Total de visualizações de página

quarta-feira, janeiro 04, 2012

Setor Serviço gerou 20 mil empregos formais no Pará em 2011

Da Redação
Agência Pará de Notícias
De janeiro a novembro de 2011, a geração de postos formais de trabalho no setor serviço cresceu quase 10% no Pará. É o que revela o novo Mapa do Emprego sobre o setor no Estado e Região Norte - que considera também o mês de novembro de 2011 e os últimos 12 meses (dezembro/2010 a novembro 2011) - divulgado pela Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Renda (Seter) e o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese-Pará), com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.
Em novembro de 2011, a nova pesquisa mostra que houve crescimento de 0,62% no emprego formal do setor serviço em todo o Pará: 7.617 admissões contra 6.215 desligamentos - saldo positivo de 1.402 postos de trabalho. Já em novembro de 2010, o setor também apresentou crescimento, mas o saldo foi menor que o de 2011: 7.598 admissões contra 6.318 desligamentos – saldo de 1.280 postos e crescimento de 0,62%. Este ano, todos os Estados da Região Norte apresentaram saldos positivos de empregos formais no mês de novembro.
O Pará, mais uma vez, apresentou o melhor desempenho: 1.402 postos de trabalho. Em seguida vieram: Amazonas (902 postos), Tocantins (898 postos) e Amapá (217 postos). E em toda a região foram feitas, no setor serviço, 20.487 admissões contra 16.943 desligamentos - saldo positivo de 3.544 empregos formais. O Pará, com 1.402 postos de trabalho, contribuiu com 39% do saldo total dos empregos gerados em todo o Norte.
De janeiro a novembro de 2011, o novo Mapa do Emprego do setor serviço revela que houve crescimento de 9,34% na geração de empregos formais no Pará: 98.071 admissões contra 78.142 desligamentos, somando 19.929 postos de trabalho. No mesmo período de 2010, o setor também apresentou crescimento, mas o saldo foi menor que o de 2011: 78.609 admissões contra 63.164 desligamentos - saldo positivo de 15.445 postos de trabalho e crescimento de 8,02%.
Todos os Estados do Norte apresentaram saldos positivos de empregos formais nesse período: 276.598 admissões contra 223.202 desligamentos - 53.396 postos de trabalho e crescimento de 10,21%. E o Pará foi destaque: 19.929 empregos, seguido do Amazonas (13.801 postos) e Rondônia (7.624 postos). Segundo o novo balanço, o Pará contribuiu, sozinho, com 37% do saldo total dos empregos gerados em toda a Região Norte de janeiro a novembro de 2011.
Nos últimos 12 meses (dezembro/2010 a novembro/2011), o novo Mapa do Emprego do setor serviço também mostra saldo positivo de empregos formais em todo o Pará: 104.168 admissões contra 85.382 desligamentos - saldo positivo de 18.786 postos de trabalho e crescimento de 8,76% - o maior saldo entre os Estados do Norte. Nesse período, os outros Estados da região também apresentaram resultados positivos. Depois do Pará veio o Amazonas (10.248 postos) e Rondônia (6.972 postos). Nos últimos 12 meses, foram feitas, em todo o Norte, 293.325 admissões contra 245.990 desligamentos - saldo positivo de 47.335 postos de trabalho e crescimento de 8,95%.

Texto:
Rusele Mendes – Seter
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...