Total de visualizações de página

sexta-feira, setembro 06, 2013

Pará entra na rota de três companhias aéreas internacionais




Estação das Docas é referência para projeto de revitalização em Porto Alegre

 






Resultado da revitalização da área portuária de Belém, realizada pelo governo do Estado, a Estação das Docas se tornou um dos espaços mais representativos para o turismo e a cultura na capital paraense. Assim como Puerto Madero, na Argentina, e Porto de Barcelona, na Espanha, a Estação serve de inspiração para o projeto de restauração do porto fluvial, no centro de Porto Alegre (RS). Na quinta-feira (5), a comissão da empresa Cais Mauá do Brasil visitou o complexo turístico, a fim de conhecer o modelo de gestão desenvolvido pela Organização Social Pará 2000, que administra o espaço.
A comissão do grupo Cais Mauá foi recebida pela presidente da Pará 2000, Gabriela Landé, e pelo diretor financeiro, Franklin Vasconcelos. Eles apresentaram os aspectos operacionais e administrativos da OS, que mantém um contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Cultura (Secult). O projeto do porto fluvial estabelece a restauração de 11 armazéns da área portuária de Porto Alegre. Ainda na fase inicial, o projeto deve ser entregue à população até a Copa de 2014.
Após uma reunião, o grupo realizou uma visita técnica às dependências da Estação das Docas - os três armazéns, o Teatro Maria Sylvia Nunes, o Anfiteatro São Pedro Nolasco e o Terminal Fluvial. “A Estação das Docas é uma referência para todo o país. É um modelo de projeto que deu certo, e motivou a nossa visita. Aqui, as pessoas são privilegiadas por terem acesso a um espaço turístico muito bem desenhado, que agrega gastronomia, eventos empresariais e cultura. Queremos dar esse aproveitamento ao cais do porto. Para o turista, o espaço é uma maravilha, pois tem opções para todos os gostos”, ressaltou o presidente da Cais Mauá, Ademir Schneider.
Gabriela Landé ressaltou que “nosso papel é colaborar para projetos que busquem realizar a revitalização de áreas portuárias, assim como a nossa. Nesta oportunidade, apresentamos não só o modelo de gestão, mas também a estrutura operacional e a funcionalidade que envolve um espaço como a Estação das Docas”.

Texto:
Camila Barros-Pará 2000


BASTANTE PARTICIPATIVA A MISSA
DE 7º DIA DE OSEAS PIMENTEL CORREA







Foi na noite desta quinta-feira, dia 05 de setembro, na Capela do Pão de Santo Antônio, no bairro do Guamá. O local acabou se tornando pequeno para acolher os familiares e amigos deste irmão, que desencarnou e já vive no Plano Espiritual. O CORREIO JURUNENSE esteve na missa e registrou os momentos de Fé e Piedade Cristãos emanados para o irmão OSEAS, que certamente ficou deslumbrado com a energização recebida. As próprias mensagens e palavras de carinhos a OSEAS acalentaram o coração daquele irmão.

Mais matérias da vida deste irmão, na edição de setembro da Revista CORREIO JURUNENSE, a Nação Jurunense em Revista, na próxima semana, com vendas na Revistaria da Yamada Jurunas.



Caravana Pro Paz Cidadania já fez 20 mil procedimentos no Marajó
Quase 20 mil procedimentos – entre emissões de documentos, atendimentos jurídicos, consultas médicas, exames e distribuição de medicamentos – foram feitos até agora na Caravana Pro Paz, iniciada no último dia 25 de agosto, no arquipélago do Marajó. O mutirão, que já passou pelos municípios de Soure, Salvaterra, Ponta de Pedras e Muaná, iniciou, nesta sexta-feira (6), o trabalho em São Sebastião da Boa Vista, onde permanece até sábado (7) e depois segue para Curralinho, Breves, Melgaço, Anajás e Afuá.
Entre os serviços oferecidos no âmbito da cidadania – que envolve a emissão de documentos e orientação jurídica –, o mais procurado foi a emissão de carteira de identidade, com 2.566 atendimentos até aqui. Em seguida, vêm o CPF, com 1.915 unidades; carteira de trabalho (1.373) e certidão de nascimento (1.334). Também foram feitos 617 atendimentos jurídicos e tiradas 3.050 fotografias. Os órgãos do governo do Estado envolvidos nesse trabalho são a Defensoria Pública, Polícia Civil e Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas).
Na saúde, até agora, foram distribuídas 36.553 unidades de medicamentos e feitas 2.945 consultas, apenas na clínica médica. Outras áreas, como ginecologia e pediatria, também apresentam grandes demandas e fizeram, até agora, 1.678 e 1.336 atendimentos, respectivamente. Em todas as especialidades ofertadas (que incluem ainda cardiologia, dermatologia, reumatologia, neurologia, endocrinologia e urologia) foram 10.715 consultas. Os profissionais envolvidos no trabalho, capitaneado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), também já fizeram 2.572 testes rápidos para detectar hepatites B e C e 1.338 testes de HIV, além de 451 exames PCCU, para prevenção do câncer de colo de útero.
Oportunidade– Os serviços oferecidos pela Caravana Pro Paz estão beneficiando famílias inteiras, como a da lavradora Dinalva Xavier, 23 anos. Moradora de São Sebastião da Boa Vista, ela aproveitou a passagem do mutirão pela cidade para levar o pai, o também lavrador Emanoel Moraes, 62 anos, para tirar, pela primeira vez, todos os documentos. “A única coisa que ele tinha era a certidão de nascimento, mas os outros documentos, como RG, CPF e carteira de trabalho, ele nunca teve. Por causa disso, os nossos documentos, dos nove filhos, nunca tiveram o nome dele. Agora, vou tentar consertar os meus também”, disse.
A mesma sensação teve a pescadora Luísa Corrêa, 52 anos. Moradora da comunidade do rio Pacujutá, às proximidades da sede de São Sebastião da Boa Vista, ela tomou uma rabeta (pequeno barco com motor), no início da tarde desta sexta-feira, e seguiu até o centro da cidade, onde está ancorada a embarcação em que estão sendo oferecidos os serviços de saúde do Pro Paz para uma consulta médica.
Com suspeita de asma, ela foi atendida, medicada e encaminhada para exames mais específicos. “Foi tudo muito fácil e tranquilo. Para nós, que estamos aqui praticamente perdidos no meio do mundo, um projeto como esse é praticamente ganhar na loteria”, frisou.
A estudante Noeme Frazão, 18 anos, procurou o mutirão para buscar atendimento médico para os dois filhos pequenos. “A minha filha está com bronquite e o meu menino está sem se alimentar direito há alguns dias, então, resolvi trazê-lo para saber o que ele tem. Essa caravana está ajudando muito a gente, pois aqui na cidade não tem pediatra e várias crianças estão doentes. Com certeza, todas as mães, como é o meu caso, ficam felizes quando veem o Pro Paz chegar”, disse.

Texto:
Elck Oliveira-Secom


Vice-governador entrega em Santarém novas viaturas para segurança



O vice-governador Helenilson Pontes entregou nesta sexta-feira (6), em Santarém, no oeste do Pará, dez viaturas que vão integrar a frota das instituições da área de segurança dos municípios de Santarém, Alenquer, Belterra e Mojuí dos Campos. Os veículos serão destinados à Polícia Militar, Unidade do Pro Paz e Polícia Civil, além dos destacamentos militares dos distritos santarenos de Curuaí e Alter do Chão.
A entrega ocorreu em frente à igreja da matriz de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do município. Entre as autoridades presentes, estavam os prefeitos de Santarém, Alexandre Von, de Mojuí dos Campos, Jailson Costa, e de Belterra, Dilma Serrão. Helenilson ressaltou que o combate à criminalidade é feito com investimentos e ações estratégicas do governo do Estado.
"A criminalidade não é privilégio apenas de Santarém ou do Pará. Infelizmente, ela está em todos os cantos do Brasil e deve ser tratada como um fenômeno social, e combatida de forma estrutural e inteligente. Com certeza, essas viaturas vão ajudar as policias desses municípios a garantir a segurança da população", disse o vice-governador, acrescentando que outras viaturas foram entregues anteriormente em Santarém, e, no dia anterior, nos municípios de Itaituba e Oriximiná.
Helenilson também falou sobre o andamento das obras do estádio Colosso do Tapajós e do ginásio poliesportivo em Santarém. "São obras complexas, com investimentos relevantes. As obras estão em andamento e serão os dois maiores polos de eventos esportivos do interior da Amazônia, o que posiciona Santarém como cidade polo não só pelo turismo, mas também para eventos esportivos na Amazônia. Queremos entregar até o fim de 2014", ressaltou o vice-governador.
O prefeito de Santarém destacou o apoio que a região vem recebendo do governo do Estado. "Estamos recebendo das mãos do vice-governador Helenilson Pontes mais dez viaturas para a região. Do aniversário de Santarém até hoje, já foram entregues mais de 40 viaturas em Santarém. Neste momento, estamos instalando as primeiras 20 câmeras de vídeo de monitoramento, numa parceria da prefeitura como a Secretaria de Segurança Pública. Será mais uma ajuda às nossas polícias, para que possam oferecer um serviço de qualidade à população", disse Alexandre Von.
A prefeita de Belterra recebeu com alegria a entrega da viatura. Ela destacou que, apesar de pequeno, o município necessita do investimento para que a polícia possa atender com mais qualidade os anseios da população. "Para nós, de Belterra, receber essa viatura é receber um suporte maior para combater a criminalidade. Nosso município é extenso, e com o veículo a polícia poderá fazer um acompanhamento melhor da cidade e atender as demandas da população, visitando as comunidades e fazendo rondas", ressaltou Dilma Serrão.
O vereador Ney Santana (PSDB), que nasceu no distrito de Curuaí, disse que a entrega da viatura é um resgate de compromisso do governo do Estado. "O povo de Curuaí agradece. Esse governo tem mostrado que não é como os outros e tem trabalhado a inclusão de todos em suas ações. Essa viatura será de grande importância para o combate à criminalidade e nas ações preventivas no Curuaí", destacou. "Os investimentos têm chegado, e nosso município agradece. A segurança pública é uma área muito delicada de qualquer governo, e toda ajuda é bem vida", arrematou o prefeito de Mojuí dos Campos.
O tenente-coronel Antenor Oliveira, comandante do Comando de Policiamento Regional (CPR) 1, disse que os investimentos na área de segurança pública têm favorecido o combate à criminalidade. "As viaturas vão ajudar nos trabalhos de policiamento ostensivo. São carros potentes, traçados, adequados para a região. Quem ganha é o povo santareno. Não recebemos só os veículos; o Estado tem se preocupado em fazer outros investimentos, em equipamentos e armamentos. Temos o apoio do helicóptero, que tem sido a grande diferença", destacou.

Texto:
Alailson Muniz-Secom


Detran leva serviços de habilitação ao Marajó e sudeste do Pará
A caravana do Departamento de Trânsito do Pará (Detran), que viaja por diversos municípios do interior do Estado, fornecendo serviços na área de habilitação, atende, de sexta-feira (6) a 23 deste mês, 15 localidades do sudeste paraense e da região do Marajó.
Nesta sexta-feira (6) e sábado (7), a população de Rondon do Pará receberá o atendimento. Domingo (8) e segunda-feira (9), será a vez dos moradores de Jacundá receberam o mutirão. Os demais municípios atendidos serão Itupiranga (13 e 14 de setembro), São Domingos do Araguaia (15 e 16), São Geraldo do Araguaia (20 a 23), Cachoeira do Arari (13) e Salvaterra (dia 14).
A população de Portel será atendida nesta sexta-feira e sábado, e Breves recebe os serviços segunda (9) e terça-feira (10). O Detran leva o atendimento para Xinguara e Canaã dos Carajás, dias 13 e 14; para Tucumã e Conceição do Araguaia, dias 18 e 19; e para Curionópolis, dias 11 e 12.

Texto:
Edson Matoso-Detran


Centro de Perícia conclui identificação das vítimas de acidente aéreo na Ceasa






O Centro de Perícias Científicas (CPC) Renato Chaves concluiu, no início da tarde desta sexta-feira (06), a perícia nos corpos de duas vítimas do acidente aéreo com o monomotor Cesna, da empresa de táxi aéreo Dourado, que caiu na tarde da última terça-feira (3), na mata da Ceasa (Centrais de Abastecimento do Pará), em Belém. O material biológico coletado das vítimas um dia após o acidente foi submetido à análise de DNA, o que confirmou as identidades dos seguranças Anderson de Oliveira Conceição (31) e Rocivaldo Rabelo de Castro (39). Os corpos foram liberados para as famílias às 16 h desta sexta.
Em entrevista coletiva, à tarde, representantes das coordenações de Medicina Legal, Laboratório e Odontologia Legal do CPC Renato Chaves esclareceram os procedimentos adotados pela Perícia Oficial do Pará para a identificação dos corpos. A primeira vítima a ser liberada foi o piloto da aeronave, Joaquim Calixto Neto (64 anos), ainda na manhã do dia 4. Ele foi identificado por meio de perícia odonto-legal (arcada dentária), após realização de comparação com ficha odontológica.
Para o perito criminal Jones Mota, da Coordenação de Odontologia Legal e Antropologia Forense (Colaf), a rapidez nas identificações, após dois dias de análises em laboratório, só foi possível pela qualidade do material coletado das vítimas. “No dia da necropsia coletamos sangue, urina e músculo, mas o item que obteve melhor avaliação das peritas do laboratório de DNA foi o sangue. Este foi o principal motivo pelo qual houve redução no tempo de finalização da perícia, de 20 dias para pouco mais de 48 horas”, explicou.
O Centro de Perícias possui uma equipe multidisciplinar, capaz de avaliar casos de difícil identificação de corpos, informou o diretor geral da instituição, Orlando Salgado. “Temos profissionais de excelente formação, tanto no Instituto de Criminalística quanto na Medicina Legal, aptos para atuação imediata em catástrofes, como desabamentos e acidentes aéreos. Trata-se de um trabalho de equipe, cujo objetivo principal é finalizar as análises no menor tempo possível, de maneira a minimizar a dor dos familiares”, ressaltou.
Neste ano, o Centro de Perícias usou a mesma técnica para identificar vítimas de 10 corpos carbonizados em um acidente com o avião bimotor prefixo PT-VAQ, modelo 821-Carajás, que caiu na noite de 12 de março em Monte Dourado, distrito de Almeirim (no oeste do Pará). As análises de DNA, iniciadas assim que as vítimas chegaram ao Instituto Médico Legal (IML), foram concluídas após 15 dias, tempo considerado recorde pela Perícia Oficial do Pará.
Atualmente, o laboratório de DNA também trabalha na identificação de dois corpos carbonizados, vítimas de acidente envolvendo dois caminhões, ocorrido no KM-43 da Alça Viária, na noite da última quarta-feira (4), um dia após a queda do monomotor nas matas da Ceasa. Familiares já compareceram ao CPC e coletaram material genético, que está sendo analisado pelo laboratório.

Texto:
Nil Muniz-CPC




Estação de Coleta Seletiva do IAP estimula a consciência ambiental
Mais de 150 adolescentes participantes dos projetos do Pro Paz nos Bairros estiveram no Instituto de Artes do Pará, na tarde da última quinta-feira (5), para a inauguração da Estação de Coleta Seletiva, juntamente com catadores do lixão do Aurá, que participaram de oficina com o fotógrafo Everaldo Nascimento. A programação incluiu ainda oficinas de reciclagem e exposição de animais empalhados do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA). A programação fez alusão ao Dia da Amazônia e foi promovida em parceria com a organização não governamental (ONG) Noolhar.
A professora Alcione Melo não sabia que, ao acompanhar os filhos em uma das atividade do Pro Paz, poderia aprender artesanato com material reciclado. A oportunidade veio na tarde de quinta, quando ela se deparou com as oficinas da ONG Noolhar ministradas no IAP pelas comemorações do Dia da Amazônia. “Cheguei aqui e de repente estou aprendendo a fazer guirlandas de Natal com cipós e garrafas pet. Nunca imaginei isso. Vou levar essa ideia para os meus alunos na escola onde trabalho”, contou ela, que tem um casal de filhos inscrito no Pro Paz do bairro da Sacramenta.
Assim como Alcione, outras mães e também crianças participaram das oficinas de objetos produzidos com material reutilizável. Segundo a coordenadora da Noolhar, Patrícia Gonçalves, a ideia da oficina era apresentar o que é possível ser feito com o material que um dia foi lixo. “Queríamos mostrar na prática o que pode ser feito com o material que os moradores vão separar a partir de agora, por isso trouxemos a oficina”, explicou.
A Noolhar levou ainda uma exposição de fotografias produzidas por jovens catadores do Aurá, a partir de oficina ministrada por Everaldo Nascimento no próprio lixão. A catadora Maria Alice Rodrigues, 42 anos, disse que a oficina foi recebida como uma forma de incentivar os jovens a não desistir dos sonhos. “Minha filha tem 17 anos, o mesmo tempo que eu tenho como catadora. Ela quer ser jornalista, e a oficina de fotografia a ajudou a manter esse sonho. Não é porque somos catadores que ela vai ter de ficar sempre aqui”, disse.
Para o presidente do IAP, Fábio Souza, a parceria com a ONG Noolhar não vai ficar apenas na Estação de Coletiva Seletiva. Segundo ele, a ideia é que os jovens atendidos pelo Pro Paz se tornem multiplicadores do cuidado com o meio ambiente. “Quando abrimos as portas do IAP aos jovens e crianças do Pro Paz, estamos fomentando a cultura, pois possibilitamos o contato deles com a arte, e agora ajudando na conscientização sobre o cuidado com o meio ambiente”, disse.
Produzida com caixinhas de leite e suco, a Estação de Coleta Seletiva instalada em frente ao IAP está a disposição da população. Com material durável e resistente ao sol e à chuva, a estação está num ponto estratégico para os moradores e para cooperativas de catadores de diversos bairros da região metropolitana de Belém.
O presidente do IAP disse que a instalação da Estação no instituto é uma forma de “mostrar que a cultura e cidadania não podem andar separadas; além de evidenciar a importância geográfica do IAP, que tem na sua localização um ponto central para que a população destine o material que iria apenas para o lixo”, finalizou.

Texto:
Dani Franco-IAP


Professores da Universidade de Coimbra ministram Curso Internacional de Turismo
A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) promove o 3º Modulo do Curso Internacional de Turismo, Cultura e Patrimônio, de 9 a 13 de setembro, das 14h às 20h, no Hotel Sagres, em Belém. O curso, que será ministrado pelos professores doutores da Universidade de Coimbra (Portugal), Lúcio Cunha e Norberto Santos, tem como objetivo principal propor uma reflexão sobre as novas dinâmicas da atividade turística.
Um dos questionamentos abordados no Curso Internacional será de que modo o turismo, o patrimônio e a cultura podem se constituir como alicerces para o desenvolvimento sustentável, dentro de uma perspectiva econômica, social e ética, bem como o papel dos agentes de desenvolvimento, a participação das comunidades locais, a economia de escala e a importância das redes.
O curso inclui tanto aulas teóricas quanto práticas, nas quais os alunos fazem visitas técnicas a atrativos, equipamentos e prestadores de serviços turísticos. Neste contexto, o professor doutor Lúcio Cunha dará ênfase a assuntos como patrimônio natural, geológico, geomorfológico e geopatrimônio, geoconservação, geoparques, entre outros. Já o professor doutor Norberto Santos vai destacar aspectos como a importância e práticas de lazer, o tempo e o espaço, gastronomia e viagem.
Ao todo, o curso reúne 25 participantes que atuam profissionalmente na Setur, na Companhia Paraense de Turismo (Paratur), Sebrae/PA, Universidade Federal do Pará (UFPA) e secretarias municipais de turismo de Bragança, Soure e Marapanim.

Texto:
Israel Pegado-SETUR


Susipe inicia obras de reparo no Centro de Recuperação Agrícola após temporal
A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) informa que na madrugada desta sexta-feira (6), por volta das 3h30 da manhã, uma forte ventania ocasionada por um temporal derrubou parte do muro de segurança do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (Crama), em Marabá. O vendaval também destelhou parte do pavilhão carcerário do regime semi-aberto e salas do setor administrativo da Unidade Prisional. Não houve fugas.
A Susipe informa que já iniciou os reparos na Unidade Prisional de Marabá devido aos estragos ocorridos em decorrência da forte chuva na região. No pavilhão carcerário em que ficam custodiados os internos do regime semi-aberto, os serviços já foram concluídos. A Divisão de Engenharia e Arquitetura da Susipe está tomando todas as providências necessárias para a reconstrução de cerca de 70m do muro de segurança, que caiu devido ao vendaval. A Susipe já providenciou também o aumento do efetivo de agentes penitenciários no plantão e solicitou junto à Polícia Militar do município que o efetivo de segurança seja reforçado no local até a conclusão das obras, o que deve ocorrer em até 30 dias.


IESP comemora 14 anos com programação especial
No dia 14 de setembro, o Instituto de Ensino de Segurança do Pará (Iesp) completa 14 anos de existência e, para comemorar essa data, preparou uma programação especial que será realizada entre os dias 9 e 19 de setembro, com um torneio esportivo entre os servidores do Iesp e integrantes das unidades acadêmicas; um ciclo de palestras onde serão abordados vários temas, como a prevenção e combate a incêndio, atendimento especializado à mulher e ao adolescente, drogas e polícia comunitária. As comemorações serão encerradas no dia 19 com uma solenidade militar, onde serão entregues medalhas do mérito de ensino integrado e mérito policial militar.
O Instituto de Ensino de Segurança do Pará é uma unidade de ensino com gestão própria, autonomia didática, científica e disciplinar, mantida pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, cuja finalidade é promover a formação e a qualificação de recursos humanos destinados às atividades de proteção dos cidadãos quanto à segurança e a riscos coletivos, através das atividades de ensino, pesquisa e extensão.
O Iesp é dirigido por um Conselho Superior, do qual participam, além dos dirigentes do próprio Instituto, os diretores de ensino ou ocupantes de cargo equivalente da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros Militar, e diretores de Ensino ou ocupantes de cargo equivalente que venham a ser criados em outros órgãos do Sistema de Segurança Pública.
A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, na condição de mantenedora, coordena os órgãos integrantes do Sistema Estadual de Segurança Pública quanto à alocação dos recursos materiais e humanos que serão colocados à disposição do Iesp.
O Estado do Pará tem investido na melhoria e ampliação da capacitação profissional dos agentes da área de Segurança Pública do Estado, por intermédio do Iesp, que tem disponibilizado cursos de capacitação, técnico, bacharelado e de especialização. Somente no ano de 2011 foram capacitados 6.494 profissionais de segurança pública em cursos presenciais. Além destes, foram realizadas mais de 19.661 matrículas em cursos a distância. Em 2012, o Iesp iniciou o Mestrado em Segurança Pública e Mediação de Conflitos, curso que faz parte do projeto que tornará o instituto a primeira faculdade especifica desta área do Brasil. De 2012 até hoje foram capacitados mais de 3.982 profissionais de segurança pública em cursos presenciais.
O Iesp também realizou quatro cursos de aperfeiçoamento, capacitação e atualização, tendo qualificado cerca de 200 policiais civis e militares e bombeiros militares, entre delegados da Polícia Civil e oficiais das duas corporações militares. Também foram capacitados mais de 3.000 servidores do Sistema de Segurança e Defesa Social em diversas áreas, com o objetivo de melhorar o atendimento prestado à sociedade paraense. Além dos cursos realizados pelo Iesp, a Polícia Militar capacitou mais de 7.500 integrantes da corporação, nas suas próprias unidades. O Corpo de Bombeiros também capacitou mais de 1.400 integrantes, nos mais variados cursos como: Atendimento Pré-hospitalar, Vistorias Técnicas, Perícia de Incêndio, Mergulho Autônomo, Salvamento em Altura, entre outros.
O Iesp é referência Nacional no ensino das forças policiais, servindo também de parâmetro para outras unidades da Federação, fato este que enche de orgulho a sociedade paraense.
Sugestão de entrevistado:

- Tenente Coronel Carlos Emilio de Souza Ferreira - diretor do Iesp
Programação:
9 de setembro de 2013
- Culto Ecumênico
Local: Auditório do IESP
Horário: 9h
11 de setembro de 2013
Torneio Esportivo (Futsal)
Local: Quadra de Esportes do IESP
Horário: 9h
11 a 12 de setembro de 2013
- Ciclo de Palestras
Local: Auditório do IESP
Dia: 11 de setembro
- 1º Palestra: “Segurança e prevenção de acidentes em ambientes domésticos”
Palestrante: Sargento BM Fábio Wendel Lima da Luz
Horário: 9h
- 2º Palestra: “Atendimento Especializado à mulher e ao adolescente”
Palestrante: Dra. Alessandra Silva Jorge e Dra. Joselangela Cristina C. dos Santos
Horário: 10h
Dia: 12 de setembro
- 1º Palestra: “Uso de Drogas Lícitas: O Alcoolismo”
Palestrante: ESL/AA
Horário: 9h
-2º Palestra: “Polícia Comunitária e Sociedade”
Palestrante: Aspirante à Oficial PM Merian Ribeiro Formento
Horário: 10h
14 de setembro de 2013
- Caminhada Ecológica
Local: Parque do Utinga
Horário: 8h
19 de setembro de 2013
- Solenidade Cívico Militar
Local: Pátio de Formatura do IESP
Horário: 10h



 

Vitória do Xingu e Capanema recebem equipamentos para gestão ambiental
O município de Vitória do Xingu, região de integração do Xingu, no oeste do Pará, recebeu, nesta sexta-feira, 6, kits ambientais para o fortalecimento da gestão municipal, que são compostos por motos, capacetes, binóculos, câmeras fotográficas e aparelhos de GPS, que irão apoiar as atividades de fiscalização, controle e monitoramento das localidades.
Entregues pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) ao secretário municipal de Meio Ambiente, Darli Costa, os equipamentos irão dar suporte à fiscalização da localidade e permitir que o órgão ambiental tenha melhor acesso aos proprietários rurais da região, para estimulá-los a realizar o Cadastro Ambiental Rural (CAR). “Queremos agilizar o CAR em um curto tempo e nos tornar um Município Verde”, vislumbrou Darli.
Nesta semana, o município de Capanema também recebeu os kits, que foram adquiridos pelo projeto Fundo Amazônia, com recursos advindos do Governo Federal, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Texto:
Káthia Oliveira-Sema





III Conferência Estadual de Cultura constrói sistema estadual na área
Nos dias 11 e 12 de setembro, a Fundação Tancredo Neves (Centur) suspenderá seu funcionamento ao público em virtude da 3ª Conferência Estadual de Cultura, que será um encontro preparatório para a Conferência Nacional.
A Conferência reunirá delegados eleitos regularmente em mais de 65 conferências municipais, com direito a voz e voto; convidados que integram instituições públicas e privadas e observadores indicados pelas Prefeituras Municipais que não realizaram conferência (sem direito a voz e voto), além de 20 representantes de coletivos ou entidades ligadas à cultura e 20 pesquisadores ou estudiosos, todos devidamente indicados por suas instituições e credenciados por ordem de chegada.
A proposta da 3ª Conferência Estadual de Cultura discutirá estratégias e demandas que ajudem a construir o Sistema Estadual de Cultura, além de eleger os representantes do Estado que irão participar da Conferência Nacional. O encontro ocorre no Centro de Eventos Ismael Nery (1º andar do Centur).
A temática deste ano é "Uma política de Estado para a cultura: desafios do Sistema Estadual e Nacional de Cultura" e possui alguns eixos como: Produção Simbólica/Diversidade Cultural, Implementação do Sistema Estadual de Cultura, Cidadania e Direitos Culturais e Cultura/ Desenvolvimento.
A Conferência buscará reunir as demandas e especificidades das diversas regiões do Pará na construção de seu Sistema Estadual de Cultura que abranja e contemple as necessidades de um território continental como o paraense, além de ajudar na consolidação do Sistema Nacional de Cultura.
A Conferência também pretende moldar propostas e debates que serão levados à Conferência Nacional de Cultura, marcada para acontecer de 26 a 29 de novembro em Brasília. Pelo atual Regimento Interno da Conferência Estadual, construído de acordo com a portaria nº 33, de 16 de abril de 2013, dos delegados escolhidos para o encontro nacional, 2/3 serão representantes da sociedade civil e 1/3 de órgãos governamentais. Dentre os representantes civis, 1/3 dos eleitos deve representar povos indígenas, povos e comunidades tradicionais, mestres e representantes de culturas populares.

Programação:

11.09.2013 (quarta-feira)
9h às 14h – Credenciamento
12h às 14h - Almoço
14h às 17h – Votação e Ratificação do Regimento Interno
17h às 18h – Abertura Oficial
18h às 19h – Palestra Magna envolvendo os 4 eixos (palestrante Bernardo da Mata Machado – Secretário substituto de Articulação Institucional – SAI – MinC)
19h às 20h – Debates
12.09.2013 (quinta-feira)
8h30 às 13h – Grupos de Trabalho
13h às 14h30 – Almoço
14h30 às 16h - Apresentação dos resultados dos grupos de trabalhos
16h30 às 16h45 – Coffee break
16h45 às 21h - Plenária final e eleição dos delegados para a 3ª Conferência Nacional de Cultura

Texto:
Luiz Flávio-FCPTN





Esquema de segurança para desfile de 7 de Setembro mobilizará mais de mil agentes
Representantes da Polícia Militar se reuniram, na tarde desta sexta-feira (06), com os organizadores da programação de 7 de Setembro. O desfile militar em comemoração à Independência do Brasil, que começará às 8h30 de sábado, vai mobilizar mais de mil agentes, entre militares, guardas municipais, bombeiros e agentes de trânsito, no esquema de segurança. A concentração será na Avenida Gentil Bittencourt com a Travessa Quintino Bocaiúva. O governador Simão Jatene assistirá ao desfile.
Dos mais de mil agentes de segurança, 900 são policiais militares. Mais 370 PMs participarão desfile, na Avenida Presidente Vargas. A dispersão da tropa do Comando de Policiamento Especializado (CPE) será no Quartel do 2º Batalhão, localizado na Rua Gaspar Viana com a Avenida Assis de Vasconcelos.
Ao término do desfile, os militares que participaram da programação se juntarão ao efetivo responsável pela segurança. “Esperamos civismo por parte de todos os cidadãos, até pela importância da data, pois marca o Dia da Independência e da democracia brasileira”, disse o tenente-coronel Sérgio Alonso, responsável pelo desfile da tropa da PM.
O policiamento ostensivo contará com policiais a pé, em bicicletas, motocicletas e viaturas, com apoio do canil e da cavalaria. “Serão 30 cavalarianos e um pelotão de choque, formado por 30 homens e 10 cães”, informou a major Érika Miralha. Segundo ela, o efetivo destacado para o policiamento não afetará a segurança nos demais bairros da cidade.
Este ano, o desfile de 7 de Setembro é organizado pela Aeronáutica, com participação do governo do Estado. Agentes da Autarquia de Mobilidade Urbana de Belém (AMUB) estarão no local para orientar pedestres e condutores. “O trânsito de veículos estará bloqueado ao longo das transversais que dão acesso à Avenida Presidente Vargas”, informou a major.

Texto:
Samilla Batista-Secom


Secom promove oficinas de audiovisual e fotografia do Biizu no Aurá
Cerca de 40 alunos participaram, nesta sexta-feira (6), das oficinas de audiovisual e fotografia do projeto Biizu, promovido pela Secretaria de Estado de Comunicação (Secom). As aulas foram ministradas em salas de aula instaladas no Aterro Sanitário do Aurá, em Ananindeua, na região metropolitana de Belém. Como resultado, os participantes iniciaram a produção de um videoclipe. A programação teve a participação especial do baixista Calibre.
“Os alunos ficaram encantados, pois fazem parte de uma realidade muito pobre. Eles cantaram, sorriram e participaram com entusiasmo de todas as atividades”, conta o coordenador das oficinas do projeto, Rodolfo Moraes. Os participantes têm idade entre 13 e 17 anos. A maioria mora na periferia de Belém e Ananindeua, como Júlia Seffer, Jaderlândia e Guamá.
As primeiras gravações do videoclipe começaram nesta sexta. O material, que aborda a realidade social dos próprios alunos, será finalizado no fim de setembro. O resultado final poderá ser conferido no site www.biizu.com.br e na fan page do projeto, facebook.com/projetobiizu.
“Quem quiser participar das próximas oficinas pode se inscrever no site”, convida Rodolfo Moraes. “Apesar de o Biizu ser um projeto de comunicação popular, a iniciativa também engloba esferas como educação, sustentabilidade e responsabilidade social”, acrescenta.

Texto:
Samilla Batista-Secom


Sagri promove o I Festival Internacional do Chocolate e a Flor Pará 2013
A partir da próxima quinta-feira (12) até o dia 15, no Hangar Feiras e Convenções da Amazônia, a Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri) promove o I Festival Internacional de Chocolate e Cacau da Amazônia e a Flor Pará 2013. A programação inclui ciclo de palestras, rodadas de negócios, workshops, concursos e atividades técnicas sobre produção de alimentos com chocolate e cacau.
A abertura dos dois eventos, em conjunto, é dia 12, às 19 horas, no Hangar, seguida de show do “Rei do Carimbó”, Pinduca. O I Festival Internacional do Chocolate e Cacau da Amazônia traz na bagagem cinco edições anteriores, que ocorreram em Ilhéus, na Bahia, com mais de 30 mil visitantes em 2013.
Na tradicional Flor Pará, evento da Sagri que vem há onze anos mostrando a riqueza das flores tropicais da Amazônia, será possível fazer cursos de arranjos florais e também comprar flores produzidas no Estado. Ingressos: R$ 10, com meia-entrada para estudantes e crianças até 12 anos. A entrada é franca para maiores de 60 anos e portadores de necessidades especiais. Informações: 4006-1260.




Adepará busca certificação internacional do rebanho paraense
O trabalho da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) continua em busca do avanço do status sanitário. A instituição teve o esforço reconhecido quando, no último dia 18, o Estado recebeu a certificação de livre de febre aftosa com vacinação, pelo Ministério da Agricultura, conforme a Instrução Normativa nº 33. Agora, a expectativa está em torno do reconhecimento na instância internacional, em todo o território paraense, por meio da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), situada na França.
O cenário atual apresenta o Pará em duas situações: a primeira refere-se às regiões nordeste, Baixo Amazonas e Marajó, que têm status livre de febre aftosa nacionalmente, e a região centro-sul do Estado, que está com reconhecimento internacional. “Essa etapa que garantiu o reconhecimento nacional foi um avanço necessário. Agora vamos finalizar apresentando o pleito, que provavelmente deve ficar neste mês de setembro em avaliação na OIE”, diz o diretor operacional da Adepará, Sálvio Freire. A expectativa é que a certificação internacional para todo o Estado saia em maio de 2014.
Em fevereiro de 2014, a Adepará vai passar por auditoria internacional, em que o sistema de defesa e atenção à sanidade agropecuária, especificamente na área animal, vai ser avaliado na instância mundial. Desta forma, o Estado vai estar condicionado a um único status sanitário.
“Esse trabalho é um encadeamento de ações. Estamos intensificando, portanto, ainda mais a estrutura dos postos de fiscalização; a melhoria dos serviços de atenção, como a vigilância em propriedade de risco; a fiscalização de trânsito; a parte da busca ativa e passiva em casos de suspeita de doenças e o controle da vacinação e da vacina”, afirma o diretor geral da Adepará, Mário Moreira. “O produtor rural tem um papel importante, que é apoiar e auxiliar essa caminhada a fim de concluir a próxima etapa. Tenho certeza que teremos êxito mais uma vez”, destaca.
A Gerência de Sistemas Georreferenciais da Adepará, que controla a emissão de Guia de Trânsito Animal online (e-GTA), estará sob supervisão e auditoria rígidas. “Diariamente estaremos acompanhando os procedimentos e fazendo ajustes sempre que necessário”, diz o gerente do setor, Rogério Lourenço, informando que ocorrerá supervisão presencial nas gerências regionais até novembro de 2013, antes da segunda etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa.
O gerente explica que as oportunidades de negócios com a carne paraense aumentam. A União Nacional da Indústria e Empresas da Carne (Uniec) comemora o status, que beneficia o Pará e o Brasil. “As exportações já têm crescido. Logo após o anúncio feito pelo governo federal, recebemos a habilitação de dois frigoríficos paraenses do centro-sul para exportação à Rússia”, diz o presidente da Uniec, Francisco Victer, lembrando ainda que a perspectiva estrangeira atribui esse passo ao avanço do Pará 100% livre de febre aftosa com vacinação.

Texto:
Andréa Ferreira-Adepara


Conferência de Desenvolvimento Sustentável discutirá políticas rurais
Começa na próxima terça (10) e vai até quinta-feira (12), no hotel Beira Rio, em Belém, a II Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que tem como objetivo discutir políticas públicas que busquem melhorar a qualidade de vida de homens e mulheres que vivem no meio rural. A abertura do evento será às 19 horas.
As discussões terão a participação de representantes do poder público, da iniciativa privada e da sociedade civil dos 144 municípios do Estado. São agricultores familiares, assentados da reforma agrária, camponeses, extrativistas, pescadores artesanais, povos indígenas, quilombolas, povos e comunidades tradicionais, mulheres, jovens e os mais diversos segmentos da sociedade amazônica que poderão dar voz às suas opiniões e decidir o que fazer para oferecer ao Pará um novo modelo de desenvolvimento social sustentável.
“O objetivo dessa conferência não se resume em trazer para o debate propostas e demandas de uma única via e uma só mão. Ao contrário, o evento é múltiplo de pensamento, ideias e vozes, procurando convergir sempre para a construção de um Estado justo e solidário”, ressalta o titular da Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri), Hildegardo Nunes, presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS-PA), fórum que coordena o evento, juntamente com a Sagri e outros parceiros, como o Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (Condraf), Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) e Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário (DFDA-PA).
Na conferência estadual, serão debatidas as propostas aprovadas nas conferências municipais e territoriais que ocorreram nos últimos seis meses, dentro de uma ampla programação. Painéis vão discutir o ambiente rural da Amazônia e haverá também a organização de grupos para a formulação de proposições, plenárias e grupos temáticos, além da parte cultural.
Também serão escolhidos os delegados que participarão da Conferência Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que ocorre em outubro, em Brasília, quando será debatido o Plano Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, com a participação de representantes de todos os Estados brasileiros e do Distrito Federal.
Entre os temas em debate durante a conferência estadual, estão “Desenvolvimento socioeconômico e ambiental do Brasil Rural”; “Fortalecimento da agricultura familiar e agroecologia”; “Reforma agrária e democratização do acesso à terra e aos recursos naturais”; “Abordagem territorial como estratégia de desenvolvimento rural e promoção da qualidade de vida”; “Gestão e participação social”; “Autonomia das mulheres rurais e emancipação da juventude rural e promoção do etnodesenvolvimento”.
“Desejamos que as propostas aprovadas no fim do encontro contemplem a diversidade do povo paraense a fim de que todos possam se sentir parte desse grande cenário rural, com gente do jeito que o Pará quer”, reforça Hildegardo Nunes. Uma das novidades da conferência é a participação das mulheres e dos jovens, já que 50% dos delegados são formados por mulheres e 20% por jovens, conforme orientação do Ministério do Desenvolvimento Agrário.
Devido à interdição da avenida Bernardo Sayão para o evento, o acesso ao Hotel Beira Rio deve ser feito pela rua Augusto Corrêa. Para mais informações, basta entrar em contato com o CEDRS-PA, no telefone (91) 4006-1210.

Texto:
Tânia Monteiro-Sagri


Formação de Representantes de Turma reunirá cerca de 300 estudantes em Santarém
Cerca de 300 estudantes da rede pública estadual de ensino em Santarém participarão, na próxima segunda-feira (09), no prédio do Instituto Federal do Pará (IFPA) no município, do I Encontro de Formação de Representes de Turma. O evento é promovido pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc). com o objetivo de preparar crianças e adolescentes para a função de líder de turma. A Seduc está formando cerca de 20 mil representantes de turma em todo o Estado.
Na abertura, será apresentado o Pacto pela Educação do Pará. A programação do encontro abordrá os temas "Gestão democrática para o desenvolvimento da cidadania pautada na cultura de paz" e "O papel do Representante de Turma: atributos, cultura de paz e protagonismo juvenil".
São parceiros do projeto Representante de Turma o Pro Paz, a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Corpo de Bombeiros Militar, Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), executado pela Polícia Militar, Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e Departamento de Trânsito do Pará (Detran).



Estado celebra protocolo com a Alcoa para atração de negócios na mineração
Desenvolvido pela Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração do Pará (Seicom), o Plano Estadual de Atração de Novos Negócios, que tem o objetivo de incrementar o nível de emprego e reduzir as desigualdades regionais e sociais do estado e, nesse aspecto, estimular novos investimentos no Pará, resultou nesta sexta-feira (6) na assinatura do protocolo de intenções entre o Governo do Estado, por meio da Seicom, e a Alcoa World Alumina Brasil LTDA.
O protocolo é uma parceria para desenvolver esforços e ações que facilitem e apoiem a instalação, no Pará, de empreeendimentos para dinamizar a eficiência da cadeia produtiva. Por meio da parceria, caberá ao estado proporcionar as condições para a realização de investimentos no setor produtivo e a melhoria do ambiente de negócios.
A meta é chegar ao desenvolvimento industrial, objetivo das políticas públicas defendidas pelo governador Simão Jatene desde o início de seu segundo mandato. "Se tivéssemos feito tudo o que estamos fazendo hoje há dez anos, já estaríamos muito mais desenvolvidos. Pra nós aqui, termos esse protocolo de intenções é extremamente importante para a nossa política mineral. O governador Simão Jatene fala em pacto pelo desenvolvimento e esta é, sem dúvida, uma das ações nesse sentido", informou a secretária em exercício da Seicom, Maria Amélia Enríquez.
O protocolo foi assinado pela secretária em exercício e por José Carlos Danza, representante da Alcoa. Também participaram da cerimônia o presidente e a vice-presidente do Sindicato das Indústrias Minerais do Pará (Simineral), José Fernando Júnior e Ana Celeste Franco, respectivamente; outro representante da Alcoa, Cláudio Jorge Vilaça, e o diretor de Desenvolvimento de Indústria da Seicom, Rodrigo Garcia.

Texto:
Douglas Dinelly-Seicom


Feira do Pescado será realizada pela primeira vez em Icoaraci neste sábado
Os moradores do distrito de Icoaraci e adjacências vão ter a oportunidade de comprar peixe mais barato neste sábado, dia 7 de Setembro, na Feira do Pescado, que vai acontecer pela primeira vez na Vila Sorriso. O pescado vai estar disponível na sede do Sest/Senat, na Av. Augusto Montenegro, das 8h às 14h.
A novidade desta edição é que os peixes não são de cativeiro. Eles foram capturados na costa do Amapá e serão vendidos in natura (gelados) e também congelados. As espécies que estarão disponíveis para a população são: Gó, Gurijuba, Piramutaba, Dourada, Bagre, Pescada Branca, Pescada Amarela, Camorim, Sardinha, Xareu e Camarão Rosa.
A Feira é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Pesca e Aquicultura (Sepaq) e conta com apoio do Sindicato da Indústria de Pesca do Estado do Pará. Em Icoaraci a empresa parceira da Sepaq será a Águia Pesca. “Vamos ter filé de pescado, peixe inteiro e, se o consumidor quiser, só um pedaço. Vamos vender separadamente também”, explica o secretário Estadual de Pesca e Aquicultura, André Pontes.
Os preços do pescado estarão em média de 30% a 50% mais baratos do que é praticado em outras feiras, mercados e supermercados da capital paraense.
Serviço:
Feira do Pescado em Icoaraci, neste sábado, 7
Local: Sest/Senat – Av. Augusto Montenegro - Icoaraci
Hora: de 8h às 14h

Texto:
Christian Emanoel-Sepaq


Famílias indígenas em Jacundá receberão recursos para incrementar agricultura
Doze famílias indígenas da aldeia Tekoá Pyau, da etnia Guarany Mbya, em Jacundá, município do sul do Pará, serão contempladas com recursos da linha B do Programa Nacional de Fortalecimento à Agricultura Familiar (Pronaf) para incremento da agricultura tradicional. Os projetos estão sendo elaborados pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e internalizados junto ao Banco da Amazônia.
De acordo com o técnico da Emater, José Luis Lopes, na aldeia Tekoá Pyau, as famílias praticam cultura de subsistência e têm renda mensal de menos de um salário mínimo. “A expectativa é de num primeiro momento garantir a segurança alimentar dessas famílias, incrementando a agricultura tradicional, ou seja, não mecanizada. Depois gerar renda”, explica o técnico. Os recursos são da ordem de R$ 2.500 para cada família.
Além de elaborar os projetos, a equipe da Emater vai atuar na orientação técnica dessas famílias, introduzindo novas tecnologias na cultura da mandioca, milho, feijão caupi, inhame e banana, mas sempre atenta às particularidades desse grupo. A estimativa é que, a partir de 18 meses, com a produção de mandioca, cada família possa gerar R$ 21 mil por safra.

Texto:
Iolanda Lopes-Emater


Escola de Governo vai oferecer cursos de pós-graduação para servidores públicos
O Diário Oficial do Estado desta sexta-feira, 6, informa que a Escola de Governo do Estado do Pará (EGPA) realizará licitação para contratar instituição de ensino superior para capacitação de servidores públicos efetivos, por meio de cursos de pós-graduação lato sensu (especialização). O aviso está publicado no caderno 2, página 5, da edição desta sexta-feira.
O edital da Concorrência 001/2013 – EGPA, tipo técnica e preço, pode ser conferido no site da EGPA (www.egpa.pa.gov.br), ou no site Compras Pará (www.compraspara.pa.gov.br). Interessados também podem  ter acesso ao edital pocurando diretamente a Comissão de Licitação no horário comercial (é necessário levar um CD-R ou Pen Drive).
A abertura da licitação será às 9h do dia 24 de outubro, no auditório Eduardo Lauande, que fica na sede da EGPA. A Escola de Governo promove capacitação e desenvolvimento de recursos humanos da administração pública, tendo por atribuição básica promover a qualificação e valorização do servidor, com foco no processo contínuo de dinamização e melhoramento dos serviços prestados à população.
Serviço:
A Escola de Governo fica  na avenida Almirante Barroso, 4314. Bairro: Souza. CEP: 66613-710. Belém – PA. Mais informações pelo telefone (91) 3214-6822

Texto:
Daniele Brabo-EGPA


Desfile de 7 de Setembro terá participação de mais de 5 mil militares em Belém
Os preparativos para o desfile cívico-militar, que acontece neste sábado, 7, às 9h da manhã, na avenida Presidente Vargas, em comemoração aos 191 anos da Independência do Brasil, estão sendo finalizados. Na manhã desta sexta-feira, 6, uma equipe do Corpo de Bombeiros, Aeronáutica e Exército, fez vistoria nos palanques e na área em que o desfile irá ocorrer.
“Viemos para fazer o conhecimento da área, verificar pontos de saídas de emergência em caso de incêndio ou algum outro incidente e também para verificar as condições de segurança dos palanques onde ficarão as autoridades”, explica Ana Paula Amador, capitã do Corpo de Bombeiros.
Coordenado pela Força Área Brasileira, o desfile contará com todo o apoio dos órgãos de segurança do Estado e terá participação de cerca de 5 mil homens e mulheres do Exército, Marinha e Aeronáutica, forças da segurança pública do estado e agremiações civis. “A segurança do evento será uma ação integrada coordenada pelas Forças Armadas, mas com todo apoio e colaboração dos órgãos de segurança pública do estado. O nosso objetivo com essa integração é garantir o bom andamento de todas as atividades, a segurança da população, para que todos possamos celebrar, em paz, a data magna da pátria”, afirma o tenente da aeronáutica, Alexandre Silva Fernandes, um dos organizadores do evento.
Trânsito
As tropas que irão desfilar ficarão concentradas nas avenidas Serzedelo Corrêa e Gentil Bittencourt. A partir das 6 horas da manhã, algumas avenidas e logradouros no entorno da Praça da República serão interditadas para o tráfego de veículos. “Estamos trabalhando junto com o Detran e Amub para não causar transtornos e garantir a segurança do público”, ressalta o tenente.
Ele informa, ainda, que a interdição das ruas próximas à Praça da República devem ocorrer até as 13h de sábado, por esse motivo, a organização do evento orienta os proprietários dos veículos, que normalmente estacionam nessas avenidas, que retirem os automóveis do local, de preferência na noite desta sexta-feira.
O público presente poderá assistir ao desfile dos seguintes grupamentos:
- Banda do IFPA
- Ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira
- União dos Escoteiros do Brasil
- Marinha do Brasil
- Exército Brasileiro
- Força Aérea Brasileira
- Polícia Militar do Estado do Pará
- Corpo de Bombeiros Militar do Pará
- Escola Tenente Rêgo Barros
- Guarda Municipal de Belém
- Polícia Rodoviária Federal
- Polícia Civil do Estado do Pará
- Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran/PA)
- Forças Armadas do Suriname
- Cavalaria da Polícia Militar do Estado do Pará

Serviço: O desfile será realizado às 9h da manhã, na avenida Presidente Vargas, no centro de Belém, no sentido da Rua Gama Abreu para a Boulevard Castilho França.

Texto:
Bruna Campos-Secom


Paraenses iniciam disputa por medalhas nos Jogos Escolares da Juventude em Natal
Cerca de 150 estudantes paraenses iniciam, nesta sexta-feira (6), a participação do estado do Pará nos Jogos Escolares da Juventude, categoria A – idade entre 12 a 14 anos, na cidade de Natal (RN). A abertura oficial o evento, que reúne mais de 4 mil estudantes de escolas públicas e particulares de todo o país, foi realizada na noite desta quinta-feira, 5.
No total, a delegação paraense conta com 180 pessoas, de 10 municípios: Acará, Ananindeua, Belém, Breves, Castanhal, Marabá, Marapanim, Rondon do Pará e Ulianópolis. Todos foram campeões dos Jogos Paraenses Estudantis (JEPs), promovido pelo Núcleo de Esporte e Lazer da Seduc, durante o mês de agosto.
Os Jogos Escolares da Juventude acontecem em Natal até o dia 14 de setembro. O Pará disputará medalhas em 11 modalidades: Atletismo, Basquetebol, Badminton, Ginástica Ritmica, Handebol, Natação, Futsal, Judô, Tênis de Mesa, Voleibol e Xadrez. “Estamos levando os nossos melhores atletas que foram campeões das regionais e da fase estadual dos JEPs. Temos muita esperança de medalhas em quase todas as modalidades. Sabemos o quanto esta experiência é importante para a formação desses jovens”.
Na sequência, cerca de cinco mil estudantes, 200 dirigentes e 400 técnicos de delegações estaduais de todo o Brasil participarão dos Jogos Escolares da Juventude – categoria B, de 15 a 17 anos -, organizados pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), que acontecerão em Belém pela primeira vez, de 7 a 16 de novembro.
A expectativa é que cerca de 300 estudantes paraenses participem dos Jogos, que já revelaram nomes como o da judoca Sarah Menezes, campeã Olímpica em Londres 2012, e o armador da Seleção Brasileira de Basquete, Raulzinho Neto, que hoje atua na NBA, liga nacional de basquete norte-americano.

Texto:
Mari Chiba-Seduc


Pará entra na rota de três companhias aéreas internacionais
O Pará deve entrar na rota de voos internacionais das companhias aéreas TAM, TAP e Avianca. A informação é do secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes, que nesta quinta-feira, 5, esteve reunido com dirigentes dessas companhias em São Paulo, no estande do Pará que integra a Feira de Turismo das Américas – Abav, maior evento de promoção e comercialização de produtos turísticos da América Latina, iniciado no dia 4 e que segue até domingo, 8, no Anhembi.
“O voo da TAM que ligará Belém a Miami já está consolidado e começa dia 15 de dezembro. Tivemos uma reunião de trabalho onde traçamos algumas estratégias de marketing para garantir a ocupação desses voos e vamos somar esforços para que traga bons resultados para o fluxo turístico entre o Pará e os Estados Unidos, envolvendo também outras demandas turísticas a partir dessa conexão direta com a Amazônia”, afirma Adenauer, que no início da tarde também esteve reunido com o vice-presidente Comercial e de Marketing da companhia Avianc, Tarcísio Gargioni, e com a presidente da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), Socorro Costa.
Gargioni, que é um defensor da regionalização dos serviços de aviação, afirmou que a Avianca busca uma nova rota e que tem preferência, no Brasil, pela região Norte, e visualiza o Pará nesse contexto, levando em consideração que hoje cerca de 100 milhões de passageiros são transportados por ano e que o Brasil é o terceiro maior mercado do mundo, depois de EUA e China.
Portugal
Com a consolidação do voo Miami-Belém da TAM e as grandes possibilidades da entrada da Aviança pelo Pará na Amazônia, o Governo do Estado, iniciativa privada e sociedade civil organizada agora concentram esforços para tornar realidade um grande sonho, retomar um voo direto entre Lisboa, em Portugal, e Belém.
Com esse objetivo cerca de 30 representantes da Secretaria de Estado de Turismo do Pará (Setur), Companhia Paraense de Turismo (Paratur), Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) estiveram também reunidos, na tarde desta quinta-feira, 5, no estande do Pará na Feira de Turismo das Américas, com dirigentes da TAP na Europa.
A reunião, coordenada por Adenauer Góes, titular da Setur, e Socorro Costa, presidente da Paratur, contou com a presença de Vitória William, da TAP da Alemanha; Paula Canada e  Rui Lemos, da TAP de Portugal e Araci Coimbra, da TAP na Itália, juntamente com Mário de Carvalho, diretor da TAP no Brasil e Luiz Mór, vice-presidente Executivo da TAP. Também participaram da reunião representantes da Master, operadora que já trabalha pacotes turísticos que ligam o Pará a países europeus, principalmente Portugal.
Na ocasião, Adenauer Góes e Socorro Costa apresentaram um vídeo institucional de promoção do destino Pará em que a cantora Fafá de Belém mostra os valores do turismo paraense, marcado pela originalidade, criatividade, autenticidade, sustentabilidade e diversidade. Cultura, natureza, sol e praia, eventos e negócios são os segmentos mais fortes no Pará, considerado a "Obra-Prima da Amazônia" e que tem na gastronomia, artesanato e no Círio de Nazaré, alguns dos seus mais importantes apelos turísticos.
“A reunião, que teve como surpresa aos nossos convidados portugueses a participação da cantora Fafá de Belém, foi muito produtiva e nossas expectativas aumentam ainda mais no sentido de termos o voo direto da Europa para a Amazônia, saindo de Manaus ou preferencialmente do Pará”, concluiu Adenauer Góes.
Tanto os dirigentes da TAP na Alemanha e na Itália quanto Mário de Carvalho, diretor da TAP no Brasil e Luiz Mór, vice-presidente Executivo da TAP, deixaram a reunião muito satisfeitos com a apresentação e acreditam que há grandes possibilidades da TAP entrar nesse mercado do Norte do Brasil.
Após a reunião, os portugueses foram brindados com uma degustação de comidas típicas do Pará e um show especial da cantora Fafá de Belém, que em seu repertório cantou hinos inspirados em Nossa Senhora de Nazaré e no Círio, carimbó e também fados, que a consagraram em Portugal e na Europa.
“Convido a cada um de vocês para ir a Belém no segundo domingo de outubro. Ela vai estar lá, Nazinha, Nazica, Nazaré”, disse Fafá, convidando as agentes de viagens, operadores e outros que prestigiaram seu show no palco do Ministério do Turismo a conhecer o Pará no próximo mês, quando Belém deve receber cerca de 75 mil turistas e mais de 2 milhões de romeiros para o Círio, maior evento turístico religioso do Brasil.
A participação do Pará na Abav 2013 - 41ª Feira de Turismo das Américas, que começou no último dia 4, no Anhembi, segue até domingo dia 8. Além da exposição de joias, apresentação de danças típicas e mostra gastronômica, o estande do Governo do Estado recebe cerca de 50 profissionais de vários segmentos do turismo paraense, que somam com a equipe de Marketing da Paratur estratégias de promoção, divulgação e comercialização de produtos das seis regiões turísticas: Belém, Marajó, Tapajós, Amazônia Atlântica, Araguaia Tocantins e Xingu.
Socorro Costa, presidente da Paratur, afirma que esta é uma das mais fortes participações do Pará no calendário de feiras nacionais em 2013. “Esta união de esforços entre empresários, Governo do Estado e as entidades, entre elas a Abav, nos coloca em posição privilegiada na captação de turistas ao Pará”, garante Socorro, ao afirmar que nos três primeiros dias da feira já foram firmados muitos acordos também com agentes de viagens, operadores e veículos de comunicação especializados em turismo, tendo o Pará como roteiro.

Texto:
Benigna Soares-Paratur


Comitiva do Governo se reúne com produtores rurais em Palestina do Pará
O secretário Estadual de Pesca e Aquicultura, André Pontes, participou, nesta quinta-feira, 5, de uma reunião com produtores rurais da comunidade de Patrimônio Beira Rio, no município de Palestina do Pará, no sudeste do Estado.Ele integra uma comitiva formada por representantes da Sepaq, Secretaria de Turismo, Emater, Adepará e a deputada estadual Tetê Santos. Todos os órgãos são ligados à Secretaria Estadual de Produção. Eles discutiram a implantação de ações para o desenvolvimento econômico da comunidade.
Os representantes do Governo ouviram os anseios dos produtores locais, como Francisco da Costa, que tem interesse pela piscicultura. Ele acredita que isso vai ajudar a melhorar a condição de vida das famílias e ficou feliz com a iniciativa do Governo do Estado de ouvir as comunidades. “É a primeira vez que vemos pessoas interessadas em ajudar a nossa comunidade e agora temos certeza que vamos pra frente com o apoio para aumentar a nossa produção”, disse Francisco. A comitiva deve percorrer outras comunidades do município nesta sexta-feira.


V Encontro de Cordas da Amazônia será aberto na segunda-feira
Começa nesta segunda-feira (9) e vai até o dia 15 de setembro, o V Encontro de Cordas da Amazônia. O evento é uma promoção do Governo do Estado, por meio da Fundação Carlos Gomes, e tem como objetivo o desenvolvimento de atividades pedagógicas e artísticas direcionadas a alunos e professores de música, assim como a difusão do ensino da música para a comunidade em geral.
O encontro irá reunir em Belém seis professores convidados, oriundos de instituições de ensino de música no país, que vão ministrar master classes nos seguintes instrumentos: violino, viola, violoncello e contrabaixo. Os convidados também farão palestras e participarão de recitais e concertos que serão realizados durante a semana do evento.
No encerramento do encontro, todos os participantes integrarão a Orquestra do V Encontro de Cordas, que se apresentará num grande concerto, no domingo (15), às 19h, na Igreja de Santo Alexandre.
Entre os convidados desta quinta edição do evento estão o violinista alemão radicado no Brasil Erich Lehninger, responsável pela formação de duas gerações de músicos desse instrumento no país. Virão também a Belém os violoncelistas Alceu Reis, primeiro violoncelo da Orquestra Sinfônica Brasileira; Kayami Satomi, diretor artístico da Orquestra de Violoncelos do Triângulo Mineiro, e três integrantes da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP), o músico Alexandre Razera, primeiro violista da Osesp, a contrabaixista Ana Valéria Poles e o violinista italiano radicado no Brasil Emmanuelle Baldini, spalla da Osesp. Além deles, outro convidado é o violinista Abner Landim, da Orquestra Solistas de Tel-Aviv.
A abertura do V Encontro de Cordas da Amazônia será na próxima segunda-feira (9), com a apresentação da Orquestra Sinfônica da Fundação Carlos Gomes, que terá a regência do professor do Instituto Estadual Carlos Gomes (IECG), Rodrigo Santana. A apresentação será às 19h, na sala Ettore Bosio, no prédio do IECG, que fica na Gentil Bittencourt.
Toda a programação tem entrada franca. Confira a data e os horários dos recitas.
Programação V Encontro de Cordas da Amazônia:
Concerto de Abertura - Orquestra Jovem da FCG
Regente: Rodrido Santana
Data: 9 de setembro
Hora: 19h
Local: Ettore Bosio
Entrada Franca
Quarta (11/09) – Recital com Alunos do Bacharelado
Hora: 19h
Local: Igreja de Santo Alexandre
Entrada Franca
Quinta (12/09) - Concerto com Professores Convidados
Hora: 19h
Local: Igreja de Santo Alexandre
Entrada Franca
Sexta (13/09) – Concerto Orquestra de Cordas da Emufpa
Regente: Miguel Campos Neto
Hora: 18h
Local: sala Ettore Bosio
Entrada Franca
Sábado (14/09) – Concerto Orquestra de Violinos do Projeto Vale Música
Solista: Emmanuelle Baldini
Hora: 18h
Local: Ettore Bosio
Entrada Franca
Domingo (15/09) – Concerto de Encerramento
Orquestra do V Encontro de Cordas
Hora: 19h
Local: Igreja de Santo Alexandre
Entrada Franca

Texto:
Rosa Cardoso-FCG


Concurso da Sefa tem pouco mais de 9.500 inscritos
Pouco mais de 9.500 pessoas se inscreveram para participar do concurso para admissão de servidores da Carreira da Administração Tributária (CAT) da Secretaria da Fazenda (Sefa) do Pará. Um total de 4.901 candidatos estão inscritos para o cargo de auditor fiscal de receitas e outros 4.625 para fiscal de receitas.
Belém obteve a maioria das inscrições como local da realização das provas. Para o cargo de auditor fiscal, 3.328 pessoas vão realizar provas na capital. Em segundo lugar vem Marabá, com 646 inscrições e, em terceiro, Redenção, com 407 inscritos. Santarém teve 332 inscrições e Altamira 188. Para o cargo de fiscal 3.355 inscritos vão fazer prova em Belém, 563 em Marabá, 339 em Redenção, 219 em Santarém e 149 em Altamira.
As provas serão realizadas nos dias 28 e 29 de setembro. O certame vai selecionar 100 auditores e 100 fiscais de receitas. O último concurso para auditor foi realizado em 2002.
Serão três provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, compreendendo Conhecimentos Gerais com 80 questões; Conhecimentos Básicos com 60 questões e Conhecimentos Específicos, com 60 questões. As provas ocorrerão em Altamira, Belém, Marabá, Redenção e Santarém. Do total das vagas ofertadas em cada cargo, 5% serão reservadas às Pessoas com Deficiência. Os candidatos podem acompanhar as informações acessando o site da Uepa,  http://paginas.uepa.br/concursos.

Texto:
Ana Márcia Pantoja-Sefa


Programa Navegapará renova acordos de infocentros
A Coordenação de Infocentros do programa Navegapará, da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), continua com o processo de renovação dos acordos de funcionamento dos espaços públicos de inclusão digital, conhecidos como “infocentros”. Ao todo, 81 espaços estão com a documentação pendente e têm até o final do mês de outubro para regularizarem sua situação.
A Secti já enviou notificações aos Conselhos Gestores destes infocentros para que as entidades atualizem sua documentação junto à secretaria. O objetivo é manter as parcerias. A penalidade para quem não enviar a documentação dentro do prazo determinado é o recolhimento, por parte do Governo do Estado, dos equipamentos e móveis cedidos em comodato.
“Nosso esforço para que as entidades responsáveis por infocentros renovem seus acordos vai ao encontro dos nossos objetivos de contribuir para que os espaços já existentes funcionem com maior qualidade e, assim, possamos expandir o programa de forma responsável”, justifica Valéria Sousa, da Coordenação de Infocentro da Secti.
O  Infocentro ONG Cidadania, de Rondon do Pará, é um dos que já renovou seu acordo com o Navegapará e continuará prestando atendimento à comunidade. “Renovamos o acordo, pois temos todo o interesse em manter nosso infocentro aberto e atendendo bem a nossa população”, ressalta Wilson Costa, um dos gestores do espaço.
Segundo ele, em seu município uma internet paga chega a custar, em média, R$ 300,00 por mês. “Pela parceria, o governo estadual paga nossa energia, nos ajuda na manutenção dos computadores e nos fornece gratuitamente o link de internet. Se fossemos pagar pela internet, não teríamos condições de manter nosso espaço, já que somos uma ONG que trabalha com pouquíssimos recursos e dependemos mais da boa vontade e esforço de todos”, destaca. Em dois anos, o Infocentro ONG Cidadania já capacitou 417 usuários, entre crianças e adultos.
Destinados a atender o cidadão de baixa renda, os infocentros são espaços equipados com mobiliários, computadores e internet, visando o acesso livre sob orientação de instrutores e realização de cursos e oficinas. A base é a utilização de software livre, por meio do sistema operacional Linux. Eles são geridos por instituições de diversas naturezas, tais como associações de moradores, colônias de pescadores, igrejas, escolas, organizações não-governamentais e outros. Atualmente, existem 175 infocentros em funcionamento em todo o estado.
Para manter plenamente as atividades dos infocentros, os gestores dos espaços podem enviar a documentação para o endereço da Secti, à avenida Presidente Vargas, 1.020. Campina. CEP 66017-000. Belém-Pará. No site www.secti.pa.gov.br também é possível encontrar as entidades que foram notificadas com pendência de documentação. Mais informações pelos telefones (91) 4009-2504/4009-2567 ou pelo e-mail navegaparainfocentro@gmail.com.

Texto:
Ana Carolina Pimenta-Secti


Corpo de Bombeiros participa com cerca de 300 homens do desfile de 7 de Setembro
O Corpo de Bombeiros Militar do Pará participa das comemorações de 7 de Setembro este ano com cerca de 300 militares no tradicional desfile que ocorrerá na avenida Presidente Vargas, em Belém.
O treinamento da tropa para o desfile foi realizado no quartel do Comando Geral do CBMPA, à avenida Júlio César, em Val-de-Cans, nos dias 3, 4 e 5, e teve a finalidade de estabelecer tarefas e procedimentos básicos quanto à participação da corporação no desfile alusivo ao aniversário da Independência do Brasil, cuja coordenação, neste ano, será de responsabilidade da Força Aérea Brasileira (FAB), a quem caberá o comando do desfile.
O Corpo de Bombeiros participará do evento com homens distribuídos em cinco companhias, sendo quatro compostas por um efetivo de 60 militares cada, e a motorizada, além da banda de música, guarda bandeira e o estado maior do desfile.
A companhia motorizada será composta por 23 veículos e lanchas da corporação, como motos de atendimento pré-hospitalar, motos de atendimento de incêndio, unidades de resgate (ambulâncias), veículos de incêndio (auto bomba tanque – ABT), veículos de salvamento (auto busca e salvamento - ABS), lanchas de resgate, auto escada mecânica, dentre outros.
As companhias do grupamento dos bombeiros estarão representando as unidades militares dos quartéis da Região Metropolitana de Belém, incluindo o Centro de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças “Major Henrique Rubim” e o 1º Grupamento de Busca e Salvamento. A tropa do CBMPA, no desfile comemorativo pelos 191 anos da Independência do Brasil, será comandada pelo tenente-coronel Aristides Furtado.

Texto:
Carlos Reis-CBM


Polícia deflagra operação "Efeito Dominó" no Pará
A Polícia Civil do Estado do Pará deflagrou, no início da manhã desta sexta-feira, 6, a operação “Efeito Dominó”, com o objetivo de desmantelar organizações criminosas que exploram ilegalmente os jogos de azar. Neste momento, cerca de 300 policiais civis e miliatres participam da ação.
As equipes, que contam com a colaboração do Ministério Público Estadual, estão espalhadas em diversos pontos da capital e do interior, cumprindo mandados de busca e apreensão e de prisões preventivas e temporárias. Dezenove pessoas envolvidas com jogo de bicho foram presas até agora.
Também foram apreendidas quantias em dinheiro, máquinas de jogos e diversos documentos. Somente em um dos pontos vasculhados pelos policiais na capital paraense foram encontrados R$ 180 mil. O resultado da operação está sendo apresentado pelo delegado geral Rillmar Firmino, em entrevista coletiva, na sede da Delegacia Geral, em Belém.
Por volta das 6 horas, um dos primeiros alvos da polícia foi a sede administrativa e finaceira da banca de bicho Parazão, uma das mais ativas no Pará, que funcionava em uma casa de três andares localizada na rua Cipriano Santos, no bairro de Canudos. Lá, os policais recolheram diversos tipos de documentos. Um deles, inclusive, revelava que a arrecadação diária do grupo girava e torno de R$ 1 milhão. “Com o pagamento dos prêmios, o lucro líquido deles ficava entre R$ 100 a R$ 200 mil por dia”, informou o promotor Milton Menezes, que acompanhava o caso.
Outros materiais encontrados, como celulares, discos rígidos de computadores, comprovantes de movimentação e nomes de pessoas envolvidas na atividade também foram coletados. “Todo esse material será recolhido e levado para a Delegacia Geral. Alguns também serão levados para o Centro de Perícias Renato Chaves. Ao mesmo tempo, nós já vamos incluí-los no inquérito policial”, explicou o delegado Ricardo Caçapietra, que comandava a equipe. Assim que chegaram ao local, três homens foram identificados pela equipe, dois deles responsáveis pela limpeza e outro pela vigilância do local. Todos foram liberados.
Na passagem Tabajara, entre a Alcindo Cacela e a Padre Eutíquio, a equipe comandada pelo delegado Marcos Mileo, vasculhou uma casa de jogos. No local foram apreendidas diversas máquinas caça níquel e mesas de jogos, além de documentos. Em outro estabelecimento, de médio porte, na rua Veiga Cabral, onde funcionava a sede da banca Bonanza, a equipe polical recolheu uma grade quantidade de “pólices” em branco. “Apesar do local estar vazio quando chegamos, a quantidade desses boletos comprovam que eles tinham uma atuação signifitiva na cidade”, obsevou o delegado Marcos Mileo, reposnsável pela busca.
Segundo o delegado Rilmar Firmino, os bicheiros do Pará, assim como acontece na Bahia e no Rio de Janeiro, usufruiam de um sofisticado sistema, que além das apostas, permitia a venda de recargas de celular. “Essa tecnologia das máquinas é fornecida por empresas baianas, que possibilitam a aposta e a venda”, detalha.
Algumas das empresas investigadas teriam ligação com o modus operandi do bicheiro Carlinhos Cachoeira e também foram alvo da operação “Dedo de Deus”, conduzida pela Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro no ano de 2011 e da operação “Aposta”, conduzida pela Polícia Federal no ano de 2007. A operação também acontece nos Estados do Rio de Janeiro e da Bahia, com apoio das Secretarias de Segurança Públicas dos dois Estados. Na Bahia duas pessoas já foram presas.

Texto:
Amanda Engelke-Secom


Tampas de esgoto da Doca estão sendo niveladas com o asfalto na Doca
Uma parceria entre a Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) e a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) está realizando, desde a segunda-feira,  2, um serviço de rebaixamento das 14 tampas de esgoto da avenida Visconde de Souza Franco, no bairro do Reduto, em Belém. O trabalho tem o objetivo de melhorar o nível do asfalto. As tampas cobrem os chamados "PVs" (pontos de visitas), usados para a manutenção da rede de esgoto.
Para evitar transtornos no trânsito, a Cosanpa sinalizou as intervenções feitas na avenida. A previsão é que o serviço fique pronto no próximo domingo, 8, para então ser feito pela Sesan o revestimento asfáltico necessário em alguns trechos da avenida. Já na próxima segunda, 10, a Sesan começa o revestimento na Doca entre a travessa Boaventura da Silva e a Senador Lemos.


Polícia Civil prende acusada de se passar por policial para aplicar golpes
A Polícia Civil prendeu, na noite desta quinta-feira, 5, Márcia Regina Paes Aranha, 39 anos, acusada de se identificar como policial civil para ganhar confiança de vendedores e aplicar golpes em Belém. Ela foi autuada em flagrante por estelionato e falsa identidade, na sede da Divisão de Investigações e Operações Especiais (Dioe).
Duas vítimas compareceram na unidade policial para prestar depoimento. Com a acusada, diversos produtos, como bijuterias, roupas e bolsas femininas, que haviam sido comprados das vítimas e foram recuperados.
O delegado Neyvaldo Silva, titular da Dioe, informou que Márcia se identificou para as vítimas como policial civil. Para uma delas, disse que era investigadora. Para a outra, que seria da Divisão Técnica da Diretoria de Identificação. O ardil usado pela acusada era para ganhar a confiança das vendedoras. Após fechar a compra dos produtos, ela desaparecia deixando prejuízos às vítimas.
Nos dois casos, o golpe rendeu cerca de R$ 500. Após ser presa, enquanto tentava fazer uma nova vítima, a acusada levou a equipe de policiais civis até sua casa, no bairro da Pedreira, onde mais produtos adquiridos ilegalmente foram recuperados e levados para a Dioe. As vítimas reconheceram os objetos. Entre as apreensões, havia um caderno de anotações com dados de outras possíveis compras ilícitas. O procedimento foi presidido pelo delegado Aurélio Paiva. A acusada permanecerá presa à disposição da Justiça.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil



Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...