Total de visualizações de página

quinta-feira, setembro 20, 2012

Notícias da tarde desta sexta, dia 21 de setembro





PGE e Sead anunciam anulação do concurso da Polícia Civil
O procurador geral do Estado e a secretária de Estado de Administração, Alice Viana, dão entrevista coletiva nesta sexta-feira (21), às 17 horas, na sede da Procuradoria Geral do Estado (PGE), sobre o concurso púiblico da Polícia Civil, cuja prova foi aplicada no último fim de semana e sofreu uma tentativa de fraude. Será anunciada, na ocasião, a anulação do certame e as providências que serão tomadas para garantir a salvaguarda dos direitos dos candidatos inscritos. Mais informações sobre a ação policial qe impediu a fraude na Agência Pará: www.agenciapara.com.br.





SORTEIO DE NAZARÉ: Catedral vai
sortear 3 imagens da Virgem
na missa de domingo

 
A Pastoral do Dízimo estará realizando o sorteio de 03 imagens de Nossa Senhora de Nazaré, nas missas do próximo domingo (23), nos horários de 07h, 09h e 19 horas. O sorteio faz parte da celebração religiosa que é realizada todo 3º domingo de cada mês dedicada para homenagear os dizimistas da Catedral Metropolitana de Belém. Para participar do sorteio, basta chegar um pouquinho antes do horário das missas e pegar seu número com os agentes da pastoral que estarão identificados pela igreja.
Quem sabe você não leva para a sua residência uma imagem abençoada de Nossa Senhora de Nazaré?
Venha para a Santa Missa e participe do sorteio.



Secult apresenta os destaques
da Feira do Livro




 
  



Na manhã desta quinta-feira (20) a Secretaria de Estado de Cultura (Secult) apresentou para a imprensa as principais atrações da XVI Feira Pan-Amazônica do Livro. A coletiva aconteceu no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia e reuniu o secretário de cultura, Paulo Chaves, que respondeu a perguntas dos repórteres; a diretora de Cultura da Secult, Ana Catarina Brito e o representante da Associação Brasileira de Difusão do Livro (ABDL), Robério Silva. Dentre as notícias divulgadas sobre o evento, a presença de Simão Jatene em um dos seminários e a participação da Liga Brasileira de Editoras (Libre) foram os destaques.

Segundo Paulo Chaves, o governador é um dos convidados a participar do encontro “Literatura e Sustentabilidade”, realizado pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), o qual acontece no sábado (22) a partir das 11 horas da manhã no auditório Eneida de Moraes, no primeiro andar do Hangar. “A questão ambiental é uma das principais pautas de discussão na Amazônia e o tema está em discussão nesta edição da Feira do Livro”, disse o secretário.

A Libre é um grupo de editoras independentes que reúne um material que não é foco de interesse das grandes editoras do mercado. Robério Silva explicou que o grupo se recusa a participar da Bienal do Livro de São Paulo e da Feira Literária do Rio de Janeiro, realizando um evento paralelo, a Primavera do Livro. Sobre a participação da Libre na Feira do Livro Paulo Chaves comemorou: “além de ser um grupo que apresenta um material muito bem editado, com qualidade editorial, a presença deles tem certo sabor de clandestinidade, da leitura alternativa, que me agrada muito. Eu não sei qual a simpatia que eles tiveram conosco para participarem da nossa feira, mas acho muito bom”, exaltou.

Um dos questionamentos dos repórteres presentes foi sobre a segurança nos 10 dias do evento. Paulo Chaves afirmou que 320 seguranças particulares foram contratados e que a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros estarão presentes para garantir a paz no decorrer da feira. Além disso, haverá controle no acesso ao Hangar por meio de detectores de metais.

Outro assunto que estimulou o secretário foi a comparação numérica entre a edição do ano passado e a deste ano. Em 2011 o total de estandes foi de 215, este ano são 223. Ano passado 430 mil pessoas visitaram a feira, em 2012 a expectativa é receber 450 mil. Na edição passada 85 mil livros foram expostos e 450 editoras estavam representadas, na XVI edição são 90 mil títulos e 500 editoras. Paulo Chaves não sabe como vai ser ano que vem, já que a feira cresce, mas o Hangar continua do mesmo tamanho. “Quem sabe a gente constrói outro Hangar?”, brincou o secretário ao celebrar as informações.

A movimentação financeira da Feira Pan-Amazônica do Livro do ano passado chegou a superar os R$ 13 milhões, a perspectiva é que neste ano ultrapasse os R$ 14 milhões. O Governo é um dos agentes deste faturamento, por meio do Cred Livro, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) investe R$ 4,4 milhões para a formação dos professores estaduais, que recebem uma verba de R$ 200 cada para utilizar na feira.

Outra surpresa divulgada na coletiva foi a mudança da data da Feira em 2013. No ano que vem o evento irá acontecer no primeiro semestre. Segundo Paulo Chaves a feira muda de período junto com o Festival de Ópera. A mudança foi motivada pelo calendário artístico dos cantores de ópera. Conforme explicou o secretário, os principais artistas de ópera possuem um calendário extenso de apresentação no período de inverno do hemisfério Norte, que é no segundo semestre, por isso, para garantir a participação deles no evento paraense, foi necessário adaptar as datas e desta forma a mudança acontecerá. Outra novidade divulgada é a realização de uma feira específica para os livros em quadrinho, que acontecerá também em 2013.
Texto:
Julia Garcia-Secom

Dezesseis municípios participam
da 3ª etapa dos Jogos Abertos do Pará

Atletas dos municípios de Castanhal, Mãe do Rio, Maracanã, Cametá, Igarapé-Miri, Irituia, São Miguel, Marituba, São Domingos do Capim, Santo Antônio do Tauá, Terra Alta, Santa Maria do Pará, Vigia, Tailândia, São Francisco do Pará e Santa Izabel participam, até o próximo domingo (23), da terceira etapa regional dos Jogos Abertos do Pará. A abertura do evento aconteceu na noite desta quarta-feira (19), no ginásio municipal Loiola Passarinho, em Castanhal, cidade sede dos jogos.

Durante a cerimônia, as delegações de atletas entraram com a bandeira de cada município, entoaram o hino nacional, acenderam o fogo simbólico dos jogos e fizeram o juramento. Os jogos começaram na manhã desta quinta-feira (20). Os times vencedores de cada modalidade (atletismo, basquetebol, handebol, futsal, voleibol, vôlei de praia e futebol de areia) vão disputar a fase estadual dos Jogos, que está prevista para acontecer em Belém, no mês de novembro, quando cerca de 800 participantes serão recebidos na cidade.

O foco do evento, que é promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), é valorizar, incentivar e integrar os atletas dos 144 municípios paraenses. Na tarde de hoje (20) será realizado um congresso técnico entre a organização e as delegações participantes, que discutirão, entre outros assuntos, as modalidades esportivas individuais que serão disputadas nesta etapa dos Jogos Abertos do Pará.
Texto:
Angela Bazzoni-Seel
Fone:  / (91) 8883-5649
Email: ascomseel22@gmail.com

CredCidadão irá liberar até o final
deste ano R$ 12 milhões
em financiamento








No dia 31 de agosto, o programa de microcrédito do Governo do Estado do Pará, o CredCidadão, foi retomado. O programa tem como principal objetivo conceder crédito ágil, acessível e adequado para a criação, o crescimento e a consolidação de empreendimentos dos setores formal e informal - pessoas físicas e jurídicas, localizadas no Estado do Pará. O CredCidadão vai liberar, até o final deste ano, R$ 12 milhões em financiamento para criação e fomento de pequenos empreendimentos no estado. O programa reinaugurou com novas linhas de crédito e com seis unidades regionais distribuídas em todo o estado. A linha de crédito convencional empresta de R$ 10 a R$ 100 mil, com taxa de juros que varia até 1%.

O programa também criou novas linhas de financiamento que dão crédito específico para três categorias: mototaxistas; batedores de açaí e pessoas que residem em municípios atingidos pelas obras de Belo Monte. Para os batedores de açaí o limite de crédito é de R$ 8 mil, para os mototaxistas é de R$ 7 mil e para moradores da área de Belo Monte, R$ 3 mil. O que é igual para os três é a taxa de juros de 0,5%. Segundo a assessora operacional do CredCidadão, Girlene Brazão, até agora, a procura maior pela abertura de crédito foi para a categoria de mototaxistas. Somente no município de Marituba, mais de 30 profissionais procuraram o programa, tiveram o crédito concedido e investiram em motos e equipamentos novos. Abaixo, a assessora operacional do CredCidadão, responde as principais dúvidas relacionadas ao programa:

- O que é o programa CredCidadão?
É um programa de microcrédito do Governo do Estado do Pará, para criação e crescimento de pequenos empreendimentos no Estado.

- Qual a diferença do CredCidadão para o CredPará?
O Programa CredPará iniciou suas atividades em janeiro de 2008, dando continuidade ao pioneiro Banco do Cidadão, precursor do microcrédito solidário atendido pelo Governo do Estado do Pará, que teve seu início em maio de 2004. Hoje, o programa foi retomado com o nome CredCidadão.

- Qual o principal objetivo do programa?
Tornar o crédito uma ferramenta efetiva no fortalecimento do empreendedorismo para gerar trabalho, renda e qualidade de vida. Conceder crédito ágil, acessível e adequado para a criação, o crescimento e a consolidação de empreendimentos dos setores formal e informal - pessoas físicas e jurídicas, localizados no Estado do Pará.

- Quais são os critérios e quem pode aderir ao programa?
É necessário ser maior de 18 anos, residir há pelo menos dois anos no Estado do Pará; estar livre de restrições junto ao SPC, Serasa, Receita Federal, possuir avalista com renda comprovada para os que vão solicitar o crédito de forma individual e, para os que vão solicitar em grupo, estes devem fazer parte de organização social legalizada.

- Quais são os juros para quem aderir às linhas de crédito do programa?  
0,5% ao mês, para iniciantes, integrantes de programas sociais, maiores de 65 anos e portadores de necessidades especiais; 1% ao mês para empreendedores com mais de seis meses na atividade.

- Qual o prazo para fazer o pagamento?
Até 18 meses para pagamento, podendo ter até 12 meses de carência.

- O que pode financiar?
Capital de giro: para aquisição de mercadorias, matérias-primas, insumos e serviços. Capital fixo: destinado à aquisição de ferramentas, máquinas, equipamentos; recuperação e/ou conserto de máquinas e veículos utilitários e ainda, pequenas reformas no empreendimento e Capital Misto para solicitações de giro e fixo simultaneamente.

- Quais são os documentos necessários para abrir a linha de crédito?
Pessoa Física: RG, CPF, comprovante de residência (atualizado), comprovante do endereço do empreendimento (atualizado) - originais e cópias para o titular e cônjuge.
Pessoa jurídica (empresa): Contrato social, CNPJ, RG, CPF e Comprovante de residência (de cada sócio) - originais e cópias para o titular e cônjuge. Para o avalista: RG, CPF, Comprovante de residência (atualizado), comprovante de renda (Carteira de trabalho e contra cheque ou declaração de imposto de renda ou decore por contador registrado em conselho) - originais e cópias para o titular e cônjuge.

- Quais são os limites de crédito?
Iniciantes (até seis meses de atividade): Até R$ 2.000,00
Para empreendedores com acesso ao primeiro crédito (com mais de 6 meses de atividade): Até R$ 5.000,00 e a partir do 2º crédito: Até o limite de R$ 10.000,00.

- Como funcionam as três novas linhas de crédito abertas para mototaxistas, batedores de açaí e moradores atingidos pela usina de Belo Monte?
O valor para o crédito irá variar dependendo de cada categoria. No caso dos batedores de açaí, o limite será de R$ 8 mil, com renovações de acordo com as linhas convencionais do programa. O benefício poderá ser adquirido por pessoas físicas e jurídicas, maiores de 18 anos, que residam no mínimo há dois anos no município demandante do crédito, que tenham um faturamento bruto anual limitado a R$ 120 mil, que não possuam restrições cadastrais e que sigam as regulamentações da Vigilância Sanitária e do Ministério Público. Para os mototaxistas, o objetivo do crédito é possibilitar maior segurança e organização entre a categoria, que somente no Pará soma mais de 35 mil profissionais. O valor do crédito para este segmento será de até 70% do valor do veículo novo e até 100% dos demais equipamentos, respeitando o limite máximo de R$ 7 mil. Só poderão ter acesso à linha de crédito os mototaxistas que façam parte de uma organização social legalmente constituída e que estejam devidamente habilitados. No caso das pessoas que residem nos municípios atingidos pelas obras da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, o limite do crédito será de R$ 3 mil. É necessário residir na área de abrangência do projeto há pelo menos dois anos e ter um faturamento bruto anual limitado a R$ 120 mil.

- Quais são os municípios conveniados com o Programa CredCidadão?
Água azul do Norte, Alenquer, Almeirim, Anajás, Ananindeua, Aveiro Barcarena, Belterra, Benevides, Bragança, Breves, Cametá, Capanema, Conceição do Araguaia, Eldorado dos Carajás, Floresta do Araguaia, Goianésia do Pará, Igarapé-Miri, Itaituba, Jacareacanga, Jacundá, Juruti, Marabá, Moju, Monte Alegre, Muaná, Novo Progresso, Óbidos, Oriximiná, Pacajá, Prainha, Redenção, Rurópolis, Santa Bárbara do Pará, Santa Maria das Barreiras, Santarém, São Félix do Xingu, São Miguel do Guamá, Sapucaia, Soure, Tucumã e Xinguara.
Texto:
Bruna Campos-Secom
Fone: (91) 3202-0923 / (91) 9306-0990

Solenidade de formatura dos
novos sargentos do Corpo de
Bombeiros Militar do Pará

Será realizada nesta sexta-feira, (21), às 9h no Quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Pará, a Solenidade cívico-militar alusiva à conclusão do Curso de Formação de Sargentos do Corpo de Bombeiros Militar do Pará. O evento será presidido pelo Secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes Rocha. A turma dos novos Sargentos do Corpo de Bombeiros Militar do Pará que conclui o curso foi formada no Centro de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização “Maj BM Henrique Rubim” (CFAE), localizado no município de Ananindeua/PA, no período de 13 de fevereiro a 21 de setembro de 2012. O curso teve uma carga horária total de 800 horas/aula.

A turma do Polo CFAE/Ananindeua foi composta por 123 alunos, sargentos do CFS/BM (Curso de Formação de Sargentos BM Combatentes), e 65 sargentos do CFS/COV (Curso de Formação de Sargentos Condutores e Operadores de Viaturas). O curso também foi realizado em Santarém (Polo Santarém), com uma turma de 12 alunos do CFS/BM (combatentes) e 11 do COV (condutor de viaturas), com formatura realizada nesta quinta-feira, 20. Em Marabá (Polo Marabá) foram formados 17 alunos do CFS/BM (combatentes) e 07 COV (condutor de viaturas). A solenidade de formatura do Polo Marabá acontece também nesta sexta-feira (21), às 19h, em Marabá.

Durante a solenidade, o sargento Erlon Lopes Gonçalves, pertencente ao Polo Ananindeua, será condecorado pelo secretário de Estado de Segurança Pública, com a medalha tenente coronel Francisco Feliciano Barbosa - Dedicação ao Estudo. No total, o Corpo de Bombeiros Militar do Pará estará formando 152  novos Sargentos BM do quadro de combatentes e 83 novos sargentos BM do quadro de condutores e operadores de viaturas, somando-se os Polos de Ananindeua, Marabá e Santarém. A turma do Curso de Formação de Sargentos BM/2012 leva o nome do Sargento BM  Laércio da Silva Cardoso (In Memorian).

Dia da Saúde do Adolescente
é lembrado em seminário

Alusivo ao Dia Nacional da Saúde do Adolescente, lembrado neste sábado, 22, profissionais da saúde e da educação de Ananindeua, Belém, Benevides, Marituba e Santa Bárbara do Pará discutiram serviços, atenção integral e ampliação de políticas públicas voltadas para este grupo durante o “Seminário de integração do Programa Saúde na Escola (PSE) e Caderneta de Saúde do Adolescente”,  realizado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), na Escola de Governo do Pará.

O seminário é o segundo organizado pela Sespa só este ano. O primeiro aconteceu em agosto, em Castanhal, e reuniu profissionais dos municípios abrangidos pelo 3º Centro Regional de Saúde. Segundo a coordenadora estadual de Saúde do Adolescente, Vera Canto, esses encontros vão continuar em outras regionais para que os participantes de todo o Estado tenham iguais condições de trocar experiências sobre a Implementação do Programa Saúde na Escola, associado à adoção da caderneta de saúde do adolescente, cuja distribuição tem sido feita pela secretaria aos estabelecimentos de ensino público de 45 municípios já incluídos no Programa. Formulado pelo Ministério da Saúde, o documento visa esclarecer os jovens sobre três importantes eixos: violência; crescimento e desenvolvimento, educação sexual e reprodutiva, álcool e outras drogas.

Entre os palestrantes do seminário estiveram o doutor em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano, Alessandro Santos, da Universidade de São Paulo (USP), que falou sobre “Projetos de Vida para a Juventude”; a assistente social da Sespa, Elisena Uchôa, que abordou “Prevenção ao Álcool, Tabaco e Outras Drogas”, e Milene Veloso, psicóloga e docente da Universidade Federal do Pará (UFPA), que discorreu sobre “A violência e seus impactos no contexto escolar”. Para Vera Canto, esses momentos de integração são importantes, uma vez que priorizam ações conjuntas envolvendo médicos, enfermeiros, assistentes sociais, educadores e toda a sociedade civil, para as questões que envolvem gênero, equidade e saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e jovens, sob a ótica do impacto no contexto escolar.

“Durante a adolescência surgem muitas dúvidas e esses questionamentos são abordados na caderneta, que possui cerca de 50 páginas com espaço para anotações de atendimento e a prestação de informações sobre saúde sexual e reprodutiva, alimentação, puberdade, o perigo das drogas e os cuidados necessários nessa faixa etária da população. Também não deixa de ser uma continuidade à caderneta da criança, pela qual se pode acompanhar o desenvolvimento e crescimento até a fase adulta", explica Vera.

As estatísticas locais envolvendo agravos com adolescentes também colocam os participantes desses seminários em alerta, uma vez que o Estado possui o maior índice de gravidez na faixa etária dos 12 aos 17 anos no Brasil. Relatório publicado em 2011 pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) aponta que a gravidez precoce afeta no País uma média de 2,8% da população de adolescentes. No Pará, esse percentual chega a quase dobrar, alcançando 4,6% de jovens grávidas. Em relação ao cenário nacional, 11% da população na faixa etária de 12 a 17 anos representam mais de 21 milhões de pessoas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

De acordo com Vera Canto, na segunda quinzena de outubro serão distribuídas as cadernetas para mais 60 municípios que também serão capacitados. “Nesta segunda etapa serão distribuídas cerca de 120 mil cadernetas. Destes, também vamos redistribuir mais 50 mil para aqueles com demanda maior. E digo mais: não basta apenas entregar a caderneta para o adolescente na escola, precisamos capacitar e sensibilizar estes adolescentes, professores, profissionais de saúde e familiares para acompanhar o desenvolvimento destes adolescentes e, assim, conseguirmos a promoção e a prevenção de agravos", destacou.

O Seminário de integração do Programa Saúde na Escola e Caderneta de Saúde do Adolescente abriu os preparativos para a seleção das experiências a serem enviadas para o evento nacional, que acontecerá em 2013. Serão apresentadas as ações do PSE e avaliados os resultados da caderneta junto aos municípios do Estado. Além do seminário, nesta sexta-feira, 21, acontecerá na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Antonia Paz da Silva, em Belém, o “Seminário do Dia Nacional de Saúde do Adolescente e Jovem – Fazendo Educação e Saúde com Arte”. As atividades acontecerão de 8h30 às 12 horas, sendo que o ponto alto da programação será formado por apresentação dos estudantes que participam do projeto “Mais Educação” e dos integrantes do coletivo “Cosp Tinta”, com demonstrações de grafitagem.

Serviço: Informações mais detalhadas sobre a caderneta e demais eventos sobre o tema podem ser solicitadas pelo fone 4006-4292 e/ou pelo e-mail saude.adolescente@yahoo.com.br
Texto:
Mozart Lira-Sespa

Tudo pronto para a XVI Feira
Pan Amazônica do Livro


Começa nesta sexta-feira, 21, o maior evento literário do Norte e Nordeste do país: a XVI Feira Pan Amazônica do Livro. Idealizado e desenvolvido pelo Governo do Estado, por intermédio da Secretaria Especial de Promoção Social, o evento é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura e acontece até o dia 30 de setembro, no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, e estará aberto ao público diariamente, das 10h às 22h.

Este ano a programação da Feira do Livro homenageia Portugal e o maestro santareno Wilson Dias da Fonseca, patrono do evento. A escolha do país homenageado pela Secult se deve às celebrações do Ano de Portugal no Brasil, que prevê uma série de eventos destinados a promover a cultura e fomentar as relações comerciais entre as duas nações, estendendo-se até 10 de junho de 2013, quando é festejado o dia de Portugal, Camões e das Comunidades Portuguesas.

Já a homenagem ao Mestre Isoca, como carinhosamente era chamado o músico Wilson da Fonseca, falecido em 2002, é o reconhecimento a um dos maiores autores que o Pará já teve em todos os tempos. O maestro compôs mais de 1.600 músicas ao longo de sua vida, sendo autor de inúmeras peças eruditas e de “Poema de Amor”, uma das composições mais conhecidas no Estado.

Além de ter a sua disposição mais de 90 mil títulos, de 500 editoras brasileiras, que ficarão em exposição em 223 estandes nos dez dias do evento, os visitantes da Feira do Livro terão uma vasta programação cultural, que incluem os seminários do País e do Escritor Homenageado, com a participação dos portugueses Jorge Couto, Angela Maria Vieira Dominguez e Maria Adelina Amorim, e dos brasileiros Angela Dutra de Menezes, Amarílis Tupiassu, Lenora Brito, Eliana Cutrim, Humberto Azulay e dos filhos de Wilson Dias da Fonseca, Vicente Malheiros e José Agostinho da Fonseca Neto.

Encontros Literários - Durante a programação ocorrerão, ainda, os tradicionais Encontros Literários com grandes autores regionais, nacionais e de Portugal. Estarão presentes Lídia Jorge e Gonçalo Tavares, de Portugal, Ariano Suassuna, Paulo Sérgio Valle, José Luis Peixoto, Joca Terron, Luis Fernando Veríssimo, Martha Medeiros e Lucas Figueiredo, do Brasil. Dos Encontros Literários com escritores paraenses participarão Pedro Galvão, Alfredo Oliveira, Carlos Correia Santos, Heliana Barriga, Salomão Laredo, Benilton Cruz, Grupo Fundo de Gaveta, Josete Lassance, Jacqueline Darwich, João Carlos Pereira e Ailton Silva Favacho.

Outros destaques da programação são o Salão Internacional de Humor da Amazônia, que traz as Exposições de Humor Ecológico, de Caricaturas, de Cartuns Livre e em Homenagem ao filósofo e professor Benedito Nunes, e o Festival Pan-Amazônico de Cinema – Amazônia Doc 4, com Mostras de Cinema português, Competitiva Pan-Amazônica e Rodrigueana de Cinema, esta última um tributo ao centenário de Nelson Rodrigues.

Na Sessão de Autógrafos, momento em que o leitor tem a possibilidade de conhecer de perto seu escritor preferido, além dos escritores dos Encontros Literários, o público vai interagir com o grande cartunista Maurício de Sousa, e nomes de peso do jornalismo brasileiro, como os jornalistas Sônia Bridi, Sérgio Abranches e Miriam Leitão.

Durante a XVI Feira Pan-Amazônica do Livro ocorrerão, ainda, debates, seminários, oficinas, leituras do vestibular, palestras, workshop, sarau, gincana literária, concurso de redação, Espaço Infantil, Papo Cabeça e shows culturais, onde se destacam as apresentações do grupo teatral “Caixa do Elefante”, de Porto Alegre (RS), e do guitarrista português António Chainho, um dos mais conceituados músicos daquele país.

A diretora de Cultura da Secult, Ana Catarina Brito, sugere ao público que leia a programação da Feira e monte a sua própria, agendando com antecedência os eventos dos quais pretende participar. “A programação é extensa, por isso sugerimos a todos montar e agendar a sua participação, que ser feita no site www.secult.pa.gov.br", explica a diretora. Andressa Malcher, lembrando que os seminários, palestras, encontros literários nacionais e internacionais, além de várias outras programações, prevêem este agendamento, pois quando as vagas estiverem completas não será mais possível entrar nos espaços reservados a essas atividades.

Os números

A expectativa dos organizadores é de público recorde. São esperadas 450 mil pessoas este ano, 20 mil a mais do que na edição de 2011, quando 430 mil pessoas lotaram o Hangar. Parte desse público estimado foi mobilizado nos eventos preparatórios à Feira do Livro realizados este ano. Segundo Andressa Malcher, diversas escolas do interior do Estado e da Região Metropolitana de Belém já agendaram visitas à Feira.

Em maio, foi realizado o V Salão do Livro da Região do Baixo Amazonas, em Santarém, e a Secult  promoveu, ainda, em diversas escolas de Belém e de municípios do interior, a Pan na Escola e a Pan no Município, esta última promovida em São Miguel do Guamá, Soure e Oriximiná.

Outra expectativa dos organizadores diz respeito ao volume de negócios que podem ser gerados na XVI Feira Pan-Amazônica do Livro. Estima-se que os valores com a comercialização pode chegar R$ 14,5 milhões, R$ 700 mil a mais que no ano passado, quando foram vendidos 766 mil livros, gerando negócios em torno de R$ 13,8 milhões. Do total de recursos que serão movimentados este ano, R$ 4,4 milhões virão do Cred-Livro, bônus concedido pelo Governo do Estado, via Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a professores da rede estadual de ensino para compra de livros e materiais pedagógicos.

Veja os destaques da programação
do Feira Pan-Amazônica do Livro:

HOMENAGEM A PORTUGAL E A WILSON DIAS DA FONSECA: A edição 2012 da Feira tem como país homenageado Portugal e como patrono o maestro Wilson Dias da Fonseca, o Mestre "Isoca", que se ainda estivesse vivo comemoraria 100 anos. Mestre Isoca é santareno e um dos maiores compositores do Estado do Pará. É dele a autoria de mais de 1.600 músicas, tendo parte desta produção já gravada.

24 MIL M², 223 ESTANDES E 500 EDITORAS REPRESENTADAS, INCLUINDO A LIGA BRASILEIRA DE EDITORAS (LIBRE), que pela primeira vez participa da Feira Pan-Amazônica, realizando uma edição especial da “Primavera dos Livros”, o maior encontro de editoras independentes do país, que reúne acervo de 10 mil títulos. Participarão também as revistas Cult, Piauí e Bravo. Todos os 24 mil m² do Hangar serão ocupados pelo evento.

90 MIL TÍTULOS EM EXPOSIÇÃO E NEGÓCIOS AVALIADOS EM R$ 14,5 MILHÕES: Serão 90 mil títulos em exposição, que movimentarão um volume de negócios estimados em 14,5 milhões, sendo que deste total, 4,4 milhões virão do Cred-Livro, bônus concedido pelo Governo do Estado a professores da rede estadual de ensino para compra de livros. Ano passado foram 85 mil títulos expostos em 215 estandes, e um volume de negócios de R$ 13,8 milhões, obtido com a venda de 766 mil livros.

PRESENÇA DE GRANDES ESCRITORES REGIONAIS E NACIONAIS: O público terá a chance de ver de perto grandes escritores regionais e nacionais, como Gonçalo Tavares (Portugal), Luís Fernando Veríssimo, Joca Terron, Martha Medeiros, Ariano Suassuna, Nelson Motta, e os paraenses Carlos Correia Santos, Alfredo Oliveira, Heliana Barriga, entre outros de grande importância na literatura produzida no Pará.

SALÃO DO HUMOR E MOSTRAS DE CINEMA PAN-AMAZÔNICO, RODRIGUEANO E PORTUGUÊS: Paralelamente à programação da Feira, ocorrerão o IV Salão do Humor da Amazônia, com as Exposições de Humor Ecológico, de Caricaturas, de Cartuns Livre e em Homenagem a Benedito Nunes, e o Festival Pan-Amazônico de Cinema – Amazônia DOC 4, com Mostra Competitiva, Mostra Rodrigueana, em homenagem à Nelson Rodrigues, e Mostra de Cinema Português.

INTENSA PROGRAMAÇÃO CULTURAL E SHOW DE ANTÓNIO CHAINHO: Além dos Encontros Literários com escritores regionais e nacionais haverá, ainda, intensa programação cultural, que inclui debates, seminários, oficinas, leituras do vestibular, palestras, workshop, sarau, gincana literária, concurso de redação, apresentação de teatro e o Papo Cabeça, dirigido a jovens estudantes, centrado em temas atuais e instigantes. E, encerrando a Feira, haverá apresentação de António Chainho, um dos mais importantes guitarristas portugueses.

Programação - Este ano, parte importante da programação da Feira do Livro acontece em três auditórios montados no primeiro andar do Hangar. O primeiro, com mil lugares, é o auditório Benedito Nunes, onde acontecerá a solenidade de abertura do evento, nesta sexta-feira, 21, e a Programação Artística da feira. O segundo é o auditório Eneida de Moraes, onde ocorrerá um dos eventos mais procurados da Feira do Livro, organizado pelos alunos Maristas, que apresentam as leituras obrigatórias do vestibular por meio de peças teatrais, durante sete dias (23 a 29).

O terceiro auditório, com 500 cadeiras, é o Dalcídio Jurandir, onde acontecerá a programação principal da feira, como Encontro Literário, que reúne autores nacionais e internacionais; Encontro com Escritores Paraenses, ambos entre os dias 22 e 30 de setembro; Papo Cabeça, voltado para o público adolescente que acontece sempre pela parte da tarde, de 24 a 28, e um dos destaques desta edição, a Arena das Artes, que congrega atividades de arte-educação de escolas e outras instituições. "É uma vitrine do que está sendo produzido em benefício do desenvolvimento socioeducativo de crianças e adolescentes”, avalia a diretora de Cultura da Secult, Ana Catarina Brito.

Palestras, oficinas, apresentações musicais, cinema e workshops de humor também estão na programação da XVI Feira Pan Amazônica do Livro. O Amazônia Doc, em sua quarta edição, acontece em três locais: Sala Pará, no Hangar – que apresenta uma mostra de cinema português; Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas – que apresenta a mostra competitiva do evento; e Cineclube Alexandrino Moreira, no Instituto de Artes do Pará (IAP).

Preparativos

Desde o começo do ano a Feira Pan Amazônica do Livro realiza no interior do estado uma programação complementar à que acontece na capital. Além da quinta edição do Salão Literário, que aconteceu em Santarém, entre os dias 25 de maio e 3 de junho, a Secult organizou o evento Pan no Município, que aconteceu em São Miguel do Guamá, Oriximiná, Soure e, este mês, será organizado também em Castanhal.

Serviço: XVI Feira Pan-Amazônica do Livro - De 22 a 30 de setembro, das 10h às 22h. Entrada gratuita. Informações: www.secult.pa.gov.br.
Texto:
Celival Lobo-Secult
Fone: (91) 40098717 / (91) 9242-2372

Programação da Feira do
Livro traz Amazônia



Este ano, a Mostra de Cinema da Feira do Livro traz para o público o Festival Pan Amazônico de Cinema - Amazônia Doc 4, que tem abertura neste sábado, 22 de setembro, no Cine Estação das Docas, às 19h30, com o com o lançamento nacional do curta “Juliana contra do Jambeiro do Diabo pelo coração de João Batista”, de Roger Elarrat. Em seguida, haverá a exibição do documentário “Carta para o futuro”, de Renato Martins. O Cine Estação das Docas irá exibir filmes da Mostra Competitiva com títulos do Brasil, Peru, Chile e Uruguai. A entrada é franca.

Com uma versão mais compacta, o Amazônia Doc será exibido na Estação das Docas, Instituto de Artes do Pará e Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. São três mostras simultâneas, além da realização de oficinas de microdocumentários em mídias móveis no decorrer da feira.

Paralelamente à Mostra Competitiva, o festival celebra o centenário de Nelson Rodrigues com a Mostra Rodrigueana de Cinema, que será realizada no Cineclube Alexandrino Moreira, no auditório do Instituto de Artes do Pará (IAP). Já o Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia recebe a Mostra de Cinema Português, com obras cedidas pelo consulado português em Belém, por meio do Instituto Camões. A curadoria do festival é de Zienhe Castro, diretora-geral do Amazônia Doc, Manoel Leite Jr, do Colégio Ideal; e Marco Antônio Moreira, presidente da Associação de Críticos de Cinema do Pará (ACCPA).

No dia 30, durante a sessão de encerramento, duas sessões especiais de pré-lançamento serão realizadas no Cine Estação das Docas: o curta-metragem “Certeza”, filme de Pedro Tobias vencedor do Edital Ideal de Curta-Metragem; e “Ervas e Saberes da Floresta”, de Zienhe Castro. Depois das pré-estreias, o público poderá conferir os filmes vencedores da mostra competitiva 2012 do Amazônia Doc 4.

O Amazônia Doc 4 tem patrocínio do Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura - Secult e apoio cultural do Colégio Ideal.

Oficinas

De 25 a 27 de setembro, Gilberto Mendonça, Filipe Parolin, Leo Chermont e Zienhe Castro ministram a oficina de microdocumentário em Mídias Moveis, na sala Multiuso 7, do Hangar. A oficina vai abordar todo processo de construção e captação e finalização de um microdocumentário de até um minuto, com câmeras de diversos formatos, desde DSLR, câmera de celular e câmera digital fotográfica. Será montada uma miniprodutora para realizar todo o processo de captação até a montagem.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

Mostra Competitiva Pan-Amazônica 2012
Local: Cine Estação das Docas - Teatro Maria Sylvia Nunes
SESSÃO DE ABERTURA - 22/09 – sábado
19h e 30m – LANÇAMENTO NACIONAL
Juliana contra o jambeiro do diabo pelo coração de João Batista – Diretor: Roger Elarrat ,
Brasil/PA- 2011 - Ficção ,Curta, 22’
20h - Carta Para o Futuro – Dir: Renato Martins, Brasil/RJ/2011, Doc. Longa,70’

23/09 – domingo
19h e 30m
Pinball – Diretor: Ruy Veridiano , Brasil/SP/2010 - Ficção Curta/17’
Céu, Inferno e Outras partes do corpo – Diretor: Rodrigo John, Brasil/RS/2011 -Animação,
Curta,7’
20h
A alegria – Diretores: Felipe Bragança e Marina Meliande, Brasil/RJ/2010 – Ficção, Longa,100’

24/09 – segunda-feira
19h e 30m
Gaveta – Diretor: Richard Tavares, Brasil/RS/2010, Ficção, Curta 8’
20h
Malditos cartunistas – Diretor: Cavi Borges, Brasil/RJ/2010 – Doc. Longa,90’

25/09 – terça-feira
19h e 30m
Regresso – Diretor: Jano Burmester, Lima/Peru/2010 Ficção, Curta/18’
20h
À margem do Xingu – Diretora: Dàmia Puig Auge, Brasil/SP/2010 - Doc. Longa, 88’

26/09 – quarta-feira
19h e 30m
Paraíso Terrenal – Diretor: Tomás Welss ,Chile/Santiago,2010 – Animação, Curta17’
20h
Avenida Brasília Formosa – Diretor: Gabriel Mascaro, Brasil/PE/2010 - Doc. Longa, 84’

27/09 - quinta-feira
19h e 30m
Estação – Diretora: Márcia Faria , Brasil/SP/2010 - Ficção,Curta/15’
20h
The sand and the rain – Diretores: Diana Rico e Richard Decaillet Bogotá/Colombia/2009 -
Doc. Longa, 82’

28/09 - sexta-feira
19h e 30m
Pcycle – Diretores: Lucas Margutti e Yan Saldanha , Brasil/RJ/2011
Ficção, Curta/10’
20h
Ojos bien abiertos – Diretor: Gonzalo Arijón , Uruguai/2009 – Doc. Longa, 110’

29/09 - sábado
19h
Um dia com Frederico Morais – Diretor: Guilherme Coelho, Brasil/RJ/2011-
Doc. Longa, 60’
20h e 30m LANÇAMENTO NACIONAL
Das Barrancas do Rio Cariá – Diretor: Chico Carneiro, Brasil/PA/2011 - Doc, Longa/66’

SESSÃO DE ENCERRAMENTO

30/09 – domingo
19h
Sessão especial de pré-lançamento dos curtas paraenses "Certeza de Pedro Tobias" e "Ervas e Saberes da Floresta" de Zienhe Castro
20h e 30m
Filmes Vencedores da Mostra Competitiva Amazônia Doc. 4

Mostra Rodrigueana de Cinema
Local: Cineclube Alexandrino Moreira

22/09 – sábado
19h – “A Falecida" (1965). Dir. Leon Hirszman

23/09 – domingo
19h - "Toda Nudez Será Castigada" (1972). Dir. Arnaldo Jabor

24/09 – segunda-feira
19h - "O Casamento" (1975). Dir. Arnaldo Jabor

25/09 – terça-feira
19h - "Beijo no Asfalto" (1981). Dir. Bruno Barreto

26/09 – quarta-feira
19h - "Engraçadinha" (1981). Dir. Haroldo Marinho Barbosa

27/09 - quinta-feira
19h – “A Vida Como Ela É” (1996) Dir. Daniel Filho. Episódios “O Anjo” e “O Decote”

28/09 - sexta-feira
19h - "Engraçadinha - Seus Amores e Seus Pecados" (1995). Dir. Carlos Manga, Denise Saraceni e João Henrique Jardim. Episódio 1 - "Só Conhece o Amor Quem Possui a Cunhada Impossível”

29/09 - sábado
19h - "Gêmeas" (2000). Dir. Andrucha Waddington.

Mostra Cinema Português*
Local: Cine/Sala Hangar Centro de Convenções

22/09 – sábado
18h -“Os Mistérios de Lisboa”, Dir. José Fonseca e Costa,Documentário, 2009, 69’
20h - “Cinco dias, cinco noites” Dir. José Fonseca e Costa, Policial, 1996, 100’

23/09 – domingo
18h - “A Costa dos Murmúrios” Dir. Margarida Cardoso, Drama, 2004, 120’
20h - “Crônica dos Bons Malandros” Dir. Fernando Lope, Comédia, 1984, 79

24/09 – segunda-feira
18h – “Agostinho da Silva – Um pensamento vivo”, Dir. João Rodrigo Mattos, Documentário,
2006, 80’
20h - “O Delfim” Dir. Fernando Lopes, Drama, 2002, 83’

25/09 – terça-feira
18h - “100 Anos a propósito de Agostinho da Silva” Dir. João Rodrigo Mattos,
Documentário, 2006, 95’
20h - “Palavra e Utopia” Dir. Manoel de Oliveira, Drama, 2000, 130’

26/09 – quarta-feira
18h - “O Fascínio” Dir. José Fonseca e Costa, Drama, 2003, 110’
20h – Saudade Sábia , Dir. Yolanda Costa e Lilian Norat, documentário, 2008,52’
21h – Sementes de Ouro Negro, Dir. José Borges, documentário/ficção, 2009, 54’

27/09 - quinta-feira
18h - “Os Imortais” Dir. António Pedro Vasconcelos, Ação, 2003, 130’
*Filmes cedidos pelo Consulado Português em Belém do Pará por meio do Instituto Camões
Texto:
Ádna Figueira-Secom


Atletas paraenses de basquete
em cadeira de rodas visitam a Seel






 As atletas paraenses que integram a seleção brasileira de basquete em cadeira de rodas visitaram, na manhã desta quinta-feira, 20, a sede da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). A equipe do All Star Rodas agradeceu o apoio que vem sendo dado pelo Governo do Estado, por meio do Projeto Bolsa Talento, e que garantiu ao grupo a 9ª colocação na categoria durante as Paraolimpíadas de 2012, em Londres. Na ocasião, o titular da Seel, Marcos Eiró, fez questão de homenagear as atletas e entregou certificados pela participação na competição mundial. Em retribuição, foi presenteado com brindes trazidos de Londres e com a camisa do Círio de Nazaré produzida especialmente para a equipe do All Star Rodas.

Entre as jogadoras que visitaram a Seel hoje estava Andréia Farias, 25 anos, que relatou o orgulho de ter representado o Pará e o Brasil no maior evento paraolímpico do mundo. ‘’É uma sensação sem igual. Temos uma deficiência física, mas soubemos superar esse obstáculo. Só o fato de poder estar ali representando o nosso Estado já foi uma honra. E ter acançado uma colocação boa para o País, foi algo ainda melhor’’, frisou a atleta, que participou da Paraolimpíadas pela segunda vez.

Outra atleta que recebeu homenagem da Seel foi Lia Martins, 26 anos, “cestinha” da partida contra a França, com a incrível marca de 45 pontos marcados. Ela também foi a maior pontuadora das Paralimpíadas de Londres, com 142 pontos no score geral. Lia reconhece o feito, mas fala que a superação foi de todos e divide os méritos com a equipe e com o técnico Wilson Caju, paraense que comanda a seleção brasileira há 10 anos. ‘’Nada teria acontecido se eu estivesse sozinha. O basquete é um esporte coletivo e se eu consegui marcar todos esses pontos, devo isso a um trabalho conjunto, das outras meninas e do Wilson, que nos passou todos os ensinamentos”, concluiu Lia, que integra o All Star Rodas há seis anos e já pensa nas Paralimpíadas de 2016, que acontecerão na cidade do Rio de Janeiro.

A equipe já se prepara para mais uma competição, dessa vez em âmbito nacional - o Campeonato Brasileiro de Basquete de Cadeira de Rodas - que será disputada de 10 a 14 de outubro, na cidade de Vitória, no Espírito Santo.
Texto:
Angela Bazzoni-Seel


Associação dos defensores
públicos firma parceria com
o Hemopa para doação de sangue


A presidente da Fundação Hemopa, Luciana Maradei, e sua diretora Técnica, Socorro Ferreira, receberam na manhã desta quinta-feira, 20, a presidente da Associação dos Defensores Públicos do Pará (ADPEP Pará), Marialva de Sena Santos, que esteve acompanhada do Tesoureiro da instituição, Raimundo Pinho. A visita teve a finalidade de estabelecer parceria com o hemocentro para sensibilização da doação voluntária de sangue, durante ação de cidadania "Defensor em Ação", que será realizada no dia 19 de outubro, em um shopping da rodovia Augusto Montenegro. Na oportunidade, a ADPEP/PA vai potencializar a divulgação sobre o papel institucional do defensor público.

A defensora pública enfatizou que a intenção é manter a parceria com o Hemopa para realização de campanha de doação de sangue, cadastro de doadores de medula óssea e ações educativas em eventos promovidos futuramente pela associação, envolvendo os cerca de 294 defensores públicos do Estado, além dos demais funcionários da ADPEP e Defensoria Pública do Estado.

Durante o evento em outubro, técnicos do Hemopa participarão com ação educativa para esclarecimento de dúvidas e distribuição de material educativo, induzindo a doação de sangue e efetivação do cadastro de doadores de medula óssea para a sede do hemocentro, tendo em vista a impossibilidade técnica de efetuar a coleta de sangue na área do shopping. “Não temos a menor dúvida do sucesso da ação, como também da continuidade dessa parceria para a melhoria contínua do atendimento transfusional aos nossos usuários”, comentou Luciana Maradei.

Texto:
Vera Rojas-Hemopa

AECC CADASTRA DOADORES

A Associação Espírita Casa do Caminho, localizada na Avenida Engenheiro Fernando Guilhon, no bairro de Batista Campos, vai começar o processo de cadastramento de doadores de sangue entre seus trabalhadores e pessoas que freqüentam aquela Casa. O objetivo é colaborar com o HEMOPA na coleta deste precioso líquido que salva vidas.

(COLABORAÇÃO: Jornal CORREIO JURUNENSE)


CEASA promove amanhã
a 10ª edição do Círio de Nazaré



As Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa) vai promover nesta sexta-feira, 21, a 10ª edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. A festa organizada pela administração da empresa contempla todas as pessoas que fazem parte da família Ceasa, como os permissionários de boxes, trabalhadores do mercado, taxistas, consumidores, comunidade ribeirinha do entorno da Ceasa e até mesmo a comunidade do Curió Utinga.

Este a ano a Missa em ação de Graças a Nossa Senhora de Nazaré será celebrada na Praça Central do Mercado, localizada na rua central que dá acesso ao Mercado do Livre Produtor (MLP). De acordo com a comissão organizadora do evento, a mudança vai beneficiar os trabalhadores que muitas vezes não podem se sair de seus boxes. Outra mudança será a recepção da imagem peregrina. Todos os anos ela era recebida na entrada do prédio administrativo, este ano a comissão organizadora da festa resolveu mudar e começar as homenagens desde o portão de entrada. O horário previsto para a chegada da imagem é às 7h.

O cortejo da imagem até o local da missa será acompanhado pelo Ministério de Música Misericórdia Divina da Paróquia Santo Antônio do Tucunduba e pela Banda da Polícia Militar. A missa será celebrada pelo padre Silvio, pároco da Basílica Nossa Senhora de Nazaré, e acompanhada pelo padre Antônio Cruz, da Paróquia Sagrada Família, do bairro Curió Utinga. Após a missa, a imagem peregrina sairá em procissão pela Ceasa, acompanhada pelos fiéis e atrelada por uma corda de cerca de 30 metros, caracterizando a grande festa de Nazaré realizada no segundo domingo de Outubro em Belém. Durante a procissão a imagem receberá as homenagens dos atacadistas, associações, além das homenagens individuais.



Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...