Total de visualizações de página

terça-feira, novembro 06, 2012

DESTAQUE DAS NOTÍCIAS DE HOJE: Belém está entre as 12 capitais que mais criaram empregos formais em 2012






Pará representa a Amazônia em cúpula de negócio social na Áustria
Uma comitiva do Governo do Estado do Pará - formada pelo vice-governador Helenilson Pontes e a coordenadora do Pro Paz, Izabela Jatene - participará do “Global Social Business Summit”, que será realizado em Viena, capital da Áustria, entre os dias 08 e 10 deste mês. O evento é o principal fórum mundial para negócios sociais com a presença de especialistas do mundo empresarial, sociedade civil, governos e universidades. O objetivo é reunir empreendedores de negócios sociais e compartilhar idéias inovadoras na área do chamado “social business”. O Pará será o único estado da Amazônia representado no evento.
O “Social Business” ou negócio social traz uma das grandes discussões do mundo na atualidade e consiste na capacidade das empresas de produzir conhecimento e oferecer soluções para problemas sociais, utilizando mecanismos de mercado.
O vice-governador, Helenilson Pontes explica que o Pará foi convidado para o “Social Bussiness Summit” pelo próprio fundador do conceito “Negócio Social”, o bengali Muhammad Yunus, prêmio Nobel da Paz em 2006 por conta de sua experiência na criação do Banco Grameen, que fornece empréstimo a famílias muito pobres de produtores rurais em Bangladesh. Foi ele quem criou o conceito de microcrédito.
Helenilson Pontes explica que esta é uma grande oportunidade de levar a mensagem da Amazônia para grandes empreendedores do negócio social. “Esta será uma  oportunidade de mostrar ao mundo que na Amazônia temos a maior biodiversidade do planeta e uma das maiores reservas minerais do mundo, mas também temos 17 milhões de pessoas que têm que ser beneficiadas pelos negócios realizados na região”, comentou.
A comitiva do Pará terá voz no evento no dia 08 de novembro, quinta-feira, quando Helenilson Pontes discursará e será apresentado um vídeo do governador Simão Jatene saudando os participantes e apresentando as especificidades do Pará e da região amazônica. “Este evento também será uma ótima oportunidade de trazer para o Pará empreendedores que tenham interesse em estabelecer negócios aqui no estado, já que teremos empresários do mundo todo participando da cúpula”, comenta.      
Para a coordenadora do Pro Paz, Izabela Jatene, a participação do Pará abre uma oportunidade de criar no estado e na região amazônica uma iniciativa em negócio social que tenha o compromisso de diminuir as desigualdades sociais. “Esta nossa participação é significativa já que foi o próprio criador, o prêmio Nobel da Paz, Muhammad Yunus, quem convidou o governador para estar presente no evento”, comenta Izabela Jatene.
Também estarão na comitiva paraense, o presidente do Banco do Estado do Pará, Augusto Sérgio Amorim, e o assessora de Relações Internacionais do Governo, Catarina Vale, e do assessor da Secretaria de Estado de Indústria e Mineração (Seicom), Eduardo Costa. 
Entre os participantes da “Social Business Summit” estão empresas como Adidas Group, BASF, Continental, GE Healthcare, Danone, Pfizer, Procter & Gamble, SAP, Volkswagen, Instituto Asiático de Tecnologia, Universidade da California, Harvard Business School, além de autoridades políticas mundiais e membros da Organização das Nações Unidas (ONU).  Entre os temas discutidos estarão como produzir produtos ou serviços que contribuam para melhorar a qualidade de vida da população de baixa renda e que tenham como objetivo a melhora da qualidade de vida da população.  

Texto:
Marcio Flexa-Secom


Governo retoma negociação com docentes da Uepa e garante reajuste

Os secretários de Estado de Promoção Social, Nilson Pinto, e de Administração, Alice Viana, reuniram-se nesta segunda-feira (5), na Secretaria de Estado de Administração (Sead), com uma comissão dos docentes da Universidade do Estado do Pará (Uepa), representados pelo Sindicato dos Servidores da Uepa (Sinduepa). A retomada da negociação é resultante da suspensão do estado de greve dos servidores, no último dia 26 de outubro, após 41 dias de paralisação.
Em mesa, o governo assegurou um reajuste de 17,21% em cima do vencimento base, elevando-o de R$ 1.244 para R$ 1.458, repercutindo o índice ainda em todas as vantagens e gratificações, o que faria o valor ultrapassar inclusive o que é pago aos professores do nível médio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Com este reajuste, o professor titular que cumpre jornada de 20 horas semanais eleva a remuneração para R$ 3.010,71. Para o professor que cumpre jornada de 40 horas semanais, o salário fica em R$ 6.021,42, e para aquele cuja jornada é de tempo integral, ele sobe para R$ 10.236,42.
O aumento já será processado na folha de pagamento do mês de novembro, que fecha nesta terça-feira (6), juntamente com as duas próximas folhas subsequentes (dezembro e 13º), alcançando os 1.250 professores da Uepa e acrescentando cerca de R$ 1,2 milhão por mês nos gastos do Estado com pessoal.
Segundo Alice Viana, apesar do momento de crise na economia e do limite prudencial de gastos atingido, o reajuste foi concedido devido à iniciativa da suspensão da greve para negociar. “O Estado sofreu uma perda de receita do Fundo de Participação dos Estados (FPE) que resulta em R$ 400 milhões. Mesmo em meio a esta crise, que gerou um déficit de 40% nas contas, estamos honrando mais um compromisso de governo, em função da suspensão do estado de greve”, enfatizou.
“A situação do Estado é dramática, mas felizmente isso não é permanente. Estamos no pior momento para negociar ganhos, mas honramos mais um compromisso, devido à mesa de negociação restabelecida”, reforçou Nilson Pinto. A secretária de Administração ressaltou que a categoria dos servidores da Uepa recebeu um aumento de 42% em um ano e dez meses, enquanto a inflação do período não chegou a 13%.
“Foi um crescimento real de 25%. Nenhuma outra categoria teve um aumento real como a da Uepa, o que é mais uma demonstração do compromisso e do esforço do governo do Estado, e de respeito com os professores desta universidade”, frisou a titular da Sead.
O pró-reitor da Uepa, Manoel Júnior, disse que ainda há muito a melhorar, mas reconheceu os avanços do governo. “Não falamos nenhuma inverdade quando dizemos que falta uma série de melhorias para a universidade, mas também não podemos deixar de reconhecer as conquistas que já tivemos com esse governo, que inclusive nos recebeu e vem nos recebendo para negociar desde o início desta gestão”, concluiu.

Texto:
Renan Malato-Sead



Santa Casa esclarece sobre procedimentos para solicitação de leitos
A Fundação Santa Casa informa que não houve nenhum contato ou pedido de liberação de leito pela central de regulação da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) para internação do paciente Paulo de Jesus Batista dos Santos, 11 anos. A única forma de solicitar leito no hospital é via telefone com o envio de fax, o que não aconteceu. A central de leitos da Sesma tem, no cadastro, todos os telefones da fundação, inclusive os da Gerência da Pediatria e da Central de Regulação de Leitos. A Santa Casa esclarece ainda que no período de 31 de outubro a 5 de novembro, foi repassada à central de leitos da Sesma a informação sobre a vacância de três leitos de enfermaria pediátrica e um de UTI. O menor também poderia ser referenciado para outros hospitais conveniados com o Sistema Único de Saúde (SUS), como o Hospital de Clinicas, o Barros Barreto e Metropolitano, entre outros.



Uepa entrega novos espaços e homenageia professores e servidores

A Rede de Incubadoras Tecnológica (RITU), o Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia (NITT) e os laboratório de informática, madeira, modelos e física da Universidade do Estado do Pará (Uepa) são alguns dos espaços reformados, adaptados e concluídos, que serão entregues pela diretora do Centro de Ciências Naturais e Tecnologia (CCNT), professora Verônica Nagata, nesta terça-feira (06). A solenidade também marcará a comemoração pelo Dia do Professor e Dia Servidor Público.
A programação terá início às 10 horas e todos os funcionários do Campus V da Universidade do Estado do Pará (Uepa) estão convidados a participar. O diferencial deste ano é que a programação traz uma atração surpresa.
Em seguida, os homenageados poderão desfrutar de um café da manhã no espaço de convivência. ‘’A gente resolveu fazer uma coisa diferente dos outros anos, para que a gente tenha esse tempo durante uma hora da manhã e os professores e servidores pudessem participar. Além de valorizar o trabalho dos professores e funcionários, é um momento de lazer e integração’’, informa a coordenadora pedagógica, Daniele Mendonça.

Texto:
Ize Sena-Uepa
Fone: (91) 3244-5201 (91) 3299-2221 / (91) 8112 0744
Email: ascom.uepa@gmail.com / ascom@uepa.br



Operação policial prende bando que roubava veículos em Castanhal

Operação conjunta de policiais civis e militares resultou nesta segunda-feira (5) nas prisões em flagrante de 14 pessoas pelos crimes de roubo qualificado, formação de quadrilha armada, adulteração de sinal identificador de veiculo automotor, falsidade ideológica e receptação dolosa. Elas foram presas nas cidades de Castanhal, Curuçá e Marapanim, nordeste paraense.
A quadrilha era especializada em roubos de motocicletas e agia principalmente em Castanhal pela parte da noite e madrugada, quando tomava de assalto pessoas que estavam circulando de motocicletas pelas ruas do município. Após o roubo, os assaltantes levavam os veículos roubados para Curuçá e para Marapanim. Nesses locais, os veículos tinham adulterado o chassi.
Depois, os bandidos montavam documentos falsos para vender os veículos roubados em Curuçá e Marapanim como se fossem legais. A ação policial, denominada de operação "Cavalo de Aço", foi executada pela superintendência da Polícia Civil na região do Salgado, com policiais da Seccional de Jaderlândia, do Núcleo de Apoio à Investigação de Castanhal e da Delegacia de Curuçá, além de policiais militares do 5º Batalhão da PM, com sede em Castanhal.
Segundo o delegado Luís Xavier, superintendente regional do Salgado, após vendidas com documentos forjados, as motos passavam a transitar livremente nas ruas dos municípios. "Parte da quadrilha, com ramificação em Belém, ainda está sendo investigada. No total, já foram recuperadas 17 motocicletas novas e de elevadas cilindradas, as quais serão periciadas e posteriormente entregues aos respectivos proprietários", detalhou o policial civil. 
Foram presos e autuados em flagrante delito Edmilson de Lima e Lima, de apelido "Cabeludo"; Édson Júnior da Rocha Carvalho; Fábio de Lima Alves; Jeremias Cabral Cerejo; Júnior de Jesus Monteiro; Maike Antônio Almeida de Lima, de apelido "Pivete"; Rafael Lobo Ferreira e Thiago Reis Souza, de apelido “Piolho”.
As outras seis pessoas foram autuadas por receptação culposa por terem adquirido os veículos irregulares. As investigações que ensejaram as prisões foram coordenadas pelos delegados Luís Xavier; Marco Antônio Oliveira; Fernando Souza; Paulo Henrique Junior e Cleiton Costa.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil
Fone: (91) 4006-9036 / (91) 9941-3490



Hospital Ophir Loyola promove Jornada Comemorativa aos 100 Anos

Certificado como Hospital de Ensino pelo Ministério da Saúde, o Hospital Ophir Loyola dará continuidade às celebrações pelos 100 anos de fundação, com a promoção da Jornada Comemorativa, nos próximos dias 9 e 10 de novembro, no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.  
Durante a programação científica, 75 convidados, entre especialistas e profissionais das diversas áreas de conhecimento da saúde discutirão amplamente sobre temas relacionado à oncologia, transplantes, doenças crônico degenerativas, além dos diversos serviços de média e alta complexidade.
Com natureza multiprofissional, a Jornada tem como objetivo apresentar o que se faz atualmente no Hospital Ophir Loyola dentro das especificidades de assistência, e ao mesmo tempo promover a atualização através da participação em mesas redondas, palestras e em conferências que serão proferidas pelos convidados.
Temas atuais estarão em pauta como “Morte Domiciliar” “Lúpus  Eritematoso Sistêmico- Uma abordagem multiprofissional”, “A Evolução da Cirurgia  Bariátrica no Brasil”, “Cuidados Paliativos Oncológicos”,  entre outros, serão debatidos. Haverá ainda, exposições de pôsteres de trabalhos originais, com premiação aos  três primeiros colocados, que consistem em passagem de ida e volta para o Congresso Luso Brasileiro de Oncologia, para o Congresso Brasileiro de Oncologia e livros de oncologia, respectivamente.
As atividades que serão realizadas durante o evento têm como foco principal promover ações continuadas para a melhoria da qualificação dos profissionais que atuam em Hospitais. Informações sobre a programação podem ser encontradas no site www.jornada100hol.com.br
Sugestão de Entrevistado: Dr. Alberto Ferreira (Chefe do Departamento de Ensino e Pesquisa e Membro da Comissão Organizadora do Evento)




Painéis Funarte de Bandas de Música será em Vigia
Uma parceria da Fundação Carlos Gomes com a Fundação Nacional de Artes (Funarte) do Ministério da Cultura (MinC) promove na cidade de Vigia de Nazaré, de 7 a 11 de novembro, os Painéis Funarte de Bandas de Música.
A ação oferece cursos gratuitos com objetivo de aprimorar, ampliar e atualizar o conhecimento de instrumentistas e regentes de bandas de música de todo o país, além de estimular a troca de experiências proporcionada pelos encontros.
Estão inscritos para participar 570 músicos de 29 municípios paraenses e outros quatro estados (Amapá, Tocantins, Maranhão e Piauí), que participarão de aulas práticas de instrumentos como flauta, saxofone e trombone, entre outros e ainda de percepção musical, prática de conjunto e manutenção de instrumentos, ministrados por profissionais com larga experiência pedagógica e artística oriundos de vários estados. Os cursos acontecerão na Escola Estadual Presidente Kennedy.



Policiais civis passam por treinamento no Exército em Itaituba

A superintendência da Polícia Civil no Tapajós, com sede em Itaituba, sudoeste do Pará, está investindo em treinamentos para os policiais civis que atuam na região. O delegado Edinaldo Sousa, titular local, informou nesta segunda-feira (5) que um novo treinamento para agentes do Sistema de Segurança Pública e do Judiciário deve ser feito no início do próximo ano.
Dois cursos do tipo já foram promovidos este ano, em parceria com o 53º Batalhão de Infantaria de Selva (53º BIS), do Exército Brasileiro, em Itaituba. O mais recente treinamento de tiro teve a participação de 22 agentes, dos quais 15 policiais civis, três juízes, dois promotores de Justiça e dois defensores públicos de Itaituba. Os servidores puderam participar de atividades de desmontagem, manutenção e montagem de armamentos e de treino de tiro prático no estande da organização militar.
O delegado Edinaldo Sousa destaca a parceria entre a Polícia Civil e o Exército Brasileiro na atividade, que já vem ocorrendo há três anos consecutivos. O tenente-coronel Marco José dos Santos, comandante do 53º BIS, assegurou pessoal, material e toda logística necessária ao treinamento.
Foram usados armamentos da Polícia Civil disponíveis aos servidores de Itaituba, como pistolas .40, carabinas Magal .30 e espingardas calibre .12, além de pistolas calibre .9mm de uso do Exército Brasileiro, como forma de renovar os conhecimentos e preparar os policiais para situações de emprego do armamento.
Entre os participantes do treinamento, a convite da superintendência da Polícia Civil, estiveram os juízes Claytoney Passos, Cíntia Beltrão e Vanessa Ramos; o promotor de Justiça Isaac Sacramento e a defensora pública Jacqueline Loureiro.
Em março deste ano, a equipe de policiais civis, da 19ª Seccional Urbana de Itaituba, participou de um Estágio de Adaptação à Vida na Selva (EAVS) ministrado pelo 53º BIS, sediado no município. Eles participaram das oficinas de instrução sobre montagem de rede de selva; montagem de abrigos improvisados; primeiros-socorros; alimentos de origem vegetal; alimentos de origem animal; obtenção de água e fogo; ofidismo (animais peçonhentos) e pernoite isolado.
Para o diretor da 19ª Seccional Urbana, delegado Alexandro Sant’Ana, o curso é importante pois a unidade policial está localizada em uma área de selva, onde, por vezes, os policiais são obrigados a fazer operações em locais de difícil acesso, dentro da mata. Assim, torna-se necessário dotar os servidores de conhecimentos básicos sobre como deslocar-se, pernoitar, obter alimentos, lidar com animais peçonhentos, prestar socorro, entre outras informações.

Texto:
Walrimar Santos-Polícia Civil



Preso pedreiro acusado de estuprar menina de 12 anos em Uruará

A Justiça de Uruará, no sudoeste do Pará, decretou nesta segunda-feira (5) a prisão de Damião Gualberto de Souza, 64 anos, acusado de estuprar uma menina deficiente de 12 anos de idade. Amigo dos pais da vítima há 30 anos, o acusado, que é pedreiro, vinha abusando da criança desde 2009. Ele está preso na delegacia da Polícia Civil do município.
Nascido no Rio Grande do Norte, Damião, que foi indiciado por estupro de vulnerável, admitiu aos policiais, em interrogatório, que chegou a dar um telefone celular de presente para a menina, mas se declarou inocente do crime. O estupro foi comprovado por meio de exame sexológico forense.
"Esse caso já vinha acontecendo há três anos. Ele usava o pretexto de ir pescar com o irmão da vítima e pernoitava na casa da família. Durante a madrugada, ele batia na janela do quarto da criança, que era ameaçada e sofria os abusos", explicou o delegado Godofredo Borges.
Segundo relatos da mãe da criança, os abusos só foram descobertos pelos pais na terça-feira passada, após a filha – que recebia ameaças para ficar calada – ouvir falar de casos semelhantes em uma reportagem. Ao ser pressionada pelos familiares, ela contou o que vinha acontecendo. Segundo a mãe, os abusos ocorreram diversas vezes.
A vítima mora com os pais na zona rural de Uruará, na localidade Laminadora. Damião de Souza mora sozinho no bairro Vila Bonita. Relatos coletados por policiais revelam que ele pode ter abusado sexualmente de outras crianças na região, pois a casa dele era bastante frequentada por crianças as quais ele atraía fazendo distribuição de balas e bombons. As investigações prosseguem para desvendar outros crimes sexuais cometidos pelo acusado.



Theatro da Paz inicia montagem da ópera "Salomé"
A direção do Festival de Ópera e do Theatro da Paz recebeu, nesta segunda-feira (05), o elenco e a equipe técnica da ópera "Salomé", a próxima montagem do festival. O encontro de boas vindas aconteceu no foyer do teatro. “Será o maior de todos os nossos desafios e entrará para a história deste Theatro da Paz que, pela primeira vez, vai receber uma obra de Richard Strauss”, afirma o diretor do festival, Gilberto Chaves.
“Eu mesmo fiquei temeroso com a ideia desta montagem, mas tive muitos apoios, inclusive do secretário Paulo Chaves, e tenho certeza de que será tudo muito bem realizado. Além do mais, temos uma equipe forte e dedicada aqui, funcionando no corpo profissional desta ópera”, revelou o diretor.
Ele agradeceu a presença dos cantores e técnicos, elogiando o empenho de todos neste festival. Na plateia do foyer, os solistas Annemarie Kremmer (Salomé), Rodrigues Esteves (João Batista), Paulo Queiroz (Heródes), Andréa Souza (Herodíade), Giovanni Tristacci (Narraboth) e Josy Santos (Pajem) ouviam com atenção.  Além deles, estavam também presentes cantores líricos que interpretarão os soldados, os judeus e os azarenos.
Além da equipe técnica, também estiveram na cerimônia de boas vindas, a diretora do Theatro da Paz, Ana Cláudia Moraes; o diretor artístico do festival e diretor cênico de Salomé, Mauro Wrona; o diretor de palco, Cláudio Bastos; o responsável pela execução do cenário, Ribamar Diniz; e Rubens Mendes, da iluminação, que trabalhará com o iluminador Caetano Vilela.
Maquete do cenário é apresentada
Durante o encontro no foyer foi mostrada a maquete do cenário de "Salomé", que agora já está em montagem no palco do Theatro da Paz. Os trabalhos estão adiantados, pois antes mesmo "João e Maria" estrear no palco, parte da equipe de "Salomé" já trabalhava na pré-produção de figurino e cenário, assim como os músicos da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz já estudavam e ensaiavam a obra musical.
 “Já vim em Belém pelo menos umas cinco vezes em função deste cenário”, diz Duda Arruk, a artista e cenógrafa responsável pela condução do cenário de Salomé. Duda já atuou como cenógrafa assistente em várias óperas em São Paulo e foi cenógrafa e professora orientadora do Instituto Tomie Ohtake para o projeto Ópera Estúdio 2008, com a ópera Viva La Mamma. Em 2009 também assinou a cenografia de Lê Domino Noir, com direção de Mauro Wrona, com quem volta a trabalhar em Salomé.
“Foi uma concepção coletiva”, disse Mauro Wrona. “Optamos em fazer um circulo que remete à lua, pois ao ler a ópera vemos que ela é citada várias vezes pelos personagens e é como se naquela noite, houvesse uma conjunção astral determinante para toda a tragédia que se fará no palco. Há três mortes. Todos os personagens são obcecados por algo e parecem que não se ouvem. Achamos que a ópera traz uma história sob a égide da lua”, conclui.
A parte musical também vem sendo desenvolvida com muito cuidado e atenção por Miguel Campos Neto. A ópera será outro desafio, senão o maior já enfrentado pela Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP).  “Esta é sem dúvida a mais difícil das óperas já montadas aqui. Será com certeza um divisor de águas. Haverá o antes e o depois de Salomé neste festival”, diz Miguel Campos Neto, regente da OSTP. “Temos cem instrumentos. Vamos alargar o fosso e ter que colocar alguns instrumentos nas frisas”, diz ele que já vem trabalhando a OSTP, desde maio desde ano.
“Enquanto fazíamos nossas apresentações habituais, já estudávamos Salomé”, conta ele, que também preparou a OSTP para tocar “Cavalleria Rusticana” e entregá-la ao maestro Gian Luigi Zampieiri, assim como a Orquestra Jovem Vale Música, para Jamil Maluf.
A menina rica e mimada de Wilde
O libreto de Hedwig Lachmann traz a Salomé de Strauss descrita no texto teatral de Oscar Wilde, uma vez que nem S. Mateus e nem S. Marcos entram em tantos detalhes no Novo Testamento. Wilde então, narra a história de uma menina mimada e rica que se apaixona por João Batista, considerado um louco, mas que aos poucos ganhava a empatia do povo. Porém, ela é rejeitada por ele.
O profeta andava pela Judéia pregando a chegada do Salvador Jesus Cristo, mas também vinha condenando o casamento da mãe de Salomé, Herodíades, com o cunhado Heródes Antipas, um dos quatro filhos do rei Heródes, o responsável, no passado, pela morte de milhares de recém-nascidos a fim de descobrir o menino Jesus Cristo.
Já no ano de 26 D.C, Salomé com então 15 anos de idade, era linda e de temperamento perverso, segundo a descrição de Wilde. O ápice da história acontece no palácio de Heródes na noite de seu aniversário. O rei, apaixonado pela beleza e sensualidade de Salomé, pede que ela dance para ele e se assim o fizesse ela poderia lhe pedir o que quisesse. Herodíades, com ódio de João Batista, sugere à filha que dance e peça em troca a cabeça de João Batista.
Programação do festival - “Salomé” estréia dia 24 de novembro, com récitas nos dias 26 e 28. Antes disso, porém, no dia 25 deste mês, ocorre na Igreja de Santo Alexandre, mais um concerto dentro da programação do festival, com a soprano paraense Carmem Monarcha, radicada na Holanda há 10 anos. A artista vem ganhando cada vez mais espaço no cenário nacional e internacional com sua bela voz.
Ela vai interpretar “Gentil Puget”, em homenagem ao centenário deste compositor, que foi contemporâneo de Waldemar Henrique, e terá ao piano Lenora Brito, além da direção de Maria Sylvia Nunes e iluminação de Rubens Almeida. O encerramento do festival será outro grande acontecimento, no dia 1º de dezembro, ao ar livre, em frente ao Theatro da Paz. Mais informações: 91 4009.8750.

Texto:
Luciana Medeiros-Theatro da Paz
Fone: (91) 4009-8773 / (91) 8134-7719



NOTÍCIAS DE BRASÍLIA:

Brasília, 5 de novembro de 2012

Comissão de Agricultura promove audiência para discutir impactos da seca no Nordeste

O presidente da Comissão de Agricultura, deputado Raimundo Gomes de Matos (CE), destacou a importância de audiência pública marcada para as 14h30 desta terça-feira (6) que debaterá a atenção para as consequências da seca na situação socioeconômica do Nordeste. “Gado morto, safras de milho, feijão e arroz perdidas, falta de água. A seca é considerada a pior das últimas décadas. Novamente, chamo a atenção das autoridades em virtude do grave problema que afeta diretamente 10 milhões de sobreviventes de mais uma estiagem no semiárido brasileiro”, disse o tucano, para quem o cenário na região é desolador. Leia mais



Azeredo defende aprovação de propostas que trarão mais segurança aos internautas brasileiros

O plenário da Câmara pode votar nesta semana dois projetos de lei sobre internet. Um deles define os crimes cibernéticos (PL 84/99). A segunda proposta é o marco civil da internet (PL 2126/11, do Executivo, apensado ao PL 5403/01, do Senado). O presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara, deputado Eduardo Azeredo (MG), afirmou que a aprovação das matérias é fundamental para identificar os autores dos delitos na rede de computadores. Leia mais



Tucanos acreditam que Supremo dará exemplo ao definir penas para mensaleiros

Os deputados Raimundo Gomes de Matos (CE) e Márcio Bittar (AC) manifestaram nesta segunda-feira (5) expectativa positiva para a reta final do julgamento do mensalão, que definirá as penas dos 25 réus condenados, inclusive de petistas ilustres como José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares. Interrompido desde 25 de outubro, o julgamento será retomado na quarta-feira (7). Para os tucanos, os ministros do Supremo Tribunal Federal entrarão para a história do país com a definição da punição dos mensaleiros. Leia mais



Izalci questiona critérios para uso do Enem como forma de certificação do Ensino Médio

Especialista em educação, o deputado Izalci (DF) foi à tribuna para alertar para alertar que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está sendo usado como forma de certificação do segundo grau. O tucano já havia cobrado informações do MEC sobre o exame com base em denúncia veiculada em 2011 de uma professora que entregou a prova e o cartão de resposta em branco e mesmo assim passou. As respostas enviadas ao parlamentar motivarão novos questionamentos, segundo ele. Leia mais



Artigo: “Hora do balanço”, por Fernando Henrique Cardoso

As eleições municipais foram um prato cheio para análises, avaliações, distorções e apostas. Os resultados eleitorais foram muito dispersos. Dão margem para tudo: ganhou o PT, pois levou São Paulo; perderam Lula e o PT, pois no Norte e no Nordeste o PSDB e o DEM ganharam várias capitais e cidades importantes. Ou ainda: o PSDB foi “dizimado” no Sudeste. Ao que replicam os oposicionistas: quem perdeu foi Lula, derrotado em Salvador, Campinas, Manaus, Fortaleza etc. Leia mais



Tripoli integra comissão externa para acompanhar situação dos guarani-kaiowá

Vice-líder do PSDB na Câmara, o deputado Ricardo Tripoli (SP) foi designado pelo presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), para compor a comissão externa que irá acompanhar a luta da comunidade indígena Guarani-Kaiowá. Os índios querem permanecer às margens do rio Hovy, próximo ao território tradicional Pyelito Kue/Mbarakay, no Mato Grosso do Sul. Leia mais



Proposta de Feldman busca reduzir carência de profissionais em regiões menos favorecidas

O deputado Walter Feldman (SP) apresentou projeto de lei que estabelece a prestação obrigatória de serviços à sociedade por profissionais formados em instituições públicas de ensino superior ou cuja formação superior foi custeada, no todo ou em parte, por bolsa de estudo paga pelo poder público. Leia mais



Bruna Furlan apresenta projeto de lei que agrava penas de crimes cometidos contra policiais

A deputada Bruna Furlan (SP) apresentou projeto de lei com o objetivo de reduzir consideravelmente as atividades criminosas contra policiais federais, civis e militares no exercício da função. A proposta altera o artigo 61 do Código Penal, agravando as penas de crimes nos quais esses profissionais de segurança são vítimas. Leia mais



Deputado cobra investimentos em políticas de valorização do pedestre

Mudar o Código de Trânsito Brasileiro para estabelecer princípios de valorização do pedestre. É o que determina projeto de lei do deputado Walter Feldman (SP) apresentado na última semana. O tucano considera fundamental o investimento em políticas públicas de educação em prol de quem é mais vulnerável no trânsito. Para ele, é direito de todo pedestre uma locomoção segura e digna, por meio de equipamentos públicos adequados para garantir fácil deslocamento e acessibilidade. Leia mais



Importantes aspectos do mensalão ainda precisam ser esclarecidos, avalia ITV

Está cada vez mais claro que muitos e importantes aspectos do mensalão ainda precisam ser esclarecidos, destaca a Carta de Formulação e Mobilização Política desta segunda-feira (5). Na avaliação do Instituto Teotônio Vilela, até que ponto o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva envolveu-se nas falcatruas é o principal ponto a ser esclarecido. Leia mais



Artigo: "A Usiminas e os riscos da siderurgia brasileira", por Marcus Pestana

Até 1930, a economia brasileira era caracterizada pela hegemonia do setor primário exportador. Com a ascensão de Getúlio Vargas, assistimos a uma ruptura de paradigma, começando o país sua marcha forçada rumo à modernização de suas estruturas econômicas e sociais. Os momentos marcantes dessa trajetória se deram nos períodos Vargas, JK e Geisel. Leia mais


Mostra da Fundação Curro Velho reúne 200 peças artísticas
A Mostra do Acervo da Fundação Curro Velho fica aberta ao público até a próxima quinta-feira (08). A exposição reúne mais de 200 peças artísticas entre fotografias, xilogravuras, estamparias em tecidos, instrumentos musicais, cestaria e brinquedos artesanais. Os trabalhos expostos foram criados e produzidos nas oficinas regulares de arte e ofício da instituição em todas as linguagens (verbal, visual, cênica e musical), promovidas com crianças, jovens e adultos.
A técnica em gestão cultural, Andréa Feijó, que participou da montagem da exposição, conta que o foco da mostra era trazer para o público a diversidade de produtos resultantes das oficinas. “Como na Fundação Curro Velho trabalhamos com arte e ofício, a mostra tem produtos pertinente às linguagens artísticas e também peças que possibilitam a geração de renda”, explica.
Durante a seleção do trabalho, a equipe buscou escolher produtos resultantes da utilização de resíduos industriais e naturais. "Como exemplo, temos o papel reciclado, as bolsas feitas a partir de doação de banners de publicidade, a cestaria, tapeçaria, entre outros”, comenta Andréa Feijó.
Quem visitar a exposição na sede da Fundação Curro Velho vai conhecer os projetos desenvolvidos pela instituição, como a Luthieria, que é a oficina voltada para a construção e manutenção de instrumentos musicais de corda, como violão, cavaquinho.
Serviço - A Mostra do Acervo da Fundação Curro Velho pode ser visitada até a próxima quinta-feira, 08 de novembro, na sede da instituição, localizada na rua Professor Nelson Ribeiro, nº287 (esquina com a travessa Djalma Dutra), bairro do Telégrafo, no horário de 9h às 17h. Entrada Franca.  

Texto:
Andreza Gomes-FCV
Fone: (91) 3184-9102/ 3184-9127 / (91) 8895-1334/ 8890-0357
Email: andreza_gomes@ig.com.br



IV Jogos Vida Ativa na Terceira reúnem cerca de 400 idosos em Belém
Começam nesta terça-feira (6), a partir das 8h30, no Ginásio de Educação Física da Universidade do Estado do Pará (Uepa), na avenida João Paulo II, os IV Jogos Vida Ativa na Terceira Idade. Será um momento de lazer e descontração para os cerca de 400 idosos que fazem parte de projeto da Secretaria de Estado Esporte e Lazer (Seel).
Confira a programação do evento:
Terça-feira (06/11/2012)
Abertura oficial
Local: Ginásio da Uepa (João Paulo II)
Horário: 8h30
Competição: futsal
Quarta-feira (07/11/2012)
Período da manhã
Local: Tuna Luso Brasileira
Horário: 8h
Competição: queimada, dominó e xadrez
Período da tarde
Local: Mangueirão
Horário: 16h
Competições: atletismo - corrida, arremesso de peso e caminhada atlética
Quinta-feira (08/11/2012)
Local: Asalp
Horário: 8h
Competições aquáticas: natação, pernada com prancha, revezamento 4x25m, caminhada aquática, pedalada aquática, nado peito, nado livre, nado costa, pedalada com macarrão
Sexta-feira (09/11/2012)
Local: Tuna Luso Brasileira
Horário: 8h
Competições: vôlei, dama e pif paf



Seduc divulga resultado do 1º Concurso de Redação sobre Mineração

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) divulga o resultado do 1º Concurso de Redação sobre Mineração, com o tema: “Mineração e Sustentabilidade: a mineração à serviço da sociedade”. A premiação será realizada, na próxima quinta-feira (08), às 17h30, no auditório da Exposibram Amazônia, que acontece no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.
A cerimônia de premiação contará com a presença do secretário de Estado de Educação, professor Cláudio Ribeiro, e  também, do secretário adjunto de Ensino, Acácio Centeno.
Serão premiados os três primeiros colocados do Ensino Médio e do Ensino Fundamental, nas seguintes categorias: Alunos, Professores-Orientadores e Escolas. No caso dos alunos, o 1º lugar receberá um notebook, o 2º um tablet e o 3º uma máquina fotográfica. Já os professores-orientadores receberão um tablet e as escolas vencedoras um datashow.
Destinado aos alunos do Ensino Fundamental e Médio, regularmente matriculados na rede pública estadual, no ano letivo de 2012, o concurso teve como objetivo estimular a produção textual tendo como tema a mineração.
A seleção das redações ocorreu em duas etapas, a primeira delas aconteceu nas escolas participantes, que escolheu duas redações, uma do ensino fundamental e outra do médio, para representá-la. Já a seleção final aconteceu no período de 23 de outubro a 01 de novembro.
Veja a lista dos alunos, professores e escolas finalistas:

Ensino Fundamental
1º Lugar: EEEFM Justo Chermont
Aluna: Érika Monteiro dos Santos
Professor-Orientador: Adelson de Jesus Santos Nascimento

2º Lugar: EEEFM Prof. Jorge Lopes Raposo
Aluna: Adriele Janaina Amorim Pereira
Professor-Orientador: Delma das Dores Ferreira Almeida

3º Lugar: EEEFM Maria Gabriela Ramos Oliveira
Aluno: Jhonatan Soares Corrêa
Professor-Orientador: Carlene Ferreira Nunes Salvador

Ensino Médio
1º Lugar: EEEFM Maria Gabriela Ramos Oliveira
Aluna: Débora Larissa Carvalho Botelho
Professor-Orientador: Aricleide de Moraes Tavares

2º Lugar: EEEFM do Outeiro
Aluna: Sheiliane de Brito Porto
Professor-Orientador: Deise Saraiva dos Santos

3º Lugar: ERCEFM Associação dos Moradores do Residencial Carmelandia
Aluno: Luiz Fernando Silva de Freitas
Professor-Orientador: Roberto da Silva Freitas Junior


Texto:
Danielly Gomes-Seduc
Fone: (91) 3201-5181 / (91) 9902-1475
Email: danielly.gomes@seduc.pa.gov.br



Banpará entrega prêmios do terceiro sorteio da campanha Poupança Premiada
O Banco do Estado do Pará entregou, nesta segunda-feira, 5, os prêmios referentes ao terceiro e penúltimo sorteio da campanha Poupança Premiada 2012,  que teve ganhadores distribuídos em todo o Pará. Realizada na agência da avenida Senador Lemos. Foram sorteados 10 vales-compra no valor de R$ 1.000,00 e dois no valor de R$ 5.000,00, cada um; um notebook com tela de 14 polegadas; uma televisão de plasma com 42”; uma motocicleta Honda e um automóvel Fiat Uno zero quilômetro A Poupança Premiada Banpará já entregou mais de 40 prêmios, divididos em 16 por cada sorteio.
Para Cláudio Vasconcelos, cliente da agência Nazaré e ganhador do carro, o prêmio foi a antecipação do seu Natal: “Ganhar um carro assim sem esperar é muito bom, ainda mais quando nunca se ganhou nada. Esse foi, com certeza, o meu melhor presente de Natal”.
Com o sucesso da poupança Premiada o Banpará prevê para 2013 a expansão da promoção: “Só este ano alavancamos nossa receita em R$ 96 milhões em decorrência desta premiação, e a expectativa para 2013 é de crescimento, já que iremos focar ainda na Poupança Programada, que possibilitará o dobro de chances de concorrer à Poupança Premiada”, revelou a diretora financeira Geize Figueiredo.
Ser sorteado com uma moto zero quilômetro fez com que o motorista André Luiz, residente no município de Primavera, apostasse cada vez mais no Banpará. “Sou cliente do Banco há mais de oito anos e ganhar um prêmio desses me dá motivação pra continuar investindo e participando das promoções.” Para o diretor de Crédito e Fomento do Banpará, Jorge Antunes, o retorno que o cliente tem investindo na Poupança é igual em qualquer banco, o diferencial do Banpará é que isso se reverte em prêmios. "Nossos clientes estão comprovando a veracidade desta campanha, por isso a Poupança Premiada é um grande sucesso”, disse.
Poupança Premiada Banpará – Para participar da campanha Poupança Premiada o cliente precisa fazer um deposito mensal de no mínimo R$ 50,00 até 10/12/2012. Este valor mínimo permite que ele participe do sorteio com um número individual. O próximo e último sorteio acontecerá em 15/12/2012.

Texto:
Yedda Bevilacqua-Banpará
Fone: (91) 3210-3302 / (91) 8156-1800
Email: yeddabevilacqua@gmail.com



Atletas paraenses participam do Pan-Americano de Ciclismo
O ciclismo paraense está em alta no país. Prova disso é que cinco atletas do Pará foram convocados para compor a equipe da seleção brasileira que disputará o Pan-Americano de Ciclismo, na cidade de Cali, na Colômbia, de 18 a 25 de novembro. Os atletas viajam com o patrocínio e apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel).
O presidente da Federação Paraense de Ciclismo, Edilson Kramer, foi recebido nesta segunda-feira (5) pelo titular da Seel, Marcos Eiró, para acertar os últimos detalhes da viagem e ressaltou que a participação no Pan-Americano é a coroação do ciclismo paraense, além de uma competição que marcará para sempre os atletas. “O ciclismo vem buscando o seu espaço. Temos cinco atletas na Seleção Brasileira e não é à toa. O Pan-Americano vai marcar a nossa carreira e o esporte no Pará”, disse.
Os atletas paraenses convocados estão na expectativa de representar o Pará e o Brasil no evento internacional. É o caso de Evandro Medeiros, 54 anos, que pratica o ciclismo há mais de 20 anos. Ele vê com o orgulho a chance de representar as cores do Estado. “Os grandes centros do ciclismo brasileiro são as regiões Sul e Sudeste. Sermos convocados para representar o Norte e o nosso país é um orgulho imenso. Já me sinto vitorioso por isso”, afirmou.
Também participam do Pan-Americano os ciclistas Aldair Ferreira, Eduardo Santana e Pedro Dennys Gonçalves, nas seguintes categorias: “contra o relógio”, que tem percurso de 20 quilômetros; “velocidade”, que tem a distância de 100 quilômetros; além da categoria “critério”, em que o competidor tem de manter a regularidade no período de duas horas de prova.

Texto:
Angela Bazzoni-Seel
Fone:  / (91) 8883-5649



Governo concedeu R$ 16 milhões em Cheque Moradia só este ano
O governo do Estado concedeu este ano cerca de R$ 16 milhões à população de baixa renda de Belém e do interior do Estadopor meio do Cheque Moradia. Mais de 2,3milfamílias foram contempladas com o benefício. Até o fimdo ano, a meta é repassar R$ 27 milhões,entre cheques moradia para servidores públicos e especiais para pessoas com deficiência e famílias em situação de risco e vulnerabilidade social.
Para acelerar os trâmites para a liberação do benefício, desde agosto, a Companhia de Habitação do Pará (Cohab) vem fazendo mutirões de visitas nos fins de semana. Nesta próxima sexta-feira (9), outros 60 cheques deverão ser entregues. Daqui para frente, segundo a coordenadora do programa, Nágela Noronha, a companhia entregará em média 60 cheques, até dezembro, todas as sextas. “Os mutirões ocorrem desde agosto e são feitos de forma voluntária pelos funcionários”, afirma.
Na última semana, a manicure Valdileide Carvalho da Conceição, 30 anos, recebeu uma ligação importante. “Primeiro o engenheiro foi em casa para ver o andamento da obra. Logo depois me ligaram da Cohab falando sobre  a segunda parcela do cheque”, conta. Nesta segunda-feira (5), ela foi até a sede da companhia para tratar do benefício e saiu satisfeita. “Em sete meses foi tudo resolvido. Mandei uma carta para a Casa Civil ano passado e em julho desse ano saiu cheque. Foi uma bênção para nossa família”, afirmou.
Valdileide foi contemplada com o cheque moradia no valor de R$ 9.010. Moradora do conjunto Maguari, em Belém, com o marido e dois filhos pequenos, ela conta que o benefício está mudando sua vida. “Nossa casa era de madeira, não tinha banheiro e quando chovia molhava tudo na parte de dentro. Era um desespero”, recorda. Após receber a primeira parcela do cheque, em julho deste ano, a manicure iniciou a construção de uma nova casa, com banheiro, quarto e cozinha.
Especial – Para receber o benefício, o candidato deve comprovar renda mensal de até três salários mínimos, e o crédito só pode ser usado na compra de materiais de construção para reforma, ampliação e construção de casa própria, entre outros critérios. A mão de obra fica por conta do beneficiado. Em alguns casos, como de vítimas de desabamentos e incêndios, a própria coordenação do programa procura as famílias, para que possam ser beneficiadas com o cheque especial. Na última semana, quatro famílias do bairro do Guamá que perderam as casas em um incêndio foram contempladas.
Nessa categoria, que também atende pessoas com deficiência, quase dois mil cheques foram entregues, 748 para o público em geral e 441 para pessoas com deficiência. Um dos beneficiados foi o cadeirante Bruno Ferreira da Silva, 20 anos, morador do bairro da Cabanagem. O jovem foi contemplado logo após o decreto assinado pelo governador Simão Jatene, em 2011, que tornou prioridade a concessão do benefício para o segmento. Com sala, cozinha, banheiro e um quarto, tudo de alvenaria, a casa do jovem está bem diferente da moradia antiga, de madeira.
O benefício foi concedido à tia de Bruno, Rosenilda Ferreira, 39, que cria o jovem. “Ele sofreu um acidente quando tinha 16 anos e desde então as coisas ficaram mais difíceis porque era ele quem me ajudava com as vendas na feira. Não teríamos condições de fazer nada se não fosse esse cheque”, afirmou Rosenilda, que recebeu o cheque especial no valor de R$ 12.140 para a compra de materiais de construção. Com o piso plano e o ambiente mais espaçoso, Bruno passou a ter mais mobilidade. “Fica bem melhor andar com a cadeira de rodas”.
No caso das pessoas com deficiência, a concessão do benefício é viabilizada pelo Centro Integrado de Inclusão e Cidadania (Ciic), vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas). Para o coordenador do centro, Agostinho Monteiro, que acompanha pessoalmente os casos, o benefício promove uma transformação na vida dos contemplados. “É uma verdadeira mudança. Cada caso recebe as adaptações necessárias e isso tem um impacto grande na qualidade vida. Mais do que conceder o dinheiro resgatamos a dignidade dessas pessoas”, afirma.
Serviço: para saber como participar do programa, acesse: http://www.cohab.pa.gov.br/images/Downloads/Manual_ChequeMoradia.pdf. Para inscrição de pessoas com deficiência, basta se dirigir ao Centro Integrado de Inclusão e Cidadania (Ciic), na avenida Almirante Barroso, 1.765 (entre travessas Barão do Triunfo e Angustura), bairro do Marco. Telefones: 3276-6161, 3276-2903 e 3277-2812.

Texto:
Amanda Engelke-Secom
Fone: (91) 3202-0911 / (91) 8150-8965



Jucepa implanta Escola do Registro Mercantil no Pará
O Estado do Pará ganhou na manhã desta segunda-feira, 5, a primeira Escola do Registro Mercantil, projeto da Junta Comercial do Pará, órgão vinculado à Secretaria Especial de Estado de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip). Segunda no Brasil e primeira na Região Norte, a ERM foi criada com a finalidade de melhorar a qualidade do serviço público prestado ao cidadão pelo órgão, que em razão da especificidade do trabalho que desenvolve, precisa oferecer treinamentos na prática do Registro Mercantil tanto para os usuários quanto para os servidores.
A Escola do Registro Mercantil vai oferecer uma agenda de cursos presenciais e a distancia, seminários, palestras e eventos, visando promover o desenvolvimento permanente dos públicos interno e externo.
A programação da abertura das atividades contou com uma apresentação da estrutura e da equipe que atuará na Escola, feita pelo presidente da Jucepa, Artur Tourinho. Em seguida, foi ministrada a palestra "O Projeto da Escola do Registro Mercantil e seu DNA", proferida pelo presidente da Faculdade de Estudos Avançados do Pará (Feapa), professor Edson Franco. “É uma grande honra ministrar essa palestra magna. Toda escola corporativa é um desafio porque normalmente a instituição que a cria não tem um volume de recursos suficiente pra isso, nem é a finalidade dela, porque se trata de um meio para melhor atender o usuário, e não a finalidade principal. Mas no meu entendimento, esta escola tem uma vantagem, pois já nasce com um DNA diferente, que é poder fazer com que o Registro Mercantil seja cada vez mais célere, esteja mais próximo das necessidades do usuário e que possa, assim, ajudar a desenvolver o Estado.”
A coordenadora da ERM, Dilma Menezes, explica que o projeto da Escola tem três grandes desafios: reduzir o índice de exigências nos processos, buscar um diálogo permanente com seu usuário e unificar o entendimento dos analistas sobre a matéria do Registro Mercantil para otimizar seus processos. "A gestão atual da Jucepa nos incentiva a buscar sempre o melhor desempenho e nos delegou a responsabilidade de melhorar as atividades do Registro Mercantil por meio da capacitação", diz. As palestras da semana vão acontecer durante toda a semana até o dia 12/11, sempre a partir das 8h30.
Nesta terça-feira, 6, está programada a palestra “Procedimentos na Emissão do Documento Básico de Entrada (DBE) e Alterações do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) pela Jucepa”, com a técnica da Receita Federal, Zuneide Saraiva. Na quarta-feira, 7, “Falsificação de Documentos Públicos e Falsidade Ideológica – Penalidades”, com Dr. José Cláudio Alves, Vogal Titular representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/PA) na Jucepa.
Na quinta-feira, 8, o primeiro tema do dia será “As Cooperativas: um olhar geral no consumo e no crédito”, com o gerente de arrecadação do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP-PA), José Vanderlande de Lima Rodrigues; seguida de palestra sobre Segurança Pessoal com o delegado da Divisão de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR), Éder Mauro Cardoso Barra.
Na sexta-feira, 9, o presidente do Conselho Regional de Administração (CRA/PA) e Ex-Vogal da Jucepa, Célio Lima, ministrará a palestra “Participação da Administração no Desenvolvimento Empresarial”. Encerrando a programação, no dia 12, o Professor Doutor Thiago Dias Costa, adjunto II e vice-coordenador do Programa de Mestrado Profissional em Gestão Pública da Universidade Federal do Estado do Pará (UFPA), discorrerá sobre “Gestão de Pessoas por Competência”.

Texto:
Diane Maués-Jucepa
Fone: (91) 3217-5887 / (91) 8205-9277
Email: comunicacao@jucepa.pa.gov.br



Seminário avaliará acidentes de trânsito no Estado
O número crescente de acidentes envolvendo carros e motos e as metodologias aplicadas na gestão do tráfego em outras capitais são algumas das questões que serão discutidas no Seminário “Vida no Trânsito”, que acontece nestas quinta, 8, e sexta-feira, 9, em Belém. Representantes do Ministério da Saúde, do Governo do Estado e de órgãos fiscalizadores vão debater formas de amenizar o cenário de imprudência e imperícia que predomina nas ruas de Belém e do interior do Pará.
O evento é alusivo ao projeto “Vida no Trânsito”, criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Fundação Bloomberg, financiado pelo Ministério da Saúde e executado pelos governos estaduais. No Pará, o plano tem a coordenação da Sespa e Detran, com recursos disponíveis estimados em R$ 1 milhão, sendo R$ 500 mil para a capital paraense e outros R$ 500 mil para os demais municípios paraenses. Em nível estadual, existe o compromisso de se promover a articulação entre os órgãos governamentais e não governamentais para qualificar e integrar as ações voltadas à prevenção de lesões e mortes causadas por veículos.
A pauta do seminário envolverá fatores de risco, como o álcool, velocidade, motociclistas e pedestres, e os focos de ação, a exemplo da educação, fiscalização e engenharia. O secretário de Estado de Saúde Pública, Helio Franco, ressalta que o debate precisa da parceria da sociedade, que perde em média 40 mil pessoas por ano em acidentes de trânsito. Com base em dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o governo federal gasta cerca de R$ 33 bilhões com atendimento e pagamento de benefícios a vítimas de acidentes no trânsito. Além disso, em 2008 e 2009 acidentes em estradas federais resultaram em gastos de R$ 200 milhões no Brasil.
Segundo o secretário, trata-se de um problema que repercute nas políticas públicas, pois 40% dos leitos de UTI estão ocupados por vítimas de acidente de trânsito e um mês de internação custa, em média, R$ 10 mil reais ao SUS e a diária em uma UTI tem o valor de R$ 1.500,00. A atual superlotação do Hospital Metropolitano, em Ananindeua, é um dos reflexos desse problema, visto que possui 90% dos seus 196 leitos ocupados por vítimas de acidentes, sendo que destas vitimas 80% estavam em motos.
Conforme dados do Detran, em 2003 o Pará tinha 390.186 veículos. Em 2011, esse quantitativo saltou para 1.110.360 veículos. Belém possuía, em 2003, uma frota de 156.871 veículos, número que em julho de 2012 já era de 330.993, dos quais 188.220 automóveis e 72.462 motocicletas. De acordo com o Detran, a principal causa são as manobras irregulares (44,22%) seguidas da falta de atenção, responsável por 13,72% dos acidentes.
No que tange aos acidentes de trânsito, no ano passado 18.080 veículos se envolveram em acidentes, sendo 8.032 em Belém. Em 2011 os mortos no trânsito em todo o Estado somaram 804 - dos quais 371 eram motociclistas. Já na capital, nesse mesmo período os registros de vítimas fatais chegaram a 98, dos quais 34 eram motociclistas. Em relação a vítimas não fatais, em 2011 o Estado registrou 9.937 vítimas, entre condutores (1.042) e motociclistas (5.174), enquanto em Belém foram 3.324 vítimas não fatais, sendo 643 condutores e 1.418 motociclistas.
O projeto “Vida no Trânsito” faz parte da Década de Ações para Segurança no Trânsito, da Organização das Nações Unidas (ONU), que entre 2011 e 2020 pretende diminuir acidentes e mortes no trânsito. O programa é desenvolvido em dez países que concentram metade do total de mortes no trânsito registradas em todo o mundo – entre eles o Brasil, quinto no ranking - que traz, ainda, Cambodja, China, Egito, Índia, Quênia, México, Rússia, Turquia e Vietnã. Em setembro deste ano, Belém e outras 21 capitais, incluindo o Distrito Federal, foram contempladas com recursos do projeto, que até 2011 beneficiava apenas cinco capitais.
A enfermeira Ana Lúcia Ferreira, chefe do Departamento de Epidemiologia da Sespa, explica que o programa possibilita que os órgãos envolvidos mantenham um estudo integrado com as informações de cada localidade, essenciais para a formulação de políticas públicas adequadas à melhoria do tráfego. O conjunto de ações que serão delineadas durante o seminário servirá para um projeto com duração de dez anos, a ser aplicado em todo o Estado. O evento também terá a participação de representantes da CTBel, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Urbanismo e representantes da Associação Paraense de Motociclistas, entre outras entidades.
Serviço: Seminário “Vida no Trânsito”. Dias 8 e 9 de novembro, no Hotel Beira Rio - Avenida Bernardo Sayão, 4804, entre travessas José Bonifácio e Augusto Corrêa.

Texto:
Mozart Lira-Sespa
Fone: (91) 4006-4822/ 4823 /
Email: ascomsespa@gmail.com



Copa Pará de Ciclismo leva 160 atletas ao Portal Amazônia

Manhã de sol, clima festivo, muita música e disputas acirradas marcaram a III Copa Pará de Ciclismo, que ocorreu neste domingo, 4, no Portal da Amazônia, em Belém. Cerca de 160 atletas participaram da competição, que além de medalha e troféu valia pontuação para o ranking nacional de ciclismo. As provas começaram às 8h, com disputas bastante acirradas. Ao todo, foram três baterias compostas de oito categorias, da elite ao iniciante.

O presidente da Federação Paraense de Ciclismo, Edilson Kramer, que também é atleta, falou a importância do evento para o esporte no Pará. “A Copa Pará de Ciclismo foi um sucesso. Muitos atletas, das mais diferentes idades, participaram da prova, o que ajuda a divulgar e incentivar o ciclismo no Estado”, disse Kramer.

A III Copa Pará de Ciclismo foi uma realização da Federação Paraense de Ciclismo em parceria com a Secretaria de Estado e Esporte e Lazer (Seel).

Confira os melhores resultados de cada categoria:

Elite masculino
1º Evandro Torquato Gomes
2º Daelson Silva dos Santos
3º Sérgio Gilberto Barrichelo

Elite Feminino
1ª Arlinda de Souza Morais
2ª Kizzi Thaís Guedes

Juvenil 15 a 16 anos
1º Danilo Souza Nascimento
2º Jhonatan da Silva Rocha
3º Leonardo Faber

Júnior 17 a 18 anos
1º Ângelo da Silva Júnior
2º Kaik Felipe
3º Aílton Sérgio

Máster A 30 a 39 anos
1º Edilson Kramer
2º Aldair Costa Ferreira
3º Marco Antônio Oliveira da Silva

Máster B 40 a 49 anos
1º João Batista da Conceição
2º Eduardo Santana Nascimento
3º Fábio Henrique Martins

Máster C acima de 50 anos
1º Evandro de Oliveira de Medeiros
2º Roosevelt Araújo Ferreira
3º Rubens Araújo Ferreira

Iniciante
1º Lian Michel
2º José Luis
3º Mário Ediney

Texto:
Angela Bazzoni-Seel
Fone:  / (91) 8883-5649
Email: ascomseel22@gmail.com



Belém está entre as 12 capitais que mais criaram empregos formais em 2012
O último estudo elaborado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA) sobre a geração de empregos formais nas capitais de todo o Brasil mostra que Belém já produziu cerca de nove mil postos de trabalho este ano (entre os meses de janeiro e setembro), ficando entre as 12 capitais que melhor desempenho tiveram neste período.
Segundo a análise do Dieese, em Belém foram registradas, no período, 88.567 admissões contra 79.527 desligamentos, o que gerou um saldo positivo de 9.040 postos de trabalho, com um crescimento de 3,50% na geração de empregos formais. No mesmo período do ano passado, a capital paraense também apresentou crescimento na criação de empregos formais, porém o saldo de postos de trabalhos gerados foi bem maior que o verificado este ano. Foram feitas naquela oportunidade 89.379 admissões contra 78.274 desligamentos, resultando em um saldo de 11.105 empregos.
Entre os setores econômicos da capital paraense que apresentaram crescimento na contratação formal, o destaque ficou para Serviço, com um saldo de 6.044 postos de trabalhos, seguido do Comércio, com 1.449 vagas, e da Construção Civil, com saldo de 890 postos gerados. Também no mesmo período, os setores de Indústria e Utilidade Pública foram os que apresentaram a maior queda na geração de empregos formais, com déficit de 119 postos de trabalhos.
Setembro – Mesmo com esses números expressivos o mês de setembro registrou queda em Belém, na relação entre as admissões (8.045) e desligamentos (8.136), gerando um saldo negativo de 91 postos de trabalhos com decréscimo de 0,03% na geração de empregos formais. No mesmo período do ano passado (setembro/2011), a situação foi inversa e a capital apresentou crescimento no número de empregos formais, com 9.619 admissões contra 8.025 desligamentos (saldo positivo de 1.594 postos).
O estudo elaborado pelo Dieese foi baseado em informações oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), levando em consideração a nova metodologia adotada pelo do Ministério do Trabalho. O estudo também é parte integrante do projeto do Observatório do Trabalho do Estado do Pará, fruto de uma parceria entre o Dieese e o Governo do Estado do Pará, por intermédio da Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter).

Texto:
Bruna Campos-Secom
Fone: (91) 3202-0923 / (91) 9306-0990
Email: brunacampos@agenciapara.com.br



Pará participa do Salão do Chocolate e anuncia investimentos no Estado
A comitiva paraense que participou do tradicional Salão do Chocolate, realizado em Paris (França), entre os dias 31 de outubro e 4 de novembro, comemora os bons resultados obtidos nos eventos de que participou. O grupo, composto por 23 pessoas, foi chefiado pelo secretário estadual de Agricultura Hildegardo Nunes e integrada por representantes do Serviço Brasileiro de Apoio à Pequena e Média Empresa (Sebrae), da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), Federação da Agricultura do Pará (Faepa) e produtores.
Em sua 18ª edição, o Salão do Chocolate terminou na noite de domingo, 4, com recorde de público. O estande Cacau do Brasil, que reuniu os estados do Espírito Santo, Bahia e Pará, teve uma excelente frequência, boa venda de chocolates e também um volume significativo de negócios. O balanço, segundo os representantes dos três estados e empresas que participaram do Salão, é bastante positivo.
No primeiro dia do evento, a comitiva paraense participou de uma reunião com sete representantes de empresas e fundos interessados no Pará. O resultado foi considerado muito bom, prova disso é que um desses fundos, o GGF (Green Global Fond), com sede em Luxemburgo, tem previsão de investir entre 100 e 300 milhões de euros em projetos de reflorestamento e agricultura no Pará.
O dia 2 de novembro foi dedicado ao Pará na programação do Salão do Chocolate e foi marcado por várias discussões entre produtores e chocolateiros. Em pronunciamento de boas vindas ao público, Hildegardo Nunes anunciou os investimentos que o GGF pretende fazer no Pará. O secretário também adiantou que, para dar continuidade às negociações e avançar no projeto, representantes da empresa virão a Belém no início de 2013. “Logo no começo do ano representantes do GGF deverão vir a Belém para dar andamento ao que foi tratado aqui. O que foi decidido é acordado nos moldes dos investimentos concebidos pela Fiepa e Faepa, e indispensável para dar velocidade nas negociações”, disse o secretário.
Hildegardo lembrou que o Salão foi extremamente produtivo para a comitiva paraense que participou das atividades. “A integração dos três estados (Bahia, Pará e Espírito Santo) e o apoio da Ceplac e do Ministério da Agricultura é importantíssimo para que possamos projetar a imagem do Brasil nesse segmento e avançarmos na melhoria da qualidade do cacau nacional”, declarou. Para o secretário, em no máximo 10 anos, o Brasil se tornará auto-suficiente em cacau com a expansão da cadeia paraense e a contribuição do Espírito Santo, Bahia e Rondônia. O encerramento do Dia do Pará no salão foi com o show do cantor Marcelo Ganem.
O Pará também esteve presente na cerimônia de assinatura de parceria entre Escola de Chocolataria Castelli, empresa de hotelaria sediada no Rio Grande do Sul, e o Instituto Cabruca, de Ilhéus (BA), que criou a Escola de Chocolataria para formação de especialistas, onde o aluno poderá desenvolver suas habilidades gastronômicas e tornar-se um profissional chocolatier. Ao final da cerimônia, foi feita uma degustação de amêndoas de cacau vindas do Pará, Espírito Santo e Bahia.

Texto:
Dede Mesquita-Sagri
Fone: (91) 4006-1210 / (91) 9146-6681 - 8883-1339
Email: dedemesquita@gmail.com



Idesp fará avaliação e monitoramento das condicionantes ambientais de Belo Monte
No dia 22 de novembro, representantes do Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp) estarão em Altamira para efetivação do contrato de avaliação e monitoramento das condicionantes ambientais da Usina Hidrelétrica (UHE) de Belo Monte, definidas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para a liberação das licenças necessárias à construção do empreendimento.
O órgão foi aprovado para desenvolver o trabalho após submeter projeto e se qualificar para o Edital 2012 do Plano de Desenvolvimento Territorial Sustentável da Região de Integração do Xingu (PDRS), superando concorrentes renomados, como a Fundação USP. No último dia 1°, a presidente do Instituto, Adelina Braglia, três diretores e o coordenador do projeto, professor Gilberto Rocha, participaram de reunião em Brasília com a presença de representantes da Câmara Técnica de Monitoramento (CTM), em que foram acertadas as recomendações para fechamento do contrato.
A avaliação e equalização dos projetos apresentados foram realizadas de agosto a outubro deste ano. As condições e propostas do Instituto mostraram-se mais adequadas ao objetivo buscado pela CTM, que é “produzir e disseminar informação e dados técnicos sobre a dinâmica social para subsidiar a tomada de decisão do CTM por meio do acompanhamento, monitoramento e avaliação da execução das condicionantes das licenças ambientais (licença prévia e licença de instalação), do Plano de Desenvolvimento Territorial Sustentável da Região de Integração do Xingu (PDRS), dos programas e dos projetos associados, tendo em vista o desenvolvimento econômico, social e ambiental da Região de Integração do Xingu, Estado do Pará".
Entre os objetivos específicos do projeto proposto pelo Idesp, deve-se destacar a importância para o Governo do Estado de gerar indicadores econômicos, sociais e ambientais da Região de Integração do Xingu - tendo em vista o acompanhamento e monitoramento dos efeitos sinérgicos das condicionantes, dos programas e projetos do PDRS para o desenvolvimento regional - e produzir dados técnicos da região, visando o acompanhamento monitoramento e avaliação da execução das condicionantes, dos programas e projetos de desenvolvimento regional de modo a assegurar níveis de efetividade das ações.
As avaliações sistematizadas sobre a verificação do cumprimento das condicionantes, com base nos levantamentos, associadas às ações complementares cabíveis para cada atividade e a corresponsabilidades governamentais, em todas as esferas, certamente influenciarão na efetividade das ações para a melhoria da qualidade de vida da população da Região de Integração do Xingu e mais diretamente para Altamira, onde os efeitos imediatos da implantação da usina já se fazem sentir.
As ações programadas no Plano de Trabalho serão divulgadas no próximo dia 13 de novembro, a partir das 8h30, durante  o evento de lançamento do link oficial do Observatório Belo Monte, projeto que vem sendo discutido desde 2011, como parte fas ações coordenadas pela Diretoria de Estudos e Pesquisas Ambientais do Idesp, e é meta prevista no PPA.
Serviço: As inscrições para o lançamento do link oficial do Observatório Belo Monte podem ser feitas no site do Idesp (www.idesp.pa.gov.br)

Texto:
Fernanda Graim-Idesp
Fone: (91) 3321-0644 / (91) 8207-4334
Email: fernanda.graim@idesp.pa.gov.br



Parcerias impulsionam as doações de sangue no Hemopa
Ao longo desta semana a Fundação Hemopa promoverá campanhas internas de doação de sangue e cadastramento de doadores de medula óssea em parceria com várias instituições, buscando reforçar estoque de sangue do hemocentro para garantir o atendimento satisfatório da demanda transfusional da rede hospitalar.
De 06 a 09 de novembro, o trabalho de captação acontecerá das 7h30 às 14h, com o apoio da Sociedade dos Amigos da Marinha (Soamar). No dia 10, haverá mobilização junto à Paramotoclube com o tema “Motociclista sangue bom”. A campanha ganhará o reforço de outros motoclubes de Belém, com meta de pelo menos 50 coletas. Também no dia 10 uma outra campanha, desta vez com o apoio de torcedores locais do Corínthians Futebol Clube, deverá somar mais 40 doações ao hemocentro.
A titular da Gerência de Captação de Doadores (Gecad), assistente social Juciara Farias, ressaltou a importância do apoio da sociedade para o aumento do número de doações voluntárias de sangue. “A qualidade do nosso atendimento depende diretamente de ações solidárias da comunidade. Muitas vidas dependem desse gesto nobre e voluntário”, comentou.
Quem pode doar sangue: Candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos; peso acima de 50 kg. É necessário apresentar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três. O doador deve estar bem alimentado.

Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto.

Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Padre Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 0800 280 8118, de 2ª a 6ª-feira, das 8h às 18h; e aos sábados, até as 17h.

Texto:
Vera Rojas-Hemopa
Fone: (91) 3241-1811 / (91) 88953089
Email: Imprensa.hemopa@yahoo.com.br



Sesma promove nova etapa da campanha de vacinação anti-rábica
Pelo menos 195 mil animais, entre cães e gatos, devem ser vacinados no próximo sábado, dia 10, na Campanha Nacional de Vacinação Anti-Rábica. Na capital, a campanha é de responsabilidade do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma). A abertura da vacinação será realizada no próprio espaço do Centro, que funciona na avenida Augusto Montenegro.

Além do Centro, serão disponibilizados 500 postos espalhados pela cidade (escolas, centros comunitários, praças, pet shops), inclusive nas ilhas pertencentes ao município, como Mosqueiro, Outeiro, Cotijuba e Combu, que serão atendidas também com volantes fluviais.

Em fevereiro deste ano o CCZ realizou uma etapa da campanha de vacinação, onde foram vacinados mais de 180 mil cães gatos. Este total chegou a 88% da meta de cobertura do CCZ. Os animais que foram vacinados nesta campanha também devem receber a vacina neste sábado. É importante que sejam vacinados todos os cães e gatos a partir de 3 meses  de idade, que estejam em bom estado de saúde. Fêmeas prenhas e animais que estejam doentes, devem ser vacinados posteriormente.

A doença: A Raiva, doença 100% letal, transmitida ao homem e animais pela saliva e secreções de mamíferos infectados, ainda constitui um grave problema de Saúde Pública. Um surto de raiva humana matou mais de 36 pessoas nos municípios de Portel, Viseu e Augusto Correa, nos anos de 2003 e 2004.


Mais informações podem ser obtidas no CCZ, pelo telefone 3227-2088.


Fundação Tancredo Neves participa do I Salão do Livro da Região do Capim
A Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves participa, até o dia 11, do I Salão do Livro da Região do Capim. Organizado pela Prefeitura de Paragominas, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura (Secult), o evento, aberto no último sábado, 3, com a presença do presidente da Fundação Tancredo Neves, Nilson Chaves, assemelha-se às grandes feiras de livros promovidas no país, a exemplo a Pan-Amazônica do Livro, em Belém.
Da programação que inclui shows, palestras, peças teatrais, exposições e encontros literários, a Fundação Cultural do Pará participa, por meio da Gerência de Promoção de Leitura (Gprol) e da Gerência de Promoção Editorial (Gped), com oficinas e circuitos literários. As oficinas “Roda da palavra”, “Literatura e ludicidade” e “Vivências em danças circulares” serão ministradas por Yandra Galuppo da Gprol. Ela também leva ao público do Salão do Livro a arte da contação de histórias, com o enredo “O Caçador de Palavras Amazônicas”.
Já o projeto “Circuito Literário” chega à região do Capim com três escritores e temas diferentes: literatura infantil com Alfredo Garcia, História com Antônio Eutálio Corrêa e poesia com Jaddson Luiz Silva, todos sob a intervenção artística da escritora Bella Pinto, da Gerência de Promoção Editorial.

Texto:
Luiz Flávio-FCPTN
Fone: (91) 3202-4391 / (91) 8814-3364/9144-4225
Email: lfmcosta@gmail.com



Jucepa implanta Escola de Registro Mercantil do Pará
A partir desta segunda-feira, 5, o Pará ganha a primeira Escola de Registro Mercantil. Projeto da Junta Comercial do Pará, órgão vinculado à Secretaria Especial de Estado de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip), a ERM foi criada com o objetivo de promover a melhoria da qualidade do serviço público prestado ao cidadão por meio da oferta de treinamentos na prática do Registro Mercantil, tanto para os usuários quanto para servidores do órgão.
Segunda do Brasil e a primeira do Norte do país, a Escola de Registro Mercantil do Pará vai oferecer uma agenda de cursos, workshops, palestras e eventos destinados a promover o desenvolvimento permanente dos públicos interno e externo.
As atividades e a equipe que atuará na ERM foram apresentadas no início da manhã desta segunda-feira pelo presidente da Jucepa, Artur Tourinho, e pelo secretário geral do órgão, Getúlio Moreira. A programação de abertura contou ainda com palestra do professor Edson Franco, presidente da Faculdade de Estudos Avançados do Pará (Feapa), sobre "O Projeto da Escola do Registro Mercantil e seu DNA".
Ao longo da semana, até o dia 12, outras palestras irão acontecer, sempre a partir das 8h30.

Texto:
Diane Maués-Jucepa
Fone: (91) 3217-5887 / (91) 8205-9277
Email: comunicacao@jucepa.pa.gov.br



Jucepa implanta Escola do Registro Mercantil do Pará
A partir desta segunda-feira, 5, o Pará ganha a primeira Escola de Registro Mercantil. Projeto da Junta Comercial do Pará, órgão vinculado à Secretaria Especial de Estado de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção (Sedip), a ERM foi criada com o objetivo de promover a melhoria da qualidade do serviço público prestado ao cidadão por meio da oferta de treinamentos na prática do Registro Mercantil, tanto para os usuários quanto para servidores do órgão.
Segunda do Brasil e a primeira do Norte do país, a Escola de Registro Mercantil do Pará vai oferecer uma agenda de cursos, workshops, palestras e eventos destinados a promover o desenvolvimento permanente dos públicos interno e externo.
As atividades e a equipe que atuará na ERM foram apresentadas no início da manhã desta segunda-feira pelo presidente da Jucepa, Artur Tourinho, e pelo secretário geral do órgão, Getúlio Moreira. A programação de abertura contou ainda com palestra do professor Edson Franco, presidente da Faculdade de Estudos Avançados do Pará (Feapa), sobre "O Projeto da Escola do Registro Mercantil e seu DNA".
Ao longo da semana, até o dia 12, outras palestras irão acontecer, sempre a partir das 8h30.

Texto:
Diane Maués-Jucepa
Fone: (91) 3217-5887 / (91) 8205-9277
Email: comunicacao@jucepa.pa.gov.br



Período de cadastramento para sorteio da Nota Fiscal Cidadã começa dia 12
No dia 12 de novembro começa o cadastramento de consumidores e contribuintes no Programa Nota Fiscal Cidadã. Nesse processo, o consumidor  deverá informar nome, identidade, CPF e também o número da conta bancária que será utilizada para o depósito dos prêmios. Para se cadastrar, será necessário concordar com o regulamento do sorteio.   
Nota Fiscal Cidadã é um programa do Governo do Pará que incentiva a cidadania fiscal e promoverá sorteios com premiação em dinheiro. Para participar o consumidor pode pedir as notas e cupons fiscais com seu CPF ou CNPJ. Até dezembro serão considerados válidos documentos fiscais emitidos em Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Marabá e Santarém. A partir de janeiro passam a valer os documentos fiscais emitidos em todo o Estado.
A cada R$ 100 em compras o consumidor terá direito a um bilhete eletrônico para concorrer ao sorteio de dezembro. No site Nota Fiscal será possivel obter as informações sobre os bilhetes e também saber o resultado do sorteio. Consulte a página www.sefa.pa.gov.br/nfc a partir do dia 12/11 para fazer o cadastramento.
O  montante global dapremiação corresponderá a até 5% do valor total do ICMS recolhido mensalmente pelos estabelecimentos enquadrados no Programa Nota Fiscal Cidadã. Serão sete faixas de premiação: a primeira de R$ 20 mil; a segunda de R$ 12 mil; a terceira de R$ 5 mil; a quarta de 500 reais; a quinta de 200 reais; a sexta de 100 e a sétima de 50 reais. Nas  três primeiras faixas haverá um único prêmio. O valor restante destinado à premiação será dividido da seguinte forma: 4% para quarta faixa; 6% para quinta; 15% para sexta e 75% para a sétima faixa.
Sefa alerta para e-mails falsos
A Secretaria da Fazenda  do Pará (Sefa) recebeu denúncias de que há e-mails falsos circulando na internet, por meio dos quais fraudadores tentam obter dados sigilosos dos contribuintes. A Secretaria esclarece que não solicita senhas nem encaminha e-mails para informar sobre bilhetes premiados do concurso. Os bilhetes utilizados no sorteio e premiação serão fornecidos mediante senha para quem se cadastrar no site da Nota Fiscal Cidadã. O primeiro sorteio será realizado em dezembro deste ano.
Para evitar roubo de senhas e outros dados sigilosos, a Secretaria da Fazenda recomenda que as pessoas não abram e-mails e links suspeitos, e quando fizerem seus cadastros no site da Nota Fiscal Cidadã também evitem fornecer sua senha para estranhos. Em caso de dúvidas o consumidor pode ligar para o call Center Sefa – 0800 725 553 ou entrar em contato pelo e-mail atendimento@sefa.pa.gov.br.  

Texto:
Ana Márcia Pantoja-Sefa
Fone: (91) 3323-4210  / (91) 9991-3237
Email: anamar@sefa.pa.gov.br



Exposição reúne talentos da Educação Especial
Fica aberta à visitação pública até o próximo dia 7, no galpão 03 da Estação das Docas, a “Exposição 40 anos da Coordenação de Educação Especial - COEES: memórias, atualidades e perspectivas”. A mostra reúne a produção de alunos de educação especial da rede estadual de ensino e comprova o talento dos estudantes na confecção de diversas peças, entre elas os riquíssimos mantos sensoriais feitos em homenagem à Virgem de Nazaré.
“Tivemos mudanças e evolução nessa área da educação a partir da política de inclusão”, pontuou a coordenadora da Educação Especial da Secretaria de Estado de Educação, Heloísa Helena de Brito. Segundo ela, em todo o Estado há 12 mil alunos matriculados regularmente na Educação Especial, que conta com 1.450 professores especializados. O assessor da COEES, Edmilson Lima, destacou a importância da família na vida de quem necessita de atenção especial. Segundo ele, a participação familiar no processo de aprendizado melhora o desempenho do aluno.
A cerimônia de inauguração do espaço, que aconteceu na última quinta-feira, 01, contou com a participação de todos os gestores e diretores das Unidades “Seduc na Escola” (USEs), por meio das quais são vinculadas as unidades de Educação Especial, como as escolas “Álvares de Azevedo” e “Yolanda Martins”. 
O ato inaugural contou com a presença da coordenadora do Programa Pro Paz, Izabela Jatene, que destacou a importância e a evolução da Educação Especial no Estado, juntamente com a dedicação dos professores no trato da pessoa com deficiência. A coordenadora da Diretoria de Educação, Diversidade, Inclusão e Cidadania (DEDIC), Aldeíse Queiroz, que representou na ocasião o secretário de Educação do Estado, Cláudio Ribeiro, disse que graças à política de inclusão as pessoas com deficiência deixaram de ser vistas com preconceito e, ao mesmo tempo, conceitos como solidariedade e igualdade no trato para com os alunos especiais passaram a ser trabalhados juntos aos demais estudantes.

Texto:
Izabel Cunha-Seduc
Fone: (91) 3201-5181 / (91) 8132-8502
Email: izabelcunha3@gmail.com



Filme gravado no Pará mostra belezas da Amazônia
O canal de TV alemão ZDF escolheu o Pará para iniciar uma série de filmes com histórias de pessoas que se passam nos mais importantes rios do mundo. O primeiro filme, que já está sendo rodado no estado, chama-se “Verloren im Amazon” (Perdidos na Amazônia), tendo Belém, a ilha do Combu e São Caetano de Odivelas como parte das locações. O filme deve alcançar de 8 a 10 milhões de expectadores na Europa, dando bastante visibilidade ao estado, e por issso conta com o apoio do Governo do Pará, por meio da Companhia Paraense de Turismo (Paratur) e da Secretaria de Estado de Turismo (Setur).
A produção no Brasil é coordenada pela empresa Optomagic, que possui em seu portifólio mega produções de artistas nacionais, como as cantoras Kelly Key e Vanessa Camargo. Comanda essa produção Martina Engel, filha do renomado cineasta e escritor Otto Engel. No Pará uma grande equipe está sendo mobilizada, em parceria entre órgãos públicos das esferas estadual e municipal, além de profissionais locais como técnicos e atores, para desenvolvimento das gravações.
As visitas de sondagem e as primeiras negociações começaram há alguns meses, com o trabalho de pré-produção de representantes da equipe que vieram ao estado para escolha de locações e viabilização de parcerias para as gravações. Martin Lehwald é um dos produtores alemães que visitou o Pará pelo menos quatro vezes antes de decidir que aqui seria o melhor lugar para desenvolver o longa metragem, principalmente após o apoio recebido da equipe de marketing da Paratur.
“Nossa missão de promover o turismo do Pará ao Brasil e ao exterior nos permitiu avaliar que um filme que tem o Pará, que divulgamos como a obra prima da Amazônia, como cenário, e que será visto por cerca de 10 milhões de expectadores na Europa, em especial na Alemanha, sem dúvida vai contribuir com nosso trabalho”, diz Socorro Costa, presidente da Paratur, que tem coordenado pessoalmente sua equipe de Marketing nas articulações institucionais de apoio ao filme. Socorro lembra que a meta do Governo do Estado é tornar o Pará destino turístico líder da Amazônia e que estratégias como essa são muito eficazes.
O filme
A primeira etapa da produção do filme teve início durante a realização do Círio de Nazaré, quando foram gravadas as primeiras imagens do longa, que conta com a direção do renomado diretor italiano Carlo Rola. De acordo com a sinopse do filme, após a queda de um avião em plena floresta amazônica, o marido viaja de Berlim até Belém para procurar a esposa e, sem obter sucesso na busca, acaba retornando ao seu país.
Quatro anos depois, durante o Círio de Nazaré, o piloto que o ajudara nas buscas, consegue encontrar a esposa desaparecida do amigo e o informa sobre o fato. Ao chegar a Belém ele descobre que a mulher perdera a memória e agora estaria morando em uma pousada desde que foi encontrada perdida na floresta. Ela segue uma vida já bastante diferente da que levava antes do acidente, em um romance com um policial federal filho da mulher que a havia encontrado e dona da pousada.
Como não se lembra do marido, o encontro entre os dois não será nada amistoso e o marido tenta fazer com que ela recorde da vida na Alemanha. Essa tentativa de retomar as lembranças norteia boa parte da trama, fazendo com que eles vivam momentos muito intensos, inclusive chegando a se perderem na floresta, de onde vem o nome do filme.
As gravações na ilha do Combu e no Furo do Maracujá, região insular da capital paraense, seguem até o final desta semana. Nas próximas etapas serão rodadas cenas nos complexos do Ver-o-Peso e Feliz Lusitânia, Jardim Botânico Bosque Rodrigues Alves e também no município de São Caetano de Odivelas.
Uma grande equipe com mais de 30 profissionais alemães e um grande time de paraenses, entre equipe técnica, de apoio, produtores e atores está envolvida nos trabalhos. No Pará a equipe conta com o importante suporte do Batalhão de Polícia Fluvial, da Companhia Independente de Polícia Turística (CIPTUR), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Secretarias Estadual e Municipal de Meio Ambiente, Ctbel, Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Economia, Prefeitura de São Caetano de Odivelas, entre outros.
A atriz global Clarisse Abujamra, conhecida nacionalmente, foi convidada para fazer parte do elenco, atuando como a dona da pousada que encontra a personagem principal do filme. No time paraense da equipe de produção estão nomes como Célia Maracajá e Adriano Barroso, que possuem no currículo grandes produções locais e nacionais em cinema, TV e teatro.
Paratur e Setur vêm acompanhando a equipe desde as primeiras articulações, oferecendo todo o suporte necessário para que os trabalhos sejam encaminhados. O apoio ao filme faz parte de estratégias de divulgação e promoção do destino turístico "Pará - a obra-prima da Amazônia", desenvolvida desde 2004 pela Gerência de Comunicação da Paratur, através do programa de Press Trip, que para ser viabilizado conta com diversos parceiros pertencentes ao trade paraense, ressaltando que o fortalecimento, desenvolvimento, promoção e divulgação do turismo do Pará é uma das metas prioritárias do governador Simão Jatene, visando geração de emprego, renda e qualidade de vida à população do estado e dos que o escolhem como destino turístico.

Texto:
Benigna Soares-Paratur
Fone: (91) 8360-0506 / (91) 8842-8129
Email: turismoparaense@gmail.com / benignasoares@globo.com



Seduc e Receita Federal recebem palestra sobre o programa "Nota Fiscal Cidadã"
A equipe do programa Nota Fiscal Cidadã, que prevê ações de incentivo à cidadania fiscal ao estimular a emissão de notas e cupons fiscais realizando sorteios com prêmios em dinheiro, continua a realizar palestras de esclarecimento ao público. No dia 6 de novembro, será realizada na Receita Federal, palestra integrada com a Oficina "Começando em Casa" para os servidores do Fisco federal. Já no próximo dia 20 de novembro o encontro será realizado no auditório da Secretaria Estadual de Educação (Seduc).
Além das palestras, a Secretaria da Fazenda do Pará (Sefa) também esclarece aos contribuintes de ICMS sobre as obrigações das empresas enquadradas no Programa Nota Fiscal Cidadã. No dia 31 de agosto foi realizada uma reunião com empresas credenciadas para manutenção de equipamentos Emissores de Cupom Fiscal (ECF) quando serão repassados os requisitos do sistema Nota Pará, para envio das informações tributárias.
"Estamos antecipando as informações aos contribuintes para que todos possam fazer as adaptações necessárias com tranquilidade e cumpram as obrigações tributárias”, afirmou Rutilene Garcia, fiscal de receitas da Sefa e coordenadora do programa. Para ela, estes encontros ajudam a esclarecer as regras do programa e explicam a sistemática dos sorteios. “A Sefa está desenvolvendo o sistema informatizado que vai receber as informações sobre as notas e cupons gerados pelos fornecedores e também armazenar os dados dos consumidores cadastrados, que vão participar dos sorteios. O cadastramento será feito a partir de novembro, no endereço www.sefa.pa.gov.br/nfc, e o primeiro sorteio acontecerá no final de dezembro deste ano”, contou.
Em Santarém, os servidores da Sefa estão planejando ações de divulgação da Nota Fiscal Cidadã. No dia 31 de outubro já houve visita às escolas para falar sobre o programa, e no dia 1º de novembro, ao centro comercial para divulgar o Programa e tirar dúvidas da população. Também será verificado se os estabelecimentos enquadrados no programa emitem nota e cupom fiscal com CPF.

Texto:
Ana Márcia Pantoja-Sefa
Fone: (91) 3323-4210  / (91) 9991-3237
Email: anamar@sefa.pa.gov.br



Estação das Docas promove a II Feira do Vinil
Com o intuito de promover a Vinyl Culture, a Estação das Docas recebe a segunda edição da Feira do Vinil. Nos dia 4, 11, 18 e 25, os colecionadores e amantes terão a oportunidade de adquirir os tradicionais long plays (LPs).
O mercado fonográfico acompanha o retorno dos discos de vinil que, cada vez mais em evidência, recupera um público perdido e conquista novos fãs. Por conta desse interesse nas tradicionais bolachas, várias feiras acontecem em diversos lugares do mundo. Colecionadores, musicólogos, DJs e o público amante do vinil terão, no evento, a oportunidade de compartilhar ideias e o descobrimento de novos sons.
Estarão à venda cerca de 600 LPs, da coleção do empresário Ná Figueredo e outros colecionadores. Os discos contemplam gêneros que vão do rock de Eric Clapton, Rolling Stones e Bee Gees ao pop, passando pela MPB de Caetano, Gil e Elis Regina. A novidade desta edição é que agora o público visitante da Estação poderá conferir a feira durante os finais de semana do mês de novembro. Os discos ficarão expostos no hall do Mezanino 1, das lojas do complexo.
De acordo com a gerente de Marketing da Organização Social Pará 2000, Isa Arnour “A II Feira do Vinil é o resultado positivo da primeira edição realizada em agosto deste ano, onde alcançamos um número grande na comercialização dos discos. E isto nos motivou a retomar o projeto, para oportunizar que os colecionadores e as pessoas que são antenadas com o cenário musical tenham acesso ao rico acervo que estará a mostra na Estação”.
A II Feira do Vinil é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), em parceria com a Organização Pará 2000 e Ná Figueredo. A programação é aberta ao público.
Serviço:
“II Feira do Vinil na Estação das Docas”
Dias 4, 11, 18 e 25 de novembro, das 10h às 22h, no mezanino do Boulevard 1, na Estação das Docas (Av. Boulevard Castilhos França, s/n° - Campina).
Informações: (91) 3212.5660
Entrada gratuita

Texto:
Camila Barros-Pará 2000
Fone: (91) 3212-5660 / (91) 8896-4318
Email: comunicacao@estacaodasdocas.com.br



Sejudh lamenta o falecimento do coordenador de Livre Orientação Sexual do órgão
O secretário de Justiça e Direitos Humanos, José Acreano Brasil Junior, em nome do Governo do Estado, comunica com imenso pesar o falecimento de Samuel Sardinha, Coordenador da Livre Orientação Sexual da Sejudh, ocorrido nesta sexta (2). Ele atuava com ações políticas voltadas à proteção e defesa da pessoa marginalizada e violentada por sua orientação sexual. "Samuel Sardinha ficará nas nossas lembranças pela sua simplicidade, amizade, carisma, e pelo belíssimo exemplo de vida e dedicação ao trabalho", afirmou.



Exposição de 40 anos da Educação Especial no Pará é aberta
A exposição que conta a história dos 40 anos da Educação Especial no Estado foi aberta na noite desta quinta-feira, 1° de novembro, no Boulevard de Exposições e Feiras da Estação das Docas. A coordenadora do Pro Paz, Izabela Jatene, participou da solenidade de abertura. “Uma exposição como esta tem o objetivo de levar para a população do Estado um pouco da arte, da história e da vida das pessoas que fazem a educação especial há 40 anos, sejam os educandos ou os educadores. Ela é a demonstração de um esforço enorme de todos os envolvidos para demonstrar que é possível educar de forma integrada à arte e à saúde. Que esta mostra alavanque, cada vez mais, o processo de integração”, comentou. 



Seduc divulga resultado preliminar da seleção de docentes para o Pronatec
A Secretaria Estadual de Educação (Seduc), através da Coordenação de Ensino Profissionalizante (Coep), divulgou o resultado preliminar da seleção simplificada de docentes para o Programa Nacional de acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Segundo o edital 24/2012 as vagas foram destinadas a professores da Formação Inicial e Continuada e Curso Técnico de Nível Médio. Os candidatos que participaram da seleção tem o prazo de 48 horas para entrar com recurso contra o resultado preliminar. Após a análise dos recursos a coordenação divulgará o resultado final. O resultado preliminar está disponível no site da Seduc (www.seduc.pa.gov.br).



Pará manterá limite do Simples em R$1,8 milhão em 2013
O Governo do Estado manterá, em 2013, o limite máximo de receita bruta anual em R$1,8 milhão, para os contribuintes do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) optantes do Simples Nacional, regime tributário diferenciado para micro e pequenas empresas. Na última quarta-feira (30) foi publicado o decreto regulamentando a medida no Diário Oficial do Estado, .
No Pará existem  101.588 optantes do Simples Nacional contribuintes do ICMS, representando 82,1% do total dos empreendimentos cadastrados junto a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefa).
Além do número significativo de empresas beneficiadas pelo Simples Nacional, no Pará existem dois benefícios adicionais aos contribuintes do Simples, em relação aos demais estados brasileiros. Desde 2009, há a isenção da parcela do ICMS mensal apurado no âmbito do Simples Nacional, para os contribuintes que realizem volume de negócios de até R$ 120 mil nos últimos doze meses. O segundo benefício, concedido em 2010, é a exclusão da obrigatoriedade do recolhimento da antecipação especial do ICMS devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.
A atual crise econômica mundial, cujas conseqüências estão se refletindo no Brasil, com previsão de crescimento reduzido no  Produto Interno Bruto (PIB) em 2012, traz incertezas para os próximos anos. Como reflexo disso, houve expressiva redução nas receitas transferidas, principalmente do Fundo de Participação dos Estados (FPE), em decorrência da política de desonerações do  Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) feita pelo Governo Federal. A indefinição sobre o comportamento dessa fonte de receita exige cautela para evitar o comprometimento das receitas e manter o equilíbrio das contas públicas.   
Outro ponto de indefinição é a mudança no FPE. A revisão dos índices do Fundo, determinada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), cujo prazo se encerra em dezembro de 2012 e até hoje não definida, abre a possibilidade de alteração do montante que cabe ao Pará sem que seja possível, no momento, estimar se haverá ganho ou perda para o estado.  

Texto:
Ana Márcia Pantoja-Sefa
Fone: (91) 3323-4210  / (91) 9991-3237
Email: anamar@sefa.pa.gov.br



Seinfra e Arcon reativam Conselho de Regulação e Controle de Serviços Públicos

Com a participação de representantes do Governo do Estado, das operadoras de transporte intermunicipal rodoviário e hidroviário e de usuários dos serviços, a Secretaria Especial de Infraestrutura (Seinfra) e a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Arcon) deram posse, nesta quinta-feira (31), aos novos integrantes do Conselho de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Pará (Conerc).
O órgão, que estava desativado há mais de dois anos, é uma unidade colegiada deliberativa e recursiva das atividades da Arcon-Pará, com a principal função de apreciar e opinar sobre as normas de funcionalidade do transporte intermunicipal de passageiros no estado.
A solenidade de posse dos novos conselheiros ocorreu no Centro Integrado de Governo (CIG), com a presença do secretário da Seinfra, Vilmos Grunvald e do diretor geral da Arcon, Antônio Figueiredo Neto. O Conerc será presidido por Marilena Mácola, representante do governo. O novo conselho foi eleito por meio de eleição direta contemplando todos os segmentos envolvidos no transporte intermunicipal.
"É de suma importância para o Governo do Estado a retomada do Conerc, uma vez que as decisões referentes ao transporte intermunicipal de passageiros passam a ser partilhadas com a sociedade, por meio dos segmentos envolvidos no processo, como os usuários e operadores", afirmou o diretor geral da Arcon, Antônio Neto, parabenizando os novos empossados.
O secretário Vilmos Grunvald também parabenizou os novos conselheiros, destacando o avanço que representa para a sociedade e para o processo de regulação a formatação do conselho com o envolvimento participativo e decisório da sociedade. Vilmos disse ainda estar feliz por ter contribuído com a implantação desse modelo, discutido ainda na época em que era diretor geral da Arcon. "O principal interesse do governo é atender bem o usuário", frisou.

Texto:
Leiliane Souza-Arcon
Fone: (91) 3213-3445 / (91) 8225-8085
Email: comunica@arcon.pa.gov.br



Aluno da escola nacional de circo ministra oficina no Curro Velho
O palhaço, ator e artista circense Antonio Marco Cruz do Rosário estará em Belém a partir de segunda-feira (5) para ministrar oficina de técnicas circenses na Fundação Curro Velho. Integrante dos Palhaços Trovadores, ele e atualmente é aluno da Escola Nacional de Circo da Funarte, no Rio de Janeiro. O artista circense, cria do Curro Velho, em 2010 foi contemplado com a Bolsa Funarte para Formação em Artes Circenses, o único artista da região Norte.
A oficina tem como tema “Brincando, pulando e rindo: Vivendo o Circo!”, que tem como objetivo transmitir conhecimentos técnicos circenses, por meio da vivencia na arte de fazer circo. Antonio Marco do Rosário afirma que “a partir da brincadeira damos um pulo para o riso. Brincar, pular e rir: intervêm na maneira prática de vivenciar a arte de fazer circo”, comenta.
A oficina pretende “transmitir conhecimentos técnicos de acrobacia de solo, acrobacia aérea, manipulação de objetos e palhaço, através de brincadeiras lúdicas infantis e jogos dramáticos de maneira a vivenciar a arte de fazer circo”.
Durante uma semana de atividades na sede da Fundação Curro Velho, os jovens com idade a partir de 12 anos, vão interagir com jogos infantis (pique pega, pique esconde, pique alto, etc...), para introdução da técnica acrobática de solo e acrobacia aérea (trapézio simples); vão conhecer técnicas de acrobacias de solo e aérea; iniciação aos malabares e também utilizarão jogos dramáticos do livro 100 jogos dramáticos de Maria Clara Machado, (jogos de reflexo, jogo dramático baseado em canções, o passarinho, balão, etc.), como ênfase para a técnica de manipulação de objetos e palhaço.
A oficina de técnicas circenses com o instrutor Antonio Marco Cruz do Rosário ocorre até 9 de novembro, no horário de 8h30 às 12h30, na sede da Fundação Curro Velho, no bairro do Telégrafo. As inscrições são gratuitas. Os jovens com idade a partir de 12 anos podem se inscrever no primeiro dia de oficina, na segunda-feira. São ofertadas 20 vagas.

Texto:
Andreza Gomes-FCV
Fone: (91) 3184-9102/ 3184-9127 / (91) 8895-1334/ 8890-0357
Email: andreza_gomes@ig.com.br



Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...