Total de visualizações de página

segunda-feira, março 25, 2013

Obras do BRT serão concluídas só em 2016


A previsão para a conclusão das obras do BRT no principal corredor da capital paraense, a avenida Almirante Barroso, será entre os meses de julho e agosto, anunciou o prefeito Zenaldo Coutinho. O anúncio veio da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) na noite da última sexta-feira, 22, entre PMB, Caixa Econômica Federal (CEF), Ministério Público do Estado (MPE) e Ministério Público Federal no Pará (MPF), e tem como base estudos feitos pela Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb) e pela Companhia de Desenvolvimento da Área Metropolitana de Belém (Codem), que serão apresentados ao governador Simão Jatene.
Parceiro da prefeitura e executor do BRT Metropolitano, o governo do Estado também será informado sobre a medição total da obra já executada, que já custou cerca de R$ 90 milhões. Também serão esclarecidas quais as primeiras medidas a serem tomadas, dentre elas a retirada gradual dos New Jersey (blocos de concreto) e o nivelamento asfáltico ao longo da avenida Almirante Barroso.
Já a conclusão de todo o projeto do BRT em Belém -que inclui os trechos que vão do Entroncamento até o distrito de Icoaraci e de São Brás até o Ver-o-Peso - deverá ocorrer em 2016, quando a cidade completará 400 anos. “Não vamos prometer até o mês de janeiro, mas até outubro, antes do Círio, pois, se houver a necessidade de fazer algum tipo de ajuste, haverá tempo até lá”, resumiu o secretário Eduardo Leão, da Seurb, em comunicado da Prefeitura Municipal de Belém. A avenida Almirante Barroso representa apenas 20% do total da obra.
ADEQUAÇÕES
“Iremos entregar quatro quilômetros de avenida mais o elevado do Entroncamento, obras que ainda precisam ser corrigidas. Após essas adequações, as obras vão avançar em ritmo acelerado a partir do segundo semestre”, garantiu o prefeito Zenaldo Coutinho em nota divulgada pela PMB. “Além disso, vamos investir em terminais hidroviários, que estarão totalmente integrados ao BRT, e redefinir todo o sistema de transporte de passageiros de Belém”.
Sobre os recursos financeiros, a PMB diz que tem assegurados R$ 132 milhões, oriundos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), e outros R$ 100 milhões do OGU (Orçamento Geral da União), que serão liberados pela Caixa Econômica Federal (CEF) à medida em que as obras avançarem. “Nossa expectativa é ter os recursos disponíveis até o dia 20 de abril”, informou Zenaldo Coutinho.
LICITAÇÃO
A Prefeitura Municipal de Belém lançou aviso prévio de licitação com o objetivo garantir novas obras do projeto Bus Rapid Transit (BRT). No dia 27 de fevereiro, o contrato com a empreiteira responsável pelas obras, Construtora Andrade Gutierrez, será rescindido e a prefeitura vai promover uma nova licitação, cujo prazo máximo para realização é de até 150 dias. Antes disso, conforme o TAC, a construtora ficará responsável pela conclusão das obras, principalmente para liberar o tráfego da avenida. 
Um mínimo de três audiências públicas deverá ser agendado para discutir o novo projeto com moradores do distrito de Icoaraci, do entorno do Entroncamento e do centro de Belém. O prazo para a conclusão desse projeto é de 110 dias.

(Diário do Pará)


Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...