Total de visualizações de página

terça-feira, dezembro 27, 2011

Disque Denúncia 181 ajuda no combate à violência contra o idoso

.Da Redação
Agência Pará de Notícias
Com apoio do Disque Denúncia 181, a Delegacia Especializada em Atendimento ao Idoso (Deai), que foi inaugurada há uma semana, vem recebendo denúncias da população relacionadas a casos de maus tratos contra a pessoa idosa e vem trabalhando no sentido de combater esse tipo de crime, assim como fazer valer o Estatuto do Idoso.
Na delegacia, as questões familiares também representam as maiores ocorrências registradas, segundo constatação feita até agora pela equipe policial. Os idosos também procuram a delegacia para denunciar que foram ofendidos, discriminados, principalmente nos meios de transportes públicos. Outra demanda bastante procurada é a questão de orientação social, já que muitos idosos também querem saber sobre seus direitos e por isso procuram a unidade policial.
A titular da Deai, delegada Soranda Nascimento, disse que as denúncias que chegam pelo 181 são averiguadas para constatação do fato e que a maioria dos casos envolvem parentes. Soranda disse também já foram registrados casos de vias de fato e um caso de apropriação de bens, proventos ou pensões de um idoso por parte de um ente da família, que estava disvirtuando os proventos. “Todos os casos são registrados, geram um procedimento que pode ser um Termo Circunstaciado de Ocorrência (TCO) ou Inquérito Policial, dependendo da natureza do crime".
Já na Delegacia de Combate a Crimes Discriminatórios e Homofóbicos, apenas uma ocorrencia policial foi registrada. O crime foi de discriminação e o fato aconteceu em uma empresa onde um colega de trabalho descobriu que um outro funcionário estava vivendo afetivamente com outro colega. A delegada Lucinda Antunes espera que os registros aumentem, já que a delegacia também atende outros tipos de delitos contra homosexuais como ameaça e lesões. “Nós só pedimos que a pessoa apresente uma prova de que está sofrendo a discriminação, constragimento ou ameaça” disse a delegada. De acordo com o relato será feito o procedimento que pode ser um  TCO ou inquérito policial, que posteriormente vai ser encaminhado a um juizado especial ou justiça comum.
Serviço
A Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso (Deai) e a Delegacia de Combate a Crimes Discriminatorios e Homofobicos funcionam de segunda a sexta-feira, em horário comercial, na rua Avertano Rocha, 417, entre as travessas São Pedro e Padre Eutíquio, no bairro da Cidade Velha.

Texto:
Antenor Filho – Secom
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...