Total de visualizações de página

segunda-feira, outubro 22, 2012

Paysandu só precisa de um empate para subir à Série B


Bom Dia e uma Feliz Semana
com as bençãos de Deus





De depender dos bicolores em comprar hoje sal, os comerciantes estão roubados. Dizem os alvi celestes que o sal seria bom pra salgar um tal de leão. Pode parar por aí bicolores, pode parar, não aceito gozação nesta coluna, hum. Deixa só o Leão voltar pra ver só do que ele é capaz. ***  Há, há, há,tem um empresário jurunense que tem um cognome de SAL. Ontem ele passou a tarde toda deitado nem respondeu meus telefonemas. Foram quatro ligações, um pra cada gol. *** Sacanagem que fizeram com a Suelen, da Avenida Brasil. O filho dela com os dois amasios, só no Vale a Pena Ver de Novo. ***   Depois de descoberto quem matou o Max, na novela Avenida, a Globo pode estar com uma grande equipe para rodar a novela jurunense: “Quem Não votou em Jackson Santarém e Reginaldo Abreu”. Sacanagem! O que fizeram com os dois deve ter deixado o Gonçalo Duarte ‘fulo’ da vida lá no Plano Espiritual. *** Não pude estar presente na festa da vitória do vereador jurunense Mauro Freitas, neste domingo na Pororoca, lá no Telégrafo, mas me contaram que foi ‘supimpa’. Casa cheia! Renovamos os parabéns ao edil. A falta foi em virtude da programação do fechamento do Jornal. *** Meio porcamente,vem dando pra passar de carro pelo perímetro da Fernando Guilhon próximo a Unidade Básica de Saúde do Jurunas. Alô Dudu, acaba logo essa obra, caramba, mais que moleza. Senão dava conta,não iniciava. *** Ora viva, a Fernando Guilhon com a Honório já tem sinalização. Tá um ti ti ti danado de quem foi o ‘pai da idéia’,mas seja lá de quem foi, foi mais do que obrigação, pois estava prestes a acontecer mais um acidente, que aliás é comum naquele local. *** Agora só falta fazer uma balsa naquele aguaceiro que fica na esquina da Fernando Guilhon com a Honório. A água que está podre. Credo! *** O problema do Meio Ambiente está primeiramente na cabeça do Ser Humano, pois ele é quem destrói tudo. Aqueles trio-elétricos que passam as segundas-feiras anunciante festa com cerveja a R$ 0,99,de tanto barulho chega a destampar panela de pressão e até jogar cupim na cabeça de quem reside em casa de madeira, mas quando um pagodinho de leve acontece festejando aniversário tem vizinho que se incomoda. Pô! Gente... se toquem em suas ações, ta certo que e lei, mas a compreensão e o bom senso pode prevalecer. Agora não são todos os pagodes é claro. *** Uma boa semana a todos, fiquem com Deus.  *** Fui!



 

 Paysandu vence o Salgueiro
(PE) por 4 a zero no Mangueirão

Foto: Reproduzida da ORM On Line
O Estádio Olímpico do Pará foi palco, neste domingo (21), de mais um jogo entre dois grandes rivais do futebol. Paysandu e Salgueiro (PE) lutaram pela classificação para a segunda fase da Terceirona do Campeonato Brasileiro, mas o time paraense levou a melhor, fechando o placar em 4 a zero.
Com a vitória, os bicolores chegaram ao terceiro lugar do grupo A, com 24 pontos e, agora, precisam apenas de um empate para chegar à classificação para a próxima fase da competição. Segundo a Federação Paraense de Futebol, pelo menos 26,4 mil torcedores foram ao Estádio apoiar o clube bicolor.
Mais de 400 homens da Polícia Militar, além de militares do Corpo de Bombeiros, homens da Guarda Municipal e agentes da Polícia Civil, do Departamento de Trânsito do Pará (Detran), da Companhia de Transportes do Município de Belém (Ctbel) e da Secretaria Municipal de Economia (Secon) atuaram no estádio para garantir segurança e acesso dos torcedores ao local.
Durante toda a partida, o Paysandu marcou nove chutes a gol, quatro escanteios e cometeu 23 faltas. Já a equipe do Salgueiro ficou com três chutes a gol, nove escanteios e cometeu 18 faltas.

FICHA TÉCNICA
Paysandu: João Ricardo; Yago Pikachu, Marcus Vinicius, Fábio Sanches e Pablo; Vanderson Ricardo Capanema, Alex Gaibu e Harison (Lineker); Thiago Potiguar (Neto) e Kiros (Rafael Oliveira). Técnico: Lecheva
Salgueiro: Luciano; Márcio Tamandaré, Sérgio Rafael, Luiz Eduardo e Peri; Pio, Rodolfo Potiguar, Vitor Caicó (Júnior Ferrim) e Clébson (Charles); Marciano e Elvis (Edmar). Técnico: Neco
Árbitro: Edmar Campos da Encarnação (AM)
Assistentes: César Augusto de Oliveira Vaz (TO) e Rogério de Oliveira Braga (PI)
Quarto Árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA)
Hora: 16h
Local: Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão
Público Pagante: 23.408
Credenciados: 3.010
Público Total: 26.418
Renda: R$ 456.620,00

Águia é goleado e cai para
a zona de rebaixamento

A derrota para o Treze-PB, por 4 a 0, na tarde deste domingo (21), no Estádio Amigão, em Campina Grande, deixou o Águia de Marabá na zona de rebaixamento do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. O Azulão é o nono colocado com 19 pontos e precisa vencer o Santa Cruz-PE, na última rodada no Estádio Zinho Oliveira, em Marabá, para escapar da degola. Já a Cobra Cobral também precisa vencer para sonhar com a classificação para a próxima etapa da competição.
O time do técnico João Galvão, não conseguiu vencer nenhuma partida fora de casa na Série C. A casa começou a cair para o Águia aos 22 minutos do primeiro tempo, quando Aderlan abriu o placar para o Galo da Borborema.
Na segunda etapa, o Treze veio decidido e ampliou a vantagem, com dois gols do atacante Ney Mineiro, aos cinco e 11 minutos. Para fechar a goleada, Brasão não desperdiçou a chance e deixou sua marca, aos 36. O resultado deixou o Galo da Borborema em sexto lugar com os mesmos 19 pontos do Águia.

FICHA TÉCNICA
Treze: Beto; Aderlan, Thiago Gasparetto (Alexandre), Adalberto e Celico; Wagner Rosa, Júlio Zaboto, Éverton César e Cristian (Pardal); Brasão e Ney Mineiro. Técnico: Sérgio Cosme
Águia: Marcelo Cruz; Ivonaldo, Roberto, Carlão e Starley (Luis Fernando); Daniel, Vando (Branco), Analdo (Marquinhos Marabá) e Flamel; Danilo e Juliano. Técnico: João Galvão
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Assistentes: Edson Antônio de Sousa e Márcio Soares Maciel
Local: Estádio do Amigão, em Campina Grande
(Fábio Relvas/DOL)

Texto:
Angela Bazzoni-Seel




Música na Orla apresenta Aíla e
Metaleiras da Amazônia na Estação




A primeira noite do "Ritmos do Pará", do projeto Música na Orla, da Estação das Docas, empolgou o público na última sexta-feira (19). Metaleiras da Amazônia e Aíla Magalhães apresentaram um mix de ritmos carregado no suingue paraense com influência latina. As atrações mostraram, no palco montado entre os Armazéns 1 e 2, o melhor da música produzida no Pará, do tradicional ao contemporâneo.
Abriram a festa o grupo Metaleiras da Amazônia com Pipira do Trombone, Pantoja do Pará (trombone), Manezinho do Sax (sax), Leo Chermont (guitarra), Arthur Kunz (bateria) e MG Calibre (baixo). "Lambarimbó", "Lambada do Povão" e "Passeei no Ver-o-Peso" foram algumas das canções que animaram a dona de casa Selma Almeida, 50 anos.
Morando em São Paulo há onze anos, a paraense veio a Belém para acompanhar o Círio e estendeu a viagem. "Achei muito bom o show do grupo. Eletrizante, com muito carimbó, mambo, lambada e salsa. Eles realmente são uma mostra da nossa cultura tradicional, com influências latinas. A energia é tão boa, que não consegui ficar parada", disse.
Com músicas como "Proposta indecente", "Preciso ouvir música sem você", "Brechot" e "Trlêlê", Aíla transformou a orla da Estação das Docas num grande baile. Casais apaixonados dançavam agarrados as canções interpretadas pela cantora paraense. "O projeto Música na Orla é sensacional, pois a cidade é carente de espetáculos abertos à população, com entrada gratuita. Para mim foi muito prazeroso estar aqui, cantar e ver a interação do público, me acompanhando nas músicas", comentou Aíla.
A mestranda Lorena Leal, 25 anos, que mora há dois anos em Curitiba, disse que veio passar o Círio com a família e acabou ficando mais uma semana para matar as saudades de casa. Acabou se surpreendendo quando chegou à Estação e viu o palco montado na orla. “Achei belíssimo os shows da Metaleiras da Amazônia e da Aíla, e o melhor, tudo de graça. Música tradicional e novos artistas paraenses no mesmo palco, tudo isso aliado ao local", ressaltou.
Neste domingo, os shows começam às 19 horas, com Joelam Kláudia e os convidados
Aíla Magalhães, Gigi Furtado André Leemax e Clepsidra. A entrada é franca. Informações: (91) 3212-5660 ou www.estacaodasdocas.com.br.
Texto:
Camila Barros-Pará 2000


Mais de 300 candidatos faltam à
primeira etapa de concurso da Seduc

A primeira etapa do concurso público para cargos efetivos de magistério da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) registrou a ausência de 347 dos 6.068 candidatos inscritos. A seleção começou neste domingo (21), promovida pela Secretaria de Estado de Administração (Sead) e executada pela Universidade do Estado do Pará (Uepa).
São ofertadas 658 vagas, 502 são para o cargo de professor classe I, nível A, na modalidade educação especial, e 156 para o cargo de professor classe I, nível A, na disciplina ensino religioso. A prova começou às 9 horas e foi aplicada em Belém e nos municípios de Abaetetuba, Bragança, Breves, Capanema, Capitão Poço, Cametá, Castanhal, Conceição do Araguaia, Itaituba, Mãe do Rio, Maracanã, Óbidos, Santarém e Santa Izabel do Pará.
Os candidatos tiveram quatro horas para responder a 50 questões objetivas de múltipla escolha de caráter eliminatório e classificatório. A primeira etapa foi considerada dentro da normalidade, segundo o diretor de Acesso e Avaliação da Uepa, Delmo Oliveira. “Com toda a execução do concurso consideramos que tudo ocorreu de forma normal, inclusive o número de faltosos, que representou 5,7% dos candidatos”, avaliou.
A pedagoga Andreia Libório é uma das concorrentes a uma vaga na modalidade educação especial. Ela considerou a prova fácil e contou que estudou baseada em reportagens e no que aprendeu durante a participação de eventos relacionados à temática. “Participo de tudo que está relacionado à área, na qual já tenho experiência. Não estou o tempo inteiro estudando, mas estava fácil”, disse.
O gabarito preliminar e o boletim de questões estão disponíveis no site da Uepa (www.uepa.br) e na página de acompanhamento do concurso (paginas.uepa.br/concursos). Após o período para a interposição de recursos, os aprovados para a segunda fase serão convocados, por edital, a entregar os documentos exigidos.
A remuneração do cargo de professor será constituída de vencimento-base, mensal e atual, que varia de R$ 729 (20 horas) a R$ 1.458,11 (40 horas), acrescido de 80% de gratificação de escolaridade e 10% de gratificação de magistério.
Texto:
Ize Sena-Uepa


Uepa não registra faltosos em
concurso para procurador do Estado

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) aplicou neste fim de semana as provas práticas do concurso público para o cargo de procurador estadual, com organização da Universidade do Estado do Pará (Uepa). Os 19 candidatos que continuam na disputa por uma das doze vagas ofertadas tiveram de resolver a duas provas, que consistiram na elaboração de peças forenses adequadas à solução de problemas hipotéticos.
Não houve faltosos no sábado (20) ou no domingo (21), segundo a procuradora e presidente da banca elaboradora do concurso, Carla Melem Souza. A seleção visa atender a uma demanda crescente da PGE, em Belém e no interior. “Essa necessidade requer novos profissionais por meio de concurso público especial”, disse.
O concurso público para procurador do Estado recebeu 1.385 inscritos. Após as provas objetivas e discursivas, apliacadas entre agosto e setembro, o concurso chega à fase final de provas de caráter eliminatório e classificatório. Nesta segunda-feira (22), deverá ser publicado nos sites da Uepa e da PGE o boletim de questões.
Após a publicação dos resultados definitivos e o período para a interposição de recursos, os candidatos classificados deverão entregar os documentos comprobatórios dos títulos entre os dias 29 e 30 de novembro, o que constitui a quarta e última fase da seleção.
A coordenação do concurso acredita que os aprovados na seleção sejam nomeados e empossados ainda neste exercício. A remuneração do cargo de procurador do Estado, classe inicial, é constituída de vencimento-base no valor de R$ 7.409,54, acrescido de gratificações legais e outras vantagens previstas na Lei Complementar nº41/ 2002 e respectivas alterações.
Texto:
Ize Sena-Uepa


Círio das Crianças reuniu mais
de 300 mil pessoas neste domingo










Foi a vez dos pequenos devotos de Nossa Senhora de Nazaré prestarem homenagem à padroeira, na manhã deste domingo (21), durante o Círio das Crianças. Cerca de 300 mil pessoas, entre crianças e adultos, segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e a Diretoria da Festa de Nazaré, conduziram a imagem peregrina de Nossa Senhora pelas ruas, em um percurso de menos de três quilômetros.
A procissão começou às 8 horas, após missa celebrada pelo arcebispo metropolitano, dom Alberto Taveira, e seguiu pela avenida Nazaré, travessa Quatorze de Março, avenida Governador José Malcher e travessa Doutor Moraes, retornando para a avenida Nazaré, até a Praça Santuário. A presença de famílias inteiras marcou a procissão.
O autônomo Pedro Pereira, 42 anos, acompanhou a imagem peregrina ao lado da esposa, Alcineide, 40, e dos filhos, Pedro Henrique, 10, e Amanda, 8. Para o casal, o momento é a oportunidade de aproximar ainda mais os filhos da Igreja e da fé mariana. “Desde quando eles eram bem pequenos participamos dessa romaria, não só porque é das crianças, mas também porque é uma forma de participarem da festa e se aproximarem da fé”, comentou Alcineide.
A cabeleireira Celeste Serrão vestiu a tradicional roupa de anjo no pequeno João Alvino, de 1 ano. Acompanhada da avó, Crescencia Oliveira, 86, ela acredita que Nossa Senhora de Nazaré tenha ajudado na recuperação do filho. “Ano passado ele precisou ser internado e graças à Nossa Senhora ele está aqui hoje”, disse, acrescentando que pretende acompanhar a romaria nos próximos anos.
Apesar do da multidão de pessoas, a romaria é uma das mais curtas do Círio. O diretor coordenador da festa, Kléber Vieira, explicou que isto acontece porque o percurso é pensado na família. “Esse trajeto é protegido pelas sombras das mangueiras e é mais calmo, sem aperto. Por isso, costumo dizer, não só das crianças, mas essa é a romaria da família. É com muita felicidade que com o passar dos anos, cada vez mais, vemos isso. Não vem só a criança, vêm o avô, a avó, o pai, a mãe, irmãos”, destacou.
Segundo Kléber Vieira, essa é a procissão oficial do Círio que mais cresce. “Ano passado fizemos uma previsão de 250 mil pessoas e concretizamos em 280 mil, conforme os números do Dieese. Hoje acreditamos que cerca de 300 mil estejam caminhando conosco. Para nós da diretoria é um desafio porque ela cresce, mas o espaço físico continua o mesmo”, comentou o diretor coordenador.
Durante a romaria, a imagem foi conduzida em um cibório (espécie de nicho). A procissão também teve quatro carros dos Anjos, tidos como ícones da romaria por conduzirem dezenas de crianças durante o percurso, e o carro do Brasil, que seguiu à frente da procissão. Este ano, a romaria teve a participação de crianças da catequese de diversas comunidades católicas do interior do Estado, como do município de Vigia, no nordeste do Estado.
Texto:
Amanda Engelke-Secom


Preso acusado de violentar
sexualmente a própria
filha em Castanhal

A equipe da 12ª Seccional Urbana de Castanhal, no nordeste do Pará, prendeu, em cumprimento a mandado de prisão preventiva, Antônio Costa Teixeira, 42 anos, acusado de estupro de vulnerável. Morador no bairro Titanlândia, em Castanhal, ele foi preso por determinação da juíza da 3ª Vara Criminal do município Heloisa Gato. A ordem de prisão foi expedida em 8 de setembro deste ano. A vítima é a própria filha do acusado.
Segundo as investigações, os atos de violência sexual ocorreram durante cinco anos. Atualmente, a vítima tem 11 anos de idade. Sob presidência do delegado Marco Antônio, o inquérito resultou no indiciamento do acusado, que teve a prisão preventiva solicitada pelo delegado. Antônio Costa ficará recolhido em Castanhal à disposição da Justiça.
Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil



Secti promove a entrega do
prêmio Finep de Inovação 2012

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) promove nesta quarta-feira (24) a entrega do Prêmio Finep de Inovação 2012 – região Norte. Na ocasião, o titular da Secti, Alex Fiúza de Mello, e um representante da Finep farão o anúncio dos vencedores. A premiação será no Espaço São José Liberto, a partir das 20 horas.
Foram recebidas 37 inscrições, dos seis Estados da região: oito do Pará, 22 do Amazonas, quatro do Tocantins, um do Amapá, um de Rondônia e um de Roraima. As instituições finalistas estão concorrendo em seis das nove categorias do prêmio: micro e pequena empresa (onze), instituição de ciência e tecnologia (três), tecnologia social (quatro), tecnologia assistiva (quatro), inovação sustentável (onze) e inventor inovador (quatro).
Os primeiros colocados regionais em cada categoria participarão automaticamente da disputa nacional. O julgamento regional é feito de forma não presencial, pela internet (exceto a categoria inventor inovador). Na 15ª edição do prêmio, foram inscritos 588 projetos, um aumento de 56% em relação a 2011.
Este ano, o prêmio será concedido em dinheiro. Serão ofertados valores de R$ 100 mil a R$ 600 mil para os primeiros colocados regionais e nacionais de cada categoria, totalizando cerca de R$ 9 milhões. Até 2011, a Finep concedia aos vencedores recursos não reembolsáveis, cuja liberação ficava condicionada à apresentação de um projeto de ciência, tecnologia e inovação. Mais informações sobre o sobre o Prêmio Finep 2012 no site www.finep.gov.br/premio.
Texto:
Raphael Freire-Secti



Dia do Servidor será comemorado
com programação especial

Entre a próxima quarta-feira (24) e sábado (27), a Secretaria de Estado de Administração (Sead) faz uma série de ações em homenagem ao Dia do Servidor Público, que se comemora domingo (28). Todas as atividades, gratuitas, serão concentradas na Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves, no horário de 15 às 20 horas, dentro dos programas de Valorização do Servidor Público Estadual e de Saúde e Segurança Ocupacional.
Durante a programação serão oferecidas ações de cuidados com a saúde, com exames básicos e consultas médicas, além de mutirão de cidadania, com a emissão de RG, certidão de nascimento e carteira profissional. O servidor também será orientado sobre a importância da doação de sangue e como é feito o cadastro para doação de medula óssea. Palestras e atividades culturais, como concertos, show musical, tetro e feira de talentos também fazem parte do evento.
“Além da homenagem, é também a confirmação do valor destes trabalhadores perante a sociedade, que, ao final, é quem usufrui dos serviços prestados. Considerando o grande número de servidores e a grande parcela de contribuição que eles prestam ao Estado, é indispensável que os gestores do serviço público se preocupem não só com a geração de folhas de pagamento, mas com a promoção de iniciativas que os valorizem”, destaca a secretária de Estado de Administração, Alice Viana.
O encerramento do evento será a I Corrida e Caminhada do Servidor Público Estadual, dia 27, no Parque Ambiental do Utinga, com o objetivo de proporcionar um momento de saúde, lazer e descontração. A trilha da corrida terá extensão de oito quilômetros e a da caminhada, quatro, com atrativos no início, durante e no fim do percurso. A estimativa é de mil participantes.
A programação tem a parceria dos seguintes órgãos estaduais: Seges, fundações Tancredo Neves, Carlos Gomes e Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), Instituto de Artes do Pará (IAP), Escola de Governo do Pará (EGPA), Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Banco do Estado do Pará (Banpará), Instituto de Assistência dos Servidores do Estado (Iasep) e Imprensa Oficial do Estado. Mais informações na Diretoria de Política de Saúde Ocupacional do Estado, da Sead, pelo telefone (91) 3246-4660.
Texto:
Ellen Freitas-Sead


Alunos recebem orientações sobre
alimentos saudáveis e seguros

Cerca de 500 estudantes de sete escolas públicas de Belém participaram do evento sobre alimentos saudáveis promovido nesta sexta-feira (19) na praça Batista Campos. A parceria entre órgãos públicos e entidades privadas aproveita o Dia Mundial da Alimentação, comemorado em 16 deste mês, para conscientizar os alunos sobre a importância de ter uma alimentação saudável.
A Semana da Alimentação é uma promoção conjunta da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará), secretarias de Estado de Agricultura (Sagri) e de Saúde Pública (Sespa), Federação de Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Grupo de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Prefeitura de Belém e Ministério Público do Estado.
Para o diretor geral da Adepará, Mário Moreira, é fundamental fazer parte da ação. Conscientizar é o objetivo dos órgãos competentes, para multiplicar o conhecimento entre as crianças, que repassarão essas informações em casa. “Já fizemos nas escolas palestras para as crianças, preparando também as merendeiras. É importante que esses estudantes cresçam com uma vida saudável”, avalia o promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Marco Aurélio.
Texto:
Andréa Ferreira-Adepara



Cohab promove mais um mutirão
do programa Cheque Moradia

Cinco equipes de técnicos da Companhia de Habitação do Pará (Cohab) fizeram, neste sábado (20), mais um mutirão de visitas às famílias que solicitaram o benefício do programa Cheque Moradia. A ação, que abrangeu os bairros da Marambaia, Cabanagem, Condor, Jurunas e Pedreira, ocorre duas vezes por semana, para dar conta do grande número de processos de solicitação, segundo a coordenadora do programa, Nágela Noronha.
"Temos uma grande demanda de visitas a fazer, e o mutirão é a alternativa que encontramos para dar conta. Essas visitas servem para avaliar o tipo de serviço que deverá ser feito nas moradias das famílias solicitantes", disse. Na Marambaia, a primeira casa a ser visitada foi a de Maria da Conceição Trindade, no Jaderlândia. Ela estava ausente, mas o arquiteto Misael Nascimento, da Cohab, foi recebido pelo filho dela, Tonielson Trindade, que mostrou algumas rachaduras na casa.
"Aqui o problema é mais estrutural", disse o arquiteto, que fotografou detalhes para anexar ao processo da solicitante. A família, composta de quatro pessoas, está preocupada com as rachaduras, que começaram a aparecer há quatro anos. Eles não têm condições de financiar os reparos que precisam ser feitos.
Jossinalda de Oliveira também teve a casa visitada. Ela mora próximo ao cemitério São Jorge, na Marambaia. Na casa moram a mãe e o filho, Danilo Oliveira, que recebeu o técnico da Cohab. São dois compartimentos, que necessitam de acabamento.
A Cohab espera que, com os mutirões – que têm a participação de servidores de outros setores da companhia –, seja possível agilizar a emissão dos Cheques Moradia para famílias carentes. Entre os critérios para concessão do benefício está renda mensal de até três salários mínimos. O crédito só pode ser usado na compra de materiais de construção para reforma, ampliação e construção de casa própria. A mão de obra fica por conta do beneficiado.
O Cheque Moradia é um programa de transferência direta de renda, que contribuiu também para movimentar a economia do Estado – com o aquecimento das vendas no segmento de materiais de construção – e possibilita a criação de novos empregos no setor da construção civil.
Texto:
Rosa Borges-Cohab



Com 230 mil segurados, Iasep
é o plano que mais atende no Pará

Os hospitais do Pará recebem mensalmente cerca de 20 mil segurados do plano de saúde dos servidores do Estado. Os números de atendimentos de emergências e cirurgias agendadas fazem do Assist o plano de saúde que mais atende no Pará, conforme mostram os relatórios do Instituto de Assistência dos Servidores do Pará (Iasep), considerando a proporção com o atual número de segurados (232 mil).
Segundo os relatórios do Iasep, a média mensal de 20 mil era de 16,8 mil em 2010. Os investimentos em saúde, que possibilitaram a ampliação da rede credenciada e contratação de novos serviços, fizeram crescer também o atendimento. O número de segurados aumentou em 8,5% e a oferta de serviços em saúde, em 25%. Hoje o servidor público e dependentes têm mais opções de clínicas, hospitais e laboratórios.
A ampliação dos atendimentos não significa demora na liberação de serviços. Em média, o Iasep autoriza as cirurgias num prazo de 14 dias, que pode aumentar para 20 ou 30 dias caso o procedimento necessite de órtese, prótese ou material especial para cirurgia. As autorizações desses procedimentos aumentaram de 177 para 550 por mês. Os casos com demora acima do prazo médio representam menos de 0,5% dos 20 mil atendimentos.
Exames – As consultas médicas e os serviços de diagnóstico também apresentaram crescimento acima de 30%. Em 2010, mensalmente o Iasep fazia em média 41 mil consultas e 170 mil exames; hoje o plano dos servidores faz 55 mil consultas e 550 mil exames por mês.
A maior atenção do Iasep está sendo dada aos casos de alta complexidade. O combate ao câncer, por exemplo, está sendo feito de forma mais efetiva, com os tratamentos de radioterapia e quimioterapia. Antes da atual gestão, muitos segurados precisavam procurar a Justiça para obter tratamento, que hoje é autorizado sem qualquer burocracia.
Regulação – Para garantir o equilíbrio financeiro entre o aumento de atendimentos e a receita do plano, o Iasep implantou mecanismos de regulação. Em março, o instituto estabeleceu critérios para os procedimentos, com a implantação de Protocolos Clínicos. Para garantir que eles sejam respeitados, foi instalada a Câmara Técnica, composta por médicos especialistas, que analisam as solicitações de exames e cirurgias. Para acompanhar os procedimentos já feitos, o instituto ampliou o quadro de médicos auditores.
Além de manter o equilíbrio do plano, esses mecanismos de regulação visam também preservar a cota de consultas e exames dos segurados. Se os procedimentos solicitados não estiverem de acordo com os Protocolos Clínicos, precisam de justificativa médica. Se forem feitos sem conformidade com as regras do plano, ou, por exemplo, sem laudos comprobatórios, podem ser glosados pela auditoria. É um controle necessário para a saúde do plano.
Iasep em números
IASEP
2010
2012
Vidas seguradas
214 mil
232 mil
Serviços Credenciados
423
530
Procedimento Hospitalar*
16.813 /mês
20.666 /mês
Urgência
10.437 /mês
18.904 /mês
Consultas
41 mil /mês
55 mil /mês
Órtese/prótese
177 /mês
550 /mês
Serviço de Diagnóstico
170 mil/mês
258 mil /mês
Odontologia (**)
1.700 /mês
3.750 /mês
Glosas
10% /mês
8,6% /mês
(*) Internações, atendimento ambulatorial de urgência, OPME
(**) segurados atendidos
Texto:
Ettiene Angelin-IASEP



Crianças da comunidade
Riacho Doce recebem
programação da Cohab

Cerca de 200 crianças de 0 a 10 anos de famílias da comunidade Riacho Doce participaram neste sábado (20) da programação promovida pela Companhia de Habitação do Pará (Cohab) em comemoração ao Dia da Criança, no barracão do Corujão, no bairro do Guamá.
Segundo a assistente social Érica de Oliveira, do Instituto Amazônico de Planejamento, Gestão Urbana e Ambiental (Iagua), organização contratada pela Cohab para fazer o trabalho social de três projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a programação teve como tema "Família, toda criança tem esse direito".
"O objetivo é promover uma reflexão sobre a importância da família na garantia de direitos por meio de atividades lúdico e artísticas, brincadeiras e dinâmicas", disse, informando que a comemoração faz parte do cronograma de atividades do projeto social do Riacho Doce, pelo eixo Mobilização e Organização Comunitária.
"Todo esse trabalho social feito junto às famílias beneficiadas pelas obras do PAC é supervisionado pela Cohab”, explicou o pedagogo da companhia e responsável pela supervisão, Ademir Campbel.
A dona de casa Maria Carvalho levou os filhos para participar da programação. Ela é uma das que precisaram ser remanejadas da área onde as obras do PAC estão sendo executadas e é beneficiada com o Auxílio Moradia, concedido pela Cohab. Ela já passou por um curso de corte e costura promovido pelo projeto social, o que já está gerando resultados.
"Acho ótimo o que está sendo feito aqui, é uma oportunidade para toda a família. Eu mesma já fiz o curso de corte e costura e já estou com várias encomendas", revelou.
A festa para as crianças terminou ao meio-dia e teve apresentação teatral, oficina de desenhos e distribuição de lanche.
Texto:
Rosa Borges-Cohab



Alegria e devoção marcaram a
12ª Romaria da Juventude em Belém

 


Com animação e devoção, uma multidão de jovens percorreu as ruas de Belém no fim da tarde deste sábado (20), para homenagear Nossa Senhora de Nazaré na 12ª Romaria da Juventude. Acompanhados por um trio elétrico, cerca de 60 mil pessoas caminharam junto com a imagem peregrina da padroeira, da Catedral Metropolitana de Belém até a Basílica Santuário de Nazaré, em um percurso de 4,5 quilômetros.
Este ano, uma das novidades da procissão, que integra a programação oficial do Círio 2012, foi a presença da Cruz Missionária e do Ícone de Nossa Senhora na romaria, símbolos que estão percorrendo o país por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, que acontece em julho do próximo ano, no Rio de Janeiro. “Para nós, unir a romaria com a peregrinação dos sinais foi uma inspiração”, disse o arcebispo metropolitano de Belém, dom Alberto Taveira.
Dom Alberto ressaltou que, para os católicos, os dois símbolos têm um significado especial. “O ícone de Nossa Senhora acompanha a grande Cruz, que foi dada pelo bem-aventurado João Paulo II à juventude do mundo. A cruz que hoje está conosco vem percorrendo os cinco continentes do mundo. No Brasil, ela passará por todas as dioceses. Por três dias estamos recebendo o símbolo que nos leva a viver com alegria a presença de Jesus”, explicou.
Com o tema “Jovens, sejais discípulos da cruz com Maria”, a romaria atraiu a juventude de todas as paróquias da arquidiocese. Amanda Araújo, 14 anos, acompanhou a procissão com os outros 30 jovens da paróquia Santíssima Trindade. Para ela, que participou pela primeira vez, o que mais chamou a atenção foi animação dos jovens durante a caminhada. “Com certeza venho nos próximos anos”, frisou.
Do mesmo grupo, Diego Sales, 27, e Stefanie Sousa, 20, também participavam pela primeira vez. Para eles, o momento simboliza a de união da juventude. “A arquidiocese tem diversas paróquias e é difícil conhecermos todos os grupos de jovens, mas aqui todo mundo está junto na fé, com a oportunidade de interagir”, comentou Diego.
Para garantir a segurança da procissão, a Polícia Militar destacou 70 homens, quatro viaturas e quatro motos. O Corpo de Bombeiros destacou 30 homens, Além de uma viatura e equipamentos portáteis de combate a incêndio, uma moto de salvamento. Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Companhia de Transportes do Município de Belém (CTBel) também deram suporte à procissão. Duas unidades móveis da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), com médicos, enfermeiras e técnicos, fizeram atendimentos aos romeiros durante a caminhada.
Texto:
Amanda Engelke-Secom


Pará conquista 101 medalhas
nas Paraolimpíadas Escolares











A delegação paraense que participou das Paraolimpíadas Escolares durante esta semana em São Paulo desembarcou em Belém no início da tarde deste sábado (20), com 101 medalhas no peito: 35 de ouro, 35 de prata e 31 de bronze. Nesta edição do evento, que reuniu 1,2 mil estudantes-atletas com deficiência de todo país, o Pará obteve a melhor classificação geral desde que começou a participar da competição, com o quarto lugar no quadro geral de medalhas, ficando atrás do Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.
A recepção no Aeroporto Internacional de Belém foi com festa. “É muito emocionante voltar para casa e sentir que tanta gente se orgulha de nós”, disse Ana Izabela de Souza, da equipe de goalball. Para o atleta do vôlei sentado Rafael Ribeiro, a sensação é de dever cumprido. “Estou me despedindo do Paraolímpico Estudantil como tricampeão. Tenho muito orgulho de ter participado disso tudo e agradeço ao técnico e a toda equipe”, declarou.
Sexta maior delegação do evento, com 80 atletas e 40 técnicos, auxiliares, psicólogos e fisioterapeutas, de Abaetetuba, Barcarena, Belém, Castanhal, Marabá, Parauapebas e Ulianópolis, a delegação paraense participou nas modalidades de atletismo, natação, goalball, tênis de mesa, vôlei sentado, judô e bocha. O atletismo conquistou o maior número de medalhas, com 51 premiações, seguido da natação, que obteve 42 medalhas. O judô, tênis de mesa e vôlei sentado também foram medalhistas.
O resultado é fruto de um cotidiano de treinamento e orientação aos estudantes-atletas, que têm idade entre 12 e 19 anos. “Aumentou muito o nível técnico da natação, e estamos sempre em busca de caçar talentos nas escolas, entre os estudantes”, explicou o técnico da modalidade, José Luiz Moura. O trabalho dos técnicos de cada modalidade, que são professores de educação física, foi destacado pela coordenadora da delegação, Conceição Felgueiras. “Eles são os verdadeiros responsáveis pelo sucesso desse grupo. Pelo trabalho que fazem diariamente, pelo compromisso com seus atletas”, afirmou.
Texto:
Mari Chiba-Seduc



Hospital Jean Bitar completa um
ano de excelência no atendimento














 Em um ano de funcionamento, completado este mês, o Hospital Jean Bitar, em Belém, apresenta números expressivos de atendimento. São cerca de 120 internações por mês e mais de 600 cirurgias de grande porte, uma média de quatro por dia. Atualmente, a unidade, mantida pela rede estadual, garante 65 leitos ao Sistema Único de Saúde (SUS) do Pará, 40 no setor de clínica médica, 20 na clínica cirúrgica e cinco no Centro de Treinamento Intensivo (CTI). Para os próximos anos, a perspectiva é expandir o atendimento e os serviços ofertados à população, com a incorporação de novos leitos.
Desde que foi inaugurado pelo governo do Estado, em outubro do ano passado, o Jean Bitar funciona como anexo do Hospital Ophir Loyola, recebendo as demandas de clínica geral não oncológica. Com isso, o Estado iniciou a reforma e expansão do Ophir Loyola na área de referência, que é a oncologia, passando a oferecer 47 novos leitos. O novo hospital ainda permitiu a ampliação da Santa Casa de Misericórdia do Pará, abrigando duas ilhas da fundação. Com isso, foram abertos mais 28 leitos, doze na unidade de terapia intensiva (UTI) pediátrica, oito de UTI Neonatal e oito berçários.
Ao logo desse um ano, Hospital Jean Bitar se tornou referência estadual no que diz respeito à endoscopia digestiva. Foram quase dois mil exames feitos até o fim de setembro, nas especialidades de endoscopia (estômago), colonoscopia (intestino), retossigmoidoscopia (reto), broncoscopia (pulmão), além dos procedimentos cirúrgicos de gastrostomia (estômago) e CPRE (vias biliares).
Outro destaque, na avaliação do diretor superintendente do Jean Bitar, Luiz Cláudio Chaves, tem sido o suporte que o hospital tem dado na formação e aprimoramento profissional de médicos paraenses. Além de ser uma unidade oficial de ensino da Universidade do Estado do Pará (Uepa), o Jean Bitar é o único hospital da região a oferecer um Centro de Treinamento de Cirurgia Laparoscópica, que permite treinar novos cirurgiões.
Expansão – Para Luiz Cláudio, essa maior integração entre os cursos de medicina e enfermagem com o hospital foi um “ganho real”, com a transferência dos serviços de clínica médica do prédio do Ophir Loyola para o Jean Bitar. Para o médico, as novas instalações permitiram não só a expansão de leitos, que duplicaram, mas, sobretudo, a otimização dos serviços prestados para a população.
“Triplicamos o número de cirurgias bariátricas, por exemplo, em que a fila de cerca de mil pessoas estava com dificuldade de andar. Enquanto fazíamos uma por semana no Ophir Loyola, estamos fazendo três por semana aqui, e a meta é fazer quatro por semana, acelerando ainda mais a fila”, destacou Luiz Cláudio.
Com a inauguração da nova Santa Casa, prevista para o início de 2013, a expectativa é ofertar ainda mais leitos à população, já que as duas ilhas de UTI Neonatal e Infantil, que hoje estão instaladas no sexto andar do Jean Bitar, deverão ser realocadas no novo prédio da Santa Casa. Com isso, mais dez novos leitos de CTI deverão ser incorporados pela rede estadual no Jean Bitar. Além disso, novos equipamentos devem ser incorporados em breve.
Qualidade – Neste primeiro ano, a taxa de ocupação do hospital ficou entre 90% a 100%. Apesar do fluxo de pessoas, a qualidade do serviço prestado é uma das principais características citadas pelos pacientes que já receberam ou recebem o atendimento do hospital. A aposentada Jacinta Lama, 65 anos, que acompanha o filho Luis Carlos, 38, na recuperação de uma tuberculose pleural, conta que se surpreendeu com a estrutura do hospital. “A equipe tem sido mãe e pai para o meu filho. Como é pelo SUS, a gente não esperava o atendimento que estamos recebendo e o conforto também”, comentou.
Luís se internou pela primeira vez no hospital em abril deste ano, permanecendo dois meses e meio. Em agosto ele precisou retornar devido a uma complicação. “Aqui tem sido minha segunda casa nesses meses e não tenho do que reclamar. Só não é melhor do que a minha casa oficial”, compara ele, cujo quadro é estável.
A aposentada Elza Elisa Oliveira, 69 anos, que também está internada no hospital, diz estar satisfeita com o atendimento. “Há 28 anos, desde descobri que tinha Lupus, frequento os hospitais de Belém que oferecem o tratamento. Esse é, sem dúvida, um dos melhores”, opinou a aposentada, que faz o tratamento pelo Estado desde quando o serviço funcionava no prédio do Ophir Loyola. Com a transferência para o Jean Bitar, ela diz se sentir mais “aconchegada”.
Para o diretor do Jean Bitar, a satisfação dos pacientes é a demonstração que o objetivo vem sendo cumprido. “A ideia do governo do Estado é perseguir um paradigma de qualidade, isto é, demonstrar à população que o serviço público pode sim ser de qualidade, tanto na questão da hotelaria hospitalar, quanto no atendimento clínico. Nossos quartos têm a mesma estrutura de um hospital particular, com ar condicionado, TV de plasma, frigobar e cama elétrica. Quando o Estado adquiriu este prédio, que era privado, o objetivo foi ofertar conforto aos pacientes”, ressalta Cláudio Luiz.
Texto:
Amanda Engelke-Secom


Notícias de Brasília, em Brasília


Brasília, 19 de outubro de 2012  

Lentidão do Planalto na privatização dos aeroportos atrasa melhorias, alertam deputados  
A demora do governo em lançar os editais da nova fase de privatização dos aeroportos pode colocar em risco a entrega de dois dos mais importantes terminais do país até a Copa de 2014. As concessionárias que vencerem os leilões do Galeão (Rio de Janeiro) e de Confins (Belo Horizonte) terão que correr para fazer as melhorias até o evento esportivo. O governo só deve lançar o edital de licitação em novembro, após o segundo turno das eleições municipais. Ou seja, a preocupação do Planalto com o pleito falou mais alto e a infraestrutura do país ficou para depois. Leia mais


Parcela da população sem condições de moradia sofre com descaso do governo, diz Gomes de Matos  
Quase metade dos domicílios brasileiros não tem condições adequadas para moradia, aponta o Censo 2010 do IBGE. Para o deputado Raimundo Gomes de Matos (CE), o atual cenário mostra a insensibilidade do governo federal em resolver problemas dessa natureza. Mais de 27 milhões de residências, onde vivem quase 105 milhões de pessoas, não reúnem níveis satisfatórios de abastecimento de água, saneamento básico e coleta de lixo e têm mais de dois moradores por dormitório. A informação é do jornal “O Globo”. Leia mais


Domingos Sávio cobra política nacional para setor leiteiro  
O deputado Domingos Sávio (MG) fez um alerta sobre a situação dos produtores de leite no Brasil. “Esse segmento emprega milhões de pessoas e trabalha com um alimento essencial à vida. O leite e seus derivados vivem constantemente sendo sacrificados. Não há, no país, uma política nacional que dê um tratamento justo”, afirmou durante pronunciamento no plenário da Câmara, nessa quinta-feira (18). Segundo o tucano, por se tratar de um alimento perecível, os produtores têm uma série de prejuízos. Leia mais


Proposta de Berinho Bantim estabelece troca de produtos com defeito no prazo de garantia  
Projeto de lei do deputado Berinho Bantim (RR) apresentado nesta semana dispõe sobre a proteção do consumidor. De acordo com a proposta, produtos que apresentarem defeitos dentro do prazo de garantia deverão ser trocados imediatamente, sem necessidade de o cliente esperar o resultado do conserto. Na prática, esse procedimento já vem sendo adotado espontaneamente por fornecedores e comerciantes no Brasil. Leia mais


Projeto de tucano determina emissão rápida de segunda via da carteira de motorista  
Projeto de lei apresentado pelo deputado Carlaile Pedrosa (MG) determina que a emissão de segunda via da Carteira Nacional de Habilitação deve ser feita mediante procedimento unificado em todo o país. Se a proposta for aprovada, o documento será emitido de imediato na forma regulamentada. De acordo com o tucano, o condutor que tem a CNH danificada ou roubada se depara com duas situações na hora de pedir uma nova versão. Ou ele recebe uma autorização com validade de um mês (mas pode conduzir apenas no estado), ou fica sem qualquer licença até a nova carteira chegar. Leia mais


Segmento elétrico não é o único afetado pelos improvisos da gestão petista, afirma ITV  
Com risco de apagão em função de um simples capítulo final de telenovela, o governo teve de acionar termelétricas, mais caras e poluentes. Mas os improvisos vão além do setor elétrico: também se nota na privatização dos aeroportos e até na falta de combustível em algumas regiões do país. “Na avenida Brasil governada pelo PT, um pneu estourado, o mar agitado, a falta de chuva ou o excesso de vento é capaz de pôr o conforto da população em risco”, afirma a Carta de Formulação e Mobilização Política desta sexta-feira (19). Leia mais


Eduardo Gomes destaca que sociedade acompanha projetos de combate à corrupção  
O 1º secretário da Câmara, deputado Eduardo Gomes (TO), disse que a população brasileira acompanha os projetos de lei destinados ao combate à corrupção. “A população acompanha de perto, através dos órgãos de comunicação, das redes sociais e de todos os instrumentos de divulgação”, declarou o parlamentar. Gomes participou nessa quinta-feira (18) do 1º Seminário sobre Boas Práticas em Contratações Públicas, realizado na Câmara. Leia mais


Artigo: “Viracopos: prova de negligência”, por Vanderlei Macris  
No último final de semana, o Brasil mais uma vez pode sentir a ineficiência do seu setor aeroportuário. Tivemos mais uma prévia de como a falta de comprometimento, responsabilidade e planejamento afetam diretamente a vida das pessoas. Mais uma vez foi acesa a luz vermelha sobre a precariedade dos aeroportos do país que sediará grandes eventos, como a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas em 2016. Leia mais


Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...