Total de visualizações de página

quinta-feira, janeiro 05, 2012

Reunião define regras para o Carnaval em Belém

Da Redação
Agência Pará de Notícias
As regras para a realização do Carnaval em Belém foram tema de reunião realizada na tarde desta quarta-feira, 4, na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), entre brincantes, órgãos da prefeitura e do Estado. A programação já inicia no próximo final de semana e contará com a participação e estrutura do Estado para a realização do evento de forma segura e estruturada.
Na ocasião, houve a assinatura do Termo de Ajuste de Conduta (TAC), junto ao Ministério Público do Estado, que determina as regras para que o Carnaval seja realizado de forma saudável para os brincantes e moradores da Cidade Velha. Assinaram o TAC representantes de órgãos do governo do Estado, da prefeitura da sociedade Civil Organizada.
O secretário de Segurança Pública do Estado, Luiz Fernandes, que presidiu a reunião, avaliou o encontro como bastante positivo. “O resultado foi o consenso de todos os envolvidos, todos os representantes puderam expor suas considerações, então o encontro foi bastante produtivo e satisfatório”, disse Fernandes explicando que o próximo passo será uma nova reunião, após o Carnaval deste ano, para que possa haver a regulamentação de um projeto de lei para a realização do evento.
Para Sérgio Gluck Paul, organizador de um dos blocos de Carnaval, o “Elka”, o governo foi muito feliz com a iniciativa de organizar o Carnaval dando voz para todos os participantes. “Considero a iniciativa muito positiva, o governo está de parabéns e assim até nós ficamos mais a vontade para a realização da brincadeira de forma mais segura”, considerou.
A partir do próximo final de semana, o governo do Estado estará presente no Carnaval realizado na Cidade Velha, através de uma grande estrutura que envolve órgãos de segurança, saúde, fiscalização, entre outros, todos os finais de semana. No domingo, dia 12, o governo será também o promotor do Carnaval, com a realização da "Bumbarqueira - o Carnaval do Pará", promovido pelo governo do Estado, por meio dos órgãos de Cultura, e que reunirá nas ruas históricas da Cidade Velha diversos grupos de manifestações culturais da capital e do interior do Estado. 
Cordão, batuque, canto, dança e folia da floresta serão os ingredientes da “Bumbarqueira", que promete ser a festa de Carnaval mais diversificada do Pará. A folia reunirá artistas e brincantes de vários municípios paraenses. São grupos de carimbó, blocos, fanfarras e bandas carnavalescas que formarão um grande cortejo, percorrendo diversos pontos do centro histórico da cidade.
Realizada pela primeira vez no ano passado, a Bumbarqueira reuniu cerca de 26 mil brincantes e a expectativa, explica Nilson Chaves, presidente da Fundação Tancredo Neves, um dos órgãos realizadores do evento, é de que este ano o número de brincantes seja ainda maior. “Esperamos que mais pessoas tenham a oportunidade de presenciar as manifestações características de municípios paraenses”, disse.
O termo Bumbarqueira, que teve origem no município de Cametá, significa uma grande festa, sem hora para acabar. “A intenção da Bumbarqueira é trazer para a capital paraense manifestações culturais de outras partes do Estado e oportunizar que outras pessoas também conheçam o que se é produzido no Pará”, disse Nilson Chaves. A “Bumbarqueira” será realizada domingo, dia 12.

Texto:
Manuela Viana – Secom
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...