Total de visualizações de página

terça-feira, junho 26, 2012

Pescadores de Redenção terão acesso a linhas de crédito

                Mais de 100 pescadores participaram, esta semana, de uma reunião com representantes do escritório da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) em Redenção para aquisição de linhas de crédito, que permitirão desde o acesso a materiais permanentes de pesca até a iniciação na piscicultura. Estiveram presentes pescadores da Colônia Z-60, do município de Redenção, e dos municípios de Pau D’arco e Santa Maria das Barreiras.
                Segundo o chefe do escritório local, o técnico agropecuário Edilson Garcia, os pescadores têm boas chances de adquirirem financiamento por meio das linhas de crédito “B” do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que garante recurso de até R$ 2,5 mil para a compra de canoas, redes e kit pesca – popularmente chamado de ‘traia’, e em casos mais específicos - de produtores com potencial para a contratação da linha AF - podem obter até R$ 50 mil. “Esse é o caso do pescador que iniciar produção, com a escavação de tanques ou tanques redes, aquisição de alevinos e compra de ração”, disse.
“A nossa preocupação está vinculada à legitimidade da situação pesqueira da colônia. A aquisição de crédito só é viabilizada se as documentações dos pescadores estiverem em dia. Conversamos durante a reunião e nos pareceu estar tudo certo. Assim que recebermos a documentação necessária daremos encaminhamento à elaboração do projeto, premissa para a emissão das DAPs (Declaração de Aptidão do Pronaf), que só pode ser feita pela Emater”, explicou Garcia.
                Ainda segundo o técnico agropecuário, a pesca nos rios Arraia, Pau D’arco e Araguaia têm garantido o sustento desses pescadores, que exploram espécies como Tucunaré, Curimatã e Piau para o abastecimento do mercado local. Garcia relatou que é comum os pescadores usarem equipamentos emprestados para a prática das atividades de rotina. “A aquisição dessas linhas de crédito vai permitir que cada pescador tenha seus próprios utensílios e, assim, possa programar sua atividade sem precisar aguardar a folga do colega para poder pescar”, afirmou.

Texto:
Kenny Teixeira-Emater
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...