Total de visualizações de página

sexta-feira, janeiro 13, 2012

Sespa amplia tratamento com toxina botulínica



               A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) inaugurou nesta quinta-feira (12), na Unidade de Referência Especial em Reabilitação Demétrio Medrado, o novo serviço de terapia especializada com toxina botulínica. O tratamento é destinado a pacientes com sequelas motoras ou neurológicas, devido a acidente vascular cerebral, paralisia cerebral, traumatismo craniano e paraplegias, além de portadores de movimentos involuntários degenerativos.
                O serviço foi inaugurado com o atendimento a três crianças especiais. Uma delas, Cristiane Costa, 11 anos, se submete ao tratamento pela segunda vez. Para Benedito Costa, tio da menina, o tratamento possibilita melhorias significativas. “Estamos com boas expectativas. Percebemos bons resultados já na primeira aplicação”, disse ele.
                A toxina botulínica é uma proteína biológica produzida pela bactéria Clostridium botulinum, a mesma que causa o botulismo, mas que tem sido utilizada tanto em medicina estética quanto na reabilitação de pacientes portadores de distonia (doença que causa o congelamento dos movimentos) e espasticidade (aumento do tônus muscular), tanto adultos quanto crianças.
                O tratamento consiste na aplicação do produto no músculo afetado, que pode ser nos braços, pescoço, pernas e face, entre outros, sendo contra indicado apenas para quem possui distúrbio de coagulação ou algum tipo de ferida aberta no local onde a toxina será injetada.
Movimentos - O principal objetivo da toxina botulínica é promover o relaxamento do músculo, permitindo movimentos e facilitando o uso do membro afetado. A toxina começa a fazer efeito em três semanas, aliada a sessões de fisioterapia. A aplicação deve ser repetida no intervalo de quatro a seis meses, dependendo das necessidades de cada paciente.
                Segundo o diretor, da URE Demétrio Medrado, Said Kalif, o serviço visa ampliar o número de atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que necessitam deste tipo de aplicação. “O tratamento proporciona qualidade de vida aos pacientes, reduzindo a dor e melhorando sua locomoção”, afirmou.
                Said Kalif informou que atualmente a Unidade dispõe de 70 pessoas cadastradas para receber a toxina este semestre, mas o atendimento será ampliado. A partir de maio serão cadastrados novos pacientes, que serão beneficiados já em agosto.
                A aplicação da toxina botulínica é feita pela neurologista Karla Negrão. Segundo ela, o serviço é fundamental para atender a demanda. “A ampliação deste serviço será de suma importância para aqueles que esperam pelo tratamento. É um procedimento simples, mas é preciso saber o músculo exato que necessita da aplicação”, explicou. O novo serviço conta ainda com uma equipe multidisciplinar, formada por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, enfermeiras, psicólogas e outros profissionais de saúde.
                Além da URE Demétrio Medrado, o tratamento também está disponível na Unidade de Referência Especializada do Reduto, pioneira e reconhecida internacionalmente pelo serviço. A URE Demétrio Medrado fica na Avenida Dr. Freitas, nº 235, entre as avenidas Pedro Álvares Cabral e Senador Lemos. Telefone: (91) 3233-1479/2562.

Texto:
Edna Sidou-Sespa
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...