Total de visualizações de página

terça-feira, dezembro 06, 2011

@ CURSOS, CONCURSOS, CONFERÊNCIAS E OUTROS

Banpará promove o
Encontro de
Administradores na
próxima sexta-feira
O Encontro de Administradores do Banpará, com o tema “Inclusão bancária para consolidação de nossa marca no Estado",  irá acontecer na próxima sexta-feira, 9, reunirá os gestores da capital e interior, e tem como objetivo apresentar os resultados do Banco até novembro de 2011 e os prospectados para 2012. Nessa ocasião, os gestores irão tomar conhecimento do resultado da negociação das metas realizadas com a área comercial, no mês de novembro, e assumem o compromisso de realizar o que está prospectado para o novo ano. Na oportunidade, será apresentada uma palestra, visando o engajamento dos gestores no grande projeto de crescimento do banco, traduzido em novas unidades, novos produtos e serviços, e incursão em novo nicho de mercado, o de pessoa jurídica, por meio da inauguração da agência empresarial em 2012.
Encontro do Setor debaterá
novos desafios do
Polo Joalheiro do Pará
Debater as trajetórias e os novos desafios do Programa de Desenvolvimento do Setor de Joias e Metais Preciosos, mais conhecido como Polo Joalheiro, as experiências dos vários elos da cadeia produtiva de gemas e joias e a relação do Polo Joalheiro e as políticas públicas é o principal objetivo do VIII Encontro do Setor Joalheiro do Pará, que será realizado nesta quarta-feira, 7, das 14 às 18h30, no auditório do Espaço São José Liberto.
O evento, que integra a programação técnica da VIII Pará Expojoia – Amazônia Design, que será aberta no próximo dia 14 (quarta-feira), desde 2010 acontece num período anterior à feira, a fim de permitir que todos os profissionais do Polo Joalheiro participem das palestras.
O Encontro será o momento de avaliar os 13 anos de implantação, pelo governo do Estado, do Programa Polo Joalheiro, cuja trajetória é “marcada por um cenário promissor e desafiante”, segundo Rosa Helena Neves, diretora executiva do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), instituição promotora do evento, em parceria com o governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).
Diretrizes - “Após todos esses anos, é oportuna a avaliação das diretrizes condutoras dos planos institucionais e dos resultados obtidos pelos participantes do programa, tanto nas unidades produtivas individuais ou nas iniciativas coletivas”, ressalta a diretora.
Os temas serão abordados por representantes do Igama, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PA), da Universidade do Estado do Pará (Uepa), da Secti, da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom) e da Associação dos Joalheiros do Estado do Pará (Ajepa), e pelos próprios designers e ourives vinculados ao Polo Joalheiro.
“O Encontro do Setor possibilitará a discussão sobre os eixos do programa pautados em capacitação, gestão, mercado, fomento tecnológico e design e seus impactos no processo evolutivo e organizacional dos segmentos de gemas e joias”, informa Rosa Helena Neves.

Texto:
Socorro Costa-Secom
Xxxx
Grupo de Pesquisa em
Educação e Meio Ambiente
discute práticas socioambientais
O Grupo de Pesquisa em Educação e Meio Ambiente (Grupema) da Universidade do Estado do Pará (Uepa) realiza uma das últimas atividades de sua agenda de 2011 nos dias 6 e 7 de dezembro, quando acontece o I Encontro de Práticas Educativas Socioambientais Não Escolares: Territorialidades e Experiências de Grupos de Pesquisa na Uepa. O encontro acontece na Sala de Recitais do Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE), no bairro do Telégrafo, com abertura programada para as 16h desta terça-feira, ocasião em que a profa. Dra. Maria Goretti Tavares palestra sobre "Territórios, formas de apropriação e uso de recursos naturais e desenvolvimento local", com mediação da vice-reitora da Uepa, a profa. Dra. Maria das Graças da Silva. As inscrições podem ser feitas no local do evento.
O objetivo do evento é refletir, discutir e compartilhar questões e experiências que resultam de estudos e pesquisas sobre a temática das práticas educativas socioambientais não escolares em diferentes territorialidades, contextualizando desafios metodológicos e dilemas e/ou avanços epistemológicos. Ainda no dia 6, entre 18h e 19h, os participantes podem conferir a 1ª Amostra Etnográfica do Grupema, sob o tema "Saberes das águas, da terra e da mata: visibilizando territorialidade de práticas educativas no campo ambiental da Amazônia.
No dia 7 de dezembro, quarta-feira, a programação começa às 8h30, com a mesa "Interface entre práticas socioeducativas saberes e territorialidades no contexto Amazônico", composta mais uma vez pela vice-reitora, e ainda pela profa. Dra. Josebel Fares, pelo prof. Dr. Salomão Hage e pelo prof. Msc. Antônio de Pádua. Às 10h30, acontece a última mesa do evento, "Saberes, territórios e cotidianos de populações Amazônicas em contextos de Práticas educativas não-formais", com os profs. Msc. Cirlene da Silva, Antônio Brasil, Willame Ribeiro e Vanja Bezerra. Em seguida, uma poética musical encerra o Encontro.
Serviço: I Encontro de Práticas Educativas Socioambientais Não Escolares: Territorialidades e Experiências de Grupos de Pesquisa na Uepa - dias 6 e 7 de dezembro, na Sala de Recitais do CCSE (Trav. Djalma Dutra, s/n - Telégrafo). No dia 6, a programação começa às 16h, e no dia 7, às 8h30. Inscrições no local do evento.

Texto:
Carolina Menezes-Uepa
Belém recebe reunião da
Comissão de Gestão Fazendária
Iniciou nesta terça-feira, 6, no Hotel Sagres, em Belém, a 14ª reunião da Comissão de Gestão Fazendária (Cogef), que reúne técnicos das secretarias estaduais de fazenda responsáveis pelo gerenciamento dos programas de modernização da gestão fiscal. Neste encontro serão apresentados resultados de projetos para melhorar o desempenho da fiscalização e da arrecadação dos estados brasileiros e as ações de cooperação com os órgãos parceiros na administração fiscal do país.
A Cogef  coordena os aspectos técnicos dos programas de modernização das gestões fiscais dos estados e do Distrito Federal, além de promover o intercâmbio e a integração entre os estados. Nos dois primeiros dias o encontro será para a realização do curso Capacitação de Gestão para Resultados, ministrado pelos professores Caio Marini e Marcelo Trevenzoli, do Instituto Publix.
Na abertura do encontro, o coordenador da Cogef, André Cordeiro, agradeceu a presença de representantes de 21 estados. Ele afirmou que nos dias de hoje a gestão pública é cada vez mais cobrada a apresentar bons resultados na qualidade dos gastos públicos e investimentos, por isso mesmo é tão importante preparar os gestores para os desafios de bem administrar os recursos públicos.
De acordo com o diretor de Assuntos Estratégicos da Sefa, Emanoel Moreira, o objetivo do curso é capacitar os servidores estimulando a modernização da administração. No curso são apresentados os conceitos e ferramentas dos três elementos da Gestão Matricial de Resultados: a construção da agenda estratégica, o alinhamento das estruturas implementadoras e o estabelecimento dos mecanismos de monitoramento e avaliação das ações.
A partir do dia 8 e até o dia 9 será a reunião dos técnicos, para avaliar os programas de modernização em desenvolvimento. Além dos servidores das secretarias estaduais, participam do encontro representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Escola de Administração Fazendária (Esaf), do Ministério da Fazenda e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os projetos estaduais de modernização das administrações tributárias tem o financiamento de linhas de crédito do BID e do BNDES.

Texto:
Ana Márcia Pantoja-Sefa
Polo realiza o VIII Encontro
do Setor Joalheiro do Pará
O Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama) e o governo do Estado, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), promovem nesta quarta-feira (7), das 14 às 18h30, o VIII Encontro do Setor Joalheiro do Pará, no auditório do Espaço São José Liberto. O evento integra a programação técnica de preparação para a VIII Pará Expojoia – Amazônia Design, a feira de joias que acontecerá de 14 a 18 de dezembro, no São José Liberto.
Durante o Encontro, David Leal, representando a Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Mineração (Seicom), abordará as “Novas perspectivas para o setor joalheiro: Um olhar governamental”, junto com um representante da Secti.
A programação inclui ainda debates sobre as trajetórias e os novos desafios do Programa de Desenvolvimento do Setor de Joias e Metais Preciosos/Polo Joalheiro, as experiências dos vários elos da cadeia produtiva de gemas e joias e a relação do Polo Joalheiro e as políticas públicas.
O evento é destinado a designers, ourives, lapidários, cravadores, produtores de joias e embalagens, e pesquisadores e fornecedores de matéria prima para a produção joalheira artesanal do Pará, vinculados ao Polo Joalheiro.
Os participantes avaliarão os 13 anos de implantação, pelo governo do Estado, do Programa Polo Joalheiro, que entre os inúmeros resultados já obtidos abriu mercado para o profissional de design de joias, criou o conceito de Joia do Pará, conhecido e referendado no Brasil e em vários países, e consolidou o Espaço São José Liberto como uma atração turística, cultural, histórica e comercial.

Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...