Total de visualizações de página

domingo, julho 14, 2013

NAÇÃO JURUNENSE DESERTA NESTE DOMINGO DE FÉRIAS, TODO O CUIDADO É POUCO PARA QUEM ANDA NAS RUAS







Detran realiza intensa fiscalização em Salinas
O Departamento de Trânsito do Pará (Detran) está com uma ação intensa de fiscalização e orientação no município de Salinópolis, no nordeste paraense. No total, 45 agentes atuam em diversos pontos da cidade e das principais praias.
No caminho para a praia do Atalaia, por exemplo, blitzen fazem o teste do bafômetro. As operações geralmente são montadas em dois horários diferentes, pela manhã e no fim da tarde. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) também acompanha o trabalho.
O Detran também montou um posto fixo em frente ao quartel do Corpo de Bombeiros, para regularização de veículos. Há ainda as rondas com motocicletas e a fiscalização e abordagem aos condutores de quadriciclos, principalmente menores de idade.
Entre meia-noite e 6 horas, o Detran executa, na saída do Maçarico e na entrada da praia do Atalaia, a operação Trânsito sem álcool, especifica para combater o consumo de bebida alcoólica. Os agentes fazem ainda um trabalho direto com a população, distribuindo material educativo e de campanhas de orientação sobre temas diversos.

Texto:
Bruna Campos-Secom


Aécio Neves aponta descompromisso entre promessas eleitorais e ações do governo do PT
O presidente do PSDB, senador Aécio Neves, participou, no início da tarde deste domingo (14/07), da convenção estadual do partido em Santa Catarina. Durante o evento, ele afirmou que há hoje um claro descompromisso entre as promessas feitas pelo PT em campanhas eleitorais e ações tomadas pelo governo federal. O senador e ex-governador de Minas Gerais estava acompanhado do novo presidente do PSDB-SC, senador Paulo Bauer, e de demais lideranças tucanos no Estado.
Aécio Neves criticou a atual estrutura do governo do PT, com 39 ministérios e 22 mil cargos para os quais não é necessário concurso público. Para o presidente nacional do PSDB, o partido tem obrigação de apresentar à sociedade uma candidatura alternativa nas eleições do próximo ano.
“O que vemos no Brasil hoje é um claro descompromisso entre o que se propõe para a população e aquilo que se executa quando é governo. Não temos a opção de ter candidaturas. Temos a obrigação de construir essas candidaturas em benefício da população. Onde o PSDB governa, governa com resultado. O PSDB não se curva ao corporativismo, não aparelha maquina pública. É quase um tapa na cara da população brasileira termos 39 ministérios e 22 mil cargos comissionados, preenchidos exclusivamente pelo critério da filiação partidárias. Vamos fazer diferente e melhor, porque o PSDB tem coragem de romper com estruturas falidas para iniciar um tempo novo no Brasil”, disse.
Serviços Públicos
Aécio Neves também cobrou a melhoria de serviços públicos essenciais à população brasileira. Para o senador, o baixo nível de investimentos por parte do governo federal nessas áreas ajuda a explicar os problemas enfrentados pelos brasileiros em seu dia a dia.
“Onde está a resposta da presidente da República para a calamidade da saúde pública no Brasil? Há dez anos, o governo participava com 56% de tudo que se gastava com saúde no Brasil. Dez anos de governo do PT se passaram e hoje são apenas 45%. A preocupação com o aumento da criminalidade está em todas as regiões, em todos os municípios brasileiros. Mas, da conta da segurança pública, 87% são pagos pelos estados e municípios, e apenas 13% pelo governo federal. Onde está o compromisso assumido na campanha eleitoral de desonerar as empresas de saneamento, que hoje pagam mais impostos que investem?”, cobrou Aécio Neves.


Estação Cidadania atende 150 mil pessoas neste primeiro semestre
O governo do Estado fecha o primeiro semestre de 2013 com mais de 150 mil atendimentos em todas as unidades da Estação Cidadania, gerenciadas pela Secretaria de Estado de Administração (Sead). Em relação ao primeiro trimestre de 2012, o número de pessoas atendidas cresceu consideravelmente, de 74 mil, de janeiro a abril do ano passado, para 100 mil no mesmo período deste ano.
A grande procura pelas estações se explica: nelas, a população encontra, em único espaço, diversos órgãos estaduais oferecendo, de graça e com rapidez, mais de 50 serviços, como emissão de documentos pessoais (como a carteira profissional), assistência jurídica cível, recebimentos de boletos bancários, abertura de contas e acesso à internet, entre outros.
Atualmente, existem três complexos, dois em Belém – no Jurunas (com 27 mil atendimentos no primeiro semestre) e Guamá (75 mil registros) – e o serviço integrado no município de Santarém, no oeste do Pará, que atendeu 53 mil pessoas no período. Para o segundo semestre de 2013, há previsão de ser implantada mais uma unidade Estação Cidadania, no Parque Shopping Belém.
“A população de Ananindeua e Icoaraci, ainda este ano, poderá contar com um espaço de cerca de 200 metros quadrados, que oferecerá um conjunto de serviços gratuitos, de forma ágil, prática e eficiente", anuncia a secretária de Estado de Administração, Alice Viana.
O quadro funcional das três unidades recebe constante treinamento por meio do Programa de Modernização do Atendimento ao Público, coordenado pela Diretoria de Desenvolvimento de Gestão, da Sead.
O atendimento ao público na Estação Cidadania funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas, e os agendamentos podem ser feitos por telefone, nos seguintes números: (91) 3217-4107 (Guamá), (91) 3224-3790 (Jurunas) e (93) 3522-4372 (Santarém), e pelo site www.estacaocidadania.pa.gov.br.

Texto:
Ellen Freitas-Sead


Grupo visita o Pará em preparação à Jornada Mundial da Juventude
Um grupo católico formado por 96 jovens poloneses, adeptos do “Caminho Neocatecumenal”, visita o Pará entre os dias 18 e 24 de julho, como preparação para a 28ª edição da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que ocorre este ano no Rio de Janeiro (RJ), de 23 a 28 de julho. O evento terá a presença do arcebispo de Roma (ITA) e sumo pontífice, Papa Francisco.
Durante a estadia em solo paraense, os jovens europeus têm como objetivo maior se preparar espiritualmente para a JMJ, bem como conhecer a cultura e os principais atrativos e pontos turísticos locais. Na programação do grupo católico está a participação em encontros eucarísticos e religiosos, onde possam dar testemunhos de sua fé.
Nos city tours elaborados para recebê-los e apresentar os atrativos e pontos turísticos de Belém estão inclusas visitas a Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, Igreja de Santo Alexandre, Forte do Presépio, Casa das Onze Janelas, Museu de Artes de Belém (Mabe), Mercado do Ver-o-Peso, Estação das Docas, Mangal das Garças, Portal da Amazônia, Museu do Círio e Museu Emílio Goeldi, além de passeios em Mosqueiro e no município de Ponta de Pedras, na Ilha do Marajó.
A ação tem o apoio da Companhia Paraense de Turismo (Paratur), Coordenadoria Municipal de Turismo de Belém (Belemtur), Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur), Sistema Integrado de Museus (SIM), Espaço São José Liberto – Pólo Joalheiro e Organização Social Pará 2000.

Texto:
Israel Pegado-Paratur


Ourém recebe oficinas de música da Fundação Curro Velho
O Núcleo de Música da Fundação Curro Velho será instalado em Ourém, no nordeste paraense, a partir desta segunda-feira (15). Oito oficinas serão ministradas na cidade, no período de duas semanas, uma parceria entre o governo do Estado e a prefeitura. Os cursos de percussão, bateria, canto coral, violão e instrumentos de sopro visam preparar os jovens musicistas da cidade.
Segundo o técnico em gestão cultural de música do Curro Velho, Maurício Panzera, as oficinas vão culminar com uma apresentação no Festival da Canção Ouremense, dia 27 deste mês. “Planejamos essa ação com o apoio da Prefeitura de Ourém para ministrar um bloco de oficinas de sopro, flauta doce, clarinete, saxofone, percussão, canto coral e violão básico e avançado”, explica o músico.
Ourém é conhecido como “A Pérola do Guamá”, que encanta os visitantes pelas belezas naturais, como os igarapés de água cristalina e as matas virgens. Há 30 anos, a cidade promove o Festival de Canção Ouremense, que reúne compositores do Pará e de outros Estados brasileiros. “É uma data importante no calendário musical paraense. Ourém é uma cidade musical, com muitos compositores, e uma existe uma tradição grande de folclore, com os bois bumbás e os Cordões de Pássaros”, comenta Maurício Panzera.
 “Os jovens da cidade que tocam percussão praticam canto coral e tocam música em igrejas locais. A juventude de uma forma geral é o público que irá participar das oficinas”, diz o técnico. Sobre as composições e o repertório da apresentação, ele explica que os compositores locais serão estudados durante o processo.
“Fizemos uma pesquisa de canções locais, de compositores de Ourém, como os mestres Faustino e Cardoso. Na culminância, a ideia é reunir os alunos das oficinas de percussão, violão e canto. Será um grande grupo, no formato de orquestra, para apresentação na concha acústica da cidade, palco do Festival da Canção Ouremense”, antecipa Panzera.

Texto:
Andreza Gomes-FCV


Servifest e Mostra Pará agitam o Festival Cultura de Verão em Salvaterra
O 7° Festival Cultura de Verão, promovido pelo governo do Estado, por meio da Cultura Rede de Comunicação (Funtelpa) e Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), chegou no último sábado (13) ao município de Salvaterra, no arquipélago do Marajó, com uma extensa programação cultural armada na Praça das Comunicações, na orla do município. O evento teve a exibição de filmes da Mostra Pará, promovida pelo Instituto de Artes do Pará (IAP), e shows musicais da segunda etapa classificatória do 12° Festival de Música do Servidor Público (Servifest).
A programação começou às 20 horas, com a exibição de filmes e curtas-metragens produzidos no Estado, entre eles o documentário “Mestre Damasceno – O resplendor da resistência marajoara”. Muitas crianças, jovens e adultos acompanharam as exibições. A funcionária pública do Maranhão Lidiane Ribeiro foi uma delas. Visitando Salvaterra pela primeira vez, ela se encantou com a cultura da região. “É importante saber a história e cultura dos lugares que a gente conhece pela primeira vez. A minha filha esta se divertindo muito, pois a cultura daqui é muito parecida com a cultura do Maranhão”, disse.
O professor Antônio Diniz disse que é importante divulgar e promover a cultura local. “Venho para Salvaterra há mais de 30 anos, e somente hoje vi uma atividade como essa para divulgar e promover a cultura daqui, em especial do Mestre Damasceno, que é um ícone da cultura popular do Marajó”, avaliou.
Filmado entre os junho e julho de 2012 e lançado mês passado, o documentário do diretor paraense Guto Nunes foi exibido como forma de homenagear um dos maiores artistas da região. “O Guto é um grande parceiro. Ele fez um trabalho incansável nesse projeto, que ajudou e vai ajudar com que a gente consiga como nunca ser considerado não só no Pará, mas em todo o Brasil. Já fui considerado por Brasília como um dos melhores mestres do país”, disse Mestre Damasceno, referindo-se ao Prêmio Maria Izabel de 2010, da Secretaria da Identidade e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (MinC).
Mestre Damasceno também foi homenageado pela Prefeitura de Salvaterra por ser o maior representante cultural do Marajó. “Eu me sinto bem porque estou vivendo um sonho que eu tinha há muito tempo, e graças a Deus meu trabalho está sendo reconhecido. Estou muito feliz, não só pelas homenagens, mas também pelo apoio e incentivo. Ainda bem que estão me homenageando enquanto estou vivo, porque depois de morto não adianta mais nada”, brincou o músico.
A secretária da Gerência de Artes Visuais do IAP, Gisele Brito, contou que a Mostra Pará é um projeto iniciado há dois anos, com o objetivo de identificar produções feitas em várias cidades do Estado, organizando e sistematizando exibições em todas as ações do instituto em Belém e no interior. “Recentemente, tivemos uma mostra em Bragança, durante as comemoração de 400 anos da cidade”, lembrou.
A programação tem a parceria da Funtelpa. “A ideia de trazer a mostra para Salvaterra surgiu a partir da parceira que temos com a Cultura. Quando descobrimos que o Festival Cultura de Verão chegaria à cidade, imaginamos que a exibição dos filmes ia enriquecer o evento. Aproveitamos para homenagear o Mestre Damasceno, que é um artista local muito conhecido no município”, destacou Gisele.
Servifest – Reunindo doze participantes dos municípios de Afuá, São Sebastião da Boa Vista, Salvaterra, Soure, Cachoeira do Arari e Portel, a etapa classificatória do Servifest no Marajó elegeu dois representantes da região para a etapa final do festival, que ocorre em dezembro, em Belém.
O servidor público da Secretaria de Administração de Soure Ronaldo Alcantara conquistou o primeiro lugar, com a música “Marajó, Cultura Milenar”, que conta a história do arquipélago por meio de uma pesquisa do próprio autor. Para ele, o nível dos participantes foi alto, e para garantir a vitória, foram necessários muita pesquisa e estudo. “A nossa cultura é rica, e a nossa história é milenar. Como marajoara, para mim, é muito bom cantar esse resgate de tudo o que a ilha do Marajó representou e ainda representa para o Brasil. Estou com uma expectativa boa para a final em Belém, mas vou participar de igual para igual, e que vença o melhor”, frisou.
O segundo colocado foi o funcionário da Secretaria de Saúde de Cachoeira do Arari Genésio dos Santos Filho, que compôs e interpretou a música “Para o Povo Ver”. “É uma grande emoção ganhar à segunda colocação, pois faz tempo que eu queria participar. Ano passado não puder estar na etapa de Soure, mas este ano consegui graças ao apoio da Prefeitura de Cachoeira do Arari, e estarei em Belém defendendo o nosso Marajó”, afirmou.
A coordenadora geral do Servifet, Andrea Cavalero, informou que ainda haverá três etapas antes da grande final. “Começamos esse processo de interiorização ano passado, pois entendemos que a gente poderia chegar mais próximo dos servidores e permitir a participação do servidor municipal, que até então não era permitido. Isso está rendendo bons frutos. Nós, da Escola de Governo, estamos muito felizes com o interesse dos servidores municipais”, disse ela.
Ano passado, a Escola de Governo do Pará (EGPA) recebeu 14 inscrições no Marajó, que saltaram para 20 mil este ano.Em Belém, as eliminatórias devem ocorrer dia 7, e a grande final será dia 13 de dezembro.
Serviço: O 7º Festival Cultura de Verão ocorre durante todo o mês de julho, em Belém e diversos municípios do Estado. As próximas apresentações, com entrada franca, serão em Mosqueiro, em Belém, e Juruti, no oeste paraense, com apoio das respectivas prefeituras. O festival é transmitido ao vivo pela Rádio, TV e Portal Cultura. Mais informações no site www.festivalculturadeverao.com.br.

Texto:
Pablo Almeida-Secom


Bombeiros registram movimento tranquilo na praia de Marudá
O efetivo de guarda-vidas do Corpo de Bombeiros Militar do Pará registrou, até sábado (13), no décimo dia de operação Verão na praia de Marudá, em Marapanim, nordeste do Estado, sete ocorrências, com atendimento de casos variados, como ferimentos provocados por objetos cortantes e crianças perdidas, entre outros.
O movimento foi tranquilo na manhã de sábado do segundo fim de semana das férias escolares em Marudá, onde o tempo ficou nublado e chuvoso. Treze militares fizeram o serviço de prevenção balneária, proporcionando tranquilidade aos veranistas.
As ocorrências mais frequentes na praia são os ferimentos provocados por objetos perfuro cortantes, e a ocorrência mais grave foi um senhor de 55 anos que chegou ao posto de atendimento com sintomas de infarto, no sábado. Após os primeiros atendimentos, o homem foi encaminhado, em uma viatura de resgate dos bombeiros, para o posto de saúde de Marapanim, para avaliação e atendimento médico especializado.
A principal orientação repassada aos pais que estão com crianças é o cuidado para não abusar das bebidas alcoólicas, para não perderem a atenção nos filhos que estão dentro d’água. Os bombeiros também alertam os banhistas para tenham cuidado com os locais que oferecem riscos, pois a praia tem um pequeno canal, que é perigoso quando a maré está secando, devido à correnteza.
Os bombeiros também distribuem em Marudá pulseirinhas de identificação, com o nome da criança e o número de contato telefônico dos pais. O serviço chamou atenção do banhista Osvaldo Oliveira, que pediu para que suas duas filhas fossem identificadas. “Esse serviço é nota mil, e deveria estar sendo oferecido em todas as praias do Pará, pois ajuda a encontrar as crianças que se perdem dos pais”, disse.
O efetivo de guarda-vidas dos bombeiros faz ainda o serviço de prevenção de acidentes nas praias do Crispim e Algodoal, com apoio de dois militares da Defesa Civil Estadual e de duas viaturas, uma de resgate e outra de salvamento terrestre.

Texto:
Carlos Reis-CBM


Mangal das Garças oferece programação especial neste mês
O Mangal das Garças promove uma programação especial nesta segunda quinzena das férias escolares. Para quem gosta de um contato próximo com os animais, a dica são os projetos diários do Momento Alimentação e Soltura das Borboletas. Para os amantes das artes, há a exposição fotográfica “Argila Flutuante”, dos artistas Elza Lima e Alexandre de Lima, e a produção do artesanato tipicamente paraense.
Quem não conhece o parque pode fazer a visita guiada do Roteiro Expresso pelos principais pontos do Mangal e ainda ficar sabendo sobre a história de Belém e alguns dados curiosos dos animais. As crianças podem usufruir de uma ampla programação, que envolve o Teatrinho do Mangal e a oficina de férias. Confira a programação completa:
Momento Alimentação (Lago da Ponta);
Alimentação das garças - de terça a domingo, às 11h, 15h e 17h30;
Peixes e tartarugas - de terça a domingo, às 9h;
Soltura das Borboletas (Borboletário) - de terça a domingo, às 10h e 16h;
Exposição “Argila Flutuante” (Memorial Amazônico da Navegação) - de terça a domingo, às 9h e 18h; às terças, a entrada é gratuita;
Roteiro Expresso (Armazém do Tempo) - Sábado, domingo e feriado às 10h;
Teatrinho do Mangal (entorno do Memorial Amazônico da Navegação): domingo (21), Cia Notáveis Clowns em “Trio limpeza pura”;
Oficina de Férias (Armazém do Tempo)
De 16 a 19 e de 23 a 26 de julho
Horário: 1ª turma, das 9h às 10h20
2ª turma, das 10h30 às 11h50
Inscrições: 3242-5052
Faixa etária para participar: 6 a 10 anos

Texto:
Fernanda Scaramuzzini-Pará 2000


Mangal das Garças encerra segunda turma da Colônia de Férias
Terminou no último sábado (13) a segunda turma da Colônia de Férias do Mangal das Garças. Cada participante convidou os responsáveis e irmãos a participar da cerimônia de encerramento. No espaço construído para receber as atividades, as crianças mostraram tudo que produziram, de lápis com peixes e tartarugas de biscuit, mochilas de materiais recicláveis, à porta-retratos personalizados com foto da turma. Eles agora fazem parte do Clubinho do Mangal.
“Passamos o conhecimento sobre a água e a preservação do meio ambiente como um todo. Fazer a colônia no espaço do Mangal favoreceu muito a nossa metodologia. Aqui eles aprenderem com a equipe do parque a diferenciar o sexo da iguana, as fases das borboletas e muito mais”, disse o coordenador da atividade, Marcos Wilson.
A colônia também foi espaço para o voluntariado. Três crianças participaram nesta segunda turma como voluntários. Para a pequena Aline Sanches, foi uma experiência estimulante. “É muito legal. Além de ensinarmos, também aprendemos muito. Foi estimulante, e uma sensação muito boa poder participar. Gostaria de agradecer a todos pela oportunidade”, disse. A Colônia de Férias 2013 formou em duas turmas 57 crianças
Para quem vai ficar em Belém neste mês de julho, o Mangal das Garças preparou uma oficina de férias, entre os dias 16 e 19 e 23 e 26, em dois horários: das 9 horas às 10h20 e das 10h30 às 11h50. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (91) 3242-5052 ou pelo e-mail clubinho@mangalpa.com.br.

Texto:
Fernanda Scaramuzzini-Pará 2000


Bombeiros fazem prevenção em Outeiro na operação Verão 2013
Um destacamento de 23 guarda-vidas do Corpo de Bombeiros Militar do Pará assegura a tranquilidade dos banhistas que procuram as praias da ilha de Outeiro, neste segundo fim de semana das férias escolares. Militares da seção de atividades técnicas do quartel de Icoaraci fazem vistorias nas barracas, com o objetivo de proporcionar mais segurança aos veranistas.
Os guarda-vidas iniciaram o trabalho de prevenção em Outeiro no dia 4 de julho. Doze voluntários da Cruz Vermelha e dez militares do Corpo de Bombeiros reforçam o serviço nos fins de semana, nas praias Grande, do Amor, dos Artistas, Barro Branco e Brasília. O caso mais grave registrado até agora foi o afogamento de uma criança de 5 anos, ocorrido no último dia 6.
O maior número de ocorrências atendidas é de crianças perdidas. Somente no último domingo (7), 42 se perderam dos pais ou responsáveis nas praias de Outeiro. Na praia Grande, a mais frequentada, 600 pulseirinhas de identificação estão sendo distribuídas nos dias de maior movimento.
As crianças perdidas são levadas até os postos de atendimentos dos bombeiros, e os responsáveis são imediatamente informados, mas alguns demoram até uma hora e meia para atender o telefone, demonstrando, para os socorristas, a irresponsabilidade com os filhos.
Karina Yasmim, 4 anos, recebeu a pulseirinha e pediu logo para ser identificada. Nilton Pereira, que estava aproveitando a sexta-feira (12) em Outeiro com os dois filhos, também identificou as crianças. “Essa iniciativa dos bombeiros é boa e muito importante, porque, caso algum acidente ocorra, as crianças estão identificadas”, disse. A mesma opinião tem Débora Barbosa, mãe de Pablo Henrique, de 8 anos. “Esse serviço é ótimo, pois o meu filho já se perdeu aqui na praia, e a pulseira de identificação nos ajudou a reencontrá-lo”, contou.
Entre as principais orientações dadas aos pais e responsáveis, está o cuidado que os pais devem ter com os filhos dentro d’água. Além disso, pessoas alcoolizadas devem evitar entrar na água. Também é necessário observar as linhas das pipas com que as crianças brincam na praia.
Militares do Corpo de Bombeiros também fazem vistorias técnicas nas barracas das praias de Outeiro. O efetivo de guarda-vidas estará durante todo o mês de julho trabalhando na operação Verão 2013 em Outeiro, para evitar acidentes e oferecer tranquilidade aos banhistas que procurarem as principais praias das ilhas para aproveitar o verão.

Texto:
Carlos Reis-CBM


Segurança e saúde garantem tranquilidade a veranistas em Salinas
Segurança, orientação e organização. Essas foram os principais serviços encontrados pelos veranistas que optaram passar o segundo fim de semana de julho em Salinópolis, no nordeste do Estado. Uma intensa ação de segurança foi montada na cidade pelo governo do Estado. Nas principais praias do município e em diversos pontos da localidade, é possível encontrar postos de policiamento, agentes de trânsito e homens do Corpo de Bombeiros.
“Este ano a operação foi ainda mais intensificada. Os órgãos de segurança estão mais integrados e a fiscalização, mais completa”, disse o major Sidney Profeta, comandante da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Ele informou ainda que, somente em Salinas, existem oitos postos de fiscalização da PRE, que vão desde o início da rodovia PA-324 até a praia do Atalaia.
No total, 80 agentes da PRE estão presentes no município. Em cada posto, eles fazem fiscalização, abordagem e a aplicação do etilômetro. “O fluxo de veículos tem aumentando bastante, mas percebemos que, devido à nossa intensa atuação, os índices de acidentes até agora são considerados satisfatórios”, avaliou o major. Segundo a PRE, até agora foram registrados dois acidentes em Salinópolis, todos sem gravidade.
Na praia e nas ruas de Salinas o policiamento também foi reforçado. O efetivo, que é de 140 policiais, ganhou o reforço de mais 60, com a presença da Ronda Tática Metropolitana (Rotam), Cavalaria e Comando de Policiamento da Capital. “Recebemos dez novas viaturas do governo do Estado e já estamos com elas nas ruas para reforçar a segurança no veraneio”, afirmou o major Miguel Freitas, comandante do poliamento no município.
Saúde – As coordenadorias estaduais de aids e hepatite também estão presentes em Salinas. Mais de 20 mil preservativos estão sendo distribuídos por fim de semana, além de material educativo e preventivo contra doenças sexualmente transmissíveis.
A Polícia Civil está com duas Unidades Integradas de Polícia (delegacias móveis), fazendo os serviços de boletim de ocorrência, registro de crianças desaparecidas e denúncias de abuso sexual. A equipe também distribui materiais educativos sobre violência contra a mulher, discriminação e homofobia, exploração sexual de crianças e dicas para um verão com segurança e diversão.
Telefones úteis:
Emergência – 190
Disque Denúncia – 181
Disque Silêncio (Salinas) – 9987-7690
Polícia Militar (Salinas) – 8883-6836
Polícia Rodoviária Estadual – 8886-1117

Texto:
Bruna Campos-Secom


Bolsa Família: Declaração do senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB

“O resultado da investigação da Polícia Federal sobre o episódio dos boatos do fim do Bolsa Família comprova a irresponsabilidade da ministra Maria do Rosário e de outros dirigentes do PT que culparam a oposição pelo ocorrido. Fica claro também que a Caixa Econômica Federal não pode se eximir da responsabilidade sobre o caso, que gerou tanto desespero e aflição a milhares de famílias. Mais uma prova de que as marcas do atual governo são o improviso, a falta de planejamento e de gestão, e a pouca coragem de assumir suas responsabilidades, o que afeta diretamente a vida dos brasileiros, sobretudo daqueles que mais precisam do apoio do poder público. Aguardamos que todos os que no governo se manifestaram de forma leviana em relação à oposição venham a público se manifestar em respeito aos brasileiros.”

Senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB.


Nota à imprensa da Liderança do PSDB no Senado – A Polícia Federal desperdiçou seu tempo
A Polícia Federal desperdiçou seu tempo. Logo depois da corrida aos caixas eletrônicos, ficou evidente a culpa de Jorge Hereda e de sua diretoria pelos sofrimentos infringidos a milhares de cidadãos beneficiários do Bolsa Família.

Eles mesmos confessaram que, ao alterar a rotina estabelecida para o pagamento do beneficio, sem comunicação prévia, fizeram essas pessoas de cobaia para uma experimentação e, com isso, provocaram os tumultos.

Os dirigentes da Caixa Econômica Federal, em vez de reprimenda, receberam rasgados elogios da presidente: é o padrão de "gestão PT".

O presidente do PT, Rui Falcão, e a Ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário, acusaram a oposição. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e Dilma Rousseff gritaram: é crime!

Tudo isso foi lorota para encobrir a irresponsabilidade doidivanas dos hierarcas petistas instalados na cúpula de uma instituição respeitável.

Brasília, 12 de julho de 2013
Aloysio Nunes Ferreira, líder do PSDB no Senado

Técnicos da Seduc e do BID avaliam projetos pela melhoria do ensino
Técnicos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) encerraram nesta sexta-feira (12) a missão de arranque do programa de expansão da cobertura e melhoria da qualidade da educação básica do Estado do Pará, o qual prevê a operação de crédito no valor de US$ 350 milhões, com contrapartida local. As reuniões com líderes e responsáveis por mais de 30 projetos, que integram o Pacto pela Educação do Pará, ocorreram durante toda a semana, na sede da Seduc e em outras secretarias do governo.
A missão fez a análise e a revisão dos principais documentos e ajustes no cronograma, entre outras ações. “Recapitulamos tudo o que foi preparado até o momento e estamos na fase de preparação das equipes para a implementação efetiva do programa”, explicou o consultor em educação do BID, Marcelo Pérez Alfaro, que avaliou o andamento dos projetos como positivo. “É boa a evolução do trabalho, na conformação da equipe e na conceituação dos projetos”, acrescentou, informando que haverá, ainda, uma pós missão de arranque e, depois, a assinatura do contrato.
No Brasil, o último programa de operação de crédito do BID para a área da educação foi em 1998, junto ao governo federal. O programa paraense – que tem como principal meta elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em 30% em cinco anos – é o primeiro desde então. O recurso financeiro a ser obtido será aplicado na ampliação, recuperação e modernização da infraestrutura, melhoria da qualidade de ensino e aperfeiçoamento da gestão da rede estadual até 2017. “O Pará está atacando, de forma decisiva, problemas históricos da educação básica nessas três frentes estratégicas com o programa”, avaliou o consultor do BID.
A construção do projeto paraense de reversão do cenário da qualidade da educação básica começou em 2011, com a identificação de indicadores e o diagnóstico da situação do ensino no Estado, quando foram identificadas e confirmadas deficiências como aprendizagem baixa, condições de infraestrutura inadequada, alta distorção idade versus série entre os estudantes, além de poucos avanços no Ideb, principal indicador da qualidade da educação básica, desde sua criação em 2005.
O Ideb é um indicador bienal criado em 2005 e aplicado a partir de 2007, que avalia as escolas municipais, estaduais e particulares da educação básica brasileira. Participam do levantamento estudantes dos anos iniciais (4ª e 5ª série) do ensino fundamental, das séries finais (8º e 9º ano) do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio. O indicador é calculado a partir do desempenho dos alunos na Prova Brasil, que avalia as habilidades em português e matemática; e do fluxo, que mede os índices de aprovação ou reprovação dos estudantes e de abandono.
No último Ideb, em 2011, nos anos iniciais do ensino fundamental, o Pará obteve nota 4,2, superando a meta estabelecida, que era de 3,5. Nos anos finais, o estado, que tinha a nota 3,8 como meta prevista, atingiu a nota 3,7. No ensino médio, a meta prevista era de 3,1 e as escolas paraenses obtiveram nota 2,8. As notas do ensino médio do Pará, por exemplo, vêm oscilando desde 2005, quando o Ideb foi criado. Esse nível de ensino partiu da nota 2,8, em 2005, chegando a 2,7, em 2007, a 3,1 em 2009, e a 2,8 ano passado.
Investimento - Do total de recursos previstos no programa de expansão de cobertura e melhoria da qualidade da educação básica do Estado do Pará, cerca de US$ 220 milhões serão investidos na infraestrutura de escolas da rede estadual. Esse recurso equivale a mais de 62% do montante adquirido junto ao BID somados à contrapartida local. Serão aplicados US$ 100 milhões especificamente na ampliação, reforma e aquisição de equipamentos de 358 unidades escolares, dos quais US$ 57.342,05 recursos do empréstimo junto ao BID e US$ 43 milhões de recursos locais.
O atendimento no ensino médio também será ampliado com esses investimentos. O projeto prevê a construção e aquisição de equipamentos de 30 novas escolas de ensino médio e duas de ensino profissional. Para isso, serão aplicados US$ 101 milhões, dos quais US$ 58 milhões do BID e US$ 43 milhões de recursos estaduais.
Especificamente para a melhoria da qualidade do ensino serão investidos mais de US$ 85 milhões de dólares em diversos projetos que, inclusive, já são realidade de rede estadual de ensino: Aceleração da Aprendizagem, Reforço Escolar, Apoio para a implementação do Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa (Pnaic), Programa Jovem de Futuro, Formação e Qualificação Profissional, Melhoria da Gestão e formação e qualificação de professores. Estão previstos, também, a criação de um centro de formação docente e de um sistema próprio de avaliação, entre outros.
O secretário de Estado de Educação, Cláudio Ribeiro, destacou a importância estratégica do projeto. “Temos um projeto claro, que possibilita mudar os rumos da educação de forma sustentável, com objetivos bem definidos, consolidando uma política de educação”, disse, ao apontar as etapas percorridas até agora, desde o diagnóstico da educação básica no Estado, o planejamento feito coletivamente, a concepção das ações e a forma de implementação.
“As demandas da educação do Pará são de tal ordem e magnitude, além de urgentes, que se não procurássemos parceiros, inclusive externos, não seria possível fazer as mudanças necessárias no tempo necessário”, afirmou.

Texto:
Mari Chiba-Seduc


PRE registra aumento no fluxo de veículos no 2º fim de semana de julho
No segundo fim de semana de julho, aumenta consideravelmente o fluxo de veículos que deixa Belém rumo aos balneários do interior do Estado. Nesta sexta-feira (12), os destinos mais procurados pelos veranistas são as praias do distrito de Mosqueiro e do município de Salinópolis, no nordeste paraense. Segundo dados da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), somente na barreira localizada na rodovia PA-391, que dá acesso a Mosqueiro, o movimento cresceu cerca de 60% em relação ao fim de semana passado.
Segundo o responsável pela fiscalização na barreira da PRE na PA-391, tenente Adriano Dantas, apesar do fluxo intenso, não foi registrado nenhum acidente grave, mas algumas infrações foram registradas. “As principais são a falta do uso do cinto de segurança e da cadeirinha, ultrapassagem em locais indevidos e excesso de velocidade”, detalha.
Em Salinas, a barreira da PRE localizada na PA-124 – que dá acesso às praias da região – registrou uma média de 35 veículos por minuto. “Desde a manhã desta sexta-feira, o fluxo de veículos está bastante intenso e crescente. Acredito que neste sábado (13) e domingo (14), o movimento deve aumentar consideravelmente”, estima o comandante da PRE, major Sidney Profeta.
Segundo ele, os agentes estão fazendo também um trabalho preventivo, principalmente com orientações ao condutor em relação ao consumo de bebida alcoólica, respeito à legislação de trânsito, ultrapassagem em local proibido, uso do cinto de segurança e da cadeirinha e excesso de velocidade – uma das principais causas de acidentes nas estradas intermunicipais.
“Durante esta semana, foram registrados dois acidentes, uma colisão entre um veículo modelo Ford KA e um modelo S-10, na PA-124, com duas vitimas fatias. No dia seguinte, houve um pequeno acidente envolvendo uma moto e um carro, causando apenas danos materiais”, informa.
O posto da PRE localizado na rodovia PA-483 – de acesso à Alça Viária – vem registrando um fluxo baixo de veículos em ambos os sentidos, conforme explica a cabo Carleise Costa. Segundo ela, o movimento deve aumentar durante a noite e na manhã de sábado. Carleise conta ainda que nenhuma ocorrência grave ou relevante foi registrada durante a semana, mas cerca de 15 notificações foram feitas. “A maior infração detectada foi a falta do uso dos equipamentos obrigatórios e de segurança”, diz.
Detran – O Departamento de Trânsito do Estado (Detran) trabalha em conjunto com os órgãos de segurança pública e de trânsito que atuam na operação Verão na Paz 2013. Além de Belém, 27 municípios do interior recebem as ações. Segundo o diretor operacional do Detran, Rodolfo Ferreira, o foco é a prevenção, ou seja, orientar os condutores no sentido de coibir os excessos, como os de velocidade e de passageiros no veículo e a condução de crianças menores de 7 anos e meio sem a cadeirinha. “Estamos com atenção redobrada para esses tipos de infrações”, assevera.
Os agentes do Detran estão atuando nos municípios com barreiras e monitoramento motorizado. Quinze motocicletas estão sendo usadas para a fiscalização em praias e ruas. Além disso, está em execução a operação Transito sem álcool, específica para o combate à alcoolemia no volante.
“Foram lavrados até agora mais de mil autos de infração de transito em situações diversas, como licenciamento em atraso, condução de veículo sem habilitação, falta do uso do cinto de segurança, uso de telefone celular durante a condução do veículo e também alcoolemia ao volante, do qual tivemos mais de dez casos somente em Salinas. Nos 27 municípios em que estamos atuando, tivemos em torno de 30 casos de alcoolemia ao volante”, revela Rodolfo Ferreira.
Em Belém, o Detran faz ainda o levantamentos de acidentes de trânsito, para atender as ocorrências. Além disso, as ações de fiscalização ocorrem em pontos estratégicos da Região Metropolitana de Belém (RMB) e nos distritos de Outeiro e Icoaraci. “Muita gente vai aos balneários da região, por isso intensificamos as ações nessas localidades”, finaliza o diretor.

Texto:


Santa Casa e Sespa participam de reunião sobre saúde materno-infantil
Representantes da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará participaram da reunião, convocada pelo procurador geral de Justiça do Estado, Marcos Antônio Ferreira das Neves, que abordou o tema “A saúde materno-infantil com ênfase na atenção básica e na regulação”. O encontro ocorreu nesta sexta-feira (12), no auditório da Promotoria de Justiça da Infância e Juventude, do Ministério Público do Estado.
A reunião teve a presença de promotores lotados em municípios da Região Metropolitana de Belém. Pela Santa Casa, a assistente social Rutinele Andrade e a enfermeira Gisele Julieta participaram do debate. A coordenadora estadual de Saúde da Criança da Sespa, Ana Cristina Guzzo, disse que o Estado ampliou o número de leitos e que agora trabalha para acrescentar qualidade ao serviço de atenção básica à saúde do município. “Precisamos de entendimento deste processo”, enfatizou.
De 2011 a 2012, a Santa Casa registrou ganhos de leito. Na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal, o quantitativo subiu de 40 para 50 leitos. Na Unidade de Cuidados Intermediários, o incremento foi de 67 para 107 leitos, e na Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica, o número pulou de cinco para dez. Além disso, Cristina Guzzo ressaltou que há fóruns internos para a expansão da Rede Cegonha, programa do governo federal de atenção à gestante e ao bebê.
A promotora Suely Cruz falou sobre a necessidade da regulação de pacientes. “Não pode ser na base do ‘Belém é que se vire!’”, defendeu ela, preocupada com a prática de gestores municipais não proporcionarem atendimentos hospitalares nas cidades do interior. Segundo a promotora, alguns municípios optam por oferecer apenas transporte para o atendimento do paciente a Belém.
Marco Antônio Neves divulgou a criação de um grupo de atuação, formado por promotores, na área da saúde. Segundo ele, desta forma, o Ministério Público agirá para contribuir com o seu papel constitucional. A previsão é que a portaria que oficializa o grupo saia já na próxima semana. O procurador geral pediu a colaboração de profissionais da área para tornar a atuação dos promotores mais eficiente.

Texto:
Nilson Cortinhas-Santa Casa


Governador acompanha a Caravana Oftalmológica em Terra Alta
O governador Simão Jatene esteve nesta sexta-feira (12) no município de Terra Alta, no nordeste do Pará, em mais uma Caravana Oftalmológica do Pro Paz, que oferece exames, consultas e cirurgias de graça. Jatene visitou as instalações do mutirão, que começou o trabalho por Santa Isabel do Pará, no último dia 4 de julho, e já percorreu três municípios da região.
O governador conversou com pessoas beneficiadas pela ação e agradeceu pelo empenho de todos os profissionais envolvidos no trabalho, destacando a importância da ação. “A Caravana Oftalmológica e o Cheque Moradia são projetos que nos emocionam muito, porque eles visam atender as pessoas que mais precisam. Quando você vê uma pessoa que cuidava da família perder a visão, percebe que ela perde mais que a visão, ela praticamente perde a alegria de viver”, disse, lembrando que a ação devolve esse bem aos pacientes atendidos.
O aposentado Gilson Limai, 65 anos, foi um dos primeiros atendidos em Terra Alta. Ele vivia a expectativa da chegada da caravana e vinha acompanhando pelo rádio o cronograma por onde os médicos passavam. “Sei que o atendimento começou pelo Marajó e já passou por Santa Isabel, Santo Antonio e São Caetano, e hoje está aqui no meu município. A ansiedade é grande. Já fiz uma consulta há muito tempo, e agora estou aqui para saber se vai haver a necessidade de me operar. Muita gente precisa desse tipo de atendimento”, afirmou.
Tito Silveira, 78 anos, saiu do distrito de Mocajubinha para sanar os problemas na visão que vem sentindo há muito tempo. “Soube da chegada dos médicos e pedi para o meu filho me trazer até aqui. Fiz a consulta e o médico constatou que eu precisava me operar de catarata nos dois olhos. Foi muito bom e rápido. Agora é esperar o resultado, que tenho certeza vai ser um dos melhores”, contou.
Manoel Barreto, 74 anos, mora próximo do bosque municipal, local onde foi montada a estrutura da caravana. Ele aproveitou para, pela primeira vez, ter uma consulta com o oftalmologista. “Eu já estava com a vista toda escurecida e causando desconforto para minha família, pois estava pedindo auxilio para realizar certas tarefas, fui cedo e conseguir atendimento com o “doutor dos olhos” e me operei agora esperar o descanso e seguir as recomendações para voltar a ter a minha visão”, festejou.
O oftalmologista Clécio Takata é o responsável na caravana pelos exames feitos nos pacientes. Ele detecta problemas na retina e no nervo óptico. “O que podemos detectar aqui é que muitas pessoas perderam a visão ou estão com algum problema, o que geralmente acontece por falta de acompanhamento de um profissional da área. A caravana tem essa possibilidade de tratar e dar os encaminhamentos necessários para a população”, explicou.
O prefeito de Terra Alta, Gilvandro do Nascimento, disse que a Caravana Oftalmológica do governo do Estado é de grande importância para o município. “Estamos muito satisfeitos. Essa ação está beneficiando principalmente a nossa população idosa. Esta manhã ainda fomos beneficiados com a entrega de duas viaturas para as polícias Civil e Militar”, completou.
Até o começo da tarde desta sexta-feira, a Caravana Pro Paz Oftalmológica em Terra Alta já havia feito 575 consultas e 239 procedimentos cirúrgicos. O próximo município a receber o mutirão será São João da Ponta, domingo (14). A ação segue depois para Marapanim (16 e 17), Magalhães Barata (18), São Francisco do Pará (21), Inhangapi (23) e São Domingos do Capim (25).

Texto:
Antenor Filho-Secom


Unidade Integrada Pro Paz encerra as atividades da Colônia de Férias
Um grupo de 350 crianças e 64 adultos participou, durante cinco dias, de atividades esportivas, de lazer e cultura oferecidas durante a Colônia de Férias da Unidade Integrada Pro Paz (UIPP) da Terra Firme, em Belém. A programação teve como objetivo aproximar a população do bairro, com as ações da UIPP, além de combater a ociosidade dos jovens durante o recesso escolar.
O jovem Yarley Damasceno, 10 anos, estava bastante feliz e disse que gostou mais das atividades esportivas, enquanto reunia os amigos para jogar a última partida de futebol na Colônia de Férias. “Gostei de muita coisa aqui. Antes de começar as atividades, ficava em casa sem fazer nada, apenas assistindo à televisão. Aqui consegui montar um time com todos os meus amigos e jogar vôlei, basquete e muito futebol”, disse.
Para os irmãos Yuri e Yasmin Teixeira, ambos de 9 anos, a Colônia de Férias da UIPP possibilitou o aprendizado de novas atividades, que até o momento eles não conheciam. “Foi muito legal, porque consegui aprender como se joga xadrez. Todos os professores nos ensinaram com muito carinho. Também gostei muito de fazer desenhos das lendas da Amazônia, como o Curupira, a Iara e do Boto”, disse Yasmin.
Para Yuri, as melhores oficinas foram as de xadrez e de pipa, ministradas em parceria com a Celpa, que alertaram sobre os perigos de usar linha com cerol e de brincar próximo à rede elétrica. “Além de aprender a jogar xadrez junto com a minha irmã, aprendi a brincar com pipa. Não sabia que era perigoso brincar perto de fio elétrico, agora vou tomar mais cuidado”, afirmou.
Para a representante da Colônia de Férias da comunidade da Terra Firme, Ioná Cavalcante, que trabalha há sete anos com crianças, ações como esta ajudam a diminuir os índices de violência entre os jovens, além de serem opção de lazer para quem não pode viajar durante as férias.
“É muito bom trabalhar em ações como essa, porque percebemos a satisfação das crianças em participarem. Elas ficam tão empolgadas que nos perguntam quando vai ter uma atividade igual a essa no nosso bairro. Conseguimos levá-las até o Fumbosque, oferecendo uma opção a mais de lazer, e contamos com o apoio do policiamento comunitário, dos próprios moradores e de feirantes da Ceasa, que ofereceram frutas a alimentação”, informou.
A coordenadora pedagógica da UIPP e moradora da Terra Firme, Luciana Costa, disse que ver a alegria das crianças compensa todo o trabalho feito durante os cinco dias de programação. “Com a Unidade Integrada Pro Paz, as crianças do bairro têm uma perspectiva muito melhor. Pessoas vêm de outros bairros até a Terra Firme para que possam ser atendidas por nós. Os moradores do bairro e de outras localidades podem andar com segurança graças à UIPP”, pontuou.
Segundo a coordenadora da UIPP, Simone Lopes, a Colônia de Férias superou todas as expectativas e serviu para aproximar as famílias do bairro. Ela anunciou que, a partir de agosto, os jovens do bairro terão a volta dos cursos profissionalizante. “Essa ação foi fundamental para aproximar as crianças e as famílias do governo, fortalecendo a relação do Estado com a comunidade. Essa aproximação é tão visível que os cursos profissionalizantes, que começam em agosto, já estão com todas as vagas preenchidas. Serão ministrados os cursos de manicure e pedicure, mecânica de motos e mecânica de autos”, informou.
A Colônia de Férias da UIPP ocorreu entre os dias 8 e 12 deste mês, com a parceria das polícias Civil e Militar, Instituto de Artes do Pará (IAP), feirantes da Ceasa e Celpa.

Texto:
Brena Moreira-Pro Paz


Escola Rodrigues Pinajé encerra colônia de férias com premiação
A Escola Estadual Rodrigues Pinagé fez nesta sexta-feira (12) a premiação dos alunos que participaram dos jogos da Colônia de Férias 2013. Foram 15 dias de muitas atividades, com jogos de futsal, queimada, vôlei e campeonato de pipas, que movimentaram a instituição de ensino nessas férias escolares.
Os alunos também tiveram a oportunidade participar de passeios e assistir a vídeos educativos, além de palestras sobre educação ambiental e preservação do meio ambiente, com a plantação de mudas nas dependências da escola. O aluno Júlio César Assunção foi um dos vencedores da colônia. “Adorei ter passado parte das minhas férias na escola e aprendendo muito”, disse. Para Braiam Saimon, da quarta série, passar as férias na escola e poder ficar mais tempo com os colegas de turma foi excelente.
Para a diretora da escola, Carmem Lúcia Pinheiro, essa foi uma forma de afastar as crianças e adolescentes da ociosidade nas ruas. “Nesse período, eles aprenderam muitas coisas boas, plantaram mudas, passearam e assistiram a filmes, ocuparam o tempo com atividades educativas e construtivas, além de terem se comportado muito bem, pois trabalhamos a questão da disciplina com eles também”, enfatizou.
Segundo a gestora da 5ª Unidade Seduc na Escola (USE), Josiane Figueiredo, essas atividades são importantes para o desenvolvimento do aluno. “Muitos estudantes não têm a oportunidade de viajar e sair de férias com a família, então isso tudo é uma forma de lazer para eles, que aproxima a comunidade da escola”, afirmou. A Escola Rodrigues Pinagé também desenvolve outros projetos por meio do programa Mais Educação, como horta escola, futsal, música, letramento, caratê e reforço escolar de matemática e língua portuguesa.
Além disso, a escola está recebendo uma reforma geral no valor de R$ 763.039,79, que contemplará o telhado, instalações elétricas e hidráulicas, troca do piso, pintura e construção de dois novos banheiros, um para atender os alunos com necessidades especiais e outro para a educação infantil.

Texto:
Eliane Cardoso-Seduc


Estrutura do Hangar impressiona membros do Comitê Olímpico Brasileiro
Representantes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) conheceram a estrutura do Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, que vai receber o maior evento estudantil esportivo do Brasil: os Jogos Escolares da Juventude. O objetivo da visita da última quinta-feira (11) foi avaliar os espaços do complexo. O resultado foi positivo: a equipe aprovou a estrutura e a arquitetura do Hangar.
Os Jogos Escolares da Juventude vão transformar o Pavilhão de Feiras, as salas multiuso e os auditórios do centro de convenções em espaços de competições esportivas. Cerca de cinco mil atletas devem vir a Belém para o evento. Para receber todos os inscritos nos jogos, o COB precisava de um local versátil e com boa estrutura.
Para o gerente de Esporte Estudantil do Comitê Olímpico Brasileiro, André Mattos, os jogos estarão muito bem sediados em Belém. “A capital paraense foi escolhida por dois motivos: a vontade do governo do Estado de receber o evento e a estrutura do Hangar. O local é excelente. Atende às nossas necessidades de infraestrutura. A arquitetura é de um bom gosto incrível e ainda poderemos preparar as 55 mil refeições que serão feitas na cozinha industrial do próprio centro e servidas em um restaurante que vamos montar no Pavilhão de Feiras durante todo o período do evento”, revela.
Os Jogos Escolares da Juventude ocorrem entre os dias 7 e 14 de novembro. Durante os quase dez dias de evento, cerca de R$ 5 milhões serão investidos na economia do Pará. A disputa também vai aquecer o setor hoteleiro: 27 mil diárias já foram reservadas nos hotéis mais próximos ao centro de convenções.
Os Jogos Escolares da Juventude são referência internacional em eventos esportivos. Em 2013, Natal e Belém (pela primeira vez) recebem a programação. O evento é promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro, Ministério do Esporte e Organizações Globo.

Texto:
Camila Barros-Pará 2000


APA da Ilha do Combu é alternativa para esse verão
A Área de Proteção Ambiental (APA) da Ilha do Combu, gerenciada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e localizada na margem esquerda do Rio Guamá, em frente à orla de Belém, é opção para quem quer aproveitar a tranqüilidade da natureza nessas férias de julho. Parte do Distrito Administrativo do Outeiro (Daout) e a uma distância de um quilômetro e meio ao sul da cidade, o turismo no Combu é um programa tradicional entre os paraenses graças à proximidade e fácil acesso ao local com preço acessível.
As visitas à ilha podem ser feitas o ano todo. A travessia dura em média 15 minutos e é feita por embarcações que saem todos os dias, às 10h, do porto localizado na Praça Princesa Isabel, no bairro da Condor, em Belém. Os visitantes ainda podem aproveitar o passeio para tomar banho de rio, apreciar a natureza e dar uma volta de barco, além de apreciar a comida típica paraense, oferecida pelos restaurantes tradicionais como “Saldosa Maloca” e “Combu da Amazônia”, que funcionam das 10h às 18h no período das férias de julho.
De infraestrutura simples e confortável, alguns estabelecimentos têm atividades de lazer, como parquinhos para as crianças e trilhas ecológicas para quem quiser se aventurar na ilha. As atividades são feitas sem acompanhamento de um guia, mas o visitante é orientado a respeitar a sinalização indicativa dos limites da trilha, bem como a conservar o meio ambiente.

Texto:
Káthia Oliveira-Sema


Jatene entrega viaturas para reforço da segurança em 22 municípios do nordeste paraense
Vinte e dois municípios do nordeste paraense foram contemplados com a entrega, feita pelo governador Simão Jatene nesta sexta-feira, 12, em Castanhal, de 114 veículos para o reforço das ações de segurança pública. Os carros (passeio e pickup), motocicletas e a viatura auto-tanque do Corpo de Bombeiros serão distribuídos entre os municípios de Castanhal, São Francisco do Pará, Igarapé-Açu, Maracanã, Magalhães Barata, São Domingos do Capim, Inhangapi, Terra Alta, Curuçá, Marapanim/Marudá, Santa Izabel do Pará, Santo Antônio do Tauá, Vigia de Nazaré, Colares, São Caetano de Odivelas, São João da Ponta, São Miguel do Guamá, Santa Maria do Pará, Irituia, Tomé-Açu, Concórdia do Pará e Bujaru.
A entrega das viaturas faz parte do pacote de medidas de combate à violência lançado pelo governador no final do mês passado. Ao todo, o Governo do Pará está entregando cerca de mil carros e mais 400 motocicletas para renovar e ampliar a frota da Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros e Centro de Perícias Científicas (CPC) Renato chaves.
“Tudo o que nós pretendemos com esses investimentos é equipar melhor a nossa polícia para que possamos prestar um melhor serviço à população, principalmente com a redução da violência. Todos sabem que esse é um problema nacional muito grave, mas é importante entendermos que só com a união de forças conseguiremos combater este mal. Por isso fico feliz com a presença de mais de 20 prefeitos aqui conosco, além dos deputados e lideranças de cada município. Acho que só este esforço conjunto suprapartidário é capaz de fazer com que a gente, efetivamente, reduza a violência e melhore a qualidade da nossa segurança pública”, disse o governador.
O diretor de Polícia do Interior, delegado Silvio Maués, afirmou que os recentes investimentos feitos pelo governo têm contribuído significativamente para o trabalho das polícias Militar e Civil. “Na história desse Estado, nós não temos antecedentes de tantos investimentos destinados à área de segurança pública. Não só em relação à aquisição de meios materiais, como veículos, equipamentos e treinamento, mas também pelas condições de infraestrutura. Diversas Unidades Integradas foram entregues, oferecendo um espaço confortável e agradável tanto para os servidores, quanto para a população”, ressaltou.
Cabo da PM há 6 anos, o policial Alberto Bragança, destacou a importância dessas ações e repasses. “Nós que trabalhamos na região do Salgado, que tem clima predominantemente quente, precisamos andar com carros que tenham ar condicionado e agora todas as nossas viaturas são equipadas com ar. Isso acaba nos dando um conforto maior e faz com que possamos trabalhar melhor e oferecer uma resposta mais rápida para a população”, disse.
O funcionário público João de Souza Melo, 56 anos, morador do município de Castanhal há 30 anos, afirmou que a população ansiava pela chegada de novas viaturas e novos investimentos na área da segurança. “Ver toda essa estrutura aqui nos traz a certeza de que nossa cidade terá mais segurança. Eu fiz questão de vir aqui conferir as novas a entrega das viaturas e vou cobrar se precisar delas em algum momento”, enfatizou.
Os veículos entregues, por órgão, foram: 
Polícia Militar:
Picape – 31
Carros de passeio – 39
Motos: 15

Policia Civil:
Picape – 20

Renato Chaves – 3 (picapes)
Bombeiros – 1 viatura auto-tanque (equipamento completo de combate à incêndio)
Polícia Rodoviária Estadual: 5

Texto:
Bruna Campos-Secom


Ações da Sespa nas praias de Mosqueiro e Outeiro lembram o Dia do Homem
A equipe da Coordenação Estadual da Saúde do Homem, da Secretaria de Estado de Saúde Pública, desenvolverá ações educativas neste sábado, 13, e domingo, 14, sempre das 7 às 12 horas, na praia do Farol, em Mosqueiro, e na praia Grande, de Outeiro, para mostrar aos homens a importância dos cuidados com a saúde. Realizadas em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) e com 1º Centro Regional de Saúde (1º CRS) da Sespa, e incorporadas a outras ações realizadas pelo governo estadual, as atividades marcam o Dia Internacional do Homem, comemorado em 15 de julho.
O objetivo da ação é conscientizar o público masculino da necessidade de procurar, com mais freqüência, atendimento médico a fim de evitar ou tratar, a tempo, doenças crônicas como diabetes e hipertensão, de forma de prevenir agravos como sessões de hemodiálise ou seqüelas de um possível Acidente Vascular Cerebral (AVC), em função do descontrole da pressão arterial, atribuído, entre outros fatores, ao uso excessivo do sal na comida.
Nas duas praias, técnicos da Sespa estarão distribuindo panfletos com as mais diversas orientações sobre saúde e preservativos, que podem ajudar na prevenção à Aids e outras Doenças Sexualmente Transmissíveis, como a sífilis e a hepatite B. A respeito do Dia do Homem, o Ministério da Saúde atesta que atualmente eles apresentam maior taxa de mortalidade do que as mulheres em praticamente todo o ciclo de vida. A cada três mortes de pessoa adulta no país, duas são de homens. Os homens vivem sete anos menos, em média, do que as mulheres.
Como parte da programação em Mosqueiro, técnicos envolvidos na ação também estarão distribuindo materiais educativos sobre saúde pública aos participantes da Corrida de Versão, promovida pelo Sesc, no sábado pela manhã, a partir da praia do Farol.
Prevenção é a pedida do verão
Além da mobilização em torno do Dia do Homem, técnicos da Sespa percorrem, durante os finais de semana de julho, as principais praias e balneários do litoral paraense para orientar os veranistas sobre os cuidados com a saúde. As ações são executadas pelos 13 Centros Regionais de Saúde (CRS) espalhados pelo Estado.
Hospitais e unidades de saúde vinculados à Sespa foram reforçados para atender a demanda nos locais onde se concentra o maior número de visitantes. Os banhistas recebem orientações sobre prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), Aids e hepatites virais, entre outras. Também haverá ações relacionadas às doenças endêmicas como malária, dengue e leishmaniose, nas localidades de maior incidência para estes agravos.
Ao todo, o Ministério da Saúde destinou 1,7 milhão de preservativos masculinos e 100 mil femininos, para serem entregues a públicos específicos, como mulheres já infectadas ou que tenham parceiros soropositivos e profissionais de sexo. Além disso, a Coordenação Estadual de DST/Aids vai ofertar testes para HIV nos municípios de Abaetetuba, Barcarena, Bragança, Salinópolis, Cametá e Peixe-Boi. O trabalho será feito com o apoio dos municípios em algumas unidades de saúde e Centro de Testagem e Acolhimento (CTA) destas localidades, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.
Segundo a coordenadora estadual de DST/Aids, Débora Crespo, as ações neste período reforçam a importância do uso da camisinha durante as relações sexuais por todos os indivíduos sexualmente ativos. “A ideia é conscientizar a população sobre a prevenção das DSTs e Aids, além do vírus HPV, que também é uma doença sexualmente transmissível e principal responsável pelo câncer de colo de útero”, acrescentou.
Para integrar as ações, em alusão ao Dia Mundial de Luta contra Hepatites Virais, comemorado em 28 de julho, haverá mobilizações em diversos municípios do estado. Nessas ações, serão realizados testes rápidos de hepatite B e C, além de atividades educativas com orientações preventivas e distribuição de materiais e preservativos. Abaetetuba, Bragança, Cametá, Marába, Salinópolis, Santarém e Soure são os municípios que farão as testagens em parceria com os CTAs e unidades de saúde. Em Salinópolis, será montada uma estrutura com o serviço na praia do Atalaia.   

Texto:
Mozart Lira-Sespa







Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...