Total de visualizações de página

terça-feira, janeiro 08, 2013

Notícias desta terça-feira, dia 8 de janeiro









Seter abre vagas para cursos profissionalizantes em Belém
A Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), abriu, nesta terça-feira (8), as inscrições para novos cursos de Almoxarifado, Reposição de Mercadorias e Produção e Promoção de Eventos. São 60 vagas disponíveis, sendo 20 para cada curso. Segundo a coordenadora de Planejamento, Projeto e Pesquisa da Seter, Patrícia Lima, ao longo do semestre, novos cursos serão abertos para atender a demanda, todos gratuitos. Os interessados deverão efetuar a inscrição no Núcleo de Qualificação, localizado na Assis de Vasconcelos, n° 392, entre Aristides Lobo e Ó de Almeida.
Pela manhã a procura pelos cursos foi grande. Formado em Segurança do Trabalho, Messias Trindade, de 29 anos, efetuou sua inscrição no curso de Almoxarifado. “Estou desempregado e correndo atrás de uma oportunidade. Além de agregar no currículo, acredito que cursos como este são sempre um estímulo a mais, pois podem significar novas oportunidades”, comentou. Messias também realizou seu cadastro no Sistema Nacional de Emprego, através da Casa do Trabalhador. “Soube dos cursos por lá e me interessei pelo de Almoxarifado por estar mais ligado a minha área”, afirmou.
As aulas de outros quatro cursos (Cabeleireira, Operador de Caixa, Contabilidade Básica e Doce e Salgados) serão finalizadas no final deste mês, capacitando 210 alunos. As aulas acontecem no próprio núcleo, diariamente, nos três turnos. Patrícia Lima explica que ao longo do ano novos cursos serão disponibilizados, sobretudo nas áreas de Comércio, Construção Civil e Serviço, apontadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) como de maior crescimento no Estado.
“As turmas abertas hoje (terça-feira) são apenas para Almoxarifado, Reposição de Mercadorias e Produção e Promoção de Eventos, mas é importante frisar que as inscrições são contínuas para todos os cursos. As pessoas podem se inscrever em outros cursos. A pessoa qualificada tem mais chance de acesso ao mercado de trabalho. Ao longo do ano, com a abertura de novas turmas, os inscritos serão chamados”, ressalta Patrícia Lima.
Balanço
Em 2012, a Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda qualificou mais de 21 mil alunos, com apoio de recursos federais. Foram 80 turmas em convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), a Associação dos Profissionais em Recursos Humanos (APRH), Sindicato dos Metalúrgicos do Pará (Simetal), Instituto Social Pescando Recursos Humanos (Isorh), Sindicato da Indústria da Construção (Sinduscon) e Cooperativa de Serviços dos Professores do Cefet (Coocefet).
De acordo com o balanço feito pelos núcleos de qualificação da secretaria, o governo investiu R$ 295,20 por cada aluno, valor que somado aos recursos extras sobe para cerca de R$ 700 por aluno. No ano anterior, os recursos chegaram a R$ 719,62. A meta para este ano é aumentar ainda mais as vagas, com o objetivo de qualificar 30 mil alunos. Além do recorde em qualificação, o Pará bateu recordes de criação de postos de trabalho. Até o mês de dezembro foram 50 mil novos postos gerados.
Serviço:
Os interessados nos cursos de Almoxarifado, Reposição de Mercadorias e Promoção de Eventos, ou ainda em qualquer outro curso de profissionalização devem efetuar seus cadastros no Núcleo de Qualificação, localizado na Assis de Vasconcelos, n° 392, entre Aristides Lobo e Ó de Almeida. Para efetuar a inscrição nas turmas que estão abertas ou no cadastro para cursos futuros, o candidato deverá portar os documentos originais de identidade e CPF (Cadastro de Pessoa Física) e comprovante de residência. Mais informações pelos telefones (91) 3210-2100 e (91) 3194-1700.

Texto:
Amanda Engelke-Secom


Diário Oficial do Estado publica mudanças de cargos na Polícia Civil


A edição desta terça-feira, 8, do Diário Oficial do Estado do Pará traz as portarias de nomeação dos novos delegado-geral e delegado-geral adjunto da Polícia Civil do Pará. Rilmar Firmino de Sousa assume o cargo de delegado-geral em substituição a Nilton Jorge Barreto Atayde, que deixa o cargo, a pedido. Já Nilton Atayde deixa o cargo de delegado-geral em função de ter completado o tempo de aposentadoria, que coincidiu com a chegada ao posto máximo da carreira de delegado da Polícia Civil do Pará: a classe D.
Como delegado-geral, Nilton Atayde avalia como positiva sua administração à frente da instituição, citando alguns avanços ocorridos dentro da corporação, voltados principalmente à melhoria dos serviços prestados à sociedade, como as obras de reforma e construção de cerca de 30 novas Delegacias de Polícia na capital, Região Metropolitana e interior do Estado, e outras 17 novas delegacias cujas obras em andamento; aquisição de novas viaturas, coletes à provas de balas e armas ao efetivo policial; as progressões funcionais de servidores da corporação, que não ocorriam há dez anos; a instituição de novas Delegacias, como a de Proteção ao Idoso e a de Combate a Crimes Discriminatórios e Homofóbicos; e a criação da Diretoria de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAV), que presta atendimento específico a pessoas vítimas de discriminação, mulheres, adolescentes e homoafetivos, entre outros projetos.
O delegado Rilmar Firmino, que exercia a função de delegado-geral adjunto, tem 45 anos e há 12 atua como delegado da Polícia Civil classe B. Ex-militar do Exército Brasileiro e natural do Estado da Paraíba, já esteve à frente de vários cargos relevantes na instituição policial, como o de superintendente das regiões do Baixo e Médio Amazonas e da Zona Bragantina; diretor do Núcleo de Inteligência Policial (NIP) e da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Desenvolveu no período em que foi superintendente da Polícia Civil na região Bragantina, implantou o projeto do treinamento de capacitação em operações policiais, no interior do Estado, em que coordenou a capacitação de dezenas de policiais em ações táticas.
Já o cargo de delegado-geral adjunto passa a ser exercido pela delegada Christiane Ferreira da Silva Lobato, que era a titular da Diretoria de Atendimento aos Grupos Vulneráveis (DAV). Christiane Lobato tem 37 anos, dos quais sete na Polícia Civil. Já atuou em unidades como a Delegacia de Pontas de Pedras, o Grupo de Pronto-Emprego (GPE), a Seccional Urbana do Comércio e a Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA). Recentemente, prestou assessoria às CPIs do Tráfico de Pessoas, em Brasília, e na Assembleia Legislativa do Pará.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil


Posse do novo Delegado Geral da Polícia Civil do Pará
O delegado Rilmar Firmino e a delegada Christiane Lobato assumem nesta quinta-feira, 10, os cargos de delegado-geral e delegada-geral adjunta da Polícia Civil, respectivamente. A cerimônia de posse ocorrerá às 8h30, no auditório da Delegacia Geral da Polícia Civil, em Belém. A mudança na gestão da Polícia Civil ocorre em virtude da aposentadoria do delegado Nilton Atayde, que comandou a instituição entre os anos de 2011 e 2012. O delegado Rilmar Firmino, que assumirá o cargo deixado por Atayde, exercia a função de delegado-geral adjunto. A delegada Christiane Lobato respondia pela diretoria de atendimento a grupos vulneráveis. As alterações foram publicadas na edição desta terça-feira, 8, no Diário Oficial do Estado do Pará.
O delegado Rilmar Firmino tem 45 anos de idade e 12 anos na profissão de delegado da Polícia Civil classe B. Ex-militar do Exército Brasileiro e natural do Estado da Paraíba, Rilmar Firmino já atuou em vários cargos relevantes na instituição policial, como superintendente das regiões do Baixo e Médio Amazonas e da Zona Bragantina; diretor do Núcleo de Inteligência Policial (NIP) e da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO). Desenvolveu no período em que foi superintendente da Polícia Civil na região Bragantina o projeto de treinamento de capacitação em operações policiais para policiais civis, no interior do Estado, em que coordenou a capacitação de dezenas de policiais em ações táticas.
A delegada Christiane Lobato tem 37 anos de idade e 7 anos de carreira na Polícia Civil. Já teve atuações em unidades policiais, como a Delegacia de Pontas de Pedras; Grupo de Pronto-Emprego (GPE); Seccional Urbana do Comércio e Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data). Recentemente, prestou assessoria às CPIs (Comissões Parlamentares de Inquérito) do Tráfico de Pessoas, em Brasília, e na Assembleia Legislativa do Pará.


Pro Paz oferece novos serviços à comunidade da Terra Firme
Foi realizada nesta terça-feira (8), uma reunião com os representantes do Pro Paz, Defensoria Pública do Estado e Secretaria de Justiça e Direitos Humanos. O encontro teve como objetivo discutir a implantação de novos serviços na Unidade Integrada Pro Paz (UIPP), que funciona no Bairro da Terra Firme, em Belém. Entre as novidades está a instalação de um posto fixo de emissão de documentos, onde serão emitidos carteira de Identidade, Carteira de Trabalho, CPF, além de encaminhamento para emissão de Certidão de Nascimento. Os serviços começarão a ser prestados no dia 21 deste mês, no horário de 8 às 12h.
O coordenador do Balcão de Direitos da Defensoria Pública do Estado, Jucemir Siqueira, que vai ficar responsável pela emissão de CPF e encaminhamento para emissão de Certidão de Nascimento, anunciou ainda outro serviço que estará disponiível na UIPP, o de orientação jurídica. “Vamos estender os serviços do Balcão de Direitos para a UIPP e aproveitar a oportunidade para, uma vez na semana, colocar um defensor público à disposição da comunidade, oferecendo orientação jurídica para que o cidadão não precise se deslocar até a Defensoria Pública e, caso seja necessário, abrir um processo judicial”.
A coordenadora do Projeto Cidadania da Secretaria de Justiça do Estado, Carmem Paula, ressalta a importância de se promover cidadania. “A Secretaria de Justiça vai ficar responsável pela emissão da Carteira de Trabalho, um documento de extrema importância, principalmente para os jovens que estão procurando cada vez mais cedo o mercado de trabalho e vamos emitir 20 carteiras por dia”, destacou.
A novidade vai facilitar o acesso da população a serviços básicos e vai permitir que a comunidade tenha seus direitos garantidos. Para a coordenadora da UIPP, Simone Lopes, a iniciativa do Governo do Estado tem como objetivo aproximar a comunidade das ações de cidadania. "Esse atendimento se estenderá ainda às outras UIPPS, que serão inauguradas este ano”.
Serviço:
Os serviços iniciarão no dia 21 de janeiro, na UIPP da Terra Firme - Rua Celso Malcher, esquina com a Passagem Ligação, s/n. O atendimento será de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h.

Texto:
Brena Moreira-Pro Paz


Banpará assina convênio com a Federação Paraense de Futebol
O Banco do Estado do Pará S.A. (Banpará) e a Federação Paraense de Futebol assinarão nesta terça-feira (8), no salão Amazonas do Hotel Sagres, às 19h30, o termo de compromisso que garante a concessão de patrocínio esportivo aos clubes da 1ª divisão do Campeonato Paraense durante o ano de 2013. Paysandu Sport Club, Clube do Remo, Tuna Luso Brasileira, Águia de Marabá Futebol Clube, Santa Cruz de Salinas, Paragominas Futebol Clube, São Francisco Futebol Clube e Cametá Esporte Clube farão parte da lista dos contemplados com o convênio. O incentivo tem como objetivo proporcionar a melhoria da infraestrutura dos clubes e das condições de treinamento dos atletas, que assim poderão ter melhores resultados nos campeonatos de 2013.


Regimento do Conselho da APA do Combu é publicado no Diário Oficial
Foi publicado nesta terça-feira, 8, no Diário Oficial do Estado (DOE), o Regimento Interno do Conselho da Área de Proteção Ambiental da Ilha do Combu, aprovado em reunião ordinária ocorrida no final de 2012. No documento, fica instituído o órgão de apoio à gestão ambiental da respectiva Unidade de Conservação da Natureza, dotado de caráter deliberativo, composto por 16 membros, que têm como fundamentos: a conservação dos recursos ambientais; a educação ambiental; a gestão participativa dos recursos ambientais.
A sede executiva do Conselho funcionará na APA da Ilha do Combu, localizada no município de Belém, mas, a critério do presidente, qualquer instituição membro que disponha da infraestrutura necessária poderá sediar suas reuniões. Os objetivos do Conselho Deliberativo da APA da Ilha do Combu são dar apoio à gestão ambiental da Unidade; garantir a gestão e o planejamento integrados e participativos da APA da Ilha do Combu, de forma propositiva, envolvendo os diversos grupos da sociedade civil organizada e do poder público; contribuir para o aperfeiçoamento da gestão participativa das demais Unidades de Conservação, no que couber, nos níveis federal, estadual e municipal; contribuir para a definição e implantação de uma política pública ambiental que possa garantir o desenvolvimento da sociedade e a conservação dos recursos naturais, valorizando a diversidade cultural; e consolidar a educação ambiental perante a população residente, do entorno e usuária da unidade.


Cine Líbero Luxardo reabre as portas no aniversário de Belém
Os cinéfilos da cidade já têm programação cultural garantida no aniversário de 397 anos de Belém, no próximo dia 12 de janeiro, com a reinauguração do Cine Teatro Líbero Luxardo. A reabertura da sala de cinema será marcada por uma mostra de filmes do diretor paraense Roger Elarrat, a partir das 19h, além de um bate-papo com o cineasta. A entrada é franca.
No sábado, 12, serão exibidos os filmes “Vernissage...” (2006), “Visagem!” (2006), “Chupa-chupa: a história que veio do céu” (2007) e “Juliana contra o Jambeiro do Diabo pelo coração de João Batista” (2012). No domingo, 13, o público vai poder conferir “Miguel Miguel” (2010) e a reapresentação de “Juliana contra o Jambeiro do Diabo pelo coração de João Batista”.
A abertura da mostra também terá um bate-papo com Roger Elarrat, no sábado, 12, às 19h, que falará sobre o processo de produção dos seus filmes e da diversidade de gêneros, suportes, dos meios de finalização e de produção empregados na realização dos seus filmes.
O jornalista Roger Elarrat nasceu em Belém e atua no campo da produção audiovisual desde 2000, quando começou como assistente de direção e diretor de 2ª unidade em curtas-metragens paraenses. Atualmente trabalha como diretor de Projetos Especiais na TV Cultura do Pará.
Um dos destaques da mostra é o filme “Juliana contra o Jambeiro do Diabo pelo coração de João Batista” (2012), que será apresentado em película 35 mm e teve lançamento mundial no Festival de Cannes, em 2012. A obra recebeu prêmio de Melhor Curta pelo Júri Popular no Amazônia Doc 4, em Belém, sendo financiada com recursos do Ministério da Cultura, com co-patrocínio do Banco da Amazônia.
Reforma - Com a mostra de filmes, o Cine Líbero Luxardo dá início a uma nova fase, marcada por melhorias estruturais para o público freqüentador. O espaço ganhou um novo sistema de refrigeração, revisão geral do telhado, implantação de um piso acústico (ao invés do piso antigo, de carpete), reforma do palco, reforma das poltronas, pintura e revisão na parte elétrica. O setor administrativo do Cine Líbero Luxardo também ganhou um novo piso e um novo sistema de refrigeração.
Serviço: Reinauguração do Cine Teatro Líbero Luxardo com mostra de filmes do diretor paraense Roger Elarrat, no sábado, 12, e domingo, 13, sempre a partir das 19h, e bate-papo com o cineasta. Entrada franca. Mais informações: (91) 3202-4321.

Texto:
Luiz Flávio-FCPTN


Declaração anual e carnê do Micro empreendedor já estão disponíveis
A Secretaria Executiva do Comitê Gestor do Simples Nacional informa que a Declaração Anual de informações do Empreendedor Individual já está disponível na internet para preenchimento, assim como o carnê de pagamento dos valores devidos, referentes a 2013, a partir do dia 7 de janeiro. Os contribuintes do tipo Empreendedor Individual (MEI) que estavam ativos em 2012 devem entregar a declaração, que é preenchida diretamente na página do Simples Nacional (http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional). O coordenador de Micro e Pequenas Empresas da Secretaria da Fazenda, Carlos Alberto Rodrigues Junior, lembra que os contribuintes devem ter cuidado para não utilizarem a DASN-SIMEI de Situação Especial, que se destinada apenas às situações de baixa.


Belém da Memória: exposição conta a história da capital paraense
Em tempos de comemorações pelos 397 anos de Belém, os visitantes da Estação das Docas ganham um presente. Trata-se da exposição "Belém da Memória", que mostrará através de 35 imagens e textos, a história da capital paraense. A mostra abre no dia 12 de janeiro, a partir das 10h, no Armazém 2, do complexo turístico. O projeto Belém da Memória foi implantado em 1999, pelo Núcleo Cultural Casa da Memória, da Universidade da Amazônia (Unama), a partir da idealização dos professores Paulo Nunes e Josse Fares.
Ele abriu, para a cidade, um espaço que não é apenas de saudade, possibilitando uma visão ampliada da realidade em que se vive e, ao mesmo tempo, pensar que ainda dá para preservar as belezas que o passado construiu. “O olhar do arquiteto José Fernandes Neto, aliado a textos, mostram a cidade na década de 1970. O objetivo da exposição é criar uma referência estética e poética do patrimônio histórico de Belém, contribuindo para a preservação da nossa cultura”, destaca a coordenadora da Casa da Memória, Jonise Nunes.
A Estação das Docas, durante todo o ano, promove ações que fomentam a cultura paraense. Pensando em homenagear a cidade pelos seus 397 anos, foi apresentado à Organização Social Pará 2000, que administra o complexo turístico, o projeto Belém da Memória. “Não hesitamos em abraçá-lo. Vemos a exposição como uma viagem ao passado, para entender o presente e projetar o futuro da cidade que desejamos. Com esse intuito, a realizamos para mostrar aos visitantes a nossa história”, conta a gerente de Marketing da OS Pará 2000, Isa Arnour.
A exposição Belém da Memória é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) por meio da Organização Social Pará 2000, em parceria com o Núcleo Cultural Casa da Memória, da Universidade da Amazônia (Unama). Informações: www.estacaodasdocas.com.br.
Serviço:
“Exposição Belém da Memória”. Visitação de 12 de janeiro até o dia 28 de fevereiro, das 10h às 22h, no armazém 2, na Estação das Docas (Av. Boulevard Castilhos França, s/nº - Campina). Informações: (91) 3212.5660. Entrada gratuita.

Texto:
Camila Barros-Pará 2000


Show de Liah Soares marca o aniversário de Belém no Theatro da Paz
A paraense de Tucuruí que encantou o país com sua bela voz, Liah Soares, estará em Belém para cantar, pela primeira vez, no Theatro da Paz. O dia é especial, 12 de janeiro, data em que a cidade estará completando seus 397 anos. A apresentação única faz parte da programação da Secretaria de Cultura do Estado (Secult) em homenagem à capital paraense.Tudo a partir das 20h, com entrada franca, no Theatro da Paz. Os ingressos serão distribuídos no dia da apresentação, a partir das 9h, na bilheteria do teatro.
O repertório do show "Liah Soares - Um presente para Belém" terá canções próprias e outras mais especiais para homenagear a capital paraense. A cantora será acompanhada por músicos como Luiz Pardal, Alcyr Meireles, Paulinho Assunção e Jacinto Kahwage, e ainda o multi-instrumentista carioca Julio Raposo. Liah Soares já vinha conquistando sucesso antes de participar do reality show musical The Voice Brasil e suas músicas já vêm fazendo parte de trilhas sonoras de novelas e programas da Rede Globo, como a de seu segundo disco, “Perdas e Ganhos”, que fez parte da trilha de Malhação.
Morando atualmente no Rio de Janeiro, ela vive uma nova experiência de intercâmbio cultural, como cantora, compositora e musicista. Mais recentemente participou de algumas coletâneas de discos (Elas cantam Paul McCartney, Elas cantam Roberto Carlos, Tributo a Cazuza) e já se apresentou ao lado de Maria Gadú, se firmando no cenário musical brasileiro. O novo álbum, Quatro Cantos, que saiu pela Som Livre, está esgotado, aguardando nova remessa. No The Voice Brasil, Liah conquistou o respeito e admiração de grandes músicos como Lulu Santos, Claudia Leitte, Carlinhos Brown e o cantor Daniel.
Nascida no interior do Pará, desde criança Liah já revelava seu talento. Acostumada a ouvir de Luiz Gonzaga a Cartola, ela já soltava a voz na paróquia da pequena cidade de Tucuruí. Aos 11 anos de idade, foi presenteada pelo pai com um violão e, com ele, surgia a compositora que logo criou uma canção, ficando entre as 24 melhores músicas de um expressivo festival de Música Popular Brasileira no Pará.  Mais de 3000 músicas foram inscritas.
Foi sua primeira experiência de palco para um grande público. Quando acabou de cantar e ouviu o último aplauso, Liah teve certeza que nascera para aquilo. Em 1994, ela seguiu para a casa dos tios em Santa Catarina. No Sul, estudou violão clássico, tocou em bandas, bateu ponto em vários barzinhos e participou de mais festivais de música. “Foi uma época muito importante pra minha formação. Tive contato e conheci vários estilos musicais, não só a obra de grandes compositores e intérpretes brasileiros, como também artistas internacionais que passei a admirar”, conta.
Quando lançou seu primeiro disco em 2004, Liah já era uma compositora de sucesso. Sua habilidade em escrever melodias interessantes e surpreendentes já havia chamado a atenção de muitos artistas e críticos do meio musical, tornando-a uma unanimidade entre os que a ouviam. Suas composições chegavam aos artistas através de “demos”, que ela mesma gravava, e sua voz despertava em todos a curiosidade em saber quem era aquela menina tão talentosa, que cantava, compunha e tocava tão intuitivamente. Assim também surgiu o primeiro contrato com uma grande gravadora.
Liah já está em Belém onde cumpre uma extensa jornada de ensaios, preparando-se para o show, que terá duração de 1h e meia e que promete ser uma das grandes atrações que a cidade receberá como presente em 2013.
Serviço:
Show Liah Soares – Um Presente para Belém. Dia 12 de janeiro, às 20h, no Theatro da Paz, com entrada franca. Ingressos com distribuição neste sábado, 12, a partir das 9h, na bilheteria do teatro. Realização: Secretaria de Cultura do Estado (Secult).

Texto:
Luciana Medeiros-Theatro da Paz








IPVA para finais de placa 01 a 31 tem desconto até a próxima terça (8)


A próxima terça-feira (8) é o último dia de descontos do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para os donos de carros com finais de placas 01 a  31, embora a data do licenciamento destes veículos, junto ao Departamento de Trânsito do Estado (Detran), seja 8 de março.
Somente o pagamento integral do IPVA dois meses antes do prazo final do licenciamento, para veículos sem multas de trânsito, garante o benefício do IPVA Cidadão. Os descontos são de 15% do valor do imposto para quem está há dois anos sem multa; de 10% para quem não recebeu penalidades ano passado; e de 5% nas demais situações. O desconto não é cumulativo.
O dono de veículo tem ainda a opção de antecipar o pagamento do IPVA em três parcelas, sem desconto. “Caso o contribuinte receba a notificação de multas pelos órgãos competentes, referente aos exercícios 2011 ou 20122, após o recolhimento em cota única com desconto, ele perderá o benefício, o que acarretará o retorno do valor na conta corrente do IPVA”, explica a coordenadora do IPVA, Irene Raiol. Nesse caso, segundo ela, é preciso dirigir-se à Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), para fazer o recolhimento do débito.
No site da Sefa, www.sefa.pa.gov.br, é possível consultar as datas e valores e optar pelo pagamento integral ou parcelado do IPVA, além de emitir o Documento de Arrecadação Estadual (DAE), no Portal de Serviços, item IPVA Antecipação. O pagamento do DAE é feito na rede bancária autorizada e casas lotéricas. Quando não há antecipação do recolhimento do imposto, o IPVA é pago junto com o boleto de licenciamento anual do Detran.
Parcelamento – Quem tem débitos vencidos até 2012, pode parcelar o IPVA em até oito vezes. Esse limite pode ser estendido até o máximo de 36 parcelas, após análise econômico-financeira e a critério do titular da Sefa. Basta formalizar o pedido junto à Coordenação Especial de Administração Tributária do IPVA e ao ITCD na região metropolitana de  Belém. No interior do Estado, a solicitação deve ser feita nas Coordenadorias Regionais de Administração Tributária e Não Tributária (Cerat).
Para maiores informações, basta telefonar para o call center Sefa, 0800-7255533, ou acessar o site da Sefa, área do manual de atendimento.
O IPVA no Pará, em 2013, para carros usados, terá uma queda média de 10,5% em relação aos valores do ano anterior. Para os veículos populares nacionais, a redução média será de 13,9%. Para as motocicletas nacionais, o valor médio da redução será de 3,2% e para caminhões, a média da queda dos valores será de 11,1%, em relação aos valores cobrados em 2012.
O  preço médio dos automóveis é apurado anualmente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que faz a pesquisa do valor venal por marca/ modelo. Segundo estudo da fundação, o valor  dos veículos fabricados entre 1983 e 2011 caiu, em média, 10,5% entre 2011 e 2012.

Texto:


Banpará convoca aprovados em concurso em Belém e no interior
O Banco do Estado do Pará (Banpará) está convocando os aprovados no concurso n° 1/ 2012. O Diário Oficial do Estado publicou nesta segunda-feira (7) a lista de candidatos que devem comparecer ao órgão para tratar da contração. Por enquanto, serão chamados os aprovados para os cargos de técnico bancário (nível médio) e técnico superior engenheiro agrônomo (nível superior).
No total, foram preenchidas 15 vagas em todo o Estado. Os candidatos devem se apresentar nas agências de Afuá, Alenquer, Anapu, Bragança, Belém, Concórdia do Pará, Dom Eliseu, Monte Alegre e Viseu. O concurso também ofertou vagas para os cargos médico do trabalho e engenheiro eletricista com especialização em segurança do trabalho.
O professor de conhecimentos bancários Rômulo Gouveia da Trindade foi o oitavo colocado no concurso em Belém e deve assumir o cargo de técnico bancário nesta quinta-feira (10). “Passei para dois concursos, Banco da Amazônia e Banpará, mas vou optar por ficar em Belém. Dentro de cinco dias estou levando toda a documentação necessária para a contratação. É importante juntar tudo com antecedência para apresentar no prazo estipulado”, diz.
Rômulo Gouveia começou os estudos em maio do ano passado. “Já fui bancário e agora trabalho com professor. Fui dando aula e ao mesmo tempo estudando para o concurso. Não é algo difícil, mas você tem de estudar. Eu me preparei razoavelmente para essa prova, e graças ao meu esforço, consegui”, comenta ele, que se prepara para os concursos dos bancos Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Central (Bacen).
Confira no site da Agência Pará a relação de candidatos convocados e dos documentos que devem ser apresentados para a contratação.

Texto:
Pablo Almeida-Secom



Defesa Civil do Estado começa a capacitar municípios do interior


A Defesa Civil Estadual começa a visitar nesta quarta-feira (9) as diferentes mesorregiões do Pará para iniciar a capacitação das equipes municipais no atendimento durante o período do inverno amazônico, quando enchentes e enxurradas costumam causar muitos danos à população. Marajó, Baixo Amazonas e o sul do Estado são as primeiras regiões a receberem os técnicos.
Segundo o tenente-coronel José Augusto Almeida, coordenador adjunto da Defesa Civil do Estado, essa etapa do trabalho é importante porque, a partir de agora, novos gestores estão assumindo as prefeituras. Além disso, recentemente, houve mudanças no processo de decretação da situação de emergência ou de calamidade pública, quando os municípios reconhecem ter esgotado todas as possibilidades de socorro a vítimas de desastres – em caso das enchentes e enxurradas, por exemplo – e pedem auxílio aos Estados e à União.
“Os agentes municipais precisam estar preparados não só para as exigências inerentes à decretação do estado de emergência como para as ações de socorro propriamente ditas”, alerta o coordenador. Entre as mudanças previstas pela Instrução Normativa n°1, do Ministério da Integração Nacional, publicada no fim do ano passado, está a possibilidade de os municípios recorrerem diretamente à União, em caso de emergência ou de calamidade pública – antes, era obrigatório, em primeiro lugar, o acionamento do Estado.
Agora há também a exigência do cartão de pagamento da Defesa Civil, com o qual o Ministério da Integração Nacional faz o repasse dos recursos para a compra de material para socorro das vítimas, como alimentos, remédios, tendas e combustível, além do pagamento de serviços e do aluguel social.
“O fato de os municípios poderem entrar em contato diretamente com a União certamente acelera o repasse dos recursos, assim como a existência do cartão, contudo, muitos municípios ainda não sabem como adquiri-lo, quais as exigências que devem cumprir para ter acesso a essa ferramenta, daí a importância da capacitação que estamos oferecendo”, destaca o tenente-coronel.
Para José Augusto Almeida, é fundamental que todos os municípios estejam atentos à necessidade de criar uma coordenadoria municipal da defesa civil ou de melhor aparelhá-la, tanto em termos de equipamentos técnicos, como de pessoal. “Muitos gestores não sabem, ou não têm interesse em saber, mas a defesa civil atua, também, na prevenção, tanto de desastres naturais como de problemas causados pelo homem. Dessa forma, há muitos recursos disponíveis, para obras estruturantes, inclusive. Basta o município ir buscar, mas a maioria não faz isso, seja por desconhecimento ou desinteresse mesmo”, avalia.

Texto:
Elck Oliveira-Secom



Estado investirá R$ 3 bilhões em projetos estruturantes até 2014


O Estado do Pará absorverá cerca de R$ 3 bilhões, até 2014, em operações de crédito, para aplicar em projetos estruturantes em diversas áreas sociais. A estimativa foi apresentada pelo governador Simão Jatene nesta segunda-feira (7), durante reunião de trabalho com secretários e gestores estaduais no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.
Os recursos são oriundos de operações junto aos bancos Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Interamericano de Desenvolvimento (BID) e do Brasil. Somam-se ainda recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade e da Agência Internacional do Japão (Jica), com contrapartida do Tesouro do Estado.
“Mais do que nunca precisamos, a partir de agora, agilizar a implementação desses recursos, porque são projetos relativamente complexos, que exigem licença ambiental, entre outros projetos executivos”, frisou o governador. Entre as obras asseguradas para este ano, na área da educação, Simão Jatene destacou a construção de 33 novas escolas.
Na área da infraestrutura rodoviária, cerca de mil quilômetros de estradas serão reconstruídos e pavimentados. Na saúde, o governador destacou o início das obras do novo Hospital Abelardo Santos, em Icoaraci, e a entrega da Santa Casa de Misericórdia, prevista para abril.
Avaliação – Durante o encontro, Simão Jatene e a equipe de governo fizeram um balanço do que foi feito em 2012 e o planejamento de ações, de cada órgão, para este ano. O equilíbrio das contas do Estado e o cumprimento das metas fiscais foram pontos positivos ressaltados durante a reunião.
“A equação financeira foi o primeiro grande ‘gargalo’ que conseguimos resolver. Isso permitiu que o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) crescesse R$ 1 bilhão em 2012. Agora temos pela frente uma equação ambiental e a parte operacional, mas para isto a integração é fundamental, e é este o objetivo desta reunião”, afirmou o governador.
O titular da Secretaria Especial de Infraestrutura e Logística para o Desenvolvimento Sustentável (Seinfra), Vilmos Grunvald, também destacou que o momento é de união para a execução de obras estruturantes, como o prolongamento da avenida João Paulo II, prevista no Ação Metrópole.
“É preciso um foco para que todas as forças sejam coadunadas em favor de objetivos comuns. O volume total de investimento da Agenda Mínima (R$ 5 bilhões) é ousado e precisa de uma coordenação efetiva. Nesse sentido, a reunião foi bem efetiva, trazendo a estrutura do governo para um único foco”, afirmou.
Simão Jatene volta a se reunir com todos os secretários e gestores estaduais entre os dias 12 e 14 deste mês, no Hangar. Durante os encontros, cada gestor apresentará ao governador um relatório com as principais ações de 2012, as dificuldades encontradas no andamento dos projetos e o que está previsto para ser executado, em cada pasta, este ano.

Texto:
Amanda Engelke-Secom



HOL inscreve para Processo Seletivo de Residência Médica
O Hospital Ophir Loyola inscreve até o dia 25 de janeiro para o Processo Seletivo de Residência Médica. Podem participar médicos formados em todo o território nacional, por faculdades oficiais ou reconhecidas, bem como médicos formados no exterior, com diploma revalidado pelas Universidades autorizadas pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), segundo a resolução do Conselho Federal de Medicina nº 1832/08.
As inscrições são feitas nos dias úteis, das 8 horas às 12 horas e das 13h30 horas às 18 horas, nas instalações da Divisão de Ensino da Diretoria de Ensino e Pesquisa - HOL, localizada na Avenida Magalhães Barata, nº 992, em São Brás. A residência é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a graduados em Medicina. Para o treinamento em serviço com regime de tempo integral e dedicação exclusiva, conforme as normas da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), os residentes recebem bolsa mensal com valor estipulado pelo Ministério da Educação.
O HOL é certificado pelos Ministérios da Saúde e da Educação como "Hospital de Ensino", garantia federal de que a instituição possui todos os critérios de um centro hospitalar capacitado para a formação de profissionais de saúde. No total, são ofertadas 36 vagas nas seguintes áreas: anestesiologia (4), clínica médica (8), cirurgia geral (5), neurocirurgia (2), radiologia e diagnóstico por imagem(5), cancerologia cirúrgica (3), urologia (2), cirurgia geral programa avançado (2), mastologia (1), cancerologia clínica (1) e nefrologia (3).
A inscrição do candidato implicará no conhecimento e tácita aceitação das normas e condições estabelecidas no edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento. O mesmo deve certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos para a participação no processo seletivo. A seleção será realizada em duas etapas: provas teórico-escritas e análise curricular. Informações completas estão disponíveis no endereço no endereço http://www.ophirloyola.pa.gov.br/?q=node/640.

Texto:
Leila Cruz-Ofir Loyola



Detran divulga balanço da Operação Boas Festas
Um efetivo de 190 agentes foi mobilizado durante a 'Operação Boas Festas', do Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), que reforçou a fiscalização nas vias de acesso e perímetro urbano dos principais balneários do Estado no período de 27 de dezembro a 1° de janeiro, para garantir segurança à população. Nesta segunda-feira, o órgão divulgou o balanço da operação, que atuou na Região Metropolitana de Belém e nos municípios de Salinópolis, Marapanim, Bragança, Abaetetuba, Barcarena, Tucuruí, Marabá, Santarém, Parauapebas e Redenção.
No total, 1.090 veículos foram abordados, 1.065 autuações feitas e 19 veículos foram removidos ao Parque de Retenção do órgão. Entre as principais infrações registradas estiveram a ausência do capacete (tanto por parte dos condutores quanto dos passageiros de motocicletas) e do cinto de segurança, Carteira Nacional de Habilitação vencida e excesso de passageiros nos veículos.
Carlos Valente, coordenador do núcleo de planejamento do Detran, destaca o sucesso da operação. “A operação teve um saldo bastante positivo, já que contabilizamos apenas oito acidentes, todos felizmente sem vítimas fatais. Isso não deixa de ser um bom indício, ainda que nossos parceiros das Polícias Rodoviária Federal e Estadual tenham registrado mortes. Contudo, ainda precisamos trabalhar para diminuir esses números”, afirma.
Embriaguez – No período da operação foram realizados 199 testes com etilômetros e 19 condutores foram flagrados em estado de embriaguês - três deles com níveis de álcool no sangue acima de 0,3 mg/l, o que configura crime de trânsito. “Ainda há a necessidade de se divulgar mais as novas regras da Lei Seca e os danos que o álcool causa a quem está na direção de um veículo, incluindo o excesso de velocidade”, alerta Valente.

Texto:
Edson Matoso-Detran


Hemopa prepara campanha do carnaval
O Hemocentro do Pará está finalizando os preparativos para a campanha de incentivo à doação de sangue que será colocada em prática no período do carnaval, de 04 a 09 de fevereiro. Para receber os doadores de sangue que aderirem à convocação, o Hemopa será decorado com motivos carnavalescos e distribuirá lanche especial. A ação tem a finalidade de suprir a demanda transfusional do feriado carnavalesco, com meta de 300 doações/dia.
A ação estratégica será antecedida, no dia 02 de fevereiro, por uma mobilização solidária feita em parceria com a Gerência Regional do  SBT/Belém, para impulsionar as doações de sangue na semana que antecede do carnaval. A programação, que acontece de 8h as 16h, e será transmitida ao vivo da sede do hemocentro, contará com entrevistas, chamadas na TV e a participação de personalidades para incentivar a doação de sangue.
Este ano, a parceria destacará o cadastro de doação de medula óssea. A programação, pautada na responsabilidade social, integra as comemorações do SBT pelo aniversário de 397 anos de Belém.

Quem pode doar sangue: Candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos; peso acima de 50 kg. É necessário apresentar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O resultado desses exames podem ser obtidos on line, pelo site www.hemopa.pa.gov.br, em 30 dias após a coleta do sangue. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três. O doador deve estar bem alimentado.

Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto.

Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Padre Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 0800 280 8118, de 2ª a 6ª-feira, das 8h às 18h; e aos sábados, até as 17h.

Texto:
Vera Rojas-Hemopa


Estação comemora os 397 anos de Belém com programação especial

Um dos principais pontos turísticos de Belém, a Estação das Docas sediará uma programação cultural especial que marca as comemorações pelos 397 anos da cidade de Belém. O Boi Veludinho e o Balé Folclórico da Amazônia (BFAM) serão as atrações da festa que acontece neste sábado, 12, a partir das 17h, no complexo turístico.

Atrás do Veludinho, cabeçudos e mascarados vão desfilar em cortejo pela orla da Estação, acompanhados pela bandinha de fanfarra e ao som de canções autorais que remetem à alegria do Carnaval. A tradição do boi de máscara de São Caetano de Odivelas chegou há cerca de 20 anos em Belém, através da família Viegas, do bairro do Guamá. “Nossas raízes estão em São Caetano e durante muitos carnavais tínhamos que nos deslocar pra lá para comemorar esse período. Foi então que tivemos a iniciativa de criar o Boi Veludinho para nos divertir aqui mesmo, em Belém, e inserir as crianças na festa, já que somente os adultos participavam”, conta a coordenadora e fundadora do grupo, Socorro Viegas.

Cerca de 30 pessoas, de vários bairros da cidade, integram a equipe do Boi Veludinho. “Estamos felizes em participar desta festa e também muito ansiosos para receber o público nesta data tão significativa para a cidade”, comenta Viegas.

Na sequência, as tradições de São Caetano abrem espaço para o folclore amazônico. O Balé Folclórico da Amazônia empresta às lendas mais conhecidas do imaginário popular paraense uma interpretação própria, baseada nas obras de compositores da região. Guitarrada, carimbó, lundu e merengue estão no repertório do grupo, composto por 35 integrantes, distribuídos entre músicos e dançarinos. O público terá a oportunidade de conferir de perto a performance que foi premiada durante um festival de dança na Europa, em 2011.

A Estação das Docas é um complexo turístico que oferece ao público opções de lazer, gastronomia e cultura. “Há 12 anos, a Estação promove ações culturais que preservam as nossas tradições. Elaboramos esta programação especial pelo aniversário de Belém para mostrar a nossa diversidade e fomentar a nossa cultura”, destaca a presidente da Organização Social Pará 2000, Gabriela Landé.

Serviço:
“397 anos de Belém” na Estação das Docas
Dia 12 de janeiro, a partir das 17h, na Estação das Docas (Av. Boulevard Castilhos França, s/n - Campina)
Informações: (91) 3212-5660
Entrada gratuita.

Texto:
Camila Barros-Pará 2000


Ideflor abre consulta pública para elaboração do PAOF 2013
O Instituto de Desenvolvimento Florestal publicou no Diário Oficial do Estado nº 32311 de 4/01/2013, a abertura oficial da proposta do Plano Anual de Outorga Florestal de 2013 (PAOF) para consulta pública. O documento previsto na Lei de Gestão de Florestas Públicas permite que a sociedade conheça as florestas públicas do estado do Pará, passíveis a concessão florestal no ano de sua vigência. Além de informar sobre os critérios de seleção das áreas e como ter acesso ao processo de concessão florestal, o PAOF apresenta as florestas públicas estaduais cadastradas e destinadas a comunidades locais, as unidades de conservação e os contratos de transição. Os interessados em contribuir com o documento final podem encaminhar sugestões, que serão avaliadas, até o dia 5 de fevereiro de 2013, para o e-mail: paof2013.ideflor@gmail.com
Confira aqui Proposta PAOF 2013.




Outro ninho de gavião-real é mapeado na APA Araguaia
Pesquisadores do Instituto de Pesquisas da Amazônia (Inpa) catalogaram outro ninho de Gavião-real (Harpia harpyja) no interior da APA Araguaia em dezembro. O achado está localizado a seis quilômetros da vila Santa Cruz dos Martírios, que fica a 45 quilômetros da sede urbana de São Geraldo do Araguaia. Já são cinco ninhos da ave rapineira catalogados e monitorados no município, em menos de dois anos. A expectativa dos pesquisadores é de que possam existir mais ninhos na região.
O ninho da Harpia, construído na forquilha principal de uma castanheira de 40 metros, está a 32 de altura do solo, e mede 1,50x1,90m de diâmetro. O abrigo do Gavião-real foi descoberto por um morador da região em 2006 quando a ave atacou o cachorro da propriedade.
De acordo com Helena Aguiar, pesquisadora do Inpa, há muitas possibilidades de existirem mais ninhos de Gavião-real na APA Araguaia. Para ela as características da vegetação local favorecem a reprodução da ave. “A existência de ninhos de Harpia nesta região é mais um nobre motivo para manter protegida a mata”, adverte Helena, destacando que, com apoio da equipe do Inpa, foram descobertos e monitorados cinco ninhos de Harpia no período de um ano na região, dois na APA Araguaia e três na Terra Indígena Suruí-Sororó.
Para registrar o ninho o escalador, Olivier Jaudoin subiu na árvore, fotografou e constatou que o abrigo está pronto para receber o ovo. Ele acrescenta que o ninho da Harpia está cheio de galhos verdes e outras características que evidenciam o período de cortejo do casal de rapineiras. Olivier ficou encantado com a paisagem que viu no dossel da castanheira. “É uma visão muito linda. Da copa da árvore você pode contemplar a beleza do Rio Araguaia. É deslumbrante o cenário observado de onde está o ninho da Harpia”, exalta o escalador.
Para a coordenadora do projeto em São Geraldo do Araguaia, a Zootecnista Giselle Leandro, o trabalho tem sido gratificante. Ela explica que após as ações de educação ambiental sobre a Harpia harpyja realizadas nas comunidades da APA Araguaia, os moradores estão mais conscientes sobre a importância da preservação da espécie.
“Durante as primeiras palestras sobre a Harpia, muitos moradores repudiavam a iniciativa do projeto. Eles até confessavam ter matado a ave para alimentação ou simplesmente por curiosidade. Felizmente, aos poucos, estamos conscientizando as pessoas da comunidade sobre a importância de preservar a espécie. Muitas pessoas já procuram membros da equipe para informar sobre possíveis ninhos em árvores da região”, esclarece Giselle Leandro.
Durante a expedição em São Geraldo do Araguaia, a equipe visitou três ninhos: dois na APA Araguaia e o outro na Terra Indígena Suruí-Sororó, mapeado em janeiro de 2012.
(Fonte: Nilson Amaral - Coordenadoria do programa de Comunicação do Parque Serra das Andorinhas)

Texto:



Guamá recebe também
Operação “Cuida Belém”

 
A Operação “Cuida Belém, Cuide também”, medida emergencial lançada pelo prefeito Zenaldo Coutinho para a limpeza da cidade, acontece nesta segunda-feira,7, no bairro do Guamá. Vinculada à  Secretaria  Municipal de Saneamento a operação já esteve nos bairros da Terra Firme e Jurunas, e nessa primeira fase contempla ainda o bairro da Pedreira e a Vila do Distrito de Icoaraci. 
O objetivo é que em  100 dias a operação emergencial de limpeza urbana e dragagem dos canais, minimize os efeitos das chuvas. A intenção do prefeito Zenaldo Coutinho é fazer uma intervenção severa para garantir o equilíbrio das bacias e reduzir os impactos da chuva e da maré nas ruas da cidade.
Dez caçambas, duas patrulhas mecânicas e três mil profissionais da Secretaria Municipal de Saneamento realizam o trabalho emergencial que vai atender neste primeiro momento nove vias consideradas em situação mais grave em relação ao lixo, entulho e alagamentos.
Mais de R$ 20 milhões serão investidos pela prefeitura nesta ação,sendo R$ 10 milhões  oriundos da parceria da PMB com o Governo do Estado.Em Belém 62 áreas críticas de alagamento tiveram a situação agravada pela redução da coleta de lixo e entulho nos últimos meses de 2012.


De calção florido, Cachoeira
passa lua de mel na Bahia










Andressa Mendonça, mulher do bicheiro, usou biquíni para se bronzear






À beira da piscina, com uma cerveja na mão e uma vistosa loira ao lado. O ano começou bem para o bicheiro Carlinhos Cachoeira, condenado a 39 anos de prisão por corrupção ativa, formação de quadrilha e peculato.
 Solto desde 11 de dezembro graças a um habeas corpus, o contraventor passa lua de mel na península de Maraú, no litoral sul da Bahia. Para sair do estado onde mora, Goiás, ele precisa de autorização judicial. Viagens internacionais estão proibidas.
Cachoeira, de 49 anos, casou-se com Andressa Mendonça, de 30, em 28 de dezembro, em uma cerimônia para cinquenta convidados no salão de festas do luxuoso condomínio em que o casal vive, em Goiânia. No casamento, Andressa usava um vestido curto de renda e sapatos de 8 000 reais, da Louboutin, cobertos de cristais.

 Bem mais à vontade, nas fotos registradas na Bahia vestia um biquíni preto com a parte de baixo estilo cortininha e a parte de cima decorada com miçangas e babados. Nos pés, uma sandália rasteirinha prateada. 

 O bicheiro, fiel a seu estilo, usava calção florido, acompanhado de camiseta e tênis. De acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo, o casal está hospedado em um resort com bangalôs à beira-mar isolados entre coqueirais. As diárias chegam a 3 000 reais e o hotel conta com pista de pouso particular, piscina de 800 metros quadrados, lanchas para passeios na região e barcos para pesca esportiva.

 As fotos foram feitas enquanto o casal visitava amigos em uma pousada vizinha. Andressa se bronzeou enquanto Cachoeira comia e bebia cerveja. O casal se conheceu em 2009, em um jantar na casa dela e do então marido, o  senador Wilder Morais (DEM-GO). Áudios da Operação Monte Carlo revelam que o relacionamento começou enquanto ela ainda era casada.

 Entenda o caso - Em fevereiro de 2012, a operação Monte Carlo, da Polícia Federal, revelou as íntimas relações do bicheiro Carlos Cachoeira com influentes políticos do Centro-Oeste, tanto da oposição como da base aliada. O senador goiano Demóstenes Torres (ex-DEM) foi o primeiro atingido. Uma série de gravações apontou que um dos mais combativos políticos do Congresso usava sua influência e credibilidade para defender os negócios de Cachoeira em troca de presentes e favores.

 Os grampos da PF também complicaram parlamentares de pelo menos seis siglas (PT, PSDB, PP, PTB, PPS e PCdoB), dois governadores (o petista Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, e o tucano Marconi Perillo, de Goiás) e a Delta, de Fernando Cavendish, empreiteira com maior número de obras no PAC. As revelações levaram à abertura de diversos inquéritos no STF, STJ e na Justiça Federal de Goiás e à criação de uma CPI no Congresso Nacional. Veja na Rede de Escândalos em que casos Cachoeira está envolvido.

Foto:  Rodrigo Nunes/Folhapress




Cesta básica dos paraenses

teve alta de quase 12%

 Estudo do Dieese foi divulgado neta segunda-feira (7)


A cesta básica dos paraenses teve alta de quase 12% no ano passado, segundo uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (7) pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconômicos). Ainda de acordo com a pesquisa, no balanço dos preços envolvendo 18 capitais brasileiras, Belém figurou entre as sete mais caras em relação a alimentação básica.
Segundo a pesquisa do Dieese, de janeiro a dezembro de 2012, a alimentação dos paraenses mostra um crescimento de preço acumulado em 11,42%. O percentual de alta acumulado no ano passado é quase o dobro da inflação prevista para o mesmo período, que ficou em torno de 6%. Com este percentual de reajuste, a alimentação dos paraenses encerrou o ano entre as sete mais caras do país.
No mês de dezembro, das 18 capitais pesquisadas pelo Diesse, São Paulo foi a que apresentou o maior valor da alimentação com R$ 304,90; seguida de  Porto Alegre com R$ 294,37 e de Vitória com R$ 290,89.  Em termos de variação, no mês de dezembro, entre as 18 capitais, Goiânia foi a que apresentou a maior alta com 10,61%, seguida do Rio de Janeiro com alta de 3,58% e de Brasília com alta de 3,41%.
Os produtos que apresentaram alta dos preços no Pará foram a farinha de mandioca com alta de 90,41%, seguida pela arroz com alta de 69,18% e do feijão com alta de 46,61%. No mesmo período, os únicos produtos que apresentaram queda foram o açúcar com redução de 6,12% e a carne bovina com 4,06%.
Redação Portal ORM
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...