Total de visualizações de página

sexta-feira, janeiro 13, 2012

Pará recebe atletas de 12 países no Campeonato de Desportos Aquáticos

                O Pará entra no roteiro dos grandes eventos esportivos nacionais e internacionais. Esta é a avaliação da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), presidida por Coaracy Nunes, que veio a Belém para acompanhar as obras de reformas do Parque Aquático Paraense, na Escola Superior de Educação Física, onde acontece, no período de 12 a 26 de março, o Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos.
                "O Pará está se tornando uma importante praça para a realização de grandes eventos esportivos, e não apenas os aquáticos, pois todos estão tomando conhecimento dos investimentos que estão sendo feitos na área esportiva no Estado pelo atual governo”, diz o presidente da CBDA. As obras na Escola de Educação Física vão torná-la um centro de referência de treinamentos para as Olimpíadas de 2016.
“O parque aquático do Pará não deixará a desejar em nada para outros centros de outras partes do mundo”, frisa o vice-presidente da CBDA, Luiz Soares, explicando que as obras estão em perfeito andamento e dentro do cronograma. A previsão é que estejam prontas um mês antes do campeonato.
                O Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos será uma seletiva para as Olimpíadas de Londres, que acontece em agosto deste ano. A equipe de natação que vai representar o Brasil na competição estará em Belém participando do campeonato. O CDBA será composto por competições em cinco modalidades: natação, nado sincronizado, salto ornamental, polo aquático e maratona aquática.
                No total, 600 atletas de doze países sul-americanos estarão reunidos no Pará. Destes, 500 atletas são de outros países e 100 são brasileiros. O evento esportivo será transmitido ao vivo para o Brasil e o mundo. Para o presidente da CBDA, o campeonato será um marco na história esportiva do Pará, colocando-o em evidência para o mundo. “Sem o apoio do governo do Estado não haveria a menor possibilidade de ele acontecer aqui”, pontua.
                O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Marcos Eiró, pontua a importância da realização do evento no Pará. “Grandes eventos esportivos como esse contribuem de forma decisiva para o desenvolvimento do Estado, uma vez que colocam o Pará em evidencia nacional e internacional. São responsáveis por um aquecimento da economia local, movimentando vários setores da economia”, observa.
                Marcos Eiró ressalta ainda que o esporte é como um vetor de inclusão social, destacando o legado que é deixado para a população com os investimentos nos patrimônios públicos, que ficam para a sociedade após o evento, além de contribuir para outros aspectos. “Além disso é mais uma prova de que o Pará pode sim fazer parte de grandes eventos esportivos”, diz. A comitiva da CBDA faz nesta sexta-feira (13), às 11 horas, visita ao local das obras.

Texto:
Manuela Viana-Secom
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...