Total de visualizações de página

quarta-feira, dezembro 28, 2011

Sesma leva saúde às escolas e região ribeirinha de Belém

Em 2011 mais de 48 mil jovens de Belém já foram atendidos  pelo Programa da Saúde nas Escolas da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma). Instituído pelo Ministério da Saúde no final do ano de 2007 e oficializado em Belém no inicio de 2008, o Programa Saúde nas Escolas tem por objetivo dar atenção direcionada à saúde de jovens entre 8 e 16 anos de idade, abordando sempre temas relevantes ao desenvolvimento dos jovens, tais como sexualidade, violências, prevenção contra drogas licitas e ilícitas, planejamento familiar, alimentação saudável e outros.
 Atualmente  o Programa Saúde nas Escolas trabalha com 54 equipes de profissionais, atendendo 50 escolas municipais e 18 estaduais, atingindo 48.973 estudantes de toda Belém e distritos. Debates e palestras sobre prevenção ao tabagismo, alcoolismo e drogas, promoção da Paz nas escolas e combate à violência, educação para a saúde sexual, prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis, além de orientações sobre segurança alimentar e alimentação saudável estão entre os principais pontos abordados no trabalho educacional desenvolvido pelas equipes do Programa.
 Segundo Marcio Nascimento, coordenador do Programa Saúde nas Escolas, pela Sesma, o programa proporciona ao jovem os aparatos fundamentais para que ele possa se desenvolver de forma saudável e amparada pelos conhecimentos mais importantes para  sua qualidade de vida hoje e no futuro próximo. “Em nossas ações notamos que os jovens estão mais afoitos por conhecer os fatores que interferem mais intimamente em sua realidade e desenvolvimento, como a sexualidade, puberdade e DSTs. Já as escolas tendem a buscar mais esclarecimentos sobre e prevenção contra a violência",declarou Nascimento.
 Dentro das ações desenvolvidas pelas 54 equipes do Programa Saúde nas Escolas, também são realizadas avaliações nutricionais, de saúde bucal, psicossocial, atualização do calendário vacinal e triagem oftalmológica. E para o ano de 2012, será incluída no programa, a avaliação da qualidade auditiva em jovens.
 Escolas de três Unidades Pedagógicas na região ribeirinha da capital também recebem as ações do Programa. Nessas unidades, somente em 2011 mais 2100 pessoas já foram atendidas com  ações e serviços que incluem exames preventivos contra o câncer de colo do útero, consultas odontológicas, avaliação nutricional, vacinas, medicamentos, clinica médica, exames oftalmológicos, prevenção contra DSTs, distribuição de preservativos e palestras sobre planejamento familiar,entre outros.
 
Texto: Fernando Rodrigo Diniz / Ascom Sesma
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...