Total de visualizações de página

domingo, julho 14, 2013

Polícia Civil sedia reunião com comunidade no bairro do Jurunas





Reunião em Delegacia

A Polícia Civil, por meio da Delegacia do Jurunas, sediou, na manhã desta quarta-feira, 10, reunião que envolveu cerca de 20 lideranças comunitárias do bairro e representantes da Segurança Pública e da Prefeitura de Belém. O objetivo do encontro foi buscar o fortalecimento das ações da área de Segurança Pública no bairro.
Presidida pelo delegado Newton Nogueira, supervisor da Delegacia, a reunião contou com as presenças da assessora da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), delegada Sílvia Rego; a assessora da Prefeitura de Belém, Elizete Cardoso; a pedagoga Lidiane Vieira, da Diretoria de Prevenção Social da Violência e da Criminalidade (Diprev), da Segup, e o capitão PM Ed-Lin Lima, da 4ª Área Integrada de Segurança Pública (4ª AISP), que responde pelo policiamento nas ruas do bairro. Um dos pontos abordados na reunião foi o desenvolvimento de ações voltadas aos jovens do bairro.
As lideranças comunitárias citaram o projeto da Unidade Integrada Pro Paz (UIPP), responsável por ações preventivas da violência com foco nos jovens, como referência para o bairro. Durante o encontro, a comunidade recebeu informações sobre a implementação do projeto do Pro Paz Belém, da Prefeitura de Belém, que prevê a realização de ações voltadas aos jovens da capital paraense. Conforme Elizete Cardoso, o bairro do Jurunas será uma das áreas beneficiadas com o projeto, através de políticas públicas, voltadas à prevenção social, em parceria com o Governo do Pará.
De acordo com a delegada Sílvia Rego, ainda este ano, no segundo semestre, o projeto já deverá contemplar o Jurunas. Ainda, segundo a assessora da SEGUP, a Delegacia do Jurunas, por já possuir assistentes sociais, é referência para esse atendimento e encaminhamento de casos para a rede de assistência social. “É importante fortalecer a rede de assistência no bairro, para dar atendimento às demandas das famílias do bairro”, detalha. Entre os casos de situação de risco para jovens está o consumo de drogas.
O presidente do Conselho Comunitário do Jurunas, João Cruz, elogiou o trabalho desenvolvido pela equipe da Delegacia do Jurunas, e reforçou a vontade da comunidade para que, cada vez mais, sejam feitos investimentos na segurança pública do bairro. Uma nova reunião foi marcada para o próximo dia 17, às 9 horas da manhã, na sede da agremiação carnavalesca “Rancho Não Posso Me Amofiná”.
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...