Total de visualizações de página

terça-feira, dezembro 20, 2011

Fundo Ver-o-Sol certifica mais de cinco mil pessoas





Mais de cinco mil pessoas compareceram na tarde de segunda-feira (19) para a última certificação promovida em 2011 pela Prefeitura de Belém, por meio do Fundo Ver-o-Sol. O evento foi realizado no Hangar – Centro de Convenções da Amazônia, e teve atrações musicais, sorteios de prêmios aos concluintes, além da presença da chamada “Mesa de Oportunidades”, parceria estabelecida entre o Fundo Ver-o-Sol e empresas de diversos segmentos, que receberam no evento o currículo dos alunos qualificados pelo órgão, para uma possível contratação. A cerimônia contou com a presença do prefeito de Belém, Duciomar Costa e do coordenador do Fundo, Helder Mello.
 Na abertura do evento, o prefeito ressaltou a importância da parceria com as Instituições de Ensino Superior (IES) para tornar realidade o projeto de qualificação. Não é fácil convencer uma instituição de ensino superior a apoiar uma iniciativa da Prefeitura, mas hoje praticamente todas são nossas parceiras, graças ao excelente trabalho desenvolvido pelo Fundo, que oferece a esses jovens uma semente de oportunidade, que deve ser agarrada para que essa juventude tenha um futuro melhor. Tenho muita alegria e sempre faço questão de participar desse momento porque vocês são todos vencedores e estão de parabéns”, disse o prefeito aos alunos concluintes dos cursos.
 A professora Isabel Amazonas, diretora da Faculdade Integrada Brasil Amazônia (Fibra) e representante das IES parceiras do Fundo Ver-o-Sol, agradeceu à PMB em nome das Instituições e ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelo Fundo. “Firmou-se entre as Instituições e a Prefeitura um elo de respeito e de admiração mútuos. É inquestionável o alcance que o projeto desenvolvido pelo Ver-o-Sol tem hoje. Esse projeto tem uma visão de futuro fantástica e um compromisso social de imensas proporções”, destacou.
 O Coordenador Geral do Fundo Ver-o-Sol, Helder Mello, incentivou os alunos a manter a busca pelo conhecimento: “É importante que vocês tenham foco, e saibam aonde querem chegar. Vocês sempre vão ser capazes de melhorar a condição de vida na qual estão, por isso é preciso que sejam ousados e sonhem alto”, disse Helder, ressaltando que essa foi a 36ª vez que o Fundo Ver-o-Sol certificou os munícipes de Belém. Ao todo, foram ofertados 57 cursos em diferentes áreas, com a participação de quase 30 mil pessoas, que receberam diploma de certificação nas quatro festas de entrega de certificados que aconteceram ao longo de 2011.
 Participaram ainda o diretor geral da Faculdade Ideal (Faci), João Messias, o diretor geral da Sistec Informática, Francisco de Paula, o representante do Centro de Ensino Superior do Pará (Cesupa), Rodrigo Lisboa, a vice-diretora da Faculdade de Belém (Fabel), Jacqueline Khaled e o representante dos estudantes que realizaram os cursos do Fundo Ver-o-Sol, Diego Barros, entre outras autoridades.
 Apesar de ter apenas 18 anos de idade, Diego Barros já participou de seis cursos oferecidos pelo Fundo Ver-o-Sol e pretende realizar outros cursos no ano que vem. “Durante o decorrer de todos os cursos de capacitação que eu fiz, o Fundo Ver-o-Sol me proporcionou não só o crescimento profissional, mas também o meu crescimento como ser humano”, destacou. Ele também elogiou a iniciativa de reunir empresas no evento para receber os currículos dos alunos: “Essa é uma oportunidade maravilhosa para inserir os alunos no mercado de trabalho. Eu já entreguei o meu currículo para várias empresas”, revelou.
 Emanuelle de Almeida tem 11 anos de idade e estudou Informática Básica. Desde cedo, a jovem diz reconhecer a importância da qualificação profissional em sua vida. “Eu adoro informática, e quando soube do curso ofertado pelo Fundo Ver-o-Sol, pedi para que a minha avó me matriculasse. O curso foi muito importante para o meu desenvolvimento e sei que ele vai fazer a diferença no meu futuro”, acredita a jovem.
 Assim que soube dos cursos oferecidos gratuitamente pelo Ver-o-Sol, Ana Aragão, de 47 anos, fez questão de se matricular juntamente com toda sua família. Ela já participou dos cursos de Informática Básica e Gestão Empreendedora, enquanto o filho e a sobrinha fizeram os cursos de Gestão Empreendedora e Espanhol. “A prefeitura disponibilizou vários cursos em diversas áreas, e eu acho isso maravilhoso. Só tenho a agradecer ao prefeito e a toda equipe envolvida nesse projeto. Nenhum prefeito de Belém fez o que o Duciomar está fazendo. Eu não errei no meu voto ao elegê-lo”, declarou.
  
Texto: Cléo Soares e Monique Igreja
Fotos: Elivaldo Pamplona
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...