Total de visualizações de página

segunda-feira, janeiro 09, 2012

@ CORREIO JURUNENSE: Resumo de notícias desta segunda-feira, dia 09 de janeiro

Sefin amplia prazo para

pagamento de

tributos municipais

Em virtude da grande demanda de contribuintes interessados em regularizar débitos tributários de IPTU, ISS e TLPL, a Secretaria Municipal de Finanças resolveu estender até 31 de janeiro de 2012, o prazo de negociação para pagamentos de débitos. O benefício contempla débitos vencidos até o exercício de 2011.

Além da ampliação do prazo, a Sefin oferece descontos de 90% nas multas e juros (à vista ou em três vezes). Para o pagamento parcelado em até 60 meses, os descontos serão escalonados, de acordo com a tabela abaixo:

- em até 12 (doze) parcelas – 70% (setenta por cento);

- em até 24 (vinte e quatro) parcelas – 60% (sessenta por cento);

- em até 48 (quarenta e oito) parcelas 50% (cinqüenta por cento);

- em até 60 (sessenta) parcelas - 40% (quarenta por cento).

Para pessoas jurídicas, exceto as optantes pelo Simples Nacional,o  parcelamento será concedido, no máximo, em até 24 (vinte e quatro) parcelas.

Para pessoas físicas o limite máximo de parcelas é de 60 (sessenta) vezes.

Programa Asfalto na

cidade investe R$ 1,5

milhão em Mãe do Rio

                O secretário de Estado de Obras Públicas, Joaquim Passarinho, esteve em Mãe do Rio, no nordeste do Pará, para verificar as necessidades de asfaltamento do município, que será beneficiado pelo programa Asfalto na Cidade, do governo do Estado. Nesta primeira etapa, será investido cerca de R$ 1,5 milhão, em asfalto e meio fio.

“Serão seis quilômetros de asfalto, mas há grande possibilidade de levarmos, em outro momento, mais asfalto para Mãe do Rio”, disse Joaquim Passarinho. Segundo ele, diagnosticadas as necessidades, a Seop vai preparar a licitação para dar início aos serviços. O titular da Seop ressaltou a parceira da Prefeitura de Mãe do Rio, que se empenhou bastante em garantir que o programa Asfalto na Cidade chegasse ao município.



Texto:

Clara Costa-Seop

Curso de geoprocessamento

em saúde inscreve até o dia 31

                Estão abertas até 31 deste mês as inscrições para o curso de extensão em geoprocessamento em saúde, oferecido pela Universidade Federal de Goiás e pelo Ministério da Saúde a todos os profissionais com nível superior que atuam no Sistema Único de Saúde (SUS). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site http://www.iptsp.ufg.br/geoprocessamento/. No mesmo endereço, também está disponível o edital do certame, entre outras informações de interesse dos candidatos.

                São ofertadas 400 vagas, distribuídas entre as cidades de Belém e Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Natal (RN), São Paulo (SP) e Vitória (ES). No Pará, a Universidade do Estado (Uepa) participa da seleção como parceira institucional e como polo de disseminação do curso.

                O curso será desenvolvido no formato a distância, no ambiente virtual de aprendizagem Moodle e com um encontro presencial obrigatório na cidade polo onde o aluno se inscreveu. As aulas acontecem ao longo deste ano, com turmas no primeiro e segundo semestre. A duração é de 14 semanas e 120 horas de aulas.

                Após a abordagem do assunto com módulos temáticos, a avaliação será por meio da participação no encontro presencial, interação entre os participantes e desenvolvimento de atividades propostas no ambiente virtual. Além de garantir a formação continuada de profissionais com nível superior que atuam no SUS, a proposta é capacitar os envolvidos com análise e planejamento de ações em saúde, em especial no controle de doenças, na epidemiologia e na vigilância em saúde.

                Serviço:

                Curso de extensão em geoprocessamento em saúde. Inscrições até 31/1, apenas pelo site http://www.iptsp.ufg.br/geoprocessamento/. Informações: (62) 3209-6115, geosaudeead@gmail.com, IPTSP – UFG (rua 235/ SN SL. 412 - Setor: Universitário - CEP: 74605-050 - Goiânia–GO).



Texto:

Ize Sena-Uepa

Preso em Teresina

médico condenado

pela morte de Hélio Norman

                Está preso em Teresina, capital do Piauí, o médico Arnaldo Félix da Silva Neto, condenado por homicídio qualificado a 19 anos de reclusão pela morte do professor Hélio Norman de Azevedo da Silva, ocorrida em 28 de janeiro de 1997, em regime inicialmente fechado. Arnaldo foi preso no último sábado (7), em uma ação conjunta de policiais civis do Pará e do Piauí, no colégio de sua propriedade, na Rua Eliseu Martins, bairro Centro, em Teresina.

                Arnaldo Félix teve o mandado de prisão decretado pelo juiz Edmar Silva Pereira, titular da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Belém, em decorrência da sentença condenatória transitada em julgado. A ordem de prisão foi expedida em 7 de novembro do ano passado. Arnaldo Félix será transferido para Belém, em data ainda não confirmada, para cumprir a pena.

                O condenado foi localizado a partir de investigações realizadas pela equipe da Divisão de Homicídios, da Polícia Civil do Pará. De acordo com o diretor da DH, delegado Gilvandro Furtado, após receber a ordem judicial, a equipe iniciou as investigações para localizar o paradeiro de Arnaldo Félix. Durante os levantamentos, os policiais apuraram que o médico era dono de um colégio no centro da capital piauiense. A polícia paraense repassou informações à Polícia Civil em Teresina, com o objetivo de cumprir o mandado de prisão.

                Uma equipe de policiais do Piauí localizou e prendeu Arnaldo Félix, que foi levado para o 3º Distrito Policial na capital piauiense, onde permanece recolhido à disposição da Justiça do Pará.

Apelação - Arnaldo Félix aguardava em liberdade o resultado da tramitação da apelação da sentença condenatória. Além dele, foram condenados pela morte do professor Hélio Norman o médico Adalberto Batista Rocha, julgado em 16 de abril de 2004 e condenado a 15 anos e dois meses de reclusão em regime inicialmente fechado, mas que ganhou o direito de recorrer em liberdade da condenação, e Joseli Menezes de Lima, que em 12 de agosto de 2008 recebeu a pena de 18 anos de reclusão em julgamento no Tribunal do Júri em Belém, e teve concedido direito de apelar em liberdade pelo juiz Edmar Pereira.

                Joseli também está com mandado de prisão decretado pela Justiça e permanece foragido. Outros dois indiciados por participação no homicídio - Joelson Alves de Mesquita e Waldeci de Araújo - estão foragidos. Mais duas pessoas foram citadas no processo - Robson de Oliveira Benito, que foi impronunciado (retirado do processo por falta de provas) e Carlos Milhomem de Lima, assassinado no Maranhão.

                O professor de Física e proprietário de um curso pré-vestibular, Hélio Norman de Azevedo da Silva, foi morto a tiros em frente à instituição de ensino, no bairro de Batista Campos, centro de Belém. Arnaldo Félix e Adalberto Rocha foram condenados como mandantes do crime, motivado por vingança.

                Conforme o processo, Hélio Norman era sócio de Adalberto Rocha, porém resolveu romper a sociedade após seu irmão ter sido acusado por Adalberto de ter desviado dinheiro do curso pré-vestibular. Ainda conforme as investigações, Arnaldo Félix e Adalberto Rocha planejaram a morte. Apontado como intermediário na contratação dos pistoleiros, Joseli Menezes de Lima era cunhado de Arnaldo Félix e teria sido responsável também pelo aluguel de uma casa para alojar os pistoleiros. Arnaldo Félix foi apontado como o avalista do aluguel do imóvel. Joseli ainda alugou o veículo usado para transportar os pistoleiros até o local do crime e depois na fuga.



Texto:

Walrimar Santos-Polícia Civil

Está preso o acusado da

morte de adolescente

em Marituba

                Uma equipe da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Pará prendeu em flagrante, na manhã desta segunda-feira (09), Alessandro Magno Dias, 19 anos, acusado de ser o autor do assassinato da adolescente Cristielle Souza da Silva, 15 anos. A prisão aconteceu em menos de 24 horas após o crime, ocorrido no domingo (8), por volta de 14h, na rua principal do bairro da Usina, área também conhecida como Piçarreira, em Marituba, município da Região Metropolitana de Belém.

                O acusado confessou a autoria do crime. Alessandro, que é conhecido por "Sandrinho" ou "Demenor", foi localizado por volta de 8h em um apartamento na rua principal do bairro Beija-Flor, em Marituba, pela equipe coordenada pela delegada Vera Batista.

                As investigações começaram logo após a comunicação da ocorrência do crime. Conforme as informações obtidas no local, a vítima foi atingida por dois tiros, no ombro e na cabeça. Outro homem estaria envolvido no crime. Em depoimento, o acusado confessou ter cometido o crime, alegando vingança em decorrência do tráfico de drogas. O acusado foi encaminhado para exame de corpo de delito no Centro de Perícias Científicas "Renato Chaves", e já foi autuado em flagrante por homicídio.



Texto:

Walrimar Santos-Polícia Civil

Comandante geral da

PM empossa novo

dirigente do I Batalhão

                O comandante geral da Polícia Militar, coronel Daniel Borges Mendes, empossa nesta terça-feira (10), às 8 horas, no auditório do campus BR da Universidade da Amazônia (Unama), em Ananinduea, região metropolitana de Belém, o novo comandante do I Batalhão da PM, tenente coronel Thalles Costa Belo. Com sede no conjunto Paraíso dos Pássaros, no bairro de Val-de-Cans, o grupamento é o maior da PM no Estado.

                A unidade tem um efetivo de quase 900 policiais militares, distribuídos em quatro zonas de policiamento e responsáveis pelo patrulhamento ostensivo e preventivo em 17 bairros da região, entre eles Telégrafo, Barreiro, Sacramenta, Val-de-Cans, Maracangalha, Marambaia, Cabanagem, Atalaia, Jaderlândia, Una, Pedreira, Marco, Curió-Utinga, Souza, Bengui, São Clemente, Parque Verde e Mangueirão.

                Thalles Costa Belo, 41 anos, é bacharel em direito pela Unama. Faz atualmente pós-graduação no Curso Superior de Polícia (CSP), promovido pelo Instituto Superior de Segurança Pública (Iesp). É formado ainda no curso de operações e táticas especiais, do Batalhão de Operações Especiais (Bope) do Rio de Janeiro. Ele substitui o tenente coronel Pedro Paulo Amorim Barata, que assume o Comando de Policiamento Regional 9, com sede no município de Abaetetuba, nordeste do Pará.


Texto:

Lene Alves-SEGUP

Sejel promove Colônia de
Férias para crianças e
jovens do Guamá e Terra
Os jovens dos bairros do Guamá e Terra Firme poderão participar, de graça, da Colônia de Férias do programa nacional Pelc/Pronasci (de incentivo ao esporte e ao lazer e de combate à criminalidade) coordenado em Belém pela Secretaria Municipal de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel). As atividades acontecerão de 10 a 19 deste mês nos quatro núcleos onde funciona o programa no Município: Complexo da Terra Firme; Cras Terra Firme; 14 de Abril; no Ginásio Mestre 70 no Guamá e na sede da Associação Comunitária do Guamá do Caraparu.
Na Colônia de Férias haverá atividades esportivas e recreativas como torneio de futsal, futebol de salão e de campo, vôlei e roda de capoeira, além de incentivo a antigas brincadeiras populares como a corrida de saco, queimada, pula corda, cabo de guerra, entre outros. As atividades serão realizadas de 08h às 11h. Não haverá inscrição é só comparecer aos núcleos do programa.
Outras informações sobre a Colônia de Férias da Sejel pelo telefone: 3213-7027
 Assessoria de Imprensa SEJEL
Programação de
aniversário de
Belém terá regata
comemorativa
Como parte da comemoração do aniversário de Belém, acontece no dia 14 de janeiro, próximo sábado, no Portal da Amazônia, a  “Regata de Belém”. O evento esportivo  celebra os 396 anos da capital e fará parte de uma lista de atividades comemorativas pelo aniversário da cidade, incentivando o esporte e a cultura numa semana tão importante para Belém.
A competição terá um percurso de dois (2) km e consistirá em três voltas sinalizadas por bóias colocadas em frente ao Portal da Amazônia, na Bernardo Sayão, e no Mangal das Garças. Qualquer pessoa pode se inscrever para participar, basta ligar para os números da Associação Náutica Marina de Belém : 3222-5195 e 8741-5195.
A competição se dará nas categorias Hobie Cat e Bico de Proa, sendo quie ainda há a possibilidade de inclusão da categoria Laser. O Prefeito Duciomar Costa  entregará troféus aos três primeiros colocados de cada categoria.
Prefeitura Municipal de Belém
Coordenadoria de Comunicação Social
Confirmada Feira do
Peixe Popular em
Ananindeua
                Está confirmada a primeira edição da Feira Popular do Peixe, promovida pela Secretaria de Pesca e Aquicultura do Pará (Sepaq), para o dia 21, no município de Ananindeua. A realização da feira atende a pedidos de vários moradores daquele local que, até então, precisaram se deslocar para  Belém, para usufruir das edições promovidas na capital.
Foram mais de dez, organizadas não só em diferentes bairros de Belém, como também no interior do Estado, para atender a população mais carente, já que o pescado é comercializado a preços bem abaixo da tabela. Além do peixe, a Feira Popular oferecerá o camarão rosa, também a preços abaixo do custo.
Cine Estação vende
ingressos antecipados
para "A pele que habito"
                O filme “A pele que habito”, de Pedro Almodóvar, em cartaz no Cine Estação, da Estação das Docas, terá venda de ingressos antecipada para as próximas sessões, dos dias 11, 12 e 15. A bilheteria do cinema abre às 9 horas de cada dia, para todas as exibições. A medida é reflexo do sucesso de público. Na quarta e quinta-feira (11 e 12), são duas sessões, às 18 horas e 20h30, e no domingo (15), é exibida ainda uma matinal, às 10 horas.
                Antonio Banderas é o protagonista da nova produção assinada pelo renomado cineasta espanhol Pedro Almodóvar. Ele interpreta Robert, um obcecado cirurgião plástico que, após a morte de sua esposa num acidente, concentra todas as suas energias e conhecimento na criação de uma pele com a qual ela poderia ter sobrevivido.
                Após doze anos de estudos, ele consegue criar em seu laboratório um tecido sensível ao toque, mas resistente a qualquer tipo de agressão. Para chegar a um resultado perfeito, porém, seria necessária uma cobaia humana, além de um cúmplice e uma grande dose da falta de escrúpulos por parte de Robert. A cúmplice é Marília, a mulher que o criou desde o dia em que nasceu. A cobaia é uma jovem desaparecida para sua família, não o fará de forma voluntária.
                Serviço:
                Venda antecipada de ingressos para “A pele que habito” nos dias de exibição do filme, a partir das 9 horas, na bilheteria do teatro Maria Sylvia Nunes, da Estação das Docas. Sessões dias 11 e 12, às 18 horas e 20h30, e dia 15, às 10, 18 horas e 20h30. Valor: R$ 7, com meia-entrada para estudantes.

Texto:
Isa Arnour -Pará 2000
Estudantes de Limoeiro
do Ajuru comemoram
aprovação no vestibular
                Acordar cedo e driblar obstáculos como pontes e igarapés para pegar o barco todos os dias e se deslocar até a escola não é problema para os estudantes Ednilson Santana, 18 anos, e Luana Pinheiro, 16. O casal de primos estuda desde o ensino fundamental na escola estadual Jerônimo Milhomem, no município de Limoeiro do Ajuru, nordeste do Pará. Apesar das dificuldades, foram aprovados no vestibular de duas faculdades particulares de Belém.
                Ednilson cursará ciências contábeis, enquanto Luana está dividida entre os cursos de direito e psicologia. “Gosto dos dois cursos, mas acho que vou acabar optando por direito”, diz ela, que desde pequena traçou o ensino superior como meta e, por isso, sempre levou os estudos a sério. “Sempre gostei de estudar, ler e me informar. Nunca repeti de ano e me dediquei para alcançar meu objetivo”, continua.
                Ednilson conta que também foi um aluno dedicado. “Íamos para a escola pela manhã e, no período da tarde e noite, estudávamos em casa diariamente. Estes tempos de escola não foram fáceis. Todos os dias tínhamos de andar e pegar barco, mas o esforço valeu a pena e fomos recompensados. Agora, vamos morar em Belém para cursarmos a faculdade”, conta.
                Os alunos, orgulho da escola e da diretora Enedina Barra, cursam o ensino médio pelo Sistema Modular de Ensino (Some), presente em 441 localidades de 98 municípios paraenses e que garante a continuidade dos estudos a 31 mil alunos da zona rural ou àqueles cujo acesso é a maior dificuldade para a frequência regular nas escolas.
                Para a coordenadora do Some, Maria Anunciação Costa, a aprovação de alunos no interior do Estado, principalmente os do sistema, é motivo para comemoração e orgulho. “Estamos muito felizes, pois apesar das dificuldades, as aprovações já são os frutos colhidos de um trabalho de seriedade e comprometimento”, conclui.

Texto:
Fabiana Batista-Seduc
Comandante geral anuncia
novos gestores da
Polícia Militar do Pará

                O comandante geral da Polícia Militar do Pará, coronel Daniel Mendes, anunciou na manhã desta segunda-feira (09) os nomes dos novos gestores das unidades da PM em todas as regiões do Estado. Ele também apresentou as próximas ações da PM e reafirmou que dará continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo do ano passado.
                As ações com base na inteligência, operação e integração serão realizadas em todo o território paraense, respeitando as peculiaridades de cada região. “O Estado é grande e com realidades diferenciadas, mas a base da operação será a mesma e funcionará em qualquer tipo de ação desenvolvida, tanto na capital quanto no interior. Além disso, os oficiais que assumiram os comandos de policiamento regional participaram diretamente da criação e das ações operacionais em 2011, o que deve facilitar a implantação do modelo dessas ações no interior”, frisou Daniel Mendes.
                Cada comando montará sua própria equipe e terá planejamento direcionado, de acordo com a demanda local. Sobre o atual número de policiais, o comandante geral ressaltou que o governor realizará concurso público neste ano, para ampliar o quadro com mais de 2 mil militares. Segundo ele, hoje os recursos são aplicados de forma racional, alocando pessoal e estrutura de acordo com a demanda. “O que nós queremos é produzir o máximo com o que temos”, reiterou.
Qualidade - O instrumento para chegar ao atual modelo de operação, que prioriza a integração de todos os órgãos do sistema de segurança pública, foi a informação qualificada. Além dos serviços de inteligência e dos dados gerados pelo Centro Estratégico Integrado, a comunidade é uma importante parceira, ao participar das reuniões com as lideranças dos bairros e utilizar o Disque Denúncia, que também foi incluído diretamente nas operações preventivas e repressivas realizadas em 2010, como a “Eirene”.
Além de manter e fortalecer as ações para diminuir os números da violência no Estado, o novo comandante geral terá uma grande responsabilidade em reformular a legislação da PM, que inclui uma nova Lei de Organização Básica, a qual estabelece e direciona a organização interna; reforma da Lei de Instrução Normativa, pois a atual ainda tem determinações que datam de 1973, e o Plano "PM 200 anos", que trabalhará na gestão de pessoas, estratégia e qualidade de resultados, informou o coronel Costa Júnior, diretor do Estado Maior Estratégico.
“Começamos um estudo em agosto do ano passado. Amanhã iremos nos reunir com o comandante para apresentar os resultados obtidos. A partir daí teremos um norte para a apresentação das leis ao governador e depois à Assembleia Legislativa”, concluiu.
Relação dos novos gestores da Polícia Militar do Pará:
Corregedor geral - coronel Rolian dos Santos Silva
Diretor de Pessoal - coronel Américo Valeriano de Sena Fonseca
Diretora de Apoio Logístico - coronel Ruth Léa Costa Guimarães
Diretor de Ensino e Instrução - coronel Marco Antônio Souza Machado
Corpo Militar de Saúde - coronel Andrea Nilza Melo Diogo
Chefe de Estado Maior Estratégico - coronel Osmar Vieira da Costa Júnior
Ajudante Geral - coronel Telma Susi da Costa Dias
Diretor do Funsau (Fundo de Saúde) - coronel Carlos Eduardo Barbosa da Silva
Diretor do Cesu (Centro Social da PM) - tenente coronel Hélio Lisboa da Silva
Diretor de Finanças - tenente coronel Roberto Silva da Silveira Júnior
Chefe de Gabinete - tenente coronel Artur José de Figueiredo Piedade
Assistente - tenente coronel Jairo Mafra Mascarenhas
Comandante do Policiamento da Capital (CPC) - tenente coronel Hilton Celso Benigno de Souza
Comandante do Comando de Policiamento da Região Metropolitana (CPRM)- tenente coronel Roberto Luiz de Freitas Campos
Comandante do Comando de Policiamento Especializado (CPE) - coronel Eder Ribeiro da Silva
Comandante do Comando de Policiamento Regional (CPRM) – Abaetetuba - tenente coronel Pedro Paulo Amorim Barata
Comandante do CPRM - Castanhal - tenente coronel Sandoval Bittencourt de Oliveira Neto
Comandante do CPRM – Capanema - tenente coronel Paulo Sérgio Santana Garcia
Comandante do CPRM – Redenção - coronel Emanuel Gonçalves de Lima
Comandante do CPRM – Santarém - coronel Eraldo Sarmanho da Costa Paulino
Comandante do CPRM - Marabá - tenente coronel Edson José da Costa Bentes
Comandante do CPRM – Tucuruí - coronel Marcos Machado Eismann
Comandante do CPRM – Altamira - tenente coronel José Antônio Nery Porto de Oliveira
Comandante do CPRM – Marajó - coronel José Osmar de Albuquerque Rocha Neto
Comandante do CPRM – Paragominas - tenente coronel Raimundo José Almendra Lameira
Comandante do Comando de Missões Especiais (CME) - coronel Lázaro Saraiva de Brito Júnior

Texto:
Dani Filgueiras-Secom
Empresário expõe
oportunidades de
negócios entre o
Pará e a China
                Várias oportunidades de negócios entre o Estado do Pará e a República Popular da China foram expostas por Charles Tang, presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China (CCIBC), com base em informações atualizadas da realidade dos mercados internacionais, na última sexta-feira (06), no Centro Integrado de Governo (CIG). A Câmara mantém convênio com o governo do Pará na representação institucional na China. Durante a exposição, Charles Tang estimulou secretários estaduais e dirigentes empresariais a estreitarem os vínculos com o país asiático.
                Charles Tang fez uma retrospectiva das economias do Brasil e da China no cenário mundial, e ressaltou o papel preponderante que a Câmara de Comércio e Indústria tem exercido nos últimos 30 anos, na tarefa de aproximar empresários, reduzir diferenças culturais e impulsionar a balança comercial, com exportações e implantação de projetos que geram empregos para brasileiros e chineses.
                Ao falar sobre a identificação de possibilidades de negócios no Estado, o presidente da Câmara sugeriu que o Pará seja um “Estado-irmão” de uma província chinesa, como a Província de Shandong, a mais próspera da China, a fim de receber um tratamento diferenciado.
                Ele frisou ainda que o norte do Brasil tem muito para crescer às exportações, especialmente a partir de 2014, quando será inaugurada a obra de alargamento do Canal do Panamá, o que reduzirá a distância da costa norte brasileira para os mercados asiáticos. "Esse 'soft power' (poder de influência) não deve ser desperdiçado no caso do Pará", acrescentou.
                A exposição foi assistida pelo secretário Especial de Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção, Sidney Rosa, que já esteve na China com uma comitiva de deputados estaduais paraenses; os secretários de Estado de Indústria, Comércio e Mineração, David Leal, e de Pesca e Aquicultura, Henrique Sawaki, além de dirigentes da Federação das Indústrias do Pará (Fiepa), Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA), e do deputado estadual Martinho Carmona, que há 12 anos desenvolve um trabalho visando atrair investidores chineses para o Estado.
Oportunidades - Entre os futuros negócios identificados por Tang, há possibilidade de a China implantar no Pará projetos de mineração e de plantas industriais, nos segmentos de siderurgia e metalurgia, além de uma moderna siderúrgica e de fábricas de ônibus, motocicletas ou celulose. "Tudo isto com a velocidade chinesa de domínio de iniciativas dessa natureza e qualidade e design de produtos”, enfatizou.
                N entanto, segundo Charles Tang, as oportunidades de negócios são mais amplas. O alargamento do Canal do Panamá também poderá impulsionar projetos voltados à modernização e construção de portos. O setor de pesca e aquicultura pode ser beneficiado com investimentos e tecnologia chinesa, inclusive para pesca em águas profundas.
                Charles Tang encerrou a exposição convidando o governo do Estado a firmar um intercâmbio científico e cultural entre a Universidade do Estado do Pará (Uepa) e universidades estatais da China, iniciativa já viabilizada com o Estado do Mato Grosso. Segundo ele, para que essas oportunidades se concretizem é importante dar segmento aos negócios, evitando interrupções no processo de consolidação desses projetos.
                O presidente da Faepa, Carlos Xavier, expôs as ações e preocupações ambientais da entidade para tornar o Pará um exportador mundial de alimentos. Já a secretária adjunta da Seicom, Maria Amélia Enriquez, aproveitou para expor o potencial do Estado no campo da biodiversidade da floresta. Segundo ela, a secretaria incentivará a cadeia e verticalização da bioindústria, por meio de polos específicos.
                O titular da Seicom, David Leal, ressaltou que a secretaria é uma das principais interlocutoras do Estado com a China, e acrescentou que devem ser estabelecidas prioridades visando a verticalização da produção e o aumento da geração de emprego e renda.
                O secretário Sidney Rosa agradeceu o apoio de Charles Tang no fortalecimento da relação entre o Pará e a China, e destacou que as oportunidades enumeradas serão priorizadas pelo governo do Estado perante o empresariado.
Serviço: A Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China mantém no endereço www.camarabrasilchina.com.br o calendário de eventos e feiras. Também é possível encontrar um show room virtual de produtos e empresas da China, em português, e do Brasil, em chinês. Em Belém, o escritório da CCIBC-PA funciona na Rua Almirante Wandenlkolk, nº. 811, sala 904. Contatos em Belém: (91) 3224-6917, (91) 8814-0090 e pa@ccibc.com.

Texto:
Andréa Amazonas-SEDIP
Sejudh e Seter discutem
sobre reinserção no
mercado de trabalho
                Em reunião com a representante da Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), Mônica Coutinho, o titular da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), José Acreano Júnior, articulou a inserção de pessoas assistidas pelos serviços da secretaria em programas sociais administrados pela Seter. Dentre as pautas abordadas, o encontro discutiu a inclusão de mulheres vítimas de violência, de jovens e de antigos trabalhadores escravos em projetos sociais.
                Participaram da reunião representantes de quatro coordenadorias da Sejudh: de Proteção aos Direitos dos Trabalhadores Rurais e de Combate ao Trabalho escravo e ao Tráfico de Pessoas; de Defesa dos Direitos da Juventude; de Promoção dos Direitos da Mulher; e de Prevenção e Redução de Danos do Uso de Drogas. Durante a reunião, os gestores idealizaram, por exemplo, a instalação de dois postos da Seter nos centros de referência “Maria do Pará” dos municípios de Belém e Ananindeua, na região metropolitana.
As ações conjuntas dos órgãos podem beneficiar também outras pessoas cujos direitos foram violados, como os filhos de mulheres vítimas de violência. Programas como o Bolsa Trabalho ajudam os jovens a conseguir o primeiro emprego, e consequentemente, a independência financeira. “Não podemos trabalhar somente a mulher vítima de violência, temos que acompanhar o núcleo familiar como um todo”, disse a coordenadora de Prevenção e Redução de Danos do Uso de Drogas, Liliana Caldas.

Texto:
Ellyson Ramos-Sejudh
Uepa abre seleção para
Dedicação Exclusiva
                A Universidade do Estado do Pará (Uepa), por meio de sua Comissão Permanente de Concessão e Avaliação do Regime de Dedicação Exclusiva, inscreve entre os dias 9 de janeiro e 3 de fevereiro ao processo de Seleção para o Regime de Dedicação Exclusiva. No total, serão disponibilizadas 40 vagas ao Regime de Tempo Integral com Dedicação Exclusiva (Tide). Estão aptos ao certame todos os servidores efetivos que integram a carreira do Magistério Público Superior da Universidade em regime de trabalho de 40 horas e que tenham titulação de Mestre ou Doutor, dentre outras exigências listadas no edital abaixo:
Confira o edital de seleção para o regime de dedicação exclusiva:
                As solicitações de adesão ao Regime de Tide somente serão admitidas se encaminhadas ao departamento acadêmico de origem do docente, que devem ser formalizadas junto ao Protocolo Central da Reitoria, situado à Rua do Una, 156, no bairro do Telégrafo, no período já especificado acima. O resultado final da seleção será divulgado no dia 6 de março.
Confira o calendário do certame:
                a) Publicação do Edital no Diário Oficial do Estado e no site da Uepa - 09/01/2012
                b) Período das solicitações aos Departamentos Acadêmicos via Protocolo Central da Uepa - 09/01/2012 até 03/02/2012
                c) Encaminhamento das solicitações via Sedex pelos docentes dos Campi do interior aos Departamentos Acadêmicos, via protocolo Central da Uepa - até 03/02/2012
                d) Análise dos documentos e parecer pelos Departamentos Acadêmicos acerca das solicitações - até 29/02/2012
                e) Envio dos processos devidamente analisados pelos Departamentos Acadêmicos à Comissão Permanente de TIDE - até 29/02/2012
                f) Divulgação das solicitações homologadas pela Comissão de TIDE - 02/03/2012
                g) Divulgação do resultado final - 06/03/2012

Texto:
Carolina Menezes-Uepa
Sejudh discute desafios
no enfrentamento
ao trabalho escravo
                Na manhã desta segunda-feira (9), o titular da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Brasil Júnior, reuniu com a representante da Seção de Inspeção do Trabalho (Seint), da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, auditora Fabíola Oliveira. O encontro, que discutiu os desafios no enfrentamento ao trabalho escravo no estado, também contou com a presença de membros da Coordenadoria Estadual de Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas (CTEPT).
                Durante o encontro, os representantes discutiram os desafios existentes na fiscalização e nas relações institucionais, a fim de desenvolver novos meios para vincular os trabalhos já existentes. “É importante ressaltar nosso compromisso para com o enfrentamento do problema”, destacou Brasil Júnior. “E iniciamos o debate exatamente na tentativa de viabilizar uma parceria eficaz para isso”, complementou Fabíola.
                A capacitação dos servidores dos órgãos que atuam no combate ao tráfico de pessoas e ao trabalho escravo também foi acentuada como uma meta importante a ser cumprida, assim como ações de governo voltadas para a capacitação e reinserção social das vítimas desses crimes. O assunto deverá ser retomado em novas reuniões que estão sendo agendadas. Ao fim do encontro, o secretário de Estado de Justiça ressaltou a importância de um trabalho mais integrado. “Precisamos fazer um levantamento de todas as políticas existentes para que possamos colocar em prática um trabalho preventivo eficiente”, defende.

Texto:
Ellyson Ramos-Sejudh
Começa o período de
defeso para caranguejos
e pescados no Pará


                Caranguejos-uçá, camarão rosa e pescados de várias espécies, entre os quais mapará, tambaqui, pirapitinga e pirarucu entram no período de Defeso a partir desta terça-feira, 10. Equipes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), da Secretaria de Pesca e Aqüicultura (Sepaq) e do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) percorrerão pontos comerciais para verificar o cumprimento da lei ambiental, que proíbe o transporte, comércio e consumo de 10 a 15 de janeiro e de 24 a 29 do mesmo mês.
                A Sema informa que é importante ter a parceria dos catadores e comerciantes na preservação e perpetuação das espécies, ao não capturá-los durante o Suatá - época da desova e reprodução da espécie.
                Os responsáveis pelas feiras devem informar aos feirantes sobre a proibição da pesca e venda dos animais nesse período. O artigo 34, da Lei 9.605, de 1998, estabelece que a penalidade para a pessoa encontrada com espécies que devam ser preservadas ou com tamanhos inferiores aos permitidos é a detenção de um a três anos e  multa.
Períodos
Caranguejo-Uçá
Janeiro: 10 a 15 e de 24 a 29
Fevereiro: 08 a 13 e de 22 a 27
Março: 09 a 14 e de 23 a 28

Texto:
Káthia Oliveira-Sema
Listão dos aprovados nos
Processos Seletivos
2012 da Uepa
sai nesta quarta
                Os aprovados nos Processos Seletivos 2012 da Universidade do Estado do Pará (Uepa) serão conhecidos nesta quarta-feira, 11. Às 8h, a reitora da instituição, Marília Brasil Xavier, convida a imprensa para o tradicional café da manhã servido antes da liberação do listão, no segundo andar do prédio da Reitoria, no bairro do Telégrafo. Às 9h, ela e outros membros da Gestão Superior concedem entrevista na sala do Conselho Universitário (Consun), no térreo do complexo, momento em que serão anunciados, dentre outros detalhes relacionados à realização dos exames, os nomes dos três primeiros colocados no Programa de Ingresso Seriado (Prise – Subprograma XIII) e no Processo Seletivo (Prosel).
                Os radialistas receberão a listagem para divulgação, ao vivo, ao mesmo tempo em que a relação contendo o nome dos calouros será divulgada no site da Uepa (www.uepa.br) e nos quadros de aviso da Reitoria. Os novos universitários serão saudados com o tradicional banho de cheiro, oferecidos pelos servidores da Uepa em frente ao prédio.
                Os diretores de escolas e cursinhos interessados em obter o listão em mídia, deverão proceder à troca de um CD virgem por um gravado na secretaria da Diretoria de Acesso e Avaliação (DAA) da Uepa.
Matrícula - A partir da divulgação do listão, os novos alunos devem acessar o site da Uepa e preencher o cadastro online com seus dados pessoais. O comprovante de cadastro, impresso e assinado, deve ser entregue no período de 18 a 20 de janeiro, na Coordenação de Registro e Controle Acadêmico (CRCA) dos campi em que será realizado o curso para o qual foram selecionados, junto com os seguintes documentos: original e cópia do Certificado e Histórico do Ensino Médio; original e cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento; original e cópia do RG, CPF, Título Eleitoral e comprovante de votação (a partir dos 16 anos); original e cópia do Certificado de Reservista ou Alistamento Militar; duas fotos 3x4 e comprovante de residência.
                O candidato aprovado que não comparecer para efetivar a matrícula no prazo estabelecido ou não apresentar a documentação perderá o direito ao ingresso na Uepa. No próximo dia 6 de fevereiro, às 9h, no Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS), o campus II da Uepa, a Aula Magna dará início ao período letivo. Na ocasião, a reitora Marília Brasil Xavier, entregará a Medalha Fernando Guilhon, comenda que premia os destaques da seleção a cada ano, aos primeiros lugares do Prise e do Prosel.
                Processos Seletivos - Os Processos Seletivos 2012 da Uepa receberam um número recorde de inscritos: 98.639 candidatos. O número representa um aumento de 23% em relação ao ultimo Processo Seletivo, quando foram inscritos 79.674 candidatos. Ao todo, 8.500 mil pessoas entre servidores, professores, serviços prestados e alunos atuaram em todos os processos da seleção.
                Provas - Divididas em três etapas, as provas foram realizadas nos dias 27 e 28 de novembro e 18 de dezembro. Na primeira etapa, os candidatos tiveram que responder a 56 questões objetivas de múltipla escolha, voltadas para o conteúdo do primeiro ano do Ensino Médio. Na segunda, foram 60 questões, incluindo Língua Estrangeira (Inglês, Espanhol ou Francês). Na última etapa, os candidatos tiveram que escrever uma redação, de caráter eliminatório e valendo 30 pontos, e responder a 54 questões referentes ao terceiro ano do Ensino Médio.
                Nas três etapas a pontuação máxima é de 200 pontos. Em caso de empate, a Uepa adota os seguintes critérios: 1º) maior número de pontos na redação; 2º) maior número de pontos na prova da terceira etapa; 3º) maior número de pontos na prova da segunda etapa; 4º) maior número de pontos na prova da primeira etapa. Se ainda assim persistir o empate, o critério será a maior idade do candidato.
                Em outubro de 2011, os candidatos a uma vaga nos cursos de Licenciatura Plena ou Bacharelado em Música submeteram-se obrigatoriamente ao Exame Habilitatório, que aconteceu no Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE) da Uepa e no Conservatório Carlos Gomes, em Belém, e no campus da Universidade em Santarém. O candidato considerado habilitado continuou concorrendo ao respectivo curso. O inabilitado concorreu a outra opção, escolhida no ato da inscrição. Já o considerado parcialmente habilitado e que preferiu optar pelo curso de Licenciatura, teve que formalizar sua opção. Os candidatos que realizaram a primeira e a segunda etapa do Prise terão acesso às notas entre os meses de março a abril, após a reunião técnica com as instituições envolvidas, entre elas, escolas públicas e privadas.
                Vagas e novos cursos - Neste ano, a Uepa ofertou 3.232 vagas, distribuídas em 21 cursos de graduação, nos cinco campi da Uepa na capital e os 15 do interior, entre as áreas de Educação, Saúde e Tecnologia. A divisão das vagas obedeceu a um critério que envolve as regiões de integração do Estado e a vocação para o desenvolvimento de cada município. Entre as novidades dos Processos Seletivos 2012 da Uepa estiveram a criação do curso de Licenciatura em Letras, com habilitação em Língua Brasileira de Sinais (Libras), em Belém, e Biomedicina, em Marabá, no oeste do Estado.
                Além disso, a Universidade implantou, na capital e em outros seis municípios, seis cursos. São eles: Licenciatura em Filosofia, em Belém; Geografia, em Belém e em Igarapé-Açu; Ciências Naturais, com habilitação em Química, em Altamira e em Salvaterra; Bacharelado em Secretario Executivo Trilingue, em Barcarena; Pedagogia em São Miguel do Guamá e Ciências Naturais, com habilitação em Biologia, em Tucuruí.
                Concorrência - Fisioterapia ofertada em Belém foi o curso mais concorrido dos Processos Seletivos 2012 da Uepa, dentro da modalidade Prosel. De acordo com o quadro de demandas divulgado pela Diretoria de Acesso e Avaliação (DAA), a relação entre o número de inscritos (2.028) e o número de vagas ofertadas (20) gerou uma concorrência de nada menos que 101,40, uma das maiores já registradas nos processos seletivos realizados pela Uepa.
                Em segundo e em terceiro lugar na lista dos mais concorridos ofertados na capital paraense para o Prosel aparecem ainda Engenharia Ambiental (99,30) e Engenharia de Produção (90,80). Medicina (86,60) foi o mais procurado de todos, com 4.330 inscritos. Já dentro do Programa de Ingresso Seriado - Suprograma XIII (ou seja, realizado apenas pelos estudantes que cursaram o terceiro ano do Ensino Médio), figuraram entre os concorridos Engenharia de Produção (14,15), Engenharia Ambiental (12,55) e Design - Habilitação em Projeto de Produto (9,35), também para ofertas em Belém. Assim como no Prosel, Medicina também constou entre os mais procurados no Prise XIII, com 367 inscritos. Por turno, o curso mais concorrido foi Educação Física/1º semestre/Matutino, tanto no Prosel (106,42) quanto no Prise (10).
                Isenções - Em 2011, a Uepa ofertou 11.500 isenções das taxas de inscrição para os Processos Seletivos. Dessas mais de 11 mil isenções, 8.050 foram destinadas ao Prosel, sendo 4.600 integrais e 3.450 parciais. As 3.450 restantes foram divididas igualmente entre integrais e parciais no Prise. O total de isenções ofertadas em 2012 representa um acréscimo de 1.500, em relação ao ano passado, quando foram colocadas a disposição dos candidatos 10 mil isenções, sendo 7 mil para o Prosel e o restante para o Prise.
Serviço: O listão dos aprovados dos Processos Seletivos 2012 da Uepa será divulgado no dia 11 de janeiro, logo após coletiva de imprensa concedida às 9h, pela Gestão Superior e realizada na sala do Consun, que fica no prédio da Reitoria (Rua do Una, 156 - Telégrafo). Às 8h, também na Reitoria, mas no segundo andar do prédio, a reitora Marília Brasil oferece o tradicional café da manhã aos jornalistas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (91) 3299-2216 ou pelo e-mail daa@uepa.br.

Texto:
Carolina Menezes-Uepa
Cantor destaca
participação nos Palcos
Deslizantes da Estação
Em 2012, a Organização Social Pará 2000 prossegue com o que há de melhor da programação musical dos palcos deslizantes da Estação das Docas. As apresentações acontecem diariamente nos Armazéns 1 e 2, a partir das 18h.
                O músico Bruno Benitez, que já canta há cinco anos na Estação, levando ao público um som repleto de influências latinas, comenta a importância desse espaço para sua carreira. “Sem dúvida a divulgação dos palcos deslizantes nas mídias é fundamental para qualquer artista, é o nosso nome associado a um espaço cultural importantíssimo de Belém”, destaca.
“Quem visita pela primeira vez a Estação se encanta com o palco móvel que fica acima das pessoas. O Palco Deslizante da Estação das Docas é uma grande vitrine para nós, músicos, além de dar oportunidades a novos talentos de apresentarem seus trabalhos”, ressalta o cantor.
                Durante o mês de janeiro, Bruno Benitez se apresenta, sempre em dupla, aos sábados, das 20h as 22h no Armazém 2. A ‘Quarta Sertaneja’ também continua na programação, a partir das 21 horas, com o cantor Betinho Sousa no Armazém 1.
Abaixo a programação completa dos Palcos Deslizantes em Janeiro
Palcos Deslizantes de Janeiro
Armazém 1
Segunda-feira: 18h30 – Herlon Tavares/21h15 – Adriano Reis
Terça-feira: 18h30 – Jean Gadelha/21h15 – Naldo Júnior
Quarta-feira: 18h30 – Flávio Gomes/ 21h15 – Betinho Sousa
Quinta-feira: 20h – Ronys Vale/ 22h – Elvis Cover
Sexta-feira: 20h30 – Davison Romero/22h45 – Geo Rocks
Sábado: 13h – Marquinhos Melodia/ 20h30 – Carmen Piani/ 22h45 – Play List
Domingo: 13h – Beto Meireles/ 20h – Júnior Gonçalves
Armazém 2
Segunda-feira: 21h – Jean Gadelha
Terça-feira: 21h – Herlon Tavares
Quarta-feira: 20h – Reinaldo Moreno
Quinta-feira: 20h – Rogério Almeida/ 22h15 – Camila Tavares
Sexta-feira: 20h – Carmen Piani/ 22h15 – André Leemax
Sábado: 12h30 - André Noronha e Trio/ 20h – Bruno Benitez/ 22h15 – Trio Maravilha
Domingo: 12h30 – Gigi Furtado/ 20h – Dênis Beltrão

Texto:
Isa Arnour -Pará 2000
Aniversário de Belém
com Atalla Ayan
e Marília Caputo
                No dia 12 de janeiro, os portões do Theatro da Paz estarão abertos ao público para celebrar o aniversário da cidade com a apresentação do tenor Atalla Ayan e da pianista Marília Caputo em "Um Recital para Belém’. Na programação, peças de Carlos Gomes (Lo Schiavo “Quando nascesti tu”), Franz  Liszt, Waldemar Henrique (Exaltação) e Charles Gounod (Romeo et Juliette “Ah! Leve-toi soleil”), entre outras pérolas da música.
                A iniciativa de celebrar o 396º aniversário da cidade de Belém com um espetáculo gratuito é do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), que levará ao palco do Theatro da Paz a voz poderosa do tenor Atalla Ayan, responsável por um dos mais belos momentos proporcionados ao público dentro da programação cultural natalina realizada em frente à igreja de Santo Alexandre, na Cidade Velha, e em frente à igreja de São João e Nossa Senhora das Graças, na Praça da Matriz, em Icoaraci.
“É uma honra, um prestígio muito grande, cantar em duo de piano e voz num teatro de ópera. Será a minha estreia neste formato no Theatro da Paz, espaço onde eu sempre me apresentei em grupo”, destaca o tenor paraense que, junto com a pianista Marília Caputo, desenvolve há dois anos um repertório composto por árias e canções. Os ensaios acontecem no palco do Theatro da Paz, a partir das 16h.
                Atalla Ayan foi considerado “um achado” e comparado a Plácido Domingo pelo jornal americano The New York Times, em julho do ano passado, por ocasião da apresentação ao ar livre no Central Park, em Nova York, em evento do Metropolitan Opera House. Entre suas recentes apresentações estão as óperas ‘Romeu e Julieta’, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro e Teatro São Pedro, em São Paulo, e ‘La Bohème’, em tour por várias cidades da Inglaterra. Atalla reside atualmente na Alemanha, onde faz parte do grupo de cantores fixos do Teatro Estatal de Stuttgart.
                Já a pianista Marília Caputo dispensa apresentações: “Eu fiquei impressionado principalmente pelo seu talento natural para o piano”, declarou o pianista Nelson Freire, depois de uma audição ao vivo com a pianista paraense. Marília tem tocado pela Europa, América Latina e Estados Unidos como solista, assim como camerista, já tendo se apresentado com renomados artistas, como Koh-Gabriel Kameda, São Paulo String Quartet, Reginaldo Pinheiro, Antonio Del Claro, Daniel Guedes, Ignace Jang, Barbara Switalska e Juliana Gondek, entre outros; além de ter desenvolvido intensa atividade pedagógica, ocupando a cátedra de música de câmara do curso do Bacharelado em Música da Universidade Estadual do Pará.
                Voz e piano - Como na maioria dos recitais para a piano e voz, a primeira composição tem andamento tranqüilo, calmo, no caso, como a interpretação de “Dolente imagine’, de Vicenzo Bellini (1801/1835). A música é extremamente melodiosa. Compositor da escola romântica italiana, Bellini afirmou-se no teatro lírico escrevendo dez óperas, em que imprime uma veia melódica admirável.
                O clima de sensibilidade segue com ‘I love thee’, de Edvard Grieg (1843/1907), um dos mais célebres compositores do período romântico, tendo promovido a música norueguesa por meio de concertos e aulas. Grieg foi pioneiro na utilização impressionista da harmonia e da sonoridade ao piano.
‘Nebbie’ faz parte do ciclo de várias canções elaboradas pelo italiano Ottorino Respighi (1879/1936) e traz a força do sentimento, da paixão, em harmonia dissonante, para um poema moderno que fala sobre a condição de abandono num clima frio. Musicalmente, Respighi tentou reprimir os excessos do verismo triunfalista e tentou reatar as tradições italianas, ao mesmo tempo em que criava um estilo que misturava impressionismo, neoclassicismo e pós-romantismo em composições com sentido de luxúria e sensualidade.
‘Caecille’, do alemão Richard Strauss (1864/1949), é uma peça musical dificílima de ser interpretada, pois exige registros agudos fortes, que podem ser conferidos nesta apresentação inédita de Atalla Ayan e Marília Caputo. Richard Strauss é considerado um dos mais importantes representantes da música no período final da era romântica. Como compositor, pode-se dizer que a maioria de suas óperas está centrada em um personagem feminino.
                A escolha de ‘Exaltação’, de Waldemar Henrique (1905/1995), virou questão de honra para este recital. “Vinha namorando ‘Exaltação’ há anos e nunca achava a partitura, sempre era impedido por contratempos. Nesta homenagem para Belém, combinei com a Marília e vamos interpretar este clássico de Waldemar Henrique no dia 12 de janeiro’, ressaltou o tenor.
‘Pace non trovo’, do húngaro Franz Liszt (1811/1886), nos remete ao clima de oscilações emocionais em que podemos estar alegres e logo depois, tristes; arrebatados de paixão e completamente indiferentes, gelados. Um verdadeiro pop star na sua época, Liszt foi famoso por ter elevado o virtuosismo pianístico a níveis nunca antes imaginados.
‘Romeo et Juliette - Ah! Leve-toi soleil’ tem um significado especial para Atalla, pois a peça está entre as mais populares do repertório operístico, no caso, de Charles Gounod (1818/1893), compositor francês famoso, sobretudo por suas óperas (Fausto - 1859 e Roméo et Juliette - 1867) e música religiosa.
                 ‘Lo Schiavo - Quando nascesti tu’, de Carlos Gomes (1836/1896), é daquelas árias especiais que aproximam a música dos sentimentos mais fortes. Uma clássica declaração de amor, composta numa fase inspiradíssima do mais importante compositor de ópera brasileiro.
                O programa também inclui três composições de Francesco Paolo Tosti (1846/1916): ‘Non t´amo piú’, ‘L´ultimo canzone’ e ‘L´alba separa della luce l´ombra’. Tosti é lembrado por canções expressivas, melodias cantáveis e sentimentalismo doce. Seu estilo se tornou muito popular durante a Belle Époque.
‘Um Recital para Belém’ é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secult, em parceria com a Academia Paraense de Música. A apresentação tem início às 20h e a entrada é franca.
O programa
V. Bellini - Dolente imagine
E. Grieg - I love thee
O. Respighi - Nebbie
R. Strauss - Caecille
W. Henrique  - Exaltação
P. Tosti - Non t´amo piú
P. Tosti -L´ultimo canzone
P. Tosti - L´alba separa della luce l´ombra
F. Liszt -  Pace non trovo
C. Gounod - Romeo et Juliette “Ah! Leve-toi soleil”
C. Gomes – Lo Schiavo “Quando nascesti tu”

Texto:
Jose Pacheco-Secult
Xxxx
Cultura e FPF assinam
contrato de
transmissão do
Parazão 2012
                No próximo final de semana começa mais uma disputa do Parazão 2012, envolvendo oito clubes paraenses. A abertura será no sábado, 14, às 16 horas, no estádio da Curuzú, com a partida entre Paysandu e Cametá, e às 20h, em Tucuruí, onde se enfrentam Independente e Tuna Luso. Em Santarém, jogam São Francisco e São Raimundo, às 19h. E no domingo, 15, completando a primeira rodada da Taça Cidade de Belém, jogam Remo e Águia, às 9h45, no Baenão.
                A Rede Cultura de Comunicação (Funtelpa) vai transmitir os jogos, ao vivo, e para isso será assinado, nesta quarta-feira, 11, às 19h, no Pará Clube, o contrato de transmissão dos jogos entre a Funtelpa e a Federação Paraense de Futebol.
                Os valores do contrato são os mesmo do Parazão 2011 e somam R$ 2.464.000,00, incluindo os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro da Série C dos times paraenses que se classificarem. Atualmente, só Paysandu e Águia têm vaga garantida na Série C.
                Pelo contrato, os dois principais clubes do Estado, Remo e Paysandu, receberão, cada um, R$ 690.500,00, divididos em duas etapas iguais. As outras seis equipes receberão R$ 98.500,00. O contrato também prevê um bônus por meritocracia aos quatro primeiros colocados de cada turno.
                O contrato prevê, ainda, uma cláusula social com a inclusão, pelos clubes da capital, de crianças atendidas pelo Pro Paz. A ideia é que crianças em situação de risco, atendidas pelo Programa, possam ser absorvidas pelos clubes na categoria Sub-15.

Texto:
Ronaldo Quadros-Funtelpa
Projeto é lançado em Primavera
                O primeiro Projeto de Desenvolvimento Municipal (PDM) do ano foi lançado no município de Primavera, este final de semana, como uma estratégia de ação do Componente de Investimento Produtivo do Programa Pará Rural.
O PDM é um planejamento estratégico construído pelos atores locais onde, após a discussão e validação de um diagnóstico feito por entidades do município para a avaliação das cadeias produtivas, da realidade social e ambiental, servirão para a construção do planejamento e desenvolvimento do município além de base para implementação dos projetos de investimento produtivo no local.
Nesta terça-feira (10) o PDM será apresentado por equipe do Pará Rural na cidade de Santa Bárbara
Sespa investiga causas
de registros de
hantavirose no Estado
                A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), o Ministério da Saúde e o Instituto Evandro Chagas vão iniciar um trabalho de vigilância ecoepidemiológica no município de Oriximiná, oeste do Pará, onde, em 2011, ocorreram dois casos de hantavirose, que foram notificados em Santarém. Além de Oriximiná, houve seis casos de hantavirose em Novo Progresso e um em Itaituba, municípios do sudoeste paraense, totalizando nove registros da doença em todo o Estado ano passado, com oito mortes.
                Para tratar desse assunto, o coordenador nacional de Controle da Hantavirose, Weber Marcos, o diretor do Departamento de Controle de Endemias da Sespa, Bernardo Cardoso, e o coordenador estadual de Zoonoses, Fernando Esteves, estiveram reunidos com o secretário de Estado de Saúde Pública, Hélio Franco, na última sexta-feira (6), no gabinete da Sespa.
                Segundo Weber Marcos, o trabalho de vigilância ecoepidemiológica é necessário porque, no Pará, os casos da doença se concentram na região de Novo Progresso e, pela primeira vez, chegaram a Oriximiná. “Estamos interessados em trabalhar junto com o Estado para descobrir como as pessoas estão se contaminando”, afirmou.
                Na região de Novo Progresso, a razão da concentração de casos é a atividade econômica e agressão ao meio ambiente. O homem derruba as árvores e planta grãos. Isso faz com que os ratos silvestres venham atrás de comida nas casas e locais de armazenamento.
                Antes da proposta do Ministério da Saúde, o Departamento de Controle de Endemias já estava se preparando para fazer a investigação, que necessitará de equipamentos e materiais específicos, porém agora também terá o apoio de recursos vindos do governo federal. Hélio Franco colocou a Sespa à disposição, garantindo que será feito o que for preciso para o trabalho ser desenvolvido.
Capacitação – O coordenador estadual de Zoonoses, Fernando Esteves, informou que a Sespa tem dado todo o apoio aos municípios do 9º Centro Regional de Saúde, com sede em Santarém. Já fez quatro eventos abordando prevenção, vigilância epidemiológica, tratamento e manejo clínico em unidade de terapia intensiva (UTI), considerando que todos os pacientes afetados pela doença precisam de atendimento intensivo. Um dos obstáculos apontados por Esteves é a mudança de profissionais que acontece constantemente nos municípios, prejudicando a qualificação profissional.
                A hantavirose é uma doença infecciosa grave, causada pelo hantavírus e transmitida por ratos silvestres, que eliminam o vírus pela saliva, fezes e urina. A infecção no humano ocorre pela inalação dessas secreções misturadas com poeira, principalmente em ambientes fechados. É uma doença altamente letal e pode levar à morte por insuficiência respiratória. Embora possa ser confundida, no início, com gripe, dengue, leptospirose, malária e outras doenças íctero-hemorrágicas, exige outro tipo de atendimento. Não se deve hidratar o paciente como ocorre em casos de dengue, por exemplo.
                Os principais sintomas são febre, dor de cabeça, dores no corpo, tosse seca, mal estar geral e dificuldade respiratória, que aparece rapidamente. Para Hélio Franco, “em casos suspeitos de doenças infecciosas o diagnóstico diferencial é fundamental para evitar tratar de uma doença como se fosse outra”. Da mesma ideia compartilha Weber Marcos, para quem “o grande problema na clínica é o diferencial”, observa.
Tratamento – Não existe vacina ou medicamento específico para hantavirose. As únicas medidas capazes de evitar a morte são o diagnóstico precoce e o manejo adequado. Por isso, o indivíduo com suspeita deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima, para o primeiro atendimento. Já no hospital, será coletado material para sorologia e oferecido atendimento de suporte para controlar os sintomas como a falta de ar, que é o mais grave. Se houver necessidade, o paciente é transferido para uma UTI.
                Para evitar a transmissão, as casas devem manter uma distância mínima de 50 metros da área de plantio e da mata; a área deve ser limpa e sem entulhos; não devem ser deixados grãos de um dia para o outro na área de colheita, pois os roedores podem se aninhar entre os produtos; e o paiol para armazenar grãos deve ser arejado, com portas e janelas.
                Antes de entrar no paiol, as pessoas devem lavar o local com uma solução que tenha um litro de água sanitária diluído em nove litros de água, com o cuidado de não levantar poeira e deixar agir por 30 minutos. Em casa, os alimentos devem ser guardados em latas bem fechadas. Deve-se também usar barreiras na soleira das portas para impedir a entrada dos ratos, e fechar as janelas ao anoitecer. Em caso de infestação, basta chamar a vigilância em saúde do município.
Texto:
Roberta Vilanova-Sespa



Destaque do atletismo

paraense integra

programa da Seel

Um jeito tímido, mas com muita determinação. Essas são algumas das características de Mara Rogéria, de 24 anos, que há 10 se dedica ao atletismo. A paraense é de Castanhal, região nordeste do Estado, e começou a integrar o programa “Bolsa Talento”, do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, (Seel), no final de 2011.

“Essa ajuda da Seel veio nomomento em que eu mais precisava. Não participo de provas desde o ano passado porque adoeci, pela falta de preparação física. Hoje com a Bolsa Talento, já estou fazendo exames e retornando meus treinos e irei me preparar parapróximas competições”, falou Mara. O programa atende atletas que estão com os melhores rendimentos, de acordo com as Federações, como é o caso da atleta.

“A Mara tem um bom potencial. Está pelo ranking da Federação, entre as três primeiras paraenses, além de conseguir bom resultado nas etapas do Norte e Nordeste. Agora com o BolsaTalento, ela vai ter um treinamento mais adequado e como consequência, melhores resultados”, explicou Sandra Malcher, vice-presidente da Federação Paraense deAtletismo.

Mara coleciona mais de 60 prêmios, entre medalhas e troféus. A atleta paraense pratica o atletismo de rua e pista e já participou em 2011 do GP Internacional de Atletismo. “Tudo começou como brincadeira, em uma das festas do meu bairro, foi minha primeira corrida e primeira derrota, mas fiquei mais apaixonada pelo esporte. Hoje também consegui apoio da Carmem Academia, onde tenho acompanhamento físico e com nutricionista”, disse.

O Secretário de Estado de Esporte e Lazer, Marcos Eiró, afirmou que sempre acreditou na Mara. “Acredito e aposto nas pessoas que vencem na vida por persistência e a Mara é assim. É uma excelente atleta, com ótimos índices nas provas, só faltava um apoio. Incentivos como esses é que queremos dar a outros atletas que mereçam e sejam determinados. Nosso objetivo é estimular o esporte paraense”.

Segundo a atleta o incentivo da Seel irá possibilitar que ela invista mais no esporte e na carreira, como na compra de material esportivo e alimentação. “Será um investimento em mim. Agora é só pensar nas corridas de 2012. Vou representar com mais orgulho meu Estado e trazer de volta várias conquistas. Agradeço muito a Secretaria e ao Governo do Estado”, finalizou.



Texto:

Bruna Carvalho – Seel
<
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...