Total de visualizações de página

segunda-feira, janeiro 23, 2012

@ Resumo das notícias desta tarde de segunda, dia 23

PM evita roubo e apreende
homem com arma
caseira em Santa Izabel
                Dois homens tentavam roubar os pertences de uma família, em Santa Izabel do Pará, quando foram surpreendidos por uma guarnição da 17ª Zona de Policiamento da Polícia Militar. A dupla, que é de Ananindeua, acabou mantendo seis pessoas como reféns, durante meia hora, até as negociações coordenadas pela PM levarem ao desfecho do caso.
                Os policiais acionaram viaturas e isolaram a área para garantir a segurança na negociação. Os pedidos dos sequestradores foram atendidos. A presença da imprensa e a disponibilidade de coletes a prova de balas foram os dois principais pedidos. Eles entregaram as armas usadas no crime e se renderam. Ninguém saiu ferido.
                Também em Santa Izabel, policiais militares prenderam em flagrante dois homens que carregavam armas de fabricação caseira, usadas na prática de crimes. Abordados em via pública, no bairro Novo, após denúncias de populares, os homens não esboçaram reação e foram encaminhados, juntamente com o armamento apreendido, para a 17ª seccional de Polícia Civil.
                Em outra ocorrência, a guarnição da PM apreendeu um adolescente acusado de tentativa de homicídio contra um homem, o qual, há alguns meses, teria roubado um celular do jovem, provocando nele o desejo de vingança. Armado de um terçado, o adolescente, que foi apreendido na rua Terceira Maranguapi, na Invasão do Bombeiro, ainda chegou a acertar um golpe no rosto da vítima, que foi levada para o hospital municipal.
                Sexta-feira (20), em operação desencadeada na área da 8ª Zona de Policiamento, em Icoaraci, em Belém, foi preso um homem acusado de tráfico de drogas na região. Conhecido da polícia local, ele guardava em um quintal cerca de 100 petecas de pasta base de cocaína. O suspeito foi abordado pela guarnição militar e encaminhado, juntamente com o material encontrad,o para a Seccional Urbana de Icoaraci.

Texto:
Leno Carmo-Polícia Militar
Modelo de gestão
inaugura nova fase no
Programa Navegapará
                Representantes dos diversos órgãos estaduais que compõem a Comissão dos Sistemas de Informação e Telecomunicações do Estado (Cosit) se reuniram na manhã desta segunda-feira (23), na Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), para discutir o novo modelo de gestão do programa de inclusão sociodigital Navegapará. Na ocasião, a Cosit aprovou a resolução que trata da nova concepção do programa, envolvendo as modalidades de gestão, formas de parcerias e o uso dos serviços públicos de infocentros.
                O titular da Secti, Alex Fiúza de Mello, justificou a importância de se definir uma política de regulamentação do programa Navegapará. “Apesar de estar consolidado, na prática, como uma política de Estado, o Navegapará ainda não está regulamentado. Os infocentros existentes foram abertos sem os termos de compromisso necessários e, mesmo, editais públicos, o que vem ocasionando diversos problemas para o Estado e para as comunidades atendidas”, disse o secretário.
                A partir do lançamento de editais de fluxo contínuo para seleção de propostas de apoio à inclusão digital, o Navegapará regulamentará a instalação de infocentros no Estado, inaugurando uma nova fase. Os editais serão abertos em função de três modalidades distintas de parcerias: a) Modalidade 1 (Link de internet); b) Modalidade 2 (Link de internet e computadores); c) Modalidade 3 (Link de internet, computadores e bolsistas monitores).
                A modalidade 3 já está em vigor, contemplando 186 infocentros implantados. A modalidade atenderá às várias demandas por links de internet oriundas de prefeituras e instituições do terceiro setor, sem fins lucrativos, mas com boa capacidade de contrapartida.
                Segundo Théo Pires, presidente da Empresa de Processamento de Dados do Estado do Pará (Prodepa), a resolução aprovada incentiva a formalização de parcerias inéditas, para garantir a continuidade e consolidação do programa. “Pretendemos, a partir daí, alinhar projetos, otimizar os gastos públicos e promover de forma co-responsável a inclusão digital e a cidadania almejadas pelo Programa Navegapará”, destacou.
Expansão - O Navegapará continuará em expansão. Estão previstas, até o final de 2012, as instalações de mais 15 cidades digitais e de 200 infocentros. De acordo com Alex Fiúza, paralelamente à expansão da rede, outros editais serão abertos, nas várias modalidades, e novos municípios poderão ser incorporados ao programa. O lançamento do primeiro edital da Modalidade 1 está previsto para o próximo mês.
                A partir das ideias sugeridas pelos participantes da reunião, também foi aprovada pela Cosit a criação de uma resolução que definirá uma política de reaproveitamento dos equipamentos de informática em desuso nos órgãos públicos estaduais, para que sejam destinados aos infocentros instalados pelo Programa Navegapará, após recondicionamento técnico. O documento solicitando aos órgãos do governo do Estado que concedam à Secti os computadores e monitores sem uso será oficializado em breve.
                Mais informações sobre a Comissão dos Sistemas de Informação e Telecomunicações do Estado são encontradas no site http://www.cosit.pa.gov.br/?q=node/8

Texto:
Ana Carolina Pimenta-Secti
Escola de samba do
Curro Velho escolhe
mestre-sala e
porta-bandeira
                Faltam 21 dias para o Carnaval das Crias da Fundação Curro Velho. Técnicos e alunos trabalham contra o tempo para levar para as ruas do bairro do Telégrafo um belo desfile, dia 11 de fevereiro, com o samba enredo “Nas asas da vovó”. Na tarde desta segunda-feira (23), cerca de dez jovens e crianças participaram da seleção de mestre-sala, porta-bandeira e porta-estandarte.
                A superintendente da Fundação Curro Velho, Dina Oliveira, ressaltou que todos vão compor o desfile da escola de samba Crias do Curro Velho, cada um representando os bairros tradicionais onde desfilam os blocos de rua, como Campina, Pedreira, Jurunas e a Vila da Barca. Jéssica Progênio, tentando pela segunda vez representar a escola, conseguiu ser escolhida como porta-bandeira.
“Fiquei muito feliz, foi uma surpresa muito grande. Ano passado tentei, mas não fui escolhida e este ano vai ser um orgulho carregar a bandeira das Crias do Curro Velho”, disse. Flávio dos Anjos da Cruz disse que é a primeira vez que vai sair como porta-estandarte, após três anos desfilando na escola de samba da Fundação Curro Velho.
                O gerente de Artes Cênicas da fundação, Jorge Cunha, afirmou que todos os participantes vão representar bem a escola de samba. “A gente percebeu que todos têm qualidade e interesse em interpretar esses personagens presentes em nosso enredo. Cada porta-estandarte vai representar os bairros onde aconteciam os antigos carnavais e outro representará a Vila da Barca, onde a fundação atua”, explicou.

Texto:
Andreza Gomes-FCV
Educação oferecida pelo
Estado é reconhecida
em pesquisa local
                O ensino oferecido à população pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) recebeu reconhecimento público ao conquistar o quarto lugar na pesquisa da Associação dos Usuários do Trânsito, Transporte e dos Consumidores das Empresas Prestadoras de Serviços Públicos do Pará (Autrabel). O levantamento teve o objetivo de avaliar os serviços prestados ao público no Estado.
                Para eleger os melhores serviços, 14 empresas do gênero foram submetidas à seleção de 164 representantes de centros comunitários e de associações da Região Metropolitana de Belém e do interior do Estado. A pesquisa foi feita em dois momentos. O governo do Estado, na área da educação, conquistou o 11º lugar na pesquisa inicial e o quarto lugar na pesquisa final.
                Outros serviços prestados por secretarias do Estado receberam destaque na pesquisa, entre elas a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), com o quinto lugar, e a Secretaria de Saúde Pública (Sespa), com o 12º. Para o presidente da Autrabel, Leandro Borges, a avaliação dos serviços prestados pelo governo mereceu destaque. "O Estado vem dando sinais de melhora na prestação desses serviços", disse, referindo-se aos resultados conquistados nas áreas da educação e segurança pública.
                Para o secretário de Educação, Cláudio Ribeiro, o resultado da pesquisa é um reconhecimento da população acerca dos serviços prestados pelo governo na área. “Desde o início do ano passado estamos nos dedicando a melhorar o atendimento prestado à sociedade. Esse resultado é um reconhecimento que nos motiva a continuar nos esforçando na perspectiva de melhorar o serviço voltado à população”, diz.

Texto:
Izabel Cunha-Seduc
Semma faz testes
de balneabilidade nas
principais praias de Belém
Para garantir a saúde e segurança dos banhistas e freqüentadores assíduos de uma boa praia, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), através do Departamento de Controle Ambiental (DCA), realiza teste de balneabilidade nas principais praias de Belém, nesta terça-feira (24), analisando a qualidade da água e atestando quais delas estão próprias ou não para o banho. A ação inicia, a partir da 8h30, com a coleta de água das praias de Outeiro e de Icoaraci.
Entre as praias que serão realizadas os testes estão a Praia do Amor, Praia Grande e Brasília, em Outeiro e Praia do Cruzeiro, em Icoaraci. Ainda este ano, mais quatro avaliações serão feitas.
De acordo com a resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) de nº 274/2000, o local será considerado impróprio para banho quando forem encontrados em quatro dos últimos cinco resultados mais de mil coliformes fecais ou 800 Escherichia Coli por 100 mililitros de água.
A amostragem deve ser feita, preferencialmente, em local que apresente profundidade média de um metro ou mais. Em 2011, cinco testes de balneabilidade foram realizados pela Semma nas praias dos distritos de Mosqueiro, Outeiro e Icoaraci, que atestaram as praias do Amor e Cruzeiro como impróprias para o banho.

Texto: Ana Paula Azevedo – Ascom Semma
Cohab vai retomar
imóveis invadidos em
residencial em
obras no Guamá

                O presidente da Companhia de Habitação do Pará (Cohab), Marcos Aurélio de Oliveira, disse nesta segunda-feira (23) que o governo do Estado está tomando todas as providências necessárias para a retomada de posse dos imóveis invadidos no residencial Liberdade. A invasão ocorreu há cerca de duas semanas no conjunto em obras, no bairro do Guamá, em Belém.
                Segundo determinação da Secretaria Especial de Infraestrutura e Logística para o Desenvolvimento Sustentável (Seinfra), à qual a Cohab está vinculada, a Companhia de Habitação deverá formalizar o processo de reintegração de imóvel, solicitando que o juiz responsável conceda, de imediato, a liminar para que a retomada seja feita o mais breve possível.
                "Essas habitações destinam-se aos remanejados, já identificados por um levantamento social feito em 2008", diz o presidente da Cohab. "Portanto, esses invasores terão de sair para que a retomada das obras seja viabilizada", reforça. Os prédios, ainda inacabados, foram invadidos há cerca de duas semanas.
                Um dos invasores, identificado apenas como Sabá, informou que não está entre os cadastrados pela Cohab, mas diz que tem consciência de que uma hora vai ter de sair do imóvel ocupado. "Enquanto isso não acontece, a gente fica aqui e economiza alguns meses de aluguel", diz.
                Uma equipe da Cohab esteve nesta segunda-feira no local e conversou com os invasores. "Todos vocês terão de sair daqui, para que a obra possa ser concluída", informou um dos técnicos da Cohab aos ocupantes. Ao ficar concluído, o residencial, que está dividido em duas etapas e ocupa um terreno de 184 mil metros quadrados, terá 2.336 unidades habitacionais, cada uma com 49 metros quadrados, contendo sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço.

Texto:
Rosa Borges-Cohab
Pais das “Crias do Curro
Velho” começam a
participar de oficina

                A partir das 18h30 desta segunda-feira (23), os pais das crianças e adolescentes que participam da Escola de Samba “Crias do Curro Velho” começam a participar de uma oficina de confecção de objetos destinados à ambientação da nave central (salão de entrada) da sede da Fundação Curro Velho. O gerente de Artes Cênicas da instituição, Jorge Cunha, lembrou que a oficina para os pais acontece há 21 anos, desde a criação da escola de samba. “Essa oficina foi criada para integrar os pais no carnaval do Curro Velho”, ressaltou.
                Segundo Jorge Cunha, “quando a escola chega aqui, no sábado, acontece um baile com marchinhas de carnaval e uma banda de fanfarra. Os pais participam da oficina para ambientar a nave para o baile de carnaval”, acrescentou. Além do interesse pelas atividades relacionadas ao carnaval, os pais também participam das oficinas regulares oferecidas pela instituição, ressaltou Jorge Cunha.
Elementos – Papelão, miriti e garrafa PET são alguns dos elementos utilizados nas oficinas com os pais das "Crias do Curro Velho". O instrutor Jeferson Cecim disse que o trabalho será desenvolvido a partir do reaproveitamento de materiais. “Vamos reaproveitar materiais para ambientar a nave. Temos sobras da ambientação de Natal feita com miriti. Vamos usar muito confete e serpentina, o habitual de um baile de carnaval, e trocar ideias com os pais, tudo em cima do enredo do Carnaval 2012 'Nas Asas da Vovó”, informou.
                O desfile do Grêmio Recreativo Escola de Samba “Crias do Curro Velho” será no dia 11 de fevereiro, com saída da Praça Brasil em direção à sede da Fundação Curro Velho, no bairro do Telégrafo. A realização é do governo do Pará, por meio da Secretaria Especial de Promoção Social e Fundação Curro Velho, com o apoio do Programa Pro Paz, Fundação de Radiodifusão do Pará (Funtelpa), Banco do Estado do Pará (Banpará), Instituto Criança Vida e empresas Cikel, Di Casa, Azevedo Barbosa Corretores e Alubar.

Texto:
Andreza Gomes-FCV
Nota de Utilidade
Pública da Sehab
A Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) convida toda a sociedade civil a enviar propostas de melhorias para a habitabilidade, urbanização e saneamento da cidade de Belém, que deverá subsidiar a elaboração e composição do Plano Municipal de Habitação de Interesse Social deste Município.
As propostas deverão ser encaminhadas, até o dia 11/02/2012 (sábado), à sede Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), localizada na Tv. Pirajá, n° 1235, entre Av. Duque de Caxias e Av. Romulo Maiorana ou através do endereço eletrônico: sehab@belem.pa.gov.br.
Idesp abre inscrições
para seleção de
mais cinco bolsistas
                Já estão no site do Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp) os avisos e editais para o processo de seleção de cinco novos bolsistas. Graduados em cursos como arquitetura, ciências sociais, estatística, economia, geografia e serviço social podem concorrer a uma bolsa. O endereço eletrônico do instituto, para mais informações sobre a seleção, é www.idesp.pa.gov.br.
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...