Total de visualizações de página

segunda-feira, janeiro 30, 2012

Crias do Curro Velho participam de ensaio técnico para o desfile de 11 de fevereiro



                Faltam 13 dias para o desfile do Grêmio Recreativo Escola de Samba Crias do Curro Velho, que vai levar para as ruas do bairro do Telégrafo cerca de 500 crianças e adolescentes com fantasias e alegorias do enredo “Nas Asas da Vovó”.  Neste domingo, 29, foi realizado o primeiro ensaio técnico do desfile das Crias, que contou com as alas, a bateria show do Curro Velho e casal de mestre sala e porta bandeira.
                O ensaio foi realizado na rua Professor Nelson Ribeiro até a Vila da Barca. Para o jovem Davi Raiol, da bateria da Escola, o ensaio foi muito bom. “O ensaio de hoje foi ótimo, tivemos uns pequenos erros, mas as Crias do Curro Velho estão trabalhando e ensaiando para fazer um desfile bonito”.
Durante o ensaio das alas realizado nos fins de semana, muitos pais acompanham seus filhos nas atividades da iniciação artística, como é o caso de Flávia Barros, mãe da pequena Maria Paula, de cinco anos. “Eu acho muito bacana participar do Carnaval do Curro Velho porque é todo mundo aqui da comunidade e minha filha vai sair pela primeira vez. Eu já saí aqui há muitos anos, agora é a vez dela", diz.  A pequena Maria Paula conta que gosta de participar das oficinas. “Aqui eu gosto das brincadeiras, das danças, das amizades. Eu vou sair de palhacinha”.
O desfile da Escola de Samba das Crias do Curro Velho está marcado para o dia 11 de fevereiro de 2012, com concentração às 9 horas da manhã, na Praça Brasil. A Escola de Samba sai da Praça Brasil pela avenida Senador Lemos segue pela travessa Djalma Dutra em direção à sede da Fundação Curro Velho. Na chegada todas as crianças e adolescentes participam de um baile infantil animado pelo grupo Los Viegas na nave central da instituição.

Texto:
Andreza Gomes-FCV
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...