Total de visualizações de página

sábado, dezembro 24, 2011

@ POLÍCIAS DO PARÁ COMEÇAM MUDAR DE CARA

Policias de Belém e
do Estado começam
a ampliar quadro
de policiais
comunitários

O delegado do Jurunas, Newton Nogueira recebendo o seu certificado
A terceira turma do Curso Nacional de Multiplicadores de Polícia Comunitária certificou na última quinta-feira, mais 28 novos profissionais da área, totalizando mais de 600 ao todo já formado pelo IESP e parceria do Idesp e Academia de Polícia Civil. A cerimônia aconteceu no auditório do Comando Geral da Polícia Militar.
Quatorze policiais militares, seis bombeiros militares, três policiais civis e cinco guardas municipais de Belém e de Ananindeua foram aprovados em meio a cincoenta alunos que participaram desde o último dia 5 de dezembro, com uma carga horária de 80 horas.
O curso tem por objetivo formar militares para poder atender com mais consciência as necessidades das comunidades em gerais, principalmente as mais necessitadas de mais amparo legal, ao invés de violência para coibir a marginalidade.
Cada um dos militares são agentes multiplicadores que passam por bateria de exames com 8 horas/dia de aulas que para cada um dos formados, a quando do recebimento do certificado, é uma vitória alcançada. No curso eles aprendem a lidar com a comunidade, orientando inclusive famílias em escala de risco a como se desvencilhar das ações de riscos que possam comprometê-la com ações ilícitas. E quando há necessidade de abordagens, os militares saibam cumprir seu papel, de forma respeitosa ao mesmo tempo em que se faça respeitar.
Aquela velha história de que as polícias eram só para prender o infrator, já é coisa do passado. Os policiais multiplicadores comunitários estão hábitos para atuarem junto as Unidades Integradas Pro Paz que começarão a se expandir pelos vários recantos da Região Metropolitana de Belém, principalmente em suas áreas de riscos.
A Polícia Militar teve o maior contingente de policiais certificados, a Polícia Civil, destaques para o delegado Newton Nogueira, titular da Delegacia do Jurunas, e as demais delegadas Maria Emília e Márcia Cristina.
OS APROVADOS: 2º tenente PM Rusimuller Pereira da Silva; 2º tenente PM Gilberto Reinaldo de Oliveira; 2º tenente PM Jorge Luís Botelho Lobo; 2º tenente PM Cinthya Thereza da Costa Milhomem Brito; 2º tenente PM Fernando Alberto Souza Lima; 1º tenente PM Márcio Valério de Souza; capitão OM Jorge Fabrício dos Santos; 1º tenente PM Juniel Costa Maciel; 2º tenente PM Romulo dos Santos da Silva; SD PM Adriano Jefferson Soares Modesto; 1º tenente PM Cleiderson Torres da Costa; Major PM Marcelo Chuva Simonetti; 2º tenente PM Eder Santos Araújo; 2º tenente PM Heider da Silva Martins; ASP BM Rduardo Oliveira Rio Branco; ASP BM Renata de Aviz Batista; ASP BM Sandro da Costa Tavares; ASP BM Usis Kelma Figueiredo de Araújo; ASP BM Carlos Rangel Valois da Silva; Major BM Jorge Edisio de Castro Teixeira; delegados da Polícia Civil, Newton Nogueira; Maria Emília e Márcia Cristina; GMA Ademar Barros Borges Júnior; GMB Vitor Hugo Martins Alves, GMB Edivaldo Januário Santos; GMB Rimundo Carlos Castro da Silva e GNB José Maria Silva de Freitas.


























Os delegados Romão, coordenador do curso, Ione Coelho e o IPC Rafa














Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...