Total de visualizações de página

terça-feira, junho 26, 2012

Cohab inicia trabalho social junto às famílias que ocuparão o Residencial Liberdade

                A Companhia de Habitação do Pará (Cohab) deu início ao trabalho técnico-social que será realizado junto às famílias da área da Perimetral que recebem o auxílio-moradia, futuros moradores do Residencial Liberdade I, no Guamá. Nesta terça-feira, 26, elas participaram de uma reunião na sede do órgão onde receberem alguns esclarecimentos sobre o andamento do processo licitatório para retomada das obras do conjunto, que se encontra ocupado, mas que será alvo de reintegração de posse brevemente.
                As famílias também receberam cartilhas de orientação elaboradas pela equipe social da Cohab e foram apresentadas à equipe técnica, de uma empresa terceirizada contratada para este fim, que fará esse trabalho por seis meses, sob a supervisão da assistente social Marcelina Santos. Pela empresa contratada expôs a assistente social Márcia Carvalho, que detalhou as ações que serão promovidas junto às famílias. "Esse trabalho proporciona o desenvolvimento de atividades socioeducativas e geradoras de renda, propiciando a melhoria de vida no novo espaço de moradia", declarou.
                Segundo Sinara Rabelo, da área social da Cohab, o encontro foi de caráter informativo. "Foram apresentados dados da obra física dos prédios e prazos de conclusão e entrega", explica. Segundo o engenheiro responsável, Mário Antonio, a Cohab estima que os serviços estejam concluídos dentro de sete ou oito meses, pois é necessário passar primeiramente pelo processo de licitação de uma nova empresa construtora. Mário Antonio informou, ainda, que assim que os serviços no canteiro de obras forem retomados, as famílias poderão ser organizar em grupos para fazerem visitas de fiscalização. "Vamos formar grupos de 15 pessoas para visitar as obras, a fim de garantir o acompanhamento dos trabalhos".
                O Residencial Liberdade I terá 276 unidades habitacionais, e cada uma terá o custo de R$ 58 mil. O Conjunto está dividido em oito quadras e cada uma terá uma praça de lazer  independente, contando ainda com quadras polivalentes.

Texto:
Rosa Borges-Cohab
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...