Total de visualizações de página

quinta-feira, maio 01, 2014

NOVELA: Além do Horizonte





Globo assina acordo, mas exibe cena imprópria em novela das sete



Lili (Juliana Paiva) em cena de Além do Horizonte após ser dopada com um sonífero pelo próprio pai

Por DANIEL CASTRO, NOTÍCIAS DA TV 

A Globo teve que assinar um compromisso com o Ministério da Justiça para poder manter a novela Além do Horizonte no ar antes das 20h. No documento, a emissora se compromete a adequar a trama das 19h aos critérios de classificação indicativa de programas inadequados para menores de 10 anos. A rede, no entanto, não está cumprindo o termo à risca. No capítulo de hoje (21), um vilão irá colocar sonífero do chá da mocinha, o que é impróprio para menores de 12 anos.
O ministério publicou o compromisso assinado pela Globo em seu site, para "acompanhamento pela sociedade". Pelo monitoramento realizado pelo governo, a novela apresentou cenas de sexo e violência que a tornariam imprópria para menores de 12 anos, o que impediria sua exibição antes das 20h.
Desde dezembro, o Ministério da Justiça vem pressionando a Globo, ameaçando reclassificar a novela para depois das 20h. Em dezembro, advertiu a Globo de que Além do Horizonte estava apresentando conteúdo incompatível com a classificação de 10 anos, principalmente "assassinatos e conteúdo sexual".
Em 20 de dezembro, a Globo esclareceu ao ministério que "as tendências [de cenas fora da classificação de 10 anos] seriam pontuais e que os conteúdos a serem exibidos, a partir de então, estariam adequados à autoclassificação da novela".
A novela, no entanto, apresentou algumas cenas consideradas fortes para 10 anos no final de dezembro e início de janeiro. Em uma delas, o vilão Kleber (Marcello Novaes) capturou uma fugitiva da "comunidade" da novela numa mata e a aterrorizou. Dias depois, um corpo apareceu boiando em um rio.
No final de janeiro, o ministério prorrogou o monitoramento por mais 15 dias para "colher subsídios" para uma eventual reclassificação. As cenas de violência desapareceram, mas os vilões da trama continuam dopando os bonzinhos. No capítulo de hoje, LC, personagem de Antonio Caloni, irá colocar sonífero no chá de Lili (Juliana Paiva), sua filha na história, para que ela seja colocada em uma máquina que a deixa "feliz", sem capacidade de questionamento.
Pelos critérios do Ministério da Justiça, colocar sonífero no chá de alguém é uma cena imprópria para menores de 12 anos (veja aqui) e só pode ir ao ar depois das 20h (a novela entra às 19h35 e termina às 20h30). Programas com o selo de 10 anos não podem ter brigas e sangue; atos criminosos só são permitidos sem a presença de violência.
A Globo não comentou.
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...