Total de visualizações de página

quinta-feira, janeiro 19, 2012

La Orquestra Invisível mostra a cara no Conexão Cultura ao Vivo

                Formada por Marcelo Kawage, Larissa Xavier, Cezar Sousa e Daniel "Carlitos", a banda La Orquestra Invisível, que sempre atrai um bom público desde o primeiro show, será a atração do programa Conexão Cultura ao Vivo desta sexta-feira, 20, direto do estúdio Edgar Proença , das 11h ao meio dia, com transmissão pela TV, Rádio e Portal Cultura.
                A banda vem chamando a atenção pela mistura de melodias e arranjos inspirados em The Beatles e Beach Boys e a psicodelia de Syd Barrett e Os Mutantes. Outras influências da banda são o power pop de Teenage Fanclub, Big Star e The Posies e o lirismo do Clube da Esquina, sem soar datadas ou retrô. Todas estas referências, segundo os músicos, são revisitadas com um olhar bem contemporâneo.
                Segundo Marcelo Kawage, a intenção inicial da La Orquestra Invisível de era fazer um som “mod”, porém a sonoridade peculiar foi surgindo de forma natural a partir dos primeiros ensaios com a entrada na banda de Larissa Xavier (voz, guitarra e teclados).
                A banda vem se destacando nos principais festivais da cidade, como Festival Megafônica, Grito Rock, 2ª Noite do Fora do Eixo, Festival Se Rasgum, Rock in Rio Guamá e o projeto Finais de Tarde na Livraria Saraiva, entre outros. Em Março de 2011, a LOI foi uma das convidadas do Grito Rock Macapá, onde realizou com o show considerado a melhor apresentação da banda.
                A La Orquestra Invisível é formada por Marcelo Kawage (Guitarra & Voz), Larissa Xavier (Guitarra,órgãos & Voz), Cezar Sousa (Baixos & Voz) e Daniel "Carlitos" (Baterias & Voz). O Conexão Cultura ao Vivo tem apresentação de Bety Dopazo, produção de Regina Silva e direção de Beto Fares.

Texto:
Ronaldo Quadros-Funtelpa
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...