Total de visualizações de página

terça-feira, outubro 02, 2012

NOTÍCIAS DESTA TERÇA DIA 02 DE OUTUBRO


Governo do Estado abre processo licitatório para estádio de Santarém
O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Marcos Eiró, e uma equipe técnica da Seel e da Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop) vão ao município de Santarém, no oeste do Pará, para conduzir as ações referentes à reforma do estádio Colosso do Tapajós. A abertura de licitação será feita nesta terça-feira (2), durante entrevista coletiva, às 9 horas, na Associação Comercial da cidade.
Entre os investimentos assegurados pelo governo do Estado para Santarém estão cerca de R$ 100 milhões, destinados à melhoria da infraestrutura, saúde e segurança. Na segunda quinzena de agosto, o governador Simão Jatene esteve no município e assinou ordem de serviço para a construção do ginásio poliesportivo, orçado em R$ 10 milhões, e aprovou o orçamento e o início do processo licitatório para as obras do Estádio Olímpico de Santarém. No total, serão investidos mais de R$ 21 milhões no empreendimento.
Marcos Eiró também dará informações sobre a inscrição de Santarém na lista de Centros de Treinamento de Seleções para a Copa do Mundo de 2014, concluída na última sexta-feira junto ao Comitê Organizador Local da Copa do Mundo (COL). Com todos os investimentos do governo estadual, Santarém está entre as cidades mais cotadas para entrar na lista. Os locais escolhidos como sede de treinamento de seleções de futebol serão divulgados no primeiro semestre de 2013.
No início de agosto, o COL anunciou que Belém já estava apta a receber seleções internacionais de futebol. Ainda em agosto, o diretor de Times e Competições do COL, Frederico Nantes, ressaltou que Santarém tem um grande potencial para se tornar um centro de treinamento. Daí por diante, o governo do Estado intensificou ainda mais o trabalho em Santarém e no estádio Colosso do Tapajós.

Texto:
Angela Bazzoni-Seel
Fone:  / 
(91) 8883-5649

Policiais civis da Deaca prendem acusado de estupro de vulnerável
A equipede policiais civis daDelegacia Especializada no Atendimento às Crianças e Adolescentes (Deaca), com sede no Pro Paz da Santa Casade Misericórdia, cumpriu nesta segunda-feira (1º) o mandadode prisão preventivadecretado pela Varade Crimes Contra a Criança e Adolescente da Capital contra Eliézer Pereirade Moraes, por crimede estuprode vulnerável.
A vítima,de 6 anosde idade, foi atendida pelo Hospital da Santa Casa, após a mãedela ter constatado a presençade sangue nas vestes íntimas da criança. Ela também apresentava lesões pelo corpo. Após passar por exame, foi constatado que a menina era portadorade doença sexualmente transmissível.
De posse das provas, adelegada Simone Edorondeterminou que a equipe policial cumprisse o mandadode prisão. O acusado foi preso em Belém e já está recolhido à disposição da Justiça, no Centrode Triagem Metropolitano, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. A família do acusado alega que ele é portadorde necessidades especiais.
Apesarde ter sido encaminhado para perícia psiquiátrica no Centrode Perícias Científicas Renato Chaves, ele não compareceu para fazer o exame nem apresentou outro laudo médico que comprovasse a condição. Caberá ao Poder Judiciáriodefinir a situação penal do acusado.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil

Pará registra aumento de 16% no número de empregos na construção civil



Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgou, nesta segunda-feira (01), o balanço do emprego formal no setor da construção civil no Pará e em toda a região norte. Segundo o levantamento, nos oito primeiro meses de 2012, houve um crescimento de 16,35% no número de empregos no setor, gerando cerca de 13 mil novos postos de trabalho. O aumento mais significativo ocorrido na região norte do país.
Para o secretário estadual de Trabalho, Emprego e Renda, Carlos Sabino, esse crescimento deve-se aos pesados investimentos que estão ocorrendo no estado do Pará. “O Governo do Estado tem feito altos investimentos, em várias áreas como indústria, comércio e prestação serviços. Isso reflete no setor da construção civil, pois é necessária a produção de plantas para as obras, ampliações ou reformas, principalmente, de empresas que chegam no estado”, explica.
Dados da pesquisa apontam que de janeiro a agosto deste ano, o setor da construção civil em todo o Estado do Pará admitiu 58.871 trabalhadores contra 46.126 desligados, gerando um saldo positivo de 12.745 postos de trabalho. Em 2011, o setor também apresentou crescimento de empregos formais, porém com um saldo menor, 50.380 admissões contra 38.919 desligamentos totalizando 11.461 novos postos de trabalhos.
Celso Sabino explica que a maioria dos postos de trabalhos criados no estado foi no interior. “Belém está entre as 10 capitais que mais geram em emprego no setor da construção civil, porém 62% desse total foram feitos no interior. Isso é devido ao aumento de cursos capacitação em vários pontos do Pará como Altamira, Paragominas e Marabá. O objetivo do Governo é fazer cursos de qualificação profissional nas áreas que mais geram empregos no estado”, informa o secretário.
Ele ressalta que o Governo do Pará busca atingir novas metas, como aumentar o número de vagas de emprego em outros setores, aumentar o salário médio do trabalhador da construção civil e ampliar os cursos de qualificação nas áreas que mais geram empregos no Pará.
“O desafio é capacitar e preparar a mão de obra qualificada no estado. O governo está trabalhando com uma grande corrente por meios da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), Secretaria de Estado e Trabalho, Emprego e Renda (Seter) e Dieese. Nesse trabalho conjunto nós procuramos identificar quais são as cidades que mais geram empregos e quais as áreas que mais precisam de capacitação de mão de obra”, relata Celso Sabino.

Texto:
Pablo Almeida-Secom
Fone: (91) 3202-0910 / (91) 8240-2141

Operação combate caça de animais silvestres no Marajó
A Operação "Náufragos", realizada pela Polícia Civil na Ilha do Marajó, resultou nas apreensões de duas espingardas utilizadas para matar capivaras, animais da fauna silvestre de caça proibida por lei. A operação contou com os trabalhos da Superintendência Regional dos Campos do Marajó, em conjunto com a Polícia Militar e o IBAMA.
As armas encontradas estavam em posse de Rosiel Cruz Neves e Eliseu do Carmo da Cruz, que foram abordados no interior de uma embarcação, na qual dois animais da espécie, já mortos, foram apreendidos. Sob comando do delegado Arilson da Silva Caetano, titular da Superintendência, a operação foi iniciada com a finalidade de capturar armas de fogo, drogas ou qualquer objeto ilícito, como gado furtado, caça e pesca predatória. Equipes percorreram o rio Paracauari, que banha Soure, na lancha da Polícia Civil, até as zonas rurais do município, abordando e revistando embarcações ao longo do percurso.
Os acusados foram conduzidos até a unidade policial em Soure, onde delegado Luciano Cunha lavrou o flagrante por porte ilegal de arma de fogo e o TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) por crime contra a fauna. Diversas embarcações foram abordadas e revistadas para combater os crimes ocorridos na malha hidroviária, entre eles, os crimes contra o meio-ambiente. 

 

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil
Fone: (91) 4006-9036 / (91) 9941-3490

Aluna da escola Souza Franco vence concurso de redação do Círio
O XVIII Concurso de Redação do Círio teve como vencedora a aluna Sarah Luíza Carvalho Brandão, da Escola Estadual Visconde de Souza Franco. Para homenagear a estudante, os alunos, professores e toda a equipe técnica, festejaram nesta segunda-feira (1º), o título conquistado pela aluna.
O concurso, promovido pela diretoria da Festa de Nazaré, é destinado aos estudantes do Ensino Médio de escolas públicas e particulares, com o objetivo de escolher o melhor texto em prosa, com enfoque religioso. O tema deste ano foi baseado na seguinte proposta: “Quem foi Maria e porque ela é tão presente em um mundo tão distante de Deus”. “A Sarah é um exemplo que deve ser seguido e é um motivo de orgulho para a escola”, disse a diretora Marilena Guimarães.
Filha do vendedor Cláudio Brandão e da dona de casa Vânia Brandão, a aluna Sarah falou da felicidade por conquistar o prêmio e do orgulho por representar a escola. “Agradeço a todos que me ajudaram e me apoiaram, ao incentivo dos alunos e ao empenho da escola por nos ajudar e nos preparar para o concurso”, contou.
A professora Melissa Alencar, que orientou a aluna, disse que acompanhou todo o esforço e batalha da estudante e que este título é um mérito exclusivamente dela, pela sua dedicação e empenho.“Ela é uma aluna excepcional e uma prova de que devemos dar crédito aos nossos alunos de escola pública, que apesar de todas as dificuldades, estão batalhando sempre para melhorar cada vez mais”, enfatizou a professora.
A equipe de professores de língua portuguesa da escola Souza Franco foi a responsável pela divulgação e escolha dos alunos que iriam participar do concurso. A professora Elizandra Brasil, que faz parte da equipe, disse que a aluna Sarah estava bem preparada e centrada no tema. "Ela soube desenvolver o tema muito bem e isso nos fez atentar para o fato de que as escolas públicas também possuem muitos talentos”, pontuou Elizandra.

Texto:
Danielly Gomes-Seduc
Fone: (91) 3201-5181 / (91) 9902-1475

São José Liberto abre dia 9 a exposição Joias de Nazaré 2012





Réplicas de objetos usados por fiéis para pagar promessas, confeccionados em miriti, integram o projeto de ambientação da exposição Joias de Nazaré 2012, que será aberta ao público dia 9 deste mês, às 18 horas, no Espaço São José Liberto. A mostra terá joias inspiradas nas onze procissões da Festividade de Nazaré, que levam milhares de pessoas às ruas dos municípios de Belém e Ananindeua, na região metropolitana.
Segundo o artista plástico Emanuel Franco, responsável pelo projeto, todo o espaço destinado à exposição será delimitado por 16 auto portantes, cada um contendo um prisma de paredes de vidro, que receberão objetos artesanais de miriti, revestidos de massa e pintados de tinta acrílica branca, como suporte para as joias. “Nas paredes teremos fotografias em forma de adesivos de João Ramid, registros de várias romarias, que vão compor um cenário harmônico com as joias da nova coleção”, explica.
Emanuel Franco repete no projeto da exposição uma parceria que deu certo na feira Pará Expojoia – Amazônia Design de 2011, quando criou um painel com imagens da floresta, a partir de fotos de Ramid. O painel ainda pode ser visto por quem chega ao Jardim da Liberdade, no São José Liberto. “Aprecio a trajetória profissional do João Ramid há bastante tempo, e sei que ele tem uma diversidade enorme de registros fotográficos, que alcançam várias vertentes do olhar”, diz Emanuel Franco.
Os diversos ícones do Círio de Nazaré são uma rica fonte de inspiração para as manifestações artísticas, assegura Emanuel Franco. “Como artista, é uma época em que me aproprio dos elementos visuais que são ícones das manifestações populares e que sempre me alimentam para a elaboração de ideias, obras e projetos. Os brinquedos de miriti, as janelas decoradas, as alegorias e as promessas, eu vejo como signos visuais marcantes dessa quadra nazarena”, acrescenta.
A exposição, que este ano recebeu a denominação de “Joias de Nazaré 2012 – Procissões do Círio - A fé renovada em todos os caminhos”, reúne trabalhos de designers, ourives, lapidários e artesãos vinculados ao Polo Joalheiro do Pará. A coleção foi criada durante um workshop sobre o tema “Procissões”, coordenado pela coordenadora do curso de design da Universidade do Estado do Pará (Uepa), Rosângela Gouvêa.
Realizada no São José Liberto desde outubro de 2003, a exposição integra a programação cultural promovida no espaço durante o mês de outubro, e ao longo de uma década vem integrando as joias artesanais do Pará ao cenário de festa e à produção artística que toma conta de Belém em função do Círio de Nazaré. Este ano, a nova coleção poderá ser vista de 9 de outubro a 4 de novembro, na Casa do Artesão do São José Liberto, com entrada franca.

Texto:
Luciane Barros-São José Liberto
Fone: (91) 3344-3514 / (91) 08300-3961

Fundação Curro Velho promove palestra sobre História e Cultura Afro Brasileira
A Professora Zélia Amador de Deus, doutora em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará, membro da Comissão de Assessoria para assuntos relacionados à Educação dos Afro-Brasileiros, ativista do movimento negro e Co-fundadora do Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará é a convidada da Fundação Curro Velho para a palestra sobre História, Cultura e Arte Afro-brasileira. O evento será realizado nesta terça-feira, 2, a partir de 9h, no Teatro da Fundação Curro Velho, na rua Professor Nelson Ribeiro, nº 287 (Esquina com a travessa Djalma Dutra). Entrada Franca.  

Esquema de segurança das eleições terá Central de Monitoramento
As eleições municipais para prefeito e vereador, no próximo domingo, 7, terão um esquema especial montado pelo Sistema de Segurança Pública em todo o Estado, para garantir a lisura do pleito. A novidade deste ano é a Central de Monitoramento, que será montada em Belém e irá monitorar todo o território paraense, numa ação preventiva e reativa a qualquer fato que possa influenciar imediatamente na decisão de voto do eleitor.
O secretário adjunto de Inteligência e Análises criminais, Antônio Cláudio Farias, explica que a Central de Monitoramento foi criada para aumentar a capacidade de antecipação e reação dos órgãos de segurança. “O sentido da Central de Monitoramento é preventivo. O grande objetivo é que o pleito seja feito dentro da maior normalidade possível. Com a Central teremos condições de analisar imediatamente qualquer problema de funcionamento do processo eleitoral, evitando ameaças de fraude nessas eleições”, disse.
A Secretaria de Inteligência e Análises Criminais (Siac) está trabalhando em parceria com todos os órgãos do Sistema de Segurança Pública do Estado, principalmente com o Núcleo de Inteligência da Polícia Civil, a Sessão de Inteligência e Estatística da Polícia Militar e com a 2ª Sessão do Estado Maior de Inteligência do Corpo de Bombeiros, além da parceria com a Polícia Federal, Exército, Agência Brasileira de Inteligência e com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).
A Central de Monitoramento irá funcionar no domingo, de 7h30 até meia noite, de forma interligada com o sistema de inteligência do Estado. Cerca de 50 analistas e agentes de operações da Siac irão trabalhar na Central de Monitoramento e diretamente nas ruas no dia das eleições. É a primeira vez que esta estrutura é montada e irá facilitar o imediatismo da análise das ocorrências e estruturação de operações, agilizando o processo de solução de problemas que por ventura possam vir a existir. Nesse sentido, é importante que no dia da eleição, o cidadão esteja atento, fiscalizando os candidatos e denunciando qualquer manifestação que configure boca de urna. As denúncias podem ser feitas pelo Disque Denúncia 181, pelo twitter @siacpa e pelo e-mail cmsiac.ssp@gamail.com.
“Contamos com a ajuda da população para garantir um processo eleitoral tranquilo e que obedeça as leis eleitorais. Todas as denúncias serão checadas e analisadas. No caso das denúncias por telefone e e-mail, nós garantimos a preservação da identidade do denunciante”, disse Antônio Cláudio Farias, secretário adjunto de inteligência e análises criminais.
Veja abaixo ou que é permitido e proibido no dia da eleição:
- É permitida a manifestação individual e silenciosa da preferência do eleitor por partido político, coligação ou candidato.
- É proibido, até o término da votação, a aglomeração de pessoas portando vestuário padronizado, bem como bandeiras, broches e adesivos que caracterizem manifestação coletiva, com ou sem utilização de veículos.
- Nas seções eleitorais e juntas apuradoras, é proibido aos servidores da Justiça Eleitoral, aos mesários e aos escrutinadores o uso de vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido político, de coligação ou de candidato.
- É vedada qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de seus candidatos.

Texto:
Dani Filgueiras-Secom
Fone: 81185849 / 81185849

Sema divulga aquisição de Novas Ferramentas de Geotecnologias
A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) convida instituições da esfera federal, estadual e municipal, Organizações Não-Governamentais (ONG´s), entidades do setor produtivo, representantes da imprensa local e demais interessados para participar de reunião no auditório da secretaria, na quinta-feira (4), a partir das 14h, sobre “Novas ferramentas de Geotecnologias adquiridas pela Sema, compartilhamento de produtos e aprimoramentos metodológicos de análise espacial”.
O objetivo é explicar aos participantes como funcionam as novas geotecnologias que irão aumentar o controle ambiental no Estado. As novas ferramentas - como as imagens de satélite de alta resolução dos sensores SPOT e RapidEye e softwares desenvolvidos para monitoramento ambiental, classificação de imagens e mapeamento de uso do solo - darão informações de interpretação e medição sobre imagens em locais de difícil acesso para as vistorias, proporcionando economia e garantia de resultados na elaboração de laudos técnicos.
De acordo com Vicente de Paula Sousa, coordenador do Núcleo de Geotecnologias da Sema, as últimas aquisições para a área de geotecnologias darão maior precisão aos diagnósticos, permitindo aprimoramento dos procedimentos de análise e apoio nas ações de licenciamento, fiscalização e elaboração do Cadastro Ambiental Rural (CAR).


Dia : 04/10/2012
Programação:
14h – Abertura da reunião realizada pelo secretário da Sema, José Alberto Colares, e pelo coordenador do Núcleo de Geotecnologias, Vicente Sousa.
14h10 – As novas ferramentas e equipamentos adquiridos e suas aplicações – Novos componentes de Geotecnologias, processos e metodologias, utilizando softwares e imagens de satélite de alta resolução, geração de produtos e implantação do sistema Geocatálogo – Santiago & Cintra Consultoria
15h30 – Aprimoramentos metodológicos de análise espacial em atividades submetidas ao licenciamento ambiental, utilizando as novas Geotecnologias
16h- Perguntas/Contribuições
16h30 – Geotecnologia VANT – Santiago & Cintra
17h – Encerramento – José Alberto Colares

Plano de Manejo Florestal em Altamira flagrado em exploração ilegal de madeira
Técnicos da Diretoria de Fiscalização, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), participaram de uma operação em parceria com a Delegacia Especializada em Meio Ambiente (Dema), entre os dias 10 e 19 de setembro, no município de Altamira. O Plano de Manejo Florestal Sustentável, alvo da fiscalização, tem como detentora da autorização de exploração florestal, Anália Dias dos Santos. Trata-se de uma área de 50,73 hectares, licenciada pela Sema para a exploração de 1.261 metros cúbicos de madeira em tora,  nativa, que estava sendo usada indevidamente para escoamento de madeira explorada em outros locais, ainda não identificados.
Uma consulta ao Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais (Sisflora), no site do órgão ambiental do Pará, constatou a venda de 973 m³ de espécies de madeira em toras –  entre elas maçaranduba, tindorana, tauari, amarelão, melancieira, andiroba, marupá, freijó, jatobá e ipê-roxo. Mas, de acordo com o coordenador da operação, o fiscal da Sema Victor Mendes da Silva, a área do plano está intacta. “Não saiu nenhuma tora de madeira desta área autorizada, configurando, desta forma, o que se chama de venda de papel”, declara o fiscal.
Diante da infração constatada, a detentora da autorização de exploração florestal foi autuada, primeiramente por executar manejo florestal em desacordo com a autorização concedida, e depois por vender produto clandestino de origem florestal de forma virtual. O engenheiro responsável pelo plano também foi identificado e devidamente autuado, por prestar informações falsas ao Sisflora.
O Plano de Manejo com atuação irregular e as serrarias compradoras das madeiras vendidas ilegalmente – A.K. Samuelsson, de Medicilândia; Grão Pará Madeiras, de Uruará; e Madeireira Letícia, de Anapu - tiveram seus Cadastros de Exploradores e Consumidores de produtos Florestais no Estado do Pará (Ceprofs) bloqueados, além da intimação do responsável técnico do Plano de Manejo e responsáveis pelas madeireiras para prestarem esclarecimentos na Dema, nesta segunda-feira, 1º de outubro.

Texto:
Káthia Oliveira-Sema
Fone: (91) 3184-3341 / (91) 8896-3106 (Oi)

Santa Casa promove curso de sensibilização em aleitamento materno
A Fundação Santa Casa promove a partir desta segunda-feira, 1º, até sexta-feira, 5, o Curso de Sensibilização em Aleitamento Materno, que marca as comemorações pelo Dia Nacional de Doação do Leite Humano. O curso acontecerá das 14h às 18h, no Espaço Moara, e é voltado para profissionais que atuam na área de saúde. Criado em 1987, o Banco de Leite da Santa Casa é o maior do Norte do país. Responsável pela promoção do incentivo ao aleitamento materno e execução das atividades de coleta, processamento, controle de qualidade e distribuição do excedente de leite humano das mães doadoras à recém-nascidos que não podem mamar no seio materno. Com o apoio do Corpo de Bombeiros, por meio do projeto 'Bombeiros da Vida, a unidade mantém campanha permanente de doação de leite junto às mães que desejam ceder o excedente de leite para ajudar as crianças internadas na UTI do hospital. Para efetivar a doação, basta que a mãe interessada entre em contato com os números 0800 727 2057 / 4009-2212 e 4009-2318.

Seduc abre inscrições para concurso de redação sobre mineração
O setor mineral representa 92% das exportações, gerou este ano 320 mil empregos e receberá investimentos na ordem de R$ 41 bilhões nos próximos anos no estado do Pará. Foi pensando na importância desse setor para a economia do Estado, que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com o Sindicato das Indústrias de Mineração do Estado do Pará (Simineral), idealizou o concurso de redação com a temática: “Mineração e Sustentabilidade: a mineração à serviço da sociedade”. O concurso foi lançado na noite deste domigno, 30, pelo secretário de Estado de Educação, professor Claúdio Ribeiro, e pelo presidente do Simineral, José Fernado Gomes, no estande da Seduc, durante o encerramento da XVI Feira Pan-Amazônica do Livro. As inscrições iniciam nesta segunda, dia 1º, a partir das 10h, no www.seduc.pa.gov.br/concursoredacaomineracao e seguem até o dia 10.
O concurso é a concretização de uma parceria que iniciou no ano passado, com o Anuário da Mineração, que foi distribuído para todas as escolas da rede estadual de ensino. “O concurso é mais uma oportunidade para que os nossos alunos possam pesquisar sobre o setor mineral, que é uma das riquezas do nosso estado, para que possam escrever sobre ele. Esse incentivo é importante até mesmo para gerar uma perspectiva de trabalho na área”, ressaltou o secretário de Educação.
Para o presidente do Simineral é preciso que a população se aproprie das informações acerca do setor mineral e isso só é possível através da educação. “Vivemos em um estado riquíssimo em minérios, por isso é importante que haja esse incentivo ao conhecimento sobre o setor. Isso impactará na formação de mão de obra e, mais importante que isso, que a população participe de fato do que é gerado pelo setor. Por isso consideramos essa parceria com a educação um momento histórico”, afirmou Fernando.
A gestora da 1ª Unidade “Seduc na Escola”, Lucinete Albarado, disse que o concurso é um incentivo para o exercício de disciplinas como Língua Portuguesa e Geografia, além de abrir os horizontes para a realidade econômica do estado. “É mais uma oportunidade para os alunos da rede pública demonstrarem o seu talento”, ressaltou.
O Concurso
Destinado aos alunos do 5º ao 8º ano do Ensino Fundamental Regular, Educação de Jovens e Adultos, Profissional e do Ensino Médio Regular, matriculados na rede pública estadual no ano letivo de 2012, o concurso tem o objetivo de promover o estímulo a produção textual.
As inscrições iniciaram nesta segunda-feira, 1º, a partir das 10h, e seguem até o dia 10. Após as inscrições acontecerá a aplicação das provas nas escolas, nos dias 16 e 17 de outubro. A próxima etapa é de seleção dos textos, que acontecerá primeiro na escola, no período de 18 e 19 de outubro, e que deverá escolher duas redações, uma do ensino fundamental e outra do médio, para representá-la.
A seleção final acontecerá de 23 de outubro a 1º de novembro. A divulgação do resultado será no dia 5 de novembro no site da Seduc e a entrega dos prêmios no dia 9, durante a Exposibram, no Hangar Centro de Convenções. Os alunos classificados nos três primeiros lugares receberão, respectivamente, um notebook, um tablet e uma máquina fotográfica; já os professores orientadores dos primeiros lugares, receberão um tablet e as escolas um Data Show.

Texto:
Danielly Gomes-Seduc
Fone: (91) 3201-5181 / (91) 9902-1475

Mais de 400 mil pessoas passaram pela XVI Feira Pan-Amazônica do Livro
O governador Simão Jatene assistiu neste domingo (30) ao show de instrumentista português Antonio Chainho, que marcou o encerramento da XVI Feira Pan-Amazônica do Livro, que, em dez dias, foi visitada por mais de 400 mil pessoas. Jatene prestigiou a apresentação acompanhado da primeira-dama, Ana Jatene, do secretario de Estado de Cultura, Paulo Chaves, e do vice-cônsul de Portugal em Belém, Joaquim Ludovino do Rosário.
Jatene agradeceu pela participação dos expositores, dos convidados e em especial ao público, que faz da Feira do Livro um espaço de incentivo à leitura, ampliação do conhecimento, troca de experiências e promoção da cultura. “A Feira do Livro é muito mais que apenas a comercialização de livro. É um momento de troca de experiências e valorização cultural”, ressaltou.
O governador também lembrou que, na primeira edição do evento literário, poucos acreditaram que a feira tomaria grandes proporções e se tornaria o maior evento literário do Norte e Nordeste, ficando atrás apenas da Bienal do Livro, em São Paulo.
“A feira do livro não é um projeto de governo do Estado ou de qualquer governo. É um evento do povo, e o governo do Estado está de parabéns por realizar algo dessa grandeza e, sobretudo, com essa qualidade”, enfatizou.
O show de encerramento da XVI Feira Pan-Amazônica do Livro reuniu um grande público no auditório Dalcídio Jurandir, do Hangar. No show “Entre amigos”, Antonio Chainho apresentou um repertório rico em canções lusas contemporâneas. Aplaudido de pé, o violonista também fez uma homenagem ao Brasil tocando “Valsinha”, de Chico Buarque e Vinícius de Moraes, e uma adaptação de “Brasileirinho”, do mestre Pixinguinha. O artista foi acompanho pelo violonista Tiago Oliveira, por Ciro Bertini, no baixo e acordeão, e por Ruca Rebordão, na percussão, com as vozes de Ana Vieira e Filipa Pais.
Balanço– A Feira do Livro comemora o sucesso de público e vendas. No total, 407 mil pessoas passaram pelo Hangar, durante os dez dias do evento, que movimentou R$ 14,2 milhões em negócios, com um total de 793 livros vendidos. O governo do Estado distribuiu R$ 4,4 milhões com o Cred Livro do Professor, beneficiando 22 mil profissionais de educação com um bônus individual de R$ 200.
A coordenadora da feira, Andressa Malcher, disse que o evento atingiu a meta, que é ter o livro como protagonista. Além disso, a programação acadêmica também reuniu grande público, interessado em conhecer, discutir e ampliar conhecimentos sobre o universo literário. “Quem veio à feira não participou apenas visitando os estandes ou comprando livros. As pessoas estavam interessadas em conversar com os convidados, com os escritores, participar, enfim, de toda a programação”, avaliou.

Texto:
Danielle Ferreira-Secom
Fone: (91) 3202-0912 / (91) 9117-7020/ 8272-3665




Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...