Total de visualizações de página

domingo, outubro 09, 2016

Jorge Mesquita: MINHA MISSÃO NESTA MANHÃ DO CÍRIO...


Eu quero é mais compreender,
do que ser compreendido..


OREMOS SEMPRE QUE SENTIMOS
VONTADE, SEJA LÁ COMO
ESTEJAMOS NO MOMENTO...

Após retornar da Romaria Fluvial, que anualmente acontece, pelo Rancho, recebendo convite do irmão Jango Vidal, à tarde por volta das 17h, quando sai, estava angustiado, triste, meus olhos lacrimejando. Retornei para casa. Dormi cedo Depois. Mas às 2:30 até s 4h fui acometido de visitas de espíritos pedindo ajuda. Quando eles vêm desta forma, temos que saber atende-los e sermos indulgentes com nós mesmos e ajudar o próximo seja lá onde ele esteja, neste caso, no Plano Espiritual. Com dificuldades de até respirar, uma cuíra ou seja, ansiedade para fazer algo, muita vontade desejo intenso de realizar alguma coisa. Foi quando percebi que tinha que realmente fazer algo.
Tomei um banho. Dentro do banheiro fluidifiquei água e depois joguei sobre mim, bem devagar, oferecendo aos irmãos que precisavam de ajuda e claro, eu também. Sem me enxugar, batendo o queixo de frio (ao contrário do que estava sentindo minutos antes) me dirigi ao meu altar. Antes de começar a oração, meus olhos foram ao Evangelho.
Antes de eu sair para ir buscar a minha filha no emprego, olhei para o Evangelho e as páginas estavam viradas algumas meio em pé, pois ele fica inclinado. Mas deu para eu ler rápido o tema A PRÁTICA DA CARIDADE. Não mexi no mesmo. E sai.
Quando retornei, as páginas estavam normalmente em seus lugares. Mas não percebi o que ali estava escrito. E por volta das 02:30h quando eles me chamaram, a página do meu Evangelho já estava no tema LAÇOS DE FAMÍLIA. Não sei o que aconteceu? Se outro fosse, chamaria isso de milagre, mas, sou mais crente na questão. Digo que os Espíritos de Luz me orientaram e me prepararam desde manhã, quando estive na Romaria Fluvial, do Rancho em homenagem à Virgem, que diante da missa rezada a bordo, muito bonita por sinal.
No momento exato, fui despertado do meu sono para servir. Orei normalmente estendo a mesma na área de conflito que me encontro, também com meus familiares. Elevei meus pensamentos aos irmãos no Umbral, principalmente no mais profundo vale dos sofrimentos e seus respectivos trabalhadores. Ali Maria, a Virgem Mãe Maria e nossa Imã, comandam. Vi uma luz linda. Em seguida direcionei orações para os irmãos presos nas cadeias públicas e presídios, hospitais, nos lares de todo que na calada da noite, com o corpo inerte, sofrem por não saber como se ajudar.
Orações direcionadas para os moradores de ruas. Amigos e inimigos carnais e os espíritos que todos os dias os direciono à Luz até os irmãos que se encontram nos cemitérios vendo seus corpos se decomporem sem saber o que fazer. Os direcionei também Luz. As orações também foram a todos os que acompanham as diversas romarias em louvor à Virgem, principalmente esta que ocorre neste momento.
Quanto a mim, Deus e Jesus, sabem de minhas necessidades e que sejam feitas segundo Vossas Vontades. Bebi a minha água fluidificada e deitei em paz e dormi bem. Levantei as 7:30h e agora quando me encontro escrevendo este testemunho, o despertador do meu celular, as 8:45 me alerta para a oração das 9h, de todas as manhãs, as quais serão direcionadas a todos novamente e em especial, aos que estão vivendo o Círio.
Oremos sempre e a todos os instantes quando sentirmos vontade, pois além de precisarmos, muitos precisam não só neste Plano, mas no Plano Espiritual, pois muitos dos sofrimentos acontecem desde o mais simples até o mais agravante, por nossa ignorância e desconhecimento da Vida Espiritual.
Feliz Círio!


Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...