que espera que o público se identifique com o enredo e as situações ali vivenciadas. “Ao aproximar esse contexto a um cenário local, pretendemos cativar o público e fazê-los acompanhar a trajetória da protagonista Mariana ao longo destes oito cômicos e românticos episódios”, afirma.
O lançamento no IAP exibirá o primeiro episódio para quem for prestigiar o evento. Depois disso, será lançado o site da websérie (www.asolteirona.com.br), no qual serão divulgados teasers até o lançamento oficial da série na internet, no dia 11 de janeiro. A partir desta data, o público poderá acompanhar um episódio novo a cada semana.
SERVIÇO
Lançamento da websérie “A Solteirona: como sobreviver ao maior pé na bunda do século”. Nesta sexta-feira, 14, às 19h, no Auditório do Instituto de Artes do Pará – IAP (Praça Justo Chermont, 236, Nazaré).


Cine Estação exibe “Cosmópolis" nesta quinta e sexta-feira
O Cine Estação exibe nesta quinta, 13, e sexta-feira, 14, o filme “Cosmópolis”, um conto visionário e alucinante de David Cronenberg. As sessões acontecem às 18h e 20h30 e os ingressos custam R$ 8. Baseado no livro homônimo de Don DeLillo, o filme se passa em Nova York, num futuro próximo. Eric Packer, um milionário de 28 anos que sonha viver numa civilização mais avançada do que a atual, assiste a uma transformação que se abate sob o universo de Wall Street. 
À medida que é conduzido à região de Manhattan para cortar o cabelo na antiga barbearia do seu pai, os olhos ansiosos de Eric são absorvidos pela subida imprevisível da moeda chinesa, o que coloca a sua fortuna em risco. A programação é uma realização da OS Pará 2000, Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e Governo do Estado.


IAP exibe o documentário “Velhos Baionaras, Tesouros Vivos”
Um recorte poético visual da memória afetiva e popular da cidade de Baião por meio de depoimentos daqueles que muito já contribuíram ou ainda contribuem para construção da identidade local. Este é o universo apresentado no documentário “Velhos Baionaras, Tesouros Vivos”, de Stéfano Paixão, que será exibido nesta quinta-feira, 13, às 19h, no Teatrinho do Instituto de Artes do Pará (IAP).
A programação integra o Circuito das Artes 2012 do IAP e tem entrada franca. Resultado da Bolsa de Experimentação, Pesquisa e Divulgação Artística 2012 do Instituto de Artes do Pará, o documentário celebra os 318 anos de Baião, cidade paraense na região do Baixo Tocantins, através da beleza, emoção, dor, esperança e leveza das cinco biografias escolhidas para contar a história popular de um povo ímpar.


Natal Solidário da Emater presenteia 149 crianças de Marituba

O Natal Solidário, organizado há cinco anos pelos funcionários do escritório central da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), entregarão nesta sexta-feira, 14, presentes a 149 crianças carentes de Marituba, na Região Metropolitana de Belém, receberão, na manhã desta sexta-feira, 14, presentes de funcionários do escritório central da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater).
 Ao longo do mês de novembro, uma árvore montada no corredor principal ostentou papéis com os nomes e idades, individualmente, das crianças, que este ano foram todas selecionadas entre estudantes da Escola Municipal Nossa Senhora do Rosário. Os servidores, então, escolheram os seus apadrinhados. Cada servidor entregará os presentes diretamente à sua criança escolhida. Além dos presentes, as crianças participarão de brincadeiras com o Papai Noel, entre outras atividades.


Programa de plantio de florestas estabelece metas até 2030
A base do programa que vai fortalecer os polos industriais de florestas plantadas no Pará já está definida. O trabalho foi concluído nesta quarta-feira, 12, na oficina promovida pela Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri) e Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa). A partir do fortalecimento da cadeia produtiva, o Governo do Estado pretende estimular a instalação de indústrias e desenvolver o setor madeireiro. As metas do programa serão implementadas até 2030.
A integração das instituições públicas, o desenvolvimento tecnológico, a organização da cadeia produtiva, a garantia jurídica para os investimentos e o envolvimento da agricultura familiar estão entre os principais eixos que sustentam o Programa Estadual de Florestas Plantadas. O engenheiro agrônomo Sergio Cordioli, especialista em economia rural do Rio Grande do Sul, que ministrou a oficina, vai redigir e enviar o programa para os últimos ajustes, a serem realizados por um grupo de trabalho, antes da aprovação do governo.
Representantes dos diversos segmentos estadual e federal envolvidos na questão florestal participaram da elaboração do programa. “Este é o momento oportuno para a retomada da questão florestal no Estado, porque é preciso produzir madeira para abastecer as indústrias e diminuir a pressão sobre as florestas nativas”, avalia a pesquisadora Noemi Leão, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que trabalha na área há 34 anos.
O engenheiro agrônomo Frederico Diniz é gerente de planejamento florestal da empresa Weyer Haeuser, com sede em São Paulo e com instalação em Tucuruí. Segundo ele, o Pará tem grande potencial de crescimento e condições de atingir os objetivos do programa. “Esse é o caminho certo para estruturar os vários setores do agronegócio e alcançar o desenvolvimento sustentável”, destaca Diniz. “A regulamentação fundiária precisa ser resolvida para atrair investimentos e dar segurança aos investidores, além de maior celeridade no licenciamento dos projetos”, completa.
O Pará possui 71% de seu território formado por florestas nativas que precisam ser preservadas. As áreas de florestas plantadas são somente 300 mil hectares, o que é muito pouco para atender o setor madeireiro. Outros 14 milhões de hectares são de áreas degradadas, que serão incluídas no processo produtivo. Até 2020, o Plano de Agricultura de Baixo Carbono do Pará prevê a recuperação de mais 200 mil hectares com o plantio de florestas.

Texto:
Leni Sampaio-Sagri


Cohab presta assistência à família de vítima fatal em obra do PAC de Castanhal
A construtora Consórcio Castanhal, contratada da Companhia de Habitação do Pará (Cohab) e responsável pelas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), no bairro da Jaderlândia, em Castanhal, está tomando todas as providências cabíveis para assegurar assistência à família da menina de 12 anos, Irlene Lima Ribeiro, que ao atravessar de bicicleta na frente de uma motoniveladora, utilizada nos serviços de terraplenagem, foi atingida pela máquina e veio a falecer no local do acidente, na rua Laureano Francisco Alves de Melo, na manhã desta quarta-feira, 12.
Segundo testemunhas, o ocorrido foi uma fatalidade e o operador do maquinário não pode evitar o ocorrido. Bastante abalado, ele compareceu à delegacia para fazer um Boletim de Ocorrência e deverá responder processo por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A Consórcio Castanhal suspendeu imediatamente os serviços de asfaltamento e terraplenagem na área e só deverá retomar as obras em janeiro de 2013. A Construtora, por meio de sua assessoria jurídica, providenciou o velório e enterro da criança.
Uma equipe de técnicos da Cohab esteve na tarde desta quarta-feira, 12, na residência da família disponibilizando todo tipo de apoio necessário. Segundo a gerente da equipe social da Cohab, Sinara Rabelo, a partir da próxima semana, técnicos da Companhia de Habitação estarão prestando assistência aos familiares da menina e levantando suas necessidades. “Sabemos que tanto eles vão necessitar de apoio, e quem sabe, de acompanhamento psicológico, assim como o operador da motoniveladora, que também está abalado, e sua família”, reforçou.
O pai da criança, Welington Lima da Silva, confirmou à equipe da Cohab que a construtora responsável pelas obras no bairro vem garantindo a assistência à família desde o momento do acidente. Ivanilsa Lima Silva, avó da criança, informou que a mesma havia saído de casa para buscar água na casa de uma amiga e, ao retornar, por volta das 10h30, acabou sendo vítima do acidente fatal. Na casa da família moram os pais de Irlene, sua irmã gêmea e sua avó.
Nesta quinta-feira,13, a Cohab estará no bairro promovendo uma palestra educativa, que já estava prevista no cronograma do trabalho social, para famílias da área. Segundo a pedagoga da Cohab, Socorro Castro, que supervisiona as ações sociais na poligonal do projeto, o acidente servirá também como ensejo para dar orientação às famílias que vivem no local para que estejam atentas às crianças, especialmente nos locais próximos de onde os maquinários dos serviços de pavimentação estiverem sendo utilizados, a fim de  evitar acidentes como este”, afirmou.

Texto:
Rosa Borges-Cohab


Tribunal de Justiça concede benefícios a 67 internos da Susipe
A 1ª Vara de Execução Penal, do Tribunal de Justiça do Estado (TJE), concedeu, nesta quarta-feira, 12, o direito à liberdade condicional, prisão domiciliar e extinção de pena a 67 internos da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe). A cerimônia de livramento ocorreu no auditório do Fórum Criminal do TJE e foi presidida pelo juiz titular da Vara, Claudio Rendeiro.
Durante a cerimônia, Cláudio Rendeiro explicou como se dá o processo do livramento condicional, que é previsto na Lei de Execução Penal e concede ao detento que já cumpriu uma parte da pena na prisão a oportunidade para cumprir a outra metade fora do cárcere, mediante algumas condições – entre elas, comparecer mensalmente à Vara de Execuções Penais, obter uma ocupação lícita e não ausentar-se da comarca.
O magistrado também destacou aos presentes a importância do correto uso da liberdade: “A liberdade não deve ser apenas no aspecto físico. Ela é uma conquista que deve ser refletida nas atitudes e na busca de um novo futuro”
Natália do Nascimento, uma das beneficiadas com o livramento condicional, já faz planos para a vida fora da prisão. “Eu estou muito feliz, pois a gente sem liberdade não é nada. Agora espero voltar a trabalhar e cuidar dos meus filhos”.
A diretora do Núcleo de Execução Criminal da Susipe, Geane Salzer parabenizou os internos beneficiados. “Quem está presente nesta cerimônia é porque teve seu mérito. Desejo que todos possam preservar este benefício que foi duramente conquistado”.
A cerimônia também contou com o relato de alguns internos. Elisabete Carvalho, que recebeu o benefício da prisão domiciliar, não escondia a alegria de dividir este momento. “É um benefício que nos permite reconstruir as nossas vidas. Espero que vocês possam aproveitar esta oportunidade e possam refletir no que vão fazer de hoje em diante”.
Os familiares dos beneficiados prestaram apoio durante toda a cerimônia. Maria Franssinete de Souza acompanhou o irmão, Adriano de Souza, desde o início do evento. Para ela, o momento é de reencontro. “Este momento é maravilhoso. Gosto de ver ele feliz e saber que vai voltar para a família”, disse Maria. Trajando terno, Adriano reconhece a importância da cerimônia, na qual obteve a extinção de pena: “Tudo que passei na vida contribuiu para eu conseguir valorizar esta tão sonhada liberdade e agora tenho planos de conseguir um emprego e seguir minha vida com fé”
Esta foi a segunda cerimônia de livramento realizada neste mês e é resultado mutirão judicial executado em conjunto pela Susipe, TJE, Ministério Público do Estado (MPE) e Defensoria Pública, realizado entre os dias 3 e 7 deste mês, no Polo Penitenciário de Marituba e Centro de Reeducação Feminino (CRF).
A primeira cerimônia ocorreu no dia 4 de dezembro e concedeu a 101 internos o benefício da liberdade condicional, além de 29 que passam a cumprir prisão domiciliar e dois  a extinção de pena. Na próxima segunda-feira, 17, está prevista a última cerimônia de livramento condicional do ano, que concederá o benefício aos internos custodiados nas Centrais de Triagem, Centro de Progressão Penitenciária de Belém (CPPB), Centro de recuperação do Coqueiro (CRC) e Casa do Albergado (CA).

Texto:
Nara Pessoa-Susipe


Feira do Empreendedor inicia no Hangar com mais de 13 mil inscritos
O vice-governador do Estado, Helenilson Pontes, abriu, oficialmente, na noite desta quarta-feira, 12, a 7ª edição da Feira do Empreendedor, evento promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA) com o apoio do Governo do Estado do Pará. A expectativa é de que 15 mil visitantes passem pelo Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, onde o evento está sediado, até o próximo sábado, 15. Logo após o descerramento da faixa inaugural da feira, o vice-governador fez um pronunciamento, no auditório principal do Hangar, durante o qual falou sobre os gargalos que afetam o desenvolvimento do Pará e as ações do governo para vencê-los.
Acompanhado pelos secretários Sidney Rosa (Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção), Adenauer Goes (Agricultura), Hildegardo Nunes (Turismo), além de diretores do Sebrae, políticos e representantes de instituições financeiras, o vice-governador do Estado, Helenilson Pontes, expôs, para uma plateia lotada de empreendedores, as dificuldades enfrentadas pelo Pará para fazer com que a riqueza aqui gerada possa ser melhor distribuída, e não fique concentrada nas mãos dos acionistas dos grandes projetos que aqui se instalam, os quais, invariavelmente, vivem fora do Estado.
“Para se ter uma ideia, hoje somos o 13º PIB (Produto Interno Bruto) do País, mas uma parte considerável do que representa esse lucro é apropriada pelos acionistas dos grandes empreendimentos. Seríamos um Estado rico se ficássemos com esses recursos, mas, para isso, é preciso mudar as regras do jogo”, destacou.
Para ele, a falta de uma zona de privilégio fiscal no Estado e as desigualdades que envolvem o pacto federativo são desafios que precisam, urgentemente, ser vencidos, pois afetam diretamente a vida dos cidadãos e, por conseguinte, atrapalham os pequenos e médios empresários.
“O Estado tem por obrigação ser um veículo, um facilitador dos negócios. Se o governo olhar para o empreendedor como um adversário, um inimigo a ser combatido, não vamos conseguir melhorar e, assim, reduzir as desigualdades sociais e erradicar a pobreza, que é o nosso principal desafio. Todos precisamos dar as mãos e lutar por um Estado mais justo, rico e feliz”, assinalou.
Ao final do pronunciamento, o vice-governador fez uma visita ao espaço da Feira, que, ao todo, comporta 120 estandes e 136 expositores, distribuídos por uma área de 8,5 mil metros quadrados. De acordo com o diretor superintendente do Sebrae no Pará, Vilson Schuber, durante a feira devem ser gerados cerca de R$ 6 milhões em negócios. Ele ressaltou a força do interior do Pará, cujos negócios crescem a um ritmo acelerado.
“Trouxemos para o evento caravanas das dez regiões do Estado para que haja justamente a integração de que estamos falando. Afinal de contas, nós, que moramos na capital e seu entorno, muitas vezes não sabemos o que está acontecendo nas outras regiões e é lá que as coisas estão se dando na atualidade, e em uma velocidade vertiginosa”, analisou.
O Governo do Estado está presente na Feira do Empreendedor com um estande que congrega diversas secretarias aptas a ajudar o empreendedor paraense em diferentes aspectos. Durante o evento, serão realizadas mais de 200 capacitações, entre workshops, palestras, oficinas, encontros e seminários. Toda a programação é gratuita e as vagas são limitadas. Maiores informações podem ser obtidas através do site
CONHECIMENTO
 “A Feira do Empreendedor já é um sucesso antecipado. Não é qualquer evento que consegue inscrever mais de 13 mil pessoas antes mesmo de começar”. Com essas palavras, Helenilson Pontes iniciou sua palestra na Feira do Empreendedor 2012. Em seu discurso, Pontes também ressaltou a importância de mudar o Estado por meio do conhecimento. “A única maneira de alavancar o desenvolvimento do Pará é se apropriando do saber, da educação. E isso só é possível com a união entre a sociedade civil e o governo do Estado”, opina.
“Conhecer, empreender e integrar” é justamente o tema da Feira do Empreendedor 2012, que traz uma série de palestras no espaço denominado de Arena do Conhecimento.
O presidente do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Oeste do Pará (Sipcop), José Pastana, foi um dos palestrantes na quarta-feira. Ele falou sobre sua experiência com a Panificadora Cuiabá, localizada no município de Santarém. Quem esteve na conversa, elogiou a iniciativa do Sebrae de promover este encontro. “A palestra foi ótima. Essa troca de experiências é fundamental para quem quer crescer no ramo dos negócios. Vou levar para minha vida as lições de obstinação e de acúmulo de conhecimento que tive hoje”, revela a cabeleireira Ivonete Ferradais.
A programação da Feira do Empreendedor continua nesta quinta-feira, 13. O público vai poder assistir à palestra master “Líder empreendedor: o perfil do profissional que faz acontecer”, com o consultor José Dornelas; participar da Rodada de Negócios “Um momento de esclarecer dúvidas com empresários” e aprender mais sobre várias profissões nos workshops e palestras que ocorrem durante todo o dia. A feira pode ser visitada a partir das 9h. A entrada é franca.

(Com informações de Carolina Klautau / Ascom Pará 2000)

Texto:
Elck Oliveira-Secom


Doze canções concorrem na final do Servifest neste domingo (16)
A Escola de Governo do Pará (EGPA) promove domingo (16) a final do 11° Festival de Musica do Servidor, o Servifest, uma das mais tradicionais ações de valorização dos funcionários públicos do Pará. Doze canções selecionadas após eliminatórias em todo o Estado estão na disputa, que ocorre na Casa de Show Fronteira, a partir das 21 horas. Os ingressos podem ser retirados gratuitamente na sede da EGPA, na sala da Coordenadoria de Valorização da Cidadania, avenida Almirante Barroso, 4.314.
Este ano, o projeto retomou a proposta das eliminatórias itinerantes com etapas regionais, municipais e estaduais. A coordenadora geral do Servifest, Andréa Cavallero, explica que objetivo é estender a competição para servidores de municípios do interior. “O grande diferencial deste ano é que começamos a mostrar o trabalho de servidores do Estado como um todo. Fico feliz em ver a participação de artistas de todo o Pará, principalmente porque levamos toda estrutura para o local e entramos em contato com os músicos que formaram a banda base”, diz.
As eliminatórias ocorreram em Santarém, no Baixo Amazonas, Soure, no Marajó, e Bragança, no nordeste do Estado, incluindo participantes das cidades próximas. Os vencedores receberão prêmios em dinheiro. São R$ 15 mil para o primeiro lugar, R$ 13 mil para o segundo, R$ 10 mil para o terceiro, R$ 7 mil para o quarto e R$ 6 mil para o quinto, além dos prêmios de R$ 2 mil para melhor arranjo e melhor intérprete.
As doze músicas finalistas do Servifest serão registradas em CD e DVD gravados durante a grande a final. “Cada compositor e interprete receberá uma cota do CD e DVD que serão gravados, para que possa distribuir e mostrar o trabalho. O restante será encaminhado para escolas, bibliotecas e fonotecas públicas da capital e do interior, para que sirvam de registro”, explica Andréa Cavallero.
Todas as composições e arranjos musicais que fazem parte do Servifest são de autoria de servidores públicos. O cantor e compositor santareno Zé Azevedo parabeniza a iniciativa do governo do Estado. “Vários músicos participaram das duas eliminatórias de Santarém, de onde saíram somente dois artistas, e eu estou dentro. Parabenizo a iniciativa do governo do Estado de promover essa integração do interior com a capital, pois é disso que precisamos para não envelhecermos no anonimato”, pondera.
O compositor Joelder Ramos de Oliveira, de Bragança, acredita que o evento valoriza a cultura do município e o servidor público municipal. “Espero que os outros governos continuem a ter essa iniciativa de descobrir novos talentos da musica popular paraense. Estou ansioso e otimista para defender minha musica”, conta o autor de “Sou do Pará”.
O Servifest é promovido em conjunto com as prefeituras dos municípios onde ocorreram as eliminatórias, Fundação Cultural Tancredo Neves e Secretaria Especial de Estado de Gestão (Seges). Tem também a parceira da Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), na produção do CD e DVD do evento.
Confira as canções que estão na final:
 “O Dono da Van”, de Almino Henrique, da Secretaria de Estado de Educação (Seduc)
“Tempo Bom de Felicidade”, de Jorge Andrade, da Seduc
“São Duas Notas Musicais”, de Alfredo Reis, da Secretaria de Estado de Cultura (Secult)
“Navegante”, de Marcelo Sirotheau, da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma)
“Da Ternura”, de Aderbal Souza Junior, da Seduc
“Do Caos aos Anjos”, de Robson Silva, do Ministério Público do Estado
“Isoca Toca no Céu”, de José Azevedo Aguiar, da Prefeitura de Santarém
“Cantiga de Quintais”, de Wander Barbosa de Andrade, da Seduc em Santarém
“Caboclo Rústico”, de Maria de Jesus Rodrigues Barbosa, da Prefeitura de Cachoeira do Arari
“Caroço Pretinho”, de Domingos Sávio Marçal Alves, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Muaná
“Sou do Pará”, de Joelder Ramos de Oliveira, da Prefeitura de Bragança
“Baião Rasgado”, de Moacir de Pinheiro Cardoso Filho, da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Augusto Corrêa

Texto:
Pablo Almeida-Secom
Fone: (91) 3202-0910 / (91) 8240-2141
Email: 
pabloc.almeida@gmail.com


Estação das Docas é locação de filmagem de reality da TV paga
Sobre duas rodas, Julia Ericson, Julia Lojja, Charlotte Bricher e Raquel Iendrick saem pelo Brasil em busca de praias e aventuras. Este é o roteiro do reality “Sem Destino”, veiculado no canal de TV a cabo Multishow. Na noite desta terça-feira (11), a Estação das Docas foi locação das gravações da atração.
A ideia central do reality é mostrar as estradas, trilhas, personagens, esportes, pousadas e todas as peculiaridades do local. O programa, que chega em 2013 na quarta temporada, apresentará o Pará para os telespectadores. Depois de passar por Santarém, o quarteto chegou à capital paraense e encontrou na Estação das Docas o cenário ideal para representar a cultura paraense.
Em um restaurante do complexo, o grupo teve uma mostra da gastronomia paraense. “Servimos pratos tradicionais da região: isca de pirarucu, pastel de jambu e caldo de tucupi, seguido de filhote grelhado acompanhado de arroz paraense e sucos de frutas da terra”, detalhou o gerente do restaurante, Germano Lima.
O Grupo Paramazon apresentou um espetáculo folclórico, com danças tradicionais do Estado. “Esta é uma boa oportunidade para mostrar ao Brasil o que os visitantes podem encontrar de melhor em nossa cidade: gastronomia e cultura”, destacou o gerente.
“Nosso objetivo é interagir com a população local. Buscamos conhecer a essência cultural de cada lugar por que passamos. Escolhemos o complexo porque ele concentra tudo o que buscávamos, como um ponto turístico que oferece gastronomia e cultura, sem contar que aqui há uma boa estrutura e segurança”, explicou a produtora do programa, Flávia Acar.
Nesta quarta temporada, o programa promete levar o Pará para o mundo. “Como é um programa de viagem, a intenção é sempre oferecer dicas sobre o que fazer na cidade e passar o serviço de cada atividade para o telespectador. Gostamos de gravar no local, indicando-o como um ponto turístico da capital paraense. Fomos bem acolhidos”, disse o diretor de externa, Márcio Silva.
Os programas gravados na Estação das Docas serão exibidos em março do ano que vem. Eles poderão ser conferidos no site www.multishow.globo.com/Sem-Destino.

Texto:
Camila Barros-Pará 2000


Pará registra queda de 90 mil casos de malária em dois anos
Foi de 90 mil a queda no número de casos de malária registrado no Pará nos anos de 2010 e 2011. Segundo o Departamento de Controle de Endemias da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), a redução foi de 182 mil para 88 mil registros, em dois anos. O dado foi apresentado pelo diretor do departamento, Bernardo Cardoso, na abertura da Avaliação do Programa de Controle da Malária, no hotel Gold Mar.
O evento, promovido pela Sespa, tem o objetivo de avaliar a situação epidemiológica da malária em 27 municípios paraenses, e por isso teve a presença dos coordenadores municipais de endemias e diretores das Regionais de Saúde da Sespa. Em um ano, houve uma redução de 32% no número de casos da doença no Estado, ou seja, de janeiro a novembro de 2012, foram registrados 73.366 casos de malária contra 107.965 no mesmo período de 2011.
Os municípios que mais reduziram o número de casos de malária foram Cametá, Oeiras do Pará, Curralinho, Bagre e Alenquer. Também houve diminuição naqueles considerados prioritários, como Itaituba, Anajás, Jacareacanga, Novo Progresso e Afuá. O avanço é resultado das ações da Sespa em conjunto com os municípios, tirando 2,8 milhões de pessoas da situação de risco.
Segundo Bernardo Cardoso, o diagnóstico precoce e a prevenção em relação ao mosquito da malária são fundamentais para evitar o surgimento de novos casos. Ele informou que cada doente de malária custa aos cofres públicos R$ 2 mil, valor que pode chegar a R$ 25 mil se o caso requerer internação um unidade de terapia intensiva (UTI). “O trabalho conjunto é importante para manter a malária sob controle”, asseverou o diretor.
Entre as medidas de prevenção, está a distribuição de mosquiteiros impregnados com inseticida pelo governo do Estado, que adquiriu 60 mil unidades do produto este ano. Os mosquiteiros foram repassados aos municípios e foram distribuídos às comunidades mais atingidas pela malária. A meta do governo do Estado, segundo o diretor de Endemias da Sespa, é zerar o número de casos, com o apoio dos municípios.
A diretora de Vigilância em Saúde da Sespa, Rosiana Nobre, frisou a importância de haver avaliação constante do andamento do Programa Estadual de Controle da Malária. “Temos que saber se estamos ou não no caminho certo, e a avaliação também é um momento de troca de experiências, conhecimentos e saberes”, disse, enfatizando que o combate à malária é uma prioridade do governo estadual e que uma boa parte dos recursos da Vigilância em Saúde tem sido canalizada para ações de combate à malária e dengue, resultando na queda no número de óbitos por essas endemias no Estado.
Rosiana Nobre também destacou a importância dos exames laboratoriais do Laboratório Central do Estado (Lacen), que acabou de passar da classificação A para E, em avaliação do Ministério da Saúde, significando que receberá mais recursos para qualificação profissional e investimento em tecnologia para fazer exames na área de endemias, como dengue e malária, e de doenças transmissíveis, como a Aids.
Segundo o coordenador de endemias de Ipixuna do Pará, Sidney Humberto Trindade, o apoio da Sespa foi fundamental este ano para o controle da malária no município. O município recebeu 700 mosquiteiros, que foram distribuídos à comunidade Balalaica para prevenção da malária, além de equipamentos, veículos e até combustível. “Com esse apoio, tivemos condições de desenvolver melhor as ações e deixar a doença sob controle”, concluiu.

Texto:
Roberta Vilanova-Sespa


Reinauguração do Teatro Waldemar Henrique e lançamento da TV Cultura Digital
O Teatro Experimental Waldemar Henrique será reaberto nesta sexta-feira (14), após um ano e nove meses de reforma. A programação marca também o lançamento da TV Cultura Digital, que fará sua primeira transmissão ao vivo com sinal digital, direto da Praça da República. Várias atrações culturais integram a programação, como Orquestra de Violoncelistas da Amazônia, Palhaços Trovadores e Cia de Dança Waldete Brito.
A cerimônia começa às 17 horas, no anfiteatro da praça da República, com o espetáculo La Fábula, da Companhia de Teatro Madalenas. A programação segue no palco que será instalado em frente ao anfiteatro, com a apresentação da Orquestra de Violoncelistas da Amazônia e a presença do governador do Estado, Simão Jatene. Serão exibidos um vídeo sobre a digitalização da TV Cultura e os curtas de animação premiados pelo edital Culturanimação. 
Às 19h começa a cerimônia de reabertura do Waldemar Henrique, que reúne exposição de figurinos no hall, trechos de espetáculos, música instrumental e poesia. Após a solenidade no teatro, a programação segue na Praça da República, com grupos de hip hop e show da banda Enquadro e convidados, como Camila Honda, Ana Clara Matos, Natália Matos, Toni Soares e Marcelo Barreto.
Sugestão de entrevistados: Adelaide Oliveira, presidente da Cultura Rede de Comunicação; Nilson Chaves, presidente da Fundação Tancredo Neves; e Salomão Habib, diretor do Teatro Waldemar Henrique


Internos da Susipe fazem manutenção predial em escolas de Belém e interior
Nesta quinta-feira (13), o projeto Conquistando a Liberdade, da Superintendência do Sistema Penal (Susipe), fecha o ano de 2012 atendendo pela primeira vez uma escola pública em Belém. No total, 87 internos dos regimes fechado e semi-aberto de seis unidades prisionais farão serviços gerais e de manutenção predial em quatro escolas, uma comunidade rural e uma seccional urbana. Os municípios que recebem o projeto são: Abaetetuba, Belém, Tomé-Açu, Capanema, Santa Izabel e Paragominas.
Nas escolas, as atividades começam às 9 horas, quando a escola recebe os internos com solenidade de acolhimento. Em seguida, os participantes do projeto seguem com a limpeza, capina e reparos elétricos e hidráulicos. Em média, são 15 detentos por estabelecimento. Todos passaram por seleção psicossocial e treinamento e vão sair das unidades mediante escolta de agentes penitenciários e policiais militares.
Junto à prestação dos serviços, os alunos do ensino médio são estimulados a participar do “Papo di Rocha”, uma conversa entre presos pré-selecionados e jovens sobre o perigo das drogas e as armadilhas do crime. Tudo numa perspectiva de traduzir em exemplos o quanto é prejudicial e destrutivo o caminho da criminalidade. A dinâmica tem como mediador um técnico (pedagogo ou psicólogo) da unidade prisional.
As atividades dão aos internos o direito à remição de pena, pois a cada três dias trabalhados, reduz-se em um dia o cumprimento da pena. O projeto iniciou em abril deste ano. A meta é atender cerca de 60 escolas públicas estaduais e municipais. As ações ocorrem de forma simultânea nos municípios e têm como parceiros a Susipe, Tribunal de Justiça do Estado (TJE), Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Pro Paz e Polícia Militar.
Seguem abaixo os municípios, as unidades prisionais e os locais envolvidos no projeto:
Belém
Presídio Estadual Metropolitano I -Diretor: Robervaldo Araujo
Escola Estadual Pedro Amazonas Pedroso
Endereço: Av. Almirante Barroso, 4374 (próximo à Polícia Federal)
Santa Izabel do Pará
Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel - Diretor: Lucival Montalvão
Comunidade Rural Campinense
Endereço: Br-316 km 20 – Santa Izabel
Tomé-Açu
Centro de Recuperação Regional de Tomé-Açu – Diretora: Selma Lucia do Nascimento
Escola Zeferino Santos Maciel
Endereço: Av. 1º de Setembro s/n. Bairro Kanebo
Abaetetuba
Centro de Recuperação Regional de Abaetetuba – Diretor: Jorge Melo.
Unidade Regional de Ensino de Abaetetuba
Endereço: Rod. João Miranda, s/n. Bairro: Santa Rosa
Capanema
Centro de Recuperação Regional de Capanema – Diretor: Ringo Alex
Escola Estadual de ensino Fundamental e Médio Maria Amélia de Vasconcelos.
Endereço: Praça Magalhães Barata, 149 – Centro
Paragominas
Centro de Recuperação Regional de Paragominas – Diretor: Wilson Araújo
13ª Seccional Urbana de Paragominas
Endereço: Av. Portugal s/n, módulo 2. Bairro Cidade Nova


Grupo Muiraquitã apresenta espetáculo de folclore na Estação
O Grupo Parafolclórico Muiraquitã apresenta nesta sexta-feira (14), a partir das 18 horas, na Estação das Docas, o espetáculo “Cantando as raízes da nossa terra”. Siriá, maçariquinho, samba de cacete, lundum, retumbão e xote bragantino estão no roteiro da apresentação, que será aberta pela canção “Raízes da terra”, de Naldo Assunção.
Com 23 anos de história, o grupo Muiraquitã, composto por 30 pessoas, surgiu no bairro da Cremação, a partir de aulas de educação física em que os alunos faziam ensaios de danças folclóricas. Daí surgiram os dançarinos e instrumentistas que hoje se unem nas apresentações.
“Em cada localidade do Estado, o tradicional carimbó é interpretado com suas particularidades. Como a dança não poderia ficar de fora, vamos encerrar o show com o ‘Carimbó do Peru’”, adianta a coordenadora do Muiraquitã, Alcione Lima.

Texto:
Camila Barros-Pará 2000


Temporada de cruzeiros internacionais traz ao Pará 20 mil turistas
O Pará recebeu, desde outubro, sete cruzeiros, oriundos da Alemanha, Estados Unidos e Inglaterra. As passagens dos navios começaram no Círio, no momento da Romaria Fluvial, quando o alemão Amadea chegou a Belém com 600 turistas, abrindo a temporada 2012/ 2013. Em novembro, atracaram também na capital o alemão Aida, com 2,4 mil passageiros, o americano Silver Cloud, com 250, e o Silver Cloud, com 250 turistas.
A partir de janeiro de 2013, nove navios devem passar por Belém e Santarém. A temporada só termina em maio, quando o Estado deve ter recebido mais de 20 mil turistas desse segmento, envolvendo 27 cruzeiros de diversas nacionalidades. Cada turista gasta, em média, US$ 150 por dia ao passar por Belém.
No último dia 8, chegou a Santarém, com 800 turistas da Inglaterra, o Prinsedam, que na volta passa por Belém, nesta quinta-feira (13). Sábado (15), passa pela capital paraense o Aida, vindo da Alemanha com mais 1,2 mil turistas. O navio retorna de outros destinos amazônicos dias 26 e 27 deste mês, com pernoite em Belém.
A Companhia Paraense de Turismo (Paratur) faz o receptivo aos turistas de cruzeiros e articula com a operadora Amazon Icomining Service, especializada nesse atendimento, ações de segurança turística, com apoio da Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur) e do Comando de Policiamento Fluvial.
Na rota dos turistas estão espaços como a orla de Icoaraci, Estação das Docas, complexos Ver-o-Peso e Feliz Lusitânia, Mangal das Garças, Polo Joalheiro, Museu Paraense Emílio Goeldi e Basílica de Nazaré. Alguns também visitam comunidades ribeirinhas quilombolas no município do Acará, em trilhas ecológicas.

Texto:
Benigna Soares-Paratur


Réveillon da Estação oferece programação com música paraense
Música popular, pop, rock e samba. A música paraense é o destaque do Réveillon 2013 da Estação das Docas. Para comemorar a chegada do ano novo, a Organização Pará 2000, que administra o complexo turístico, leva à população uma mostra da música produzida no Pará. Cabloco Muderno, Theo Pérola Negra, Markinho & Banda e Escola de Samba do Rancho Não Posso me Amofiná são as atrações este ano, que prometem embalar a noite da virada, a partir das 21 horas, em dois palcos. A programação é gratuita.
O Réveillon da Estação das Docas começa com música mecânica, a partir das 21 horas. No palco 1, localizado no Anfiteatro São Pedro Nolasco, a partir das 22 horas, quem abre a noite é o Cabloco Muderno. O grupo de percussão estreou em outubro deste ano nos palcos do teatro Maria Sylvia Nunes e retorna à Estação para celebrar o primeiro ano na estrada.
O grupo, que mistura ritmos e instrumentos típicos do Pará com a bateria das escolas de samba, é composto por Marco André, o Trio Manari e Edvaldo Cavalcante (percussão), Davi Amorim e Luiz Félix Robatto (guitarras) e MG Calibre (baixo). Um dos sucessos do grupo é a canção “Guitarrada do Cabloco”. A parte rítmica traz o trio de percussão paraense Manari, com Márcio Jardim, Kleber Benigno e Nazaco Gomes. Em seguida, sobe ao palco do anfiteatro a Escola Rancho Não Posso me Afominá, com uma mostra do samba paraense.
No palco 2, montado no recuo entre os Armazéns 1 e 2, a partir das 22 horas a atração é Theo Pérola Negra, que traz a essência das bandas de fanfarra e marchinhas para anunciar a proximidade do carnaval. Após a queima de fogos, quem se apresenta é Markinho & Banda. Acompanhado pelos músicos Kim Freitas (guitarra), JJ (baixo), Edu Seth (bateria) e Renato Sinimbu (teclado), Markinho interpretará um repertório que passeia pelos clássicos do pop rock brasileiro.
Um dos momentos mais aguardados é o tradicional show pirotécnico, à meia-noite. A população paraense poderá acompanhar a queima de fogos na orla da Estação das Docas e brindar a chegada de 2013 com uma vista privilegiada da baía do Guajará.
Programação:
Palco 1 – Anfiteatro São Pedro Nolasco
A partir das 21h – Música mecânica
A partir das 22h – Cabloco Muderno
A partir das 0h30 – Escola de Rancho Não Posso me Afominá
Palco 2 – Recuo da orla dos Armazéns 1 e 2
A partir das 21h – Música mecânica
A partir das 22h – Theo Perola Negra
A partir das 0h30 – Markinho & Banda

Texto:
Camila Barros-Pará 2000


Ophir Loyola convoca técnicos de enfermagem concursados
Cerca de 200 técnicos de Enfermagem foram convocados a tomar posse no Ophir Loyola. Os concursados serão acolhidos e integrados de 18 a 20, e nos dias 27 e 28 de dezembro, pelo Recursos Humanos e diretoria do hospital. Na ocasião, os novos servidores conhecerão a estrutura, serviços, especialidades e as devidas atividades que exercerão no Centro de Alta Complexidade em Oncologia do Pará.


Surf na pororoca encanta atores globais
Matéria publicada no Portal Terra destaca que o surf na pororoca pode ser praticado na região turística do Marajó, no Pará, onde o principal cenário desse esporte é o município de São Domingos do Capim, na região turística Amazônia Atlântica. Lá, no rio Capim, surfistas do mundo buscam pelas ondas da pororoca, que chegam a alcançar mais de quatro metros todos os anos. O evento tem apoio promocional do Governo do Pará, através da Secretaria de Esporte e Lazer (Seel) e da Companhia Paraense de Turismo (Paratur).
A matéria é inspirada no programa ‘Caldeirão do Huck’, da TV Globo, exibido no último dia 1º. de dezembro, e vem recebendo muitos elogios ao mostrar a viagem que o apresentador Luciano Huck fez ao lado dos astros globais, Marcello Novaes, Rodrigo Santoro, Marcelo Serrado e o big rider, Carlos Burle, nas ondas da pororoca do rio Araguari, no Amapá. Sob a coordenação de Noélio Sobrinho, presidente da Abraspo (Associação Brasileira de Surf na Pororoca), a aventura foi marcada por muita adrenalina.



Perícia Médica retoma atendimento no dia 26
A Diretoria de Gestão de Política de Saúde Ocupacional, da Secretaria de Estado de Administração (DSO/SEAD), informa que não haverá expediente para atendimentos externos a partir da próxima sexta-feira, 14. O motivo é a transição física para a nova sede do órgão. As atividades voltarão ao normal a partir do dia 26 de dezembro, em novo endereço, localizado na avenida Travessa do Chaco, nº 2350, bairro do Marco.


Nascimento de bebê na Santa Casa é marcado por simbolismos neste 12/12
A maior maternidade do Norte do País realizou, às 12h desta quarta-feira, o parto de Maemy Fernandes Leite, moradora do bairro do Guamá, em Belém. Seria mais um procedimento de rotina do hospital não fosse o misticismo que envolve essa data, composta por quatro sequências de números 12 (hora, dia, mês e ano). Maemy precisou ser internada às pressas para a cirurgia, por apresentar uma gestação de risco. A jovem estava grávida de oito meses. A mãe de Maemy, Maria de Nazaré Fernandes Monteiro, não disfarçada a aflição pela saúde da filha e pelo nascimento do primeiro neto, que receberá o nome de Kayque Leonan.
Segundo a médica Ana Cristina, que fez a cirurgia, a parturiente estava com a pressão alta e precisava ser submetida a cesárea, que foi conduzida com todos os cuidados pela equipe multiprofissional que atua na maternidade. Para os profissionais de saúde que realizaram o parto de Maemy, as coincidências do nascimento deste bebê vão além do horário. O nome Kayque Leonan também é composto por 12 letras, o que para avó é uma feliz coincidência.
A Fundação Santa Casa vai entregar hoje à tarde à mãe, um buquê de flores e uma cesta de natal, numa homenagem simbólica a todos os nascimentos ocorridos diariamente na maior e mais antiga maternidade do Norte do país. Desde as primeiras horas deste dia 12, até às 13h, seis crianças já haviam nascido na Santa Casa.
Simbologia – Como em 2011, este ano também tem coincidências numéricas, já que esta quarta-feira, 12, aparece como uma data, no mínimo, curiosa. Para muitos, não significa absolutamente nada, mas para outros é repleto de significados e representa a passagem para uma nova era. Para a numerologia, a repetição de números (12 no dia e no mês e, quando somado chega a 3) simboliza a comunicação, a troca de idéias e formas de se expressar.

Texto:
Samuel Mota-Santa Casa


Sidney Rosa anuncia a instalação de escritório da Emater em Belém
A 58ª Reunião Ordinária do Conselho Técnico Administrativo (CTA) da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), ocorrida na manhã desta quarta-feira, 12, foi marcada pela apresentação do balanço de 2012 e pelo anúncio da implantação do escritório local do órgão em Belém, o único município paraense que ainda não dispunha de atendimento in loco. Na reunião ainda foram aprovadas atualizações no texto do Regimento Interno de Pessoal.
Presidida pelo secretário Especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção, Sidney Rosa, a reunião contou com a presença de oito, dos dez membros que compõem o Conselho Técnico Administrativo. “A reunião do CTA tem como principal objetivo garantir a normalidade das atividades da empresa. Junto com o Conselho Fiscal, ele norteia as ações da Emater”, explicou a presidente da Emater, Cleide Amorim de Oliveira.
Durante a sua explanação, Sidney Rosa afirmou que o Governo do Estado já prepara a implantação do escritório da Emater na capital e que já foi indicado um local para esse fim, no Distrito de Icoaraci. O próximo passo será negociar a cessão da área junto ao prefeito eleito de Belém, Zenaldo Coutinho, que deu sinal positivo. “Ainda estamos avaliando que local seria esse, pois é preciso que tenha uma localização estratégica, para que possamos oferecer o melhor atendimento às comunidades agrícolas existentes no entorno da  capital e também na região das ilhas, beneficiando-as com ações como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) ou o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)”, disse. Hoje, o atendimento dos agricultores familiares da Região Metropolitana é feito pelo escritório local da Emater de Ananindeua.
Sobre a atuação da Empresa para o próximo ano, Sidney Rosa destacou, ainda, que a Empresa terá um papel decisivo para o aumento da produtividade no Estado, “seja em manejo florestal, pesca ou fruticultura”. Já a presidente da Emater destacou que em 2013 o Pará vai literalmente "colher os frutos" plantados neste ano que está terminando. "Depois que finalmente conseguimos sanar as dívidas trabalhistas que a Empresa possuía, temos condições de iniciar 2013 com o pé direito, mesmo sabendo que teremos muito trabalho pela frente”, ressaltou Cleide Amorim.
CTA - No total, o Conselho Técnico Administrativo é comporto por dez membros, representantes de instituições afins. A presidência do conselho é da Secretaria Especial de Desenvolvimento e incentivo à Produção (Sedip). As outras entidades são: Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri), Superintendência Federal de Agricultura (SFA), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Emprapa), Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa),Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Pará (Fetagri), Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Associação dos servidores da Emater – Pará (Assempa) e Sindicato dos Engenheiros do Estado do Pará (Senge).

Texto:
Kenny Teixeira-Emater


Programa duplo de formatura em Violão no São José Liberto
O Curso de Bacharelado em Música da Fundação Carlos Gomes e Universidade do Estado do Pará realiza promove, nesta quinta-feira, 13, dois recitais de formatura em Violão no Espaço São José Liberto. O primeiro com Luciano Andrade, às 18h, e o segundo com Odília Raquel Santana, às 19h.
Luciano vai apresentar um repertório que irá passeia pela história da música, desde o período renascentista ate a música contemporânea interpretando compositores como Robert Johnson, Domenico Cimarosa, Abel Carlevaro, Leo Brouwer, e a música brasileira, com obras de Heitor Villa-Lobos, Radamés Gnattali e Paulo Bellinati. Ele vai dividir o palco com Breno Favacho e Misael Junior para mostrar um repertório camerístico, interpretando o “Concerto em sol Maior” de Antonio Vivaldi.
Odília vai interpretar “Cavatina”, de Alexandre Tansman; “Elegie”, de J. K. Mertz; o tema japonês folclórico “Sakura”, “Rua Harmonia”, de Ulisses Rocha e encerrará sua apresentação com o Concerto para Alaúde e Orquestra de Vivaldi. Os formandos são alunos do músico e professor paulista Sidney Molina, que estará presente aos recitais. O programa é aberto ao público com entrada franca.

Texto:
Maria Christina-FCG


Dez municípios respondem por 69,15% do PIB paraense
Dez municípios respondem por 69,15% no Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com números de 2010, divulgados nesta quarta-feira, 12, pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp) em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números relativos ao PIB dos 143 municípios estão disponíveis no site do Idesp, no link http://www.idesp.pa.gov.br/pdf/pib/PIBMunicipal2010.pdf. O documento apresenta a distribuição, de forma descendente, do Valor Adicionado (VA) calculado para o Estado pelos municípios, segundo suas atividades e setores econômicos (agropecuária, indústria e serviços).
O PIB do Pará totalizou R$ 77,8 bilhões em 2010, sendo que dez municípios se destacaram com 69,15% de participação no total do Estado. São eles: Belém, Parauapebas, Ananindeua, Marabá, Barcarena, Tucuruí, Santarém, Canaã dos Carajás, Castanhal e Paragominas. Em comparação a 2009, Belém e Barcarena perderam 5,3% e 1,4% de participação, respectivamente. Parauapebas ganhou 10,8% e Canaã do Carajás passou a integrar o ranking, antes ocupado por Oriximiná (clique aqui para ver a tabela 1).
Já os dez menores resultados são relativos aos municípios de São João da Ponta, Santarém Novo, Peixe-Boi, Magalhães Barata, Santa Cruz do Arari, Terra Alta, Primavera, Palestina do Pará, Bannach e Inhangapi. Eles concentram apenas 0,38% do valor total do PIB estadual. As alterações no ranking, em relação a 2009, ocorreram apenas nas posições ocupadas pelos municípios integrantes.
PIB PER CAPITA
No que diz respeito ao PIB per capita, calculado a partir da razão do PIB e a população estimada de cada lugar, os dez municípios que se destacaram, inclusive com resultados acima da média estadual (R$ 10.259) foram: Parauapebas, Canaã dos Carajás, Barcarena, Tucuruí, Oriximiná, Floresta do Araguaia, Marabá, Belém, Almeirim e Paragominas (clique para ver a tabela 2).
Os dez municípios com menor PIB per capita em 2010 não foram os mesmos que apresentaram o menor PIB, porém apresentaram baixas participações no PIB estadual. Jacareacanga possuía o menor PIB Per capita do Estado em 2009 e deixou esse ranking devido à estimativa populacional do IBGE, que reduziu a população do município para 14.040 habitantes. A diferença entre o maior (Parauapebas, R$ 103.404) e o menor (Curralinho, R$ 2.270) PIB per capita do Estado foi de R$ 101 mil em 2010.
Entre as Regiões de Integração (RI), duas delas, Metropolitana e Carajás, tiveram participação de 57,7% no PIB total do Pará. Destaca-se que a Metropolitana é a que mais perdeu participação nos últimos anos e a RI de Carajás foi a que mais ganhou (clique para ver a tabela 3).
SETORES ECONÔMICOS
Ao se analisar as atividades e os setores econômicos distribuídos entre os municípios paraenses, percebe-se que a agropecuária apresentou uma pequena concentração se comparado a 2009. A pecuária bovina e a lavoura temporária foram as atividades que mais contribuíram aos municípios na formação do ranking do setor. A pecuária foi predominante em São Félix do Xingu, Novo Progresso e Novo Repartimento. Em Santarém, foi a Lavoura Temporária e, em Paragominas, essas duas atividades tiveram contribuições semelhantes.
Já a indústria foi o setor que apresentou maior concentração. As indústrias extrativa e de transformação foram as atividades que mais pesaram na composição do ranking do setor. Entre os cinco primeiros municípios, dois se basearam na indústria extrativa (Parauapebas e Canaã dos Carajás) e dois na de transformação (Belém e Barcarena). Em Tucuruí, porém, a atividade industrial principal foi a produção e distribuição de energia elétrica.
O setor de serviços foi o único a manter o nível de concentração em comparação a 2009. O comércio, a administração pública e os transportes foram as atividades que mais contribuíram para a composição do ranking. Entre os cinco primeiros municípios, Belém, Ananindeua e Marabá tiveram o comércio como a principal atividade. Em Santarém, a administração pública predominou e, em Parauapebas, os transportes.
Em 2010, 28 municípios registraram uma participação de 50% ou mais da administração pública no total do VA municipal, ante 24 em 2009. Em contrapartida, 14 municípios registraram uma participação da administração publica no total do VA inferior à observada no Estado em 2009, quando foram 15 nessa situação (clique para ver a tabela 4).
Dentre os municípios mais dependentes está Curralinho, que registrou o menor PIB per capita do Brasil. A economia do município se sustenta na administração pública que, no ano, participou com 61% no total do Valor Adicionado, dos quais 83,8% dizem respeito à administração pública federal. As demais atividades econômicas de maior impacto no valor adicionado do município foram: construção civil, pesca e extração vegetal. Os resultados também se justificam pelo fato de a Resex de uso sustentável Terra Grande-Pracuúba abranger 33,7% da área do município e ser habitada por populações extrativistas tradicionais, cujas atividades principais são a agricultura de subsistência, a criação de animais de pequeno porte e o extrativismo vegetal.
As quatro tabelas do PIB municipal 2010 estão disponíveis em: http://www.agenciapara.com.br/sgn.net/anexos/TABELAS_PIB_MUNICIPAL_2010.doc.

Texto:
Fernanda Graim-Idesp


Projeto Conquistando a Liberdade atendeu mais de 60 escolas este ano
Um grupo de 87 internos de seis unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém e do interior do Estado participou nesta quinta-feira (13) do projeto Conquistando a Liberdade, executado pela Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe), que consiste em levar serviços de limpeza e manutenção predial às escolas públicas da capital e interior do Estado.
A convite da Polícia Militar, o projeto atendeu pela primeira vez uma escola pública de Belém, a Escola Estadual Pedro Amazonas Pedroso, onde 17 internos do Presídio Estadual Metropolitano I e II fizeram serviços de limpeza, capina, pintura interna e poda de árvores. A ação ocorreu ainda nos municípios de Abaetetuba, Tomé-Açu, Capanema, Santa Izabel do Pará e Paragominas.
O diretor no Núcleo de Reinserção Social da Susipe, Ivaldo Capeloni, explicou que Belém está incluída na expansão do projeto, ano que vem. “O projeto vai atender Belém a partir de fevereiro de 2013. Vamos também vamos expandi-lo para todos os municípios do Estado que têm unidades prisionais”, disse. Em Belém, o evento começou às 9 horas, quando os internos foram recepcionados por um coral de alunos.
Após a recepção, cerca de 150 alunos compareceram ao auditório da escola para participar do Papo di Rocha uma conversa entre internos pré-selecionados que tem por objetivo mostrar aos jovens a realidade do cárcere e alertar sobre os perigos do crime. A palestra teve a presença de internos do Presídio Estadual Metropolitano I e do Centro de Reeducação Feminino.
Participando pela terceira vez do projeto, a interna Samara Cardoso se emocionou ao relatar sua experiência no cárcere e a separação da família. “Embora seja sofrido relatar o que passei, acredito que isto seja importante para que eles possam refletir sobre a vida deles, para não cometerem os mesmos erros que eu”, frisou.
O interno Giovane dos Santos também reconheceu a importância de dividir o relato do cárcere com os alunos. “Tenho filhos da idade deles. Eu me sinto útil em passar este alerta, pois a vida do crime é só sofrimento. O projeto é importante porque muitos não sabem como é a vida de quem está pagando pelos seus erros e assim podemos prevenir os jovens para não se envolverem no crime”, refletiu.
Para os alunos, o bate-papo foi um momento de reflexão. Layana Rebouças, do primeiro ano do ensino médio, disse que a experiência “foi muito importante, pois aprendi a valorizar mais a minha família e dar mais importância à liberdade, à qual geralmente não atentamos no dia a dia”.
Para a diretora da escola, Dircianeide Pinto, a experiência só trouxe benefícios. “Além da ajuda na manutenção predial, as palestras têm um valor pedagógico muito importante, pois é o relato pessoal de quem está passando pelo cárcere alertando os alunos para refletirem em suas escolhas e dar maior valor à liberdade”, analisou.
Iniciado em abril deste ano, o projeto Conquistando a Liberdade encerra o ano com saldo positivo. “Com esse trabalho conseguimos revitalizar mais de 60 escolas em todo o Estado. Mais de cinco mil alunos assistiram a palestras do Papo di Rocha. Em julho, mesmo em período de férias, o projeto atuou na manutenção de praças e vias públicas. Muitos diretores e alunos nos enviam mensagens solicitando que o projeto atenda suas escolas”, disse Ivaldo Capeloni.
O projeto é executado pela Susipe em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado (TJE), Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Pro Paz e Polícia Militar. Todos os internos participantes passam por seleção psicossocial e treinamento e saem das unidades mediante escolta de agentes penitenciários e policiais militares.

Texto:
Nara Pessoa-Susipe


NOTÍCIAS DO PESDB - BRASÍLIA

Brasília, 12 de dezembro de 2012

Bancada elege Carlos Sampaio para líder e Marcio Bittar como representante do partido na Mesa Diretora

O deputado Carlos Sampaio (SP) foi eleito nesta quarta-feira (12), por aclamação, líder da bancada do PSDB na Câmara, função que exercerá a partir de fevereiro do próximo ano. Ele substituirá Bruno Araújo (PE), que está à frente da legenda atualmente. Já o deputado Marcio Bittar (AC) foi escolhido para representar o partido na Mesa Diretora da Câmara no biênio 2013/2014. A legenda comanda atualmente a 1ª Secretaria e provavelmente continuará neste posto após as eleições no início do próximo ano. Leia mais



Oposição protocola representação na PGR para investigar denúncias de Marcos Valério

O líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PR), os deputados Carlos Sampaio (SP) e Vanderlei Macris (SP), além do senador José Agripino (RN), presidente do Democratas, protocolaram, na tarde desta quarta-feira (12), representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) para pedir investigações sobre os fatos relatados no depoimento do publicitário Marcos Valério, concedido recentemente à própria PGR. Leia mais



Cabe a Lula explicar o que fez em tão más companhias quando governou o país

Marcos Valério, Carlos Cachoeira, Freud Godoy, Rosemary Noronha e outros tantos mais fizeram o que fizeram porque tinham carta branca do PT para agir. “Alguns deles, além do aval do PT, dispunham da bênção do presidente da República. Numa república séria, num ambiente em que a sociedade e seus valores são respeitados, ninguém pode estar acima da lei”, diz trecho da Carta de Formulação Política desta quarta-feira (12). Leia mais



Tucanos cobram apuração de suspeita de pedágio para o PT no Banco do Brasil

O líder da Minoria na Câmara, Antonio Carlos Mendes Thame (SP), e o deputado Antonio Imbassahy (BA) defendem a apuração das novas denúncias do empresário Marcos Valério reveladas pelo jornal “O Estado de S. Paulo”. Segundo a reportagem, Valério afirmou em depoimento à Procuradoria Geral da República que Henrique Pizzolato, ex-diretor do Banco do Brasil, e Ivan Guimarães, ex-presidente do Banco Popular do Brasil, criaram um pedágio para alimentar o caixa do PT. Leia mais



Blindagem da base aliada impede esclarecimentos sobre Operação Porto Seguro

A Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência derrubou três requerimentos do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (SP) que pediam a convocação dos ministros Luís Inácio Adams (Advocacia-Geral da União), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e de Rosemary Noronha, ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, para prestar esclarecimentos sobre as investigações da Operação Porto Seguro, da Polícia Federal. Leia mais



Câmara aprova MP que reduz preço da conta de luz

O plenário da Câmara aprovou nesta quarta-feira (12) a Medida Provisória 579/12, que antecipa a prorrogação das concessões de geradoras, transmissoras e distribuidoras de energia elétrica com vencimento entre 2015 e 2017. O texto também estabelece novas regras de compra de energia e diminui encargos para abaixar o preço final ao consumidor. Leia mais



Bruno Araújo é homenageado na Comissão de Ciência e Tecnologia

O líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo (PE), foi homenageado na Comissão de Ciência e Tecnologia por comandar o colegiado em 2011. A solenidade contou com a presença de colegas da bancada, entre outros parlamentares, que destacaram a importância dos trabalhos da comissão. “Foi uma grande satisfação presidir o colegiado, que envolve temas comuns e importantes. Foi uma grande honra ter presidido a comissão”, disse o líder tucano. Leia mais



Educação aprova pedido de informação para MEC sobre funcionários investigados pela PF

A Comissão de Educação e Cultura aprovou nesta quarta-feira (12) solicitação de informações ao Ministério da Educação (MEC) sobre as providências tomadas em relação aos funcionários apontados pela Polícia Federal como participantes de esquema de compra de pareceres a favor de faculdades particulares. O pedido foi feito pelo deputado Izalci (DF). Leia mais



Azeredo propõe ampliação da validade do passaporte para dez anos

A comissão de Relações Exteriores da Câmara enviará indicação ao governo federal, a pedido do deputado Eduardo Azeredo (MG), para ampliar de cinco para dez anos o prazo de validade dos passaportes brasileiros. O pedido foi aprovado nesta quarta-feira (12) e será encaminhada ao Ministério da Justiça. O tucano avalia que o a ampliação irá gerar comodidade e redução de gastos ao país. Leia mais



Kaefer defende investimentos privados em transportes, escolas, hospitais e presídios

O programa Palavra Aberta, da TV Câmara, exibirá na segunda-feira (17) entrevista exclusiva com o deputado Alfredo Kaefer (PR) na qual ele defende investimentos privados amplos em transportes, escolas, hospitais e presídios ou, então, por meio de Parcerias Público-Privadas (PPP), depois que o Legislativo criou melhores condições para a viabilização. O programa será exibido em três horários: 7h45, 12h30 e 20h. Leia mais



Líder da Minoria aponta gravidade nas novas revelações de empresário

O líder da Minoria, deputado Antonio Carlos Mendes Thame (SP), em discurso na Câmara dos Deputados, comentou o depoimento de Marcos Valério à Procuradoria Geral da União (PGR) apontando o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva como ator principal do mensalão. Thame ressaltou o fato de há quase 8 anos Lula ter conseguido escapar de ser envolvido no escândalo do mensalão tanto pela CPI dos Correios quanto pelo Ministério Público e pelo Supremo Tribunal Federal como responsável pelo esquema de corrupção. Leia mais



Aprovado projeto de Tripoli que criminaliza violência contra cães e gatos

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável aprovou nesta quarta-feira (12), por unanimidade, parecer ao Projeto de Lei 2833/2011. De autoria do deputado Ricardo Tripoli (SP), a proposta eleva consideravelmente as penas dos crimes cometidos contra cães e gatos e das práticas que atentam contra a vida, a saúde ou a sua integridade física. Leia mais



Colegiado fará debate sobre preço de passagens aéreas a pedido de Brandão



Por solicitação do deputado Carlos Brandão (MA), a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle aprovou a realização de audiência pública para discutir a fixação de preços no transporte aéreo regular de passageiros e avaliar o impacto econômico e social das políticas tarifárias vigentes. Entre os convidados, estão o ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, e o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys. Leia mais


Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...