Total de visualizações de página

domingo, fevereiro 05, 2012

O ‘BICHO’ TÁ PEGANDO NA BAHIA

PF chega a Salvador para
prender policiais em greve
Quarenta homens do COT (Comando de Operações Táticas), o 'Tropa de Elite' da Polícia Federal, desembarcaram neste domingo em Salvador para executar os mandatos de prisão expedidos contra integrantes do movimento grevista da Polícia Militar.
Eles foram de Brasília em aeronave própria da PF e que levará para presídios federais os detidos após cumprimento de mandado. A determinação partiu do Governo Federal.
 Pela manhã, foi preso um dos 12 policiais militares grevistas que tiveram prisão decretada na semana passada. Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o PM é acusado de formação de quadrilha e roubo de um carro da corporação.
 Ele é lotado na Companhia de Policiamento de Proteção Ambiental e foi preso pelo comandante da companhia. Além de responder pelos crimes, o policial vai passar por um processo administrativo na própria corporação.
 Ontem, o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), disse que os policiais militares em greve cometeram crimes que estão acontecendo em Salvador. Ele também disse que a categoria promove "banho de sangue" para amedrontar a população.
 O governador negou que pretenda autorizar a invasão da Assembleia Legislativa, onde os manifestantes estão acampados. Ainda segundo Wagner, os policiais que tiveram a prisão decretada são líderes do movimento e teriam sido identificados em atos de vandalismo.
 BA: presidente pede
desocupação da
Assembleia por grevistas
O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo (PSDB), pediu ao general G. Dias, comandante das forças de segurança na Bahia, que o prédio público seja desocupado até a meia-noite deste domingo. A Casa é ocupada por policiais militares grevistas desde a última terça-feira. A Justiça já decretou a ilegalidade do movimento e expediu 12 mandados de prisão, um dos quais cumprido na madrugada de hoje.
 O deputado disse que "os trabalhos legislativos precisam voltar à normalidade e que a Assembleia não pode ser usada como abrigo para foragidos da Justiça." Nilo falou ainda que o pedido partiu dele mesmo, e não do governador. Após ser comunicado, o general convocou uma reunião com outros integrantes que reforçam a segurança na Bahia para avaliar o pedido.
 A paralisação dos PMs desencadeou uma onda de violência no Estado. Desde a última quarta-feira, a região metropolitana de Salvador já registrou mais de 80 homicídios, além de diversos roubos e assaltos, segundo a Secretaria de Segurança Pública baiana (SSP-BA). O tenente-coronel do Exército Márcio Cunha, responsável pela operação dos militares na Bahia durante a greve, disse neste domingo que a série de boatos sobre a violência que corre pelo Estado é um dos grandes problemas enfrentados pelas tropas.
 "Um dos problemas maiores que estamos vivenciando é a grande onda de boatos, que já estão sendo combatidos com a presença das nossas tropas, além das polícias Militar e Civil, para devolver a sensação de segurança e tranquilidade à população", disse ele à Agência Brasil.
 Blindados
 Já circulavam nas ruas de Salvador, na tarde deste domingo, quatro veículos blindados que vieram de Recife. Para reforçar a segurança no Estado, mais 135 militares do Batalhão de Infantaria Paraquedista do Rio de Janeiro e 15 militares de Brasília chegaram à capital baiana às 15h de hoje.
 Está previsto para hoje ainda o transporte de mais 150 homens do Exército Brasileiro de Recife para Salvador, com chegada prevista para 21h.
 Segundo balanço do Comando-Geral de Operações Aéreas, com o reforço de 300 homens de hoje, a FAB terá transportado, no total, aproximadamente 1,5 mil militares e policiais, superando a expectativa inicial. Somando o contingente transportado por terra e ar, mais de 3 mil homens das Forças Armadas e Especiais vindos de várias partes do País já estarão na capital e em cidades do interior, no final do dia.
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...