Total de visualizações de página

quarta-feira, julho 17, 2013

Mototaxistas comemoram regularização da profissão





Remo pagava pelo menos dois funcionários fantasmas

Na foto, a sede do Clube do Remo. (Foto: Marcio Ferreira/Arquivo)
A nova direção do Clube do Remo começou a investigar as contas da agremiação e informou, nesta sexta-feira (19), que achou pelo menos dois funcionários fantasmas e um automóvel que não está sendo utilizado pela instituição.
Além de detectar a irregularidade dos trabalhadores fantasmas e exonerá-los, outra atitude da nova gestão foi demitir outros seis funcionários por uma política de diminuição de gastos com a folha de pagamento, medida que gerou uma economia de R$ 30 mil aos cofres do clube, segundo informou ao DOL o diretor de futebol do Remo, Thiago Passos.
Perguntados se os funcionários fantasmas poderiam representar algum tipo de atitude ilícita dentro do clube, Passos e Maurício Bororó preferiram ligar os casos a problemas administrativos.
“Por esse pouco tempo de Remo, o que posso perceber é que existe uma desorganização administrativa muito grande. Nós ainda devemos achar alguns absurdos como estes funcionários fantasmas”, explicou Passos.
"Não vou falar que existem irregularidades porque esse é um termo muito forte. Eu também participei da gestão do Sergio Cabeça e não vou acusá-lo disso. Acredito que existe um problema de desorganização", defendeu Bororó.
KOMBI
Outra questão que intrigou a direção remista foi a ocorrência de um veículo modelo Kombi nos registros do Departamento de Trânsito do Pará (Detran) com o IPVA atrasado e como pertencente ao patrimônio remista.
“O Francisco Rosas (dirigente remista) foi levantar a certidão negativa do Remo e apareceu esse débito com IPVA de uma Kombi. Nós não sabemos onde está esse veículo e se realmente ele existe, vamos atrás disso agora”, revelou Maurício Bororó.
Os dirigentes azulinos devem continuar durante estas próximas semanas a auditar as contas do Clube do Remo na busca por irregularidades e visando a reorganização financeira e administrativa da institução.
(Felipe Melo/DOL)


Iarley sente panturrilha
e pode desfalcar Paysandu

Iarley (foto) pode ficar de fora da partida contra o Boa-MG. (Foto: Mário Quadros/Diário do Pará)
O Paysandu realizou na tarde desta sexta-feira (19) o último treino antes da partida contra o Boa Esporte-MG, marcada para as 16h20 do sábado (20), em Vargínia (MG), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.
A ausência na movimentação foi o atacante Iarley, que com um desconforto na panturrilha direita não participou do treinamento com o restante do grupo, fazendo somente um trabalho em separado com o fisioterapeuta Junior Furtado. O camisa 7 deve fazer um teste horas antes da partida para saber se tem condições de jogo.
Outra mudança vai ocorrer no setor defensivo do meio-campo. Sem poder contar com o volante Ricardo Capanema, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Givanildo pode optar por Vanderson ou Esdras para a vaga.
O provável time do Bicola para o jogo deve iniciar com Marcelo; Yago Pikachu, Fábio Sanches, Raul e Alex Gaibú; Zé Antônio, Vanderson, Djalma e Eduardo Ramos; Iarley (Careca) e Marcelo Nicárcio.
TRANSMISSÃO
Boa Esporte-MG e Paysandu jogam às 16h20 do sábado (20) no estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.
Você, torcedor, acompanha a transmissão lance a lance da partida no portal DOL e no Twitter @DOLdiarioonline.
(DOL)



Mototaxistas comemoram
regularização da profissão

Regulamentação da profissão é comemorada por mototaxistas na cidade (Foto: JR Avelar)
Cerca de 300 motoxistas realizam um ato pelas ruas de Belém, na tarde desta sexta-feira (19), em comemoração a assinatura do termo que regulariza e regulamenta a profissão na capital paraense.
A assinatura foi feita no Palácio Antônio Lemos pelo prefeito Zenaldo Coutinho. O grupo saiu da prefeitura em direção a sede do sindicato localizada no bairro de São Brás.
 (DOL, com informações do repórter JR Avelar, Rádio Clube)



 





Posted: 18 Jul 2013 07:25 PM PDT


Charge do Maurício Ricardo, originalmente aqui.

Posted: 18 Jul 2013 06:18 PM PDT
Ontem à noite, enquanto o pau comia no Leblon, o deputado Marcelo Freixo disse, em sua conta no Twitter:
Acabo de receber uma ligação do Beltrame. Se desculpou e disse que não sabia e não concordava com a atitude do comando da PM. Pois é!

A atitude a que se refere o deputado é a de cobrança que lhe foi feita, também via twitter, pela PM (@PMERJ), o que gerou insatisfação na rede:
O Comando da #PM solicitou apoio do Dep @MarceloFreixo e do Pres Comissão DH da @OABRJ_oficial e ambos recusaram-se a apoiar a #PM

Hoje, o secretário Beltrame negou, por intermédio de uma nota, ter falado sobre o assunto com o deputado, e ainda insinuou que Freixo estava querendo colher dividendos políticos:
1- O Secretário de Estado de Segurança sempre recebeu parlamentares, autoridades, organizações não governamentais e jamais se negou a prestar esclarecimentos quando convocado.
2- Em nenhum momento, o secretário ligou para se desculpar em seu nome ou em nome de qualquer outra instituição com o deputado Marcelo Freixo.
3- Em telefonema ao deputado ontem, o secretário apenas adiou um encontro marcado para hoje, quinta-feira, 18/07.
4- Se o deputado avalia que colherá dividendos políticos envolvendo o secretário, a sua estratégia está equivocada.

Freixo respondeu via twitter, quando foi cobrada sua posição diante da nota:
Ontem recebi uma ligação do Beltrame para mudar o horário da reunião de hoje. Ele afirmou q não sabia dos telefonemas do Cel Erir.
Afirmou também que não concordava com essa atitude. Espero que tenha a dignidade de dizer a verdade.
 Enquanto as autoridades batem cabeça, as ruas fazem a festa.


(e já solto) na manifestação da noite passada no Leblon
Posted: 18 Jul 2013 09:41 AM PDT
Sem humor, a vida não tem graça. E um dos principais manifestantes do #ForaCabral postou um divertido vídeo no Youtube, onde se confessa viciado em protesto.

Também em sua página no Facebook, @rafucko afirmou que PMs forjaram flagrante contra ele.

O vídeo, para ver até onde pode ir a dor de cabeça de Sergio Cabral.


Governo e Celpa discutem ações para beneficiar população de baixa renda
Regularização de áreas com redes clandestinas (os chamados “gatos”) e a promoção de ações educativas, visando um consumo mais eficiente e sustentável de energia elétrica, foram ações discutidas pelo governador Simão Jatene e o presidente da concessionária Celpa, Nonato Castro, durante reunião na manhã desta sexta-feira (19), no Comando Geral da Polícia Militar. As ações visam beneficiar famílias de baixa renda.
Para diretores e gerentes da Celpa, que também participaram da reunião, Simão Jatene enfatizou que toda ação no Estado deve priorizar a construção de uma cultura de paz. “Quando se faz um ‘gato’ (furto de energia), comete-se um ato de violência, e combatemos esta postura”, frisou o governador.
A gerente de Comunicação da Celpa, Milla Camargo, informou que a plataforma de responsabilidade social da empresa identificou que os locais onde há mais ligações irregulares, que geram risco à população, já são atendidos por projetos de cidadania vinculados ao governo do Estado. Um deles é o Pro Paz nos Bairros.
“Isso é mais um eixo dentro da necessidade de integração das políticas sociais, para fortalecer todo um trabalho que já vem sendo desenvolvido pelo governo Estado. Quando a gente para e raciocina, o direito à boa energia com segurança garante cidadania. A partir do momento em que temos a Celpa como parceira neste processo, estimulando a população a conhecer seus direitos, como a tarifa social, melhorando suas estruturas elétricas para prevenir incêndios, e legalizando sua energia, nós temos mais um grande elemento nesse eixo de fortalecimento das políticas sociais no Estado”, ressaltou Izabela Jatene, coordenadora do Programa Pro Paz.
Benefícios – O diálogo entre a presidência da Celpa e a coordenação do Pro Paz deve possibilitar, em breve, o cadastramento dos consumidores na Tarifa Social de Energia Elétrica durante a Caravana Pro Paz Cidadania – que leva serviços gratuitos à população em todas as regiões.
Segundo Milla Camargo, a população de baixa renda, incluída no Cadastro Único do governo federal, não sabe que pode obter até 65% de descontos na conta de energia elétrica, e que para adquirir esse benefício precisa apenas cadastrar o NIS (Número de Inscrição Social) na concessionária. O diretor Comercial da Celpa, Augusto Dantas, informou que no Pará mais de 250 mil pessoas não se inscreveram, por isso não recebem o benefício.
Além do serviço itinerante, a parceria entre governo do Estado e Celpa permitirá à concessionária fornecer orientações, que serão repassadas nas escolas estaduais ou nos centros sociais, por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) e do projeto Conquistando a Liberdade.
Educar o usuário para o consumo eficiente e reduzir o consumo irregular de energia no Estado são metas da direção da Celpa. Com as ações do Pro Paz, os diretores acreditam que será possível chegar às áreas mais carentes, a partir do Plano de Eficiência Energética da empresa, e assim trocar geladeiras ineficientes por aparelhos novos, e substituir lâmpadas incandescentes por fluorescentes, beneficiando usuários de baixa renda.
As propostas apresentadas serão estruturadas na próxima quarta-feira (24), em nova reunião, que acontecerá na sede do Pro Paz, a partir das 10 h.

Texto:
Antenor Filho-Secom


Igreja Batista participa no sábado da campanha de doação de sangue
Desde o início de julho, a Fundação Hemopa promove campanhas externas de doação de sangue, em parceria com várias instituições da Região Metropolitana de Belém (RMB). Neste sábado (20), das 8 às 18 h, a campanha será realizada em parceria com a Igreja Batista, que reúne seus fiéis no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, desde esta sexta-feira (19). A meta é conseguir 100 doações, além da ampliação do cadastro de doadores de medula óssea.
No próximo dia 27 (sábado) a campanha nacional de doação de sangue mobilizará membros e amigos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Igreja Mórmon). A ação faz parte do programa social “Mãos que ajudam”, que no Pará vai envolver as unidades do Entroncamento e Cabanagem.
Serão mais de 30 mil voluntários em todo o Brasil. No Pará, os candidatos à doação serão encaminhados à sede do Hemopa, que funcionará das 8 às 15 h. A meta é atingir 300 doações.
Instituições interessadas em firmar parceria com a Fundação Hemopa devem entrar em contato pelos fones 3224-5048 e 3242-5430, de 2ª até 6ª feira, das 8 às 18 h, e aos sábados, até as 15 h.
Quem deixar Belém em direção ao interior e quiser participar da campanha, o Hemopa mantém unidades de coleta de sangue em Santarém, Castanhal, Marabá, Altamira, Tucuruí, Redenção, Capanema e Abaetetuba.
Podem doar sangue pessoas com boa saúde, mais de 50 kg, e na faixa etária de 16 a 67 anos. Não precisa estar em jejum, mas é necessário portar documento de identidade original e com foto. O homem pode doar a cada dois meses, e a mulher a cada três meses.
Para o cadastro de doação de medula óssea, o homem e mulher devem estar saudáveis, e na faixa etária de 18 a 55 anos. Também é necessário portar documento de identidade original e com foto.
Serviço: A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 18 h, e aos sábados, das 7h30 às 17 h. Mais informações pelo fone 08002808118.

Texto:
Vera Rojas-Hemopa


Polícia Civil formou 125 identificadores civis e criminais no primeiro semestre
O curso de capacitação de Identificadores Civis e Criminais, promovido pela Polícia Civil, formou nesta sexta-feira (19), sua quinta turma, com 27 servidores públicos da capital e do interior do Estado. A entrega dos certificados de conclusão do curso aconteceu no auditório B, da Delegacia Geral, com a presença do delegado geral Rilmar Firmino.
Os participantes do curso trabalham em Prefeituras Municipais conveniadas com a Polícia Civil, para prestar à população o serviço de confecção da Carteira de Identidade em municípios do interior do Pará. O curso também reuniu integrantes da Assessoria de Relações Interinstitucionais (Arin).
Desde o início de 2013, já foram capacitados 125 servidores públicos para atuação como identificadores. Os servidores estão capacitados para exercer a atividade de identificador nos Postos de Identificação e nas Prefeituras do interior, para coleta dos dados pessoais e impressões digitais destinados à emissão da Carteira de Identidade. O treinamento foi feito em duas semanas.
Segundo o papiloscopista Ricardo Paula, diretor de Identificação, todos os servidores municipais já retornarão aos seus municípios com material de confecção de Carteiras de Identidade, como prontuários de identificação civil. Os identificadores também estão habilitados a prestar informações criminais nos municípios. O curso foi coordenado pela Academia da Polícia Civil (Acadepol).
Os servidores assistiram a aulas sobre emissão de Carteiras de Identidades, por meio das disciplinas Identificação civil, Qualidade no atendimento público, Necropapiloscopia (coleta de impressão digital de mortos), Identificação criminal e Redação técnica. Todos passaram por estágio supervisionado no prédio da Diretoria de Identificação “Enéas Martins” (Didem), em Belém.
Em domicílio - Segundo a socióloga Luciara Moraes, da Arin, que esteve no curso, os servidores da Assessoria poderão reforçar os mutirões da Polícia Civil para expedição de documentos de identidade na capital e no interior, e ainda atuar em ações sociais para emissão do documento, como atendimentos domiciliares a idosos e a pacientes em hospitais.
No próximo semestre, informou o delegado geral, a previsão é formar mais duas turmas do curso. A meta, segundo ele, é que todas as futuras Unidades Integradas Pro Paz (UIPPs) a serem inauguradas no Pará tenham o serviço do identificador.
Cícera Rodrigues, 25 anos, há sete anos servidora da Prefeitura de Curuá, no oeste paraense, e trabalhando há seis como identificadora no município, disse que “adorou o curso”. “Consegui esclarecer dúvidas e me requalificar para prestar o serviço. Agora, posso dizer que estou mais bem preparada para esse trabalho”, declarou.
Cleumar Aleixo de Souza, 34 anos, que trabalha há 14 anos em Eldorado do Carajás, município do sudeste paraense, disse que já havia trabalho antes, como identificador, no serviço militar. Agora, vai atuar pela primeira vez na identificação civil e criminal. “Sinto-me mais preparado, com mais conhecimentos e mais compromisso com o serviço”, ressaltou.
Também participaram da cerimônia a delegada geral adjunta, Christiane Ferreira; a diretora da Academia da Polícia Civil, delegada Liane Martins; o diretor de Polícia do Interior, Sílvio Maués, e a diretora de Recursos Humanos, Leomar Maués.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil


Parecer aponta que toxoplasmose foi estabilizada em Ponta de Pedras
A Coordenação Estadual de Zoonoses da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) informa que até o momento foram notificados 148 casos suspeitos de toxoplasmose em Ponta de Pedras, dos quais 67 foram confirmados. Os dados foram revisados e emitidos por uma ação conjunta envolvendo técnicos da Sespa que ainda estão no município, Secretaria de Saúde de Ponta de Pedras, Laboratório Central do Estado (Lacen) e Instituto Evandro Chagas (IEC).
Nota técnica emitida pela equipe conjunta de trabalho, que pode ser lida na íntegra no site da Sespa (www.saude.pa.gov.br), lembra que quatro técnicos da Sespa estiveram durante cerca de 10 dias no município de Ponta de Pedras colaborando com a investigação sobre as reais causas de infecção por toxoplasmose. Segundo os técnicos, os trabalhos na área detectaram que foram identificados casos confirmados em todas as faixas etárias, ou seja, desde crianças de um ano de idade até pessoas com 60 anos, de ambos os sexos, com exceção de gestantes, seja na zona urbana ou rural.
Quanto ao parecer técnico, os casos positivos estão sendo confirmados por sorologia realizada no Laboratório Central do Estado (Lacen), vinculado à Sespa, e alguns pelo Instituto Evandro Chagas, em Ananindeua, ligado ao Ministério da Saúde. Ambas as instituições ainda investigam a provável fonte de infecção.
O relatório aponta, ainda, que não há registros de pacientes internados, nem de indícios de lesões oculares, e muito menos de mortes ocasionadas por toxoplasmose. Todos os casos confirmados se encontram em remissão dos sintomas e ainda assim sob acompanhamento dos profissionais envolvidos.
Pelo documento, o surto de toxoplasmose no município de Ponta de Pedras possivelmente está ligado ao surgimento da doença em pessoas que não estavam com imunidade. A maioria teve sintomas persistentes cujos resultados laboratoriais adjuntos aos relatos constituem em casos que remontam a apenas um breve período, caracterizando com isso o surto.
A nota técnica destaca também algumas providências tomadas pelos técnicos em Ponta de Pedras, como coleta de sangue de todos os casos sintomáticos ou comunicantes; investigação com entrevista e análise de fichas, prontuários e laudos laboratoriais; inspeção do abatedouro municipal, do mercado municipal, das comunidades produtoras de frango e hortaliças e dos serviços de abastecimento coletivo de captação e distribuição de água que atendem comunidades rurais e urbanas.
No caso das amostras de água, as coletas foram enviadas ao Lacen, em Belém, para a realização de exame físico-químico e microbiológico. De forma presencial, foram providenciadas visitas de médico infectologista, pela quais foram possíveis a avaliação e assistência clínica dos casos e orientações à da equipe de saúde do município sobre tratamento terapêutico, que foi disponibilizado gratuitamente pela Secretaria de Saúde de Ponta de Pedras, que também trabalha para tranquilizar a população no que se refere ao esclarecimento sobre a doença mediante pronunciamentos em rádios comunitárias, na Conferência Municipal de Saúde, na Câmara Municipal e nas comunidades.
Por outro lado, a gestão estadual tem incentivado uma divulgação mais ampla em favor da educação sobre os mecanismos de aquisição e prevenção da toxoplasmose, aproveitando a situação para estender o feito. Diante o exposto, a Coordenação Estadual de Zoonoses da Sespa está organizando material didático para a produção de um modelo de folder sobre a toxoplasmose, entre outras formas de divulgação sobre o que é a doença.

Texto:
Mozart Lira-Sespa


Hospital Geral de Tailândia terá atendimento 24 horas em várias especialidades
Atacada por um cachorro feroz próximo de sua residência, a pequena Helen Bezerra Rodrigues, de apenas dois anos, deu entrada, na manhã desta quinta-feira, 18, na unidade de urgência do Hospital Geral de Tailândia, no nordeste paraense, com um ferimento na testa causado pela mordida do animal. O ferimento levou três pontos. A mãe da menina, Rafaela dos Santos Bezerra, 22 anos, chegou no hospital com a criança no colo e muito assustada. Mas, logo o desespero deu lugar ao alívio com o pronto atendimento de sua filha.
Após a sutura feita pelo médico de plantão, a recebeu a vacina anti-rábica, cujo ciclo se completará nos dias 18 e 27 deste mês, e nos dias 10 e 28 de agosto. A mãe da criança prometeu que não deixará de retornar ao hospital para completar a sequencia da vacina. “Não tenho do que me queixar do atendimento. Foi rápido e muito bom. Graças a Deus minha filha já está bem. O susto foi muito grande”, desabafou a mãe.
Da mesma forma, o estudante Marcelo Carneiro Barbosa, 17 anos, agradeceu o atendimento na unidade ambulatorial do hospital. Ele conta que não esperou mais do que 30 minutos entre sua chegada, o preenchimento da ficha cadastral, passagem pela triagem de enfermagem até a consulta médica. Acometido por uma insolação, o jovem saiu do consultório bem mais tranquilo. “Agora é só seguir as orientações do médico que vou ficar bem melhor”, comentou, assegurando que tomará mais cuidados para se proteger do sol.
Ambos pacientes fazem parte do contingente diário de aproximadamente 200 pessoas que procuram o atendimento ambulatorial, distribuído entre consultas, casos de urgência e internação, oferecido pelo único hospital da cidade, que há menos de duas semanas está sob administração do Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH). Lá, os usuários dos serviços contam com estrutura clínica de atenção básica e de média complexidade.
Segundo o novo diretor técnico do hospital, Dr. Antônio Venturiere, a partir de agosto o Hospital Geral de Tailândia passará a oferecer atendimento médico 24 horas com dois cirurgiões gerais, três clínicos, sendo que um deles com especialização; um anestesista, um ginecologista/obstetra, um pediatra e um trauma ortopedista. “Com a implementação no quadro clínico vamos obter um excelente índice de resolutividade no atendimento”, afirmou, ressaltando que apenas alguns casos mais graves deverão ser encaminhados para Belém, entre eles, pacientes com neurotrauma, trauma medular, ou ainda, casos de cirurgia vascular.
Paralelamente, a nova administração do hospital vai diversificar alguns serviços com a inclusão das seguintes especialidades: cardiologia, endocrinologia, pediatria, ginecologista, trauma ortopedista e oftalmologista. Isso não é tudo. O serviço será ampliado com a criação de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Todos os aparelhos de exames por imagem e métodos gráficos já estão passando por manutenção técnica preventiva. Outros serão adquiridos, tais como: vídeo endoscopia, ultrassom, eletrocardiografia. Muitas outras ações serão tomadas ao longo da nova administração para oferecer atendimento de qualidade e respeito aos usuários do município de Tailândia e demais localidades da região.
* Com informações de Vera Rojas


Estradas paraenses recebem melhorias e garantem um veraneio mais seguro
O Governo do Estado trabalhou bastante antes das férias escolares na recuperação das rodovias de acesso aos principais balneários, para que as viagens de veraneio ficassem mais seguras e tranquilas. As rodovias PA-124 e PA-324, que levam a Salinópolis, receberam melhorias nas pistas, sinalização e acostamento. Essas duas estradas ganharam nos trechos mais críticos nova pavimentação, sinalização e acostamento.
“Nesses dois trechos, o Governo irá recuperar 19 km que estavam bastante críticos. Desse total, já foi revitalizado 14 km. O restante será finalizado até o dia 10 de agosto”, explicou o secretário de Estado de Transportes, Eduardo Carneiro.
Ainda de acordo com ele, no município de Salinópolis também foi feito o serviço de recuperação da PA-444, que dá acesso à praia do Atalaia, a mais procurada pelos banhistas. “Lá nós concluímos todos os oito quilômetros da estrada até a entrada da praia. Foi feito um revestimento asfáltico com polímeros e a sinalização também foi concluída”, disse o titular da Setran.
Além das vias que dão acesso a Salinópolis, o Governo do Estado já recuperou diversas rodovias por todo o Estado. A Alça Viária, que liga Belém às regiões sul e sudeste do Estado, ganhou asfalto novo e de boa qualidade. Pela Alça Viária, os veranistas chegam também às praias de Barcarena e de Abaetetuba. Os veranistas podem contar, ainda, com a recém inaugurada Perna Sul. A PA-328, para Colares e a PA-127, ligando Maracanã e Igarapé-Açu, foram revitalizadas.
Na região oeste, foi recuperada a PA-431, de Mojuí dos Campos a Santarém. No sul do Pará, a PA-287, que dá acesso à praia das Gaivotas, em Conceição do Araguaia, foi recuperada, além da PA-150 até Marabá. No Marajó, foi recuperada a PA-154.

Texto:
Bruna Campos-Secom


Cirurgia rara é realizada com sucesso na Santa Casa
O corpo médico da Fundação Santa Casa do Pará realizou uma cirurgia rara utilizando técnicas de medicina de primeiro mundo. Foi o que informou Maurício Iazi, cirurgião pediátrico do Hospital. O caso envolveu a menina R.N, de seis anos, oriunda de Breu Branco, município do sudeste paraense. Ela sofria de equinococose, doença grave causada pela ingestão de larvas de parasitas.
Segundo o pai da menina, José Carlos Nunes, R.N tinha febre todos os dias durante um ano. Sem identificar o motivo, os familiares procuraram ajuda e vieram a Belém. Em parceria com o Instituto Evandro Chagas, a Santa Casa identificou a enfermidade rara e os médicos definiram que a cirurgia deveria ser realizada. Foi retirado 60% do fígado da paciente. A cirurgia durou quatro horas e meia.
Para tratar da ação danosa do parasita echinococcus costumava-se utilizar o medicamente Bendazol. No entanto, como explicou Maurício Iazi, a recuperação da paciente seria incerta. “Então foi preconizado o tratamento cirúrgico. Em alguns casos, a lesão é tão extensa que é necessário até o transplante de fígado. No Brasil, até hoje, foram feitos dois transplantes de fígado por equinococose. Foram dois pacientes da região Norte, um deles aqui do Pará”, explicou o médico.
“Esta é uma doença que ainda está sendo descrita. E ela foi a paciente mais jovem até então encontrada com este tipo de doença. Normalmente a enfermidade atinge o adulto jovem”, enfatizou Maurício.
O ineditismo da cirurgia realizada na Santa Casa é ressaltado pelo médico. “Inédito é o fato de ter uma criança tão jovem já com uma doença tão grave, já que pacientes pediátricos com doenças hepáticas graves são tratados rotineiramente na Santa Casa. Cirurgias desta extensão não eram feitas de maneira rotineira e passaram a ser feitas na Santa Casa”, ressaltou Maurício.
Após o procedimento, a criança ficou um dia na terapia intensiva e depois foi encaminhada para a internação. Nesta quinta-feira (18), ela teve alta. Como ainda está prevista uma consulta no próximo dia 25, ela e o pai estão no Espaço Acolher da Fundação Santa Casa. “Fomos muito bem recebidos aqui na Santa Casa e está sendo tudo ótimo com a recuperação da minha filha. Mas já estamos com saudades de casa. Espero que na próxima consulta a gente fique liberado para voltar para casa”, falou José Carlos Nunes, pai da criança.
O sucesso da cirurgia se deu em virtude dos cuidados que foram tomados antes, durante e após a operação feita pelos médicos do Hospital. “Usamos tecnologia de primeiro mundo, como por exemplo, a recessão hepática, utilizando radiofrequência. Isso diminui a perda sanguínea e as complicações do pós-operatório. Resultado disso é uma cirurgia de grande porte, complexa, onde o paciente se recupera rapidamente, como é o caso desta menina”, concluiu Maurício. 
Ciclo da doença
O ciclo desta doença é complexo e ainda está sendo estudado pelos órgãos de saúde do Estado, como a Secretaria de Saúde, Instituto Evandro Chagas e a Santa Casa. Os órgãos, em parceria com o Ministério da Saúde, criaram uma estrutura para atender pacientes de alta complexidade, como foi o caso da menina de Breu Branco.
Segundo o estudo preliminar, cidades da região da Ilha do Marajó são os locais com incidências registradas. Sabe-se que o início da doença ocorre após a ingestão de carnes de caça, principalmente de pacas (uma espécie de roedor). O hábito dos ribeirinhos de limpar a paca, pegar as vísceras do animal e usar como alimento para cachorro é um problema já identificado. A partir deste processo, o cachorro vira uma espécie de portador do verme e contamina o solo.
O parasita tem uma propensão para infectar principalmente o fígado. O pulmão pode ser outra área atingida, embora em menor escala. No caso da paciente de Breu Branco, foi feito um estudo detalhado do agente, sob responsabilidade do Instituto Evandro Chagas. O trabalho é coordenado pelo professor Manoel Soares.

Texto:
Nilson Cortinhas-Santa Casa


Polícia Civil esclarece sobre apresentações de detidos no Mangueirão
A Polícia Civil do Pará presta esclarecimentos a respeito das providências tomadas quanto às pessoas detidas, no entorno do Estádio Mangueirão, na quarta-feira, por conta da partida entre Paysandu e Atlético (PR), pela Copa do Brasil. Ao todo, 50 torcedores – 35 adultos e 15 adolescentes – foram detidos pela PM, por conta de provocações verbais, no momento da entrada no estádio. Eles foram detidos preventivamente pela PM e não chegaram a entrar no estádio. Após triagem feita pela Polícia Civil, com acompanhamento da Defensoria Pública, Ministério Público Estadual e Poder Judiciário, não foi constatada qualquer irregularidade quanto aos adultos, como pendências judicias.
Além disso, não havia previsão legal de aplicar o Estatuto do Torcedor, pois a lei não prevê penalidade para provocação verbal. Os 35 adultos foram liberados. Já os adolescentes foram encaminhados ao Conselho Tutelar, com acompanhamento de todos os órgãos presentes, para a devolução aos pais ou responsáveis, por meio de termo de compromisso. Os adolescentes foram conduzidos ao Conselho Tutelar por uma equipe da Companhia Independente Especializada em Polícia Assistencial (Ciepas) da Polícia Militar. Todos os procedimentos foram acompanhados por todos os órgãos envolvidos em uma força-tarefa formada pelas Polícias Civil e Militar, Defensoria Pública, Ministério Público Estadual, Poder Judiciário, Conselho Tutelar, entre outros órgãos, para garantir a segurança e o cumprimento do Estatuto do Torcedor.


Imagem Peregrina de Nazaré chega ao Rio de Janeiro para a Expocatólica
Os dois últimos dias foram de muito trabalho para a equipe de marketing da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), que está no Rio de Janeiro finalizando os preparativos para a participação do Pará na Jornada Mundial da Juventude, que contará com a presença do Papa Francisco, e na 10ª Expocatólica.
Ao longo da terça-feira o trabalho foi voltado para a organização do estande de 300 metros quadrados que o Governo do Estado montou no pavilhão 3,  área promocional da Expocatólica, que começa na manhã deste sábado, 20, e segue até o dia 26. O estande é inspirado no Círio de Nossa Senhora de Nazaré e reproduz, nas duas principais fachadas, a Basílica Santuário e a Catedral da Sé. Nas laterais foram modelados os Arcos de Nazaré, que conta com fotografias dos momentos mais emocionantes do Círio, que envolve mais de dois milhões de romeiros anualmente, em outubro, na capital, Belém.
Entretanto, o espaço que deverá receber mais visitantes é mesmo o centro do estande, onde estará em um pedestal giratório o símbolo mais importante do Círio, a imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, que chegou na manhã desta sexta-feira, 19, ao Rio de Janeiro, levada pela Diretoria do Círio, ligada à Arquidiocese de Belém.
“A imagem Peregrina será entronizada na berlinda ao amanhecer, logo após o início da cerimônia de abertura da Expocatólica”, afirma Carlos Figueira, gerente de Promoção da Paratur, responsável pela organização da participação do Pará na Expocatólica. A berlinda foi transportada pela equipe ainda na noite de quinta-feira. Nesta manhã começa a receber as ornamentações com flores naturais e ficará à espera da Peregrina.
Carlos informa que, além da imagem Peregrina, o estande receberá uma exposição de joias do Polo Joalheiro, também inspiradas no Círio, e terá um artesão do Sebrae, originário do município de Abaetetuba, apresentando o artesanato de miriti, ícone do Círio.
“Esta berlinda estava na Catedral do Rio de Janeiro, foi doada pelos dirigentes da Imperatriz Leopoldinense no ano passado a Dom Orani, meses antes da escola homenagear o Pará no carnaval”, conta Fábio Ítalo, vice-presidente da Associação Nossa Senhora de Nazareth, que convoca e recebe a comunidade paraense na Jornada Mundial da Juventude e Expocatólica. Além de decorador, ele é especializado na produção de mantos de Nazaré, alguns já doados para o Círio de Belém e outros ao de Marapanim.
Presente do Papa
Também já está no Rio de Janeiro com a equipe da Paratur a réplica da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, que será entregue pelo Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e Companhia Paraense de Turismo (Paratur), juntamente com as arquidioceses de Belém e do Rio de Janeiro, ao pontífice Papa Francisco, durante a Jornada Mundial da Juventude, que ocorre de 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro, concomitante a JMJ.
A imagem foi confeccionada em cedro vermelho, em policromia e folhas de ouro. As coroas de Nossa Senhora de Nazaré e do Menino Jesus são de prata, banhada em ouro 18 quilates, com 24 diamantes e 12 rubis, ao todo. Já o manto em tecido branco foi ornamentado com bordados em fios dourados, cravejados por gemas preciosas: 18 ametistas, 10 águas marinhas, um citrino, uma esmeralda e mais de 500 cristais tchecos. Por fim, o broche foi feito em gema de ametista com grafismos marajoaras, diamante e safira.
Promoção
A 10ª Expocatólica -  Feira Internacional de Carismas, Turismo, Educação, Livros e Artigos Religiosos, que acontece no Riocentro, na Barra, Rio de Janeiro, entre os dias 20 a 26 deste mês, é uma feira profissional voltada para a promoção do turismo religioso, a única feira focada neste setor na América Latina. Apoiado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) desde sua primeira edição, o evento passa a contar com a atuação efetiva da Pastoral do Turismo - entidade da Igreja Católica no Brasil, focada e atuante no fomento do Turismo Religioso.
Confira a programação:
20 de julho (sábado)
9h30h -  Abertura da Expo Católica, para convidados, na Praça do Ministério do Turismo (MTUR),  no Rio Centro-RJ.
10h -  Missa de abertura da Expocatólica 2013, no Rio Centro - Rio de Janeiro (RJ), com o Padre Fábio de Melo.
11h -  Entronização da Imagem Peregrina na Berlinda no pedestal giratório no estande do Pará
11h – Abertura Oficial da 10ª. Expocatólica 2013
21 de julho ( domingo)
11h às 21h -  Visitação pública aos espaços da 10ª. Expocatólica
Pavilhão 2 – 10ª. Expocatólica (Feira de artigos e produtos religiosos)
Pavilhão 3 -   Área promocional dos Estados  (Feira de Turismo Religioso)
Pavilhão 4 – Bote Fé (espaço voltado às programações culturais, religiosas, missas diárias)
26 de  julho (quinta-feira)
14h -  Cortejo do Círio, no Rio Centro, com a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, conduzida pelos Guardas da Santa. Participarão do cortejo o secretário de Estado de Turismo do Pará, Adenauer Góes; a diretora de Marketing da Paratur, Jacqueline Alves; o Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira; o coordenador do Círio 2013, Cleber Vieira, o representante da Basílica Santuário de Nazaré, Waldeci Souza, entre outros.

Texto:
Benigna Soares-Paratur


Polícia Civil do Pará recebe diretores de Rondônia e de Tocantins
O delegado geral da Polícia Civil do Pará, Rilmar Firmino, recebeu, nesta quinta-feira, 18, em visita à sede da Delegacia Geral, em Belém, o diretor geral da Polícia Civil de Rondônia, delegado Pedro Mancebo, e o diretor do Departamento de Polícia Técnica e Científica da Polícia Civil de Tocantins, delegado Nelson Tavares Guimarães. Na ocasião, os dois conheceram o projeto das Unidades Integradas Pro-Paz (UIPPs), modelo de gestão de Segurança Pública implantada no atual governo que visa desenvolver ações de integração entre as Polícias Civil e Militar, no mesmo ambiente, aliado às ações preventivas, como a prestação de serviços de Assistência Social.
Segundo Rilmar Firmino, serão construídas 80 UIPPs em todo o Estado do Pará. Nelas, há espaços voltados para os policiais, como alojamentos, salas de reconhecimento de presos, sala de reuniões, sala de registro de ocorrências policiais e também áreas para atividades preventivas e educativas. O encontro contou com as presenças da delegada-geral adjunta, Christiane Ferreira; da corregedora-geral, delegada Nilma Lima; do diretor de Polícia do Interior, delegado Silvio Maués; da diretora do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil, delegada Aline Ferreira; da diretora de Recursos Humanos, delegada Leomar Maués, e da chefe de gabinete da Delegacia-Geral, delegada Vera Loureiro.


PM realiza projeto social na ilha de Mosqueiro
A 2ª Companhia Independente, situada em Mosqueiro, iniciou um importante projeto de inclusão social junto à comunidade local, denominado “Bom de bola, bom de escola”, que tem na prática do futsal sua principal atuação.
Com a finalidade de integrar crianças e adolescentes na faixa de 9 a 17 anos, o projeto tem 100 participantes inscritos sob a coordenação dos educadores sociais Márcio Fernandes e José Hugo, ambos moradores do bairro do Chapéu Virado. Para participar, os jovens precisam ter autorização dos pais e estar em boa situação escolar, condição essencial para sua permanência no grupo, que recebe orientações sobre cidadania e convivência comunitária, além da prática desportiva.
O projeto é desenvolvido nas dependências da companhia PM, às segundas e quartas-feiras pela manhã e à tarde e conta com os colaboradores do Instituto Arcelina Elias, também sediado na ilha, técnicos que desenvolvem atividades sociais e educativas junto aos participantes, além do futebol, que é o grande atrativo para a juventude.

Texto:
Leno Carmo-Polícia Militar


Governo assegura recursos para melhorar a qualidade do açaí
O Governo do Estado assegurou, na noite desta quinta-feira, 18, uma série de incrementos para dar mais visibilidade à cadeia produtiva do açaí e melhorar ainda mais a qualidade daquele que é considerado um dos mais tradicionais alimentos da família paraense. Em cerimônia no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém, com participação do governador Simão Jatene, três termos de compromisso garantiram recursos de cerca de R$ 300 mil para aquisição de equipamentos utilizados pelos batedores no processamento do açaí.
Um dos termos assinado pelo governador garante recursos de R$ 220 mil para a compra de 100 Tanques de Branqueamento, por meio das Secretarias de Estado de Agricultura e de Saúde Pública. O equipamento tem como finalidade a redução da carga microbiana que acompanha o fruto com a exposição à alta temperatura (80 °C por 10 segundos). Outro termo, também assinado pelo prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, destina mais R$ 70 mil para a aquisição de 100 filtros de dupla filtragem de água. Todos os equipamentos serão cedidos, posteriormente, aos batedores cadastrados na Associação dos Vendedores Artesanais de Açaí de Belém (Avabel).
O terceiro convênio, assinado por Simão Jatene e pelo diretor do Banco da Amazônia, Nilvo Fries, que representou o presidente da instituição bancária, viabilizará condições especiais aos batedores na obtenção de financiamento, com taxas de juros mais atrativas, que vão de 4,12% a 6,74% ao ano, dependendo do financiamento efetivado. A linha de crédito, assim como os outros dois termos, é resultado do Programa Estadual de Qualidade do Açaí (PEQA), reativado pelo Governo do Estado em 2011.
“Na prática, esses convênios incentivam a substituição de equipamentos não adequados por outros mais modernos e também incentivam a questão do branqueamento, que é fundamental porque é com esse processo que faz com que o açaí chegue às nossas mesas com a qualidade sanitária melhor. O que queremos é cada vez mais expandir isso, para que todos os batedores possam fazer parte do programa e se integrarem nessa luta pela produção de um açaí melhor”, destacou o governador.
Para o presidente da Avabel, Carlos Noronha, os incrementos garantidos pelo Governo do Estado ajudam a garantir um açaí de qualidade, sobretudo na mesa dos paraenses. “Há uma série de dificuldades do batedor artesanal em adquirir seu equipamento, na maioria das vezes por problemas financeiros. E com essa integração entre os governos municipal e estadual o estímulo é grande, para que o batedor venda um açaí de qualidade para a população paraense”, afirmou.
Na ocasião, também foram entregues 550 certificados a participantes dos cursos de capacitação em Boas Práticas de Manipulação e Processamento do Açaí. O batedor Antônio Veloso, 46, foi um dos que receberam o certificado. Para ele, que há 18 anos trabalha com açaí, capacitações como esta são fundamentais para fazer a diferença no mercado de trabalho. “Não tenho dúvida de que quem não procurar se qualificar e aderir a esse programa vai acabar saindo do mercado porque a própria população, cada vez mais, exige qualidade. Além do mais, essa é uma forma de darmos uma resposta para nossos fregueses”, afirmou.
Desde que foi criado, há oito anos, o Programa Estadual de Qualidade do Açaí já capacitou cerca de dois mil batedores. De acordo com a secretária de Agricultura em exercício, Eliane Zacca, a partir de agora, as ações de capacitação ganharão um novo fôlego. Segundo ela, a meta é capacitar mil batedores por ano. “Iremos levar também essa capacitação para o interior, sobretudo para as regiões do Marajó e do Baixo Tocantins, que são as regiões do Estado que mais produzem açaí”, informou.
A iniciativa tem o objetivo de valorizar a qualidade do fruto, que em algumas ocasiões tem sido associado à transmissão oral da doença de Chagas. Em 2012, foram confirmados 146 casos da doença no Estado. “Todos os envolvidos na manipulação de alimentos têm uma responsabilidade grande, daí a necessidade de se capacitar. E investir em equipamentos, em capacitação, no incremento da cadeia do açaí, também é investir em saúde”, frisou o titular da Secretaria de Estado de Saúde Pública, Hélio Franco.
Após a cerimônia, o governador Simão Jatene e o prefeito Zenaldo Coutinho visitaram um congresso organizado pela Juventude Batista, que reúne jovens de várias partes do país, o Despertar 2103, que está sendo realizado no Pavilhão de Feiras do Hangar, desde a quarta-feira, 17. Ao visitar os estandes, Simão Jatene recebeu o carinho das pessoas que passavam pelo local e parabenizou a coordenação pelo evento, que pela segunda vez é realizado no Pará (a primeira foi em 1997).

Texto:
Amanda Engelke-Secom


Nova embarcação Belém/Camará entra em funcionamento
Neste verão a travessia para o Marajó ganhou um reforço. Nesta quinta-feira, 18, entrou em funcionamento um moderno “ferry boat” que fará o trajeto de Belém/Marajó via porto do Camará. A embarcação conta com grande capacidade para veículos e passageiros e vem atender a moradores, turistas e visitantes da região. Além do “ferry boat”, mais quatro balsas estarão à disposição para atender o aumento do fluxo de passageiros e transporte de veículos.
Serão três viagens diárias de ida e volta, com reforço nos dias de sexta-feira e domingo para nove viagens. A nova embarcação e a intensificação das travessias foi resultado de reuniões da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon) com prefeitos da região do Marajó, operadores e representantes dos usuários. “Queremos garantir uma viagem tranquila e segura a todos os passageiros”, ressaltou o diretor geral da Agência de Regulação e Controle de Serviço Público (Arcon), Antônio Bentes Neto.


Retranca: Jovens Poloneses visitam Mangal
A Jornada Mundial da Juventude é um evento religioso criado pelo Papa João Paulo II em 1984, que consiste na reunião de milhões de pessoas católicas, sobretudo jovens. O evento é celebrado a cada dois ou três anos, numa cidade escolhida para celebrar a grande jornada em que participam pessoas do mundo inteiro. Nos anos intermediários, as Jornadas são vividas localmente, no Domingo de Ramos, pelas dioceses ao redor do mundo. Para cada Jornada, o Papa sugere um tema.
A XXVIII Jornada Mundial da Juventude será realizada de 23 a 28 de julho de 2013 na cidade do Rio de Janeiro e tem como lema “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (Mt 28, 19).
Até o dia 24 de julho estarão em Belém devido à pré-Jornada Mundial da Juventude, 96 jovens poloneses que serão recebidos pela Paróquia Bom Jesus Samaritano de Belém do Pará. E, no dia 21 de julho (domingo) os jovens irão conhecer o Parque Zoobotânico Mangal das Garças, a partir das 16h. A Organização Social Pará 2000, que administra o Parque, preparou o “Roteiro Expresso” especial, para que eles possam conhecer as belezas da Amazônia, visitando todos os espaços monitorados acompanhados de dois guias.


Policiais do Grupamento Fluvial prendem acusado de assalto
A equipe de policiais do Grupamento Fluvial do Pará prendeu nesta quinta-feira (18) um homem que usa três nomes: José Alex Noronha Rebelo, José Alex Noronha e Rodrigo Rebelo Coelho. Ele foi indiciado e teve solicitada a prisão preventiva, acusado de assalto a uma residência no bairro da Cidade Velha, em fevereiro deste ano. Na época, juntamente com quatro comparsas, ele ameaçou as vítimas com arma de fogo e retirou seus pertences - joias, dinheiro, celular e notebooks.
Durante o inquérito, as vítimas reconheceram o indiciado por foto, e logo foi solicitada a prisão preventiva. Ele foi encontrado na casa de familiares, em Belém. O preso, que é foragido da Colônia Agrícola Heleno Fragoso, foi encaminhado ao Centro de Triagem de Americano, para ficar à disposição da Justiça.
Segundo o delegado Felipe Schmidt, responsável pelo inquérito, o acusado usava o nome falso de José Alex Noronha Rebelo, e foi preso com o nome de Rodrigo Rebelo Coelho. Com o nome de José Alex Noronha Rebelo, ele já foi preso duas vezes. A primeira por tentativa de roubo em Castanhal, no nordeste do Pará, e a segunda por sequestro-relâmpago na Região Metropolitana de Belém.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil


Presos acusados de saidinha bancária e homicídio em Castanhal
A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (18) três pessoas acusadas de envolvimento em assaltos do tipo "saidinha bancária" e em crime de homicídio, em Castanhal, nordeste paraense. Os acusados já eram investigados havia dois meses. Os presos são Marcelo Lima da Silva, o "Gramilly"; Carlos Adriano Santos de Moraes, conhecido como "Puruca", e Andréia Silva do Rosário, conhecida como "44".
Os dois primeiros foram detidos nas imediações de uma agência bancária no centro de Castanhal, enquanto Andréia Rosário foi presa no interior da instituição financeira. Em poder dos assaltantes, os policiais apreenderam uma arma de fogo, tipo revólver, calibre 38, com seis munições intactas do mesmo calibre. Os policiais civis abordaram os criminosos, que agiam há mais de dois meses na região.
Segundo os policiais, cada um dos presos tinha uma função definida dentro do esquema criminoso. Andréia Rosário observava as vítimas no interior da agência bancária e repassava as informações aos comparsas, que abordavam as pessoas para subtrair delas quantias em dinheiro. As armas de fogo eram usadas nos assaltos.
Andréia Rosário, no início do ano, matou um homem na cidade de Marapanim, em crime motivado por causa de um gracejo feito pela vítima à namorada da acusada. Ela foi até sua casa e pegou um revólver, com o qual efetuou três disparos, que acertaram a vítima, matando-a no local. Ao ser ouvida na Superintendência da Polícia Civil em Castanhal, a mulher confessou o assassinato.
Os policiais civis constataram ainda que os detidos já estiveram presos outras vezes, pelos crimes de tráfico de droga; assaltos na modalidade “saidinha bancária” e roubos de motocicletas. Os acusados também foram reconhecidos por outros crimes. O procedimento policial foi comunicado à Justiça, a qual converteu as detenções em prisão preventiva.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil


Caravana Pro Paz leva documentação a mais de 900 pessoas em Sapucaia
Grávida do primeiro filho, a dona de casa Wandeilda Leite, 30 anos, nunca precisou tanto da documentação quanto agora. Aos três meses de gestação, ela, que é moradora do município de Sapucaia, no sul do Estado, ainda não conseguiu iniciar o pré-natal devido à falta dos documentos.
Nascida no município de Floresta do Araguaia, na mesma região, a dona de casa foi entregue pela mãe a uma tia, por quem foi criada, e nunca teve Certidão de Nascimento e nenhum outro documento. Mas essa situação mudou nesta quinta-feira (18), quando a Caravana Pro Paz Cidadania passou por Sapucaia.
Wandeilda foi uma das 905 pessoas atendidas pelo mutirão, que emitiu 100 Carteiras de Trabalho; 183 CPFs; 277 Carteiras de Identidade, e 21 Certidões de Nascimento, além de oferecer 265 fotografias e 59 atendimentos jurídicos. “Estou muito feliz porque, finalmente, vou poder iniciar meu pré-natal, e depois vou registrar meu bebê sem problemas”, disse ela.
A Caravana também beneficiou a faxineira Joana Reis, 47 anos, que nasceu em Goiás, mas reside há 18 anos no Pará. Ela chegou ao Estado apenas com a Certidão de Nascimento. Moradora da zona rural de Sapucaia, ela quer conseguir um emprego na sede municipal, mas para isso precisa da Carteira de Identidade, que conseguiu na Caravana. “Estou muito feliz. Sem os documentos, eu não podia fazer nada, nem trabalhar”, destacou.
Quem também está visando o mercado de trabalho é Maria Jessiane Mesquita, 19 anos. Ela foi uma das primeiras a chegar à Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre José Anchieta, onde aconteceu o atendimento da Caravana Pro Paz em Sapucaia. E saiu com a Carteira de Trabalho, minutos depois. “Eu já havia tentado tirar a carteira outras vezes, em outras cidades, mas não tinha conseguido. Sempre dava algum problema, como a falta de outro documento ou mesmo a falta de material. Mas agora, finalmente, consegui”, disse ela.
Prioridade - Segundo o prefeito de Sapucaia, Marcos Gomes, a população da cidade (cerca de 5 mil habitantes), precisa muito desse tipo de serviço. “Muitas pessoas do nosso município, que querem arrumar emprego, até perdem oportunidades por falta de documentos. Daí a importância dessa ação, através da qual o governo do Estado mostra que está vendo o interior do Pará também como prioridade. É uma ajuda muito grande, porque beneficia principalmente a população mais carente dos municípios”, frisou.
A falta de condições financeiras foi um empecilho para a dona de casa Sônia Dias, 23 anos. Ela tirou todos os documentos ainda criança, e há anos precisava renová-los. “Para nós, pobres, é muito difícil ter que se deslocar para uma cidade maior, como Xinguara, para conseguir fazer esse serviço. Com a ação acontecendo aqui na nossa própria cidade, facilita muito”, ressaltou.
O próximo município a receber a Caravana Pro Paz é Parauapebas, no sudeste, onde o mutirão acontece neste sábado (20), no domingo (21) e na segunda-feira (22). O atendimento acontecerá na sede da Câmara Municipal, das 8 às 17 h.

Texto:
Elck Oliveira-Secom


Governo inaugura unidade prisional e novo batalhão da PM em Breves
O vice-governador Helenilson Pontes participou da cerimônia de inauguração da primeira unidade prisional do Marajó e da entrega da reforma do novo batalhão da Polícia Militar, que ocorreram na manhã desta quinta-feira (18), no município de Breves. A unidade abre 128 vagas no sistema penal e representa um investimento de R$ 4 milhões.
“Este é um centro de recuperação moderno. A obra foi iniciada ainda no último mandato do governador Simão Jatene e ficou parada por mais de quatro anos. É uma obra que respeita os padrões técnicos, com tudo o que recomenda o sistema penitenciário nacional. Também fizemos uma reforma ampla no batalhão de PM de Breves, dando mais condições e valorizando o trabalho de todo o efetivo no município”, disse Helenilson Pontes.
O vice-governador anunciou também que foi concluída a licitação para a construção de uma nova estação de tratamento de água da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) em Breves. A obra vai iniciar em agosto, beneficiando cerca de 40 mil pessoas. Outras obras também serão executadas no município, como a recuperação de duas escolas de ensino médio, que estão em fase em fase de licitação. Os serviços na escola técnica de Breves também serão retomados este ano. A conclusão está prevista para o fim do primeiro semestre de 2014.
A unidade prisional de Breves é a terceira inaugurada nesta gestão, de um conjunto de sete novas unidades que serão entregues até o fim de 2013. As primeiras foram o Centro de Progressão Penal de Belém (CPPB) e a expansão da Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel do Pará. As novas unidades vão ampliar o número de vagas ofertadas pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), diminuindo o déficit entre a quantidade de internos do sistema prisional e as vagas disponíveis nos centros de recuperação de todo o Estado.
Para o titular da Susipe, André Cunha, a construção de novas unidades prisionais é o caminho para resolver o problema da superlotação, o principal enfrentado pelo sistema carcerário paraense. “Equalizar a relação preso versus vaga afeta diretamente na capacidade de oferta de todas as assistências previstas na Lei de Execução Penal. Ao resolver o problema da superlotação, possibilitamos um melhor atendimento à pessoa presa e com isso aumentamos muito a capacidade de sucesso no tratamento penal e no alcance da meta maior, que é a promoção da reinserção social, afim de evitar a reincidência no mundo do crime”, afirmou o superintendente.
PM– A reforma do 9º Batalhão da PM Sentinela do Marajó, em Breves, era um desejo antigo da corporação. Foram investidos R$ 600 mil na reforma e construção dos quatro novos prédios que abrigam a administração, alojamento de policiais, auditório e sala da banda de música. Os ambientes foram climatizados e mobiliados. O comande geral da PM, Daniel Borges, disse que a nova estrutura valoriza os policiais.
O comandante do Policiamento Regional 11, major Ruy Cintra, que trabalha no Batalhão de Breves, disse que a tropa se sente mais valorizada ao receber essa nova estrutura. “Esse ambiente dá mais dignidade para os policiais que moram aqui e também para a sociedade, que tem um ambiente melhor para ser atendida. Agora temos mais prazer em trabalhar, porque sentimos que estamos sendo valorizados pelo governo do Estado”, concluiu.

Texto:
Dani Filgueiras-Secom


Seel leva escola de surfe para a praia do Atalaia neste fim de semana
A Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), em parceira com a Associação Brasileira de Surfe (Abraspo) e a Federação Paraense de Surfe (Fepasurf), coloca em prática o projeto Verão Radical, que leva atividades esportivas para as praias do Estado. Uma das principais atividades é a Escola de Surfe Pororoca que, após passar por Algodoal e Ajuruteua, chega, neste terceiro fim de semana de julho, à praia do Atalaia, em Salinópolis, nordeste do Estado.
Segundo o presidente da Abraspo e da Fepasurf, Noélio Sobrinho, cerca de 100 pessoas participaram das aulas em Algodoal no primeiro fim de semana de julho. Em Ajuruteua, as aulas ocorreram no segundo fim de semana, atraindo mais de 150 atletas aprendizes. “Foi alucinante. Agora vamos para Salinas, onde ficaremos de sábado (21) até o fim do mês, com aulas gratuitas, na praia do Atalaia”, diz Noélio.
A meta é atender, até o fim do mês, cerca de 500 pessoas. “Estamos levando o surfe para as praias com o intuito de difundir a modalidade. O projeto Verão Radical começou ano passado, como uma ideia da Abraspo que foi abraçada de primeira pela Seel. É um projeto itinerante, com o qual levamos o surfe para algumas praias. Ano passado, fomos para Mosqueiro, Salinas e Algodoal”, lembra.
As aulas são gratuitas e abertas a qualquer pessoa. Para participar, basta fazer a pré-matrícula no projeto. “É uma cortesia do governo do Estado, junto com a Fepasurf, Abraspo e também a Prefeitura de Salinópolis, que nos dá todo o apoio”, completa Noélio Sobrinho, revelando que as aulas são ministradas por seis instrutores, todos com curso de surfe concluídos fora do Estado e até fora do país. São usadas dez pranchas, adequadas para aprender a modalidade.
“São long borders, maiores que as pranchas comuns e desenvolvidas especialmente para iniciantes, pois ajudam a manter o equilíbrio e as força nas pernas. Todo o equipamento, desde o strep à parafina, e os ensinamentos de alongamentos e aquecimentos com profissionais em educação física da Seel são oferecidos gratuitamente”, destaca o presidente da Abraspo.
Campeonato – A parceria entre Seel, Abraspo e Fepasurf tem rendido bons resultados a favor do desenvolvimento do esporte na região. Entre outras atividades programadas para este ano, está o Norte-Nordeste de Surfe, que também ocorre na praia do Atalaia, em Salinas, entre os dias 26 e 29 de julho.
Segundo Noélio Sobrinho, o evento, que já ocorre no país há 30 anos, será o maior do gênero na história do Estado. “Vamos premiar o primeiro e segundo lugares com uma moto zero quilômetro. Também daremos dez pranchas de surfe, além de kits para surfar, que serão distribuídos entre os competidores”, antecipa. Um trio elétrico vai trafegar por toda a extensão da praia com o intuito de facilitar a comunicação dos organizadores do evento com os atletas dentro na água.
“Percebe-se que a maré oscila bastante. Vai até debaixo das barracas e depois vaza cerca de 500 metros. No surfe, você precisa estar em contato direto com o atleta para dizer quantas ondas ele já tem, quantas faltam, a nota que ele precisa para se classificar. Isso tudo necessita de comunicação com som. Quando a maré estiver seca ou vazando, a gente vai se dirigir até próximo ao mar e vai ficar andando por onde tem ondas boas, porque na enchente fica bom em alguns lugares e na vazante fica bom em outros lugares”, explica Noélio.
Já estão confirmados cerca de 130 atletas para o Norte-Nordeste, de oito Estados do Brasil, entre eles Adilton Mariano, tricampeão brasileiro de praia, hexacampeão de surfe na pororoca e recordista mundial com registro no livro Guiness. Serão sete categorias: open, sênior, júnior, mirim, master, feminino e longborder.
Caravanas estão se deslocando para o Estado, trazendo diversos atletas e também amantes do esporte. “Estão chegando dois ônibus. Um vem de Fortaleza, trazendo atletas da Paraíba e do Ceará. Outro vem do Maranhão, com um pessoal do Piauí. Aqui no Pará temos atletas de Marudá, Marapanim, Algodoal, Bragança, Mosqueiro,  Salinas, Belém, Castanhal e São domingo do Sapim. Estamos esperando cerca de 200 competidores. Por meio desse convênio com a Seel, estamos conseguindo recolocar o surfe do Pará no circuito nacional, pois esse evento é homologado pela Confederação Brasileira de Surfe (CBS), à qual a FeapaSurf é afiliada”, conclui Noélio Sobrinho.

Texto:
Pablo Almeida-Secom


Estudantes de Nutrição conhecem o Banco de Leite da Santa Casa
Um grupo de estudantes de Nutrição, da Universidade Federal do Pará (UFPA), conheceu as atividades do Banco de Leite Humano da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará nesta quinta-feira (18), e o Projeto Bombeiros da Vida, que atende as demandas das crianças internadas na área de Neonatologia da instituição.
Segundo a nutricionista Vanda Marvão, da coordenação do Banco de Leite, a visita foi um momento importante para a formação profissional, principalmente porque as crianças internadas na Unidade de Terapia Infantil (UTI-Neo) e na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) necessitam do trabalho desenvolvido pelo Banco de Leite e pelos Bombeiros da Vida.
Em sua palestra, Vanda Marvão abordou a criação e o desenvolvimento dos Bancos de Leite Humano, um trabalho que visa ampliar o conceito de uma alimentação saudável. Assistindo atentamente à palestra, Walyson Santos de Souza, 22 anos, estudante de Nutrição da UFPA, ressaltou a importância do conhecimento adquirido na visita. “Acho interessante saber sobre a importância do Banco de Leite. Estou satisfeito com estas informações”, disse.
O universitário Douglas Andrade, 21 anos, ressaltou que a Santa Casa, por meio do Banco de Leite, ajuda a população, principalmente a mais carente. “Muitas vezes o que falta é orientação para aquela parcela da população que não tem condições financeiras. O Banco de Leite pretende agir nesta situação”, frisou Douglas.
Criado em 1987, o Banco de Leite Humano da Santa Casa do Pará é um dos maiores do país. Responsável pela promoção de ações destinadas a incentivar o aleitamento materno, e ainda pela coleta, processamento, controle de qualidade e distribuição do excedente de leite humano das doadoras, incluindo mães de recém-nascidos que não podem mamar.
A mulher que estiver amamentando e quiser doar o excedente de leite para as crianças internadas na UTI do hospital deve telefonar para 0800-7272057 e 4009-2212/ 2318.

Texto:
Samuel Mota-Santa Casa


Hangar, Mangal das Garças e Estação têm programações especiais
A organização social Pará 2000, que administra o Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, a Estação das Docas e Mangal das Garças informa as programações dos espaços neste fim de semana. Na Estação, as atrações incluem música, exposição e cinema. Os projetos Pôr do Som e Música no Ar e os filmes em exibição no Cine Estação são opções para quem ficar em Belém.
No Parque Zoobotânico Mangal das Garças, o público infantil pode participar de oficinas, teatro e momentos de interação com a natureza, reforçando sempre uma das principais metas do espaço, que é a educação ambiental. Confira a programação completa dos três espaços:
Dia 19/07 (sexta-feira)
Hangar
Despertar 2013
8h20 Oração e Música - 8h30 Inspirando - 9h10 Celebração - 11h Sessão de Diálogo - 12h Canjão - 16h Canjão - 18h50 Oração e Música - 19h A influência - 19h50 Celebração - 22h Festival Despertar – Livres para Adorar
Estação
Projeto Pôr-do-Som - Apresentações de folclore, música e dança na orla do Armazém 3.
Dia 19/07 – 18h30-  Grupo Uirapuru
Cine Estação
18h - Anna Karenina - 20h30 - Tetro
Música no ar – Armazém 1
20h30 – Jorginho Silva - 22h45 – Banda Soul Night –
Música no ar – Armazém 2
20h – Danniel Lima - 22h15 – Glenda Lucena
Mangal das Garças
Oficina de Férias (Armazém do Tempo)
 Horário: 1ª turma 9h às 10h20
               2ª turma 10h30 às 11h50
Inscrições: pelo 3242-5052
Faixa etária para participar: 6 a 10 anos
Dia 20/07 (sábado)
Hangar
Despertar 2013
8h50 Oração e Música - 9h Inspirando - 9h40 Celebração - 11h Encerramento - 12h Canjão
16h Alta Frequência - 17h30 Canjão - 8h50 Oração e Música - 19h A influência - 19h50 Celebração de encerramento - 22h Festival Despertar - Vineyard
Estação
Cine Estação
18h – Tetro -20h30 – Ana Karenina
Música no ar – Armazém 1
13h – Marquinhos Melodia -17h30 – Júnior Gonçalves -20h30 – Carminha Piani - 22h45 – Trio Playlist
Música no ar – Armazém 2
12h30 – Carminha Piani -20h – Regiane Freire -22h15 – Roberto Araújo
Mangal das Garças
Roteiro Expresso (Armazém do Tempo) - Sábado, às 10h
Dia 21/07 (domingo)
Estação
Cine Estação
10h – Tetro - 18h - Ana Karenina - 20h30 – Tetro
Música no ar – Armazém 1
13h – Lídia Roneci -17h30 – Ronys do Vale -20h – Beto Meireles -22h45 – Trio Playlist
Música no ar – Armazém 2
12h30 – Yasmhin Friaça -17h30 – Led Gil -20h – Roby Pereira - 22h15 – Roberto Araújo
Mangal das Garças
Projeto Teatrinho do Mangal - Apresentação teatral voltada para o público infantil, no Memorial Amazônico da Navegação. Entrada gratuita.
Dia 21/07 – 10h30 - Cia Notáveis Clowns em “Trio limpeza pura”.
Roteiro Expresso (Armazém do Tempo) - Domingo, às 10h
Programação diária no Hangar, Mangal e Estação
Hangar
Mostra fotográfica "Catarse" - com visitação até 15 de agosto, no hall dos elevadores do centro de convenções. Visitação gratuita. 
Estação
Festival Cultura de Verão -  Exposição “Personagens – Referências da Cultura Popular” da Fundação Curro Velho
Foto Varal – Projeto Biizu
Local: Armazém 2 – Boulevard da Gastronomia
Mangal
Momento Alimentação (Lago da Ponta)
Alimentação das Garças - de terça a domingo, às 11h, 15h e 17h30
Peixes e tartarugas - de terça a domingo, às 9h
Soltura das Borboletas (Borboletário) - de terça a domingo, às 10h e 16h
Exposição “Argila Flutuante” (Memorial Amazônico da Navegação) - das 9h e 18h

Texto:
Fernanda Scaramuzzini-Pará 2000


Iasep vai credenciar em Tucuruí o Laboratório Osvaldo Cruz
O Laboratório Osvaldo Cruz, que funciona no Hospital Instituto de Medicina Interna e Materno Infantil, em Tucuruí, município do sudeste paraense, deverá atender aos segurados do Iasep (Instituto de Assistência aos Servidores do Estado do Pará) a partir de 1º de setembro deste ano. O hospital está atendendo à Chamada Pública que o Instituto abriu no município, em busca de serviços médicos, hospitalares e laboratoriais na região.
A Chamada Pública do Iasep foi aberta na quarta-feira (17), e ficará à disposição dos interessados até 16 de agosto. Com a medida, o Instituto busca serviços médicos especializados, principalmente em Pediatria, serviços de internação e cirurgia, além de análises clínicas e radiodiagnóstico.
“Enviamos uma equipe para Tucuruí, a fim de analisar o atendimento aos segurados e, principalmente, para procurar serviços que possam ser credenciados”, informou o presidente do Iasep, Kleber Miranda. Segundo ele, a maior dificuldade para o credenciamento é a carência médicos e serviços especializados. “Onde houver um hospital, uma clínica, nós vamos tentar credenciar”, acrescentou.
Os interessados em participar da Chamada Pública em Tucuruí podem solicitar o edital na agência do Iasep que fica na Rua Santa Terezinha, nº 151, Centro, em Tucuruí, ou pelos sites www.compraspara.pa.gov.br e www.iasep.pa.gov.br.
O Iasep deve inaugurar em breve sua nova agência em Tucuruí. Será um espaço climatizado, com mobiliário novo e mais segurança, para oferecer mais conforto aos segurados e credenciados.
Além de Tucuruí, os municípios de Castanhal, São Miguel do Guamá, Bragança, Maracanã, Vigia de Nazaré, Monte Alegre, Santarém, Redenção e Abaetetuba contarão com novas agências ainda neste ano.

Texto:
Ettiene Angelin-IASEP


Cine Líbero Luxardo exibe terror japonês no projeto Sessão Maldita
O Cine Líbero Luxardo, do Centur, exibe nesta sexta-feira (19), às 21 horas, o longa japonês "Tokyo Gore Police" (2008), do diretor Yoshihiro Nishimura, no projeto Sessão Maldita, parceria entre a Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves e a Associação Paraense de Jovens Críticos de Cinema. A classificação é de 18 anos e a entrada é franca.
O filme se passa em um Japão futurista, no qual existem seres geneticamente modificados chamados de "engenheiros", criaturas assassinas que conseguem transformar seus corpos em armas mortais. Comandando um departamento de polícia de Tóquio, Ruka (Eihi Shiina) é uma policial que caça os monstros, portando uma espada samurai, e busca vingança por um assassinato que assola suas memórias.
Com cenas de violência, "Tokyo Gore Police" é uma mistura de ação, ficção científica e terror que apresenta ao espectador o surrealismo japonês.O longa ainda contém tiradas de humor negro, que ficam por conta de "comerciais" exibidos aleatoriamente durante o filme: as propagandas focam em produtos violentos da Tóquio futurista, como um jogo de videogame cujo controle é uma espada samurai ou estiletes que cortam a pele sem tanta dor e ainda deixam o sangue com um sabor mais agradável.
O diretor e roteirista Yoshihiro Nishimura é considerado um dos atuais ícones do gênero horror e gore no Japão, sendo as maquiagens artísticas e os efeitos especiais algumas das especialidades do cineasta. Yoshihiro dirigiu outros filmes, como "Mutant Girls Squad" e "Helldriver".
Serviço: exibição de "Tokyo Gore Police", de Yoshihiro Nishimura. Nesta sexta-feira (19), às 21h, na Sessão Maldita do Cine Líbero Luxardo (andar térreo do Centur). Mais informações: 3202-4321.

Texto:
Hélio Granado-FCPTN


Católicos poloneses fazem no Pará a preparação para Jornada da Juventude
Jovens católicos poloneses desembarcam em Belém nesta quinta-feira (18) e na sexta-feira (19), para fazerem a preparação eucarística e religiosa voltada à Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorre neste mês no Rio de Janeiro (RJ). O grupo, formado por 96 adeptos da corrente do “Caminho Neocatecumenal”, permanece no Pará até a manhã do próximo dia 24, quando parte em direção à capital carioca.
Nesta sexta-feira (19), eles participarão de orações na Basílica Santuário de Nazaré e na Catedral de Belém, e depois conhecerão a Igreja de Santo Alexandre, o Forte do Presépio, a Casa das Onze Janelas, o Museu de Artes de Belém (Mabe), o Mercado Ver-o-Peso e a Estação das Docas. À noite, eles irão a uma celebração religiosa na Basílica, com jovens de Belém que irão à Jornada.
Na manhã de sábado (20), o grupo viajará até a Ilha de Mosqueiro para participar de encontros na Paróquia da Imaculada Conceição. No domingo (21), os poloneses farão uma ação de evangelização em praças e ruas do Tapanã. À tarde, conhecerão o Mangal das Garças, o Portal da Amazônia e o Espaço São José Liberto.
A segunda-feira (22) está reservada a encontros eucarísticos no município de Ponta de Pedras, no Marajó, e a terça-feira (23) a visitas ao Museu do Círio e ao Museu Paraense Emílio Goeldi.
A ação conta com o apoio da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), Coordenadoria Municipal de Turismo de Belém (Belemtur), Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur), Sistema Integrado de Museus (SIM), Espaço São José Liberto/Polo Joalheiro do Pará e Organização Social Pará 2000.

Texto:
Israel Pegado-Paratur


Ambulatório de pediatria da Santa Casa atende mais de 1,4 mil por mês
A lavradora Laice Neves Ferreira mora às proximidades de Abaetetuba, no nordeste paraense. Mãe adotiva de uma criança de 5 anos que tem paralisia cerebral, ela leva, a cada seis meses, a filha para atendimento no ambulatório de pediatria da Fundação Santa Casa do Pará, em Belém, que, por mês, faz cerca de 1,4 mil consultas, metade para pacientes oriundos do interior do Estado.
Por ser referência no atendimento materno-infantil, a Santa Casa acolhe pacientes de várias regiões do Pará. “Na Santa Casa sou bem atendida. Às vezes, são três consultas, e todas num só dia, para nos ajudar, já que moramos longe”, diz Laice. A criança usa os serviços de neurologia e pediatria da fundação.
Luciene Monteiro, 21 anos, é outra mãe que usa os serviços da Santa Casa. Moradora de Acará, no nordeste do estado, ela viaja, em média, quatro horas e meia para chegar a Belém, para levar o filho à Santa Casa. Nesta quinta-feira (18), ela cumpriu novamente o ritual, que se repete uma vez por mês. O bebê, de 6 meses, nasceu prematuro, mas hoje esbanja saúde.
“É muito bom o atendimento do hospital. As médicas explicam tudo direitinho, e olha que comigo isso vem desde o Método Canguru”, conta Luciene, citando o programa desenvolvido pela Santa Casa para atendimento às crianças recém-nascidas de baixo peso.
A demanda de atendimento no ambulatório de pediatria da Santa Casa de Misericórdia do Pará chegou à marca de 8.533 consultas e atendimentos, segundo dados contabilizados do início do ano até o mês de junho. Entre as especialidades atendidas estão cirurgia pediátrica, neuropediatria, nutrição infantil, psicologia infantil e hepatologia infantil.
Pacientes do interior devem regular a consulta. O município de origem fica responsável pelo repasse do documento à Santa Casa e também banca o transporte do paciente e de um acompanhante. “Todos os municípios do Estado mandam as suas crianças para cá. Quando eles ligam, oriento que seja feito o cadastro na própria cidade”, explica Cláudia Elaine, do departamento de regulação da Santa Casa.

Texto:
Nilson Cortinhas-Santa Casa


IAP abre inscrições para curso de Regência de Bandas e Fanfarras
Já estão abertas as inscrições para o 2º módulo do curso de Regência para Bandas e Fanfarras, promovido pelo Instituto de Artes do Pará (IAP), e ministrado pelo maestro Vantoil de Souza Júnior. As aulas serão ministradas no período de 19 a 23 de agosto, das 14 às 18 h. A inscrição é gratuita. Vantoil de Souza é Graduado em Regência pelo Centro Universitário de Barra Mansa (RJ), em Saxofone, pelo Conservatório Brasileiro de Música, e fez complementação em Pedagogia Musical pela Universidade de Três Corações (MG). Especialista em Sistematização de Projetos Culturais, ele implantou o Projeto Música nas Escolas de Barra Mansa, em 2003, que atende, hoje, 22 mil alunos da rede pública da cidade. As inscrições ao curso de Regência para Bandas e Fanfarras estão abertas a músicos em geral, que tenham conhecimento em partituras musicais. Mais informações pelo fone (91) 4006-2926, na Gerência de Artes Cênicas e Musicais do IAP.


Com incentivo ao trabalho, projeto é referência nacional na reinserção de detentos
Durante todo o mês de julho, cerca de 80 internos dos regimes fechado e semi-aberto de seis unidades prisionais da Região Metropolitana de Belém e do interior do Estado participam do Projeto “Conquistando a Liberdade”, que devido ao período de férias escolares promove serviços de limpeza e revitalização em praças e prédios públicos em vários municípios. Neste mês, a ação especial do projeto já aconteceu nos municípios de Tomé-Açu e Paragominas, no nordeste paraense. O “Conquistando a Liberdade” é considerado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) referência como iniciativa de reinserção social de presos.
Na manhã desta quinta-feira (18), as ações foram realizadas nos municípios de Capanema (nordeste), Marituba (RMB) e Tucuruí (sudeste). Em Marituba, 12 internos do Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I) fizeram limpeza, poda de árvores e retirada de entulho na alameda Maria de Freitas Guimarães, onde fica o Complexo Penitenciário de Marituba - composto pelos Presídios Estaduais Metropolitano I, II, III (PEM, I, PEM II e PEM III).
De acordo com o diretor do PEM I, Robervaldo Araújo, a alameda foi revitalizada no mesmo período, no ano passado. Hoje, as ações do projeto foram voltadas à manutenção, além do reparo de um bueiro localizado no início da via. “Mesmo estando no período de férias escolares, demos continuidade ao projeto. A revitalização desta alameda beneficia tanto os funcionários da unidade prisional, como familiares dos internos (que vão visitá-los) e moradores do entorno. O interno também se beneficia com a remissão da pena. São três dias de pena reduzidos para cada dia trabalhado”, explicou o diretor.
O interno Antônio Martins já participou por oito vezes do “Conquistando a Liberdade”, quando aproveitou para utilizar sua experiência como pedreiro. “Para mim é uma maravilha. Trabalhando aqui eu tenho uma ocupação, e não gosto de ficar sem fazer nada. Sinto que meu trabalho é útil, principalmente nos colégios, pois também tenho filhos e sei da importância da escola na vida deles”, destacou Antônio.
Até o final deste mês, os internos que participam do projeto realizarão reformas, reparos e limpeza no Posto da Polícia Rodoviária, em Santa Izabel do Pará, e no Hospital Regional de Cametá, no Baixo Tocantins.
O projeto é realizado pela Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado (TJE), Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Programa Pro Paz e Polícia Militar.

Texto:
Timoteo Lopes-Susipe


Governo do Pará investe R$ 220 mil na cadeia produtiva do açaí
Nesta quinta-feira, 18, às 17 horas, as Secretarias de Estado de Agricultura (Sagri) e de Saúde (Sespa) representam o Governo do Estado na assinatua de um termo de compromisso com a Associação dos Vendedores Artesanais de Açaí de Belém (Avabel), que vai destinar R$ 220 mil à compra de 100 Tanques de Branqueamento que serão cedidos, posteriormente, aos associados da entidade. O uso do equipamento tem como finalidade a redução da carga microbiana que acompanha o fruto com a exposição à alta temperatura (80 °C por 10 segundos). A ação faz parte do Programa Estadual de Qualidade do Açaí (PEQA), instituído pelo Governo do Pará em 2010. A cerimônia de assinatura acontece no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia.
Também no evento, serão entregues os certificados do curso de capacitação em Boas Práticas de Manipulação e Processamento do Açaí a 550 batedores da Região Metropolitana de Belém, que participaram do curso de capacitação que é promovido pela Sagri, Sespa e Avabel. O Banco da Amazônia participa da cerimônia e assina um termo de compromisso com a Avabel para a qualificação de batedores de açaí e a ampliação do acesso ao crédito e aos serviços financeiros da instituição. A Prefeitura de Belém também assina termo de compromisso para a aquisição de 100 filtros de dupla filtragem de água que serão cedidos aos batedores integrantes da Avabel, processo que envolve um custo de R$ 70 mil.
Sugestão de entrevistas:
Simão Jatene - Governador do Estado
Eliana Zacca - secretária adjunta de Agricultura do Pará
Hélio Franco - secretário de Saúde
Carlos Noronha - presidente da Associação dos Vendedores Artesanais de Açaí de Belém (Avabel)



Fapespa faz chamada pública para cadastro de consultores “Ad hoc”
O Governo do Estado do Pará, por intermédio da Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa (Fapespa) lançou, nesta quinta-feira (18), uma chamada pública para convidar os pesquisadores, docentes e demais profissionais com perfil adequado para se candidatarem ao cadastro de consultores "ad hoc" da Fundação.
A contribuição do consultor ad hoc é considerada como serviço de alta relevância ao desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) por suas atividades envolverem avaliação e seleção de propostas de programas e projetos submetidos aos editais de relatórios técnico-científicos parciais e finais financiados pela Fapespa, e ainda, pela elaboração de projetos, palestras e outras atividades correlatas às ações de CT&I do Estado, elevando a qualidade dos resultados na área.
A seleção dos consultores ad hoc terá como base o critério da reconhecida competência em sua área de atuação e dentro da linha de CT&I, demonstrada por currículo. Os candidatos devem possuir o perfil de doutores, mestres, especialistas ou profissionais com reconhecida atuação na área. Exclusivamente, nos temas que não existam profissionais com essas titulações, poderão ser aceitos consultores com comprovada capacidade na área na qual foram convidados a atuar. A Diretoria Científica da Fapespa acompanhará a seleção e o desempenho dos consultores.
O consultor ad hoc deverá receber pagamento por parecer emitido segundo tabela de valores estimada na chamada pública e enquadramento realizado pela Diretoria Científica da Fapespa, quanto à complexidade do tema e extensão do documento a ser avaliado. Para a categoria de consultor especialista ou profissional com reconhecida atuação na área, o valor por parecer será de até R$ 100, para mestrados até R$ 150 e para doutorados até R$ 200.
Nos casos em que as atividades de consultoria ad hoc necessitarem de dedicação exclusiva e contínua e eventualmente envolver deslocamento do consultor, ou ainda, se o mesmo for originário de outra cidade fora da Região Metropolitana de Belém, a remuneração será realizada na forma de diária técnica no valor de até R$ 800.
O cadastro dos consultores ad hoc têm vigência de 24 meses, podendo ser prorrogado uma única vez, pelo mesmo período. As inscrições serão em fluxo contínuo para atender às necessidades da Fapespa. Mais informações podem ser conferidas no site da Fundação.

Texto:
Simone Campos-Fundação Amazônia Paraense


Emater participa da Festa do Produtor Rural em Brasil Novo
O escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) em Brasil Novo, no oeste do estado, participará da 9ª Festa do Produtor Rural, que começa mesta sexta-feira, 19 e vai até domingo, 21, no Parque de Exposição do município. No estande, a equipe vai apresentar as técnicas do sistema de hidroponia, para cultivo de alface em água. Na exposição serão demonstradas duas formas: a tradicional, em que o cultivo de alface é feito em cano de PVC, e a alternativa, feita em garrafa pet.
“O cultivo de alface em garrafa pet é uma técnica aprimorada pela Emater que, além de possibilitar uma diminuição do custo, ainda trabalha com a ideia de preservação do meio ambiente por meio da reciclagem das garrafas plásticas”, explica o técnico Edinaldo Silva dos Santos, chefe local do escritório de Brasil Novo. As vantagens da técnica hidropônica é que além de se diminuir os custos com mão de obra, ela não utiliza agrotóxico e ainda reduz o ocupação espacial, já que o cultivo pode ser feito em qualquer lugar por não ser necessária a utilização do solo. “Em agosto estaremos montando uma unidade demonstrativa na comunidade Carlos Pena Filho, e deveremos trabalhar com cerca de 130 famílias”, ressalta.
O visitante também encontrará no estande da Emater informações e orientações sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR). A equipe vai aproveitar o evento para fazer o cadastramento de produtores familiares rurais. De acordo com Silva, de janeiro até junho deste ano já foram feitos 300 cadastros no município. A Festa do Produtor Rural de Brasil Novo deve atrair um público estimado em três mil pessoas.

Texto:
Iolanda Lopes-Emater


Detran informa prazo para pagamento do licenciamento
O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), alerta que nesta sexta-feira, 19, vence o prazo para pagamento do licenciamento dos veículos com placas terminadas em 46, 56 e 66. A Diretoria de Tecnologia e Informática (DTI) informa que em todo estado há o registro de uma frota de 28.641 veículos com essas terminações. São 7.400 em Belém, 1.955 em Ananindeua, 1.706 em Marabá, 1.569 em Santarém, 1.113 em Castanhal, 984 em Redenção e 817 em Altamira.
Vale ressaltar que o atraso do licenciamento implica em multa e o condutor pode ter o veículo apreendido em caso de abordagens realizadas pelos órgãos que compõem o Sistema Nacional de Trânsito, além de cometer infração classificada pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) como gravíssima, no valor de R$ 191,54, somando sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
O proprietário pode emitir o boleto para pagamento, acessando o site www.detran.pa.gov.br, imprimir o documento e pagar em qualquer agência bancária. Após a compensação, o Detran envia para a residência do condutor, mediante o pagamento da taxa do correio, o Certificado de Registro de Veículo (CRLV), documento de porte obrigatório para transitar. Lembrando que os proprietários de veículos acima de uma tonelada devem se dirigir ao Detran, realizar a vistoria para licenciar o veículo.
Segundo calendário de licenciamento expedido pelo órgão no início ano, o próximo licenciamento será dos veículos com finais de placa 76, 86 e 96, previsto para o dia 2 de agosto. 

Texto:
Edson Matoso-Detran


Sead divulga relação de candidatos sub judice do concurso da PC
A Secretaria de Estado de Administração (Sead), em parceria com a Polícia Civil do Estado do Pará, publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (18), a relação de convocação de candidatos sub judice para realização da 2ª Subfase da 1ª Etapa (capacitação física) do concurso destinado ao provimento de cargos de nível superior da carreira policial de Delegado de Polícia Civil, Investigador, Escrivão e Papiloscopista.
A avaliação será aplicada no dia 23 de julho em Belém, nos locais estabelecidos no edital. O interessado deve acessar, a partir desta quinta-feira, 18, a agenda de avaliação individual no site de acompanhamento do concurso http://paginas.uepa.br/concursos, emitindo cartão de confirmação que deverá ser apresentado no ato de ingresso ao local de avaliação, juntamente com o documento de identidade em original.
O candidato deverá comparecer aos locais de realização da prova de capacitação física, com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para seu início, munido do cartão de confirmação e da via original de um dos documentos de identidade. Para realização do teste físico o convocado deverá apresentar atestado médico no dia e local da aplicação da prova. Aquele que não apresentar o atestado estará automaticamente eliminado.
Das 670 vagas ofertadas pela Polícia Civil, 150 são para delegado, 250 parainvestigador, 250 para escrivão e 20 papiloscopista. O cargo de delegado prevê remuneração inicial, incluindo as gratificações, de R$ 7.695,02. Para os demais cargos, o salário inicial é de R$ 3.098,79, com as gratificações.

Texto:
Ellen Freitas-Sead


Seicom realiza workshop sobre gás, petróleo e mineração
A Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração do Pará (Seicom) realiza, dias 26 e 27 de setembro, em Belém, o workshop "Desenvolvimento Econômico e Social do Estado do Pará na Perspectiva de Geração de Insumos Energéticos", em parceria com a Universidade Federal do Pará (IG/FaGeo/UFPA), a Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa) e a Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó (Amam).
O encontro vai reunir representantes da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Eletrobras, Universidade de São Paulo (USP), Eletronorte, Seicom e UFPA, para o debate do novo cenário do petróleo, gás e biocombustível e sua relação com a mineração na região Norte. As perspectivas do gás e óleo de xisto, nas bacias sedimentares amazônica e do Parnaíba, a mineração no Pará, os entraves ao seu crescimento, os insumos energéticos, a questão logística e o novo marco regulatório da mineração serão alguns dos assuntos debatidos no evento.


Formação de professores sobre cultura e história afro-brasileira abre 400 vagas
O projeto “A Cor da Cultura” abriu, até o dia 9 de agosto, inscrições para o curso de formação de professores. A participação no curso pode ser garantida por meio do preenchimento do cadastro que deve ser acessado disponível na internet.
Trata-se de um curso de formação continuada destinada a técnicos, professores e gestores que atuam em escolas, na sede da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e nas Unidades Regionais de Educação (Ure's) e Seduc na Escola (Use's) de Belém, Tucuruí e Parauapebas.
A formação tem o objetivo de contribuir para a efetivação da lei 10.639/03, que estabelece a inclusão e valorização dos conteúdos sobre “História e cultura Afro-Brasileira” no currículo escolar da educação básica. O curso terá aulas presenciais com um total de 28 horas.
A primeira etapa acontecerá de 26 a 30 de agosto em Belém e no período de 2 a 6 de setembro nos municípios de Parauapebas e Tucuruí. Já o segundo momento será no mês de novembro, com data a ser definida. No intervalo desses encontros, haverá acompanhamento à distância pelos gestores do projeto.
O projeto é fruto de uma parceria entre o Canal Futura, a Petrobras, o Centro de Informação e Documentação do Artista Negro (Cidan), TV Globo, Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) e Secretaria Estadual de Educação (Seduc). Mais informações: Coordenação de Educação para Igualdade Racial (Copir) da Seduc (3201 5157) e www.acordacultura.org.br

Texto:
Eliane Cardoso-Seduc
Fone: (91) 3201-5181 / (91) 8802-0325


Teatro e música se misturam no penúltimo dia do 7° Festival Cultura de Verão
O 7° Festival Cultura de Verão, promovido pela Rede Cultura de Comunicação, já esta em clima de despedida. O projeto, que reúne várias linguagens artísticas como música, teatro, audiovisual e fotografia, tem circulado pela capital e pelo interior do estado levando entretenimento e lazer ao público de vários municípios. Na última quarta-feira, 17, a programação aconteceu na Estação das Docas, com a participação da banda Puget Blues, Marisa Brito e Banda Nova.
O idealizador, guitarrista e compositor do grupo Puget Blues, José Puget, comemorou a oportunidade de apresentar o novo trabalho ao público da capital e em um espaço privilegiado, como é a Estação das Docas. “Para nós foi um excelente show, pois o espaço é muito bom e muita gente assistiu à nossa apresentação. Fica melhor ainda quando sabemos que tem gente acompanhando tudo ao vivo pela rádio, TV e pelo portal Cultura, que estão abertos para o resto do mundo”, contou Puget.
Para a cantora Marisa Brito, todo o evento foi maravilhoso, principalmente pelo clima de férias que toma conta da cidade nessa época. “Já faz parte da nossa cultura as pessoas se deslocarem para as praias no final de semana e terem que voltar para trabalhar nos demais dias, que acabam ficando meio vazios pela falta de opções culturais. A ideia de promover esse show na cidade em plena quarta-feira é excelente, pois além de promover as boas produções culturais ainda valoriza os nossos espaços turísticos, como é o caso da Estação, que tem tudo a ver com o clima de Belém”, comentou.
O publico também elogiou a programação. Muitos músicos da região aproveitam as apresentações do Festival Cultura de Verão para conhecer a produção e trocar informações com outros artistas que fazem parte da programação. A cantora Renata Boufilho é uma delas. Ela fez questão de parabenizar a Rede Cultura de Comunicação pela iniciativa. “Sabemos o quanto a cultura musical paraense é forte e precisa ser valorizada. Esse é um momento muito importante para os artistas que estão começando, da mesma forma que é para os que já tem o seu trabalho consolidado. Só tenho a parabenizar a Rede Cultura, ainda mais por proporcionar um ótimo evento, em um local com uma excelente estrutura e segurança” ressaltou.
O DJ e produtor musical Reginaldo Texeira destaca o caráter democrático do projeto e propõe a abertura da pauta para outros estilos musicais da região. “Eu acho que o Festival Cultura de Verão tem um papel importante na divulgação da nossa cultura e por sua essência deve abrir espaço para outras vertentes musicais que também predominam no Pará, como o Hip Hop e a musica eletrônica”, pondera.
Teatro – O Espaço Cuíra, um dos que sedia a programação do 7° Festival de Cultura, abre as portas ao público todas as quartas-feiras, sempre a partir das 19h. Diversas companhias de teatro já se passaram pelo local. Na última quarta-feira foi a vez da Cia de Investigação Cênica com o espetáculo “Ciao! – Buenanote Finito”.
“O espetáculo estreou no mês de maio e já foi contemplado pelo projeto ‘Carequinha’ da Fundação Nacional do Índio (Funai). A peça conta a história da bailarina Fazbinga e do palhaço Black. São dois olhares, dois horizontes, dois personagens que se encontram e desencontram, e é por essas histórias que passeia o espetáculo, vivenciando a dor, o amor, a saudade, desejo e a vontade dos personagens”, conta a produtora Thainá Fagundes.
Surgida em 2008 por meio de uma bolsa de experimentação artística do Instituto de Artes do Pará (IAP), a Cia de Investigação Cênica traz como proposta uma investigação sobre a dança contemporânea, como conta o diretor da companhia, Danilo Brack. “Em principio, o objetivo é investigar a dança contemporânea com interfaces de outras linguagens como teatro, música e circo. Nosso primeiro trabalho foi ‘Depois de Revelado Nada mais Muda’. Pouco tempo depois ganhamos um prêmio da Fundação Nacional de Arte (Funarte), em 2009, e montamos o espetáculo ‘Tão Bonito de Tão Feio’. Atualmente são cinco atores bailarinos, mas costumamos convidar outros artistas para participar dos espetáculos”, conta.
A professora Helen Silva aprovou a iniciativa do Festival, de incluir a linguagem do teatro dentro da programação. “É uma iniciativa muito importante porque faz com que as pessoas procurem outras formas de se divertir e, ao mesmo tempo, adquirem conhecimentos e aprendem uma cultura que é extremamente rica”, pondera.
Bonecos – Uma das grandes novidades no Espaço Cuíra foi o teatrinho de bonecos. Histórias são montadas e encenadas em pequenas caixas de papelão com micros personagens e cenários. O artista visual Jeferson Cecim trabalha há mais de 15 anos com esse formato. Ele é idealizador do espetáculo “Mater Dolores”, apresentado no Espaço Cuíra. “Esse espetáculo é novo e inclusive já ganhou o prêmio de Teatro de Rua da Funarte. É a história de uma velhinha que conta suas memorias sentada à sala de sua casa. O público funciona como se fosse o ouvinte dessa narrativa”, revela.
O ator Icaro Gaia se encantou com a mini apresentação. “Eu achei muito bonito, pois fala de memórias e logo lembrei das histórias que minha avó contava. Eu acho muito interessante esse formato de teatro porque ele minimiza um universo e transporta a pessoas que estão vendo para um momento micro e sutil, saindo um pouco dessa loucura do teatro cheio de personagens e cenários”.

Texto:
Pablo Almeida-Secom


Prodepa participa do I Workshop Abep de Conectividade
A Empresa de Processamento de Dados do Estado do Pará (Prodepa) participar do 1º Workshop de Conectividade da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abep), que começou nesta quinta-feira (18), em Brasília. O presidente da Prodepa e Vice-presidente de Tecnologia da Abep, Theo Pires, e a diretora de Projetos Especiais, Leila Daher, vão representar a empresa no evento, que acontece até esta sexta-feira (19). O objetivo do evento é permitir que agentes públicos federais, estaduais e municipais apresentem suas infraestruturas em fibra óptica, já implantadas ou planejadas, com os respectivos modelos de implantação e operação utilizados, com foco em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).
A diretora Leila Daher vai participar do painel Viso Estadual: Modelos, Licenciamento, Investimento e Sustentabilidade das Redes. A intenção é discutir alternativas para fazer com que as infovias digitais possam atender a um maior número de municípios no País de forma sustentável. “As infovias fazem a interligação dos órgãos da administração pública estadual, permitindo a criação de uma rede multi-serviços, proporcionando assim uma ampliação, racionalização de recursos e melhoria na prestação dos serviços à sociedade, viabilizando serviços como telessaúde, tv digital, telefone IP, educação a distância (EAD), governança eletrônica e inclusão digital entre outros”, declara Leila.


Uepa divulga o resultado para Curso de idiomas
Em parceria com o Banco Santander, a Universidade do Estado do Pará divulgou nesta quarta-feira, 17, a lista com o resultado dos servidores e alunos aprovados para a bolsa dos cursos de inglês e espanhol. Um dos objetivos do curso é aperfeiçoar os recursos humanos da Uepa, conciliando interesses individuais e as metas institucionais pela oferta de bolsas via convênio. A relação está disponível no www.uepa.br.
No total, foram ofertadas 400 bolsas, sendo 150 para o curso de Língua Inglesa e 250 para o curso de Língua Espanhola. As bolsas foram divididas na proporção de 50% para Belém e Região Metropolitana e 50% para os demais municípios. O curso de idiomas é à distância e composto por dez módulos com três unidades em cada módulo, que serão realizados de acordo com as fases e desempenho do contemplado. Mais informações poderão ser obtidas através do número (91) 4009-9533.


Entrega de Cheques Moradia para servidores foi transferida par o final de julho
A Companhia de Habitação do Pará (Cohab), realizará a enrega de 650 Cheques Moradia no final de julho, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. A cerimônia de entrega estava marcada para o dia 23, mas em razão da participação do governador Simão Jatene na Jornada Mundial da Juventude, que ocorrerá de 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro, o evento de entrega do benefício habitacional será realizado possivelmente no dia 30 de julho, data a ser confirmada posteriormente.
Na oportunidade serão beneficiados 500 servidores públicos e 150 pessoas com deficiência. Os servidores públicos contemplados com o benefício pertencem a 27 órgãos do Governo estadual, que aderiram ao programa habitacional. O Cheque Moradia já conseguiu melhorar a vida de 1.625 famílias paraenses, somente neste ano de 2013, proporcionando a melhoria da qualidade de vida dessas pessoas, liberando mais de R$ 13 milhões em recursos para a compra de material de construção.


Monte Alegre recebe jogos ambientais
O Parque Estadual Monte Alegre (Pema), gerenciado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) realizou, neste mês, jogos ambientais nas comunidades de Santana, Ererê, Lages, Paytuna, Maxirá e Maxirázinho, situadas no entorno do Parque, na Área de Proteção Ambiental (APA) Paytuna. A atividade teve como objetivo interagir com as comunidades e proporcionar momentos de descontração e entretenimento entre as crianças e jovens com a equipe do Pema, realizando várias atividades dinâmicas.
Cada comunidade foi contemplada com dois dias de evento, com jogos educativos como quebra-cabeça, desenhos, pinturas, leitura e competições entre grupos de futebol, vôlei, queimada, corrida de saco, bambolê e passeio a áreas do parque.


Pará gerou mais de quatro mil postos de trabalhos de janeiro a maio deste ano
Nos cinco primeiros meses de 2013, o estado do Pará somou 4.080 novos postos de trabalho em relação ao mesmo período do ano passado. Somente o mês de maio produziu índices abaixo dos registrados em 2012, com 45 postos de empregos celetista a menos (29.958 desligamentos e 30.003 admissões), o que corresponde a uma redução de 0,01% em relação mês anterior. Esses dados estão disponíveis no Boletim do Mercado de Trabalho do mês de maio de 2013, elaborado pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp), baseado em dados divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Em uma análise mais ampla, somando-se os últimos 12 meses (junho de 2012 a maio de 2013), constatou-se a geração de 23.158 novos postos.
Das 29.958 admissões ocorridas no mês de maio, 77,14% caracterizaram-se como Reemprego; 21,33% como Primeiro Emprego e o restante foi constituído de admissões através de Contrato de Trabalho com Prazo Determinado e por Reintegrações. No que se refere aos 30.003 desligamentos registrados no mês, 67,83% foram Dispensas Sem Justa Causa, 17,77% Desligamentos à Pedido e 11,25% por Término do Contrato de Trabalho. O restante constituiu-se de desligamentos em função do Término de Contrato com Prazo Determinado, de Justa Causa, por Morte e em decorrência de Aposentadoria.
Analisando-se o cenário nacional é possível verificar que o desempenho do mercado de trabalho foi positivo, com a geração de 72.028 novos empregos celetistas em maio. Entretanto, assim como o Pará, a Região Norte apresentou resultado negativo. Em maio foi registrado um déficit de 663 postos de trabalho, resultado da diferença entre as 73.637 admissões e os 74.330 desligamentos, que gerou uma variação de -0,04% em relação ao mês anterior. Entre os sete estados da região, apresentaram saldo negativo o Acre, Amapá e Amazonas, com 571, 176 e 54 postos de trabalho fechados, respectivamente.
Setores e atividades
No Pará, as principais perdas ocorreram nos setores Indústria de Transformação (-523) e Serviços (-405), seguidos pela Agropecuária (-140), Serviço Industrial de Utilidade Pública (-82), Extrativo Mineral (-27), e Administração Pública (-15). Os setores que apresentaram saldos positivos foram a Construção Civil e Comércio, com 631 e 476 novos postos de trabalhos, respectivamente. Entre as atividades, destacaram-se na geração de novos postos os segmentos de Servente de Obras (268), Vendedor Varejista (211) e Produtor Agrícola Polivalente (174), com salários médios de admissão de R$ 751,28; R$ 765,90 e R$ 770,38, respectivamente.
Municípios
No tocante à geração de empregos nos municípios paraenses, os dez  que se destacaram com saldos positivos foram Altamira (1.666 postos); Ulianópolis (206); Canaã dos Carajás (196); Itaituba (188); Redenção (103); Marabá (99); Novo Repartimento(68); Capanema(64); São Félix do Xingu (62) e Bragança (42). Fecharam o período com saldos negativos os municípios de Parauapebas (-660); Belém (438); Ananindeua (-267); Barcarena (-248); Paragominas (-170); Abaetetuba (-163); Tailândia (-128);  Moju (-103); Tomé-Açu (-99) e Santarém (-82).
Serviço: A íntegra do Boletim do Mercado de Trabalho produzido pelo Idesp está disponível no site do Instituto (www.idesp.pa.gov.br).

Texto:
Fernanda Graim-Idesp


Cinema Mudo vai a Aurora do Pará
Depois do sucesso no Festival de Inverno de Petropólis, onde se apresentou no Museu Imperial, o pianista Paulo José Campos de Melo, que é superintendente da Fundação Carlos Gomes, leva o cinema mudo com acompanhamento musical ao vivo para o município de Aurora do Pará. A exibição do filme "O Garoto", de Chaplin, com o pianista executando a trilha ao vivo, será sábado (20), às 19h, na Assembleia de Deus. Além da apresentação o superintendente também visitará escolas de música para verificar a possibilidade de convênios naquela região do estado. 


Grupo Uirapuru leva danças regionais para a orla da Estação
Em alguns momentos a rotina do trabalho e outros fatores não permitem que os próprios paraenses conheçam e vivenciem a cultura local. Por isso, neste mês de férias, o tradicional Projeto Pôr-do-Som apresenta para todos que não viajaram, ou que estão conhecendo a cidade, o espetáculo “Danças regionais” do Grupo Uirapuru, na orla do Armazém 3, a partir das 18h, na Estação das Docas.
Jogo de luzes, cores, saias, sons e ritmos variados: é assim que o grupo promete envolver todos os que estiverem no complexo turístico. O siriá, as danças de Santarém, a coreografia montada para a Invernada Marajoara e “Esse rio é minha rua” farão parte do espetáculo do Uirapuru que já está há 28 anos propagando a cultura regional.
“Quero convidar todos para que juntos com os nossos 30 integrantes façam uma viagem maravilhosa pelas microrregiões do Estado do Pará, conhecendo suas riquezas, suas danças, suas histórias e, claro, a dançar e cantar conosco para fazer desta, uma sexta-feira muito especial”, convida a coordenadora do grupo, Claudia Peniche.
Esta apresentação na Estação das Docas será a última antes da viagem para o Estado de Minas Gerais, onde irão participar do Festival Folclórico em Poços de Caldas, no mês de agosto próximo. O projeto Pôr-do-Som é uma realização do Governo do Pará por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), em parceria com a Organização Social Pará 2000, que administra a Estação das Docas e promove diariamente programações culturais. Confira a programação de julho, no site: www.etacaodasdocas.com.br.
Serviço:
Pôr-do-Som – Grupo Uirapuru
Nesta sexta-feira, 19, a partir das 18h, na orla do Armazém 3, na Estação das Docas (Av. Boulevard Castilhos França, s/nº - Campina).
Informações: (91) 3212-5525
Entrada gratuita


Texto:
Camila Barros-Pará 2000


Comissão visita novas unidades da PM
O coronel PM Daniel Mendes, Comandante Geral da Polícia Militar do Pará, constituiu uma comissão de policiais militares para acompanhar as obras da agenda mínima do Governo do Estado que estão sendo executadas pela Secretaria de Obras Publicas (Seop), junto às unidades da PM no interior do Pará, como é o caso da construção do Batalhão de Redenção, em Santa Izabel e do Núcleo de Operações Especiais em Marabá, além do Destacamento em Afuá e da reforma nos quartéis em Salinópolis, São Miguel do Guamá, Ananindeua, Breves, Cametá, Parauapebas e Xinguara.
A comissão ainda tem por missão a avaliação dos terrenos doados para a construção de sete novos destacamentos, nos municípios de Itaituba (vila Criporizinho e Criporizão); São Félix do Xingu (vila Ladeira Vermelha e Lindoeste); Juruti (vila Juruti Velho); São Geraldo do Araguaia (vila Fortaleza)  e em Canaã dos Carajás (vila Bom Jesus). O trabalho possibilita a utilização adequada dos espaços e áreas definidos para as construções; bem como o acompanhamento das obras de reforma das unidades da corporação, além do contato oportuno com as autoridades locais, o que possibilitou a celeridade na documentação necessária aos processos de doação.


Polícia Civil representa o Pará em workshop sobre identificação
A Polícia Civil do Estado do Pará participa nesta quinta-feira, 18, de workshop sobre o tema “Identificação moderna, processos e aplicações”. Promovido pelo Conselho Nacional dos Diretores dos Órgãos de Identificação (Conadi), o evento tem o intuito de promover debates sobre identificação civil e criminal, a fim de propor soluções tecnológicas modernas que possam ser implementadas nos estados brasileiros, garantindo a unicidade do cidadão e evitando fraudes.
O workshop ocorre no Auditório “Karajás” no Hotel Hilton Belém, a partir das 9h30. Identificação biométrica, importância da certificação de identidade para a segurança de transações de negócios e ítens de segurança dos documentos de identidade estão entre os temas que serão debatidos durante o encontro. O encerramento do workshop está previsto para às 17 horas, com a palestra de Carlos César Saraiva, diretor do Instituto de Identificação da Polícia Civil do Distrito Federal e presidente do Conadi. Ele falará sobre a competência dos órgãos de identificação no processo de certificação de identidade.


Uepa seleciona bolsistas para o Pet-Saúde 2013-2015
O Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) da Universidade do Estado do Pará (Uepa) publicou nesta quinta-feira, 18, o edital para seleção de alunos bolsistas para o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde – Redes de atenção à saúde). São ofertadas 60 vagas para estudantes dos cursos de graduação em Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Terapia Ocupacional. As inscrições serão realizadas somente pelo site da universidade (www.uepa.br) no período de 22 de julho a 2 de agosto.
O programa PET-Saúde é destinado a viabilizar o aperfeiçoamento profissional e formação acadêmica para o fortalecimento das redes de atenção à Saúde que estão sendo implantadas em nível nacional, através dos eixos ensino, pesquisa e extensão, promovendo a integração entre ensino, serviços de Saúde e comunidade nos municípios de Belém e Ananindeua.
A proposta da Uepa para este edital tem como foco a Rede de Urgência e Emergência, contemplando os níveis de atenção à Saúde: Atenção primária (Unidades Básicas de Saúde e Estratégia Saúde da Família), Média Complexidade (Unidades de Pronto Atendimento – UPA) e Alta Complexidade (Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência - HMUE).
As 60 vagas serão distribuídas na ordem de 15 bolsistas para cada área selecionada. Para participar, o candidato deve estar regularmente matriculado nos cursos de graduação em Medicina, Enfermagem, Fisioterapia ou Terapia Ocupacional do CCBS/Uepa, no semestre indicado pelo edital; ter disponibilidade para o período de agosto de 2013 a julho de 2015; dedicar 12 horas semanais para o projeto, entre atividades práticas e reuniões; e não pode receber outra bolsa de qualquer outro órgão financiador, nem ter vínculo empregatício de qualquer espécie.
A seleção será realizada por meio de prova escrita objetiva valendo 10 pontos, com questões de múltipla escolha abordando conteúdos gerais de urgência e emergência. A prova está prevista para às 17 horas do dia 9 de agosto, nas instalações do Campus II. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: (91) 3277-1378 ou 3277-3800.

Texto:
Irna Cavalcante-Uepa


Detran participa de projeto para redução de mortes no trânsito
O Departamento de Trânsito do Pará (Detran/PA) recebeu na manhã desta quarta-feira, 17, representantes da Faculdade Maurício de Nassau, entidade ligada ao Grupo Ser Educacional, com o objetivo de implantar no Estado o Projeto Crucifixo Automotivo, tendo em vista a realização de uma campanha educativa pela Paz no Trânsito no Estado.
Inicialmente, o projeto será firmado em parceria com o Governo do Estado, por meio do Detran e Hospital Metropolitano. O projeto visa a construção de um crucifixo com carcaças de automóveis, que será instalado em frente ao Hospital Metropolitano, localizado na BR-316. “O foco do projeto é conscientizar os condutores sobre o alto índice de acidentes ocorridos no Estado, visando sempre o respeito às leis de trânsito e, principalmente, o respeito à vida”, ressaltou Maria Betânia Fidalgo, diretora da Unidade Maurício de Nassau em Belém. 


Governo investirá R$ 6 milhões na criação de parque tecnológico em Santarém
A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), investirá um total de R$ 6 milhões para implantar, no município de Santarém, o Parque de Ciência e Tecnologia Tapajós (PCT Tapajós). O convênio, publicado no Diário Oficial no dia 15 de julho, celebra o acordo de cooperação técnica e financeira entre Secti, Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) e a Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) para a realização de estudos, projetos, planos de negócios, obras de infraestrutura e aquisição de equipamentos para a implementação e gestão do PCT Tapajós.
O PCT Tapajós ficará situado numa área cedida pela Ufopa, atuando, prioritariamente, nos setores de Tecnologia da Madeira; Agricultura Tropical e Produtos da Floresta; Aquicultura e Pesca e Geologia Mineral. O objetivo é contribuir para o aproveitamento sustentável da biodiversidade da região oeste do Pará, por meio da implantação de empresas inovadoras e de laboratórios com tecnologias de última geração.
Atualmente, está em andamento o processo de licenciamento ambiental e de criação da entidade gestora do Parque. A expectativa é de que as obras iniciem ainda neste segundo semestre de 2013. “O PCT Tapajós representa a segunda etapa do programa de implantação dos Parques de Ciência e Tecnologia no Estado do Pará, iniciado pelo PCT-Guamá, em Belém. Por estar inserido em uma região estratégica e de grandes potencialidades, o Parque assume um papel importantíssimo no desenvolvimento da região e do Estado”, destaca Alberto Arruda, secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação.
A Secti continua em busca de parceiros para consolidar o PCT Tapajós como um polo de produção industrial e uma alternativa para o desenvolvimento regional. Em janeiro deste ano, o secretário Alberto Arruda foi até Brasília apresentar o projeto executivo do Parque ao ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp. Na ocasião, o ministro destacou a importância do Parque para o desenvolvimento estratégico da região Amazônica e sinalizou o interesse em investir no PCT Tapajós.
Parques Tecnológicos são empreendimentos criados e geridos com o objetivo de promover a pesquisa e a inovação tecnológica, além de dar suporte ao desenvolvimento de atividades empresariais, conciliando conhecimento aplicado à produção. No Pará, o Programa Estadual de Parques de Ciência e Tecnologia conduzido pela Secti constitui-se uma estratégia de governo que visa disseminar a cultura do empreendedorismo e da inovação. Para isso, a política prevê a criação de três parques tecnológicos: PCT Guamá (Belém), onde 90% das obras já foram concluídas; PCT Tapajós (Santarém) e PCT Tocantins (Marabá).

Texto:
Ana Carolina Pimenta-Secti


IAP abre inscrições para o curso de Regência para Bandas e Fanfarras
Já estão abertas as inscrições para o 2º módulo do curso de Regência para Bandas e Fanfarras, promovido pelo Instituto de Artes do Pará (IAP) e ministrado pelo maestro Vantoil de Souza Júnior. Será no período de 19 a 23 de agosto, das 14h às 18h, com inscrições gratuitas. Vantoil de Souza é graduado em Regência pelo Centro Universitário de Barra Mansa; em Saxofone pelo Conservatório Brasileiro de Música e possui complementação em Pedagogia Musical pela Universidade de Três Corações (MG).
Especialista em sistematização de projetos culturais, implantou o Projeto Música nas Escolas de Barra Mansa, em 2003, programa que atende hoje a 22 mil alunos da rede pública da Cidade de Barra Mansa (RJ). As inscrições devem ser encaminhadas pelas Unidades Seduc nas Escolas (Uses) ao instituto. A oficina está aberta aos músicos em geral, já que os candidatos devem ter conhecimento em partituras musicais. Mais informações: (91) 4006 2926 – Gerência de Artes Cênicas e Musicais


Campanha “Juntos por um Verão com Moderação” segue nos balneários
Técnicos da Coordenadoria de Prevenção, Tratamento e Redução de Danos de Consumo de Drogas (Cenpren) da Secretaria de Justiça de Direitos Humanos (Sejudh) darão continuidade, neste final de semana, à Campanha de Verão nos principais balneários do Estado. Com a temática “Juntos por um Verão com Moderação”, a ação tem por objetivo orientar os veranistas sobre os Serviços da Rede de Atenção Psicossocial e os riscos do consumo exagerado de álcool e de outras drogas.
A Assessoria de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente (APDCA) e o Pro Paz, além do Departamento de Trânsito (Detran), Secretaria de Segurança Pública (Segup) e Corpo de Bombeiros, também estão como parceiros nessa campanha. Para esse final de semana de verão, a equipe estará atuando em quatro balneários mais procurados do Estado.
Nesta quinta e sexta-feira, atuará na área Metropolitana. A equipe estará concentrada no período da tarde no Terminal Hidroviário (Doca) e na Barreira de Outeiro. Nos dias 18, 19 e 20 em Mosqueiro, o ponto de atuação da campanha será nos Terminais Rodoviário e Hidroviário, Praia do Murubira, Praças da Vila e do Carananduba e no Portal, sempre pela manhã, tarde e noite.
No mesmo período, a equipe estará na Praia de Marudá e Crispim fazendo abordagem durante a manhã. Já no período da tarde e noite o ponto de atuação será na barreira de Marapanim, no porto onde é feita a travessia para a Ilha de Algodoal, além de bares localizados em Marapanim e praça.
Em Salinas, um dos balneários mais procurados, a equipe estará atuando pela manhã e noite fazendo abordagem no Detran e na barreira da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Quartel do Corpo de Bombeiros Militar e nas praias do Atalaia e Maçarico.
Nessa Campanha de Verão, serão entregues kits contendo pulseirinhas de identificação para crianças, cartilhas e folders de orientação aos veranistas, além da fixação de cartazes em bares e espaços públicos de grande movimentação popular, tudo para garantir aos veranistas, um final de semana mais seguro e tranqüilo durante esse verão.

Texto:
Leba Peixoto-Sejudh


Idesp selciona graduado em Arquitetura ou Geografia
O Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp) abre inscrições, a partir do dia 22 de julho, para a seleção de um bolsista graduado em Arquitetura e Urbanismo ou Geografia. O candidato deve ter experiência acadêmica e/ou profissional em análises sobre a temática urbana do Pará, conhecimento das ferramentas de geoprocessamento e cartografia e criação de banco de dados, para desenvolver atividades de pesquisa para o projeto “Indicadores Urbanos do Estado do Pará”, sob a orientação da Diretoria de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas e Análise Conjuntural do Idesp. O valor da bolsa é de R$ 1.036,92 e a duração é de 12 meses. O edital e o Termo de Referência encontram-se à disposição dos interessados na sede do Instituto e no site: www.idesp.pa.gov.br.


Inscrições para as oficinas da Fundação Curro Velho
A partir do dia 30 de julho estarão abertas as inscrições para as oficinas da Fundação Curro Velho que serão realizadas no mês de agosto. São oficinas que reúnem as mais diversas linguagens artísticas, como desenho, pintura, fotografia, esculturas em miriti, iniciação à linguagem cinematrográfica, teatro, dança de salão, capoeira, teatro e poesia, entre outras.
O aluno da rede pública de ensino é isento da taxa de inscrição, porém deve apresentar a declaração da escola em que está matriculado. Os demais pagam uma taxa de 20 reais. O candidato que não é estudante deve apresentar identidade e comprovante de residência, além de uma taxa de 20 reais. As inscrições serão realizadas no período de 30 de julho a 9 de agosto de 2013, na sede da Fundação Curro Velho, e na Casa da Linguagem. Informações pelo 3184-9100 ou 8895-1334.


Tranquilidade marca partida que atraiu mais de 12 mil torcedores para o Mangueirão
Mais de 12 mil torcedores foram ao Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, para assistir ao jogo do Paysandu contra o Atlético-PR pela Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, 17. O placar de 0 a 0 determinou a realização da segunda partida na próxima quarta-feira, 24, às 19h30, no estádio Durival Brito, em Curitiba, no Paraná. O Paysandu precisa vencer ou empatar com gols para conseguir avançar na Copa do Brasil. Já o Atlético Paranaense precisa apenas de uma vitória para se garantir.
No meio da torcida, mais de 600 policiais militares faziam a segurança dentro e fora do estádio. Nas praças de alimentação no entorno e dentro do Mangueirão, o Departamento de Vigilância Sanitária (Devisa), da Secretaria Municipal de Saúde, fazia o controle da comercialização da comida vendida e não encontrou nenhuma irregularidade.
O Detran, Corpo de Bombeiros e a Autarquia de Mobilidade Urbana de Belém (Amub) trabalharam em conjunto durante o jogo para melhorar o fluxo de veículos no estacionamento e na Rodovia Augusto Montenegro. “Uma festa bonita sem graves ocorrências. Sempre trabalhamos com bastante antecedência para que tudo aconteça na maior tranquilidade. Hoje podemos vir ao estádio com nossas famílias sem preocupação alguma”, disse o titular da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Vitor Miranda.
Para a diretora do Mangueirão, Claudia Moura, o trabalho em conjunto é o principal. “Sem a grande integração que temos das secretarias estaduais e até municipais, o trabalho visando a segurança e o conforto do torcedor não seria bem executado”, comentou. Oito anos depois, Paysandu e Atlético Paranaense se enfrentaram e desta vez, no gramado do Mangueirão. O jogo desta quarta, válido pela 3ª rodada da Copa do Brasil, aconteceu devido a eliminação do Naviraiense, que foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva pela escalação irregular de um jogador na fase anterior da competição.

Texto:
Liandro Brito-Seel


Servidores públicos do Estado receberão Cheque Moradia na terça-feira
O Governo do Estado, por meio da Companhia de Habitação do Pará (Cohab), entregará 650 Cheques-Moradia, na próxima terça-feira, 23, no Hangar, a partir das 8h30. O governador Simão Jatene irá presidir a cerimônia de entrega do benefício. Serão beneficiados 500 servidores públicos e 150 pessoas com deficiência.
Os servidores públicos contemplados com o benefício pertencem a 27 órgãos do Governo estadual, que aderiram ao programa habitacional. O Cheque Moradia já conseguiu melhorar a vida de 1.625 famílias paraenses, somente neste ano de 2013, proporcionando a melhoria da qualidade de vida dessas pessoas, liberando mais de R$ 13 milhões em recursos para a compra de material de construção.
Criado em 2003, o programa habitacional tem caráter eminentemente social, com transferência direta de recursos, o que possibilita às famílias com renda até três salários mínimos construir, ampliar e reformar suas casas, buscando diminuir o déficit e a inadequação habitacional do Estado.


Repercussão do senador Aécio Neves sobre
declarações da presidente Dilma Rousseff
17/07/13
 
“O Brasil não precisa de ufanismo nem de avaliações distantes da realidade neste momento ruim da economia. Até porque essa postura compromete o diagnóstico dos problemas que o país precisa enfrentar. O momento atual é resultado de muito esforço do governo da presidente Dilma e de seu antecessor para desmontar os pilares macroeconômicos que receberam do presidente FHC.
É preocupante abrir os jornais hoje e ler que os fundos de investimento no Brasil, que têm apresentado maior retorno para os seus investidores, são aqueles que reduziram as aplicações em empresas brasileiras e apostaram em empresas americanas. O Brasil é um país com um potencial elevado de crescimento econômico, desde que o governo não atrapalhe, como tem feito, ao ser leniente no combate à inflação ao mesmo tempo em que promove o crescimento excessivo do gasto público.
As expectativas em relação ao país vêm piorando não por culpa da oposição, dos empresários nem tão pouco dos analistas de mercado, e sim em decorrência de erros do próprio governo. Os dados oficiais divulgados pelo IBGE mostram claramente a escalada da inflação no Brasil. O teto da meta só não foi ultrapassado ano passado e poderá não ultrapassar os 6,5% este ano porque o governo fez várias desonerações de emergência, que, se por um lado seguraram a inflação, por outro, reduziram ainda mais o superávit primário.
O governo federal precisa, com rapidez e responsabilidade, criar condições objetivas de menor crescimento do gasto público e aumento do investimento público e privado. De janeiro a maio deste ano, o gasto não financeiro do governo federal cresceu R$ 40 bilhões. Enquanto o investimento público ficou praticamente estagnado.
Todos nós queremos que as taxas de juros sejam menores e que o país supere o ambiente de desconfiança e pessimismo, mas, para que isso ocorra de forma sustentável, é preciso antes que o governo faça sua parte”.
Senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB








CIRCULANDO A REVISTA DA NAÇÃO JURUNENSE


NA REVISTARIA  DO RENATO, NA YAMADA DA JURUNASE ASSINANTES,  MAIS UMA EDIÇÃO DO CORREIO JURUNENSE, A NAÇÃO JURUNENSE EM REVISTA, EDIÇÃO DE JULHO





Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...