Total de visualizações de página

quarta-feira, dezembro 28, 2011

@ CASO ADRIANO: Estudante muda versão e diz ter feito disparo

Adriene volta atrás e confessa ser autora do disparo
que acertou sua própria mão no carro de Adriano
Da Redação esportes@band.com.br
A estudante Adriene Cyrilo Pinto mudou sua versão sobre a confusão com Adriano no último sábado e afirmou, em acareação nesta quarta-feira, que foi ela a autora do disparo que atingiu sua própria mão. O delegado da 16ª DP, na Barra da Tijuca (zona oeste do Rio de Janeiro), Fernando Reis, responsável pela investigação, foi quem revelou o depoimento de Adriene.
A jovem, de 20 anos, estava no carro do atacante Adriano logo após deixar uma boate na Barra da Tijuca, no sábado. No mesmo veículo estavam o PM reformado Júlio César Barros, segurança do Imperador, e outras três amigas do jogador: Andrea Ximenes, Viviane Faria e Daniele Pena. Todos, com exceção de Adriene, mantiveram a versão de Adriano, de que foi a própria Adriene quem atirou.
Os envolvidos, menos Daniele, participaram de uma reconstituição do caso com o carro do joagdor nesta quarta, quando foi constatado que era impossível fechar a porta traseira com Adriano sentado no banco de trás - o que ajudou a desmontar a versão de Adriene.
Anteriormente, a estudante afirmou que havia sido Adriano o autor do disparo que acertou sua mão. Hoje, a estudante mudou a história e confessou ter pegado a arma – um revólver calibre 40 – e atirado, e que o jogador estava no banco dianteiro. Ela estava internada desde sábado no hospital Barra D’Or, onde passou por uma cirurgia.
Adriano participa de reconstituição ao lado
de Andrea Ximenes - Foto: Fabio Motta/Agência Estado/AE
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...