Total de visualizações de página

quarta-feira, janeiro 11, 2012

Governo traça plano emergencial para impulsionar economia de Tailândia

                Um plano de ação voltado ao desenvolvimento do setor agropecuário de Tailândia, no nordeste paraense, foi discutido nesta quarta-feira (11), na Secretaria de Estado de Agricultura (Sagri), como parte das ações emergenciais implementadas pelo governo do Estado para impulsionar a economia do município, criando oportunidades de trabalho para a população.
                A reunião foi presidida pela diretora adjunta da Sagri, Eliana Zacca, com representantes da Secretaria de Estado de Pesca e Aquicultura (Sepaq), Instituto de Desenvolvimento Florestal do Pará (Ideflor), Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).
                Localizado às margens da rodovia PA-150, Tailândia tinha na exploração madeireira de forma extrativista a base de sua economia, o que levou o município para a lista dos campeões de desmatamento no país. Em 2008, Tailândia recebeu a Operação Arco de Fogo, realizada pelo governo federal, destinada a coibir o desmatamento, mas que acabou desestruturando a economia local, sem a contrapartida de opções de emprego e renda para a população. 
Sustentabilidade - A mobilização política e da sociedade de Tailândia levou o governo do Estado a elaborar um plano de ação para soerguer a economia do município, por meio de um processo sustentável de desenvolvimento. A Sagri apresentou uma proposta que prioriza a expansão e o fortalecimento do setor agropecuário do município, voltada à segurança alimentar, à reposição da cobertura vegetal e à geração de emprego e renda.
                A proposta da Sagri tem como base as demandas apresentadas pelos municípios da região sudeste, onde fica Tailândia, na reunião da Caravana da Produção, que percorreu as 12 regiões de integração do Pará, no período de julho a dezembro de 2011. O objetivo foi traçar políticas públicas adequadas às potencialidades e especificidades de cada região.
                Entre as atividades propostas para Tailândia estão a ampliação da unidade de beneficiamento de polpa de frutas, o processamento de castanha de caju, expansão das áreas plantadas de cacau e pimenta do reino, fortalecimento da bacia leiteira, da avicultura de postura e corte e da piscicultura.
                Para viabilizar essas ações, uma força tarefa formada por técnicos da Sagri, Sepaq, Adepará, Iterpa, Emater e Ideflor visitará o município de 23 a 27 deste mês, para traçar um diagnóstico da atual situação desses segmentos no local. O resultado será avaliado em nova reunião, marcada para o dia 3 de fevereiro, na Sagri.

Texto:
Leni Sampaio-Sagri
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...