Total de visualizações de página

terça-feira, novembro 27, 2012

XI Festival de Ópera - Ópera Salomé






Em coma, Joelmir Beting está em estado grave e irreversível

Jornalista sofreu um AVE no domingo (25) após mais de um mês internado para tratamento de doença autoimune

iG Gente
Qual foi o acontecimento mais marcante do ano? Vote agora
13.933 votos

Em coma, Joelmir Beting está em estado grave e irreversível

Jornalista sofreu um AVE no domingo (25) após mais de um mês internado para tratamento de doença autoimune

iG Gente |


Joelmir Beting, jornalista e comentarista da Band

Internado desde o dia 22 de outubro no Hospital Israelita Albert Einstein, Joelmir Beting está em estado grave e irreversível.  No último domingo (25), o jornalista da Band de 75 anos, sofreu um acidente vascular encefálico (AVE) hemorrágico e permanece em coma desde então. 
De acordo com boletim médico do hospital, Joelmir Beting segue respirando com o auxílio de aparelhos. O jornalista estava hospitalizado desde outubro para o tratamento de uma doeça autoimune. 

 Felipão será anunciado técnico da seleção nesta quinta

Técnico campeão do mundo em 2002 acerta detalhes com CBF para assumir posto deixado por Mano Menezes

Bruno Winckler - iG São Paulo



Luiz Felipe Scolari está de volta à seleção brasileira . O técnico que conduziu a equipe à sua última conquista de Copa do Mundo, em 2002, terá a missão de iniciar nova fase a partir de janeiro com os objetivos de triunfar na Copa das Confederações, em junho do ano que vem, e na Copa de 2014 . O anúncio da CBF será feito nesta quinta-feira depois que detalhes do novo contrato sejam acertados.
Felipão está desempregado desde setembro, quando foi demitido do Palmeiras . O apelo popular em relação ao seu nome influenciou a decisão de José Maria Marin em apontá-lo como sucessor de Mano Menezes. Mesmo com trabalhos recentes pouco convincentes, a experiência de dez anos atrás pesou.
A confirmação de Felipão, nome apoiado também pelo vice-presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, forçou a saída de Andrés Sanchez do cargo de diretor de seleções. Sanchez gostaria de ter um técnico de sua confiança e esperava que em janeiro, após o Mundial de Clubes, a CBF procurasse Tite, do Corinthians.
Felipão fará sua estreia no comando da seleção em fevereiro, dia 6, em amistoso contra a Inglaterra, em Wembley. Ele terá até 20 jogos até a Copa, em 2014. Além do técnico, a CBF anunciará Carlos Alberto Parreira como coordenador técnico da seleção. Felipão e Parreira deverão representar a CBF no sorteio da Copa das Confederações, sábado, em São Paulo.
A escolha de Luiz Felipe Scolari acabou confirmando também a preferência do internauta do iG . Em enquete encerrada esta segunda-feira, através da revolucionária plataforma do conceito real time , o treinador foi apontado como o preferido para assumir a seleção, recebendo 15.584 votos dos internautas.

Com prêmio de R$ 180 milhões, Mega da Virada inicia apostas nesta quinta-feira

Previsão inicial de prêmio do concurso especial de final de ano da Mega-Sena é de R$ 180 milhões, mas pode aumentar conforme o número de apostas

iG São Paulo
A partir desta quinta-feira (29), a 11,9 mil casas lotéricas começam a receber as apostas para o concurso mais esperado das loterias brasileira, a Mega da Virada. O concurso especial nº 1.455 da Mega-Sena será sorteado em 31 de dezembro e tem prêmio previsto de R$ 180 milhões.

Mega-Sena de hoje: Concurso 1.446 pode pagar R$ 2,5 milhões nesta quarta-feira

Caso um único ganhador receba a bolada e aplique o valor integral do prêmio na poupança, poderá ter rendimentos mensais de R$ 769 mil por mês, o que equivale a cerca de R$ 26 mil por dia. No ramo imobiliário, a fortuna é suficiente para comprar um bairro inteiro com 900 casas, no valor de R$ 200 mil cada, ou ainda uma frota de 1.800 carros de luxo.
O prêmio da Mega da Virada não acumula. Caso não haja ganhador com as seis dezenas sorteadas, o valor será somado ao rateio dos acertadores de cinco números. Se não houver ganhadores nessa faixa, os acertadores da quadra é que dividirão todo o prêmio.
Os concursos especiais são sorteios que têm como objetivo mobilizar os apostadores para que participem, cada vez mais, concorrendo a grandes prêmios. As apostas com volante específico terão o mesmo custo das apostas regulares e podem ser feitas em qualquer um das mais de lotéricas do país.
Bolão
O sorteio deste ano da Mega da Virada será o primeiro em que os apostadores poderão participar em grupo, cada um com seu recibo individual. Os bolões para a Mega-Sena têm preço mínimo de R$ 10 e cada cota deve ser de, pelo menos, R$ 4, sendo possível realizar um bolão de, no mínimo, duas e no máximo 100 cotas.
Na Mega da Virada, caso dez pessoas organizem um bolão com um jogo de 10 números, pagarão individualmente R$ 42 e cada apostador do grupo receberá cerca de R$ 18 milhões, caso sejam contempladas. Caso o apostador adquira cotas de bolões organizados pelas próprias lotéricas, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da unidade lotérica.
Para participar do Bolão oficial da caixa, basta adquirir as cotas em uma Casa Lotérica ou formar um grupo, escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar em qualquer uma das unidades lotéricas do país. Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante que, em caso de premiação, poderá resgatar a sua parte do prêmio individualmente.

Romário elogia Felipão e Parreira, mas chama a cúpula da CBF de incompetente

"Graças a Deus, esses incompetentes da CBF acertaram pelo menos uma vez", disse o ex-jogador pelo Twitter

Gazeta
Romário se dividiu entre críticas elogios ao comentar a volta de Luiz Felipe Scolari e Carlos Alberto Parreira como técnico e coordenador da seleção brasileira, respectivamente. Os elogios, o ex-atacante guardou para Parreira, seu treinador na conquista da Copa do Mundo de 1994, e Scolari. As críticas, Romário direcionou para a cúpula da CBF - formada pelo presidente José Maria Marin e o vice Marco Polo Del Nero - e para o último técnico da seleção, Mano Menezes.

E MAIS: Romário critica Del Nero no Twitter e pede "limpeza" no futebol brasileiro
 
"Graças a Deus, esses incompetentes da CBF acertaram pelo menos uma vez. Desejo muita sorte ao meu amigo Parreira e ao Felipão. Tenho certeza que muitas coisas erradas que aconteceram deixarão de acontecer, vai acabar o cartel das convocações. Sob a ótica deles, eles vão convocar os melhores jogadores do momento", escreveu em sua conta no Twitter, voltando a acusar Mano de convocar atletas que pudessem trazer ao treinador benefícios financeiros.

VEJA:  'Hoje é um dia histórico', diz Romário, sobre a queda de Mano Menezes
 
Romário fez ainda questão de sugerir que Marin e Del Nero seguissem o exemplo do ex-diretor de seleções da CBF, Andrés Sanchéz, que abandonou o cargo na manhã desta quarta. O dirigente optou por deixar o cargo após ter se posicionado contra a demissão de Mano Menezes, sem sucesso. "Depois de o Sanchéz pedir demissão, o presidente e vice da CBF poderiam pedir também", afirmou.
O novo técnico da Seleção Brasileira será anunciado em entrevista coletiva às 10h30 (de Brasília) desta quinta-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Embora não haja confirmação oficial, a tendência é que Scolari e Parreira assumam, respectivamente, os cargos de técnico e coordenador.
:


Pará é o maior gerador de empregos formais da Região Norte
O Pará gerou mais de 45 mil empregos formais no período entre janeiro e outubro deste ano, destacando-se como o estado da Região Norte com o melhor desempenho no setor, de acordo com o mais recente estudo elaborado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA).
Segundo a análise do Dieese, foram registradas no Pará 323.050 admissões contra 277.645 desligamentos, o que gerou um saldo positivo de 45.405 postos de trabalho, com um crescimento de 6,56% na geração de empregos formais. Entre os setores econômicos que apresentaram crescimento na contratação formal, o destaque ficou para a Construção Civil, com um crescimento de 20,47%, seguida pelo Extrativo Mineral, com 12,2%, e da Agropecuária, com 6,77%. No mesmo período, os setores de Indústria de Transformação foram os que apresentaram o menor índice na geração de empregos formais, com 2,09%.
Os outros estados da Região Norte também apresentaram saldo positivo na geração de empregos formais. Na relação entre as admissões e desligamentos, os maiores geradores de emprego, depois do Pará, foram o Amazonas, com 15.398 postos de trabalho; Tocantins, com 10.630 vagas; e Rondônia, com 10.037 empregos formais gerados. O estado que apresentou o menor índice de crescimento foi Roraima, com 3.369 oportunidades neste período.
O estudo elaborado pelo Dieese foi feito com base em informações oficiais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), levando em consideração a nova metodologia adotada pelo do Ministério do Trabalho. O estudo também é parte integrante do projeto do Observatório do Trabalho do Estado do Pará, fruto de uma parceria entre o Dieese e o Governo do Estado do Pará, por intermédio da Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter).
Texto:
Roberta Rocha-Secom
Fone: (91) 3202-0910 /
Email: robertarocha@agenciapara.com.br


Sead aponta que reajuste nos salários dos servidores do Detran já chega a 67%
Nesta quinta-feira, 29, a secretária de Estado de Administração, Alice Viana, receberá uma comissão de servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), em cumprimento à agenda da negociações que vem sendo cumprida ao longo desses 23 meses de governo. De acordo com a titular da Sead, a proposta do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos servidores do órgão está sendo analisada. Uma avaliação preliminar estima que o impacto financeiro causado pelas vantagens previstas na folha de pagamento é de mais de R$ 2 milhões mensais. “Somente na atual gestão os servidores do Detran já receberam um reajuste de 67%, o que já representa, na folha, um acréscimo do mesmo patamar que o reajuste proposto no PCCR”, argumenta Alice.
Em janeiro de 2011 a remuneração dos servidores do Detran, excluídas as vantagens pessoais, distribuíam-se da seguinte forma: R$ 2.583,00 (nível superior), R$ 1.661,00 (nível médio) e R$ 1.510,00 (operacional). Após os reajustes concedidos pelo governo, com aumento no vencimento base, nas gratificações de escolaridade, auxílio-alimentação e auxílio-transporte, a remuneração dos servidores subiu, em novembro de 2012, passando a R$ 4.315,00 (em nível superior), R$ 2.694,00  (nível médio) e R$ 1.896,00 (operacional), o que representa, respectivamente, um aumento de 67%, 62% e 25%. “O governo estabeleceu uma política de remuneração que tem proporcionado aumentos reais de salários, o que se observa quando se compara os reajustes concedidos com a inflação do mesmo período, que é de 19,27%. No caso dos servidores do Detran, há um aumento real de 27%, portanto superior à inflação”, explicou a secretária.
“A preocupação do governo no controle dos gastos com pessoal é permanente, tendo em vista que se faz necessário um enorme esforço da gestão para honrar com os compromissos assumidos e manter o pagamento do funcionalismo em dia, diante da crescente perda de receita que o Estado vem sofrendo em função da crise econômica mundial. Nesse cenário e diante dos reajustes concedidos ao funcionalismo estadual, o Estado atingiu o limite prudencial de gastos estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que é de 46,17%. Somente neste mês de novembro, o Estado vem consumindo 46,34% da receita corrente líquida, o que de acordo com a LRF exige o controle de gastos e a não assunção de novas despesas”, pontuou Viana.
A titular da Sead informou que o fato do Detran possuir receita própria não o exime do cômputo geral de comprometimento de despesas estabelecida pela LRF. A remuneração dos 1.875 servidores, com encargos, representa um impacto de R$ 7,83 milhões na folha de pagamento do Estado. No período de janeiro a novembro de 2012 a receita do Detran foi de R$ 239,12 milhões, sendo 32,5% - equivalente a R$ 77,723 milhões – somente com gastos de pessoal. “Receita esta que deve ser aplicada em pagamento de pessoal, com investimento na melhoria da prestação de serviços e em despesas gerais de manutenção do órgão.” ressaltou.
Alice informou, ainda, que o Governo do Estado iniciou uma frente de trabalho fundamental no sentido de reestruturar os cargos dos 75 órgãos e entidades da administração direta e indireta. Para tanto, foi contratada para apoiar a Sead e os demais órgãos, com recursos do Programa Nacional de Apoio à Modernização da Gestão dos Estados e do Distrito Federal (Pnage), com contrapartida do Estado, a consultoria do Instituto Publix, que foi responsável pelos trabalhos de modernização em Minas Gerais, Curitiba, Brasília e outros Estados. “Esse trabalho contribuirá com a elaboração das diretrizes gerais para a concepção do Plano de Carreiras dos servidores estaduais”, disse Alice.
Texto:
Edson Matoso-Detran
Fone: (91) 3214-6262 / (91) 9100-0495
Email: asdecom@detran.pa.gov.br


Detran inicia obras de sinalização da Avenida Centenário
Na tarde desta terça-feira, 25, terão início as obras de sinalização da Avenida Centenário, em Belém, com a instalação de um semáforo no cruzamento da via com a alameda Lameira Bittencourt. Ao longo da via deverão ser instalados dois semáforos, além da implantação e revitalização das sinalizações horizontais e verticais, como faixas cidadãs e semáforo para pedestres. As medidas foram asseguradas na segunda-feira, 26, pelo diretor geral do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM), César Meira, após dois acidentes com vítimas fatais ocorridas nos últimos dias.
Já nesta terça-feira, a população da área passou a contar com agentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que trabalharão diariamente ordenando o trânsito de motoristas e pedestres nos principais cruzamentos, até que todas as obras sejam concluídas. No cruzamento com a Major Seda, onde ocorreu um dos acidentes, o tráfego de pedestres pela faixa-cidadã era intenso pela manhã. O local também deverá receber uma nova sinalização em breve. Dois agentes do Detran fiscalizavam o trânsito no local, nos dois sentidos da via.
Ao atravessar o cruzamento com ajuda de um dos agentes, o porteiro Lucivaldo Gomes, de 53 anos, comentou que a medida era um dos anseios da comunidade local. “Estamos precisando dessa fiscalização há muito tempo. Sabemos que não é suficiente, mas pelos últimos acontecimentos já ajuda”, afirmou. Para ele, além da presença dos agentes, é necessária uma maior conscientização dos motoristas que trafegam pelo local. “Agora mesmo o guarda fez sinal para que os carros parassem e teve um que passou direto. Se eles não pararem na faixa não adianta”, argumentou.
Por outro lado, pedestres e ciclistas que atravessavam a faixa também agiam de modo inadequado. A agente que fiscalizava o local orientava as pessoas para que adotassem os procedimentos corretos, como atravessar somente na área demarcada. Mesmo assim, algumas pessoas cruzavam a via em locais diferentes e distantes da demarcação. Os ciclistas, por sua vez, não desciam da bicicleta para atravessar, procedimento adequado nessa situação.   
No cruzamento da Centenário com a rua da Yamada, cones foram colocados pelos agentes para separar as faixas e induzir os condutores a reduzir a velocidade. O diretor de Operações do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Miguel Marinho, que vistoriava a avenida, informou que as medidas adotadas no primeiro momento são apenas paliativas, mas que um projeto definitivo já começou ser elaborado pelo Detran e pelo NGTM. “Estamos com nove agentes ao longo da avenida, que também já estão avaliando o fluxo de carros e em qual ponto é viável colocarmos semáforo”, informou.
O coordenador de engenharia do Detran, Walter Couto, observou que nem sempre a instalação de semáforos é a melhor alternativa. “Depende muito do fluxo do local. Como sabemos, a Avenida Centenário é uma via que desafoga o trânsito de outras principais, como a Almirante Barroso. Nem sempre o semáforo é melhor. Existem outras sinalizações horizontais, como lombadas e faixa-cidadã, que também estão sendo estudadas nesse projeto”, afirmou.
Texto:
Amanda Engelke-Secom
Fone: (91) 3202-0911 / (91) 8150-8965
Email: amanda@agenciapara.com.br






Diretor de Endemias da Sespa descarta surto de dengue no Pará
O diretor do Departamento de Controle de Endemias da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Bernardo Cardoso, falou nesta terça-feira (27) sobre o levantamento Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (Liraa), do Ministério da Saúde, que apontou 77 municípios brasileiros em situação de risco para a dengue. O estudo traça um panorama para identificar onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito transmissor da doença.
No Pará, a pesquisa apontou quatro municípios considerados em situação de risco de surto: Curionópolis, Rondon do Pará, Dom Eliseu e Altamira. Segundo o diretor, embora estejam com índice alto de infestação do mosquito transmissor, essas cidades não representam risco de surto à população, pois não está havendo a circulação do vírus, salve Altamira, que está entre as localidades com maior número de casos notificados.
Segundo Bernardo Cardoso, os municípios com vírus circulantes são aqueles com maior número de casos notificados e confirmados pela doença. Os mais notificados são: Belém (4.153), Parauapebas (2.271), Marabá (1.435), Santarém (1.484), Altamira (1.393), Ananindeua (1.004) e Monte Alegre (635). Em relação aos confirmados, os municípios com mais casos são: Belém (1.868), Parauapebas (1.334), Altamira (895), Monte Alegre (553), Santarém (460), Marabá (341) e Ananindeua (340). Até o momento, há confirmação de quatro óbitos por dengue no Estado, em Parauapebas, em Altamira, em Ananindeua e Oriximiná.
Em relação ao índice de infestação satisfatório, do Ministério da Saúde, o diretor comprovou que o Estado evoluiu no combate à dengue. Ele observou que apesar de a região ser considerada de doenças endêmicas, a maior parte dos municípios não representa risco de doença. O último informe epidemiológico divulgado pela Sespa registrou a confirmação de 11.625 casos de dengue com a seguinte classificação final: 11.536 de dengue clássica, 63 de dengue com complicação, 24 de febre hemorrágica da dengue e dois casos de síndrome do choque da dengue.
Para Bernardo Cardoso, a situação atual está sob controle. Ele ressaltou que desde agosto, as atividades têm sido reforçadas para preparar os municípios paraenses para o enfrentamento da dengue no período chuvoso, principalmente os considerados prioritários. “A Sespa distribui para todos os municípios um produto inseticida para evitar a proliferação do mosquito. Isso também tem melhorado o cenário da dengue no Estado. Reduzimos a mortalidade e o número de pessoas com a doença, além dos casos de dengue clássica com complicação”, explicou.  
Bernardo Cardoso ressaltou que, ao longo do ano, as equipes da Sespa trabalham em conjunto com todos os municípios para manter a doença sob controle. As ações desenvolvidas são bloqueio imediato da transmissão nas localidades ou bairros que notificam casos; atividades de educação e comunicação, visando à sensibilização da população para o problema; articulação com órgãos municipais de saneamento e limpeza urbana para melhoria da coleta e destinação adequada do lixo; e manutenção das atividades de rotina no combate ao mosquito transmissor Aedes aegypti.
Por meio da coordenação estadual, a Sespa também faz supervisões aos programas municipais de controle da dengue nos municípios, e treina técnicos dos Centros Regionais de Saúde, que abrangem os municípios, para o uso do método em levantamento de índice rápido para Aedes aegypti (Liraa). “O governo do Estado está sempre presente em todas as ações. Apoiamos e também monitoramos. Cabe aos gestores municipais o cumprimento do seu papel”, concluiu o diretor.
Serviço: para informações sobre dengue entrar em contato com as Secretarias Municipais de Saúde de Ananindeua (91) 3073-2220; Marabá (94) 3324-4904; Marituba (91) 3256-8395; Santarém (94) 3524-3555 e Tucuruí (94) 3778-8378. Em Belém, além do fone (91) 3277-2485, estão disponíveis os telefones dos Distritos Administrativos: Daben (3297-3275), Daent (3276-6371), Dagua (3274-1691), Daico (3297-7059), Damos (3771-3344), Daout (3267-2859), Dasac (3244-0271) e Dabel (3277-2485).
Texto:
Edna Sidou-Sespa
Fone: (91) 4006-4822
 - 4006-4823 /
Email: ednasidou@yahoo.com.br


Pará registra queda de 44% na taxa de desmatamento medida pelo Inpe
O Pará é o segundo Estado da Amazônia Legal com a maior redução na taxa de desmatamento em termos percentuais, 44%, no período de agosto de 2011 a julho de 2012, ficando atrás apenas do Amapá. Os dados foram registrados pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), mantido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e divulgados nesta terça-feira (27), pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.
Em números absolutos, entre os nove Estados integrantes da Amazônia Legal, o Pará apresentou o melhor resultado na redução do desmatamento em extensão territorial (1.309 km²), número que significa 74,2% do total verificado na região (1.762 km²).
“Este é o resultado de um esforço coletivo, de vários parceiros que atuam no Programa Municípios Verdes, como prefeituras, produtores rurais, Ministério Público Federal, ONGs, Ibama e toda a sociedade”, ressaltou na tarde desta terça-feira o secretário extraordinário do “Municípios Verdes”, Justiniano Netto, ao analisar os dados de redução do desmatamento na Amazônia Legal. Justiniano Netto analisou a redução do desmatamento no Pará em entrevista coletiva, no Centro Integrado de Governo (CIG).
No período pesquisado pelo Inpe, a floresta perdeu 4.656 km², contra 6.418 km² registrados entre agosto de 2010 e julho de 2011. Em um ano, o índice de desmatamento caiu 27% na região, considerado o menor índice constatado desde o início da medição do desmatamento pelo Inpe, em 1988.
Tendência - A partir de 2009, apenas o Pará manteve a tendência de redução na derrubada da floresta, passando de 57% do total verificado na Amazônia em 2009, para 36% na última medição, neste ano. Segundo Justiniano Netto, essa redução tem um grande significado. “Creio que esta é a essência do Programa Municípios Verdes: a parceria, o pacto com a sociedade local e a mudança do padrão de produção rural”. De 2011 a 2012, disse ele, o Pará registrou crescimento na economia e na geração de empregos, “o que mostra ser possível desenvolver sem devastar”.
O secretário extraordinário informou que a antecipação da meta de redução do desmatamento, prevista para 2017, “é vista com satisfação por todos que trabalham no programa, mas sempre com a responsabilidade de reduzir ainda mais esses números, pois nossa meta maior é o desmatamento líquido zero”.
Justiniano Netto voltou a reiterar que “o desmatamento não será vencido pela iniciativa de um único órgão. É a soma de um esforço comum, que visa desenvolver o Estado do Pará e a Amazônia em outras bases, deixando para trás um passado de devastação e criando as bases para o desenvolvimento rural sustentável”.
Texto:
Diego Andrade-Municípios Verdes
Fone: (91) 3201 3714 / 3201 3618  / (91) 9964-1279
Email: diego82araujo@gmail.com




Avenida Centenário receberá nova sinalização com faixas e semáforos
Técnicos de Engenharia de Tráfego do Departamento de Trânsito do Pará (Detran) e do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) fazem nesta semana, na Avenida Centenário, o levantamento de ações emergenciais nos pontos que receberão nova sinalização. Ainda na noite desta terça-feira (27), começa a instalação do semáforo que ficará na esquina da avenida com a alameda Lameira Bittencourt.
O trabalho conclui o projeto global e definitivo de revisão da sinalização, desenvolvido em função do volume de tráfego na avenida. Nesta terça-feira (27), os técnicos percorreram toda a via e analisaram as sinalizações verticais e horizontais, como placas, faixas cidadãs e semáforos. Segundo a diretora executiva do NGTM, Marilena Macola, na próxima quinta-feira (27) será feita a contagem de fluxo de veículos, para identificar pontos que necessitam de novos semáforos.
“A análise será feita nos horários de pico, que vão das 7 às 9 horas e das 17 às 19 horas. Trata-se de uma contagem volumétrica de veículos em determinados pontos para verificar a capacidade de fluxo da via”, explica a diretora, informando que 15 agentes de trânsito do Detran estão na Avenida Centenário organizando o tráfego e orientando pedestres e motoristas.
A ação, que ocorre até o termino das obras de sinalização na via, atende ainda a pedidos da comunidade, sobretudo após acidente que vitimou, semana passada, um mototaxista. Segundo o assessor comunitário dos moradores do entorno da Centernário, Mauro Lima, muitos motoristas não respeitam a sinalização. “Agora, com o agente de trânsito, a gente vê o condutor respeitar, mas alguns são repreendidos por desrespeitar a faixa cidadã, a ciclo faixas e os sinais”, disse.
O Detran coordena a instalação do semáforo no cruzamento da Avenida Centenário com a alameda Lameira Bittencourt. A manutenção será feita em parceria com o NGTM, responsável pela manutenção da via. “Dentro de 20 dias o sinal deve estar funcionando, mas ainda é preciso analisar a avenida com um todo e estender o projeto de revitalização das sinalizações, pois não adianta colocar um semáforo em um determinado cruzamento se outros locais ficarem descobertos”, afirmou o coordenador de Engenharia de Trânsito do Detran, Walter Castro.
Texto:
Pablo Almeida-Secom
Fone: (91) 3202-0910 / (91) 8240-2141
Email: pabloc.almeida@gmail.com


Governo do Estado e Universidade da Baviera assinam protocolo de cooperação
O Governo do Estado e a Universidade Rural Weihenstephan, um dos maiores centros de formação profissionalizante da Europa, assinam um termo de cooperação técnica em reunião a ser realizada a partir das 09h na sede do Comando Geral da Polícia Militar, nesta quarta-feira.  A instituição está  localizada no Estado da Baviera, na Alemanha. Além da assinatura do Protocolo, na cerimônia  será ministrada a palestra “Investimento responsável na agricultura e na indústria de alimentos – fator chave para a segurança alimentar e desenvolvimento rural”, proferida pelo Dr. Theodor Weber, diretor de Política Agrícola do Ministério da Alimentação, Agricultura e Florestas do Estado da Baviera (Alemanha). O governador do Estado, Simão Jatene, participa do encontro acompanhado de secretários estaduais, entre eles, o secretário de Estado de Agricultura, Hildergado Nunes.
Em agosto deste ano, uma comitiva do estado da Baviera esteve no Pará para visitar as escolas de ensino técnico-profissionalizante do Pará. A comitiva foi acompanhada por representes do governo do Estado. A visita teve como finalidadetivo pontuar os caminhos a serem seguidos para dar início à formação de profissionais paraenses especializados na área agrícola, com certificação internacional. O ensino de ciências aplicadas (equivalente ao ensino profissionalizante) na Alemanha é muito valorizado, e 72% dos estudantes que passam pelas universidades também tiveram formação nessas escolas. Atualmente, a instituição que ele dirige tem 17 unidades no estado da Baviera e essa expansão atraiu novas empresas e descentralizou a geração de renda e empregos.
O protocolo que será assinado nesta quarta-feira já é resultado da articulação que o governo vem fazendo com o governo da Baviera . A cooperação técnica é uma  das ações planejadas pelo  do Governo  do Estado para reestruturar o sistema de educação tecnológica do Pará. A partir dessa parceria, já consolidada entre Brasil e Alemanha, que o Pará foi cotado como um dos Estados para a aplicação do projeto piloto do novo modelo de gestão agropecuária, desenvolvido pelo Ministério da Agricultura, e que irá implantar o Sistema de Garantia da Qualidade, indispensável para avanços nos mercados internacionais.
Governo do Estado e Universidade da Baviera assinam protocolo de cooperação
O Governo do Estado e a Universidade Rural Weihenstephan, um dos maiores centros de formação profissionalizante da Europa, assinam um termo de cooperação técnica em reunião a ser realizada a partir das 09h na sede do Comando Geral da Polícia Militar, nesta quarta-feira.  A instituição está  localizada no Estado da Baviera, na Alemanha. Além da assinatura do Protocolo, na cerimônia  será ministrada a palestra “Investimento responsável na agricultura e na indústria de alimentos – fator chave para a segurança alimentar e desenvolvimento rural”, proferida pelo Dr. Theodor Weber, diretor de Política Agrícola do Ministério da Alimentação, Agricultura e Florestas do Estado da Baviera (Alemanha). O governador do Estado, Simão Jatene, participa do encontro acompanhado de secretários estaduais, entre eles, o secretário de Estado de Agricultura, Hildergado Nunes.
Em agosto deste ano, uma comitiva do estado da Baviera esteve no Pará para visitar as escolas de ensino técnico-profissionalizante do Pará. A comitiva foi acompanhada por representes do governo do Estado. A visita teve como finalidadetivo pontuar os caminhos a serem seguidos para dar início à formação de profissionais paraenses especializados na área agrícola, com certificação internacional. O ensino de ciências aplicadas (equivalente ao ensino profissionalizante) na Alemanha é muito valorizado, e 72% dos estudantes que passam pelas universidades também tiveram formação nessas escolas. Atualmente, a instituição que ele dirige tem 17 unidades no estado da Baviera e essa expansão atraiu novas empresas e descentralizou a geração de renda e empregos.
O protocolo que será assinado nesta quarta-feira já é resultado da articulação que o governo vem fazendo com o governo da Baviera . A cooperação técnica é uma  das ações planejadas pelo  do Governo  do Estado para reestruturar o sistema de educação tecnológica do Pará. A partir dessa parceria, já consolidada entre Brasil e Alemanha, que o Pará foi cotado como um dos Estados para a aplicação do projeto piloto do novo modelo de gestão agropecuária, desenvolvido pelo Ministério da Agricultura, e que irá implantar o Sistema de Garantia da Qualidade, indispensável para avanços nos mercados internacionais.


Internos da Susipe fazem manutenção predial em escolas de oito municípios
No fim deste mês, ocorre a oitava edição do projeto “Conquistando a Liberdade”. Desta vez, 113 internos dos regimes fechado e semi aberto de oito unidades prisionais do Estado fazem serviços gerais e de manutenção predial em sete escolas e um centro de ensino infantil. Os municípios que recebem o projeto são: Tomé-Açu, Mocajuba, Abaetetuba, Paragominas, Salinópolis, Capanema, Santa Izabel e Marituba.
As atividades começam às 8 horas, quando a escola recebe os internos com solenidade de acolhimento. Em seguida, os participantes do projeto seguem com a limpeza, capina e reparos elétricos e hidráulicos. Em média, são 20 detentos por estabelecimento. Todos passaram por seleção psicossocial e treinamento, e vão sair das unidades mediante escolta de agentes penitenciários e policiais militares.
Junto à prestação dos serviços, os alunos do ensino médio são estimulados a participar do “Papo di Rocha”, uma conversa entre presos pré-selecionados e jovens sobre o perigo das drogas e as armadilhas do crime. Tudo numa perspectiva de traduzir em exemplos o quanto é prejudicial e destrutivo o caminho da criminalidade. A dinâmica tem como mediador um técnico (pedagogo ou psicólogo) da unidade prisional.
As atividades dão aos internos o direito à remição de pena, pois a cada três dias trabalhados, reduz-se em um dia o cumprimento da pena. O projeto começou em abril deste ano, e vai até dezembro. A meta é atender cerca de 60 escolas públicas estaduais e municipais. As ações simultâneas ocorrem na última quinta-feira de cada mês e têm como parceiros a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), Tribunal de Justiça do Estado (TJE), Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Pro Paz e Polícia Militar.
Seguem abaixo os municípios, as unidades prisionais e os locais envolvidos no projeto:
1-      Marituba
Presídio Estadual Metropolitano I - Diretor: Robervaldo Araujo
Escola M. E. F. Dr. Renausto Amanajas.
Endereço: Rua João Paulo II s/n. (Ao lado do Hospital da Divina Providência).
2-      Santa Izabel
Colônia Agrícola “Heleno Fragoso” - Diretor: Lucival Montalvão
Escola Estadual de Ensino Médio Marieta Emmi
Endereço: Rua do Polo Esportivo S/N
3- Tomé-Açu
Centro de Recuperação Regional de Tomé-Açu – Diretora: Selma Lucia do Nascimento
Escola Municipal de Ensino Fundamental Fernando Guilhon.
Endereço: Av. Saburushiba, s/nº - Bairro: Venceslau – 4 bocas
4- Abaetetuba
Centro de Recuperação Regional de Abaetetuba – Diretor: Jorge Melo.
Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Profª. Estela Maria
Endereço: Travessa Santa Luzia, s/nº - Bairro: Algodoal
5- Capanema
Centro de Recuperação Regional de Capanema – Diretor: Joaquim Junior
Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Dom João VI
Endereço: Rua Duque de Caxias, nº 429 - Bairro: Dom João VI
6- Salinopólis
Centro de Recuperação Regional de Salinopólis – Diretor: Fabricio Martins
Escola Estadual de Ensino Fundamental Joaquim de castro
Endereço: Rua Joaquim de Castro, Passagem Tia Lula, 217- Bairro Pratinha
7- Paragominas
Centro de Recuperação Regional de Paragominas – Diretor: Wilson
Escola Municipal de Ensino Fundamental Amilcar Batista Tocantins
Endereço: Rodovia dos Pioneiros, s/n Bairro: Nova Conquista de Paragominas
8- Mocajuba
Centro de Recuperação Regional de Mocajuba – Diretor: Jurandir Aguiar
Centro Infantil de Mocajuba – CIM
Endereço: Travessa.  Lauro Sodré, 155
Bairro: Centro


NOTÍCIAS DE BRASÍLIA - PSDB
Brasília, 27 de novembro de 2012

Tucanos apresentam requerimentos para esclarecer participação de envolvidos em escândalo

Deputados do PSDB apresentaram nesta terça-feira (27) uma série de requerimentos em diversas comissões da Câmara pedindo a presença de envolvidos no escândalo denunciado pela operação Porto Seguro, da Polícia Federal. De acordo com os tucanos, os depoimentos são fundamentais para a elucidação dos fatos. Leia mais


Governo petista transformou agências reguladoras em cobiçados balcões de negócios

O PT não consegue entregar obras que promete, mas pode se vangloriar de ter cumprido à risca um dos primeiros compromissos vocalizados por Lula quando chegou ao Planalto: pôr fim à autonomia das agências reguladoras. “Teria sido menos danoso para o país se os petistas apenas tivessem transformado estes órgãos em cabides de emprego para companheiros. Na prática, foi bem pior: eles se tornaram cobiçados balcões de negócios”, aponta a Carta de Formulação e Mobilização Política desta terça-feira (27). Leia mais


Mesmo abandonada, obra de transposição do São Francisco acumula gastos bilionários 

O Nordeste enfrenta a pior estiagem dos últimos 30 anos, mas a conclusão da obra que poderia amenizar os efeitos da seca na vida de 4 milhões de pessoas parece cada vez mais distante. A transposição do rio São Francisco teve o orçamento praticamente dobrado, mas apenas 43% dos projetos foram concluídos. Leia mais


Em audiência, deputados cobrarão explicações de ministro sobre falhas no sistema elétrico 

Quatro comissões promovem, em conjunto, audiência pública com a presença do ministro interino de Minas e Energia, Márcio Pereira Zimmermann, nesta quarta-feira (28). A reunião foi solicitada pelos deputados Nelson Marchezan Júnior (RS)Vanderlei Macris (SP)Otavio Leite (RJ) e Ângelo Agnolin (PDT-TO) para que o ministro explique os frequentes apagões ocorridos recentemente no país. Leia mais


PSDB reúne prefeitos eleitos para debater gestão e compartilhar experiências

“Faça um bom mandato: informações e reflexões para a gestão municipal”. Este é o evento organizado pela Executiva Nacional do PSDB e Instituto Teotônio Villela (ITV) que reunirá, em Brasília, na próxima segunda-feira (3), centenas de prefeitos que venceram as disputas locais em outubro. Leia mais


Câmara aprova MP que destina R$ 676 milhões para vítimas da seca no Nordeste 

Com o apoio do PSDB, o plenário da Câmara aprovou nesta terça-feira (27) a Medida Provisória 583/12, que destina R$ 676 milhões em favor do Ministério da Integração Nacional para atender às populações vítimas da seca do semiárido do Nordeste. A matéria segue para votação do Senado. O deputadoRaimundo Gomes de Matos (CE) destacou a importância da MP para os habitantes da região. Leia mais


Wandenkolk defende a criação de comissão para verificar o destino do ouro na Serra Pelada 

Em pronunciamento nesta terça-feira (27), o deputado Wandenkolk Gonçalves (PA) defendeu a criação de uma comissão de deputados para verificar o destino do ouro extraído de Serra Pelada e a falta de contrapartida da Vale em infraestrutura na região, além do baixo investimento do governo federal na reforma agrária e na pesca do Pará. Leia mais


Otavio Leite pede esclarecimentos de diretor da Anac sobre operação da PF

O deputado Otavio Leite (RJ) apresentou nesta terça-feira (27) requerimento à Comissão de Turismo em que convida o diretor de Infraestrutura Aeroportuária da ANAC, Rubens Carlos Vieira, para prestar esclarecimentos acerca dos fatos apurados na Operação Porto Seguro, deflagrada pela Polícia Federal em São Paulo e Brasília. De acordo com o tucano, o depoimento é fundamental para a elucidação dos fatos. Leia mais


Thame quer vinda de Gleisi e Adams para falar sobre operação Porto Seguro

O líder da Minoria na Câmara, Antonio Carlos Mendes Thame (SP), apresentou nesta terça-feira (27) requerimento à Comissão de Fiscalização e Controle pedindo a convocação da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e o Advogado Geral da União, Luís Inácio Adams. Thame quer explicações do governo sobre a operação Porto Seguro da Polícia Federal que prendeu a chefe de gabinete do escritório da Presidência em São Paulo e diretores de Agências Reguladoras sob suspeita de venda de pareceres técnicos para favorecer interesses privados. Leia mais


Por sugestão de Pinto Itamaraty, bancada maranhense destinará emenda para segurança pública

Em reunião da bancada maranhense realizada nesta terça-feira (27), os deputados federais destinaram duas emendas parlamentares ao governo do estado. A sugestão do deputado Pinto Itamaraty (MA), acatada pelos presentes, é que uma dessas emendas tenha seus recursos aplicados na área da segurança pública do Maranhão. Leia mais


Brasil mantém fraco desempenho econômico, avalia Macris

Após a divulgação, na manhã desta terça-feira (27), do relatório da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) ter apontado fraco desempenho brasileiro no ano, o deputado Vanderlei Macris (SP) questionou a atuação do governo Federal. Para ele, o Brasil continua não planejando e nem trabalha para ter êxito. Leia mais


Kaefer defende duplicação do anel rodoviário de integração do Paraná

O deputado Alfredo Kaefer (PR) defendeu a necessidade de duplicação do Anel Rodoviário de Integração do Paraná e o apoio ao projeto de toda a bancada paranaense da Câmara, independentemente de filiações partidárias. A seu ver, a duplicação é indispensável econômica e socialmente porque permitirá a redução dos acidentes rodoviários no Paraná, a exemplo do que ocorreu em São Paulo depois da criação de um Anel Rodoviário. Leia mais


Finanças aprova projeto da Lei da Transparência Tributária

A Comissão de Finanças e Tributação aprovou o Projeto de Lei 2820/03, do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (SP), que institui a Lei da Transparência Tributária. De acordo com o texto, o produto da arrecadação de impostos, taxas e contribuições da União será divulgado mensalmente, até o 15º dia útil do mês subsequente, por meios eletrônicos de amplo e livre acesso, incluindo a internet. Leia mais




Judô paraense é medalha de prata nas Olimpíadas Escolares



A delegação paraense já conquistou a primeira medalha nas Olimpíadas Escolares que ocorrem na cidade de Cuiabá (MT), até 8 de dezembro. Após quatro vitóriasconsecutivas, o estudante Luiz Eduardo Motta Pinho, do Colégio Intelectual, de Ananindeua, na região metropolitana de Belém, conquistou medalha de prata no judô. Ele foi derrotado na final pelo mato-grossense Ruan Teixeira. Eduardo ainda segue na competição e luta nesta quarta-feira (28) na disputa por equipes.
Estudante do terceiro ano do ensino médio, Luiz Eduardo participa pela quinta vez das Olimpíadas Escolares. Para chegar à final da categoria até 81 quilos, o estudante venceu oponentes dos Estados do Tocantins, Amazonas, Paraná e Paraíba. “Até a final, venci todas as lutas por Ippon. Só perdi na final. É com essa medalha que encerro meu ciclo de participação nas Olimpíadas Escolares”, disse o atleta.
Ele afirmou que obteve muitas oportunidades de crescimento nas competições estudantis. “Viajei muito, conheci pessoas de outros Estados. Vivi muita coisas graças ao judô. Sei que isso fez diferença na minha vida de estudante. Fiquei muito feliz com esse resultado. Treinei muito para conquistar isso. Espero que meus colegas também tenham a oportunidade de ter essas conquistas”, destacou o judoca, que no evento tem como técnicos os professores José Augusto Baeta e Kátia Sombra.
No total, cerca de 170 estudantes de escolas públicas e privadas dos municípios de Ananindeua, Barcarena, Belém, Castanhal, Marabá, Paragominas, Parauapebas, Rondon do Pará, Soure e Ulianópolis representam o Pará nas Olimpíadas Escolares, que reúnem mais de quatro mil atletas de todo o Brasil, com idade de 15 a 17 anos, na categoria B. Os atletas paraenses também disputam medalhas nas modalidades de atletismo, ginástica rítmica, tae-kwon-do, tênis de mesa, vôlei de praia, ciclismo, futsal, natação, voleibol, xadrez, basquete e handebol.
Texto:
Mari Chiba-Seduc


Convênio da EGPA garante a servidor desconto em curso superior
Mais uma instituição de ensino superior será parceira da Escola de Governo do Pará (EGPA) na qualificação profissional de servidores públicos. Na manhã desta terça-feira (27), o diretor geral da EGPA, Ruy Martini, recebeu representantes do Instituto de Estudos Superiores da Amazônia (Iesam), para a assinatura de um termo de cooperação que garante a concessão de descontos no valor das mensalidades em cursos de graduação e pós-graduação, para funcionários do Estado e dependentes diretos.
Segundo o diretor da EGPA, o convênio é uma continuidade da proposta que alia a capacitação e a valorização do servidor. “Já temos outras instituições parceiras, como a Faculdade Maurício de Nassau, a Estácio FAP e a FGV Ideal, e o Iesam vem enriquecer essa grade de colaboradores que cooperam com as melhorias para a formação do servidor público do Pará”, destacou Ruy Martini.
O desconto será de 10% para graduação e de 20% nos cursos de pós-graduação. O termo de cooperação tem vigência de um ano a contar da data da assinatura, podendo ser prorrogado por igual período. O benefício, porém, será mantido ao servidor até a conclusão do curso, desde que atenda às condições, como não ser desligado do serviço público, dentre outras previstas em contrato.
“Como a nossa missão é ajudar no desenvolvimento regional, este convênio se mostra muito importante por ser a materialização da ajuda neste crescimento. A manutenção da excelência técnica do quadro de funcionários do governo do Estado é um aspecto muito relevante dentro desse contexto”, disse o diretor geral do Iesam, Manoel José Sena.
Para ter direito aos descontos, o servidor deve comprovar o vínculo com o governo do Estado, apresentando, no ato da matrícula e também nas suas sucessivas renovações, os seguintes documentos: carteira de identidade, contracheque atual, certidão de nascimento (no caso de dependentes), certidão de casamento ou declaração de união estável. Os interessados devem passar pelo processo seletivo regular do Iesam e obter a aprovação.
Texto:
Daniele Brabo-EGPA
Fone: (91) 3214-6804 / (91) 8282-6815
Email: dani.brabo@gmail.com


Uepa e Polícia Rodoviária Federal promovem ação preventiva em Castanhal
A Pró-reitoria de Extensão (Proex), da Universidade do Estado do Pará (Uepa), em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), realiza nesta quarta-feira (28), das 8 às 14 horas, uma ação de prevenção e conscientização no trânsito, na rodovia federal que passa pelo município de Castanhal, no nordeste paraense. Cerca de 30 alunos dos cursos de Medicina, Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Ambiental e Tecnologia Agroindustrial farão diagnósticos sobre as condições de trabalho, doenças pré-existentes e medicamentos impróprios para os condutores, a fim de identificar fatores de risco e intesificar o trabalho educativo.
"O acidente é visto como um problema de saúde pública. Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, acontecem 510 acidentes por dia, uma média de 20 por hora. A ação objetiva reduzir os acidentes de trânsito nas rodovias. As pessoas não são números. Cada perda é única", enfatizou Gleicy Karen Abdon Alves Paes, diretora de Apoio à Extensão, mestre em Engenharia de Transportes e Engenharia de Segurança.
Serão abordados 80 motoristas durante a ação. Os alunos esclarecerão o propósito do evento e os motoristas passarão pelas sete estações - coleta de dados; exames antropométricos, como avaliações físicas; verificação da pressão e frequência cardíaca; orientações sobre tráfego, acuidade visual e auditiva; exames bioquímicos de glicose e triglicerídeos; orientações de saúde e controle da qualidade de vida. Cada estação terá um foco de orientação e atendimento.
Ao final da ação, os motoristas receberão um diagnóstico prévio e orientações a partir dos resultados. Serão distribuídos folders, contendo informações sobre qualidade de vida, ginástica laboral e prevenção de acidentes. A ação recebe o apoio do Corpo de Bombeiros do Pará, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Serviço Social do Transporte (Sest), Serviço Nacional de Aprendizagem ao Transporte (Senat) e Confederação Nacional dos Transportes (CNT).
Texto:
Ize Sena-Uepa
Fone: (91) 3244-5201 (91) 3299-2221 / (91) 8112 0744
 
Email: ascom.uepa@gmail.com / ascom@uepa.br


Campanha do Hemopa arrecada sangue para o estoque do fim de ano
Continua até sábado, 1º de dezembro, a campanha “Salvar vidas precisa mais que pulso, precisa de coração. Doe sangue”, que a Fundação Hemopa promove com a missão de assegurar cerca de 400 coletas por dia. Nos dois dias de ação, o hemocentro recebeu 849 doações. As bolsas de sangue vão suprir a demanda de fim de ano, quando a rede enfrenta dificuldades com a redução de voluntários, em função do período festivo. Os doadores serão homenageados.
O doador José Abner Silva dos Anjos, 58 anos, é um dos homenageados da semana. Ele salva vidas, anonimamente, desde 1982. A primeira doação foi para o filho. Depois disso, não parou mais. “‘Eu me sinto muito bem doando sangue todos os anos”, disse. Nesta quinta-feira (29), o Hemopa promove, no horário de 8 às 13 horas, no auditório da sede, a oficina Doador do Futuro, com 50 participantes.
O objetivo é promover a formação continuada juntos aos professores da rede de ensino pública e privada, visando proporcionar a criação de um novo olhar em relação ao processo da doação de sangue voluntária, reafirmando a importância do papel social da escola. Durante a oficina, serão abordados os seguintes temas: a educação como base de sustentação para promoção da doação de sangue; mobilizando e motivando multiplicadores para o ato de doar sangue; doação de medula óssea: uma lição de vida; apresentação de experiências exitosas no projeto Doador de Sangue do Futuro.
Até sábado, 1º de dezembro, a campanha fará cadastro de doação de medula óssea, lanche especial e exibição de vídeos educativos. “Estamos preparando nosso estoque de sangue para as necessidades de fim de ano. Por isso, contamos com a colaboração da sociedade, que ao final do processo, é a própria beneficiada”, diz a gerente de Captação de Doadores do Hemopa, Juciara Farias. A mobilização ocorre simultaneamente nos hemocentros de Castanhal, Marabá e Santarém e nos núcleos de Abaetetuba, Altamira, Tucuruí, Redenção e Capanema.
Podem doar sangue pessoas com boa saúde, que tenham idade entre 16 e 67 anos e peso acima de 50 quilos. Para doar, é preciso apresentar documento de identidade original e com foto. Não é necessário estar em jejum. Com a doação, são feitos exames para diversas doenças, entre elas Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sanguínea.
O homem pode doar a cada dois meses e a mulher, a cada três meses. O doador deve estar bem alimentado. O resultado dos exames dos doadores pode ser obtido online, no site WWW.hemopa.pa.gov.br, em 30 dias após a coleta do sangue. O Hemopa fica na travessa Padre Eutíquio, 2.109, em Batista Campoos, e funciona de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h, e aos sábados, de 7h30 às 17h. Mais informações pelo telefone 08002808118.
Texto:
Vera Rojas-Hemopa
Fone: (91) 3241-1811 / (91) 88953089
Email: Imprensa.hemopa@yahoo.com.br


Aluno da "Justo Chermont" vence concurso de ilustração sobre prevenção do câncer
Os vencedores do concurso de ilustração “Riscos & Rabiscos”, promovido pela Rede Paraense de Controle ao Câncer (RPCC), foram anunciados nesta terça-feira (27). A solenidade de premiação foi realizada no auditório Luís Geolás de Moura Carvalho, do Hospital Ophir Loyola (HOL), durante a programação pelo Dia Nacional de Combate ao Câncer.
O concurso foi realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Fundação Curro Velho. Estudantes da rede estadual de ensino participaram da atividade nas modalidades cartum, caricatura, charge e quadrinho. O vencedor do concurso, Patrick Pereira, da Escola Justo Chermont, destacou a importância de abordar a doença de forma lúdica. "Estou achando uma oportunidade muito boa. Tratar sobre o câncer é fundamental, e prevenir é melhor ainda, sabendo que é melhor nem começar a beber ou fumar, e ter uma vida saudável”, ressaltou.
O estudante Helton Viana, também da Escola Justo Chermont, ficou em segundo lugar. “Participar deste concurso é uma forma de expressar o meu trabalho, conhecer e ajudar na prevenção do câncer”, afirmou. Suelen Aguiar, da Escola Estadual Otávio Meira, ilustrou a dificuldade dos homens no tratamento do câncer de próstata, e conquistou a terceira colocação.
Segundo a diretora da Escola Justo Chermont, Socorro Fayal, o concurso despertou o talento dos alunos. A temática, acrescentou, foi estudada em sala de aula, e as ilustrações também tiveram o objetivo de levar uma mensagem de esperança às pessoas que estão tratando o câncer. “Os nossos alunos sempre participam de concursos, e neste descobrimos muitos talentos. Tudo isso serve para sensibilizar nossos alunos a respeito da prevenção”, enfatizou Socorro Fayal.
Prevenção - A Rede Paraense de Controle ao Câncer apresenta palestras, oficinas educativas, rodas de conversa, concursos de desenhos, salões de arte, entre outras ações, para sensibilizar os estudantes sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. As ações são desenvolvidas em parceria com a Seduc, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Hospital Ophir Loyola e a Associação Voluntária de Apoio à Oncologia (AVAO).
Na rede estadual de ensino são desenvolvidos dois programas de prevenção do câncer, por meio das artes cênicas, nas Escolas General Gurjão e Astério de Campos, e o programa "Saber Saúde", nas 20 escolas da Unidade Seduc na Escola 8 (USE). O coordenador da RPCC, Antenor Madeira, informou que a parceria com a Seduc é fundamental para trabalhar a prevenção e o combate ao câncer entre as crianças e os jovens, fazendo com que os estudantes busquem uma melhor qualidade de vida e “saibam como isso pode interferir no seu futuro e na sua saúde”.
Segundo Natalene Teixeira, coordenadora Estadual do Programa Saúde na Escola (PSE), a meta da Seduc é trabalhar, já em 2013, a prevenção do câncer em todas as escolas que pertencem ao PSE. No interior do Estado o programa será iniciado nos municípios de Marabá (no sudeste) e Altamira (no oeste). “A ideia é que a escola seja um espaço de prevenção e um ambiente promotor da saúde, estimulando a responsabilidade entre alunos, família e comunidade”, frisou Natalene.
Texto:
Mari Chiba-Seduc
Fone: (91) 3201-5181 / (91) 8802-0325
Email: marichiba84@gmail.com


Investidores alemães firmam acordo de cooperação técnica com o Pará
Representantes do setor produtivo, pesquisadores, investidores e representantes de universidades dos estados da Baviera, na Alemanha, e do Pará cumprem, até 7 de dezembro, agenda positiva que objetiva assegurar investimentos futuros em municípios paraenses com potencial para o reflorestamento, fruticultura tropical, grãos e bovinocultura. O destaque é o acordo bilateral entre Brasil e Alemanha nas áreas tecnológica, produtiva e educacional, que será firmado nesta quarta feira (28), às 9 horas, no Comando Geral da Polícia Militar.
A assinatura do termo de cooperação internacional com o governo do Estado, que terá a presença do governador Simão Jatene, reunirá ainda o secretário de Estado da Agricultura, Hildegardo Nunes, e o diretor geral da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará), Mário Moreira. Integrando a comitiva alemã, estarão presentes representantes do Ministério da Agricultura, pesquisadores da área frutífera, reitor da Universidade da Baviera e representantes de investidores privados.
Nesta quarta (28) e quinta-feira (29), a comitiva alemã cumpre agenda na Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) e na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), juntamente com representantes do Ministério de Agricultura. Na sequência, a comitiva visita os municípios de Paragominas, Xinguara, Floresta do Araguaia, Redenção e Santana do Araguaia, além da ilha do Marajó.
O Brasil é um dos países com características naturais mais adequadas para investimentos no setor produtivo em especial no agronegócio. Tem extensão territorial, clima e solo favoráveis para a atividade agropecuária e bacias hidrográficas e terra suficiente que possibilitam a melhoria e construção de estrutura adequada (portos, rodovias e ferrovias) e modernizada para promover o desenvolvimento. Sem falar da riqueza mineral e dos sistemas de explorações sustentáveis e florestas.
Produção – O potencial produtivo destaca a produção de dendê, de cacau, a cultura do arroz, fruticultura com ênfase nas culturas do açaizeiro, cupuaçuzeiro, abacaxizeiro, coqueiro e bananeira. A potencialidade do Pará confirma ainda a viabilidade de expansão para o cultivo de grão; verticalização da cultura da mandioca e de culturas industriais como pimenta do reino, café, citrus e cana de açúcar a e ainda a aquicultura.
Ao se pronunciar sobre a importância da comitiva alemã para o setor produtivo, o diretor geral da Adepará, Mário Moreira, disse que o Brasil é competitivo no agronegócio e que o Pará é o Estado em destaque, pelas peculiaridades que atendem aos interesses de investimentos privados e de projeção de futuro. “Eles estão vindo pela segunda vez ao Pará e, agora, com a proposta de negócios”, destacou.
“O mundo vai precisar de acréscimo significativo de alimentos até o ano de 2020, em função do crescimento demográfico, e a Alemanha é o país de sustentação da Europa. Eles têm essa perspectiva com relação à necessidade de investimentos no setor produtivo. Estão prospectando condições adequadas para realização de negócios” , completou o diretor da Adepará.
Os municípios paraenses são grandes produtores de frutas e têm importância significativa no cenário nacional. Floresta do Araguaia, por exemplo, é a segunda maior cidade produtora de abacaxi no Brasil. A comitiva alemã vai conhecer, no município, a lavoura de pequenos colonos e a fábrica de sucos.
No sul do Pará, o grupo visitará empresários e importantes propriedades produtivas, algumas de grande referência na bovinocultura e na produção de milho e soja. Evidência para a Floresteca, projeto de reflorestamento de alto nível em área de 20 mil hectares, entre Redenção e Santa Maria das Barreiras. No local, uma palestra será proferida pelo coordenador do projeto, José Maria.
Uma das culturas de maior interesse para os alemães é a do cacau. Em meados de outubro deste ano, Mário Moreira e Hildegardo Nunes, além do superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Walter Cardoso, e do representante Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) estiveram, juntamente com representantes do setor produtivo na França, no Salão do Chocolate.
Texto:
Andréa Ferreira-Adepara
Fone: (91) 3210-1106 / (91) 8252-6442
Email: andrea.adepara@gmail.com


Governo nomeia 25 concursados para substituição de temporários na Sespa
Serão publicados nesta quarta-feira (28), no Diário Oficial do Estado (DOE), os nomes dos 25 concursados que assumirão cargos ocupados por servidores temporários na Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), conforme prevê o Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Administração (Sead) e da Sespa, com o Ministério Público do Estado (MPE) e Ministério Público do Trabalho (MPT), no último dia 10 de setembro.
O documento foi assinado pelo procurador do Trabalho, Sandoval Alves da Silva; pela promotora Maria da Penha Araújo; pelo procurador geral do Estado, Caio de Azevedo Trindade; pela secretária adjunta de Estado de Administração, Ruth Pina, e pelo secretário de Estado de Saúde Pública, Helio Franco.
A diretora de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde da Sespa, Sônia Bahia, informou que os 25 profissionais foram aprovados no Concurso C-153 (cadastro de reserva). São três assistentes sociais, três enfermeiros, cinco psicólogos e seis agentes administrativos, que serão lotados no Nível Central da Sespa; quatro agentes administrativos no 1º Centro Regional de Saúde (1º CRS), em Belém; um médico clínico geral no 2º CRS, no município de Santa Izabel do Pará; um enfermeiro no 3º CRS, em Castanhal; um farmacêutico no 13º CRS, em Cametá, e uma fonoaudióloga no Hospital Regional de Tucuruí.
Também está prevista no TAC a realização de novo concurso público em 2013, para substituição dos 303 temporários que ainda permanecem na Sespa, cujos cargos não podem ser ocupados por aprovados no C-153 porque são diferentes dos disponíveis no cadastro de reserva.
As nomeações dos 25 servidores seriam publicadas em 10 de novembro, conforme estabelecido no TAC. Porém, devido a dificuldades no trâmite administrativo, houve um atraso na publicação, que será efetivada nesta quarta-feira.
Além das nomeações e da realização de novo concurso em 2013, o Termo de Ajuste de Conduta prevê o “levantamento da necessidade dos cargos a serem criados para atender à demanda da rede de serviços de atendimento da saúde, e subsequente encaminhamento de projeto de lei, por parte do governo do Estado do Pará, para o Poder Legislativo, para criação dos cargos objeto do levantamento".
Texto:
Roberta Vilanova-Sespa
Fone: (91) 4006-4822 / (91) 8116-7719
Email: ascomsespa@gmail.com


Estudantes participam de gincana ecológica na APA Araguaia
A 2ª Gincana Ecológica do Parque Serra das Andorinhas (Pesam) levou à reserva ambiental alunos das sete escolas localizadas na Área de Preservação Ambiental (APA) Araguaia, no município de São Geraldo do Araguaia, sudeste do Pará. O evento, promovido pela gerência do Parque, em parceria com a Secretaria de Educação municipal, aconteceu na Escola Limírio Rodrigues de Amorim. Cerca de 200 estudantes participaram de atividades ambientais e culturais durante todo o sábado (24).
O objetivo da gincana foi promover a interação entre alunos e professores das escolas da APA Araguaia, a fim de sensibilizá-los sobre a importância de preservar o meio ambiente. Os alunos participaram de jogo de perguntas e respostas, assistiram documentários sobre meio ambiente e palestras sobre as ações ambientais desenvolvidas no Parque Serra das Andorinhas, e ainda conheceram ações do projeto sobre meio ambiente desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed).


Polícia Civil promove seminário sobre enfrentamento ao tráfico de pessoas
O enfrentamento ao tráfico de pessoas é o tema do seminário realizado a partir desta terça-feira (27), no auditório B da Delegacia Geral de Polícia Civil, em Belém. Participam do encontro policiais civis, militares, peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e servidores da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). O evento prossegue até esta quarta-feira (28).
Promovido pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e pela Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV), da Polícia Civil, o encontro tem o objetivo de apresentar conhecimentos sobre a temática, para difundir informações e subsidiar a atuação dos profissionais da área de segurança pública, e de outras afins, vinculados direta ou indiretamente na prevenção ao tráfico de pessoas, na atenção à vítima ou na repressão e responsabilização desse crime.
Durante dois dias, os servidores do sistema de segurança pública do Pará serão capacitados para o trabalho de combate ao tráfico humano, por integrantes da Coordenação de Proteção dos Direitos dos Trabalhadores Rurais e de Combate ao Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas (NETP), representada por Odilene Andrade, em parceria com o Centro de Referência em Direitos Humanos (CRDH)/Sejudh.
Entre os temas analisados estão: Finalidade, causas e consequências do tráfico de pessoas; Características das vítimas; Perfil dos aliciadores e Políticas Nacional e Estadual de enfrentamento.


Emater ministra oficina de arranjo floral com motivo natalino
Floricultoras de Benevides, Marituba, Ananindeua, Santa Bárbara (Região Metropolitana) e de Belém participam, a partir desta quarta-feira, 28, de uma oficina de arranjos florais com motivos natalinos oferecida pelo escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) em Benevides. Durante as aulas serão produzidos itens para para ornamentação feitos a partir de flores tropicais, folhagens e orquídeas da variedade phaleenopsis. Ao final da atividade, na sexta-feira, 30, as peças confeccionadas serão reunidas e comercializadas.
Além de promover a capacitação, a idéia da oficina é oferecer uma alternativa de renda às vinte e cinco participantes do curso, que vai utilizar ainda na confecção dos arranjos, frutas da época natalina - como uvas, maçãs, nozes - e também frutas regionais, o que pode baratear o custo de produção em até 30%. Segundo a engenheira agrônoma da Emater, Soraya Araújo, ministrante do curso, as mulheres selecionadas já são assistidas pela empresa desde 2011. “Acreditamos que essa oficina vai aumentar em 40% a renda dessas mulheres nessa época”, adiantou Soraya.
A Emater incentiva a produção de flores, atividade que oferece um retorno financeiro de pelo menos 60%. Na Região Metropolitana de Belém está concentrada a maior produção de flores do Estado, com destaque para Benevides. Só em 2011 o município alcançou uma produção comercial de flores tropicais de 255.033 mil hastes. As flores temperadas somaram 24.320 unidades e a produção de envasados 225.848 unidades. Já a produção de folhagens girou em torno de 8.550 maços e de palmeiras, 41.990, o que gerou uma renda bruta  de quase R$ 4 milhões.
De acordo com um diagnóstico georreferenciado feito pela Emater, Benevides tem 34 produtores dedicados à floricultura. Destes, 45% tem na atividade a principal fonte de renda e 53% utilizam a mão de obra. “Até com relação ao lixo produzido nas propriedades rurais os agricultores apresentam uma consciência ambiental, uma vez que todo o lixo é orgânico reaproveitado como adubo para as plantas ou como composto orgânico”, finalizou Soraia. A oficina acontece na sede da Emater em Marituba, das 9h às 16h.
Texto:
Iolanda Lopes-Emater
Fone: null / (91) 9168-0535
Email: ascomematerpara@gmail.com



Prorrogadas as inscrições para o Prêmio de Jornalismo
As inscrições para a segunda edição do Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis” foram prorrogadas, atendendo a inúmeros pedidos de profissionais de todo o país. A justificativa é que muitos deles ainda não publicaram suas matérias e outros ainda estão com viagens marcadas para o início do ano que vem, quando poderão visitar o Pará para compor seu material e, assim, participar do prêmio. “Com esta prorrogação, vamos contemplar mais profissionais que nos solicitaram a oportunidade de também participar do prêmio”, justifica Socorro Costa, presidente da Companhia Paraense de Turismo (Paratur).
Com a prorrogação, a nova data limite para inscrições é o dia 15 de maio de 2013, e a entrega da premiação está prevista para o mês de junho. As categorias do prêmio são: jornalismo impresso, online, radiojornalismo, telejornalismo e fotojornalismo. O concurso objetiva premiar as melhores matérias jornalísticas que divulguem o Pará como destino turístico. Idealizado pela Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Estado do Pará (Abrajet Pará) e Companhia Paraense de Turismo (Paratur), o prêmio foi criado visando atrair a atenção da mídia nacional e internacional para o turismo do Pará, considerado a obra-prima da Amazônia.
Podem concorrer ao Prêmio, trabalhos jornalísticos veiculados no período de 1º de janeiro de 2012 a 15 de maio de 2013, no Brasil e em outros países, por meio de jornais, revistas, rádio, emissoras de televisão e sites de notícias, de acordo com a categoria. Os critérios de avaliação obedecem aspectos como qualidade editorial, recursos, criatividade, inovação, estratégia utilizada, serviços e pesquisas de interesse do público-alvo, além da adequação ao tema que deve estar em sintonia com o Plano Ver-o-Pará.
Segmentos – As peças devem destacar os principais segmentos elencados pelo Ver-o-Pará (Plano Estratégico de Turismo do Pará): natureza, cultura, sol e praia, eventos e negócios, encontrados nos 144 municípios que integram as seis regiões turísticas do Estado (Belém, Marajó, Tapajós, Amazônia Atlântica, Araguaia-Tocantins e Xingu). O enfoque deve contemplar a promoção de roteiros ou produtos, projetos, ações e demais aspectos turísticos desenvolvidos ou em fase de desenvolvimento, ou promover eventos de relevante importância para o desenvolvimento do turismo no Pará.
Adenauer Góes, secretário de Estado de Turismo do Pará, assim como Socorro Costa, presidente da Paratur, apostam no II Prêmio de Jornalismo em Turismo “Comendador Marques dos Reis” como o evento que vai marcar o lançamento do novo material promocional do Estado, agora totalmente adequado às exigências do Plano Estratégico de Turismo Ver-o-Pará. A nova marca turística, inspirada em grafismos marajoaras, tapajônicos e araguaias, combinados com a cor e características dos derivados do açaí dará o tom do material, associado ao slogan Pará, a obra-prima da Amazônia.
A diretoria regional Norte da Abrajet Pará informa que as matérias devem abordar um ou mais produtos turísticos presentes nos municípios considerados prioritários pelo Ver-o-Pará, conforme o regulamento disponível emwww.premiodejornalismo.blogspot.com.br onde também está a cópia do Plano. Ela afirma que o prêmio é uma forma de estimular os profissionais de comunicação a divulgar positivamente o Pará, que tem boas notícias a apresentar ao mundo, muitas delas inspiradas na cultura, natureza, gastronomia e no cotidiano do povo paraense, um dos mais cativantes e hospitaleiros do mundo.
Homenageado - O Prêmio de Jornalismo em Turismo é uma homenagem ao Comendador Joaquim Marques dos Reis, uma das personalidades mais importantes para o turismo no Brasil e Portugal. Ele nasceu em Portugal, na Vilar Torpim. Aos 14 anos, já em Lisboa, embarcou no navio Anselmo para atravessar os mares em busca de um novo mundo. A chegada a Belém do Pará aconteceu em 26 de novembro de 1936. Em meados de 1948, ingressou no jornalismo, na extinta Folha do Norte, a convite de Paulo Maranhão, então dono do veículo. Por volta de 1954, Marques dos Reis passou a assinar uma página inteira chamada Terras de Portugal, na Folha do Norte. Foi pioneiro também no turismo, organizando a primeira viagem turística entre Belém e Lisboa, ação que lhe rendeu homenagens do governo brasileiro e de Portugal.
As inscrições podem ser feitas na Companhia Paraense de Turismo (Paratur). Informações, regulamento, notícias e ficha de inscrição estão disponíveis no blog do prêmio (http://premiodejornalismo.blogspot.com.br/) Os trabalhos devem ser entregues na Gerência de Comunicação da Paratur, na Praça Maestro Waldemar Henrique, s/n, no bairro do Reduto. O CEP para documentos postais é o 66.010-040 - Belém - Pará - Brasil.
INFORMAÇÕES:
Gerência de Comunicação
Companhia Paraense de Turismo - Paratur
Site:
 http://www.paraturismo.pa.gov.br/
Blog:
 http://www.turismoparaense.blogspot.com
Twitter: @PARATUR_PA
Facebook:
 www.facebook.com/paratur
E-MAIL:
 turismoparaense@gmail.com
Tel.:
 +55 (91) 3212-0575 (Informações Turísticas)
Cel.:
 +55 (91) 8842-8129
Texto:
Benigna Soares-Paratur
Fone: (91) 8360-0506 / (91) 8842-8129
Email: turismoparaense@gmail.com / benignasoares@globo.com


Gestores do Ideflor participam curso de TD-W
Proporcionar o conhecimento teórico e prático sobre os métodos e técnicas utilizadas no manejo florestal. Esse foi o principal objetivo do curso de Manejo Florestal para Tomadores de Decisão, realizado pelo Instituto de Florestas Tropicais – IFT, no Centro de Manejo Florestal Roberto Bauch, no município de Paragominas. A oficina foi promovida de 23 a 25 deste mês, e contou com a participação de diretores, assessores e gerentes das Unidades Regionais do Instituto de Desenvolvimento Florestal do Estado do Pará - Ideflor.
Durante os três dias, os servidores do Ideflor tiveram a oportunidade de conhecer de perto a diferença entre a exploração madeireira de modo convencional e a exploração de impacto reduzido. O curso proporcionou ainda explanações sobre as várias etapas para o manejo florestal, incluindo o inventário florestal e cuidados pós-colheita. E não somente isso, a programação do curso contou com visita a áreas de tratamento silvicultural.
Desde 1965, o manejo florestal é previsto no Código Florestal Brasileiro pela Lei 4.771/1965. Entretanto, o uso da técnica na exploração de florestas na Bacia Amazônica só foi regulamentado com o Decreto 1.282/1995. Na Lei de Gestão de Florestas Públicas (lei de n° 11.284/2006), o método é definido como uma "administração da floresta para a obtenção de benefícios econômicos, sociais e ambientais, respeitando-se os mecanismos de sustentação do ecossistema objeto do manejo".
Levando em consideração a definição legal e atualizada, compreende-se por manejo florestal o uso de práticas de planejamento e princípios de conservação, que visam garantir que uma floresta seja capaz de suprir, de forma contínua, um produto ou serviço. Para Hilda Oliveira, pregoeira do Ideflor, o curso lhe proporcionou um melhor entendimento sobre as ações do Instituto. Ela ressaltou a importância deste planejamento: “O manejo florestal bem executado nas florestas diz respeito direto a nossa qualidade de vida. E com o curso, pude entender realmente o significado de cada palavra como: inventário florestal, pousio e exploração convencional”, revela.
A exploração convencional não possui planejamento e caracteriza-se por ciclos de exploração contínuos. O método provoca grandes danos à estrutura florestal e gera a perda de biodiversidade. Já a exploração de Impacto Reduzido (EIR), ou exploração planejada, é executada com base em um planejamento. O bom manejo tem por base o planejamento da infraestrutura, construção das estradas, ramais, pontes, bueiros e de trilhas de arraste. Para melhor execução das atividades nas florestas e diminuição dos danos à vegetação remanescente, é importante o uso de máquinas e equipamento apropriados, bem como profissionais treinados para o corte, arraste e monitoramento da exploração.
Na pós-colheita são realizadas atividades adicionais para estimular o crescimento da floresta. Com tratamentos de silviculturais (que buscam favorecer algumas espécies e promover o enriquecimento florestal), o período até uma nova colheita gira em torno de trinta anos. De acordo com a diretora administrativo-financeira Marília Baêtas, a oficina apresentou a realidade dos profissionais que trabalham na área florestal. “Com a oficina pude conhecer a realidade que vivenciam os nossos colegas que trabalham com a concessão e manejo, além de aprender a distinguir um manejo convencional de um manejo de impacto reduzido”, ressalta.
Texto:
Amanda Cardoso-Ideflor
Fone: (91) 3236-1124 / (91) 8805-7626
Email: amandacardoso.jor@gmail.com


Feicorte Pará 2013 será realizada em Paragominas
O Pará vai receber pela primeira vez, em 2013, uma das etapas do circuito nacional NFT da Feira Internacional da Cadeia Produtiva da Carne (Feicorte), uma promoção da empresa Agro Centro – Feiras & Exposições, que será realizada em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri). Para realizar a itinerância, o circuito tem como parceira master a empresa Nutrition for Tomorrow Alliance (NFT).
A reunião inicial, que dará início aos preparativos, foi realizada na manhã desta terça-feira, 27, na sede da Sagri e contou com a presença do secretário de Agricultura, Hildegardo Nunes; da gerente de Área de Produção Animal da Sagri, Edith Mello; dos representantes da Agro Centro, Carla Tuccillio, gerente de agronegócio, e Armando Corrêa Jr., assessor de eventos; de Mauro Lúcio Costa, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Paragominas; e ainda do presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa), Carlos Xavier.
Nos dias 7, 8 e 9 de novembro de 2013, o circuito Feicorte NFT Pará será realizado no município de Paragominas, região nordeste do estado, onde se espera atingir com a programação as cidades próximas, num raio de 300 quilômetros. O circuito 2013 também terá etapas, além do Pará, nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins, sendo um recorte do evento maior da Feicorte, que dura cinco dias, e é realizada no mês de junho em São Paulo (SP).
O objetivo maior do circuito é difundir conteúdo de referência e levar aos pecuaristas as tecnologias disponíveis para a garantia do negócio deles. Assim, além de uma feira de negócios, com expositores, o evento contempla ainda dois dias de workshops com palestras e também debates, com foco regionalizado no Estado. Dessa forma, o conteúdo elaborado para cada estado é diferente, e discutido anteriormente com as associações locais e baseado nas expectativas relativas a sua produção.
Hildegardo Nunes e Mauro Lúcio Costa fazem parte da comissão organizadora do circuito no Pará. “O circuito é do Pará. Não é porque será realizado em Paragominas que será um evento da cidade. É uma etapa de todo o estado e uma boa oportunidade de mostrar para o Brasil a pecuária do Pará”, disse Mauro Lúcio.
Para Hildegardo, a pecuária paraense precisa dessa vitrine que será a Feicorte NFT. “A Amazônia tem um potencial pecuário imenso. Só no Pará são 20 milhões de animais, mas nós sempre nos pautávamos pelas regiões Sul e Sudeste. Está na hora de mostrarmos o nosso potencial, que já é bastante conhecido por empresas nacionais, mas que ainda precisamos apresentar aos produtores”, considerou o secretário.
Trazer o circuito para o Pará foi uma escolha acertada, disse Carla Tuccillio. “Estamos trazendo o evento ao Pará porque acreditamos no potencial do Estado, em especial depois que ele adotou a Pecuária Verde. Estamos confiantes no sucesso da programação”, complementou.
O circuito Feicorte NFT Pará 2013 terá abertura no dia 6 de novembro. Os dois dias seguintes são reservados a palestras, cursos e workshops, com palestrantes de renome nacional. O encerramento, no dia 9, será com um leilão de animais. Nesta quarta e quinta-feira, Carla Tuccillio e Armando Corrêa Jr. irão visitar fazendas de Paragominas, assim como o Parque de Exposição Agropecuária da cidade. O lançamento oficial do circuito Feicorte NFT Pará está programado para a Feira Agropecuária de Paragominas, que será realizada em agosto do ano que vem.
Texto:
Dede Mesquita-Sagri
Fone: (91) 4006-1210 / (91) 9146-6681 - 8883-1339
Email: dedemesquita@gmail.com


Palestras sobre prevenção lembram o Dia Nacional de Combate ao Câncer





Hábitos como vida sedentária e alimentação rica em gorduras podem levar ao surgimento de câncer. Esses dois fatores, por razões diversas, são responsáveis por 20% dos casos de câncer de mama, 25% dos tumores malignos do cólon e 37% dos males do esôfago, além de que o fumo ativo e passivo é causador de 90% dos casos de câncer de pulmão registrados no Pará. Os dados, que fazem parte das estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca) e dos indicadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nortearam a palestra da coordenadora estadual de Controle do Tabagismo da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), Raquel dos Anjos, durante o ciclo de palestras “Caminhos da Prevenção: Prevenir o Câncer É com Todos Nós”, realizado no Hospital Ophir Loyola, em Belém.
As palestras lembraram o Dia Nacional de Combate ao Câncer, ocorrido nesta quarta-feira, 27. O momento não foi de falar sobre tratamento, mas sim do grande volume de informações repassadas ao público em geral para que as pessoas possam se prevenir da doença. A programação foi também direcionada a estudantes, no sentido de alertar os jovens sobre o consumo de álcool e cigarro, a exposição inadequada às radiações solares, o consumo de alimentos não recomendados e o sedentarismo, a partir do que preconiza o programa “Saúde na Escola”, que vem realizado pela Sespa e Secretaria de Estado de Educação (Seduc).
“A ideia é estimular a alimentação saudável e a prática de atividade física entre alunos, professores e demais profissionais da área de educação, atingindo também as famílias e a comunidade em geral”, explica Raquel dos Anjos, ao lembrar que a doença não escolhe idade, sexo ou raça. “É uma doença que pode atingir quem quer que seja. Se for mulher, qualquer iniciativa para prevenir os cânceres de útero e de mama são bem vindos. Para o homem, fica o alerta para os casos de próstata. De toda forma, os exames de prevenção devem ser feitos rotineiramente e não podem ser vistos com nenhum tipo de preconceito”, aconselhou.
“As recomendações são várias, como 30 minutos diários de atividade física no mínimo, mas sempre digo que o melhor combate ao câncer é o diagnóstico precoce e isso tem a ver com educação, pois com informações temos as melhores armas para evitá-lo”, complementou o assessor da Sespa, odontólogo Gilfrei Mácola, que na ocasião representou o secretário de Estado de Saúde, Helio Franco. Para o especialista, o ideal é que cada pessoa procure saber com seu médico quais tipos exames preventivos que devem ser feitos e isso varia de acordo com a presença de alguns fatores de risco específicos de cada família.
O médico oncologista Antenor Madeira, também presente à programação, falou sobre as atividades e propósitos da Rede Paraense de Controle ao Câncer, destacado no ciclo de palestras para estudantes da Escola Estadual Justo Chermont, premiados no concurso de ilustrações “Riscos e Rabiscos”, promovido pelo hospital Ophir Loyola e cujo tema foi “Câncer: Uma Questão de Vida”.
Rede pública
A Política de Atenção Oncológica no Pará garante o atendimento integral a todos aqueles diagnosticados com câncer, por meio das Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) e dos Centros de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon).
Todos os estados brasileiros têm pelo menos um hospital habilitado em oncologia, onde o paciente de câncer encontrará desde exames até cirurgias mais complexas. No caso do Pará, dois são os hospitais de referência: o Ophir Loyola, em Belém, e o Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém. Mas para ser atendido nesses locais é necessário ter um diagnóstico já confirmado de câncer obtido por meio de laudo de biópsia ou punção.
O atendimento aos pacientes com câncer tem a retaguarda do"Projeto Expande", desenvolvido pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca), para ampliar e assegurar assistência integral a pacientes portadores de câncer, com recursos humanos especializados, equipamentos e infraestrutura hospitalar e de rede. Na prática, esse projeto já é desenvolvido no Estado nos dois hospitais de referência e na Unidade de Alta Complexidade em Oncologia do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), inaugurada em agosto deste ano, por meio de uma parceria entre Sespa e Universidade Federal do Pará (UFPA). Para 2013, será inaugurada a Unacon no Hospital Regional de Tucuruí, com o propósito de desafogar o atendimento o atendimento oncológico em outros locais do Pará.
Texto:
Mozart Lira-Sespa
Fone: (91) 4006-4822/ 4823 /
Email: ascomsespa@gmail.com


Gincana Solidária arrecada brinquedos e alimentos para crianças atendidas no Hemopa
Até o dia 07 de dezembro a Fundação Hemopa estará recolhendo doações em brinquedos novos e alimentos que serão entregues às crianças atendidas pelo hemocentro durante a confraternização de fim de ano. Qualquer pessoa pode participar da Gincana Solidária, que é organizada todos os anos pelo Serviço Social de Pacientes (Geses) com a finalidade de tornar mais feliz o Natal de meninos e meninas carentes, e também de seus familiares. As doações serão entregues no dia 15. A meta é arrecadar 800 brinquedos e compor 250 cestas básicas.
Até o momento as colaborações ainda são bastante tímidas: apenas 26 brinquedos e cinco itens alimentícios foram entregues à Geses. No entanto, a titular do Serviço Social, a assistente social Cristina Socorro, aposta na superação da meta. “Acho que vamos conseguir dar um bom impulso à campanha no início de dezembro, quando muitos colegas recebem o pagamento e sempre nos procuram para contribuir”, comentou. Segundo ela, este ano os funcionários da área Técnica ficaram com a responsabilidade de doar  alimentos, e os da área Administrativa, os brinquedos. No ano passado, a Gincana Solidária arrecadou mil brinquedos e viabilizou a distribuição de 300 cestas básicas. Das doações, ainda foi possível dispor de uma retaguarda de alimentos para diversas atividades realizadas com os pacientes no decorrer deste ano.
O pequeno João Vitor, 3 anos, é um dos pacientes que aguardam ansiosos a festa de confraternização. "Ele já sabe que vai ter festinha, lanche e distribuição de brinquedos. É só no que ele fala quando chegamos ao Hemopa para receber atendimento", diz a mãe do garoto, Silvia Elenir da Glória, que também não esconde a expectativa para receber a cesta natalina. "Essa é uma contribuição que nos ajuda e muito no Natal”, revela.
Texto:
Vera Rojas-Hemopa
Fone: (91) 3241-1811 / (91) 88953089
Email: Imprensa.hemopa@yahoo.com.br


Alunos premiados no concurso Doris Azevedo participam de recital
O VIII Concurso Doris Azevedo para Jovens Instrumentistas, ação do Conservatório Carlos Gomes, encerra na noite desta terça-feira, 27, com a segunda parte do recital dos alunos classificados nos primeiros lugares das várias categorias ofertadas.
Pedro Dias de Jesus Brito, Jhonatas Monteiro, Davi Caricchio Santos, Juca Costa Neto, Christian Perrota da Silva, Franciellen Pantoja, Mateus Miguel Brilhante, Juliana Medeiros, Alexsandro Souza Brito, Debora Midiam Guarany, Heloisa Venturieri Pires, Davi Sousa dos Santos, Walber Jacob dos Passos, Vitor Slayer Costa da Silva, Jefferson Figueiredo da Silva, Glaucio Lobo do Nascimento, Sonyra da Silva Bandeira e Kaio David de Matos Ventura são os alunos que se apresentarão a partir das 18h, na Sala Ettore Bosio.
No repertório escolhido pelos jovens músicos constam obras de Matteeo Carcassi, Dilermando Reis, Villa-Lobos, Robert Schumann e Osvaldo Lacerda, entre outros, o que torna o programa bastante diversificado e para todos os gostos. Alguns alunos serão acompanhados ao piano pelos músicos e professores Rodolfo Santana, Adriana Paiva, Ivana Venturieri Pires, Leandra Vital e Robenare Marques. O evento é aberto ao público e tem entrada franca.
Texto:
Maria Christina-FCG
Fone: (91) 3201-9452 / (91) 9622-6814 / 8198-9370
Email: fcarlosgomes.imprensa@gmail.com


Ciclista paraense conquista duas medalhas no Pan-Americano da Colômbia
O ciclista paraense Evandro Medeiros conquistou duas medalhas de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Ciclismo Master 2012, realizados entre os dias 18 e 25 deste mês na cidade de Cali, na Colômbia.
Além de Evandro (3º colocado na categoria C1 - 50 a 54 anos), o Pará foi representado por Edilson Kramer (líder do ranking nacional na categoria A1 - 30 a 34 anos), Aldair Ferreira (líder na categoria A2 - 35 a 39 anos) e Eduardo Santana (vice-líder da categoria B1 - 40 a 44 anos).
Os quatro atletas fizeram parte da seleção brasileira da modalidade e receberam apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) para participar do torneio. Os atletas paraenses ajudaram no bom desempenho do Brasil ao longo do campeonato, encerrando a participação brasileira com uma medalha de ouro, três de prata e três de bronze, conquistada nas provas de Pista e Estrada.
O próximo passo será a volta aos treinamentos, visando a versão 2013 do Pan-Americano, que acontecerá em novembro, no México. A Federação Paraense de Ciclismo irá desenvolver um trabalho com seus ciclistas para aumentar a quantidade de atletas na seleção e trazer melhores resultados para o Estado.
Texto:
Angela Bazzoni-Seel


Seas estuda implantação de plano estadual que garanta assistência a moradores de rua
A Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) convocou representantes da rede municipal de assistência social na Região Metropolitana de Belém para uma reunião que teve como foco o debate de um Plano Estadual voltado para a população em situação de rua. Durante o encontro, ocorrido na segunda-feira, 26, e que contou com a participação da Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), cada município expôs o que vem fazendo para o atendimento deste grupo e contribuiu com propostas para a implementação de serviços voltados a esse público.
A Política Nacional para a População em Situação de Rua caracteriza esta demanda como grupo populacional heterogêneo que possui em comum a pobreza extrema, os vínculos familiares fragilizados ou rompidos e a inexistência de moradia convencional regular. Essa população se caracteriza, ainda, pela utilização de logradouros públicos (praças, jardins, canteiros, marquises, viadutos) e áreas degradadas (prédios abandonados, ruínas, carcaças de veículos) como espaços de moradia e de sustento, de forma temporária ou permanente, bem como unidades de serviços de acolhimento para pernoite temporário ou moradia provisória.
Entre agosto de 2007 e março de 2008, por meio de uma parceria do Ministério de Desenvolvimento Social com a Unesco, foi produzida a Pesquisa Nacional sobre População em Situação de Rua em 71 municípios brasileiros, sendo 23 capitais. O levantamento - que não incluiu crianças e adolescentes - revelou que 82% dessas pessoas são do sexo masculino, 67% são negros, grande parte é composta por trabalhadores – 70,9% exercem alguma atividade remunerada - e que 69,6% costuma dormir na rua, sendo que cerca de 30% mantém essa rotina há mais de cinco anos.
Segundo a secretária adjunta da Seas, Meive Piacesi, os serviços voltados à população de rua já existem, o que é preciso é implementá-los. “Neste processo de elaboração do plano, estamos buscando fortalecer a rede para o atendimento desta demanda da população e, principalmente, identificar quais são os desafios para implementação dos serviços que já existem”. Ainda de acordo com Meive, o plano visa garantir a esse grupo o acesso à Justiça, a melhoria das condições dos abrigos públicos e locais de acolhimento, a garantia de acesso às políticas sociais, aos serviços, benefícios e programas do governo.
Dados captados pelo MDS através da vigilância socioassistencial, de setembro de 2011 até julho de 2012, mostram que em Belém foram atendidos pelos Centros de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) apenas 11 pessoas em situação de rua, além de uma em Ananindeua e cinco em Marituba. De acordo com as representantes das Secretarias Municipais de Assistência Social, os dados do Ministério do Desenvolvimento Social não refletem a realidade, já que muitas vezes essas pessoas são localizadas pelas equipes dos CREAS, mas não são incluídas por serem caracterizadas de outra forma ou por não possuírem documentação básica de identificação.
Um novo encontro deverá ser marcado para dar prosseguimento ao processo de criação da Política Estadual, que deverá integrar e padronizar as ações voltadas para o atendimento das pessoas em situação de rua no Pará.
Texto:
Inara Soares-Seas
Fone: (91) 3219-6304 / (91) 8215-8555
Email: inarasoares@hotmail.com


Mutuários procuram a Cohab para renegociar dívidas e aproveitar descontos
Tem sido intensa a procura de usuários da Companhia de Habitação do Pará (Cohab) pelos descontos concedidos aos mutuários em atraso, após a Operação Adimplência 2012, realizada no último sábado, 24, em três residenciais de Belém, Benevides e Castanhal. Das 256 pessoas atendidas na segunda-feira, 26, na Loja de Atendimento ao Publico, em Belém, 64 vieram em busca da renegociação e da 2ª via de boleto de pagamento.
Entre os mutuários que se dirigiram à loja de atendimento da Cohab, esteve a dona de casa Ellen Ana Corrêa de Araújo. Ela reside no Conjunto Tenoné II e informou que deverá usar o dinheiro extra de fim de ano para quitar seu débito. “Estou aproveitando para atualizar minhas parcelas em atraso e vou usar parte do meu 13º pra isso”, conta.
A ação do último sábado foi realizada nos conjuntos Jardim das Garças (Benevides), Rouxinol (Castanhal) e Tenoné I e II (Belém), com a distribuição de material de divulgação da campanha. Foram entregues 322 cartas no Jardim das Garças; 761 no Rouxinol e 332 no Tenoné I e II, totalizando 1.415 cartas.
Para os demais conjuntos, a Cohab está distribuindo as cartas por meio dos Correios. São eles: Ariri Bolonha (Belém), Beija-Flor (Marituba), Cidade Nova (Ananindeua), Guajará I (Ananindeua), Marituba (Marituba), Paracuri II (Belém), Uirapuru (Ananindeua), Roraima Amapá (Ananindeua) e Sabiá (Ananindeua).
“Com a ação nós pretendemos atingir o percentual de renegociação de 30% dos financiamentos inadimplentes, que hoje é de 9.227 contratos”, explica a Gerente de Relações Comerciais da Cohab, Elizabeth Hage.  A estes mutuários a Cohab está oferecendo descontos de até 100% sobre multa e mora.
Texto:
Rosa Borges-Cohab
Fone: (91) 3214-8466 / (91) 9622-1306 / 8331-1317
Email: ascomcohab@gmail.com


Fomentur reúne representantes de mais de 30 entidades na Fiepa
Representantes das mais de 30 entidades que representam o poder público, a iniciativa privada e a sociedade civil organizada participaram nesta segunda-feira, 26, da 67ª Reunião Ordinária do Fórum de Desenvolvimento Turístico do Estado do Pará (Fomentur), no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa).
Na pauta da reunião, estiveram assuntos como a visita de avaliação dos técnicos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) ao Pará, os processos de articulação entre a Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e a Companhia Paraense de Turismo (Paratur) com as demais secretarias estaduais e organismos de outras esferas, a participação do Pará em eventos relacionados ao turismo em outros estados, questões pertinentes à infraestrutura turística e qualificação de profissionais da área no Estado, além da apresentação da etapa de implementação do Ver-o-Pará, Plano Estratégico de Turismo do Pará.
“Trata-se de um momento importante para o turismo do Pará, quando o Governo do Estado, por meio da Paratur e da Setur, assume o compromisso de fortalecer a atividade turística como ação capaz de promover o desenvolvimento socioeconômico, gerar emprego, renda e qualidade de vida à população local e também quem visita o estado”, afirmou o titular da Setur, Adenauer Góes, destacando o primeiro ano da implantação da secretaria, completo no último dia 11.
Adenauer relembrou a visita dos técnicos da Missão de Análise do BID ao Marajó, Santarém e Belém para avaliar o estágio de desenvolvimento do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo do Estado do Pará (Prodetur-PA). O secretário informou que agora aguarda os resultados da avaliação dos técnicos. Os recursos somam um total de US$ 44 milhões, conforme carta-consulta apresentada, e devem priorizar investimentos na região do Marajó, Tapajós e Belém.
Os investimentos contemplam, além da infraestrutura, produtos turísticos, comercialização, fortalecimento institucional e gestão ambiental, dentro das atividades do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDIT), do Prodetur, que permitirá executar com responsabilidade a missão de divulgar, promover e aprimorar as ferramentas de inteligência de marketing que já se encontram em fase de execução.
O secretário também lembrou os processos de articulação com organismos da esfera estadual, como o termo de cooperação técnica entre a Setur e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) para atuação conjunta com vistas à orientação ao fomento de novas práticas para a concepção e formatação de produtos turísticos no estado do Pará.
Outra articulação lembrada foi a parceria com o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), que visa a reclassificação da atividade hoteleira no Estado.
Socorro Costa, presidente da Paratur, aproveitou para falar sobre as estratégias de promoção e divulgação do Pará no Brasil e exterior, com destaque para a participação em feiras como Braztoa (SP), Abav (RJ) e Gramado (RS), todas no segundo semestre.
Representantes da empresa de consultoria Chias Marketing apresentaram o andamento da segunda etapa da implementação do Ver-o-Pará, que corresponde ao desenvolvimento de estratégias de divulgação dos produtos turísticos do estado, segundo diversas pesquisas aplicadas para identificar a oferta turística do Estado e subsidiar o Plano.
QUALIFICAÇÃO
Um dos assuntos mais debatidos entre os participantes do Fórum foi a questão da qualificação, tida como um grande desafio do Governo do Estado, do trade local e das entidades envolvidas com o recebimento do fluxo de turistas, que deve gerar uma receita superior a R$ 400 milhões.  Para responder aos questionamentos, o titular da Setur informou que através do Peqtur estão sendo oferecidos diversos cursos de qualificação aos trabalhadores de diversos setores do turismo.
“Gastronomia, hotelaria, receptivo, policiamento turístico, taxistas e mototaxistas, guias de turismo e outros já foram contemplados”, afirmou. “Um exemplo disso é um convênio firmado com o Centro Cultural Brasil Estados Unidos (CCBEU), com objetivo de oferecer curso de inglês a taxistas que atuam em cooperativas que atuam no Aeroporto de Val-de-Cans e profissionais da Infraero. A ação integra o projeto ‘Pará na Copa: Qualificar para Receber Bem’, que visa ações de qualificação profissional contribuindo para tornar o destino Pará mais competitivo, com identidade própria e referência em qualidade na prestação de serviços”, explica.
O Peqtur, seguindo direcionamentos do Plano Ver-o-Pará, deve qualificar, até 2015, mais de 10.500 pessoas que atuam direta ou indiretamente com o turismo. Em 2011, beneficiou mais de 1.500 trabalhadores e em 2012 vão ser mais 2.600.
(Com reportagem de Fabrício Coleny)
Texto:
Benigna Soares-Paratur
Fone: (91) 8360-0506 / (91) 8842-8129
Email: turismoparaense@gmail.com / benignasoares@globo.com


Servidores da Susipe aprendem a elaborar projetos para captar recursos federais
Cerca de 30 servidores do Sistema de Segurança Pública do Pará participaram nesta semana da primeira aula do curso “Elaboração de Projetos e Utilização do Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse (Siconv)”. A atividade é coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) e segue até sexta-feira, 30, na Escola de Governo do Estado do Pará (EGPA).
A aula foi ministrada pelo Titular da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), o Tenente-Coronel André Cunha. “O objetivo da capacitação é aumentar o número de servidores qualificados a operar o Siconv e, com isso, aumentar a capacidade do Estado em captar recursos externos”, explica.
As aulas seguintes serão ministradas por Maria Izabel Marcolin, Técnica da Representação do Governo do Estado do Pará em Brasília, que atua há quatro anos na capacitação de servidores no uso do Siconv. “Os servidores irão aprender como aplicar os conceitos aprendidos na aula no uso do Siconv, além de saber quais as novidades da ferramenta”.
O Siconv é uma ferramenta eletrônica disponível no Portal de Convênios do Governo Federal que visa facilitar o controle de convênios, contratos de repasse de recursos e termos de parceria realizados pelo Governo Federal com estados, municípios, Distrito Federal e entidades privadas sem fins lucrativos, dando assim mais transparência e otimização aos processos.
Durante a primeira aula, Cunha mostrou aos servidores quais as etapas para a elaboração de projetos, que é o primeiro passo para a obtenção de recursos junto ao Governo Federal, pois deve conter a descrição do objetivo da solicitação de recursos federais e de que forma serão aplicados durante sua execução, caso o projeto seja aprovado pela União.
O titular da Susipe também explicou aos alunos a finalidade do uso do Siconv e os conceitos das principais terminologias utilizadas no processo de captação de recursos federais. Para a servidora da Polícia Civil Sorama Cavalcante, “a capacitação do servidor é primordial para todos que atuam no Estado, por meio deste curso nós seremos atualizados no uso dessa importante ferramenta que é o Siconv”, declara.
Aldemar Tavares, que atua no Núcleo de Projetos da Segup, também aproveitou a oportunidade. “Geralmente faço no núcleo este contato com o Governo Federal. O que estou aprendendo aqui só vai aprimorar meu trabalho”, avalia.
Texto:
Nara Pessoa-Susipe
Fone: (91) 3239-4230 / (91) 8896-5319 / 8140-6282
Email:  acssusipe@gmail.com / acs@webmail.susipe.pa.gov.br


Polícia Civil desvenda homicídio e prende duas pessoas em Afuá
A Polícia Civil desvendou um homicídio ocorrido no último sábado, 24, por volta das 4h30, no município de Afuá, arquipélago do Marajó. Maria Berlinda Gonçalves da Silva, 42, que morava sozinha, foi encontrada morta em uma rua perto de sua casa, no bairro Capim Marinho. A vítima estava com a cabeça e rosto bastante lesionados e apresentava sinais de violência sexual.
Os autores do crime são José Renato Pedrada Lobato, de 18 anos; Paulo Melo da Silva, de apelido “Paiaca”, 22, e Marinilson Pinheiro Tenório, de apelido “Chamim”, 27. Dos três acusados, os dois primeiros foram presos na segunda-feira, 26.
O crime, segundo apurou o delegado João Amaral, foi premeditado. Os assassinos usaram dois pedaços de madeira, uma perna-manca e um tarugo (espécie de metal) para matar a vítima. Os objetos foram encontrados próximos ao corpo.
“Foi um crime covarde e premeditado, haja vista que um dos indiciados (José Renato) mora perto da casa da vítima, sabia que ela residia sozinha e a esperou de madrugada, provavelmente embriagada, chegar em casa sem acompanhante”, afirma o delegado.
Em depoimento prestado à polícia, a dupla presa – José Renato e Paulo Melo – confessou o homicídio, mas negou o estupro. “Eles relataram que perseguiram a vítima de madrugada, juntamente com Marinilson Pinheiro, que ainda não foi localizado, e a mataram com pauladas na cabeça, na face e nas costas”, detalhou o delegado.
Com base nas provas, os acusados foram presos em um trabalho conjunto das Polícias Civil e Militar. Os dois presos vão responder por homicídio qualificado e pelo crime de violência sexual. O outro envolvido no crime já está com mandado de prisão decretado.


Seduc e Sejudh preparam escolas para o combate ao tráfico de pessoas
A Coordenação de Proteção dos Direitos dos Trabalhadores Rurais e de Combate ao Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas (NETP), representada por Odilene Andrade, em parceria com o Centro de Referência em Direitos Humanos (CRDH), vinculada à Secretaria de Justiça de Direitos Humanos (Sejudh), participa de terça, 27, a sexta-feira, 30, de capacitações nas escolas públicas entre os profissionais da área da educação e alunos das Unidades Seduc na Escola (USE), cujo tema será “Violência Sexual, Homofobia e Tráfico de Pessoas”.
Nesta terça-feira, 27, será abordada a temática “Enfrentamento ao tráfico de pessoas para os profissionais da segurança pública”, no auditório da Delegacia Geral, das 8h às 18h. Na sexta, 30, pela manhã e à tarde, haverá uma roda de conversa com professores e alunos de escolas públicas, em parceria com o Centro de Referência, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Antônia Paes.


Escola promove ações voltadas a saúde e cidadania
A escola estadual Professora Hilda Vieira, na Marambaia, abriu oficialmente nesta segunda-feira, 26, a 15ª edição dos Jogos Internos, com o tema "Saúde, Lazer e Cidadania: Construindo valores por meio do esporte". A intenção do evento, além de fomentar a prática esportiva, é despertar a atenção quanto aos cuidados com a saúde e a cidadania. O evento vai reunir até o final de semana diversas atividades relacionadas ao cotidiano da escola, incluindo palestras programadas pela coordenação sobre prevenção às drogas; direitos humanos; DST/Aids e sexualidade. Os temas que abordam saúde foram apresentados pelos profissionais da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) abordou as temáticas relacionas ao trânsito.


Programa Semear permite agora inscrições on-line
A partir de agora o mais importante programa de incentivo à cultura do Estado, o Programa Semear, receberá inscrições, avaliará e fará o gerenciamento de projetos da área via Internet. O SGPSemear - “Sistema de Gestão de Projetos Culturais do Programa Semear”, implantado para modernizar os procedimentos e garantir que os produtos finais sejam melhor elaborados, permite o cadastro das informações do projeto e do proponente, ficando sempre à disposição dos usuários. Os projetos que estiverem cadastrados só poderão se inscrever quando existir edital de seleção para tal. O Sistema, juntamente com seu manual de preenchimento, pode ser acessado no link http://www.fcptn.pa.gov.br/semear, do blog Semear.
“O acesso agora será mais fácil e mesmo nas localidades onde não há o Navegapará o proponente poderá acessá-lo via internet na Prefeitura de seu município ou nos Correios e, assim, efetuar a inscrição do projeto”, esclarece o secretário executivo do Programa Semear, Marcos Quinan. Segundo ele, o Sistema de Gestão facilitará o processo de inscrição, eliminará o uso de papel e diminuirá o tempo de conclusão das avaliações, desse modo o resultado do edital será divulgado mais rápido.
O próximo edital do Programa Semear será aberto no dia 2 de janeiro de 2013. O proponente terá 45 dias para se inscrever e, com a implantação do SGPSemear, que agilizará tanto o processo de inscrição como o de avaliação dos projetos, o tempo de captação de recursos também aumentará.
Novas parcerias - Outra novidade do Programa Semear é a parceria estabelecida com a Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), pela qual o projeto cultural aprovado receberá certificado de habilitação para chamadas de TV e rádio, proporcionais ao valor estipulado na proposta. Nessas inserções o proponente poderá divulgar seu projeto e seu patrocinador, além de divulgar o próprio Programa Semear.
Blog Semear - Hoje o blog Semear é uma poderosa ferramenta de comunicação entre a Secretaria do Programa Semear e a sociedade. Nele o internauta pode esclarecer todas as dúvidas sobre editais, inscrições e avaliações de projetos além das oficinas de apresentação do programa, prestação de contas e captação de recursos. Além disso, são divulgados os resultados de cada projeto concluído. Na seção intitulada “Semeado” são divulgados os projetos captados e no Banco de Projetos constam todos os aprovados com a data de validade de certificado, prontos para a consulta dos patrocinadores.
O blog também conta com uma seção chamada “Semeando” em que divulga editais do mundo inteiro, para que os produtores da região busquem em novos desafios. “O programa Semear não financia projetos, apenas aponta caminhos para os artistas e produtores paraenses”, diz Marcos Quinan.
Texto:
Luiz Flávio-FCPTN
Fone: (91) 3202-4391 / (91) 8814-3364/9144-4225
Email: lfmcosta@gmail.com


Servidores da Paratur e Setur fazem curso de turismo internacional ofertado pela Universidade de Coimbra
Servidores da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e da Companhia Paraense de Turismo (Paratur) participam até sexta-feira, 30, de um curso de turismo internacional. Fruto de um Termo de Cooperação Técnica entre a Setur, Universidade de Coimbra (UC) e a Universidade Federal do Pará (UFPA), a qualificação, iniciada nesta segunda-feira, 26, tem como objetivo capacitar os técnicos da Setur, Paratur, Sebrae e UFPA nessa área que envolve ações diretas e indiretas relacionadas ao turismo internacional.
As aulas estão sendo ministrada pelas docentes catedráticas da Universidade de Coimbra, dra. Fernanda Cravidão, que é coordenadora do doutorado de turismo, cultura e lazer da Faculdade de Letras da UC, e pela professora Maria Helena Coelho, da UFPA. 
Neste primeiro módulo, foram disponibilizadas 30 vagas. “Neste primeiro momento vamos atender as demandas da Setur, Paratur, Sebrae e UFPA, formando profissionais que atuam diretamente com a prática do turismo internacional. Mas, em continuidade à parceria firmada com a Universidade de Coimbra, beneficiaremos outros profissionais”, explica o secretário Adenauer Góes, da Setur.
O curso, idealizado pela Diretoria de Produtos Turísticos da Setur, é dividido em três módulos e acontece das 14h às 18h, no Instituto de Ciências Sociais da UFPA, localizado no Campus Universitário do Guamá, Avenida Augusto Corrêa nº 1, Bairro do Guamá. 
NÚMEROS
O  Pará deve fechar 2012 com um fluxo turístico de 1 milhão de visitantes oriundos de diversos países. Só os navios cruzeiros devem contribuir, na temporada 2012 a 2013 com mais de 20 mil turistas. O inglês é o idioma mais falado por esses turistas, embora muitos sejam de procedência alemã, francesa, japonesa, e de outros lugares. O grande desafio do Governo do Estado, do trade local e das entidades envolvidas com o recebimento desse fluxo, que deve gerar uma receita superior a 400 milhões de reais, é principalmente com a qualidade dos produtos e serviços oferecidos a esses visitantes.
De olho nessa demanda a Secretaria de Estado de Turismo do Pará (Setur), através do Programa Estadual de Qualificação Profissional (PEQTUR) vem oferecendo diversos cursos de qualificação aos trabalhadores de diversos setores do turismo. Gastronomia, hotelaria, receptivo, policiamento turístico, taxistas e moto taxistas, guias de turismo e outros já foram contemplados.


Servidores da Adepará recebem treinamento para combater pragas no Estado
Termina nesta terça-feira, 27, o treinamento do Programa Fitossanitário da Cultura da Soja, no município de Santana do Araguaia, sudeste do Pará. A capacitação dos servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) e produtores rurais é promovida pela Gerência de Programas de Pragas de Importância Econômica, por meio do convênio vegetal Adepará/Mapa 2012.
A habilitação tem como objetivo atualizar informações entre os servidores que atuam nestes programas e fazer o reconhecimento das pragas, sendo a principal a ferrugem asiática. A propagação da praga persiste pelo vento, chuva e afins. O controle é feito através do ‘vazio sanitário da soja’, tempo necessário para o solo descansar e prevenir o aparecimento do fungo.
O período do ‘vazio sanitário da soja’ é feita em duas etapas: 15 de julho a 15 de setembro, período que não é aconselhado o cultivo da soja nas regiões sul e sudeste paraense, e 1º de outubro a 30 de novembro, na região oeste do Pará e Paragominas.
Segundo o gerente de Defesa Vegetal, Nelson Leite, o reconhecimento da praga evita que a produtividade caia, impedindo perdas significativas. Caso haja a suspeita, o profissional competente deve notificar a Adepará, que, por sua vez, encaminha ao laboratório da Embrapa para a identificação do fungo.
NACIONAL
Em dezembro, acontece o treinamento nacional, entre os dias 3 e 7, em Londrina, Paraná, na Embrapa Soja. Os fiscais estaduais agropecuários da Adepará participarão do processo de qualificação no combate às pragas.
A valorização do profissional esteve em foco na Adepará ao longo de 2012. Sob a aprovação do atual diretor geral da Adepará, Mário Moreira, vários treinamentos foram realizados. Além do Programa Fitossanitário da Cultura da Soja, recentemente aconteceu em Salvaterra, no Marajó, um treinamento voltado para o controle de qualidade da cultura do abacaxi, que trouxe ao Pará o doutor em Agronomia Aristóteles Pires, da Embrapa Mandioca e Fruticultura, localizada no município baiano Cruz das Almas.
Outro treinamento recente que envolveu a qualificação de fiscais abordou a Fiscalização do Trânsito Agropecuário, em Marabá.
Texto:
Andréa Ferreira-Adepara
Fone: (91) 3210-1106 / (91) 8252-6442
Email: andrea.adepara@gmail.com


Emater capacita agricultores e técnicos para a utilização de ervas medicinais
Segue até sexta-feira, 30, o primeiro curso de Cultivo, Manejo e Produção de Plantas Medicinais, ministrado a técnicos e agricultores familiares do município de Breves, arquipélago do Marajó. A capacitação, que terá carga horária de 40 horas, acontece na comunidade Santa Luzia, zona rural do município. O curso vai ajudar a identificar, cultivar adequadamente e utilizar as ervas medicinais.
As técnicas de cultivo pretendem mostrar os vários fatores que contribuem para o bom desenvolvimento da planta, como luminosidade, solo, temperatura e espaçamento, o que influi diretamente na produção dos princípios ativos da planta. Observar e seguir os fatores vai garantir a eficácia na prevenção, tratamento e cura dos males para os quais os produtos são utilizados.
A capacitação também vai trabalhar o uso racional das essências florestais de onde são extraídos os óleos, como a copaibeira. Segundo Eduardo Benício Gomes, engenheiro agrônomo da Emater, especialista em cultivo, manejo, produção e comercialização de plantas medicinais, uma árvore de copaíba em pé rende até 20 litros de óleo ao ano, com a essência comercializada a R$ 50,00 o litro. “Enquanto que a mesma árvore abatida rende apenas R$ 100”, compara o técnico.
Serão trabalhadas espécies adaptadas às condições climáticas da região, como marupazinho, que auxilia no combate à diarreia e a ameba; o mastruz, que tem eficácia no tratamento de problemas pulmonares e verminose; a alfavaca, que além de aliviar cólicas menstruais, também é utilizada na culinária.
A equipe capacitada será multiplicadora das informações na região – que é de difícil acesso e, por isso, os serviços de saúde acabam não chegando com facilidade. Portanto, identificar o que a natureza oferece por meio de ervas medicinais e saber a melhor forma de utilização é essencial.
Texto:
Iolanda Lopes-Emater
Fone: null / (91) 9168-0535
Email: ascomematerpara@gmail.com


Seminário discute estratégias de combate ao tráfico de pessoas
O enfrentamento ao tráfico de pessoas é o tema do seminário que ocorre a partir desta terça-feira, 27, na Delegacia Geral, em Belém. Participam do encontro policiais civis, militares, peritos do CPC Renato Chaves e servidores da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). A abertura do seminário será às 8h30, no auditório B, e contará com a presença da delegada Christiane Lobato, diretora de atendimento a grupos vulneráveis. O evento segue até quarta-feira, 28.
Promovido pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e pela Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV), da Polícia Civil, o encontro tem o objetivo de apresentar conhecimentos conceituais sobre a temática a fim de difundir informações e subsidiar a atuação dos profissionais da área de segurança pública e demais setores que atuam direta ou indiretamente na prevenção ao tráfico de pessoas, na atenção à vítima ou na repressão e responsabilização desse crime.
Durante dois dias, os servidores do sistema de segurança pública do Pará serão capacitados para o trabalho de combate ao tráfico humano, por integrantes da Coordenação de Proteção dos Direitos dos Trabalhadores Rurais e de Combate ao Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas (NETP), representada por Odilene Andrade, em parceria com o Centro de Referência em Direitos Humanos (CRDH), vinculada à Sejudh.
Entre os temas que serão analisados estão as causas e consequências do tráfico de pessoas, as características das vítimas, o perfil dos aliciadores e as políticas nacional e estadual de enfrentamento a este tipo de crime.
Texto:
Aycha Nunes-Polícia Civil
Fone: (91) 4006-9036 / (91) 9635-2190
Email: aychanunes@gmail.com


PSDB reúne prefeitos eleitos
para debater gestão e
compartilhar experiências


Brasília – “Faça um bom mandato: informações e reflexões para a gestão municipal”. É o evento organizado pela Executiva Nacional do PSDB e Instituto Teotônio Villela (ITV), que reunirá, em Brasília, na próxima segunda-feira (03.12), centenas de prefeitos que venceram as disputas municipais, em outubro. No total, mais de 500 novos chefes de executivo debaterão os desafios da gestão pública e lançarão as bases para se criar a Rede de Prefeitos da Social Democracia, um fórum virtual para discussão e troca de experiências.

A atividade, que terá oficinas temáticas, também contará com as participações do presidente nacional do PSDB, deputado federal Sérgio Guerra (PE), do senador Aécio Neves (PSDB-MG), do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do presidente do ITV, Tasso Jereissati, que juntos, concederão entrevista coletiva, às 12 horas, no Hotel Naoum.

“Reunir os prefeitos é essencial para o fortalecimento da legenda e, principalmente, para a melhoria e aprimoramento da gestão pública. Cada cidade tem seus desafios específicos, mas há problemas comuns a todos os gestores, mais facilmente resolvidos quando há união. É a população que se beneficia com uma atividade dessa natureza”, afirma Sérgio Guerra

O partido elegeu 702 prefeitos em outubro, e a expectativa é que ao menos 500 participem da iniciativa. O seminário abordará temas como a gestão por resultados, em especial nas áreas de educação e saúde, segurança pública, finanças municipais, agenda ambiental, mobilidade urbana, entre outros. 

Nas oficinas, os futuros administradores serão divididos em dois grupos – um destinado àqueles de cidades com mais de 50 mil habitantes (faixa na qual foram eleitos 81) e outro, voltado a gestores de municípios com menos de 50 mil habitantes. As oficinas terão início às 8h.

Serviço 

“Faça um bom mandato: informações e reflexões para a gestão municipal” 
Data: 03.12 (segunda-feira) 
Horário: entre 8h e 20h. Às 12 horas: coletiva de imprensa com Sérgio Guerra, Aécio Neves, Fernando Henrique Cardoso e Tasso Jereissati 
Local: Hotel Naoum (Setor Hoteleiro Sul, Quadra 5, Bloco H – Brasília) 

Programação 
Oficina com prefeitos de cidades com mais de 50 mil habitantes – Hotel Naoum 
Mesas de debate 

Manhã
• Gestão por resultados: exemplos da saúde e da educação
• Finanças municipais, investimentos e renegociação de dívidas 
• Reunião/almoço 
Tarde
• Urbanização e mobilidade urbana
• Segurança pública 

Oficina com prefeitos de cidades com menos de 50 mil habitantes – Hotel San Marco (Setor Hoteleiro Sul, Quadra 05, bloco C) 
Manhã e tarde 
• Tema 1: Os mandamentos da gestão municipal
• Tema 2: Programas federais e estaduais, fontes de recursos e elaboração de projetos 
• Tema 3: Modernização e gestão por resultados
• Tema 4: Agenda social e ambiental nos municípios.


NOTÍCIAS DO PSDB = BRASÍLIA

Brasília, 26 de novembro de 2012

Tucanos querem explicações de envolvidos em escândalo do governo Dilma

O PSDB na Câmara irá apresentar requerimento de convite à Rosemary Nóvoa de Noronha, ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, na Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência. É atribuição dessa comissão a discussão de assuntos relacionados à salvaguarda de informações presidenciais. De acordo com o líder do PSDB na Câmara, Bruno Araújo (PE), o objetivo é auxiliar as investigações, esclarecendo a atuação de Rosemary. Leia mais


Parlamentares cobram investigação de acusados por esquema de fraude em pareceres  

O escândalo envolvendo personagens como a chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Noronha, e o segundo na hierarquia da Advocacia-Geral da União, José Weber Holanda Alves, é grave e exige uma investigação mais ampla, na avaliação dos deputados Antonio Imbassahy (BA) e Walter Feldman (SP). Na última sexta-feira (23), a Polícia Federal prendeu seis pessoas e indiciou outras 12 acusadas de fraudar pareceres em pelo menos sete órgãos federais. Leia mais


Na gestão do partido dos mensaleiros, falcatruas acontecem muito perto dos setores mais importantes

“Corrupção não é exclusividade do PT, mas o que assombra é como, nas gestões do partido dos mensaleiros, as falcatruas acontecem perto, muito perto, dos mais estrelados gabinetes, inclusive o presidencial.” É o que destaca a Carta de Formulação e Mobilização Política desta segunda-feira (26). Segundo o documento editado pelo Instituto Teotonio Vilela, quando o mau exemplo vem de cima, gente como Rosemary Noronha e os irmãos Viera, pegos pela PF na sexta-feira, se sentem à vontade para também se locupletar.Leia mais


Nova denúncia escancara herança maldita de Lula e "faxina" mal feita

A deflagração da operação Porto Seguro trouxe a público os nomes de Rosemary Nóvoa de Noronha e José Weber Holanda, apontados como líderes do esquema de corrupção que envolveu sete órgãos federais e consistia na venda de pareceres fraudulentos – e os inscreveu em uma relação de protagonistas de escândalos ocorridos durante o governo Dilma Rousseff. Leia mais


PIBinho é um retrocesso e revela incompetência do Planalto, aponta Domingos Sávio 

O PIBinho dos últimos anos representa um retrocesso na história do Brasil, na avaliação do deputado Domingos Sávio (MG). A presidente Dilma Rousseff deverá encerrar os dois primeiros anos de seu mandato, o biênio 2011-2012, com o crescimento médio anual do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil na média de 2,1%. O resultado é o pior desde o governo Collor. As perspectivas para o próximo ano são bem menos animadoras do que o cenário vendido pelo Planalto. Leia mais


Para deputados, presidente precisa lutar em defesa dos interesses comerciais brasileiros na Argentina 

O líder da Minoria na Câmara, Antonio Carlos Mendes Thame (SP), e o deputado César Colnago (ES) afirmaram que a visita de Dilma Rousseff à presidente da Argentina, Cristina Kirchner, prevista para esta quarta-feira (28) enfraquece a relação entre as nações e prejudica os brasileiros, que sofrem com a restrição à entrada de produtos naquele país. Só nos primeiros nove meses deste ano, o Brasil perdeu US$ 3 bilhões com as dificuldades impostas pelo vizinho. Leia mais


Artigo: "Questão democrática, uma diferença essencial", por Marcus Pestana

Muitos se perguntam sobre as efetivas diferenças entre PT e PSDB. Afinal, não seriam os dois partidos herdeiros do mesmo campo social-democrata, seja lá o que isso signifique no mundo contemporâneo? Seria mera luta cega pelo poder, sem objetivos estratégicos a serem perseguidos? Não teria o PT no governo adotado os fundamentos econômicos do governo FHC? Leia mais


Tentativas do PT de diminuir julgamento do mensalão não terão resultado, diz Wandenkolk 

O deputado Wandenkolk Gonçalves (PA) classificou como irresponsável a declaração do ex-ministro José Dirceu sobre a legitimidade do julgamento do mensalão. “Estava marcado para morrer. Só não fui fuzilado porque no Brasil não tem pena de morte”, apelou o petista. Para o tucano, o braço direito de Lula deveria se envergonhar da condenação por desvio de recursos públicos para corromper parlamentares da base aliada do governo. Leia mais


Governo discute ações do “Pacto pelo Pará sem Miséria”
As diretrizes do plano estadual “Pacto pelo Pará sem Miséria” foram discutidas nesta terça-feira (27), por representantes de diversas secretarias e órgãos estaduais envolvidos nos projetos e ações previstas no plano, o qual prevê a implementação de uma estrutura mais eficiente em áreas como saúde, educação, assistência social e habitação. Durante o evento, promovido pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), os cerca de 30 participantes debateram as diretrizes a partir da apresentação de dados e indicadores sociais da Região do Marajó, os problemas ainda existentes, os eixos e as ações estruturantes nas áreas da saúde, educação, saneamento, habitação, assistência social e geração de renda.
A secretária adjunta da Seas, Meive Piacesi, enumerou na abertura da reunião os eixos, as ações que estão sendo realizadas e as dificuldades para que o trabalho seja mais eficiente. Dados apresentados na reunião mostram que, atualmente, o Pará tem mais de 1 milhão de pessoas em situação de extrema pobreza, dos quais 180 mil estão na Região do Marajó. Segundo Meive, a meta é implantar o plano primeiro no arquipélago marajoara. "Atualmente, 37% da população do Marajó vivem em condições de extrema pobreza. No município de Melgaço, esse problema atinge 51,5% da população. Esses dados comprovam a necessidade de priorizar essa região, que precisa mudar uma realidade que já dura há anos”, destacou.
A coordenadora do Pro Paz, Izabela Jatene, destacou as cinco ações estruturantes do programa que fazem parte do plano, como o Pro Paz Mover, Jovem Trabalhador e o Pro Paz Comunidade. Segundo ela, as ações apresentam perspectivas de uma maior integração dos serviços, voltados para as famílias em situação de vulnerabilidade.
A titular da Seas, Maria Santos (Tetê), informou sobre a implantação de alguns projetos da Secretaria, que fazem parte do plano e já estão sendo executados. "Já avançamos com o projeto inclusão produtiva, que vai iniciar a capacitação dos produtores. Entendemos que a inclusão produtiva faz parte dos eixos do plano, pois além de garantir a renda, retira essas famílias da situação de insegurança alimentar”, explicou. A secretária ressaltou que é preciso debater os eixos apresentados e incluir projetos inovadores, que possam garantir à família condições de sobrevivência, com autonomia e segurança.
Dentre as ações prioritárias do plano estão a ampliação do atendimento, abrangência territorial e as parcerias público-privadas. O plano é dividido em três eixos: inclusão produtiva, acesso a serviços e garantia de renda. A reunião foi finalizada com a formação de um comitê gestor, que se reunirá para organizar os itens do plano estadual, estabelecendo os critérios e ações necessários para que o documento represente a população em situação de extrema pobreza, produzindo condições para seu crescimento, em todos os níveis.
Texto:
Inara Soares-Seas
Fone: (91) 3219-6304 / (91) 8215-8555
Email: inarasoares@hotmail.com


Grupo Paranativo apresenta espetáculo folclórico na Estação das Docas
Com o tema “Tambor: a transculturação na Amazônia”, o Grupo de Atividades Culturais Paranativo apresenta espetáculo folclórico nesta sexta-feira (30), a partir das 18 horas, na orla da Estação das Docas, dentro do projeto Por do Som. O show é alusivo ao Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado no último dia 20. A entrada é franca.
A influência cultural vinda do continente africano, pela música e dança, será traduzida em canções coreografadas com lundum, banguê, siriá, batuque amazônico, pretinhas de Angola e o tradicional carimbó. Um grupo de crianças, de 9 a 11 anos, estudantes da Escola Estélio Maroja, do bairro da Cremação, farão a abertura do espetáculo, com a dança “Banho de cheiro”. As coreografias apresentadas são o resultado de aulas de danças folclóricas, desenvolvidas durante o ano em um projeto de extensão educacional.
O Grupo Paranativo, que surgiu há 21 anos, no bairro do Benguí, tem 40 integrantes, distribuídos entre dançarinos e músicos. “Queremos firmar, com música e dança, a influência negra na nossa cultura. Preparamos um espetáculo bem interativo, para agradar ao público”, diz a coordenadora de comunicação do grupo, Silvia Reis.
Texto:
Camila Barros-Pará 2000
Fone: (91) 3212-5660 / (91) 8896-4318
Email: comunicacao@estacaodasdocas.com.br











Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...