Total de visualizações de página

quarta-feira, setembro 12, 2012

Ribeirinhos atingidos por enchentes recebem crédito rural emergencial


Produtores rurais do município de Terra Santa, no Baixo Amazonas, atingidos pelas enchentes, no período de janeiro a julho deste ano, recebem no próximo dia 19, financiamentos que podem chegar a R$ 7 mil. Nesta terça-feira (11), 30 famílias ribeirinhas assinaram a proposta de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), na linha Agricultura Familiar Emergencial. A iniciativa partiu do escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater). A linha, financiada pelo Banco da Amazônia, visa a reconstrução de currais e viveiros, além do reparo das casas danificadas pelas cheias.
Na próxima quarta-feira (19), os titulares das propostas de liberação de crédito rural vão ao município de Óbidos, onde fica localizada a agência do banco, para receberem as quantias propostas nos projetos formalizados pela Emater. Segundo a socióloga Márcia Picanço, chefe do escritório local de Terra Santa, que intermedia esta ação, algumas famílias perderam tudo nas enchentes. No mês de janeiro deste ano o município entrou em “estado de emergência”.
O grupo de ribeirinhos que contratou o crédito tem um prazo de dois anos para iniciar o pagamento da dívida contraída. Picanço ainda esclarece que os valores dos projetos são diferentes, pois estão em consonância com as necessidades de cada produtor. “Os valores das cédulas estão variando de R$ 5 mil a R$ 7 mil para essas 30 famílias agricultoras”, disse.
O crédito emergencial será uma maneira das famílias se reestruturarem dos prejuízos causadas pela enchente, recuperando abrigos dos animais, refazendo a plantação e podendo ainda recuperar a própria residência que foi atingida pelas águas. No mês de agosto, um primeiro grupo com 12 famílias obteve a contratação de crédito do Pronaf B, com o prazo de carência de um ano. “Mas já estamos prevendo para novembro a contratação de mais 50 projetos para Terra Santa”, finalizou a socióloga.

Texto:
Kenny Teixeira-Emater
Postar um comentário

REVISTAS MEDIUNIDADE

JESUS: "Choro por todos os que conhecem o Evangelho, mas não o praticam...”

Ofuscado pela grandeza do momento, começou a chorar. Viu, porém, que Jesus chorava também... E, Eurípedes, falou – Senhor, por que ch...