Total de visualizações de página

quinta-feira, dezembro 06, 2012

Sérgio Cabeça é reeleito presidente do Remo






  


ELEIÇÕES AZULINA

Vantagem sobre Roberto Macedo foi 59 votos

06/12/2012 - 22:02 - Esportes



Depois de apenas 30 minutos de apuração, Sérgio Cabeça teve sua reeleição sacramentada no Remo com 83 dos 112 votos colhidos nas urnas azulinas, enquanto que Roberto Macedo teve apenas 24. O pleito, que contou ainda com quatro votos em branco e um nulo, aconteceu na sede social do clube, na noite desta quinta-feira (6), em Belém.
Cabeça, portanto, fica no comando azulino para os próximos dois anos e prometeu que esta foi a última vez que as eleições presidenciais do Leão aconteceram de forma indireta, com a escolha dos nomes sem a participação dos sócios. 'Podem escrever que esta foi a última vez que a eleição no Remo aconteceu com a escolha no voto indireto. A partir da próxima eleição, os sócios vão participar das eleições diretas', prometeu.
Com o discurso de aproximação do clube ao sócio, Cabeça encerrou suas palavras revelando qual será o objetivo do clube para 2013. 'Vamos em busca da Série C, com certeza!', disse.
Sérgio Cabeça foi eleito como presidente do Condir (Conselho Diretor), com Zeca Pirão como vice, mas as eleições no Remo ainda contaram com outras escolhas, como a do Condel (Conselho Deliberativo), que teve 100 votos para Manoel Ribeiro, com 11 brancos e um nulo; e a escolha do Confis (Conselho Fiscal), que contou com 91 votos, 20 brancos e um nulo. Neste último conselho, dez nomes foram escolhidos.
Outro lado - Roberto Macedo, o candidato derrotado se pronunciou e pregou pela união no Remo. 'Nós estamos dividindo o Remo, ao invés de somar. A dívida do Clube do Remo é de todos nós e todos nós temos o poder de ajudar o Remo. Fui candidato e me sinto imensamente feliz porque fui candidato de uma instituição que representa a maior nação que tem nesta terra. Desejo a maior felicidade ao Sérgio Cabeça', disse.

Redação Portal ORM





Começa o processo de votação
 para presidente do Remo



Ao todo, 112 conselheiros votaram.

 Outros 30 ficaram como ausentes 



06/12/2012 - 21:43 - Esportes

 

Comandado pelo Grande Benemérito Raphael Levy, o processo de votação no Remo terminou exatamente às 21h30 e os trabalhos na sede social do clube passam a ser voltados para a apuração dos 112 votos colhidos. Trinta conselheiros se ausentaram do pleito.

Neste processo, serão colhidos votos para o Condel (Conselho Deliberativo), o Confis (Conselho Fiscal) e o Condir (Conselho Diretor), sendo que, destes, os nomes do Condel já estão definidos, já que a chapa de Roberto Macedo não enviou candidatos para este departamento do clube. Os nomes são os de Manoel Ribeiro, Benedito Sá e Raphael Levy, este último como Vice-presidente.
No Confis, que terá a responsabilidade de supervisionar o clube, serão eleitos 10 conselheiros, enquanto que o Condir vem com os candidatos à presidência azulina Sérgio Cabeça e Roberto Macedo, com seus respectivos candidatos a vice.
Entre os que estavam aptos a votar, estão 100 conselheiros, 10 Grandes Beneméritos, 26 Beneméritos, quatro ex-presidentes e os dois ex-presidentes do Conselho Amaro Klautau e Pedro Lima.
A expectativa é que o resultado seja conhecido até às 22h30 desta quinta-feira (6), na sede social do Remo, localizada na Avenida Nazaré, em Belém.

Redação Portal ORM


Sócios são impedidos de 

acompanhar as eleições no Remo

Associados remidos e proprietários 

se reúnem na 'porta' das eleições


Um grupo do sócios remidos e proprietários do Remo estão no portão da sede social azulina em protesto. O motivo é que eles foram impedidos de acompanhar as eleições presidenciais do clube.
Entre estes sócios, está o representante comercial, Júlio Andrade, que disparou: 'De certa o que está acontecendo aqui não me surpreende, porque isso é mais um fruto da péssima gestão do Sérgio Cabeça. Vim para exercer meu direito de remista, mas infelizmente por causa dessa gestão estou aqui do lado de fora'.
Um documento foi apresentado por um integrante da direção remista para explicar que os sócios podem ir à sede social, mas não podem acompanhar as eleições.
Enquanto isso, seguem as eleições em ritmo normal na sede, com um grupo de cerca de 30 torcedores com uma faixa pedindo eleições diretas, ou seja, com a participação dos sócios. Um outro grupo está com camisas com a mensagem 'Fora múmias!'

Redação Portal ORM
Foto: @SigaRemo




Roberto Macedo diz que
eleições têm 'cartas 
marcadas' para Cabeça

Candidato à vice-presidente no Leão
 dispara que situação é o favorito 

06/12/2012 - 21:27 - Esportes
 
Representante da oposição, Roberto Macedo conversou com a reportagem do Portal ORM nas eleições à presidência do Remo, na sede social do clube, e declarou: 'Estou me candidatando, nem por mim, nem por meus filhos e nem pelos meus netos. É pelos meus bisnetos, porque sei que essa eleição tem cartas marcadas e o Cabeça é favorito'.
Além de disparar contra as eleições, Macedo ainda colocou o Paysandu como um exemplo a ser seguido pelo Leão. 'Vê o Vandick Lima, no Paysandu. O processo de transição lá é muito mais transparente do que aqui. Lá existe uma equipe preparada, ao contrário do que acontece no Remo. Espero que isso mude por aqui', disse.
Outro ponto comentado pelo candidato da oposição azulina foi a escolha da comissão técnica e de alguns jogadores antes das eleições. 'O que me deixou chateado neste processo todo foi que o futebol já foi começado sem nem mesmo uma consulta a nós. No mínimo, eu deveria ter sido consultado, como candidato. Enfim, vida que segue', falou.
Roberto Macedo é o candidato da oposição nestas eleições para presidente do Remo, com Max Júnior como canidato a vice. O pleito acontece na sede social do clube, na Avenida Nazaré, em Belém.
Redação Portal ORM


Cabeça promete modernização 
e aproximação dos associados no Remo

Reformas no parque aquático e na sede social são pontos citados pelo atual presidente do clube

06/12/2012 - 20:43 - Esportes
 
Em busca de mais dois anos no comando do Clube do Remo, Sérgio Cabeça - agora com Zeca Pirão como vice-presidente - conversou com a reportagem do Portal ORM durante as eleições na sede social e pontuou promessas para os próximos dois anos.
Entre as propostas de Cabeça, está a 'modernização' do Leão. 'Vamos reestruturar todo o departamento de futebol visando a modernização. Queremos reformar o parque aquático e também a sede social do Remo', falou.
Além de mudanças físicas, Cabeça ainda declarou que quer trazer o associado de volta ao clube. 'Precisamos do associado e vamos trazê-los de volta ao clube, com programas específicos', disse.
Sérgio Cabeça segue no aguardo das eleições, que estão previstas para acontecer até às 21h na sede social do Remo, com a participação de 142 conselheiros azulinos.

Redação Portal ORM



FUMBEL INSCREVE PARA
O CARNAVAL 2013

As inscrições para os Concursos Oficiais de Agremiações Carnavalescas e Personalidades Emblemáticas do Carnaval de Belém 2013 foram abertas nesta segunda-feira, 3. Escolas de samba e blocos carnavalescos de Belém, Icoaraci e Outeiro, e candidatos aos títulos de Rei Momo, Musa do Carnaval, Rainha das Rainhas das Agremiações e Rainha Gay do Carnaval podem ser inscrever até 17 deste mês, na sede da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), de 9h às 14h, de segunda a sexta-feira.
Na mesma linha de organização dos outros anos, a Fumbel iniciou a preparação para o Carnaval de Belém com reuniões entre os representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos que disputam o concurso realizado pela Prefeitura. Nos encontros, as agremiações e o poder público avaliaram o carnaval deste ano, além de sugestionar e opinar sobre as diretrizes e o regulamento dos concursos de 2013. As reuniões aconteceram de 5 a 13 de novembro, no Memorial dos Povos e nas sedes dos distritos.
No ato da inscrição, escolas de samba e blocos carnavalescos devem apresentar, obrigatoriamente, os seguintes documentos: Ata de fundação da agremiação; Estatuto Social; Ata de aprovação do estatuto; Ata de eleição da atual diretoria da agremiação; Cartão válido do CNPJ; Cédula de Identidade e CPF do representante legal da agremiação; Letra do samba em via impressa e em arquivo magnético (CD); Autorização firmada pelo (s) compositor (es) do samba autorizando sua veiculação; Histórico da escola ou bloco em via impressa e em arquivo magnético (CD); Sinopse do enredo, também, impresso e em CD; dados bancários da conta-corrente da agremiação; e fotografia 3x4 de seus representantes.
As escolas e blocos carnavalescos que firmaram com a Fumbel ajustes conveniais para o recebimento de apoio financeiro nos anos de 2011 e 2012, estão dispensadas de apresentar no ato da inscrição a Ata de fundação da agremiação, o Estatuto Social e a Ata de aprovação do estatuto.
Também estão abertas as inscrições para os Concursos Oficiais de Rei Momo, Rainha do Carnaval, Rainha das Rainhas das Agremiações Carnavalescas e Rainha Gay do Carnaval 2013. As inscrições ocorrem no mesmo período das agremiações, até 17 de dezembro.
 Serviço – Inscrições para os Concursos Oficiais de Agremiações Carnavalescas e Personalidades do Carnaval de Belém 2013, na sede da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel) – Rua Padre Champagnat, s/n, Cidade Velha. Informações: (91) 3230-1926 / 3230- 3281.

PRORROGADAS AS
INSCRIÇÕES
PARA A LEI TÓ TEIXEIRA
 E GUILHERME PARAENSE

As pessoas físicas ou jurídicas que não conseguiram se inscrever no edital da Lei de Incentivo Municipal Tó Teixeira e Guilherme Paraense tem mais uma oportunidade. As inscrições foram prorrogadas até o dia 14 de dezembro. Projetos culturais e de esporte amador podem ser inscritos de 8h30 às 13h, na sede da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel).
Para os incentivadores das produções culturais e esportivas, a Prefeitura de Belém concede um desconto de até 20% no pagamento do Imposto Sobre Serviço (ISS) ou do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU). Esse abatimento pode chegar a 35% da fatura total se optar por pagar o IPTU em cota única.
Os proponentes tem que ter domicílio em Belém e só podem inscrever um projeto por pessoa ou empresa.
Este ano a lei comemora 15 anos com mais de 3 mil projetos na área da cultura e do esporte aprovados e realizados. Cantores, atores, esportistas, pessoas físicas e jurídicas tiveram incentivo do poder público municipal para iniciar seus sonhos, seus projetos.
O processo de seleção vem sendo aperfeiçoado, a cada ano, pela Secretaria da Lei Tó Teixeira e Guilherme Paraense, ocasionando o aumento no número de inscrições. No edital passado, 427 projetos foram aprovados, e este ano a expectativa é ultrapassar este recorde em pelo menos 10%.

Serviço: Inscrições Lei Tó Teixeira e Guilherme Paraense até 14/12/2012, de 8h30 às 13h, na sede da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel) – Rua Padre Champagnat, s/n, Cidade Velha. Informações: (91) 3230-1811 / www.belem.pa.gov.br/fumbel
 



JÁ NAS BANCAS 
JÁ CIRCULANDO A NOVA EDIÇÃO DO JORNAL
CORREIO JURUNENSE. VOCÊ PODE ADQUIRÍ-LO 
EM VÁRIOS PONTOS DE VENDAS NA
 NAÇÃO JURUNENSE E EM ESPECIAL, NA
REVISTARIA DA YAMADA JURUNAS.




Governo diz que vai garantir
redução de 20% da tarifa de energia

Assegurada redução média 17% a partir 
de fevereiro de 2013. 'O resto, 
o governo ainda irá atrás' 

05/12/2012 - 18:25 - Economia

O governo estuda como fará para garantir redução de 20,2% da tarifa de energia, disse hoje (5) o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Ele ressaltou que está assegurada redução média 17% a partir de fevereiro de 2013. 'O resto, o governo ainda irá atrás', disse Mantega. O ministro ressaltou que o governo já deu sua contribuição para queda nas tarifas. Ele disse que não há espaço fiscal para redução das contribuições para o Programa de Integração Social (PIS) e para a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) como forma de garantir o desconto médio de 20%. Segundo ele, o governo estuda outras desonerações mas as contas estão apertadas.
Mantega disse que se surpreendeu com a recusa de algumas concessionárias em aderir à proposta do governo.'Ficamos surpresos com a falta de colaboração em uma medida tão importante para a economia brasileira e para todos. A desistência dessas empresas nos coloca um problema para resolver. Estamos estudando para ver como é que vamos fazer', disse.
O ministro destacou o fato de as concessionárias desistentes atenderem aos estados de São Paulo, Minas Gerais, do Paraná e de Santa Catarina. 'São empresas nos estados que mais vão se beneficiar, principalmente São Paulo e Minas, pela alta concentração de indústria, comércio e serviços. Temos dado crédito, espaço fiscal, trabalhado para que esses estados ampliem os investimentos', disse.
Mais cedo, a presidenta Dilma Rousseff também comentou a redução das tarifas em um evento da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Ela disse que o governo não abrirá mão das taxas mais baratas. O percentual menor do desconto é atribuído à recusa das companhias Energética de São Paulo (Cesp), Energética de Minas Gerais (Cemig) e Paranaense de Energia (Copel) em aderir à proposta.

Fonte: Agência Brasil

Isenção de impostos a doentes
 crônicos ou com câncer é 
aprovada na Alepa

Aprovado em 2º turno e redação final, 
vai ser enviado para o governador Simão Jatene

05/12/2012 - 23:30 - Pará

Em sessão na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), os deputados estaduais aprovaram, em segundo turno, o Projeto de Lei Ordinária que prevê a proteção e os direitos de portadores de doenças crônicas ou de neoplasias malignas (nome de um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado – maligno – de células que invadem os tecidos e órgãos, podendo espalhar-se – metástase - para outras regiões do corpo). Segundo o projeto, as pessoas com essas doenças estarão isentas de impostos no âmbito do Estado do Pará, o que garantiria mais recursos para que pudessem fazer o tratamento com maior e melhor qualidades.
O projeto recebeu parecer favorável das Comissões de Fiscalização, Finanças e Orçamento; de Saúde; e de Constituição e Justiça, com emenda. Aprovado em 2º turno,a redação final vai ser enviada para o governador Simão Jatene.
O artigo 196 da Constituição Federal determina que a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem a redução do risco de doenças e de outros agravos ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a sua promoção, proteção e recuperação. A legislação brasileira garante direitos especiais para os portadores das seguintes doenças: moléstia profissional; esclerose múltipla; tuberculose ativa; hanseníase; neoplasia maligna (câncer); alienação mental; cegueira; paralisia irreversível e incapacitante; cardiopatia grave; doença de Parkinson; espondiloartrose anquilosante; nefropatia grave; estado avançado da doença de Paget (osteíte deformante); Aids; e fibrose cística (mucoviscidose) e contaminação por radiação.
Os portadores destas doenças têm direitos a benefícios, concedidos pelo Governo Federal, como isenções dos seguintes impostos: Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A lei ainda prevê que o paciente pode pedir a liberação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e o PIS/Pasep para usar o dinheiro no tratamento da doença. O Governo Federal concede, ainda, aos portadores dessas doenças o direito de quitar a casa própria financiada pela Caixa Econômica Federal; prioridades em atendimento judicial; custeio, por parte do governo ou do plano de saúde, do tratamento médico; e o não pagamento de passagens de ônibus em viagens intermunicipais. Os aposentados portadores de doenças graves têm direito, segundo a Lei 7.713, de dezembro de 1988 (alterada em 2004), à isenção do Imposto de Renda.

Com informações da Alepa


Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...