Total de visualizações de página

domingo, dezembro 18, 2011

@ Na confraternização dos policiais Civis do Jurunas...

 ...quem ganhou o presente
 foi a comunidade, que
 recebe a notícia dos primeiros
 passos para a instalação
de uma UIPPC no Bairro,
 como aconteceu na Terra Firme










Ao comando do delegado titular da Delegacia do Jurunas, Newton Nogueira, aconteceu na tarde de sábado dia 17, na casa de show Mormaço, na Cidade Velha, a festa de confraternização dos policiais civis daquele DP.
Policiais acompanhados de familiares e amigos, fizeram a festa em clima realmente natalino, o que para eles, serviu para comemorar o êxito das ações daqueles policiais no Jurunas durante o ano de 2011 que está chegando ao seu final, assim como também solidificar ainda mais a parceria para que em 2012 seja melhor, haja visto agora a nova política de ação das polícias: a parceria com a comunidade.
A notícia principal dada pelo delegado Newton Nogueira, é de que o Jurunas vai começar a dar os primeiros passos para a instalação da Unidade Integrada de Policiamento Preventivo Comunitário (UIPPC) no Bairro. Já nos primeiros meses de 2012, deverá haver reunião neste sentido ao comando do próprio delegado Newton, com apoio dos seus superiores, delegado Geral Niton Athayde e Secretário de Segurança Pública, Luiz Fernandes. Newton Nogueira vem finalizando um curso de parceria comunitária, cuja certificação acontecerá no próximo dia 22, às 9h no Comando Geral da Polícia Militar.
Confira alguns momentos da bela festa deste sábado da confraternização dos policiais civis no Mormaço, gentilmente cedido pela sua proprietária a simpática senhora Andréa. A festa estava inicialmente previsto para acontecer no Skina Bar, mas teve que ser cancelado. A festa dos policiais do Jurunas acontece neste local pelo segundo ano consecutivo às margens do lendário Rio Guamá.










Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...