Total de visualizações de página

quarta-feira, dezembro 14, 2011

@ TURISMO...

Paratur discute ação para
revitalizar entorno
de praças no Reduto
Os registros de assaltos e outras ocorrências no entorno das praças Magalhães e Waldemar Henrique e na área de desembarque de turistas que chegam do Marajó e outras regiões no porto da CDP motivaram a Companhia Paraense de Turismo (Paratur) a buscar parcerias para solucionar o problema. Uma reunião na última segunda-feira (12), no auditório da Paratur, envolveu representantes de órgãos de segurança, assistência social, saneamento, meio ambiente, ordenamento urbano e até abastecimento de água.
Eles agora fazem parte de um grupo que busca reduzir a incidência de moradores de rua, criminosos e outros que perturbam quem passa naquele local, especialmente os turistas. Mais de 20 pessoas participaram do encontro. Na oportunidade foram apresentados dois projetos de revitalização e infraestrutura das praças. O primeiro é da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e prevê revitalizar a praça Magalhães, que concentra o maior número de moradores de rua da capital e é palco de uso de drogas e álcool, vandalismo, assaltos e até mortes.
“O projeto prevê revitalizar a praça e minimizar os problemas naquela área”, disse o técnico da Semma Diogo Alves. Segundo ele, a revitalização vai envolver a recuperação dos equipamentos de lazer e iluminação, com luminárias fluorescentes, recuperação dos banheiros públicos, paisagismo e a inclusão de bancos e lixeiras de madeira de lei. Também será feita uma articulação com a Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) para averiguar a possibilidade da implantação de uma academia ao ar livre na praça.
A Paratur, além de ser articuladora dos parceiros para implementação de projetos de valorização do espaço que garantam bem-estar e tranquilidade aos turistas, também vai implementar um projeto de revitalização do parque onde funciona sua sede e o Posto de Informações ao Turista. Será extensivo à praça onde funciona o African Bar, empreendimento parceiro das mudanças naquela área.
A delegada Soraia Franco, responsável pelo Setor de Segurança Turística da Paratur, ressaltou que desde o início deste ano várias ações foram executadas visando dar mais segurança aos visitantes, a exemplo da implantação do Posto de Segurança Turística no Aeroporto Internacional de Belém. Câmeras de vigilância em vários pontos turísticos também foram instaladas, a partir de uma articulação da Paratur com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).
“O papel da Paratur é articular parcerias para garantir que o turista e também os que vivem aqui tenham mais segurança. Essa parceria com os órgãos de segurança e outros envolvidos vem para dar essa garantia”, disse Soraia, que juntamente com a presidente da Associação de Funcionários da Paratur, Laélia Borges, trabalha na articulação de parceiros para os projetos.
A área da assistência social foi representada na reunião pela Fundação Papa João XXIII (Funpapa), que tem uma linha de atuação junto aos moradores de rua. “Inicialmente pensamos em uma ação de cidadania para trabalhar a inclusão social dessas pessoas. Já que não conseguimos sensibilizá-los a voltar para a família temos que ter outras alternativas”, observou a representante da Funpapa, Justifica Andreia Alves.
O presidente da Paratur, Adenauer Góes, disse que o trabalho articulado entre todos os parceiros vai trazer resultados positivos não só para a área do turismo, mas para toda a sociedade paraense, que se ressente de ver uma área nobre da cidade com tantos problemas que repercutem na imagem turística do Pará.

Texto:
Benigna Soares-Paratur
Paratur e EGPA entregam
certificados de
capacitação em turismo
Aconteceu na manhã desta terça-feira (13) a solenidade de certificação dos 75 servidores da Companhia Paraense de Turismo (Paratur) que concluíram cursos de qualificação pelo Plano Emergencial de Qualificação Profissional, oferecido em parceria com a Escola de Governo do Pará (EGPA). O evento ocorreu no auditório da Paratur.
A servidora da Paratur Rita de Cássia Moreira representou os demais colegas de trabalho e elogiou o que chamou de “novo modelo de gestão do governo do Estado orientando para melhores resultados. É um modelo que apresenta mudanças e que se volta à qualidade dos serviços prestados”, disse.
A entrega de certificados finalizou a primeira etapa do termo de cooperação técnica firmado entre a EGPA e Paratur, relacionado ao Plano Emergencial de Qualificação Profissional, que envolveu 15 municípios, entre eles Belém, com a qualificação de 1.330 pessoas nas áreas de gestão de negócios, manipulação de alimentos, roteiros turísticos, qualidade no atendimento, informática e elaboração de projetos, entre outros.
Os cursos voltados aos servidores e ainda aos policiais da Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur) visam a melhoria dos serviços turísticos prestados à população. Entre os concluintes, 64 são funcionários da Paratur e onze, da Ciptur. O diretor geral da EGPA, Rui Martini Filho, disse que a parceria com a Paratur irá além da qualificação executada nesta primeira etapa de cooperação, chegando a cursos de especialização e possivelmente até mestrado nos próximos anos.
“É importante se discutir a formação técnica. O técnico precisa estar em sala de aula e precisa de oportunidades como esta que a Paratur ofereceu. Este é o único caminho para a melhoria do serviço público. A EGPA está de portas abertas à Paratur e seus servidores”, asseverou, lembrando que a qualificação oferecida envolveu cursos de relações interpessoais, elaboração de projetos para captação de recursos, informática, oratória, contabilidade e gestão ambiental.
"O curso foi muito bom. Como funcionário eu precisava estar atualizado na formatação para elaborar projetos para captação de recursos das esferas estadual e municipal, assim como de empresas privadas, tanto como pessoa física ou jurídica", disse o assistente do Núcleo de Planejamento da Paratur e concluinte do curso de elaboração de projetos para captação de recursos, Newton Rodrigues.
O presidente da Paratur, Adenauer Góes, destacou que o Plano Estratégico do Turismo do Pará, lançado dia 11 de novembro, e o Plano Estadual de Qualificação Profissional do Turismo são ações que se somam ao Plano Emergencial. “Vamos garantir a qualificação de mais de dez mil profissionais em 68 municípios do Pará entre 2012 e 2015”, informou ele, que nesta quarta-feira (14) faz a certificação de novos profissionais capacitados em Santarém, e sexta-feira (16) em Paragominas.
Em Santarém a solenidade de entrega de certificados aos 63 concluintes dos cursos do Plano Emergencial de Qualificação Profissional acontece às 10 horas, no auditório da Casa de Cultura. No município de Paragominas, a qualificação profissional foi feita em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). A entrega dos certificados aos 58 concluintes nos cursos de qualidade no atendimento, camareira e recepcionista de hotel acontece às 15h30 no auditório Inocêncio Oliveira, localizado no Parque de Exposição Agropecuária de Paragominas.

Texto:
Benigna Soares-Paratur

Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...