Total de visualizações de página

quinta-feira, dezembro 01, 2011

Seminário Estadual de Educação Fiscal discute cidadania

O Governo do Estado e a Delegacia da Receita Federal do Brasil (RFB) em Belém promovem, nesta sexta-feira, 2 de dezembro, no auditório do Convento dos Mercedários, à Rua Gaspar Viana, a partir das 8 horas, o Seminário Estadual de Educação Fiscal voltado para professores, alunos e pessoas interessadas no tema.
O encontro é organizado pelo Grupo Estadual de Educação Fiscal,  composto por servidores da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefa), Secretaria Estadual de Educação (Seduc), Secretaria Estadual de Integração, Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Seidurb), Centro de Treinamento Regional da Esaf no Pará (Centresaf) e RFB.
O Seminário vai contar com a presença do gerente do Programa Nacional de Educação Fiscal e auditor da Receita Federal do Brasil, Eugênio Celso Gonçalves, que vai falar sobre Educação Fiscal para Cidadania. Também será discutido o tema Educação Fiscal e a Qualidade do Gasto Público, com o diretor geral da  Escola de Administração Fazendária (Esaf), Alexandre Ribeiro Motta. Na ocasião haverá a premiação dos alunos e escolas vencedores do Concurso Estadual de Redação.
Os vencedores do concurso são:
Categoria I - Ensino Fundamental
2º Lugar - Escola “EEEF Profª Ida Oliveira”, aluna Adrielle Cardoso Paiva, Série: 4ª etapa / Professor/Orientador: Dilza Nascimento Silva
1º Lugar – Escola: “EEEF Sementinha do Saber” - Município de Bragança, Aluno Renivan Farias Alves, Série: 8ª Série / Professor/Orientador: Eliana de Nazaré Ramos de Souza
Categoria II - Ensino Médio
2º Lugar – Escola: “EEEFM  Profª Isabel Amazonas”, Aluna Talissa Cristina Matos dos Reis, Série: 1º ano / Professor/Orientador: Ângela Maria Feitoza
1º Lugar – Escola: “EEEFM Vilhena Alves”, Aluna Karolyne Mendes de Melo, Série: 1º ano / Professor/Orientador: Marlúcia Martins Carneiro

Texto:
Ana Márcia-Sefa
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...