Total de visualizações de página

segunda-feira, abril 07, 2014

Ocorrências policiais registradas na Região Metropolitana de Belém estão sendo atendidas normalmente



Mangal das Garças leva educação ambiental para crianças com projetos aos domingos
O domingo (6) no Mangal das Garças foi voltado para a educação ambiental. Quinzenalmente, os projetos Momento EcoZoo e Teatrinho do Mangal, voltados para o público infantil, reúnem crianças em torno do tema. O ator José Clemente estreou no projeto com o espetáculo “Andorinha Flor”, com foco na reciclagem e preservação do meio ambiente.
A programação começou com o Momento EcoZoo, em que a equipe de tratadores do parque mostrou ao público as iguanas. As crianças conheceram detalhes sobre a reprodução, alimentação e o modo de vida desta espécie que habita o Mangal das Garças. Em seguida, José Clemente contou a história do catador de lixo Zeca Zumbido, que se tornou amigo de uma garrafa pet, após uma inundação no lixão onde vivia. Então, usando a imaginação, ele resolveu transformá-la em uma andorinha – a Andorinha Flor.
Com linguagem lúdica e usando instrumentos musicais fabricados de materiais recicláveis, a contação de história envolveu as crianças da plateia, que cantaram e tocaram junto com Zeca Zumbido. Dar outro destino aos resíduos sólidos que seriam jogados ao lixo para preservar o meio ambiente foi o tema abordado em “Andorinha Flor”.
As gêmeas Renata e Juliana Azevedo, 5 anos, acompanharam a programação do Teatrinho do Mangal pela segunda vez. “Aprendi que tenho que jogar o lixo no lixo”, enfatizou Renata. Para a nutricionista Rosângela Garcia, 51 anos, “o projeto é muito educativo e sempre transmite às crianças informações importantes para preservar a natureza”, disse. Dia 20 deste mês, o Mangal das Garças terá uma programação especial alusiva à Páscoa, com a Trupe de Bubuia. Mais informações: www.mangalpa.com.br.

Texto:
Camila Barros


IAP recebe oficina de fotografia com Fernando Schmitt
No período de 22 a 24 deste mês, o Instituto de Artes do Pará (IAP) recebe a oficina “A Fotografia no Limite do Tempo”, ministrada por Fernando Schmitt. A atividade integra a programação da 5ª edição do Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia. As inscrições serão abertas nesta terça-feira (8). A metodologia terá aulas, grupo de estudos e ateliê de projeto.
A cada encontro, uma provocação deve orientar a intervenção inicial do ministrante, que usará o formato de bricolagem de fragmentos: textos, filmes e fotografias. Cada participante será convidado a pesquisar e coletar outras experiências e, assim, compartilhar seus próprios trabalhos, compondo um grande painel de subsídios.
A partir disto, o grupo será desafiado a projetar experiências fotográficas que poderão assumir vários formatos, como imagens, textos, multimídias e plataformas de visualização, entre outros. O encontro final reunirá todas as experiências projetadas, numa espécie de coleção, para avaliar em grupo os resultados obtidos.
“A Fotografia no Limite do Tempo” é um curso que visa à pesquisa e à prática experimental da fotografia com o objetivo de explorar as relações com o tempo. A ação ocorre no período de 22 a 24 deste mês, das 9h às 13h, e dia 25, das 9h às 12h, no IAP.
Para se inscrever o interessado deve se cadastrar no site www.diariocontemporaneo.com.br. Os candidatos precisam ter conhecimento de fotografia e enviar currículo resumido e pequeno portfólio com no máximo cinco imagens em baixa resolução.
Fernando Schmitt é fotógrafo, graduado em jornalismo e mestre em comunicação social. Atua como professor de fotografia desde 1995. Coordena atividades de pesquisa no Grupo de Estudos e Criação em Fotografia do Ateliê Fotô. Participa como oficineiro do projeto Pontos MIS do Museu da Imagem e do Som de São Paulo. Tem trabalhos em acervos de instituições e coleções particulares.
Serviço: Oficina de fotografia com Fernando Schmitt. De 22 a 24 de abril, das 9h às 13h e 25 de abril, das 9h às 12h. Local: IAP (Praça Justo Chermont, 236, ao lado da Basílica de Nazaré). Inscrições gratuitas, entre os dias 8 e 15 de abril, pelo site www.diariocontemporaneo.com.br. Vagas limitadas.

Texto:
Dani Franco


Resultado final da avaliação de títulos do concurso da Fapespa é publicado no DOE
Após a análise dos recursos, conforme as especificações do edital, a Secretaria de Estado de Administração (Sead) publicou nesta segunda-feira (7), no Diário Oficial do Estado do Pará (DOE-PA), o resultado do julgamento dos recursos impetrados, a lista final da prova de títulos e a convocação dos concorrentes empatados no concurso público da Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa), para o provimento de vagas em cargo de nível superior, médio e fundamental do órgão.
O resultado do julgamento dos recursos que foram interpostos contra a decisão da prova de títulos foi publicado pela Sead, assim como a lista final da avaliação de títulos no DOE, dos concorrentes aos cargos de nível superior, conforme as condições estabelecidas no Edital nº 01/2013 – Sead/Fapespa, de 3 de setembro de 2013.
Para conferir o resultado dos recursos e a classificação final da prova de títulos, em ordem alfabética, clique aqui. A Sead também divulgou a lista de convocação dos candidatos aos cargos de nível superior empatados, para a entrega de documentos, de conformidade com o item 14 (critérios de desempate) do edital. Para verificar o resultado, clique aqui.


Texto:
Simone de Campos


Secti divulga resultado de seleção de bolsistas do Programa Navegapará
A partir do final de abril, 37 infocentros do Programa Navegapará passarão a contar com novos monitores bolsistas para atuarem junto à comunidade. Eles foram selecionados a partir do Edital nº 01/2014 que, ao todo, disponibiliza 120 vagas para monitores em espaços públicos de inclusão digital de diversos municípios do estado. Os novos monitores receberão bolsas concedidas pelo Banco do Estado do Pará (Banpará) no valor de R$ 350,00 e com duração de até 12 meses.
Os inscritos foram avaliados nos seguintes critérios: histórico de atividades de trabalho voluntário desenvolvidas na comunidade em que residem, tempo de trabalho em Telecentros ou Infocentros, curso básico de informática em software livre e experiência profissional em áreas relacionadas ao trabalho a ser desenvolvido no Infocentro.
Além de atuar no atendimento ao público no espaço do infocentro, os novos monitores deverão incentivar o uso efetivo das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), ministrar cursos e oficinas de informática básica em software livre, entre outras atividades que ajudem a promover transformações sociais na comunidade, na qual estão inseridos.
Segundo Gabriela Campos, coordenadora de Gestão do Programa Navegapará, as inscrições ainda estão abertas para outros infocentros do estado até 30 de junho deste ano. “O resultado será divulgado em caráter de fluxo contínuo e as vagas preenchidas de acordo com a necessidade de cada infocentro, por isso, os interessados ainda podem se inscrever”, reforça.
Ainda restam 94 vagas em infocentros dos municípios de Altamira, Ananindeua, Augusto Corrêa, Belém, Benevides, Bonito, Bujaru, Castanhal, Capitão-poço, Curuçá, Eldorado dos Carajás, Inhangapi, Irituia, Itaituba, Jacundá, Marabá, Marapanim, Marituba, Mãe do Rio, Tracuateua, Rondon do Pará, Rurópolis, São João de Pirabas, São Miguel do Guamá, Santarém, Tailândia, Terra Alta, Mãe do Rio, Nova Timboteua, Peixe-Boi e Vigia. As inscrições devem ser feitas via correio ou no protocolo da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). Para mais informações sobre as inscrições, acesse http://www.secti.pa.gov.br/?q=node/2790.
Confira o nome dos selecionados, acessando a página http://www.secti.pa.gov.br/sites/default/files/resultadobanpara.pdf.

Texto:
Ana C. Pimenta


Navegapará oferta mais de 90 vagas para monitores de infocentros
O Programa Navegapará está com inscrições abertas para cadastro de reserva de monitores em infocentros de 34 municípios paraenses. O edital oferece bolsas em parceria com o Banco do Estado do Pará (Banpará) a estudantes ou concluintes do Ensino Médio que estejam na faixa etária de 16 a 29 anos de idade. O valor da bolsa mensal é de R$ 350 e as inscrições irão até o dia 30 de junho deste ano, com divulgação de resultados em caráter de fluxo contínuo.
Para se inscrever, o candidato precisa possuir conhecimento básico em Linux, ter disponibilidade para atuar por um período de 20h semanais e residir, preferencialmente, próximo à sede do infocentro para o qual irá se candidatar. Ao todo, são 94 vagas para infocentros presentes em diversos municípios do Estado, como Belém, Ananindeua, Bragança, Marabá, Santarém, entre outros.
Os critérios de avaliação dos candidatos às vagas envolvem histórico de atividades de trabalhos voluntários desenvolvidos em comunidades, certificados de curso em informática e experiência profissional em áreas relacionadas ao trabalho a ser desenvolvido nos infocentros.
Esse trabalho diz respeito ao atendimento público nos espaços de inclusão digital para viabilizar o uso das atuais tecnologias de informação e comunicação. Além disso, os monitores serão agentes multiplicadores do conhecimento das comunidades, por meio das atividades de formação do Navegapará, como cursos e oficinas de informática básica em software livre.
As inscrições devem ser realizadas na Secti, mediante a entrega da Ficha de Candidato à Bolsista e outros documentos exigidos no edital. Confira os infocentros que estão com vagas disponíveis no endereço:http://www.secti.pa.gov.br. A Ficha de Inscrição e o edital completo estão disponíveis neste link.

Texto:
Ana C. Pimenta


Polícia Militar está na BR-316 para garantir direito da população
Uma tropa do Comando de Missões Especiais da Polícia Militar está posicionado desde o início da manhã desta segunda-feira, 7, em uma área próxima do 6º Batalhão da PM, na rodovia BR-316, em Ananindeua. A presença dos militares ocorre, exclusivamente, para garantir o direito de ir e vir da população. “A sociedade não pode ser prejudicada sob nenhuma hipótese. A tropa foi até o local para que não tenhamos novas interdições da rodovia, como ocorreu anteriormente e causou tantos transtornos para a população”, da Região Metropolitana", ressalta o Coronel Daniel Borges Mendes, Comandante Geral da Polícia Militar.
O secretário de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), Luiz Fernandes Rocha, recebeu informações de que o grupo de manifestantes que está no 6º Batalhão não teria mais a intenção de interditar a pista. “Espero que isso realmente aconteça. Nosso principal compromisso é com a população e se o direito do cidadão, de ir e vir, não for prejudicado, não há necessidade do grupamento agir”, afirmou. 
Neste final de semana a Secretaria de Segurança Pública divulgou uma nota oficial onde “lamenta os transtornos causados à população pelo movimento coordenado por um grupo de policiais militares”. O texto destaca, ainda, os avanços salariais obtidos pelos policiais militares nos últimos anos. “A verdade é que os praças têm garantido, desde 2006, aumentos salariais nos mesmos índices do salário mínimo, acima, portanto, da inflação. Isso permitiu que o soldo aumentasse em 395%, enquanto para os oficiais o aumento foi de 160%. Assim, o menor salário de um soldado agora em abril passa a ser de R$ 2.811,00. Ainda neste ano, o risco de vida dos praças será elevado para 100% do soldo. Com isso, os praças terão, ao todo, um aumento de 14,6% no ano. Portanto, maior que os 11% concedidos aos oficiais”.
A nota da Segup também apresenta outros benefícios recentemente garantidos aos policiais, como o auxílio fardamento dos cabos e soldados, que também será estendido para os sargentos e subtenentes. O documento ressalta, ainda, que a expectativa do Governo do Estado "é que o bom senso prevaleça". Ao final, a nota traz um agradecimento aos policiais que se mantêm firmes nos princípios que norteiam a corporação e nos propósitos de servir a sociedade”.
Veja aqui a íntegra da nota: http://agenciapara.com.br/nota/

Texto:
Governo do E. do Pará


Ocorrências policiais registradas na Região Metropolitana de Belém estão sendo atendidas normalmente
Todas as ocorrências policiais registradas na Região Metropoltina de Belém estão sendo atendidas normalmente pelo Centro Integrado de Operações (Ciop), mesmo com o movimento de um grupo de policiais militares. “O atendimento está sendo realizado normalmente, inclusive durante todo este domingo não registramos nenhuma pessoa na fila de espera do nosso Call Center e tivemos um percentual de atendimento na ordem de 87%, o que é considerado muito positivo. Podemos garantir que nenhum prejuízo foi causado para a população”, afirma o diretor do Ciop, coronel José Osmar Albuquerque.
Ele enfatiza que a área do 6° Batalhão, em Ananindeua, onde ocorre a concentração do movimento, está sendo coberta por policiais do Comando de Missões Especiais (CME) da Polícia Militar do Pará. “Nos demais municípios do Estado, a situação foi resolvida também com o reforço do Comando de Missões Especiais e por viaturas comandadas pelos oficiais que se encontram nos municípios”, explica o coronel.
Um exemplo dado por ele foi o policiamento feito em Marabá durante as festividades do aniversário de 101 anos, comemorado neste final de semana. “O policiamento se deu de forma tranquila e nenhuma ocorrência grave foi registrada. A sociedade pode ficar tranquila que o serviço está ocorrendo dentro da normalidade em Belém e no interior, inclusive, nós notamos uma redução no número de ocorrências neste final semana”, conclui.
Nas ruas da capital, a presença de policiais e viaturas é constante. Neste domingo, 90 alunos do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar do Pará - aprovados no último concurso feito pelo Estado para ampliar os serviços da corporação - supervisionados pelos instrutores, auxiliares e monitores, foram para os principais pontos turísticos de Belém, onde praticaram a atividade de estágio supervisionado, que objetiva oportunizar aos discentes a vivência prática do conhecimento profissional trabalhado em sala de aula, permitindo aos alunos a proximidade com o que viverão após formados.
“Nós ficamos desde as 7h da manhã até as 18h nas ruas da cidade com os alunos. Essa é mais uma experiência que eles estão tendo nas ruas. Na primeira aula prática nós fomos para o campo durante um jogo de futebol. Eles já fizeram abordagens e revistas em áreas comerciais, praças, terminais rodoviários e outras áreas de grande aglomerações”, ressalta o 1° tenente do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), Roberto Siqueira. Os alunos do Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar do Pará concluem o curso no final deste mês. Com o ingresso deste novo contingente o efetivo da PM no Pará chegará a cerca de 16 mil profissionais.
Governador
O governador Simão Jatene está acompanhando de perto todas as ações de segurança pública no Estado. Ele cancelou, inclusive, a viagem que faria a Nova Iorque, esta semana, onde o Governo do Pará receberá uma homenagem por conta da iniciativa de priorizar a criação de mecanismos integrados para a redução da pobreza e da desigualdade através da educação, com o programa “Pacto pela Educação”, lançado em 2013.

Texto:
Bruna C.


Mais de 100 famílias de Eldorado de Carajás recebem Cheque Moradia
O vice-governador Helenilson Pontes entregou o benefício do Cheque Moradia para 56 famílias do município de Eldorado do Carajás, no sudeste do Pará, nesta sexta-feira (4), em um investimento superior a 800 mil reais. Devido ao grande déficit habitacional do município, o vice-governador ainda determinou a entrega de mais 50 cheques para outras 50 famílias, o que elevou o investimento para cerca de um milhão de reais. O programa da Companhia de Habitação do Pará está presente em 144 municípios e em mais de 10 anos de criação já beneficiou mais de 40 mil famílias, representando um investimento de cerca de 200 milhões de reais.
O vice-governador explicou que o Cheque Moradia é um programa de transferência direta de renda para famílias com necessidades especiais de moradia e que foi criado graças à sensibilidade do governador Simão Jatene e compromisso com a melhora de condições de vida da população paraense. Helenilson explicou que o programa foi criado para possibilitar às famílias, com renda de até três salários mínimos, construir, ampliar e/ou reformar suas casas. "E viver com mais dignidade no mesmo local onde estas famílias já habitam sem a necessidade de transferì-las de sua casa para outro bairro ou localidade", ressaltou.
A diretora de relacionamento da Cohab, Bernadete Costa, explicou que em Eldorado dos Carajás, os Cheques Moradia entregues tiveram um caráter especial devido ao alto déficit habitacional do município. Em Eldorado, parte dos benefícios foram direcionados para famílias de estudantes atendidos pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Ela explica que para portadores de necessidades especiais o valor do Cheque pode atingir até R$ 18 mil e para outras famílias este valor chega até R$ 14 mil.
A diretora da Apae em Eldorado, professora Jucélia Negreiros, explica que a instituição atende cerca de 150 famílias do município, que geralmente são carentes e têm necessidades de melhorias em suas habitações. "Agradecemos ao vice-governador por ter tido a sensibilidade de perceber que estas famílias necessitam do benefício para poder dar uma educação com conforto aos seus filhos", declarou.
A pescadora Dorvalina da Silva Corrêa, 40, tem cinco filhos e entre eles Rayssa Corrêa da Silva, 17 anos, portadora de necessidades especiais. Ela explica que trabalha por conta própria e mora em casa alugada. "Vou poder construir uma casa confortável para os meus filhos, principalmente pra Rayssa, que precisa de cuidados especiais", comentou.
A doméstica Maria das Graças Vieira, 40 anos, é mãe de Márcio Geovani Vieira, 16 anos, que é atendido pela Apae do município. Ela declarou, emocionada, que o Cheque Moradia que tinha acabado de receber iria trazer melhorias na forma como ela e seu filho vivem, pois sem o benefício não teria condições. "Não tinha como construir uma casa melhor, mas agora este sonho vai poder ser realizado", agradeceu.
Mais informações sobre o programa no site http://www.cohab.pa.gov.br/. Para inscrição de Pessoas com deficiência (PCD), os interessados devem se dirigir ao Centro Integrado de Inclusão e Cidadania, na avenida Almirante Barroso, 1765 (entre Tv. Barão do Triunfo e Tv. Angustura), bairro do Marco, Belém. Fone: 3276 6161/3276 2903/3277 2812.

Texto:
Márcio Flexa


Pará Criativo promove em Belém Palestra e Workshop de Confecção Criativa
No período de 14 a 17 de abril, será realizada em Belém a “Palestra e Workshop de Confecção Criativa: Diversidade Cultural e Inovação”. A iniciativa é promovida pela Incubadora Pará Criativo e possui o apoio do Instituto de Artes do Pará (IAP), Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom) e Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama) e tem como ministrante o estilista paraense Fernando Hage.
Os conceitos de diversidade, cultura e inovação serão debatidos na palestra, que será realizada no dia 14, às 16h, no auditório do Espaço São José Liberto. Entre os dias 15 e 17, Hage orienta o workshop de Geração de Produtos de Confecção Criativa, que abrange temas como mapeamento cultural, apropriação e intervenção de elementos culturais em produtos e elaboração de mapas de coleção segundo referências.
A participação no evento é gratuita. Os interessados devem atuar na área da moda no setor de vestuário-confecção e já possuir produtos desenvolvidos. Para participar é necessário estar cadastrado no APL de moda da Seicom: http://seicompa.com.br/cd/cadastro-moda/. As inscrições para a palestra e o workshop podem ser realizadas na sede do Pará Criativo ou pelo link http://migre.me/iBsUP
Sobre o ministrante 
Formado em Design de Produto (Uepa), mestre em Moda, Cultura e Arte pelo Centro Universitário Senac (SP), com Extensão em Figurino pela Bournemouth University - Inglaterra, e Museologia da Moda pelo Instituto Zuzu Angel - Museu da Moda (RJ), atua como pesquisador e professor da graduação e pós-graduação na Universidade da Amazônia (Unama).
É um dos produtores e coordenadores do Projeto Caixa de Criadores, que divulga o trabalho autoral de estilistas paraenses. A iniciativa foi vencedora do Prêmio Economia Criativa do Ministério da Cultura (2012). Possui textos publicados no livro História e Cultura de Moda (2011) e Revista Dobras (2013). Apresentou também suas pesquisas em instituições como London School of Fashion (Inglaterra - 2012) e em eventos como Vitória Moda (2013) e Colóquio de Moda (Fortaleza - 2013). Seus principais eixos de atuação envolvem História da Moda, Cultura Amazônica e Economia Criativa.
Serviço
Palestra e Workshop de Confecção Criativa: Diversidade Cultural e Inovação com Fernando Hage.  
Programa
14/04 – Palestra de abertura - Diversidade, cultura e inovação  - 16h às 18h
15,16 e 17/04 – Workshop de Confecção Criativa - 14h às 18h
Dia 1 - Mapeando a cultura – caçando referências sociais/visuais/materiais
Dia 2 - Exercício: Apropriação e intervenção de elementos culturais em produtos
Dia 3 - Elaboração de mapas de coleção segundo referências
Local: IGAMA/ESJL – Praça Amazonas s/n
Inscrições: Sede do Pará Criativo – Praça Justo Chermont, 236 - Belém ou pelo link http://migre.me/iBsUP. O interessado deve realizar o cadastro no banco de dados do APL de moda da Seicom: http://seicompa.com.br/cd/cadastro-moda/. São 25 vagas - Inscrições gratuitas. Mais informações: (91) 4006 2930 - Pará Criativo

Texto:
Juliane Frazão


Festival Internacional do Chocolate mostra joias do Pará
“Estamos criando outras frentes de trabalho e incentivando novas formas de economia criativa, em várias partes do Estado”, declarou Airton Lisboa, diretor de Desenvolvimento de Comércio e Serviços, da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), mantenedora do Espaço São José Liberto, na solenidade de abertura do 2º Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Amazônia e da Flor Pará 2014, na última quinta-feira (3), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia. Segundo ele, o festival é importante para incentivar a economia criativa no Pará.
Além das autoridades, discursaram vários produtores que participam da feira este ano, entre eles Francisco Sakaguchi, presidente da Cooperativa Agrícola Mista de Tomé-Açu (Camta), Herbert Koji Yamanaka, produtor de flores de Santo Antônio do Tauá, e a designer Helena Bezerra, proprietária da loja HS Criações, representando os produtores do Polo Joalheiro, que agradeceu à diretora executiva do São José Liberto, Rosa Helena Neves, pelo apoio aos produtores locais vinculados à instituição.
“Gostei muito do evento, porque deram ênfase às joias com a criação da trilogia. Foi o ponto alto do ano com a junção das três categorias”, disse Rosa Helena Neves, ressaltando ainda a importância dessa iniciativa para eventos futuros.
Vilson Schubert, presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA), destacou a importância da valorização dos micro e pequenos empresários da região, e o valor positivo do festival , que está em sua segunda edição junto com a 12ª edição da feira Flor Pará.
Desfile – Na noite desta sexta-feira (4) a programação do festival inclui um desfile de joias do Polo Joalheiro, a partir das 19 h, no espaço central do Hangar. No desfile, organizado por Felícia Assmar Maia, professora, arquiteta e jornalista especializada em Moda, com apoio da Faculdade Estácio do Pará/FAP, serão mostradas joias com gemas de chocolate, confeccionadas por meio de uma técnica criada pelo pesquisador e ourives paraense Paulo Tavares, que mistura a semente do cacau com resina orgânica para a criação das peças. São joias que também utilizam prata e ouro, criadas e produzidas por designers, empresas e empreendedores criativos do Polo Joalheiro.
Com estandes de joias e artesanato, o Espaço São José Liberto levou para o festival joias de 58 produtores inspiradas no chocolate. Também estão sendo comercializados licores de cacau e cosméticos feitos com a fruta e o próprio chocolate, além de encauchados de látex no formato da folha do cacaueiro, peças de miriti, cerâmicas, trabalhos em fibras, adornos e manualidades.
Além da comercialização de joias e artesanato também está acontecendo uma exposição de joias inspiradas na cultura amazônica, especialmente nas flores e no chocolate, que integram o tema do evento “Trilogia da Sedução”. O destaque está nas joias produzidas com gemas orgânicas, que possuem em sua composição sementes do cacau. A exposição contou com a curadoria da designer Bárbara Müller.
O 2º Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Amazônia e a 12ª edição da Flor Pará prosseguem até o próximo domingo (06), das 14 às 22 h, no Hangar. O ingresso para visitação custa R$ 10,00, com meia-entrada para estudantes.
Entre os apoiadores dos eventos estão a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), a Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a Companhia Paraense de Turismo (Paratur), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).
Mais informações estão disponíveis no site http://www.festivaldochocolate.com/amazonia/

Texto:
Luiz A. P. L. Viana


Seduc divulga resultado preliminar dos professores aprovados no Projeto Pará
A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) divulga o resultado preliminar dos professores aprovados no processo seletivo interno do Projeto Pará, promovido em parceria com a Fundação Roberto Marinho. O processo estará aberto para recursos até a próxima segunda-feira, dia 7, com resultado final homologado dia 8.
O processo seletivo interno para professores efetivos do Ensino Fundamental e Médio da rede estadual para lecionar no Projeto Pará foi realizado no período de 4 de fevereiro a 28 de março, e contou com 381 candidatos inscritos, distribuídos entre os 54 municípios do Estado do Pará, incluindo a capital Belém.
Os candidatos que quiserem entrar com recurso poderão fazê-lo no dia 7 de abril, das 8h às 14h, no protocolo da Secretaria Adjunta de Ensino, no 3º andar do prédio sede da Seduc, locaizado na Rodovia Montenegro km 10, s/n, Icoaraci, Belém, utilizando-se do formulário disponível no link: http://intranet.seduc.pa.gov.br/projetopara/view/talentos/frmTalentos.php. Mais informações: projetopafrm@gmail.com

Texto:
Danielly Gomes


Campanha de vacinação contra o HPV termina na próxima quarta-feira
A vacinação contra quatro tipos do papilomavírus humano (HPV), que começou no último dia 10 de março em todo o Brasil, segue disponível nas unidades básicas de saúde localizadas na capital e no interior do Pará. Mais de 119 mil meninas, na faixa etária de 11 a 13 anos, já foram vacinadas em todo o Estado até esta sexta-feira (4), o que corresponde a 47% da meta estabelecida, que é imunizar 204.991 mil meninas até a próxima quarta-feira (10 de abril), quando termina a campanha nacional. A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) recomenda às secretarias municipais de saúde que intensifiquem a mobilização para vacinar o maior número possível de meninas.
De acordo com o calendário do Ministério da Saúde, a vacina será aplicada em três doses. A primeira agora, durante a campanha. A segunda será administrada seis meses após a primeira, e a terceira depois de cinco anos da primeira dose.
O governo federal adquiriu para o Pará 538.120 doses da vacina, que são suficientes para as duas primeiras fases da vacinação. As doses já foram enviadas aos 144 municípios pela Sespa, por meio da Coordenação Estadual de Imunizações.
Termo de compromisso - Nos municípios, a vacina pode ser encontrada nos postos de saúde ou nas escolas públicas e particulares. Para que o processo seja realizado, os pais ou responsáveis devem assinar um termo de compromisso, autorizando a aplicação da vacina. No documento estão descritos todos os detalhes da campanha, como dia e horário.
A coordenadora estadual de Imunização da Sespa, Jaíra Ataíde, orienta as equipes das secretarias municipais de saúde quanto à administração das doses já enviadas pelo Estado, uma vez que cada Coordenação Municipal de Imunização é gestora local da campanha.
“Cada município elabora sua própria estratégia de vacinação, mas deve ser exclusiva às meninas de 11 a 13 anos”, disse ela, acrescentando que todas são identificadas com o nome e a idade no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações, conforme orientação passada aos profissionais de saúde antes da campanha.  Como a vacinação pode ser feita também em escolas, mediante calendário prévio, o ideal é que as gestões sempre reservem um quantitativo de doses para serem aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde.
Para que os municípios acelerem a aplicação da vacina, a Sespa recomenda um empenho maior das equipes das estratégias Saúde da Família e dos Agentes Comunitários de Saúde, visando a articulação com as secretarias municipais de educação, para que professores e orientadores divulguem os benefícios futuros da imunização contra o HPV.
Vacinômetro - O monitoramento da meta da atual campanha contra o HPV pode ser feito por gestores, profissionais da imprensa e demais segmentos sociais, por meio do vacinômetro, sistema via internet implantado pelo Ministério da Saúde, que compila os dados preliminares encaminhados diariamente pelos municípios sobre a cobertura vacinal.
A velocidade das informações repassadas está relacionada à estrutura da rede de informática disponível, principalmente nos municípios do interior, visto que o sistema é alimentado ao longo da campanha, de acordo com as condições operacionais de cada Secretaria Municipal de Saúde.
Por isso, o percentual de meninas imunizadas mostrado pelo vacinômetro depende da capacidade dos gestores de reunir e repassar as informações. A recomendação é que os postos de saúde, administrados pelas Prefeituras e não pelo governo do Estado, funcionem em horário integral - das 8 às 18 h. Mas essa carga horária fica a critério das administrações municipais.
No link disponibilizado pelo Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, é possível conferir o desempenho dos 144 municípios paraenses, e ainda o número de crianças imunizadas por idade. A alimentação dos dados é feita on line pelas Secretarias Municipais de Saúde, em tempo real. O vacinômetro pode ser acessado pelo link http://pni.datasus.gov.br/consulta_hpv_14_C03_Estado.php?uf=PA

Texto:
Mozart Lira


Descontos do IPVA para placas 74 a 94 vão até o dia 7 de abril
Dia 7 de abril, segunda-feira, é o último dia para que os motoristas garantam os descontos no pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) disponível aos proprietários de veículos com placas com finais entre 74 e 94. O licenciamento destes veículos, junto ao Detran, se estende até o dia 6 de junho.
Os descontos são de 15% do valor do imposto para quem está há dois anos sem multa; 10% para quem não recebeu multas no ano passado e 5% nas demais situações. O desconto não é cumulativo.
São três as opções de pagamento do IPVA: antecipação em parcela única, com desconto; parcelamento em até três parcelas antes do vencimento, sem desconto, ou pagamento integral junto com o licenciamento do Detran. Após a data do licenciamento, o pagamento será feito com acréscimo de multas e juros. 
O contribuinte poderá acessar o Portal de Serviços da Sefa (www.sefa.pa.gov.br), item IPVA Antecipação, para consultar o valor do imposto e emitir o Documento Estadual de Arrecadação (DAE), para pagamentos em parcela única ou parcelados.
O pagamento do DAE é feito na rede bancária autorizada (Banpará, Banco da Amazônia, Bradesco, Banco do Brasil, Itaú e Caixa Econômica Federal, e casas lotéricas. Quando não há antecipação do recolhimento do imposto, o IPVA será pago no boleto de licenciamento anual do Detran.
Serviço: Para maiores informações acesse o site da Sefa ou o serviço de atendimento telefônico pelo 0800 725 5533.

Texto:
Ana M. Pantoja


Santa Casa realiza programação voltada para a humanização do atendimento
A Política Nacional de Humanização, uma iniciativa do Ministério da Saúde, reunirá os segmentos profissionais envolvidos e promoverá um amplo debate durante a Semana Nacional de Humanização, de 7 a 11 de abril. O evento terá mais de 580 atividades em várias cidades brasileiras. E em Belém, um dos hospitais escolhidos para sediar os debates é a Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará. A programação inicia na próxima segunda-feira, 7, e se estende até sexta-feira, 11.
Certificado pela política de humanização do Ministério da Saúde, a Santa Casa sediará palestras, oficinas, caminhadas e rodas de conversa. Entre os temas debatidos estará a humanização em projetos do hospital, como o Programa de Assistência às Vítimas de Escalpelamento (Paives), Método Canguru e Banco de Leite. Outro assunto prioritário é a oficina de resiliência (capacidade do indivíduo de lidar com problemas, poder de recuperação) para os trabalhadores da saúde.
A terapeuta ocupacional da Santa Casa e coordenadora regional do Comitê de Humanização, Clévia Dantas, reitera que a resiliência visa minimizar o estresse em um abiente de hospital. "Objetivamos estreitar laços entre servidores, gestores, acadêmicos e os usuários por meio deste projeto. Será um momento de integração", garantiu Clévia. Guilherme Martins, coordenador estadual de Humanização, além de Rosário Portella, apoiadora de políticas relacionadas à humanização, também participarão do evento. 
A Santa Casa é um hospital que prioriza o atendimento humanizado aos usuários do Sistema Único de Saúde. A presidente da Instituição, Ana Conceição Pessoa, entende que a humanização é um meio de tratamento eficaz. "A Santa Casa apoia estas ações, pois acredita que a saúde mental contribui com a melhora dos pacientes", frisou.
PROGRAMAÇÃO
7/04/2014- SEGUNDA - (MANHÃ)
LOCAL: AUDITÓRIO DA FUNDAÇÃO SANTA CASA
8h - ABERTURA
9h- GALERIA DE EXPERIÊNCIAS EXITOSAS EM HUMANIZAÇÃO: “SUS QUE DÁ CERTO”– Primeiro momento
PAIVES – Dra. Socorro Ruivo
BANCO DE LEITE – Dra. Cinara Souza
VOLUNTÁRIOS DA HUMANIZAÇÃO – VoluntárioHeli de Oliveira Rodrigues/ Dra.Clévia Dantas – Coordenadora do grupo de Voluntarização
11h- MOMENTO CULTURAL (VOLUNTARIZAÇÃO)
12h- COFFEE BREAK
7/04/2014 - SEGUNDA (TARDE)
14h- OFICINA DE ACOLHIMENTO AOS TRABALHADORES – Dra. Clévia Dantas (Comitê de Humanização), Dra. Aline Pontes (Ouvidoria) e GRUPO DE VOLUNTARIZAÇÃO
LOCAL: SALA DE TREINAMENTO
DINÂMICAS / OFICINAS / REFLEXÕES EM RODAS DE CONVERSA
17h- COQUETEL PARA OS PARTICIPANTES DA OFICINA
8/04/2014- TERÇA (MANHÃ)
8h- ACOLHIMENTO POR CLASSIFICAÇÃO DE RISCO- UMA PRÁTICA DA MATERNIDADE
ENFERMEIRAS: CARMEM PEIXOTO (Triagem) e GISELLE (Maternidade), Dra. Lizomar Moia ( Diretoria de ensino e pesquisa da FSCMPA)
Moderadora: Dra. Rosário Portella
LOCAL: ESPAÇO MOARA
11h- REUNIÃO COM COMISSÃO DE CERTIFICAÇÃO DO HOSPITAL
PÚBLICO ALVO:Gestores e Comitê de Humanização
LOCAL: SALA DE REUNIÕES DA PRESIDÊNCIA
8/04/2014- TERÇA (TARDE)
14h às 18h - GALERIA DE EXPERIÊNCIAS EXITOSAS EM HUMANIZAÇÃO
LOCAL: SALA DE TREINAMENTO
OUVIDORIA / COMUNICAÇÃO / MÉTODO CANGURU / EDUCAÇÃO AMBIENTAL / CORAL DA FSCMPA
09/04/2014- QUARTA (MANHÃ)
8h às 12h- OFICINA DE RESILIÊNCIA PARA OS TRABALHADORES DA SAÚDE- Mestrado da FSCMPA.
LOCAL: ANTIGO REFEITÓRIO
9/04/2014- QUARTA (TARDE)
14h às 16h OFICINA DE ACOLHIMENTO COM USUÁRIOS
LOCAL: SALA DE TREINAMENTO
OUVIDORIA / RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL DA FSCMPA / MESTRADO PROFISSIONAL DA FSCMPA / TERAPIA OCUPACIONAL / GERÊNCIA DE ENSINO- CLAUDINIRA / GERÊNCIA DE PESQUISA- DRA INGRID PIMENTEL
16h- CAMINHADA DE SENSIBILIZAÇÃO DA HUMANIZAÇÃO: “ EU, VOCÊ E NÓS HUMANIZASUS”- VOLUNTÁRIOS DA HUMANIZAÇÃO (VOLUNTARIZAÇÃO)
PERCURSO: Hospital Centenário e Almir Gabriel
10/04/2014- QUINTA
8h - 12h – ESPAÇO HUMANIZADO
Feira de Talentos e artesanatos de usuários (Espaço Acolher)
LOCAL: PRACINHA DO HOSPITAL CENTENÁRIO
11/04/2014- SEXTA
8h30 – ABERTURA: Teatro reflexivo com voluntários de humanização da FSCMPA – Coordenação: Dra. Clévia Dantas
9h as 12h – Roda de Conversa com a consultora Teresinha Moreira
LOCAL:  Auditório do CCBS Uepa
ORGANIZAÇÃO: Comissão de Eventos
Comitê de Humanização / Presidência e Diretorias

Texto:
Nilson Cortinhas


Líbero Luxardo promove festival de cinema francês
O Cine Líbero Luxardo promove, no período de 9 a 20 de abril, o Festival Varilux do Cinema francês, onde será exibido o melhor da cinematografia francesa recente, com uma seleção de 16 filmes com os mais variados gêneros e os mais destacados diretores e atores do momento. Os ingressos (R$ 8,00) serão vendidos a partir das 17h. Exceto nas sessões de domingo (10h) quando serão vendidos às 9h.
O evento, que chega a 45 cidades (70 cinemas) tem estimativa de 100 mil espectadores. Na programação estão os longas “Eu, Mamãe e os Meninos”, de Guillaume Gallienne, verdadeiro fenômeno do ano 2013 na França e na recente cerimônia do "Cesar" (o "Oscar" francês) com cinco prêmios, dentre eles melhor filme e melhor ator; “Uma Viagem Extraordinária”, do diretor de “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, Jean-Pierre Jeunet; a comédia “Uma Juíza sem Juízo”, de Albert Dupontel (Cesar de melhor Atriz para Sandrine Kiberlain), com mais de dois milhões de espectadores na França; e “O Passado”, do diretor iraniano Asghar Farhadi (ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro em 2012 com "A Separação").
Para o diretor da Bonfilm e do Festival, Christian Boudier, o sucesso do Festival é mais uma prova de que o público brasileiro gosta muito e confia no cinema francês. “Ao longo dos anos, o Festival Varilux se tornou um dos maiores eventos de cinema a nível nacional. Esse feito só é possível graças ao crescente interesse do público pela cinematografia francesa. Nesta edição, não será diferente”, acredita. Mais informações podem ser obtidas no endereço http://variluxcinefrances.com/2014/festival/sobre-o-festival/.
Confira a programação:
PRIMEIRA SEMANA
9/04 (Quarta):
às 18h- Um Plano Perfeito
às 20h- Suzanne
10/04 (Quinta):
às 18h-Relação delicada
às 20h- Antes do Inverno
11/04 (Sexta)
às 18h- A grande volta
às 20h- O Amor é um crime perfeito
12/04 (Sábado):
às 18h- Eu, mamãe e os meninos
às 20h- Uma juíza sem juízo
13/04 ( Domingo)
às 10h- Uma Viajem extraordinária (dublado)
às 18h- Lulu, nua e crua
às 20h- Um belo domingo
SEGUNDA SEMANA
16/04 (Quarta):
às 18h- Grandes garotos
às 20h- O Amor é um crime perfeito
17/04 (Quinta):
às 18h-Uma juíza sem juízo
às 20h- O Passado
18/04 (Sexta)
às 18h- Os Incompreendidos
às 20h- Eu, mamãe e os meninos
19/04 (Sábado):
às 18h- Antes do Inverno
às 20h- Lulu, nua e crua
20/04 (Domingo)
às 10h- Uma Viajem extraordinária (dublado)
às 18h- Um belo domingo
às 20h- Um amor em Paris

Texto:
Luiz Flávio


Jucepa inicia a implantação do Sistema Integrador REGIN
A Junta Comercial do Estado do Pará iniciou, no final de março, a primeira etapa de implantação do Sistema Integrador REGIN, que vai simplificar, desburocratizar e reduzir o prazo dos processos de abertura e alteração de empresas. O processo representa um avanço nas ações do Registro Mercantil, porque integrará, em breve, todos os órgãos públicos ligados ao Registro Mercantil, nas esferas municipal, estadual e federal. No momento, os serviços de Viabilidade e Requerimento Eletrônico já estão disponíveis aos usuários no site da Junta (www.jucepa.pa.gov.br).
O Sistema que está sendo implantado na Jucepa já opera com sucesso em outros estados como Santa Catarina, Espírito Santo, Pernambuco, Bahia, Rio de Janeiro e Mato Grosso. A partir do dia 14 deste mês, obrigatoriamente, todos os processos de constituição e alteração de nome, atividade econômica e endereço deverão vir acompanhados do relatório de Viabilidade deferido (válido para trâmite na Junta). E a partir do dia 22 só serão aceitos os processos do tipo jurídico Empresário Individual, que forem gerados pelo Requerimento Eletrônico. 
Vale ressaltar que todos os processos que forem gerados pelo Requerimento Eletrônico terão prioridade na análise e trâmite na Jucepa.

Texto:
Diane Maués


Uepa divulga aprovados na entrevista para o Mestrado em Cirurgia e Pesquisa Experimental
A Universidade do Estado do Pará (Uepa) divulgou nesta quinta-feira (3) a relação dos candidatos aprovados na entrevista do processo seletivo para o Mestrado Profissional de Cirurgia e Pesquisa Experimental (Cipe). Serão admitidos recursos, escritos em formulário específico, quanto ao resultado das fases aplicadas neste processo seletivo. O prazo para interposição dos recursos, de acordo com o cronograma, será de um dia útil subsequente à data de divulgação do resultado do evento a ser recorrido, das 8 às 14 h.
O resultado final será divulgado no próximo dia 11 de abril, nos sites www.fadesp.org.br e/ou no www.uepa.br/paginas/mestradocipe, e no quadro de avisos do bloco B, 1º andar do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), no Campus II da Uepa.
São ofertadas 12 vagas, distribuídas igualmente entre as linhas de pesquisa. De cada uma das seis vagas, três são para ampla concorrência, duas destinadas a servidores da Uepa lotados na capital e uma vaga para servidores lotados nos demais campi da instituição.
O Mestrado, destinado exclusivamente aos graduados em cursos da área da saúde, preferencialmente, com atuação na docência, está estruturado na área de concentração Cirurgia e Pesquisa Experimental, e em duas linhas de pesquisa: Cirurgia Experimental e Pesquisa Experimental.
O período de matrícula será de 14 a 18 de abril, e a aula inaugural está marcada para o próximo dia 25, às 14h30, em local a ser informado posteriormente. O Mestrado Profissional tem duração de 24 meses, e visa aprofundar o conhecimento técnico científico, e ainda desenvolver habilidades para executar pesquisas operacionais e desenvolver processos, produtos e metodologias na área de Cirurgia e Pesquisa Experimental. O objetivo é oferecer qualificação stricto sensu a profissionais da saúde, que preferencialmente estejam vinculados à pesquisa e docência.

Texto:
Ize Sena
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...