Total de visualizações de página

segunda-feira, junho 25, 2012

Alunos da zona rural de Cametá aprendem a dizer não às drogas

                A Polícia Militar formou, na última semana, uma turma de 135 estudantes da rede pública de Cametá, no nordeste do Pará, que participou do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). A solenidade de formatura ocorreu no salão comunitário da Vila Areião, zona rural do município. O evento teve a presença de autoridades civis, militares, políticos, empresários, comunidade escolar e familiares dos estudantes.
                O comandante da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar, major Franklin Roosevelt, disse que o problema das drogas não vai ser resolvido apenas pela repressão policial, e que a prevenção, por meio da educação, é o maior trunfo nessa luta. O Proerd, segundo ele, constitui-se em uma ferramenta fundamental, pois é o maior programa de prevenção ao uso de drogas e à violência do Brasil.
                O programa já capacitou, desde 2009, quando foi implantado, 5.475 crianças e adolescentes de 31 escolas públicas municipais de todo o Estado. Os resultados já aparecem na comunidade, pois dados de 2011 da PM apontam a redução de 50% no envolvimento de jovens com a criminalidade no município. Não há registros, tampouco, do surgimento de novos dependentes químicos na faixa etária atendida, segundo dados do Conselho Tutelar.

Texto:
Leno Carmo-Polícia Militar
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...