Total de visualizações de página

terça-feira, outubro 23, 2012

Paulo Rocha só vai falar depois da finalização do Mensalão







Governo do Estado participa da Semana da Palma Sustentável

Começou na última segunda-feira (22) a Semana Técnica da Palma Sustentável, no Hotel Regente, com o objetivo de incrementar e potencializar o conhecimento técnico acerca da produção da palma no Pará. O evento é promovido pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente na Amazônia (Imazon) e Proforest Initiative, em parceria com o governo do Estado, por meio do programa Municípios Verdes e Secretaria Especial de Estado de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip).
O evento propõe um diálogo entre os empreendedores e plantadores de palma de óleo (dendê) no Pará com as organizações não governamentais (ONGs) e diversas outras entidades que se propõem em estudar o andamento de um programa de plantação no Estado.
Fazem parte da programação treinamentos e oficinas sobre produção sustentável de palma para produtores, autoridades governamentais e organizações da sociedade civil no Estado. As discussões servirão de base para a criação de um plano de ação para conscientização, treinamento e capacitação sobre a produção da sustentável da palma na região.
Contextualizando o plantio da palma no Pará e no mundo, assim como a visão do governo e dos demais setores da produção, o titular da Sedip, Sidney Rosa, falou sobre os 180 mil hectares plantados no Pará e sobre a perspectiva de crescimento nos próximos dez a 15 anos para que o Estado alcance um milhão de hectares de palma. “Dessa forma podemos trazer o desenvolvimento para a região investindo no plantio da palma”, disse.
Impactos – Alguns pontos de debate, porém, trazem certa preocupação do ponto de vista dos impactos positivos e também dos negativos que poderão vir a acontecer. Sobre o tema, o titular da Sedip propõe a participação de todos os agentes da palma nos debates durante os três dias, discutindo, inclusive, o exemplo trazido pela comitiva do governo que esteve no mês de maio na Malásia, mostrando o grande saldo de desenvolvimento que o país obteve a partir do cultivo da palma em 40 anos.
Hoje, a Malásia já está com cerca de mais de quatro milhões de palma plantadas, além de um grande processo industrial de agregação de valor na palma de óleo, objetivo ressaltado também pelo secretário. “É este o exemplo que buscamos conseguir para o Pará para os próximos anos” concluiu.
Para o secretário extraordinário para a Coordenação do Programa Municípios Verdes, Justiniano Netto, a produção do óleo de palma está interligada às metas do programa. “A expansão da palma pode colaborar com a questão da gestão ambiental e Cadastro Ambiental Rural, além do incentivo ao crescimento de uma economia sustentável – todos itens indispensáveis para os participantes do programa Municípios Verdes”, explicou.

Texto:
Andréa Amazonas-SEDIP



Fiscal de receitas é escolhido como Servidor Nota 10 da Sefa

O fiscal de receitas Humberto Carlos da Costa Barros, 46 anos, foi escolhido, entre quatro concorrentes, o Servidor Nota 10 da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa). Ocupante de cargo na carreira da administração tributária, ele ingressou na Sefa por meio de concurso público em 1990 e trabalhou nas unidades fazendárias de Belém, Breves, Paragominas, Marabá, Tomé-Açu, coordenações de mercadorias em Trânsito (Cecomt) do Itinga, Conceição do Araguaia e Carajás. Também exerceu a função de coordenador nas Cecomt do Araguaia e Carajás.
Humberto da Costa, que é bacharel em ciências contábeis e direito com pós-graduação em direito tributário, afirma que, no trabalho, está interessado em atuar da melhor forma, buscando o aprimoramento da atividade de fiscalização. “Nestes 22 anos de Sefa acompanhei o avanço do uso das ferramentas tecnológicas, principalmente a partir de 1995, o que melhorou muito o trabalho que desempenhamos na fiscalização tributária”, avalia.

Texto:
Ana Márcia Pantoja-Sefa



Pará recebe etapa regional de circuito nacional sobre pecuária

O Pará fará parte pela primeira vez do Circuito Feicorte NFT 2013, a feira de negócios que divulga as novas tecnologias do setor pecuário brasileiro, por meio das empresas de destaque no segmento da cadeia de proteína animal. No próximo ano, o evento terá cinco etapas regionais, com feiras, promovidas de março a novembro, nos Estados do Pará, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins.
No Pará, a Feicorte ocorre de 7 a 8 de novembro de 2013, em Paragominas, com apoio da Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri). O evento será uma oportunidade para o Estado mostrar o potencial pecuário, com um rebanho de 18 milhões de cabeças, o quinto maior do país, numa área de 25 milhões de hectares.
Paragominas foi escolhida para ser a sede da quinta etapa regional do Feicorte NFT, por ser exemplo de pecuária sustentável na Amazônia, com o projeto Pecuária Verde. O município também inspirou o programa Municípios Verdes, do governo do Estado, que desenvolve ações de fortalecimento da economia sustentável e combate ao desmatamento.
O Circuito Feicorte NFT foi criado ano passado, em São Paulo, por iniciativa do Agrocentro, que promove a Feicorte há 18 anos, e a Nutrition For Tomorrow Alliance, aliança de marketing cooperativado formada por empresas da cadeia de proteína animal. O tema da edição 2013 será “Eficiência na produção e na comercialização da carne”. As etapas regionais terão dois dias de workshop com palestras e debates e feira de negócios com as empresas da cadeia produtiva da carne e leilão.

Texto:
Leni Sampaio-Sagri
Fone: (91) 4006-1210 / (91) 9114-3113


Servidores Nota 10 recebem prêmio e medalha em cerimônia no Hangar

Os órgãos que compõem a administração pública estadual escolheram seus representantes para a quinta edição do Servidor Nota 10, a mais importante premiação de reconhecimento por mérito profissional concedida aos funcionários públicos do Estado, que está de volta em 2012. Os 62 eleitos serão homenageados pelo governo em cerimônia solene nesta sexta-feira (26), às 19h30, no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, encerrando a programação especial da Semana do Servidor.
Com o prêmio Servidor Nota 10, o programa de valorização da Escola de Governo do Estado (EGPA) promove o reconhecimento a quem se destaca no desempenho funcional na administração pública estadual. Os  escolhidos de cada órgão receberão certificados assinados pelo governador Simão Jatene, medalhas e o prêmio de R$ 1 mil. O eleito “Servidor Nota 10 do Estado” receberá certificado, medalha e o prêmio de R$ 30 mil.
"O servidor deve crescer pelo reconhecimento do mérito, e a Escola de Governo oferece oportunidades para isso. O principal objetivo é valorizar o funcionário, fazendo com que ele se sinta bem e orgulhoso de ser um servidor público”, diz o diretor de Desenvolvimento e Valorização de Pessoas da EGPA, Raymundo Albuquerque, ressaltando a proposta de incentivo à meritocracia no governo do Estado.

Os eleitos como Servidor Nota 10 em cada órgão estadual foram avaliados em quesitos como assiduidade, disciplina, iniciativa, produtividade, competência interpessoal, trabalhos de relevância, relacionamento com o público, atualização e reciclagem profissional, integração ao projeto de governo e responsabilidade, também levando em conta toda a vida funcional do servidor inscrito.
Criado em 2003, o programa “Servidor Nota 10” foi suspenso em 2006 e retorna este ano, como parte da Agenda Mínima de Governo, dentro do Programa Gestão de Qualidade. Os prêmios serão entregues aos servidores de cada órgão estadual com o melhor desempenho durante o ano, segundo a opinião dos colegas que integrarão a comissão avaliadora.

Texto:
Daniele Brabo-EGPA



Cohab participa de entrega de mais de 100 títulos em Ananindeua

A Companhia de Habitação do Pará (Cohab) participou nesta terça-feira (23), em Ananindeua, região metropolitana de Belém, da solenidade de lançamento do Plano Municipal de Habitação de Interesse Social. Durante a cerimônia, foram ainda entregues 108 títulos de direito de uso para famílias dos bairros Roraima-Amapá, Parque Modelo, Nova Aliança, Nova Helderlândia e Jerusalém.
"A emissão desses títulos é feita em parceria pela Prefeitura de Ananindeua e a Cohab, que firmou em 2008 um termo de cooperação técnica , renovado em 2011, visando a regularização fundiária em assentos de propriedade do Estado”, informou a Gerente de Regularização Fundiária da companhia, Paloma Fadul.

O diretor técnico da Cohab, Eduardo Loureiro, disse que mais de quatro mil títulos já foram emitidos para Ananindeua, desde 2008, quando o termo de cooperação técnica foi firmado com o município. "A regularização fundiária é um dos maiores desafios na área da habitação, porque é um processo complexo, moroso e que requer muitos recursos, mas é significativo por representar o resgate da cidadania", avaliou.

A secretária municipal de Habitação de Ananindeua, Zinda Nunes, observou que foi fundamental a parceria da Cohab no processo de regularização fundiária. Segundo ela, em sete anos, Ananindeua tornou-se o município campeão em regularização fundiária de terras urbanas no Brasil, com mais de 13 mil títulos que regularizam 21 áreas.
Durante o evento, a prefeitura fez também a entrega de certificados de cursos do projeto social executado junto às famílias do residencial Carlos Marighela.

Texto:
Rosa Borges-Cohab


Secti promove workshop para produtores de cacau em Medicilândia

O cacau constitui um produto de grande relevância para a economia paraense, com uma produção que gera cerca de R$ 400 milhões em renda, para 15 mil produtores (79% deles agricultores familiares) em 45 municípios. Para tornar o setor mais competitivo diante do mercado nacional, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) promove, nesta quarta-feira (24), o workshop "Indicação geográfica para o cacau", em Medicilândia, maior produtor cacaueiro do Estado.

A presença do selo de Indicação Geográfica (IG) é uma garantia ao consumidor de que a origem do produto é genuína. O workshop apresentará aos produtores locais, empresários e gestores de tecnologia a importância do uso eficaz do mecanismo como instrumento de geração de novos negócios, de agregação de valor e de credibilidade de produtos típicos de determinada região geográfica, trazendo a esses um diferencial econômico no mercado.
A programação abordará a estrutura do processo de pedido de IG, envolvendo a necessidade de organização de produtores, o levantamento histórico-cultural, delimitação geográfica, elaboração de regulamento e de identidade gráfica e a apresentação de um caso de sucesso. O workshop será ministrado das 8 horas ao meio-dia, na Câmara de Medicilândia, em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri) e Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac).

Texto:
Ana Carolina Pimenta-Secti



Pará marca presença na Feira de Turismo das Américas, no Rio de Janeiro

Será aberta oficialmente na manhã desta quarta-feira (24), no Riocentro, Rio de Janeiro, mais uma edição da Feira de Turismo das Américas. O evento, promovido pela Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav), é uma grande vitrine aos produtos, serviços e destinos turísticos do mundo. Entre os Estados da região Norte participantes está o Pará, apresentando a nova marca turística e defendendo o slogan “Pará, a obra-prima da Amazônia”.
A grande atração do estande paraense no primeiro dia do evento, que segue até sexta-feira (26), será apresentação, às 15 horas, do Grêmio Recreativo Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense, que defende no Carnaval 2013 o samba-enredo “Pará, o Muiraquitã do Brasil”. A porta-bandeira Rafaela de Sousa, o mestre-sala Phelite Guedes e o carnavalesco Domingos do Estácio estarão no estande da Companhia Paraense de Turismo (Paratur).
A Feira de Turismo das Américas, que chega à 40ª edição este ano, reúne agentes de viagens, operadores turísticos com poder de decisão e compradores de corporações provenientes do Brasil e do exterior. São esperados para o evento representações de 50 países. Cerca de mil expositores, em 350 estandes, estarão dispostos em uma área de 40 mil metros quadrados. A feira apresenta as novidades da cadeia de turismo do Brasil a um público estimado em 25 mil pessoas.
Os participantes vão encontrar no evento representantes de agências de viagens, operadoras de turismo, consolidadoras, companhias aéreas, empresas de cartão de assistência, locadoras de veículos, transportadores rodoviários, hotelaria, resorts, parques temáticos, centros de eventos, cruzeiros marítimos, convention & visitors bureaux, associações, entidades de classe e segmentos especializados, consultorias e equipamentos turísticos em geral.
O estande do Pará tem 110 metros e será tematizado com a gastronomia paraense. A Paratur vai oferecer degustação de sucos regionais, licores, bombons e outras delícias. “A gastronomia será o principal produto que vamos promover, apresentando um material promocional inspirado no Plano Ver-o-Pará, focando os valores do destino Pará, que passam pela diversidade, sustentabilidade, originalidade, autenticidade e criatividade”, diz a presidente da Paratur, Socorro Costa.
A participação do Pará na feira é fruto de parceria entre Paratur, Associação São José Liberto (Polo Joalheiro), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) e Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Cerca de 40 agentes de viagens e operadores vão representar o empresariado paraense no evento. Mais informações: (91) 3212-0575 e (91) 8895-5733, na Gerência de Comunicação da Paratur.

Texto:
Benigna Soares-Paratur




Secretaria anuncia prisão de suspeitos de milícia contra Castelo no Maranhão

São Luís – Após a denúncia do prefeito de São Luís (MA), João Castelo (PSDB), candidato à reeleição na capital, de que policiais militares e integrantes dos bombeiros reuniram-se, supostamente, para organizar uma milícia com o objetivo de apoiar o adversário do tucano no segundo turno, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) anunciou, na tarde desta terça-feira (23), a prisão de seis pessoas identificadas no vídeo que deram origem às investigações.
Ao protocolar um documento pedindo providências sobre o episódio, ontem, ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, Anildes Cruz, e ao corregedor eleitoral, o desembargador José Bernardo Rodrigues, João Castelo disse que, no vídeo, os participantes da reunião falavam sobre uma organização intitulada “Milícia 36” e que a criação de uma “central de inteligência” estava em andamento.
Confira a nota na íntegra da SSP-MA sobre a prisão dos suspeitos:
A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Militar (PMMA) e do Corpo de Bombeiros (CBMMA), informa que foram presos administrativamente na noite desta segunda-feira (22), o coronel Jonas Batista Durans, subchefe do Estado Maior Geral do CBMMA; o sargento Juarez de Morais Aquino Júnior, da Companhia de Policiamento de Guarda (CPGD); o cabo Roberto Campos, do 6º BPM; o cabo Marcos Antonio Ramos Barros, do 2º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM); o cabo Marco Aurélio Ribeiro, do 1º GBM; e o cabo Jorge Henrique Sousa da Costa, do Subgrupamento de Busca e Salvamento.
Os militares foram identificados nas imagens contidas em vídeo divulgado pela imprensa no domingo (21). O recolhimento administrativo se deu em cumprimento ao exposto pela Legislação Militar e tem por base os pressupostos da ordem e da disciplina, segundo a qual o militar não deve se desviar dos objetivos que visem o bem comum da tropa.
De acordo com os preceitos da disciplina militar, é considerada transgressão “Manifestar-se, publicamente, o militar da ativa, sem que esteja autorizado, a respeito de assuntos de natureza político-partidária; Tomar parte, fardado, em manifestações de natureza político-partidária; Discutir ou provocar discussão, por qualquer veículo de comunicação, sobre assuntos políticos ou militares, exceto se devidamente autorizado”.
A medida cautelar representa uma ação de Pronta Intervenção, cujo objetivo é a manutenção dos princípios da hierarquia e preservação da ordem e da disciplina, em vigor nas Corporações Militares, baseado na Legislação, conforme o Decreto Federal nº 4.346, de 23 de agosto de 2002, não os isentando das responsabilidades subsidiárias decorrentes dos fatos.
PSDB - Comissão Nacional - Avenida L2 Sul, quadra 607,
Edifício Metrópolis, cobertura 2 - CEP 70200-670 - Brasília-DF
Fone: (0xx61) 3424-0500 - Fax: (0xx61) 3424-0515 - tucano@psdb.org.br



Sefa alerta consumidores para emails falsos sobre Nota Fiscal Cidadã

A Secretaria da Fazenda do Pará (Sefa) recebeu denúncias de que há emails falsos circulando na internet, tentando obter dados sigilosos por meio de fraude. O email traz um link dos supostos “bilhetes premiados” no programa Nota Fiscal Cidadã. A Sefa esclarece que não solicita senhas nem encaminha emails para informar sobre bilhetes do concurso.
Os bilhetes dos consumidores, para fins de sorteio e premiação, serão fornecidos mediante senha, para quem se cadastrar no site da Nota Fiscal Cidadã. O cadastramento começará a partir de novembro no endereço www.sefa.pa.gov.br/nfc. O primeiro sorteio será realizado em somente no mês de dezembro deste ano.
Para evitar o roubo de senhas e outros dados sigilosos, a Sefa recomenda que as pessoas não abram emails nem links suspeitos, e quando fizerem seus cadastros no site da Nota Fiscal Cidadã nunca forneçam sua senha para estranhos.
Em casos de dúvidas, os consumidores devem ligar para o Call Center Sefa – 0800 725 553 ou enviar email para atendimento@sefa.pa.gov.br.
O programa Nota Fiscal Cidadã, do Governo do Estado, incentiva ações de cidadania fiscal e também estimula a emissão de documentário fiscal. Serão realizados sorteios com diversos prêmios. Os consumidores devem pedir a emissão de documentos fiscais com o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), para participarem do primeiro sorteio do Programa Nota Fiscal Cidadã, no mês de dezembro. Ao exigir a nota fiscal eletrônica e solicitar a inclusão de seu CPF, o cidadão já está concorrendo a prêmios em dinheiro, que terão sete faixas de premiação, sendo que a primeira é de R$ 20 mil.

Texto:
Ana Márcia Pantoja-Sefa
Fone: (91) 3323-4210  / (91) 9991-3237



Susipe premia detentos em concurso de pinturas sobre o Círio de Nazaré
A Arquidiocese de Belém, por meio da Pastoral Carcerária, promoveu, no período de abril a setembro deste ano, a terceira edição do concurso de pintura “Libert’Art” em dez unidades prisionais do Estado (PEM I e II, HCTP, CRC, CRPP I, CAHF, CRF, CR Tomé –Açu, CR Bragança e CR Capanema). Com o tema “Círio de Nazaré: A festa do povo”, o concurso teve como finalidade resgatar a autoestima e despertar novos talentos entre a população carcerária, usando o Círio como tema.
O resultado são 31 quadros, que podem ser vistos em mostra promovida pela Superintendência do Sistema Penal (Susipe) e Arquidiocese de Belém. A exposição, no salão do prédio sede da Susipe, fica aberta ao público nesta segunda (22) e terça-feira (23); na quarta (24), serão conhecidos os cinco vencedores do concurso, em cerimônia que começa às 9 horas.
O interno Jairo Alexandre Oliveira Cirino, que ficou em primeiro lugar, com a obra “Fé Renovada”, receberá o prêmio de R$ 2,2 mil. O segundo lugar foi para Edinaldo Hungria da Costa, com a obra “Fé e Liberdade”, que lhe valerá a premiação no valor de R$ 1 mil. Rosiel Silva Pimentel, com a obra “Caminhando pela Fé”, receberá R$ 800 pelo terceiro lugar, enquanto Acebias dos Santos, com a obra “Virgem de todas as Raças”, será agraciado com R$ 500 pela quarta colocação. O quinto lugar foi para Paulo Lobo Pinheiro, que receberá R$ 200 pela obra “Festa Paraense”.
Os parceiros do concurso, iniciado em 2009, são: Grupo Manoel Messias (Mix Modas), Colégio Santo Antônio, WT- Gomes Oudoor, Comunicação Visual Tver Mídia Digital, Irmãs Dorotéias de Fracinetti, Diário do Pará, Tribunal de Justiça do Pará, Fundação Nazaré de Comunicação e KSK gráfica e editora.




Uepa divulga resultado preliminar do mestrado em Ciências da Religião

A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião divulga o resultado preliminar da primeira fase do processo seletivo ao mestrado em Ciência da Religião da Universidade do Estado do Pará (Uepa). Ao todo, 70 candidatos constam na lista, dividida em duas linhas de pesquisa: “Movimentos e instituições religiosas” e “Hermenêutica das linguagens da religião”.
Eventuais recursos devem ser protocolados em até 24 horas úteis junto à coordenação do mestrado em Ciência da Religião, no Prédio Castelinho, andar térreo, do Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE), na Djalma Dutra, s/n, Bairro do Telégrafo. A entrega dos documentos referentes à segunda fase do processo seletivo será dias 25, 29 e 30 de outubro. A data limite para postagens de documentos enviados via Sedex será até 26 de outubro.
A segunda fase, de caráter eliminatório, constará da entrega e da posterior análise de documentos. Os classificados serão submetidos à habilitação e avaliação dos pré-projetos de pesquisa (3ª fase); entrevista (4ª fase); e ainda à prova escrita de proficiência em Língua Estrangeira ou Vernácula, escolhida dentre as oferecidas pelo PPGCR (espanhol, francês e inglês, para os candidatos brasileiros e o português, para os candidatos estrangeiros), de caráter obrigatório e não-eliminatório (5ª fase).
A Uepa aplicou dia 11 deste mês a primeira fase das provas escritas de caráter discursivo do Processo Seletivo ao Mestrado em Ciências da Religião de acordo com o Edital 82/ 2012. O processo seletivo oferta 24 vagas, que estão distribuídas igualmente entre duas linhas pesquisas do curso.
O resultado final do processo de seleção do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião, ano acadêmico 2013, será divulgado, por ordem decrescente de classificação e por linha de pesquisa, no dia 28 de dezembro de 2012, a partir das 9h no site: www.uepa.br e no quadro de avisos da Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião.

Texto:
Ize Sena-Uepa
Fone: (91) 3244-5201 (91) 3299-2221 / (91) 8112 0744



Grupo musical leva alegria aos pacientes do Hospital Metropolitano
O grupo de sopro da Fundação Carlos Gomes faz apresentação musical, nesta terça-feira (23), a partir das 10 horas, aos pacientes, médicos e funcionários do Hospital Metropolitano. A iniciativa faz parte do Núcleo de Arte e Cultura (NAC) da Universidade do Estado do Pará (Uepa) por meio do projeto “Saúde e Alegria. A vida convida”.
Em seis anos, o projeto tem proporcionado bem estar e humanização do atendimento por meio da música aos pacientes que estão nos leitos dos hospitais públicos.
“O objetivo é levar um pouco de alegria aos pacientes que na maioria das vezes está passando por um momento de sofrimento e dor”, informa a coordenadora do projeto, Eliana Cutrim.
O repertório apresentado pelo grupo musical, que tem como coordenador o professor Marcos Cardoso, é constituído de obras de grandes nomes da música, como Pixinguinha, Wilson Fonseca, Waldemar Henrique, Chick Corea, Gilberto Gagliardi e Pinduca.

Texto:
Ize Sena-Uepa
Fone: (91) 3244-5201 (91) 3299-2221 / (91) 8112 0744



São José Liberto é considerado exemplo de economia criativa

O funcionamento integrado de ações nas áreas de cultura, turismo, design, artesanato, joalheria, capacitação profissional e comercialização, presentes no Espaço São José Liberto, asseguram a dinâmica de funcionamento dos elos da economia criativa: criação, produção, difusão e distribuição, e consumo e fruição (usufruto), destacados durante o Fórum Brasileiro de Economia Criativa, ocorrido na última quarta-feira (17), no auditório do Banco da Amazônia.
Promovido pela Secretaria de Economia Criativa do Ministério da Cultura (Minc), o fórum teve a presença da secretária adjunta da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), Maria Amélia Enriquez, e da diretora executiva do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), Rosa Helena Neves.
O Espaço São José Liberto desenvolve as ações do Programa Polo Joalheiro do Pará e comercializa artesanato de várias regiões do Estado, apoiando os elos da cadeia produtiva. O trabalho interage com uma rede de parceiros nas áreas do turismo, cultura, ciência, tecnologia e inovação, sob a perspectiva da intersetorialidade. Segundo Rosa Helena Neves, isso tem gerado experiências de integração entre os diversos setores do ramo de gemas, joias, moda, manualidades e artesanato, contribuindo para um acesso ao mercado que valoriza os setores criativos.
As manifestações artístico-culturais, como o teatro, a dança e o folclore, também são contempladas no Espaço São José Liberto, que, além do Polo Joalheiro, tem a Casa do Artesão, o Museu de Gemas do Pará e o anfiteatro Coliseu das Artes, onde ocorrem apresentações, exposições e outros eventos.
Depois de São Paulo, Belém recebeu a segunda reunião do fórum, cujo objetivo é divulgar o conceito de economia criativa, ampliar a participação da sociedade civil nas discussões sobre as políticas públicas para o setor e discutir a implantação do “Criativa Birô” no Pará, a partir de uma parceria com o governo do Estado. O Plano Brasil Criativo, que aguarda aprovação da presidente Dilma Rousseff, visa desenvolver e fortalecer os setores criativos para alavancar o crescimento da economia nacional.
Entre os presentes no Fórum, além de artistas, estavam titulares e representantes de associações e órgãos públicos, como da Federação das Indústrias do Pará (Fiepa), Fundação Cultural Tancredo Neves, Seicom, Instituto de Artes do Pará (IAP), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Universidade Federal do Pará (UFPA) e Banco da Amazônia.
Inclusão – Segundo Rosa Helena Neves, o Espaço São José Liberto nasceu sob a lógica da cultura como elemento impulsionador da economia e de inclusão produtiva. Todos os produtos comercializados no espaço, destacou, remetem à cultura amazônica e são resultado do talento e capacidade produtiva dos designers, empresários individuais, artesãos, produtores, músicos e escritores. Além das joias, acessórios de moda e artesanato, o espaço também comercializa CDs, DVDs, perfumaria, cosméticos e doces, entre outros produtos.
A secretária adjunta da Seicom, Maria Amélia Enriquez lembrou que o Estado dispõe da Diretoria de Comércio e Serviços e da Coordenação de Projetos de Economia Solidária e Criativa no apoio a ações culturais. O São José Liberto é um dos espaços onde a Seicom tem colocado em prática estas ações de fomento, relacionadas à economia criativa.
A secretária de Economia Criativa, Cláudia Leitão, reforçou a necessidade de reflexão sobre a nova política pública de cultura no Brasil, pautada na valorização do potencial humano e respeitando as diferenças e a diversidade de setores criativos de cada região do Brasil, país que desperta enorme expectativa no restante do mundo. “A gente percebe agora que cultura é um elemento muito interessante, exatamente para compreender o que difere uma nação da outra, como se constrói o desenvolvimento a partir de territórios, a partir de projetos regionais e locais”, observou.
Cláudia Leitão destacou o Espaço São José Liberto como um exemplo de economia criativa, com cadeias produtivas organizadas de setores. A representante do Minc também falou da necessidade de mobilização da sociedade civil para que o Plano Brasil Criativo, distribuído aos participantes do fórum, seja aprovado e colocado em prática. “Estamos retomando uma discussão que é muito urgente no Brasil, uma discussão sobre cultura e desenvolvimento”, ressaltou.

Texto:
Luciane Barros-São José Liberto
Fone: (91) 3344-3514 / (91) 08300-3961


Governo do Estado empossa 1094 concursados no Dia do Servidor
O Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Administração (Sead), realiza nesta quarta-feira, 24, o Serviadmissão, que vai promover o acolhimento e a ambientação do servidor recém-admitido no Poder Executivo Estadual, a partir do reconhecimento de sua importância para a sociedade. O evento marca a abertura da programação em homenagem ao Dia do Servidor público, no período de 24 a 27 de outubro. O evento será realizado no auditório Esmael Nery, da Fundação Cultural Tancredo Neves (FCPTN), das 16h às 18h.
Ao todo serão empossados 1094 concursados que ingressaram no serviço público estadual entre abril e outubro de 2012. Dentre estes, a maioria atuará na área da Educação: 796 servidores. Todos os novos funcionários foram aprovados através de concursos públicos. As nomeações cumprem as metas estabelecidas na Agenda Mínima do Governo do Estado. “O objetivo é acolher os recém-nomeados e apresentar a estrutura básica do Poder Executivo Estadual, os principais programas e ações desenvolvidas pelo governo”, destacou a secretária de Administração, Alice Viana.
Os órgãos contemplados com as nomeações são: Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará); Auditoria Geral do Estado (AGE); Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos no Estado do Pará (Arcon); Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC); Defensoria Pública do Estado; Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa); Fundação Carlos Gomes (FCG); Fundação Curro Velho (FCV); Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa); Hospital Ophir Loyola (HOL); Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará (Iasep); Instituto de Desenvolvimento Florestal do Estado do Pará (Ideflor); Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp); Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa); Loteria do Estado do Pará (Loterpa); Procuradoria do Estado do Pará (PGE); Secretaria de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social (Seas); Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti); Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel); Secretaria de Estado Indústria, Comércio e Mineração (Seicom); Secretaria de Estado de Justiça e Diretos Humanos (Sejudh); Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop); Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultura (Sepaq); Secretaria de Planejamento Orçamento e Finanças do Pará (Sepof); Secretaria de Estadual de Saúde (Sespa); Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe), Universidade do Estado do Pará (Uepa).
Programação:
15h- Credenciamento dos Servidores

15h30- Acolhimento
Apresentação Artística - Pocket Show com o ator “Filé”
16h- Abertura
Alice Viana - Secretária de Estado de Administração
16h20- Apresentação 1
Nilson Pinto Oliveira - Secretário Especial de Estado de Promoção Social
16h40 - Apresentação 2
Sérgio Leão - Secretário Especial de Estado de Proteção e Desenvolvimento Social
17h- Apresentação 3
Kleber Tayrone Teixeira Miranda - Presidente do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Pará
17h20 - Encerramento do Serviadmissão/ Lançamento do Servidor na Academia
Simão Jatene - Governador do Estado do Pará
18h - Hino do Estado do Pará

Texto:
Ellen Freitas-Sead
Fone: (91) 3289-6241 /
Email: ellenfreitas13@gmail.com



Música na Orla leva música autoral paraense ao público da Estação
O projeto Música na Orla apresentou este mês a coletânea “Ritmos do Pará”, que fez um verdadeiro passeio pela sonoridade produzida no Estado. Do tradicional ao contemporâneo, do carimbó ao brega, durante três dias os frequentadores e visitantes da Estação das Docas puderam conhecer melhor a cultura regional. Na noite deste domingo, 21, o show de Joelma Kláudia e convidados encerrou em alto estilo a terceira noite do projeto.
A banda paraense Clepsidra foi quem a abriu a noite especial. Com um repertório totalmente autoral, Renato Torres (voz e guitarra), Arthur Kunz (bateria) e Maurício Panzera (baixo) interpretaram canções como “Independente”, “Serena” e “Condição”. Para Renato Torres, o projeto é essencial. "A cidade precisa de projetos musicais gratuitos à população. A cena musical do Pará é riquíssima e é importante que os próprios paraenses tenham a oportunidade de conhecer a música que produzimos aqui e que os artistas possam mostrar o seu trabalho”, pontuou.
Considerada uma das revelações da nova música produzida no Pará, a cantora Aíla trouxe ao palco do 'Música na Orla', canções do seu primeiro CD “Trelêlê”, entre elas “Proposta Indecente”, “Preciso ouvir música sem você”, “Brechot do Brega” e “Garota”. Aíla foi acompanhada pela banda base formada pelos músicos Willy Benitez (bateria), Neném Silva (guitarra) e Rafael Azevedo (baixo).
A estrela da noite, Joelma Kláudia trouxe a orla da Estação das Docas o “Circuito Autoral”, que visa a divulgação do seu DVD intitulado “Dias Assim”, gravado em 2010, na sua cidade-natal: Altamira. Como convidados, André Leemax, Gigi Furtado e MC Bruno B.O. animaram o público com um vasto repertório autoral. “O Música na Orla é um projeto maravilhoso que agrega valores aos artistas locais, não só os do circuito independente, e mostra a esse público rotativo de visitantes da Estação um pouco da nossa cultura. Parabenizo a OS Pará 2000 pela inciativa e fico muito feliz em ter participado deste projeto”, ressaltou.
O estudante Yuga Andrade, 22 anos, acompanhou os três dias do Música na Orla e destacou a iniciativa da Estação em aproximar a população da música produzida no Estado. “Achei muito interessante o projeto, que valoriza o artista local, principalmente aqueles que mantem um trabalho autoral. Esta iniciativa da Estação oportuniza, ainda, que a população assista aos shows de graça. Isto é muito válido”.
Para a presidente da Organização Social Pará 2000, Gabriela Landé, a coletânea “Ritmos do Pará” apresentou uma mostra da música paraense. “Trouxemos à Orla da Estação o tradicional carimbó, a percussão com o Trio Manari, o brega com Edilson Moreno, e novos talentos como Aíla e Joelma Kláudia, que representam essa cena. A interação do público foi maior do que esperávamos, eles prestigiaram a programação e trocaram energias positivas com os cantores. Isso mostra o sucesso do projeto que veio pra ficar.”, destacou.
O Projeto Música na Orla é uma realização do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), por meio da Organização Social Pará 2000, que leva à população programações culturais gratuitas. De 23 a 25 de novembro, o projeto apresenta a coletânea “Choro e Samba”.  

Texto:
Camila Barros-Pará 2000
Fone: (91) 3212-5660 / (91) 8896-4318
Email: comunicacao@estacaodasdocas.com.br


FCG divulga a lista de selecionados aos Painéis Funarte de Bandas
A Fundação Carlos Gomes (FCG) divulgou a relação dos instrumentistas selecionados a participar dos Painéis Funarte de Bandas de Música 2012, na cidade de Vigia de Nazaré, no período de 7 a 11 de novembro de 2012 e que oferecerão os cursos de Instrumentação e arranjos, Percepção Musical, Reparo e manutenção de instrumentos de sopro, Flauta, Clarineta, Saxofone, Trompete, Trombone, Tuba/Bombardino, Percussão e Regência.
Os cursos serão realizados na Escola Estadual Presidente Kennedy, naquela cidade, que receberá no período 564 instrumentistas de 29 municípios paraenses e ainda do Amapá, Maranhão, Piauí e Tocantins, para uma convivência com importantes nomes do ensino da música, alguns com larga trajetória artística. Estarão em Vigia Nailor Proveta (SP), Zezé Queiroz (RJ), Cristina Arruda (MG), Sergio Silva (SC), Andréa Ernest Dias (RJ), Carlos Rieiro (PB), Rodrigo Capistrano (PR), Leandro Soares (RJ), Marcelo “Bam Bam” (SP), Valmir Silva (PB), Luis Caldana (SP) e Dario Sotero (SP).
Informações e diretrizes para os selecionados podem ser conferidas no site da FCG, parceira da Fundação Nacional de Arte na realização dos Painéis: www.fcg.pa.gov.br
A relação dos cursos e respectivos instrumentistas selecionados.
REPARO E MANUTENÇÃO DE INSTRUMENTOS:
Andrei Luiz Santos da Silva, Antonio Abenatar Cardoso Gonçalves, Bruno Daniel Monteiro Palheta, Bruno Torres Costa, Carlos Antonio da Silva, Cristina Lais dos Santos Pinheiro, Delaian Gemaque de Jesus, Denilson Santos dos Anjos, Eduardo de Freitas Pereira, Elymara Ferreira Lima, Fernando da Silva Leitão, Francinaldo Nobre Silva, Gilberto Ubiratan do Vale Lima, Gilvandro Monteiro da Silva, Hervin José Campos Pereira, Ismaelino Portilho Ferreira, Ivanilde de Lima Nazaré, Jailson da Conceição Chagas, Jairo Brito Baia, João Marcelo Gomes Mareco, Joelson Dias Martins, José Elias de Carvalho Teixeira, Libni Pereira de Brito, Madson Nazareno do Egito Barbosa, Marcelo Farias do Espirito Santo, Mayara Patricia de Souza Freitas, Natanael Oliveira dos Santos, Paulo Sergio Freitas Pereira, Philippe Gustavo Barata Neves, Raphael Lhamas Monteiro, Reinaldo Ferreira de Almeida, Suzane Santos Correa.
INSTRUMENTAÇÃO E ARRANJO:
Almir Gabriel Filho, Claudenildo da Silva Zeferino, Cleyton Nazaré Sagica, Deivison da Costa Santos, Delson Brito Rodrigues, Diego Antonio Silva de Jesus, Edinelson Max Rabelo Oliveira, Edival Pereira da Silva, Elder Garcia Fontel, Elton Willians Silva Raiol, Fábio André Freitas Pereira, Fabio Augusto da Paixão Moraes, Gersonita Albuquerque de Lima, Harley Bichara de Souza, Igor de F.S Nicolai, José Afonso Nazaré Santa Rosa, Kelson Palheta Monteiro, Leo Wanderson da Silva Ramos, Lucas Danilo Amorim Silva, Luis Antonio Braga Vieira Junior, Manoel de J. Lobo Monteiro, Marcelo Antonio Fernandes, Marcio Rodrigues Cardoso, Marcos Vinicius Rodrigues Cardoso, Marinildo Mendes Cardoso, Paulo Marcio Martins Amaral, Pedro Paulo Barbosa  Monteiro, Rafael Bentes Sobral dos Santos, Thiago Natanael Pinheiro da Silva, Tiago Pereira Goulart, Welliton da Costa Pereira, Wesley Sousa Corrêa.
REGÊNCIA:
Alessandra Ribeiro da Costa, Alessandro dias de Freitas, Ana Paula Silva da Silva Amaral, Anderson Fortaleza de Sousa, André Nazareno da Costa Garcia, Antoniel Costa da Silva, Cassio Carvalho de Oliveira, Claudemir Sales Rodrigues, Daniel Pontes Ferreira, Daniel Sarmento Freire, Deyvison Carlos Barbosa Nobre, Donielson Ribeiro de Moraes, Eder Luiz dos Anjos Patrocinio, Ediane Cereja Lobo, Gênison Borges Gomes, Geová de Jesus Couto, Hudson Trindade de Sousa, Ivanilson de Sousa Flexa, Jaime Coelho Martins, Janilson André Palheta dos Santos, Jhonny Cereja Lobo, João Paulo Monteiro, Jonhatas dos Santos Cardoso, José Adriano Neves Gomes, José Maria Menezes Rabelo, José Maria Vale da Silva, Josenilson Cabral Monteiro, Josimar de Morais Pereira, Kleberson Salgado Gloria, Leonardo Lopes da Silva, Leonildo do Nascimento Ferreira, Lucas Dias Góes, Luciano Costa Zacarias, Marcelino Beltrão Tavares, Marco Antonio Damasceno, Marcos Antonio Damasceno dos Santos, Marcos Henrique Rabelo Silva, Moises Alves dos Santos, Naickson dos Anjos Lobo, Nandara Ribeiro Nascimento, Paulo Olíivio Corrêa de Aquino Júnior, Paulo Sergio Souza dos Santos, Salomão Couto Furtado, Sebastião Claudio Oliveira Braga, Valdez Saldanha das Chagas.
FLAUTA:
Adrielly Ribeiro Malato, Amanda de Souza Gonçalves, Ana Puala Tavares Baia da Costa, Bárbara Batista Alves, Brenda Pereira Ribeira, Briane Alves da Rocha, Bruno de Sarges Ribeiro, Cristina Monteiro Barbosa, Daniel Augusto Everdosa Tavares, Davi dos Santos Costa, Deisiane Vieira Silva, Edyvane Cristina Pereira Monteiro, Elielson Palheta dos Santos, Gabriela Alice Alves Alves, Gisa Rafaela de Lima Ribeiro, Heloisa Cristina C de Souza, Hemmanuelly Matos de Andrade, Ingrid Souza Furtado , Jamylle Danille Sousa e Santos, Jordana Caroline Barata Araujo, Jordana da Veiga Siqueira Souza, Jorge Rodrigues de Freitas, Juliane Steffany Leal de Sousa, Karina Senado Marques, Luan Dias Góes, Luany Guilherme Ferreira, Luciane Ribeiro Gomes, Macalem dos Santos Brandão, Majory Evilin Oliveira Gonzalez, Marcos Samuel Costa da Conceição, Marlene Dias Pereira, Milkerson Pamplona Amaral, Nayara Maria Ferreira Cardoso, Noéli Ribeiro da Silva, Pamella Beatriz Leal Corrêa, Paula Ribeiro Amoedo de Oliveira, Paulo César dos Santos Sousa Júnior, Regina Célia Lopes da Silva, Rian Rodrigo Rodrigues dos Santos, Rocyellen Adrinne Castro Barros, Rohan Serrão Silva Silva, Rosana Dias Jarmanho, Rosângela Barroso Alves, Tamar Hadassa Oliveira, Taynara Ribeiro Amoedo de Oliveira, Thayane dos Santos Galvão, Thaynara Tavares Ribeiro, Willer Davy dos Santos Barros.
CLARINETE:
Adrielson Gomes de Oliveira, Alexandre Lobato Cardoso, Alisson Alves Pereira, Alvaro Barbosa Galvão, Amanda de Cassio dos Santos Costa, Anderson Sagres de Morais, Andresa Cardoso Palhiano, Andreza Gama de Lima, Antônio Damasceno Martins Junior, Antonio Geiovanny da Silva Noronha, Aureana da Silva Gemaque, Camila Castro Ferreira, Camile da Cassia Brito Pereira, Chirleny doa Carmo Barreto, Daiana Gonçalves da Fonseca, Dani Hellen de Souza Damasceno, Daniel Andre Ferreira dos Santos, Darlan Borges Barbosa, Dejailson Marciel Ribeiro, Dilma Araújo dos Passos, Domingos Paulo Matos Favacho, Ediel Novais de Freitas, Edinor dos Santos Loureiro Filho, Eduardo Pereira Almeida, Eliandreson C. Silva de Almeida, Eliel Ramos de Solsa, Elislene Rabelo das Chagas, Emerson Cesar Silva da Silva, Ernandes de Souza Toledo Filho, Fabricio Noronha Tavares, Felipe Renan Brilhante Marques, Felipe Santa Brigida Quadros, Fernanda Freitas Pereira, Flavio Tavares Xavier, Francisco Ferreira Gomes, Frankson Barroso Silva, Gabriel da Costa Martins, Gabrielle Azevedo Ribeiro, Giovanna Modesto de Sousa, Glydson Rabelo Pereira, Helaine de Fatima M. Rabelo, Hernan Junior Figueredo Moraes, Ilvis Gomes Evangelista, Jailson Pantoja Ventura, Jaime Travasso de Sousa, Jair Sampaio Pamplona, Jaqueline Ferreira de Albuquerque, Jean Lopes da Silva, Jefferson Alves Pontes, João Carlos de Araujo Silva, João Carlos de Sousa Borges, João Marcos Silva da Silva, Juliele Paixão Lobo, Keliane da Silva Fernandes, Kenedy Nascimento Silva, Kleison Monteiro Leal, Larissa do Socorro Pereira de Sousa, Leilane do Socorro Rosário Pinto, Leticia Duarte Oliveira, Livia Sardinha de Melo, Lucas da Silva Bandeira, Lucas de Souza Rodrigues, Lucas Ramon da Silva Bonfim, Lucas Silva de Lima, Luciana Cristina Marques Soares, Luis Henrique Monteiro de Moraes, Marcele Barros Cardoso, Marcelo Gonçalves dos Santos, Marcelo Marques Conceição, Marcos Elias Carvalho Teixeira, Mariete Barbosa dos Santos, Marlesson Patrick Alves Pereira, Mateus Albuquerque da Silva, Mateus Santos Lisboa, Matheus Henrique Feio Lacerda, Mayane Cristina de Souza Freitas, Maylane Furtado Dias, Natan Ferreira Cardoso, Paula Kamilly Leal Corrêa, Pedro Henrique Aquino Palha, Rafael Lopez Moraes, Rafael Ribeiro Ferreira, Rayane Roldão de Moraes, Rodrigo Moraes Monteiro, Rômulo Cardoso da Costa, Ronildo Morais Monteiro, Sandro José da Silva, Tamires Monteiro Ribeiro, Tarcisio Neres de Almeida, Tiago Cruz Modesto, Vanildo da Silva Vital, Victor Hugo Tavares, Vinicius Monteiro Damasceno, Viviane Corrêa Moraes, Wallace Douglas Gomes Coelho, Willian Wagner Silva Barbosa, Wirlem José Favacho Pinheiro, Yann Ricardo do Santos. 
SAXOFONE:
Alan Carlos Miranda da Silva, Aldemir Junior de S. Andrade, Alessandro Vieira Tavares, Alfredo Barbosa Junior, Amarildo de Almeida Rabelo, Andrey Almeida Pinheiro, Antonio Monteiro da Silva Ferreira Neto, Brenda Silva da Silva, Bruno dos Santos Barbosa Pinheiro, Christiane de Paula dos Santos de Souza, Christyan Moraes de Sousa, Cleidilene Tavares de Oliveira, Cleissom Matheus Silva da Silva, Damaris Filha Vaz Dias, Danilo Leão Couto, Dayana de Carla dos Santos da Silva, Dhemeson Railson da Silva e Silva, Dialson Martins dos Santos, Eduarda Manoely da Silva Canosa, Elton Raiol Saldanha, Eluiza Cristina Santos Monteiro, Emanuele Sousa Rodrigues, Emilio Salomão Silva das Neves, Erielton Araujo Silva, Evellyn Manuela Ribeiro Malato, Everthon de Sousa Gondim, Fabiã Medeiros Ferreira, Fabio Tavares Xavier, Fabricio dos Santos Pompeu, Gabriel Allan Garça Conceição, Gabriel Ribeiro Ferreira, Gabriel Rios de Oliveira Costa, Gabrielle S de Carvalho Mendes, Gideão da Silva Nascimento dos Santos, Gilson Fernando Freitas Batista, Giovani Gurjão Rodrigues, Helder da Silva Ribeiro, Helder Ribeiro Brasil, Heliene de Cassia M. Rabelo, Inacio Ferreira Macedo, Ingrid Ribeiro de Ribeiro, Ismayle Silva Tavares, Jaqueline Gisele Pinheiro da Silva, Jefferson Augusto Merces da Luz, Jéssica Bruna dos Santos Favacho, João Marcos Nobre Noronha, Joel da Conceição Pinheiro, José Adolfo Palheta de Oliveira, José Cordeiro de Araújo, Josiane de Jesus Carvalho, Katiane Tavares de Castro, Keila Monteiro Leal, Keisa Gemaque Pamplona, Larrilson Elder Nunes do Amaral, Luan Carlos dos Santos Gemaque, Luane da Cruz Nascimento, Lucas Clayton P. da Silva Marques, Lucy Maria Monteiro de Moraes, Luis Carlos Tapajos Rodrigues, Manoel Valdir Maciel de Jesus, Marcelo Kleyton Cardoso Soeiro, Marcio Willan Moraes Sousa, Marcos Aurelio Sousa da Fonseca, Marcos Breno Monteiro Miranda, Marcos Danilo dos Santos, Marcos Vinicios Corrêa Ribeiro, Marenildo Barbosa dos Santos, Mateus Silva dos Santos, Mayara Lima Batista, Mel Thamilly Abreu da Silva, Nayara Rebelo Barbosa, Nonato Junior Monteiro da Silva, Pedro Miguel Rodrigues de Oliveira, Ramon Lima Palheta, Rayane Camila Chagas Costa, Rodrigo Alves Soares, Rômulo Ferreira Rodrigues, Rosiberto de Castro Ferreira, Samuel Jhonatas Pina dos Santos , Sheyla Vanessa, Shyrley Silva Padilha, Silvan Alves Soares, Suzana Vanessa Batista Gatinho, Taynara Teixeira Monteiro, Thiago Sandro Negrão da Silva, Thiago William Monteiro Costa, Tony Costa Araújo, Valquiria Castro, Vandemberg Damasceno do Rego, Vanessa Mauricio da Silva, Vicente Samuel Barbosa Pamplona, Victor Vinicius Oliveira Marques, Vilmar F. dos Santos, Wanderson da Silva, Warlison Barros da Silva, Welliton Renan de Oliveira Ribeiro, Weslley Nazareno Silva Monteiro, Wuerlem  Soares Silva, Yanne Marcelly Silva Costa, Yuri de Sousa Melo.
TROMPETES:
Abraão Sousa Santos, Anderson Junior Raiol Barriga, Antonio Carlos da Silva Monteiro, Antonio Murilo Barbosa Reis, Deivid Renato Tavares Dias, Dercy Monteiro Porto, Diego Brito Baia, Ednaldo Damasceno Barros, Elizeu Andrade Cordeiro, Elson Alves de Almeida, Emerson Henrique Neves Alves, Emerson Marques Viana, Eric da Silva Ferreira, Erivanderson Luz das Dores, Everton Dalton Pereira Marques, Fabricio da Silva Alves, Felipe Lima dos Santos, Francinei Ferreira Barbosa, Francisco Lucas S. Ferreira, Gilvan Palheta Coelho Uchôa, Helmuth Hertz P. Evangelista, Hugo José dos Santos da Silva, Hugo Marinho Vieira, Izequias Ribeiro Rodrigues Junior, Jackson da Silva Loureiro, Jacob dos Santos Passos, Jailson Reis de Sousa, Jaine José Ferreira da Silva, Jairo Brito Lobo, Jezriel Castro de Souza, Jhon Lourenço dos Santos Vilar, João Batista de Sousa Frazão, José Augusto Dias Gurjão, José Carlos Bentes Monteiro Junior, Josimar Borges Carvalho, Kaleb Magno Rodrigues Barbosa, Larissa Costa Barata, Leticia Rosário Pinto, Luan Sales de Souza, Lucas Ferreira Reis da Silva, Luciano Augusto Pinheiro de Farvas, Marcelo Pimentel da Costa, Marcos Enilson Marques Soares, Marcos Kleiton Fernandes Ribeiro, Marcos Paulo Tavares Pereira, Marina Ferreira Vieira, Mateus Elias Carvalho Teixeira, Raimundo Magno de Jesus, Raimundo Nonato Almeida dos Santos, Renan da Silva Monteiro, Renildo Antero Lobato, Rodrigo Ferreira Rodrigues, Rodrigo Palheta Moraes, Rodrigo Tavares Nogueira, Ronay Patrick Lobo Modesto, Rubens Evangelista Reis, Samuel Sousa Parga, Sandro de Oliveira Pinheiro, Tadeu Ribeiro da Silva, Tarcizio Alves Lima, Valdeni Cruz Vieira, Vando Bandeira Aires, Wellington Rodrigo Zeferino Pereira, Wilkerson Rodrigues Furtado, Willis Soares Sarmento, Wirison Alves dos Santos, Yan Araujo Barbosa, Yan Monteiro Correa. 
TROMBONE:
Ademarzinho da Silva Gurjão, Adriano de  Sousa Farias, Adson Tenório França, Alesson Cardoso Belém, Arkader Lorran Rodrigues Monteiro, Armindo Lima de Azevedo, Camilo Costa Silva, Carlos Alberto Coelho Monteiro, Cezar Felipe Alves de Paula, Clebson Garcia Costa, Dennyson Edyr Fernandes Dias, Deyvison Gurjão Corrêa, Docileibe Lima Duarte, Emerson Eduardo Monteiro Pereira, Erilan Pereira de Lima, Evair Monteiro Leal, Everton Luiz Monteiro Costa, Fernando Ferreira Macêdo, Francisco Palheta Oliveira, Frederico Ricardo Seabra Sousa, Gabriele Leite Vital, Geissimar José Almeida da Costa, Geovany Rodrigues Pinheiro, Gerson Franck Farias Monteiro, Gilvan Lima da Silva, Gleiton Alves Tavares, Igo Pereira de Oliveira, Jair da Silva Loureiro, Jhonatan Manoel Andrade Lopes, João Agildo Nbre de Jesus Sobrinho, João Vitor Gomes Moraes, John Lennon Oliveira dos Santos, José Luiz da Silva Moraes, José Odimario Dias Neto, José Ribeiro Azevedo, Leandro Silva Sales, Livia Maria Goulart Vilhena, Luciano Saleado Gloria, Lucivaldo Ferreira Rodrigues Neto, Luiz Antonio Ferreira de Jesus, Luiz dos Santos Barreto Junior, Marcos Venicius Silva de Menezes, Marinaldo Costa Silva, Marlon Pereira dos Anjos, Mauro Tavares da Silva, Max Luan Sousa Alves, Mayone Rafaela Ramos Brito, Mosaias Alves dos Santos, Nilziele Tavares Rodrigues, Pablo Guilherme Santos Brito, Paulo Vitor Ferreira da Silva, Rai Tayonam Ferreira Brito, Resildo Pamplona Trindade, Ricardo Thierry Monteiro Pinheiro, Roberto Carlos Araujo de Souza, Rodrigo da Silva Coelho, Ronaldo Davi Maria da Silva, Sebastião da Silva Góes, Valdenor Valles dos Santos, Walriley Pereira Evangelista, Wangler Michel de Castro Barbosa, Yago Breno Farias Barros, Yago Ramon Aleixo do Vale.
TUBA:
Alex Pereira da Costa Junior, Anderson Albuquerque da Silva, Atilio Rodrigues de Brito, Aureliano Vilar dos Santos, Brendo Henrique Borges Correa, Cleide de Jesus Sarges de Carvalho, Edivan Cardoso da Silva, Ednelson Marques Pinheiro, Elison Nobre Pinto, Elvis Miranda Teixeira, Evanderson Carlos Amaral Silva, Geovan Barbosa Leal, Jhonatas Mendonça, João Augusto Sena Nascimento, Joseph Freitas da Silva, Juliana Helena Sousa Duarte, Leonardo Soares do Rosário, Manoel Charles da Silva dos Santos, Marcelo Sousa da Fonseca, Marinaldo Barbosa Santos, Ramieres Farias Modesto, Rayan Feitosa dos Santos, Rodrigo Monteiro Araujo, Sandro Manuel da Silva, Ubiratan Nunes Tavares Junior, Warley Gleydson Fontel Miranda, Wilkerson Antonio da Silva B. Junior.
PERCUSSÃO:
Ademir Santos da Silva, Adriane do Socorro de Souza Costa, Antonio Jackson Quadra da Silva, Antônio José Cardoso da Silva, Arthur Fernandes Valles dos Santos, Bruno Rafael de Oliveira Amador, Cássia Santos do Amaral,Daniel Cordeiro da Silva, Danilo das Neves Gôes, Darlan Ventura Show, Dennys Augusto Da Fonseca dos Santos, Edilson Alburquerque Cardoso, Edson Silva da Costa, Ellorha Cintya Silva Loureiro, Elton Nobre Pinto, Evilasio Moreira da Costa Neto, Filipe Monteiro Palheta, Fred Santa Brigida do Rosario, Gabriel Farias de Sousa, Gabriel Vilhena de Sousa,  Geovane Baia Gonçalves, Gilson Felinto Dias de Lima, Gustavo Furtado Mescouto, Ivaldo Rabelo Pamplona, Jardel Fernando Santos Miranda, João Vitor Silva Vieira, Katilene da Silva Borges, Keith Fares Brito, Lilian Kalina Favcho de Souza, Lucas Inacio Leite de Oliveira, Luiz Carlos Dias Farias Filho, Luiz Carlos dos Santos Teles, Luiz Geraldo Melo Moura Junior, Madilson Nascimento Castro, Marcio Augusto Barbosa Bichiráo, Mario de Alcantara Carrera Junior, Paulo Eduardo Ribeiro Pinheiro, Paulo Vitor Rosarios das Chagas, Pedro Felipe Pereira Moraes, Pedro Victor Moraes Chagas, Pool Anderson Feio da Cruz, Renan Rafael Favacho Pinheiro, Rodrigo Fares Rodrigues, Rodrigo Oliveira Almeida, Steffano Cristiano dos Santos, Taissa da Conceição Ribeiro, Tiago da Silva Gomes, Valber da Silva Brito, Vinicius da Silva Medeiros de Souza, Wallison Henrique Nunes do Amaral.

Texto:
Maria Christina-FCG
Fone: (91) 3201-9452 / (91) 9622-6814 / 8198-9370
Email: fcarlosgomes.imprensa@gmail.com


Festival recupera cultura da ópera em Belém
O XI Festival de Ópera do Theatro da Paz traz, nesta terça-feira, 23, um Master Class com a soprano Laura de Souza, e no dia 25, o recital Luso-Brasileiro com o baixo barítono Antônio Salgado e a pianista Adriana Azulay, na Igreja de Santo Alexandre, além do concerto experimentalista e inédito "Quando o Jazz encontra a Ópera", que acontece dia 31, com a Amazônia Jazz Band, no Theatro da Paz. A décima primeira edição do evento consagra uma iniciativa ousada, que vislumbrava, ainda em 2002, quando foi implantado o festival, trazer de volta a Belém a cultura da ópera, já experimentada pela capital paraense entre o final do século XIX e início do século XX.
Já na fase de concepção do evento, esse projeto de resgate da cultura operística tinha bem definidos os caminhos para sua concretização: a profissionalização local, criando mão de obra especializada para este tipo de espetáculo, e a formação de público. As duas metas, fundamentais, vêm sendo cumpridas. Um outro ponto fundamental é a programação, que precisa ser pensada de forma coerente, para agradar e formar tanto a plateia quanto os profissionais que atuam nos bastidores.
Apoiado pelo Governo do Estado, via Secretaria de Cultura (Secult) e Theatro da Paz, dirigido atuamente pela diretora Ana Cláudia Moraes, o festival é feito, hoje, por uma maioria de profissionais paraenses, entre artistas, músicos e técnicos, que têm a chance de aperfeiçoar no contato com grandes nomes que fazem a ópera no Brasil e no mundo, convidados a participar do evento. Alguns deles assumem postos de coordenação dentro do Festival, como Ribamar Diniz, que comanda a execução do cenário concebido por Duda Arruk e Cláudio Bastos, diretor de palco. Isso sem falar dos inúmeros cantores líricos que engrandecem o coro do festival, ou que já despontam como solistas, caso das sopranos Luciana Tavares e Alpha de Oliveira, que brilharam em Cavalleria.
A dedicação e seriedade com que o diretor do Festival de Ópera do TP, Gilberto Chaves, vem conduzindo este empreendimento cultural evidenciam-se nos resultados obtidos. Para ele, esta décima primeira edição promete muitas emoções. A construção e execução dos espetáculos envolve 600 pessoas. “Trabalhamos para recuperar e formar plateia, sempre primando pela qualidade das montagens de óperas consagradas. A presença do público a cada edição, lotando o teatro, é um indicativo de que estamos no caminho certo”, diz Gilberto Chaves.
E ele tem razão. Pelo que se viu na penúltima récita de "Cavalleria Rusticana" pode-se afirmar que a segunda meta também já foi alcançada. Mesmo em plena sexta-feira, quando todo o país, marcado por uma forte cultura televisiva, aguardava pelo útimo capítulo da mais comentada novela dos últimos anos, o teatro estava lotado para a ópera. E mais um passo na direção da formação de público para este tipo de evento será dado este ano, com a montagem de "João e Maria", que promete enfeitiçar adultos e crianças, nos dias 1º, 3 e 4 de novembro, e “Salomé”, a obra de maior dificuldade de execução deste festival, nos dias 24, 26 e 27 de novembro.
Também em novembro, no dia 25, acontece o concerto "Centenário de Gentil Puget", com Marina Monarca, uma oportunidade para que o público conheça a obra de mais um compositor da terra, contemporâneo de Waldemar Henrique, e que talvez por isso mesmo tenha sido ofuscado na história da música erudita produzida na Região Norte, e ainda seja pouco prestigiado por seus conterrâneos.
Outro diferencial desta décima primeira edição é o projeto que pretende reunir todos os espetáculos já apresentados dentro da programação do Festival de Ópera do TP desde 2002, em DVD. Já há quatro volumes engatilhados, sob a direção de Neivas Ortega. Gravada por ele, em duas das récitas, "Cavalleria Rusticana" foi exibida, neste domingo, pela TV Cultura do Pará. "Entre as óperas que serão compiladas em DVD está "Iara", escrita pelo paraense José Malcher e encenada há cinco anos. Esse espetáculo é absolutamente inédito no mundo. Baseada na lenda amazônica da Iara, a ópera está pronta para ser lançada, mas ainda faltam alguns detalhes burocráticos", explica Neivas.
Montagem de "João e Maria" busca incentivar o público jovem a apreciar espetáculos de ópera
Encenada no Brasil há quase 10 anos, tendo sua estreia no Teatro Municipal de São Paulo, a obra do compositor alemão Engelbert Humperdinck (1854 – 1921) é inspirada num conto clássico dos irmãos Grimm e promete atrair o público mais jovem para a ópera. Além do encanto que a história dos dois irmãos que se perdem na floresta, encontrando pela frente uma bruxa má e uma casa feita de doces e chocolates, exerce sobre as pessoas, a ópera traz outro quesito que merece a atenção desta plateia.
A parte musical da ópera será executada pela Orquestra Jovem Vale Música, do projeto Vale Música-Belém, criado 2010 e composto atualmente por 67 alunos com idades entre 13 e 23 anos, sob a regência do Maestro Miguel Campos Neto. Em dois anos de existência a orquestra traz um largo histórico de apresentações musicais e já tem uma montagem inédita, a ópera infanto-juvenil “O Viajante das Lendas Amazônicas”, de Serguei Firsanov e João de Jesus Paes Loureiro, apresentada em Belém (Theatro da Paz) e no Ginásio Poliesportivo de Marabá, assim como no Palácio das Artes, em Belo Horizonte (MG). O grupo também já executou “Cambialle de Matrimônio”, de Rossini, que fez parte da edição de 2009 do Festival de Ópera do TP.
Além de ter Miguel Campos Neto, como regente, a OJVM tem recebidos vários maestros convidados, como Jooyong Ahn (Coreia do Sul), Walter Michael Vollhardt (Alemanha) e Phillipe Forget (França). Em “João e Maria”, o regente será o maestro paulista Jamil Maluf, pianista e compositor, fundador da Orquestra Experimental de Repertório de São Paulo, criada em 1990.
Richard Strauss e Oscar Wilde
Depois de "João e Maria", o festival terá mais um desafio posto à prova. O público já aguarda ansiosamente a estreia de "Salomé", para a qual os ingressos já estão praticamente esgotados. A ópera em um ato, com libreto de Hedwig Lachmann, é a tradução quase literal da peça que Oscar Wilde escreveu em francês, entre 1891 e 1892, baseado em trechos do Evangelho segundo São Mateus (14:3-11) e São Marcos (6:21-28). Pouco se sabe da Salomé histórica, a não ser aquilo que os dois apóstolos mencionam sobre ela, mesmo sem dar-lhe um nome, no episódio da morte de São João Batista.
A personagem bíblica ficou conhecida pela dança que teria executado na festa de aniversário de Herodes. O rei, seduzido por ela, pede que dance em troca de lhe satisfazer qualquer desejo. Influenciada pela mãe, Salomé concorda em dançar, mas em troca da performance pede a cabeça do profeta João Batista servida em uma bandeja de prata. A partir daí, Wilde entra em cena e constrói a adolescente bela, lasciva e perversa, que teria se despido em frente de Herodes durante a mitológica dança dos sete véus.
A obra musical é do compositor alemão Richard Strauss (1864 – 1949), considerado um dos mais destacados representantes da música clássica entre o final da Era Romântica e do início da Era Moderna. Strauss, que compôs, além de óperas, poemas sinfônicos e peças solísticas, tem obras que ficaram super conhecidas no Brasil e que viraram coqueluche nos aniversários de 15 anos, principalmente depois dele ter feito concertos, ditos memoráveis, no Rio de Janeiro e São Paulo, em 1923. Você com certeza já deve ter ouvido ou dançado, pelo menos uma vez na vida, a valsa Danúbio Azul (On The Beautiful Blue Danube) ou Conto dos Bosques de Viena (Tales from the Vienna Woods).
Mas em "Salomé", Strauss cria uma composição de extrema complexidade e de difícil execução, para refletir ao máximo clima emocional e de alienação proposto pela história e seus personagens, que atuam em um cenário que sugere um terraço no palácio de Herodes, com vista para o Mar da Galiléia. A ópera, que se passa na Palestina por volta do ano 27 (antes de Cristo), estreou em dezembro de 1905, no teatro Hofoper de Dresden. A montagem em terras paraenses promete ser um dos momentos mais marcantes do Festival de Ópera do Theatro da Paz.
Serviço: Mais informações sobre a programação do Festival no site www.festivaldeopera.pa.gov.br

Texto:
Luciana Medeiros-Theatro da Paz
Fone: (91) 4009-8773 / (91) 8134-7719
Email: 


Campeonato de Remo terá fim nesta quarta-feira
Ventos fortes e marolas na baía do Guajará, em Belém, interromperam a Terceira Regata do Círio e IV Regata do Campeonato Paraense de Remo, que aconteceu neste domingo (21), na Estação das Docas, com patrocínio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). Atletas já tinham competido em nove provas, quando a etapa foi suspensa. “A maré estava muito agitada e isso podia danificar os barcos e pôr em risco a vida dos atletas”, explicou Luizomar Costa, presidente da Federação Paraense de Remo (Fepar). A decisão de interromper as provas foi do árbitro de área, Laurimar Costa.
As provas "Oito Gigantes Sub-23" e "Four Skiff Sênior", as principais e mais aguardadas do campeonato, serão realizadas nesta quarta-feira (24), na orla do Ver-o-Rio, a partir das 7h. Com o resultado prévio, o Clube do Remo se mantém na liderança do Paraense, com 112 pontos; Paysandu está em segundo, com 88 pontos; e Tuna Luso segue com 80 pontos.
Desde o início da competição, o Clube do Remo dominou os adversários, conquistando cinco primeiro lugares das nove provas disputadas. A Tuna venceu três e o Paysandu, apenas um. Luizomar Costa adiantou que Belém também sediará a Copa Amazônia de Remo Máster, no dia 18 de novembro, no Portal da Amazônia, e que busca atrações de fora para o evento. Além dos clubes locais, o Clube de Regatas Vasco da Gama, do Rio de Janeiro, já confirmou presença. “Ainda pretendemos fechar com mais clubes”, ressaltou.

Texto:
Angela Bazzoni-Seel



 ...enquanto isso...




 
Grande parte da militância do PSOL
abandona campanha
 do candidato
a prefeitura de Belém, Edmilson Rodrigues
 vejam o que o diretório diz ...

NÃO FAZEMOS CAMPANHA COM LULA!

A CST-PSOL se retira da campanha e declara
voto crítico em Edmilson
Fonte: Nota da CST - PSOL
A CST-PSOL se retira da campanha
e declara voto crítico em Edmilson






Plenário decide beneficiar acusados que não tiveram maioria de votos pela condenação




Ministros do STF absolvem todos
os réus com julgamento
empatado no mensalão:

 PAULO ROCHA FOI ABSOLVIDO

Os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiriam, nesta terça-feira (23), absolver todos os réus que dividiram o plenário na análise dos casos e acabaram com o julgamento empatado. O entendimento da maioria dos magistrados é que o acusado não pode ser condenado se não houver maioria de votos.

Dessa forma, os sete réus que estavam nessa situação foram beneficiados pelo in dubio pro reo (em latim, na dúvida, a favor do réu) e escaparam da condenação no processo do mensalão.

O ex-ministro dos Transportes, Anderson Adauto, os ex-deputados petistas João Magno e Paulo Rocha, além do ex-deputado do PMDB, José Borba, ficaram livres da condenação por lavagem de dinheiro. O deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), o ex-tesoureiro do PL, Jacinto Lamas, e o ex-dirigente do Banco Rural, Vinícius Samarane, foram absolvidos do crime de formação de quadrilha.

Dirceu é condenado por formação de quadrilha pelo STF

Dirceu diz que nunca chefiou quadrilha e mira provar inocência

Valdemar Costa Neto e Jacinto Lamas foram beneficiados graças à mudança de voto do ministro revisor, Ricardo Lewandowski.

Lewandowski tinha votado pela condenação dos réus, que estava sacramentada por seis votos a quatro. No entanto, na fase final do julgamento, ele anunciou que havia mudado de ideia e inocentou os dois, que foram beneficiados com o empate, em cinco a cinco.

Celso de Mello vê um dos episódios mais vergonhosos do País

Enquete: você achou justa a condenação de Dirceu?

Entendimento

A absolvição como benefício para o réu que tem o julgamento empatado está amparada artigo 615 do CPP (Código de Processo Penal).

De acordo com o texto, “havendo empate de votos no julgamento de recursos, se o presidente do tribunal, câmara ou turma, não tiver tomado parte na votação, proferirá o voto de desempate; no caso contrário, prevalecerá a decisão mais favorável ao réu”.

Para o decano do STF, ministro Celso de Mello, o artigo soluciona a questão.

—  Essa regra tem o conforto de um princípio básico, que é o de presunção da inocência.

O artigo 146 do Regimento Interno do Supremo também aborda o tema. O texto estabelece que “havendo, por ausência ou falta de um ministro, empate na votação de matéria cuja solução dependa de maioria absoluta, considerar-se-á julgada a questão proclamando-se a solução contrária à pretendida ou à proposta”.

Inicialmente havia dúvidas porque a legislação determina a solução de empates em caso de julgamento de recursos. No entanto, os ministros entenderam que a regra também deve prevalecer na análise de ações criminais.

O ministro Joaquim Barbosa também concordou com benefício ao réu, mas fez ressalvas.

— Gostaria de alertar que essa minha concordância se dá nessa condição anômala que vivemos, porque estamos sem um membro. Espero que esse entendimento não se estenda para ocasiões em que for possível convocar o ministro ausente.

Somente o ministro Marco Aurélio votou contra o entendimento de absolver os réus com julgamento empatado. Segundo ele, o desempate deveria ser responsabilidade do presidente da Corte, que votaria mais uma vez em cada um dos casos – o chamado “voto de qualidade”.

No entanto, os outros nove ministros entenderam que a solução mais correta, de acordo com as leis, era aplicar o benefício ao réu.

Condenados

Com a definição dos empates, o julgamento do mensalão chega a 40ª sessão com 25 réus condenados – o equivalente a 67% do total de acusados que foram julgados.

Confira a lista dos réus considerados culpados pelo STF:
- Bispo Rodrigues (lavagem de dinheiro e corrupção passiva)
- Breno Fishberg (lavagem de dinheiro)
- Cristiano Paz (corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha)
- Delúbio Soares (corrupção ativa e formação de quadrilha)
- Emerson Palmieri (lavagem de dinheiro e corrupção passiva)
- Enivaldo Quadrado (formação de quadrilha e lavagem de dinheiro)
- Henrique Pizzolatto (corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro)
- Jacinto Lamas (corrupção passiva)
- João Cláudio Genu (formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva)
- João Paulo Cunha (corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro)
- José Borba (corrupção passiva )
- José Dirceu (corrupção ativa, formação de quadrilha)
- José Genoíno (corrupção ativa, formação de quadrilha)
- José Roberto Salgado (gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, formação de quadrilha)
- Kátia Rabello (gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, formação de quadrilha)
- Marcos Valério (Corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, formação de quadrilha)
- Pedro Corrêa (formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva)
- Pedro Henry (lavagem de dinheiro e corrupção passiva)
- Ramon Hollerbach (corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, evasão de divisas, formação de quadrilha)
- Roberto Jefferson (lavagem de dinheiro e corrupção passiva)
- Rogério Tolentino (lavagem de dinheiro, corrupção ativa, formação de quadrilha)
- Romeu Queiroz (lavagem de dinheiro e corrupção passiva)





Projeto quer resgatar população de quelônios no Rio Araguaia
A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), o Pelotão de Polícia Ambiental (Peloma) e o Instituto Federal do Pará (IFPA) em Conceição do Araguaia, sul do Pará, encabeçam juntos o “Projeto Quelônios do Araguaia”. A ideia da equipe técnica é resgatar o projeto que existiu no município, destinado ao resgate e à preservação desse grupo, a fim de combater a ação predatória do homem.
Entre as ações desenvolvidas pela equipe, está o mapeamento das principais praias usadas pelas matrizes para a ovopostura, identificadas por meio do Global Positioning System (GPS), com a identificação de pelo menos 18 covas, algumas já eclodidas predatoriamente, onde se contabilizou uma média de 25 ovos por ninho.
De acordo Alfredo Silva, engenheiro agrônomo da Emater, umas das constatações resultantes do mapeamento está o desaparecimento da tartaruga da Amazônia e, por isso, a necessidade ainda maior de proteger a única espécie de quelônio presente nas praias do Araguaia: o tracajá. Os técnicos detectaram, ainda, que a população de tracajás tem desaparecido. “Apesar de não termos números exatos dessa população, os relatos dos ribeirinhos demonstram que a espécie vem desaparecendo, pois a sua carne aqui é muito apreciada”, adiantou o técnico.
O próximo passo é incentivar a conscientização da população, para frear o consumo indiscriminado e ilegal desses quelônios. Outra ação prevista é a educação ambiental dos frequentadores das praias da região, algumas das quais servem como locais de desova natural das espécies. Até o final da primeira quinzena de novembro a equipe retornará às praias onde foram identificadas covas para acompanhar a eclosão dos ovos.

Texto:
Iolanda Lopes-Emater



Jatene lança Plano Estadual de Ações Integradas para pessoas com deficiência
“Existir”. Este é o nome do Plano Estadual de Ações Integradas à Pessoa com Deficiência, que foi lançado na manhã desta terça-feira, 23, pelo governador Simão Jatene, no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Ligado ao Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência - Viver sem Limite, engloba o conjunto das políticas setoriais coordenadas por diversos órgãos estaduais, coordenado pela Secretaria Especial de Proteção e Desenvolvimento Social (Seas) com a missão de avançar na luta pela garantia dos direitos humanos no Estado.
No total, 14 ações estruturantes integram o plano, sendo cinco na área da saúde, quatro na área da educação, uma na área da assistência, uma na área de habitação, duas na área de tecnologia e uma na área de esporte. O destaque fica para a construção do Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação. A concessão de Cheques Moradia para pessoas com deficiência também faz parte do plano estadual Existir. Durante a cerimônia de lançamento, o governador entregou 178 cheques para pessoas portadoras de deficiência. Com esta entrega, já chega a 500 o número de cheques distribuídos para este segmento do programa.
O centro funcionará no local onde hoje está o Terminal Hidroviário Luiz Rebelo. O terminal, inaugurado em dezembro de 2010, na rodovia Arthur Bernardes, em Belém, pela então governadora Ana Júlia Carepa (PT), encontra-se inativo em função de diversas irregularidades técnicas e operacionais. Orçado em cerca de R$ 30 milhões, o novo espaço deverá ser inaugurado em um prazo de 18 meses. “O terminal não estava adequado para atuar no segmento de navegação, por isso nós procuramos dar uma melhor utilização para o espaço, com um projeto que vai ajudar a melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas. Não será apenas um centro de reabilitação. Lá serão ministradas oficinas, cursos de capacitação e produção de próteses”, disse Simão Jatene.
Para o governador, a criação de um centro de inclusão é fundamental para o Estado do Pará, já que ¼ da população paraense, ou seja, 1 milhão e 700 mil pessoas apresentam algum tipo de deficiência. Considerando que cada família de uma pessoa com deficiência é composta por no mínimo três pessoas, calcula-se, segundo o Censo de 2010, que mais de 72% da população no Pará está indiretamente envolvida com a questão da deficiência. “Não dá para a sociedade não olhar isso e ignorar esses números. Essas pessoas têm potencial, tem o que dizer, tem o que fazer e tem como contribuir e muito com a formação da sociedade e é exatamente isso que a gente pretende”, enfatizou.
O secretário nacional de Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Antônio José Ferreira, também esteve presente no lançamento do plano estadual e parabenizou a iniciativa do governo. “O governo do Pará está de parabéns pela elaboração e construção do plano. Ele está muito completo e mostrou que irá intervir no campo da saúde, educação, acessibilidade e inclusão, principalmente com a construção do centro de reabilitação”. Ainda de acordo com ele, o Governo Federal será parceiro do plano. “Com ações integradas conseguimos dar respostas positivas à sociedade. E esta pauta é suprapartidária, capaz de unir as forças do nosso país em prol da qualidade de vida das pessoas com deficiência”, concluiu.
Outras ações de relevância que se destacam no plano “Existir”, são as seguintes: implantação do programa Reabilita Pará Itinerante; construção de um ginásio Paraolímpico; instalação da oficina ortopédica descentralizada; instalação de centros especializados em atendimento odontológico; implantação da rede de cuidados à pessoa com deficiência; ampliação do atendimento educacional especializado com a integração de equipe de reabilitação, escolas com garantia de acessibilidade, de um centro de referência em tecnologia assistiva, entre outros. Os recursos a serem utilizados no plano serão oriundos do Tesouro Estadual, no total de R$ 103.814.000,00.
Plano reforça rede de atendimento já instalada

O Programa de Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência, mantido pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), ganhou um novo impulso com o lançamento do Plano Estadual de Ações Integradas à Pessoa com Deficiência - ”Existir”. A iniciativa foi comemorada pela diretora da Divisão de Acompanhamento e Avaliação da Pessoa com Deficiência da Sespa, fisioterapeuta Iracy Tupinambá, que tem participado das reuniões mantidas desde 2011 com o próprio governador  e que, segundo ela, tem se mostrado sensível em atender a demanda reprimida de pacientes que necessitam de reabilitação no Estado. “A Sespa, assim como outros órgãos estaduais, está envolvida na construção de políticas articuladas em favor desse novo plano, que visa a inclusão, acessibilidade e melhoria da qualidade de vida da população deficiente. O Pará saiu na frente ao tomar essa iniciativa em termos de Brasil”, afirmou.
A respeito das políticas voltadas às pessoas com deficiência, Iracy enumerou o que vem sendo desenvolvido pela Sespa, a partir do que rege o Plano Diretor de Regionalização do Estado (PDR), o qual estabelece que “todos os municípios habilitados em Gestão Plena do Sistema Municipal (GPSM) são executores diretos dos procedimentos e serviços de assistência ambulatorial, hospital e reabilitação, assegurados com atendimentos hierarquizados e regionalizados nos diversos níveis de complexidade por intermédio de equipes multiprofissionais”.
Pelas metas do Plano "Existir”, a Sespa tem a missão de criar uma rede de cuidados especializados em reabilitação; desenvolver programas de saúde voltados para as pessoas com deficiência; garantir acesso aos serviços e tratamento de saúde na capital e no interior; assegurar mecanismos de acessibilidade e inclusão social e promover ações preventivas de saúde. Atualmente, as Unidades de Referência Especializado do Reduto, na  avenida Doca de Souza Franco, e a Unidade de Referência Especializada Demétrio Medrado, na Sacramenta, ambas em Belém, são locais mantidos pela Sespa onde pessoas com deficiência recebem atendimento criterioso, após encaminhamento feito pelas unidades básicas de saúde. Em Marituba, a Unidade de Referência em Dermatologia Sanitária Marcelo Cândia dispõe de Sapataria Ortopédica e fornecimento de material de órtese e prótese para usuários acometidos pela hanseníase.
A rede de atendimento paraa pessoas com deficiência no Pará funciona também nos seguintes locais, todos na capital paraense: no Serviço de Desenvolvimento e Crescimento “Caminhar”, do Hospital Bettina Ferro, na Universidade Federal do Pará, com a reabilitação motora em crianças de 0 a 13 anos; na Uremia, com reabilitação motora em criança, por meio estimulação precoce na faixa de 0 a 5 anos) e na Unidade de Referência Especial em Reabilitação Infanti (URE-Rei), com reabilitação motora em crianças de 0 a 13 anos.
A lista de locais de atendimento contempla ainda a Unidade de Ensino e Assistência de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (UEAFTO), da Universidade do Estado do Pará (UEPA), que oferece reabilitação motora para adultos e crianças junto com o Programa de Distrofia Muscular; o Hospital Ophir Loyola, por meio do Programa de Esclerose múltipla e Esclerose lateral amiotrófica; A Instituição e Organização Neurológica do Pará (Ionpa) e Serviço de Atendimento Básico em Reabilitação (Saber), por meio de serviços em parceria com o Governo Federal, Estadual e Municipal. Somado a isso, projetos de construção para centros de reabilitação foram anunciados ao longo de 2012, como o do Hospital Bettina Ferro, e os que estarão disponíveis em Tucuruí e Santarém.
* Colaborou Roberta Vilanova - Assessoria de Comunicação da Sespa


Texto:
Bruna Campos-Secom



Santa Casa realiza Jornada de Ginecologia e Obstetrícia
Nos dias 26 e 27 (sexta-feira e sábado) acontece em Belém a I Jornada de Ginecologia e Obstetrícia da Fundação Santa Casa. O evento será no auditório da Unicred, na trav Humaitá, 1001, entre as avenidas Marquês de Herval e Pedro Miranda, no bairro da Pedreira. Na Jornada serão discutidos temas como: endoscopia ginecológica, medicina fetal, violência sexual, gestação de alto risco, parto prematuro, infecções congênitas na gestação, entre outros. Já confirmaram presença na programação científica especialistas no assunto do Pará, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A Jornada de Ginecologia e Obstetrícia da Santa Casa tem o selo da comissão Nacional de Acreditação (CNA) e é presidida pelo médico Fernando Bastos.





Governo do Estado no compromisso pela infância na Região do Xingu
A participação do Governo do Estado na Audiência Pública Descentralizada do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), realizada nos dias 18 e 19 deste mês, em Altamira, no sudeste paraense, foi marcada pelo compromisso assumido com o fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos (SGD) e das políticas publicas pela infância e Adolescência na Região do Baixo Xingu. O evento, realizado no Centro de Convenções e no Campus da Universidade Federal do Pará do município terminou com assinatura de um pacto que visa minimizar os impactos sociais do projeto de Belo Monte na vida das crianças que vivem nos onze municípios paraenses localizados na região do Xingu.
A assembleia contou com a participação de representantes das três esferas de governo, sociedade civil, operadores do direito e adolescentes, resultando na definição de 51 ações prioritárias para a região em favor da garantia de proteção e defesa desse segmento, como estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente. Para a presidente do Conanda, Mirian Santos, entre as proposições apresentadas destaca-se a criação de um comitê de monitoramento do pacto.
“A Audiência foi extremamente positiva porque tivemos a participação maciça de todos os setores envolvidos com a questão na região do Baixo Xingu, com apresentação de propostas consistentes e passíveis de execução, e que servem de base para todas as instâncias, incluindo o próprio Consórcio de Belo Monte, além da criação do comitê de monitoramento do pacto”, destacou a presidente do Conanda.
Atuação do Estado
A ação organizada pelos Conselhos Nacional (Conanda), Estadual (Cedca-Pa) e Municipal (Cmdca) dos Direitos da Criança e do Adolescente, em parceria com a Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa), Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e Policia Militar de Altamira, todos integrantes do Cedca.
A assessora especial da Seas, Meive Piacesi, ressalta que a participação do Governo do Estado em iniciativas como essa é fundamental por permitir conhecer melhor a realidade da população local e deliberar ações de forma coletiva, junto com as demais esferas de governo. “O Estado não poderia ficar de fora de um debate desse tipo. É importante sempre dialogar e ouvir das próprias pessoas suas necessidades e problemas. E a Secretaria Estadual de Assistência, por sua missão, é uma dos primeiros organismos que as pessoas em situação de vulnerabilidade buscam”, argumenta a representante do Seas.
O Pacto
Esta é a primeira Audiência Descentralizada que o Conanda realizou fora do eixo das capitais brasileiras, com o objetivo de definir as ações consideradas prioritárias para tentar minimizar os impactos sociais acarretados pelas grandes obras, principalmente às crianças e adolescentes. Uma equipe formada pelos Cedca, Cmdca e Conanda farão o monitoramento do pacto para a efetivação dos compromissos firmados e, em janeiro de 2013, todos os prefeitos eleitos dos municipios da Região do Xingu serão convidados a assinar o documento.
Além da Sociedade Civil, Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública, o pacto pela infância de Altamira e Região do Xingu foi assinado por todos os representantes do Governo do Estado integrantes do Cedca, que incluem, ainda, as Secretarias de Estado de Saúde (Sespa), de Cultura (Secult), de Educação (Seduc), Planejamento, Orçamento e Finanças (Sepof) e o Comando Geral da Policia Militar (PM). Atualmente, o Cedca é presidido pela Fasepa.

Texto:
Luciana Kellen-Fasepa



Policiais civis e militares desarticulam ponto de tráfico de drogas em Muaná
Está preso em Muaná, no arquipélago do Marajó, Orivaldo Ribeiro Alves, de apelido "Penca", por tráfico de entorpecente. Ele era investigado por policiais civis e militares por envolvimento em esquema de venda de drogas na cidade. Ao ser abordado, o acusado foi submetido a uma revista pessoal. Com ele, foram apreendidos R$ 699 em notas de pequeno valor e uma peteca de pasta de cocaína.
Depois, os policiais militares fizeram uma busca na casa de Orivaldo. Segundo o delegado Thiago José de Menezes Dias, diretor da unidade policial, na casa foram apreendidos aproximadamente 100 gramas de pasta de cocaína, "pedra de óxi", além de bicarbonato de sódio, cal, sacos plásticos e linha usados para misturar e embalar a droga. A droga foi encontrada embaixo do guarda-roupas, em um prato, em procedimento de mistura com outras substâncias.
Também foram apreendidos um telefone celular em que havia mensagens de textos de negociações de drogas. Orivaldo foi conduzido para a Delegacia de Muaná para prestar esclarecimentos. Ao delegado Thiago Dias, responsável pelo procedimento policial, Orivaldo negou ser traficante de drogas, alegando que a droga encontrada em sua casa era veneno para rato. Ele, no entanto, foi autuado por tráfico de drogas, com base no artigo 33 da lei 11.343/06.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil



Construção Civil gera mais de 12 mil postos de trabalho em oito meses
O balanço efetuado pelo Observatório do Trabalho, em parceria com o Dieese e a Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), sobre a flutuação dos postos de trabalho formais no setor da Construção Civil, no Estado do Pará, continua revelando saldos positivos no crescimento de vagas. De janeiro a agosto deste ano, o crescimento foi de 16,35%. Foram feitas 58.871 admissões contra 46.126 desligamentos nesse setor. O saldo é de 12.745 postos de trabalho. Para acompanhar o crescimento do setor, a Seter têm planejado diversos cursos de qualificação na área para compreender a demanda crescente da economia paraense.
Este ano, a Seter já formou mais de 1400 alunos em cursos para o setor da construção civil. Para o secretário Celso Sabino, o investimento é uma necessidade para o setor que não para de crescer. “Os nossos estudos técnicos apontam esse como um setor que gera cada vez mais vagas, graças aos muitos investimentos que o Pará tem para receber nos próximos anos”, afirma. Somente de janeiro a agosto deste ano, o aumento no número de vagas chegou 16,35%, em comparação ao mesmo período do ano passado.
No mesmo período do ano passado o setor também apresentou crescimento de empregos formais, porém o saldo foi menor que o deste ano. Foram feitas naquela oportunidade 50.380 admissões contra 38.919 desligamentos gerando 11.461 novos postos de trabalho.
Nos Estados do Norte, o setor da Construção Civil, nos oito primeiros meses de 2012 (Jan-Ago), apresentou saldos positivos de empregos formais no comparativo entre admitidos e desligados. No período analisado, o Pará foi o Estado que teve a maior geração de empregos formais, com saldo positivo de 12.745 postos de trabalho, seguido do Estado de Rondônia, com saldo positivo de 4.985; do Acre, com 2.291 novas vagas; do Tocantins, com 1.460 postos de trabalho; do Amazonas, com saldo positivo de 1.343 pessoas empregadas; do Amapá, com saldo positivo de 678 postos de trabalhos e do Estado de Roraima, com 449.
Em 2012 (Jan-Ago), foram feitas na região 129.750 admissões contra 105.799 desligamentos gerando um saldo positivo de 23.951 vagas no setor da Construção Civil, um crescimento de 12,72%.
Prática e solidariedade
Em Altamira, os cursos, além de preencherem todas as vagas, têm feito das aulas práticas uma ação para o bem comum. O prédio do Sine no município foi reformado pelos alunos. Parte elétrica, hidráulica, pintura, tudo novo carimbado pelo curso. José Monteiro, 32 anos, já trabalhava como encarregado de construção, mas quis fazer o curso de carpinteiro para aperfeiçoar seu conhecimento e terminar de construir sua casa. “Moro com minha mulher e duas filhas, o meu sonho era ter uma casa para a gente. Falei isso no ato da inscrição e concordamos em fazer isso como aula prática do curso”, relata. O material foi doado pela Seter e o Sinduscon, entidade executora, foram 25 alunos trabalhando de manhã e mais 25 pelo turno da tarde.

Texto:
Gabriela Azevedo-Seter




Quadrilha interestadual de traficantes é presa em flagrante em Castanhal
Policiais civis do Núcleo de Apoio a Investigação (NAI) e da Superintendência Regional do Salgado, ambos baseados na cidade de Castanhal, Região Metropolitana de Belém, prenderam uma quadrilha de traficantes que importava entorpecente do Nordeste brasileiro e o comercializava em Belém e arredores. Sete pessoas foram presas e com elas foram apreendidos três quilos de entorpecentes. A prisão ocorreu no final da tarde desta segunda-feira, 22.
Foram presos: Ronaldo Brandão da Silva, vulgo “Piauí”; Francisco Genilson Soares Evangelista, o “Ceará”; Allan Paulo Moura dos Santos; Fernanda Araújo da Silva; Jéssica Maria Soares Cartez e Durcilene Brandão da Silva. “Os dois primeiros são oriundos dos estados de suas alcunhas, os demais são de Castanhal e Belém, para onde parte do entorpecente seria levada e comercializada”, detalha o delegado Luís Xavier, superintendente regional do Salgado.
Ele conta que as prisões e apreensões foram consequência do trabalho de investigação realizada nos últimos três meses. “Com a quadrilha, foram apreendidos três quilos de maconha prensada. O grupo trazia a droga do Nordeste brasileiro, provavelmente dos estados do Piauí e Ceará, e fazia a distribuição na região do nordeste paraense, zona bragantina e ainda para a capital do Estado”, explica o delegado.
Policiais civis localizados na barreira da Polícia Rodoviária Federal do Apeú iniciaram a operação com a prisão de dois dos envolvidos no crime. Parte da quadrilha foi presa na BR-316, às proximidades de um supermercado. Outras prisões ocorreram na rua Raimundo Cruz, no bairro da Jaderlândia, em Castanhal. As investigações, que culminaram com as prisões foram coordenadas pelos delegados Luís Xavier, Augusto Damascenos e Fernando Rocha. Os investigadores Magno, Nélson, Denise, Márcio Augusto, Thiago, Monteiro, Edílson, Azevedo e Nivaldo participaram das diligências efetuadas.

Texto:
Aycha Nunes-Polícia Civil



Projeto Cinema, Música e História do Vestibular prepara alunos para o Enem
O Exame Nacional do Ensino Médio será o foco da edição de outubro do projeto “Cinema, Música e História do Vestibular”, que acontece nesta quarta-feira (24), de 14h as 18h, e no sábado (27), de 9h às 12h, na Seção Audiovisual da Biblioteca Pública Arthur Vianna, localizada no 3º andar do Centur. A entrada é franca. O projeto da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves oferece palestras de caráter lúdico aos vestibulandos, misturando conteúdos de história mundial e brasileira com músicas e filmes.
A edição de outubro do projeto será focada na resolução de exercícios de História para o Enem, apresentando os diversos períodos e temas que surgem com maior freqüência nos processos seletivos. A cada edição, o “Cinema, Música e História do Vestibular” desperta mais interesse nos vestibulandos, pois os conteúdos são transmitidos pelos professores de maneira descontraída e sem a "pressão" da sala de aula.
Os professores Bruno Augusto e Márcio Araújo, que organizam as atividades do projeto, destacam que a maior satisfação nesse trabalho é poder contribuir para que cada aluno possa conquistar o sonho de ingressar em uma universidade.
Serviço: As próximas edições do projeto “Cinema, Música e História do Vestibular” será no dia 24 de outubro, das 14h às 18h, e no dia 27, das 9h às 12h, na Seção Audiovisual da Biblioteca Pública Arthur Vianna (3º andar). Entrada franca.

Texto:
Luiz Flávio-FCPTN





Seop escolhe o Servidor Nota 10
Com 39 anos de serviços prestados à Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop), Ocimar Oliveira dos Anjos foi escolhido o “Servidor Nota 10 – 2012” entre os 12 servidores inscritos. A comissão de avaliação levou em consideração os quesitos assiduidade, disciplina, iniciativa, produtividade, competência interpessoal, trabalhos de relevância e responsabilidade na vida funcional dos participantes. Ocimar, que entrou no serviço público por meio de concurso, na época para datilógrafo, contou que fez concurso interno e hoje é agente administrativo. “Por 14 anos fui secretário  da diretoria do Departamento de Obras da Seop”, lembra.
Para ele, o programa “Servidor Nota 10” incentiva o servidor a fazer seu trabalho cada vez melhor. “Vejo como um estímulo ao desempenho. Isso nos incentiva a fazer mais e melhor nosso trabalho”, ressaltou. O titular da Seop, Joaquim Passarinho, disse que a premiação estimula a todos os servidores para que desenvolvam o trabalho da melhor forma possível. “Acredito que o principal objetivo é fazer com que o servidor se sinta valorizado na função que desempenha dentro do órgão”, disse Passarinho. Criado no primeiro governo de Simão Jatene, o programa “Servidor Nota 10” foi retomado agora como parte da Agenda Mínima de Governo, dentro do Programa Gestão de Qualidade. A premiação para os servidores de cada órgão estadual com o melhor desempenho durante o ano será no dia 26 de outubro.



Recital de formatura na Sala Ettore Bosio
A Sala Etttore Bosio será o palco, nesta quarta-feira (24), do recital "Ganbatte", de formatura em percussão de Lorena Brabo, concluinte do Bacharelado em Música da Fundação Carlos Gomes e Universidade do Estado do Pará, que escolheu esse tema por significar, em japonês, Esforce-se ou Tenha força!, e é uma saudação a todos aqueles que almejam seus objetivos. Vão participar os músicos convidados Magno Morais, Claudio Costa, Ruth Saldanha e Ricardo Aquino e no repertório obras construídas para percussão, dos autores Sidney Hodkinson, Keiko Abe, Elliot Carter, Minoru Miki e David Friedman. Com entrada franca a partir das 19h.



Governo do Estado planeja ordenamento na região do Porto de Miritituba
A instalação do porto de Miritituba, no município de Itaituba, foi tema de uma reunião, realizada nesta segunda-feira (22), no Centro Integrado de Governo (CIG) entre as Secretarias Especiais de Infraestrutura e Produção e suas vinculadas, a Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração e a Secretaria de Meio Ambiente, com diversos representantes de empresas que farão parte da área onde estará localizado o empreendimento.
O porto, onde a maioria das empresas instalará uma plataforma de transbordo de carga dos caminhões e carretas de grãos, que vêm principalmente do Mato Grosso, será localizado à margem direita do Rio Tapajós, confluência com a BR-230, a Transamazônica. Nele embarcarão as balsas do município que, descendo o Rio Tapajós e o Rio Amazonas, farão o desembarque dos produtos nos Portos de Santarém, de Santana (no Amapá), ou mesmo em diferentes portos do Pará, como Barcarena e Outeiro, entre outros. Para este último está previsto pela CDP a instalação de quatro grandes empresas.
Sidney Rosa, secretário Especial de Produção, relata a previsão para o início das atividades no porto. “A partir de 2013 nós assistiremos a instalação das primeiras empresas que vão possuir no Porto de Miritituba as bases para ter não apenas o escoamento dos produtos, mas a possibilidade da transformação de grãos em proteína animal, como o frango, porco e peixe, advindos da produção do Mato Grosso, e serem transformados no Pará”.
A ideia é ter um plano de desenvolvimento para aquela região para que o asfaltamento da BR-163 traga desenvolvimento, desde o município de Novo Progresso, Trairão e especialmente os municípios de Itaituba e Miritituba, e, a partir dali, para todo o Pará. Sobre os impactos da implantação do empreendimento na região, o titular da Sedip afirma que governo e empresários já estão discutindo desde o ano passado os impactos econômicos e sociais, que ocorrerão a partir do asfaltamento da BR-163, que tem previsão para ser entregue até o final de 2013.
“É muito importante ter oportunidade de planejar e tentar prever o que vamos ter na parte econômica de bom e de ruim e, especialmente, na parte social, pois na região nós teremos três grandes eventos econômicos: o asfaltamento da BR-163, a exclusão do ouro com a volta do garimpo e das pequenas mineradoras pela elevação do preço do ouro, e ainda o edital das hidrelétricas que vão acontecer no Rio Tapajós. O secretário conclui ressaltando que por esse motivo é muito importante buscar nos três níveis de governo, estado, município e governo federal, para atuar de forma conjunta com a sociedade e assim ter, junto com o desenvolvimento, o ordenamento do crescimento da região.

Texto:
Andréa Amazonas-SEDIP





nstituições parceiras do Hemopa intensificam campanha externas de doação
Nesta terça-feira, 23, das 8h às 16h, a Fundação Hemopa participa de uma campanha externa  de doação de sangue em parceria com a Escola Superior da Amazônia (Esamaz). O serviço de coleta será feito em um espaço cedido pela instituição de ensino. A ação faz parte de atividades que estão impulsionando a doação de sangue e cadastro de doação de medula óssea na capital, visando garantir o atendimento satisfatório da demanda hospitalar.
No dia 25, ação acontecerá no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) da Universidade Estadual do Pará, localizado na Avenida Almirante Barroso, de 8h as 16h. Dia 27, a mesma ação será levada à Igreja Batista do Telégrafo, localizada na rua Curuçá, de 8h as 16h. Dia 1º de novembro o hemocentro promoverá coleta de sangue junto à escola “Teodora Bentes”, que fica na Rua Padre Júlio, em Icoaraci, das 8h às 16h.

Quem pode doar sangue: Candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos; peso acima de 50 kg. É necessário apresentar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três. O doador deve estar bem alimentado.

Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto.

Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Padre Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 0800 280 8118, de 2ª a 6ª-feira, das 8h às 18h; e aos sábados, até as 17h.

Texto:
Vera Rojas-Hemopa



Profissionais do projeto Vida Ativa debatem o Estatuto do Idoso
Os profissionais que atuam no programa “Vida Ativa na Terceira Idade”, criado e executado pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), participaram de um encontro, na última segunda-feira, 22, que teve como tema o Estatuto do Idoso. Além de esclarecer dúvidas e atualizar professores e monitores quanto às necessidades desse segmento, a reunião contou com a palestra de Ewerton Souza, que é técnico em gestão de esporte  e Educação Física da Seel e membro do Conselho Estadual do Idoso.



Missão do BID continua agenda técnica na capital paraense
A missão de avaliação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em Belém, chega ao segundo dia de atividades em Belém. No Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, referência na região Norte na realização de eventos, equipes de trabalho da Companhia Paraense de Turismo (Paratur) e Secretaria de Estado de Turismo (Setur), continuam a pauta de eventos que têm como objetivo definir o detalhamento técnico para a liberação de financiamento do BID que será investido nas ações do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), que no Pará é executado pela Paratur.
Os técnicos do BID estão no Pará desde o último dia 17 e cumprem até o dia 25 a agenda da missão de análise. Nesta terça-feira (23), pela manhã, os técnicos participaram de uma oficina de avaliação de risco. À, a apresentação da Matriz de Resultados e Salvaguardas sócio-ambientais, que conta com a participação de consultores da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e do Museu Paraense Emílio Goeldi (responsáveis pelos assuntos indígenas). A pauta segue pelos próximos dois dias.
O objetivo da missão é avaliar a real capacidade do Estado para receber investimentos na ordem de US$ 44 milhões, sendo 60% do BID e os 40% restantes de contrapartida do Governo do Estado, que devem ser investidos nas regiões turísticas de Belém, Marajó e Tapajós. Os projetos a serem implantados envolvem aspectos de fortalecimento da gestão do turismo, como a melhoria da infraestrutura, gestão ambiental, produtos turísticos, promoção e marketing nessas regiões.
As atividades da visita são coordenadas pelo titular da Setur, Adenauer Góes; pela presidente da Paratur, Socorro Costa; pela coordenadora do Prodetur Pará, Márcia Bastos, contando com o apoio da Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip), Secretaria Extraordinária do Programa Municípios Verdes, além de outras instituições, representantes do trade e entidades envolvidas na execução dos projetos do Prodetur ou beneficiadas com os mesmos, assim como representantes das secretarias municipais de turismo das regiões envolvidas.
“Nosso objetivo é tornar o Pará, obra Prima da Amazônia, até 2020, o principal destino turístico da Amazônia. Para a execução do Plano Ver-o-Pará, que nos dá as diretrizes que podem nos levar a alcançar esse objetivo, a parceria do Banco Interamericano de Desenvolvimento é primordial. Essa parceria, além de fortalecer o nosso turismo vai nos permitir executar com seriedade e responsabilidade nossa missão de divulgar, promover e aprimorar as ferramentas de inteligência de marketing que hoje utilizamos. O Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDIT), do Prodetur, é também forte ferramenta neste contexto”, informa Socorro Costa, presidente da Paratur.
Adenauer Góes, secretário de Estado de Turismo, afirma que “esta parceria, sem dúvida, dará ao Pará uma nova perspectiva no turismo, atividade econômica considerada pelo governador Simão Jatene como prioridade em suas políticas públicas de desenvolvimento, geração de emprego, renda e qualidade de vida à nossa população e quem visita a Obra Prima da Amaônia”, afirma.
O resultado da liberação dos recursos ainda não tem data definida para ser divulgado. A região do Marajó deve receber metade do montante dos investimentos, US$ 22 milhões, sendo US$ 11 milhões destinados para infraestrutura e serviços. A região turística do Tapajós receberá mais de US$ 15 milhões e Belém quase US$ 7 milhões.
Prodetur
O programa foi criado pelo Governo Federal e é desenvolvido pelo Ministério do Turismo para intermediar a captação de recursos para o desenvolvimento do turismo, como atividade de melhoria da qualidade de vida da população local. No Pará o Prodetur já existe desde 2008, quando foram realizadas duas etapas técnicas preliminares para a execução. Atualmente o programa está em fase de finalização das análises para dar início à execução com a assinatura de contrato entre Governo do Estado e o BID.

Texto:
Benigna Soares-Paratur



Banpará inaugura Agência Empresarial
Ao completar 51 anos, em 2012, o Banpará atende à comunidade paraense com serviços de qualidade e contribui para o desenvolvimento do Pará. A sua Agência Empresarial tem estrutura física diferenciada, isto é, além de serviços bancários, disponibiliza espaços para business empresarial e cultural, auditório e salas para treinamento. Como diferencial na prestação de serviços, oferece atendimento exclusivo ao segmento empresarial, com foco no fortalecimento de parcerias, que poderão impactar diretamente no desenvolvimento do Estadodo Pará, por meio da geração de emprego e renda. Esta iniciativa está de acordo com o direcionamento dos acionistas, à frente o Governo do Estado, em fortalecer o Banpará com a expansão da sua base de negócios, com fidelização dos clientes e sob o acompanhamento atento à volatilidade do mercado financeiro.



Exposição 'Mitiri das Águas' encerra nesta terça-feira
O público tem até hoje, 23, a oportunidade de conferir a exposição “Miriti das Águas”, no Armazém 3, na Estação das Docas. A mostra reúne quase duas mil peças tridimensionais fabricadas a partir da fibra do miriti, por artesãos de Abaetetuba, e tem como tema a festividade do Círio. A visitação é gratuita.

Notícias do PSDB/Brasília

Brasília, 22 de outubro de 2012

Imbassahy cobra solução para os recorrentes apagões no setor elétrico

Os recorrentes apagões e as grandes interrupções no fornecimento de energia revelam que há problemas graves no sistema elétrico brasileiro. Neste ano, já foram 63 cortes. Só entre os dias 15 de setembro e 15 de outubro, foram 14 desligamentos em várias regiões – na média, significa quase um corte a cada dois dias, conforme mostrou o jornal “O Estado de S. Paulo”. Já passou da hora de o governo federal assumir a culpa e corrigir as graves deficiências no setor, na avaliação do deputado Antonio Imbassahy (BA). O tucano cobrou medidas do governo para resolver as falhas. Leia mais



Condenação de petistas por formação de quadrilha é ponto alto do julgamento no STF, acredita Paxiúba

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal pediu a condenação do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, do ex-presidente do PT José Genoino e do ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares por formação de quadrilha no mensalão nesta segunda-feira (22). O publicitário Marcos Valério e outros seis acusados também foram condenados pelo crime. Na avaliação do deputado Dudimar Paxiúba (PA), não há dúvidas da existência do esquema de corrupção. Leia mais



Tucano defende investigação de sobrepreço em obras da Delta na transposição do São Francisco

A Controladoria-Geral da União (CGU) constatou o que parlamentares da oposição já haviam adiantado no início do ano: as obras de transposição do rio São Francisco enfrentam uma série de falhas e desperdício de recursos públicos. Auditoria feita pelo órgão em lote do empreendimento na cidade de Mauriti (CE), onde uma caravana de parlamentares esteve em março, encontrou sobrepreço, superfaturamento e inúmeros problemas nos projetos básico e executivo. A controladoria constatou ainda que falhas na fiscalização do Ministério da Integração Nacional levaram à maioria dos prejuízos. Leia mais



Deputados repudiam novas suspeitas de adoção irregular de crianças

Os deputados Raimundo Gomes de Matos (CE) e Andreia Zito (RJ) repudiaram a denúncia de que crianças estariam sendo levadas das famílias no sertão baiano. Reportagem do “Fantástico” mostrou nesse domingo (21) novos casos de mulheres forçadas a entregar os filhos para adoção. Na semana passada, o programa contou a história de um casal que teve cinco filhos tirados de casa e entregues a famílias de São Paulo. Leia mais



Izalci presta homenagem aos odontologistas e destaca história da profissão

O deputado Izalci (DF) prestou homenagem aos odontologistas durante sessão solene nesta segunda-feira (22). O encontro, realizado a pedido do tucano, destacou o trabalho desses profissionais da saúde. “Graças à dedicação e competência desses profissionais, somadas ao empenho de alguns órgãos governamentais e ONGs, de alguns anos para cá a saúde bucal deslanchou entre as preocupações dos brasileiros”, disse. Leia mais



Projeto de Andreia Zito cria mecanismo de controle para concessão de empréstimo consignado

A concessão de empréstimos consignados a servidores públicos federais poderá passar a ter mais controle, caso seja aprovado pelo Congresso Nacional projeto de lei da deputada Andreia Zito (RJ), que exige autorização prévia e formal do interessado e ratificação do agente de pessoal do órgão de vinculação do consignatário, para que seja deferido o desconto em folha de pagamento. Leia mais



Deputado destaca instalação de Frente Parlamentar pelo fortalecimento do Legislativo

Em discurso nesta segunda-feira (22), o deputado Izalci (DF) destacou a instalação da frente parlamentar pelo fortalecimento do Legislativo, prevista para depois do segundo turno das eleições municipais. A frente já foi aprovada pelo Congresso com mais de 300 assinaturas. Segundo ele, a primeira discussão será sobre as emendas impositivas. Ele lembra que os deputados levantam os problemas de suas bases e se comprometem a apresentar emendas para enviar recursos para a região. No entanto, alguns pedidos não são liberados e o dinheiro não chega ao local. Leia mais



Intervenção pesada do Estado na economia afasta novos empreendimentos, diz ITV

A intervenção pesada do Estado na economia tem afugentado negócios e tirado o brilho do país, diz a Carta de Formulação e Mobilização Política desta segunda-feira (22). Com isso, novos empreendimentos privados, necessários para melhorar as condições internas de produção, não saem do papel e prejudicam a competitividade local. Equilibrar os pesos, abrindo espaço para que o investimento privado floresça, tem sido algo que Brasília não tem demonstrado saber fazer na gestão petista. Leia mais



 
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...