Total de visualizações de página

quinta-feira, janeiro 19, 2012

Torneios, brincadeiras e sorteios de brindes alegram crianças em colônia de férias




O último dia da colônia de férias do Pelc/Pronasci (programa federal  esportivo, de lazer e de combate a criminalidade) desenvolvido em Belém pela Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel) foi marcado por vários torneios esportivos, brincadeiras e sorteios.
Futsal, vôlei, brincadeiras populares como pula corda e queimada, além de atividades teatrais, foram algumas das práticas realizadas no Guamá e Terra Firme, bairros do município considerados alvos do programa. Cerca de mil crianças, aproveitaram aos dez dias da colônia de férias. “Nós recebemos uma média de 100 crianças por dia em cada núcleo do Pelc/Pronasci”, explica a coordenadora municipal do programa, Rosângela Viana.
A aluna do 5º ano do Colégio Mário Chermont, Hevely Anchieta, 11 anos, era uma das mais animadas. “Pular corda é uma maravilha. Essa brincadeira não existe mais hoje em dia”. Joana Guedes, de 10, também estava fascinada pela colônia de férias. “Nunca tinha passado o dia brincando, foi muito bom”, afirma a menina.
Neste último dia de colônia de férias, o núcleo do Ginásio Mestre 70, recebeu o apoio da empresa Urbanize Engenharia, que presta serviço social para o projeto da Prefeitura de Belém de Macrodrenagem da Estrada Nova.
“A PMB é responsável pela execução do projeto urbanístico da sub bacia III e IV da Estrada Nova e a empresa Urbanize cuida do lado social da população a ser atingida pelo projeto. Nós levamos as entidades e órgãos públicos ou privados, o nosso projeto social com arte educador, que desenvolve diversas atividades, oferecendo inclusive lanches e brindes para a criançada”, explica uma das técnicas social do projeto, Ellen Quaresma.
A colônia de férias do Pelc/Pronasci aconteceu de 10 a 19 deste mês, nos quatro núcleos do programa, além do Ginásio Mestre 70. Em Belém, o programa atende jovens entre 14 e 25 anos em situação de risco social com atividades esportivas, de lazer e culturais. “É uma forma de ocupar o tempo ocioso desse jovem com esporte, lazer ou cultura” informa o secretário municipal de Esporte, Francileno Mendes.

Texto: Ieda Ferreira / Fotos: Roberta Brandão
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...