Total de visualizações de página

sábado, julho 21, 2012

Renato, Rei do Frango do Jurunas comemora ‘niver’ na laje. Quer mais?

O momento sod parabéns...

Terezinha, Rosa, o paulista Francisco, Renato
e o filhão Yago e o amigo Mauro

Renato, Yago e Nilza com familiares

É claro, a manivestação de carinho do casl para com o Yago

A simpática Carla, ao lado da cunhada Nilza, Renato o filhão Yago
e a maezona Maria e sentado Carlão e esposa Maria José

Festa em laje que se ´preza tem que ter a gelada, é claro, já vazia no
pé dos convidados. Renato e Nilza e Yago não escondiam
a felicidade de receber grandes amigos em casa

O casal Renato e Nilza com o filhão Yago ao lado do
jornalista Jorge Mesquita

Renato, esposa e filho ao lado do pai
 Chaminha, a irmã Carla e a mãe Maria

Um 'clic' especia na laje com as belas gatas danoite: Carla, Aicha,
o serelepe Mayko e a simpatica Carla

Renato ao lado de dois grandes amigos: Márcio e o PM Júnior
Aniversário que se preze em plena sexta-feira no mês de julho em Belém, especialmente na Nação Jurunense, tem que acontecer de forma diferente: em plena laje, numa das principais vias do bairro do Jurunas, a futura Avenida Caripunas que vem sendo preparada pela Prefeitura de Belém. Ah! De quem foi o aniversário? Do amigo e irmão Renato, conhecido como o ‘Rei do Frango’. Sim! Aquele que fica na Rua dos Pariquis, esquina com a Travessa Bom Jardim. A festa foi tão legal, que até Japonês saiu rodopiando da festa de tanto se deliciar com as iguarias preparadas pelas mãos das amigas Nilza, esposa do Renato e de sua sogra, d. Maria. Como pratos principais: uma gostosa lasanha e arroz paraense. Uuuuhhhhh! Uma delícia. Gente, tinha cada camarão que valeu a pena degustar. Aliás que é peculiar: com a d. Maria José e filha Nilza fazer tacacá e outras iguarias que levam camarão, o mesmo tem que ser tamanho família e a ‘bangu’.
Renato não quis revelar a sua idade: ora dizia que era 22, outra, que era 32, outros complementavam que era 69. Mas de certo, é que o cabra é gente boa e de fé, e acima de tudo, acredita na existência de Deus, por isso ele agradece a Deus por mais um ano e de ter uma família maravilhosa, agora somado com a família de sua esposa Nilza. É claro, no meio de tudo isso, o amigão Yago que no mês de junho completou 8 anos.
Como disse no início que a festa foi na laje, que por sinal, bem elogiada por quem lá esteve inclusive o amigo Francisco, que reside em São Paulo e que ao lado de familiares, não cansou de elogiar o local, o Bairro e também o clima que fazia no momento: sem chuva, um vento que dispensava ventiladores ou até mesmo ar-refrigerado e outros. Francisco jpa retornou a São Paulo, mas antes foi a Vigia depois de visitar outros municípios paraenses já que se encontra de férias. Chico reside em Campinas.
O DJ Carlão ao lado de sua amada e alma gêmea Maria
José comuma arte
na foto diferenciada, porque na próxima festa
 a festa será em sua mansão lá no Aurá
Se estão pensando que a festa acabou? ‘Já Mem!’. A mesma teve continuidade em Mosqueiro quando Renato foi recepcionar os demais amigos que sempre compareceram em seus aniversários que são sempre do ‘arromba’. A festa se nada mudou de rota vai acontecer no Zacarias, no Murubira.
E se ainda estão pensando que acabou, podem ‘tirar o cavalinho da chuva’, pois na próxima sexta-feira, dia 27, vai acontecer na residência do sogro do Renato, o amigo o DJ Carlos, que estará completando idade nova ao lado de familiares e recepcionando amigos em sua residência, no Aurá, município de Ananindeua. Parece que o CORREIO JURUNENSE estará por lá. ‘Não sei ainda, parece, me contaram. Vou esperar...”.
É claro, o jornalista Jorge Mesquita Jorge Mesquita esteve presente, e registrou alguns dos momentos da festa que varou a madrugada. Os clic’s contaram também com o apoio da amiga Carla, irmã do amigo.
Parabéns Renato!
Renato. Confira: as fotos acima
  
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...