Total de visualizações de página

terça-feira, dezembro 06, 2011

@ AÇÕES SOCIAIS DESTA TERÇA-FEIRA

Fapespa lança novo edital
de bolsas para
monitores do Navegapará
A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará (Fapespa) lançou mais um edital que vai selecionar bolsistas para monitor de infocentro do Programa de Inclusão Digital Navegapará. Apoiar os infocentros que estão em funcionamento e os que serão implantados, por meio da concessão de bolsas de monitoria. Esse é o objetivo da iniciativa da Fapespa, que oferece 52 vagas para formação de monitores dos infocentros do Programa NavegaPará. candidatos devem ter concluído ou estar cursando o ensino médio, ter conhecimento em informática básica, disponibilidade de 20 horas semanais, entre outros requisitos especificados no edital. Os selecionados passarão por capacitação em várias atividades de aperfeiçoamento: informática básica, cursos de software livre, de capacitação política e pedagógica, com direito a certificados.
Um montante de 252 mil reais, oriundos do Programa Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento da Fapespa, previsto no Plano Plurianual do Governo do Estado do Pará, será investido no certame. A chamada pública, proveniente de um acordo de cooperação técnica firmado entre a Fapespa e a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), tem como objetivo fomentar o Programa de Democratização do Acesso às Tecnologias de Informação e Comunicação, coordenado pela Secti. As inscrições eletrônicas estarão abertas até 31 de outubro de 2012 e o edital completo está disponível no site da Fundação pelo link http://www.sig.fapespa.pa.gov.br/index.php?id=3&acao=1
O monitor será responsável pelo atendimento ao público no espaço do Infocentro, auxiliando e propondo processos que permitam aos usuários fazerem uso das tecnologias da informação e comunicação disponíveis, de maneira articulada ao desenvolvimento da comunidade. São 52 vagas e os candidatos selecionados receberão bolsas no valor de R$ 350,00, com duração de 12 meses. As vagas serão distribuídas para os municípios de Barcarena, Belém, Bragança, Capanema, Igarapé-Miri, Jacundá, Marabá e Santo Antônio do Tauá.
O Programa Navegapará visa à inclusão digital. Possui dentre os seus projetos os Infocentros - Centros Públicos de Acesso à Inclusão Digital que garantem acesso gratuito da população à internet e à capacitação em informática básica. Enquanto instrumento de desenvolvimento econômico e social, de democratização do acesso às tecnologias de informação e comunicação, em espaços públicos que propiciam conexão de alta qualidade, integra diversas regiões do Estado, e assim, desenvolve o intercambio dos aspectos sociais, econômicos e culturais das entre as comunidades atendidas.

Texto:
Simone Campos-FAPESPA
Loterpa recebe jovens
atendidos pela Fasepa
para estágio
Mais dois jovens foram apresentados, na sede da Loteria do Estado do Pará (Loterpa), em Belém, para ingressarem como bolsistas no órgão. Os jovens irão cumprir quatro horas diárias, recebendo remuneração mensal mais vale-transporte,  em programa de profissionalização que diversos órgãos do Governo do Estado estão oferecendo a jovens egressos do sistema socioeducativo e aos que ainda cumprem medidas socioeducativas em unidades da Fundação da Criança e do Adolescente do Pará (Fasepa).
Além de os jovens colaborarem nos setores de Protocolo e Compras, irão participar de cursos de qualificação e aprimoramento, na instituição. O diretor-presidente da Loterpa, Jorge Resende, acredita que a ressocialização é possível quando se busca mecanismos para que o jovem tenha oportunidade e dignidade para sonhar e buscar seus objetivos, com o apoio familiar. "A família tem papel importantíssimo neste processo. Eu a convido para que compareça e participe, nos visitando, para que possamos caminhar juntos em uma única direção", disse.
Jorge Resende ressaltou que o compromisso social de fazer algo por estes jovens não é apenas da Fasepa e da Loterpa, mas de toda a sociedade. A assistente social da Fasepa, Gabrielle Macedo, esclarece que são realizados cursos e oficinas, como um dos critérios de seleção e inserção dos jovens que estão aptos a ingressar em um ambiente de trabalho. Ela afirma que o bom relacionamento, o interesse pelos estudos, pelo trabalho e pelas atividades sociopedagógicas realizadas em uma unidade de atendimento socioeducativo são imprescindíveis na escolha do adolescente que cometeu ato infracional.
O tempo de duração da bolsa-estágio é de um ano. Após esse período, os beneficiados poderão ser encaminhados a outras oportunidades, para a continuidade de suas habilidades e competências, e dar lugar a outros jovens que terão chances iguais de trabalho.
O jovem A., 19 anos, atendido pela Fasepa, afirma ter projetos de vida bem definidos. "Quero continuar meus estudos, fazer faculdade de Engenharia Mecânica, ajudar a minha família, e dar orgulho a todos que um dia já decepcionei". Atualmente a Fasepa mantém em torno de 75 jovens estagiando com apoio de diversos órgãos públicos estaduais, entre eles Loterpa, Sepof, Igeprev, Sagri, Arquivo Público do Estado, Secom e Seter. Os jovens cumprem medidas de internação ou são egressos do sistema socioeducativo.

Texto:
Rui Pena-Fasepa
Secti seleciona 17 monitores
para infocentros do Navegapará
Atuar no atendimento ao público no espaço dos infocentros é a principal função dos 17 selecionados no cadastro de reserva de monitores para os infocentros do Programa Navegapará. Os candidatos selecionados receberão bolsas, com duração de 12 meses, concedidas pelo Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPq), no valor de R$ 241,50.
A prioridade foi dada a moradores dos municípios que já dispõem de infocentros, mas estão sem monitores, como Ananindeua, Barcarena, Belém, Rondon do Pará, Santa Bárbara do Pará, São João de Pirabas, Santarém e Tailândia. Este é o primeiro resultado do processo de seleção, realizado em regime de fluxo contínuo. Dessa forma, o edital ficará aberto por um tempo maior e os selecionados serão convocados de acordo com a necessidade dos infocentros. As inscrições ainda podem ser feitas até o dia 13 de janeiro de 2012.
Para participar da seleção, os interessados devem ter entre 16 e 28 anos, morar na comunidade na qual o infocentro será instalado, ter concluído ou estar cursando o ensino médio, ter conhecimento em informática básica e disponibilidade de seis horas diárias, entre outros requisitos. Mais informações: (91) 4009-2540.
O edital completo pode ser acessado pelo link (http://www.secti.pa.gov.br/sites/default/files/editalinfocentrosoutubro.pdf).
A relação completa dos selecionados está disponível em(http://www.secti.pa.gov.br/sites/default/files/resultadomonitoresinfocentrosnavegaparadezembro.pdf)

Texto:
Raphael Freire-Secti

Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...