Total de visualizações de página

quarta-feira, setembro 26, 2012

Governo faz ações do Plano Estadual de Enfrentamento ao Álcool e outras drogas


O Estado do Pará está implementando ações para a criação do Plano Estadual de Enfrentamento ao Álcool e outras Drogas. O principal objetivo é ampliar os tratamentos de saúde e atenção aos usuários de droga, com investimentos também na prevenção ao problema, com a capacitação de profissionais das áreas de saúde, educação e segurança. A capacitação foi levada para o município de Moju, onde iniciaram na manhã desta quarta-feira, 26 - e seguem nos próximos três dias - palestras e oficinas voltadas para a temática.
Durante este período, profissionais das secretarias estaduais de Saúde, Assistência Social (Seas), Segurança e Justiça e Direitos Humanos e Casa Civil, repassarão para a rede de serviço do município orientações sobre como o Estado atua no enfrentamento às drogas. “A nossa meta é fazer que ao final destas palestras surja uma grande parceria entre estado e município em torno de uma causa que vem trazendo preocupação”, disse Norma Barbosa, coordenadora de coordenadora de Média Complexidade da Seas.
O assessor técnico da Coordenadoria da Casa Civil, Evandro Neves, ressaltou que o interesse dos profissionais que estão passando pela capacitação tem sido relevante. “Nós percebemos que eles sentem essa necessidade de saber como agir e para onde encaminhar os casos relacionados a álcool e outras drogas. eles mostraram que estão abertos à discussão e dispostos a enfrentar esta problemática em parceria com o governo”.
Para o policial Militar Gleidson Souza, que atua há 18 anos no interior, as palestras têm sido muito bem-vindas. “É muito importante receber esse tipo de orientação e de conhecimento. Às vezes, nós temos que enfrentar alguns casos e não sabemos qual encaminhamento deve ser dado. Com certeza essas oficinas trarão um grande aprendizado para nós”.
A secretária de assistência social de Moju, Kilma Miranda, também comemorou a iniciativa. “Nós recebemos muitos casos de pessoas que são dependentes de drogas e precisam de um auxílio.Geralmente nós só encaminhávamos esses casos para o Creas (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), mas agora tenho confiança de que muita coisa vai mudar, já que eles estão mostrando pra gente que há um leque de opções, disse. Após passar pelo município de Moju, os servidores do governo seguem para Rondon do Pará, onde ministrarão novas palestras e oficinas nos dias 17, 18 e 19 de outubro.

Texto:
Bruna Campos-Secom
Fone: (91) 3202-0923 / (91) 9306-0990
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...